SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Como surgiram e se consolidaram os
regimes fascistas na Europa
Pedro Pinto
9ºB nº16
Avanços dos extremistas
A crise do demoliberalismo
O fim da I guerra mundial veio
provocar dificuldades
económicas e como a crise de
1929 provocou muito
desemprego, estes dois grandes
pesos provocam movimentos
extremistas tano à esquerda
como à direita
Os movimentos extremistas e os seus
A esquerda ganha força nos
movimentos operários e os
comunistas pensam que podem fazer
uma revolução como tinha sido feita
na Rússia, mas a burguesia começava
a apoiar a extrema direita graças às
possibilidades de haver novas
revoluções comunistas. A extrema
direita baseava-se em duas grandes
armas:
• Violência ;
• Propaganda.
A maré negra do fascismo
Fascismo, o que é?
Em Itália o Partido Nacional
Fascista(extrema direita) foi o 1º a
conseguir tomar poder na europa. O
fascismo italiano passou a ser usado
para designar a ideologia que inspirava
os partidos tais como:
• Combate ao socialismo e ao
comunismo;
• Rejeição do parlamentarismo;
• Ultranacionalismo;
• Enaltecimento da autoridade do
chefe;
• Existência de um partido único;
• Corporativismo.
A tenção autoritária
Os principais países fascistas eram a
Itália e a Alemanha.
Outros países limitavam-se a retirar
liberdades e proibindo partidos de
esquerda, esses países eram:
• Áustria;
• Polónia;
• Grécia;
• Espanha;
• Portugal.
A ditadura fascista na Itália
As dificuldades do após guerra
I guerra mundial para a Itália teve
graves consequências, que foram:
• Custos humanos(mais de um
milhão de mortos e feridos graves);
• Grandes dificuldades económica.
A tomada de Mussolini
Industriais e proprietários assustados
com a vaga revolucionária passam a
criar um pequeno grupo partidário o
partido nacional fascista, chefiada por
Benedito Mussolini, ele que pelo rei
de Itália foi encarregado a formar
governo em 1922. Com violência o
partido fascista em 1924 com os seus
aliados conseguiu ¾ dos lugares do
parlamento, por isso, Mussolini ficou
como senhor absoluto de Itália.
Mussolini
Nascido numa família modesta(o pai era ferreiro de aldeia),
Benedito Mussolini(1883-1945) começou por fazer parte da
ala esquerda do partido socialista, sendo diretor do diário do
partido, avanti. Por altura da I Guerra Mundial abandonou o
socialismo e fundou o jornal Popolo d’Italia, que reclamava a
intervenção na guerra ao lado dos aliados. Ele próprio veio a
participar a participar na guerra, onde foi ferido e
condecorado. Em 1919, fundou, com antigos combatentes,
grupos armados que se tornariam conhecidos pela violência
das suas «ações punitivas» contra sindicatos e partidos de
esquerda. Esses grupos deram origem, em 1921, ao partido
nacional fascista, através do qual Mussolini chegou ao poder.
Mussolini era chamado «Duque», palavra que, em italiano,
significava «chefe», sendo famoso pelos seus gestos teatrais e
discursos inflamados. Aliado de Hitler na II Guerra Mundial,
acabou por ser executado em abril de 1945.
O poder fascista
Uma política imperialista. Em 1936 a
Itália conquista a Etiópia e interveio
na guerra civil de Espanha(1936-1939)
apoiando os rebeldes nacionalistas.
Itália também deixa de permitir
qualquer tipo de oposição. Criou-se
uma poderosa polícia política vigiava
os cidadãos, jornais, rádio, cinema…
foram sujeitos à censura. Sindicatos
substituídos pelas corporações. O
estado tomava nas suas mãos a
formação da juventude desde crianças
que os jovens deviam pertencer a
organizações de tipo militar.
A implantação do nazismo na Alemanha
Um clima de descontentamento
No após I Guerra Mundial, muitos
alemães não gostavam das condições
do tratado de Versalhes(1919), a
situação económica era gravíssima
devido ao esforço da guerra (pesadas
indemnizações exigidas pelos países
vencedores).
Inflação cresceu de forma
incontrolável. Em 1929 bancos foram à
falência pequenas e médias empresas
fecharam e muitos alemães foram parar
ao desemprego. A burguesia e o
operariado estavam descontentes, por
isso, apoiavam a oposição tanto a
esquerda como à direita o mais ativo
era o partido nazi liderado por Adolf
Hitler, muitos desempregados
acreditavam nas promessas de trabalho
feita pelo nazismo.
Tomada do poder pelos nazis
O partido nazi teve um crescimento
muito rápido tanto de militares
como de eleitores graças a uma
grande ajuda financeira e de
propaganda.
Nas eleições de 1932 foi nomeado o
partido nazi e o presidente da
república apresentou como
chanceler(1º ministro) Adolf Hitler.
Hitler em 1934 começou a acumular
tanto o poder de chanceler como o
de presidente.
Adolf Hitler
Nascido em 1889 numa família
austríaca da pequena burguesia, não
conseguiu realizar o seu sonho: entrar
na escola de Belas-Artes. Em seguida
foi admitido no exército alemão.
Participou na I guerra mundial. 1921,
assumiu a chefia do partido nacional-
socialista tentou, em 1923, uma
tentativa de chegada ao poder, foi
condenado a 5 anos mas beneficio de
uma amnistia logo redúzio para 6
meses onde escreveu um livro Mein
Kampf(a minha luta). À frente do
partido nazi fez-se chegar ao poder e
dominaria a alemnha até 1945
suicidando-se com a invasão dos
suvietes de Berlim.
O totalitarismo do nazismo
O estado hitleriano
O nazismo é um dos exemplos
máximos de totalitarismo, isto é, de
controlo total, o estado estava
submetido a Adolf Hitler.
Alemanha era governada com
enquadramento e terror.
Operários obrigados a inscreverem-se
na frente de trabalho.
Suspeitos de operação eram levados
para campos de concentração de onde
muito poucos regessavam.
A juventude hitleriana eram os jovens
alemães que recebiam treino militare.
A política racista
Nazismo baseava-se no racismo havia
raças superiores(arianos) e raças
inferiores(judaicas). Isto levou à
perseguição de milhares de judeus e
até tentativas de exterminação.
Também foram perseguidos os ciganos
os homossexuais e adversários
políticos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Caracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do FascismoCaracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do FascismoCarlos Vieira
 
Antecedentes da 1ª Guerra Mundial
Antecedentes da 1ª Guerra Mundial Antecedentes da 1ª Guerra Mundial
Antecedentes da 1ª Guerra Mundial Maria Gomes
 
A regressão do demoliberalismo
A regressão do demoliberalismoA regressão do demoliberalismo
A regressão do demoliberalismohome
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesaedna2
 
Princípios do nazismo
Princípios do nazismoPrincípios do nazismo
Princípios do nazismoSusana Simões
 
A ascensão do fascismo
A ascensão do fascismoA ascensão do fascismo
A ascensão do fascismoLú Carvalho
 
Formas de concentracao industrial
Formas de concentracao industrialFormas de concentracao industrial
Formas de concentracao industrialHerminio Banze
 
1º guerra (fases e desdobramentos)
1º guerra (fases e desdobramentos) 1º guerra (fases e desdobramentos)
1º guerra (fases e desdobramentos) Izaac Erder
 
7 02 o_agudizar_anos 30
7 02 o_agudizar_anos 307 02 o_agudizar_anos 30
7 02 o_agudizar_anos 30Vítor Santos
 
49 as tentativas de frente popular e a guerra cívil de espanha.
49   as tentativas de frente popular e a guerra cívil de espanha.49   as tentativas de frente popular e a guerra cívil de espanha.
49 as tentativas de frente popular e a guerra cívil de espanha.Carla Freitas
 

Mais procurados (20)

Caracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do FascismoCaracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do Fascismo
 
Antecedentes da 1ª Guerra Mundial
Antecedentes da 1ª Guerra Mundial Antecedentes da 1ª Guerra Mundial
Antecedentes da 1ª Guerra Mundial
 
Propaganda Nazi
Propaganda NaziPropaganda Nazi
Propaganda Nazi
 
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINIO FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
O FASCISMO NA ITÁLIA - MUSSOLINI
 
II Guerra Mundial
II Guerra MundialII Guerra Mundial
II Guerra Mundial
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
 
A regressão do demoliberalismo
A regressão do demoliberalismoA regressão do demoliberalismo
A regressão do demoliberalismo
 
O fascismo italiano
O fascismo italianoO fascismo italiano
O fascismo italiano
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
A guerra fria
A guerra friaA guerra fria
A guerra fria
 
Princípios do nazismo
Princípios do nazismoPrincípios do nazismo
Princípios do nazismo
 
A ascensão do fascismo
A ascensão do fascismoA ascensão do fascismo
A ascensão do fascismo
 
Formas de concentracao industrial
Formas de concentracao industrialFormas de concentracao industrial
Formas de concentracao industrial
 
Arte Século XX
Arte Século XXArte Século XX
Arte Século XX
 
O estalinismo
O estalinismoO estalinismo
O estalinismo
 
1º guerra (fases e desdobramentos)
1º guerra (fases e desdobramentos) 1º guerra (fases e desdobramentos)
1º guerra (fases e desdobramentos)
 
7 02 o_agudizar_anos 30
7 02 o_agudizar_anos 307 02 o_agudizar_anos 30
7 02 o_agudizar_anos 30
 
49 as tentativas de frente popular e a guerra cívil de espanha.
49   as tentativas de frente popular e a guerra cívil de espanha.49   as tentativas de frente popular e a guerra cívil de espanha.
49 as tentativas de frente popular e a guerra cívil de espanha.
 

Semelhante a Como surgiram e se consolidaram os regimes fascistas

Semelhante a Como surgiram e se consolidaram os regimes fascistas (20)

Governos totalitários
Governos totalitáriosGovernos totalitários
Governos totalitários
 
O Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o NazismoO Fascismo e o Nazismo
O Fascismo e o Nazismo
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Totalitarismo na Europa
Totalitarismo na EuropaTotalitarismo na Europa
Totalitarismo na Europa
 
Totalitarismo europeu.
Totalitarismo europeu.Totalitarismo europeu.
Totalitarismo europeu.
 
Totalitarismo europeu.
Totalitarismo europeu.Totalitarismo europeu.
Totalitarismo europeu.
 
Europa Sec.XX
Europa Sec.XXEuropa Sec.XX
Europa Sec.XX
 
A Maré negra do Fascismo
A Maré negra do FascismoA Maré negra do Fascismo
A Maré negra do Fascismo
 
O Fascismo
O FascismoO Fascismo
O Fascismo
 
Totalitarismo Europeu
Totalitarismo EuropeuTotalitarismo Europeu
Totalitarismo Europeu
 
Totalitarismo (salazarismo, franquismo,stalinismo, fascismo,
Totalitarismo  (salazarismo, franquismo,stalinismo, fascismo,Totalitarismo  (salazarismo, franquismo,stalinismo, fascismo,
Totalitarismo (salazarismo, franquismo,stalinismo, fascismo,
 
Os regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europaOs regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europa
 
Os regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europaOs regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europa
 
Fascismo e Nazismo: violência e medo
Fascismo e Nazismo: violência e medoFascismo e Nazismo: violência e medo
Fascismo e Nazismo: violência e medo
 
Nazismo - 2.docx
Nazismo - 2.docxNazismo - 2.docx
Nazismo - 2.docx
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
 
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
 
Totalitarismo europeu
Totalitarismo europeuTotalitarismo europeu
Totalitarismo europeu
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 

Mais de gdfsabc

Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra friagdfsabc
 
II guerra mundial
II guerra mundialII guerra mundial
II guerra mundialgdfsabc
 
Lua de galileu
Lua de galileuLua de galileu
Lua de galileugdfsabc
 
A arte do renascimento
A arte do renascimentoA arte do renascimento
A arte do renascimentogdfsabc
 
Tratado de tordesilhas
Tratado de tordesilhasTratado de tordesilhas
Tratado de tordesilhasgdfsabc
 
Como surgiu e se consolidou o estado novo
Como surgiu e se consolidou o estado novoComo surgiu e se consolidou o estado novo
Como surgiu e se consolidou o estado novogdfsabc
 
I guerra mundial
I guerra mundialI guerra mundial
I guerra mundialgdfsabc
 

Mais de gdfsabc (7)

Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
II guerra mundial
II guerra mundialII guerra mundial
II guerra mundial
 
Lua de galileu
Lua de galileuLua de galileu
Lua de galileu
 
A arte do renascimento
A arte do renascimentoA arte do renascimento
A arte do renascimento
 
Tratado de tordesilhas
Tratado de tordesilhasTratado de tordesilhas
Tratado de tordesilhas
 
Como surgiu e se consolidou o estado novo
Como surgiu e se consolidou o estado novoComo surgiu e se consolidou o estado novo
Como surgiu e se consolidou o estado novo
 
I guerra mundial
I guerra mundialI guerra mundial
I guerra mundial
 

Último

São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdfARIANAMENDES11
 
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfPLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfLUCASAUGUSTONASCENTE
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalErikOliveira40
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfEversonFerreira20
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptParticular
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 

Último (20)

São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfPLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 

Como surgiram e se consolidaram os regimes fascistas

  • 1. Como surgiram e se consolidaram os regimes fascistas na Europa Pedro Pinto 9ºB nº16
  • 3. A crise do demoliberalismo O fim da I guerra mundial veio provocar dificuldades económicas e como a crise de 1929 provocou muito desemprego, estes dois grandes pesos provocam movimentos extremistas tano à esquerda como à direita
  • 4. Os movimentos extremistas e os seus A esquerda ganha força nos movimentos operários e os comunistas pensam que podem fazer uma revolução como tinha sido feita na Rússia, mas a burguesia começava a apoiar a extrema direita graças às possibilidades de haver novas revoluções comunistas. A extrema direita baseava-se em duas grandes armas: • Violência ; • Propaganda.
  • 5. A maré negra do fascismo
  • 6. Fascismo, o que é? Em Itália o Partido Nacional Fascista(extrema direita) foi o 1º a conseguir tomar poder na europa. O fascismo italiano passou a ser usado para designar a ideologia que inspirava os partidos tais como: • Combate ao socialismo e ao comunismo; • Rejeição do parlamentarismo; • Ultranacionalismo; • Enaltecimento da autoridade do chefe; • Existência de um partido único; • Corporativismo.
  • 7. A tenção autoritária Os principais países fascistas eram a Itália e a Alemanha. Outros países limitavam-se a retirar liberdades e proibindo partidos de esquerda, esses países eram: • Áustria; • Polónia; • Grécia; • Espanha; • Portugal.
  • 8. A ditadura fascista na Itália
  • 9. As dificuldades do após guerra I guerra mundial para a Itália teve graves consequências, que foram: • Custos humanos(mais de um milhão de mortos e feridos graves); • Grandes dificuldades económica.
  • 10. A tomada de Mussolini Industriais e proprietários assustados com a vaga revolucionária passam a criar um pequeno grupo partidário o partido nacional fascista, chefiada por Benedito Mussolini, ele que pelo rei de Itália foi encarregado a formar governo em 1922. Com violência o partido fascista em 1924 com os seus aliados conseguiu ¾ dos lugares do parlamento, por isso, Mussolini ficou como senhor absoluto de Itália.
  • 11. Mussolini Nascido numa família modesta(o pai era ferreiro de aldeia), Benedito Mussolini(1883-1945) começou por fazer parte da ala esquerda do partido socialista, sendo diretor do diário do partido, avanti. Por altura da I Guerra Mundial abandonou o socialismo e fundou o jornal Popolo d’Italia, que reclamava a intervenção na guerra ao lado dos aliados. Ele próprio veio a participar a participar na guerra, onde foi ferido e condecorado. Em 1919, fundou, com antigos combatentes, grupos armados que se tornariam conhecidos pela violência das suas «ações punitivas» contra sindicatos e partidos de esquerda. Esses grupos deram origem, em 1921, ao partido nacional fascista, através do qual Mussolini chegou ao poder. Mussolini era chamado «Duque», palavra que, em italiano, significava «chefe», sendo famoso pelos seus gestos teatrais e discursos inflamados. Aliado de Hitler na II Guerra Mundial, acabou por ser executado em abril de 1945.
  • 12. O poder fascista Uma política imperialista. Em 1936 a Itália conquista a Etiópia e interveio na guerra civil de Espanha(1936-1939) apoiando os rebeldes nacionalistas. Itália também deixa de permitir qualquer tipo de oposição. Criou-se uma poderosa polícia política vigiava os cidadãos, jornais, rádio, cinema… foram sujeitos à censura. Sindicatos substituídos pelas corporações. O estado tomava nas suas mãos a formação da juventude desde crianças que os jovens deviam pertencer a organizações de tipo militar.
  • 13. A implantação do nazismo na Alemanha
  • 14. Um clima de descontentamento No após I Guerra Mundial, muitos alemães não gostavam das condições do tratado de Versalhes(1919), a situação económica era gravíssima devido ao esforço da guerra (pesadas indemnizações exigidas pelos países vencedores). Inflação cresceu de forma incontrolável. Em 1929 bancos foram à falência pequenas e médias empresas fecharam e muitos alemães foram parar ao desemprego. A burguesia e o operariado estavam descontentes, por isso, apoiavam a oposição tanto a esquerda como à direita o mais ativo era o partido nazi liderado por Adolf Hitler, muitos desempregados acreditavam nas promessas de trabalho feita pelo nazismo.
  • 15. Tomada do poder pelos nazis O partido nazi teve um crescimento muito rápido tanto de militares como de eleitores graças a uma grande ajuda financeira e de propaganda. Nas eleições de 1932 foi nomeado o partido nazi e o presidente da república apresentou como chanceler(1º ministro) Adolf Hitler. Hitler em 1934 começou a acumular tanto o poder de chanceler como o de presidente.
  • 16. Adolf Hitler Nascido em 1889 numa família austríaca da pequena burguesia, não conseguiu realizar o seu sonho: entrar na escola de Belas-Artes. Em seguida foi admitido no exército alemão. Participou na I guerra mundial. 1921, assumiu a chefia do partido nacional- socialista tentou, em 1923, uma tentativa de chegada ao poder, foi condenado a 5 anos mas beneficio de uma amnistia logo redúzio para 6 meses onde escreveu um livro Mein Kampf(a minha luta). À frente do partido nazi fez-se chegar ao poder e dominaria a alemnha até 1945 suicidando-se com a invasão dos suvietes de Berlim.
  • 18. O estado hitleriano O nazismo é um dos exemplos máximos de totalitarismo, isto é, de controlo total, o estado estava submetido a Adolf Hitler. Alemanha era governada com enquadramento e terror. Operários obrigados a inscreverem-se na frente de trabalho. Suspeitos de operação eram levados para campos de concentração de onde muito poucos regessavam. A juventude hitleriana eram os jovens alemães que recebiam treino militare.
  • 19. A política racista Nazismo baseava-se no racismo havia raças superiores(arianos) e raças inferiores(judaicas). Isto levou à perseguição de milhares de judeus e até tentativas de exterminação. Também foram perseguidos os ciganos os homossexuais e adversários políticos.