SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 46
1° Tutorial


Como realizar um Trabalho
       Científico

         Em 6 passos
Nosso intuito, com esse tutorial, é oferecer um guia mais
 direto, prático e próximo aos entraves do desenvolvimento
                  atual do trabalho científico.

   Não adentraremos em especificidades da disciplina de
     metodologia científica. Assim, caso sentir falta de
      informações recomendamos ao final um manual
                       apropriado.

"No livro da vida, as respostas não estão na parte de trás"
  Charles M. Schulz
                                   Esperamos que seja útil,
                                     Equipe Ligas Médicas
                                              Março, 2013
Os 6 passos
• 1° Passo - Escolha uma área e tema.

• 2° Passo - Escolha um orientador.

• 3° Passo - Agregue Referências Bibliográficas.

• 4° Passo - Conheça os diferentes tipos de trabalhos, suas
  classificações científicas hierárquicas e suas aplicações.

• 5° Passo - Desenvolva o padrão da metodologia científica no
  seu trabalho.

• 6° Passo – Procure um Congresso para apresentação ou
  Revista para publicação de seu trabalho.
Antes de iniciar os passos é importante observar 3
                  conceitos gerais.
Conceitos Gerais
• O que é Trabalho Científico?

• Qual a sua importância?

• Qual a sua finalidade?
O que é trabalho científico?
• É o meio padronizado de exposição do raciocínio
  científico pelo qual se chega a um resultado que
  gera discussão e determinada conclusão.
Qual a sua importância?
Para a comunidade científica:
• Padronização: amplo acesso.

• Reprodutibilidade: ampla análise.

• Conhecimento fundamentado em ferramentas lógico-
  matemáticas: conhecimento relevante.

• Renovação científica: conhecimento renovável.

Para o autor:
• Reconhecimento científico: currículo mais qualificado.
Qual a sua importância?
• Karl Popper propôs o princípio do Racionalismo Crítico
  que indica a necessidade da falseabilidade nos sistemas
  teóricos.

• Eles devem ser averiguados pela observação (Bacon).
• E se a observação não repudiar a teoria não significa que
  a teoria possa ser considerada como válida. (Popper)

• Portanto, uma teoria sustenta-se por tempo
  determinado, até que uma nova teoria, mais apropriada,
  ocupe o seu lugar.
Qual a sua finalidade?
• Gerar conclusões relevantes e expô-las à prova.

• Portanto, a finalidade do trabalho é sua exposição
  para o meio científico.

• O seu trabalho só chegará ao final quando ele for
  apresentado em um Congresso ou publicado em
  uma revista.

• Trabalho não divulgado é esforço não valorizado.
Os primeiros 3 passos podem variar a sua ordem
    dependendo do que estimulou o início do
                    trabalho.
1° Passo –
Escolha uma Área e Tema
• Identifique-se com a Área e Tema.
  ▫ Se identificar com o trabalho é essencial para a
    sua continuidade. Desenvolva algo em que tenha
    interesse genuíno.

• Leia outros trabalhos científicos a fim de
  desenvolver melhor a sua ideia.
2° Passo –
Escolha um orientador
• Dê preferência a alguém que tenha conhecimento
  específico na área escolhida.

• Alguém acessível, com quem possa debater assuntos
  de forma produtiva.

• Caso pretenda Bolsa de Iniciação Científica o seu
  orientador deverá ter título de mestrado ou
  doutorado, caso contrário não.

• Não espere iniciativa do orientador. Quanto mais
  cedo o autor demonstrar iniciativa, antes estará
  mais preparado para o desenvolvimento de
  trabalhos.
3° Passo - Agregue Referências
        Bibliográficas
• Talvez um dos momentos mais enriquecedores no
  desenvolvimento do trabalho científico.

• Entre em contato com outros textos.

• Eles serão importantes para embasar e guiar o tema
  desenvolvido.

• Saberá o que já foi feito e quais os atuais debates sobre o
  assunto. Poderá, assim, desenvolver um trabalho mais
  útil e coerente.

• Em média, cada trabalho reúne entre 15 e 25 referências
  bibliográficas.
Busca de Artigos
• Pubmed - http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed

• Scielo - http://www.scielo.org/php/index.php

• BIREME - http://regional.bvsalud.org/php/index.php

• Google Acadêmico – http://scholar.google.com.br/

• Periódicos CAPES -
  http://www.periodicos.capes.gov.br/

• Revistas e Sociedades Acadêmicas específicas.
4° Passo –
Conheça os diferentes tipos de trabalhos,
suas classificações científicas hierárquicas
             e suas aplicações.
Tipos de Trabalho
Conceitos:

• Agregado X Individuado

• Observacional X Intervencionista

• Transversal X Longitudinal

• Prospectivo X Retrospectivo
Conceitos de tipos de trabalho
• Agregado: O pesquisador NÃO consegue
  discernir, em uma população exposta a um fator
  de risco, os doentes dos saudáveis.

• Individuado: O pesquisador consegue discernir,
  em uma população exposta a um fator de risco,
  os doentes dos saudáveis.
Conceitos de tipos de trabalho
• Transversal: Avalia-se um determinado ponto de tempo.

• Longitudinal: Avalia-se um determinado período de tempo.

  ▫ Retrospectivo: a doença já ocorreu, e analisa-se o histórico do grupo
    exposto.

  ▫ Prospectivo: analisa-se a situação de risco para o desenvolvimento de
    uma doença até seu desfecho.

• Observacional: O pesquisador NÃO exerce algum tipo de ação com o
  grupo pesquisado.

• Intervencionista: O pesquisador exerce algum tipo de ação com o
  grupo pesquisado
Tipos de estudos epidemiológicos
• Juntando os conceitos temos os seguintes trabalhos:

                                  Transversal     Ecológico
                Observacional
 Agregado                         Longitudinal    Série Temporal

               Intervencionista   Longitudinal    Ensaio Temporal

                                   Transversal    Inquérito
                Observacional
                                                 Coorte (Prospectivo)
                                  Longitudinal
 Individuado                                      Caso Controle
                                                 (Retrospectivo)
               Intervencionista   Longitudinal     Ensaio Clínico
Ordem Hierárquica
1.   Metanálise – análise de diversos estudos a fim de gerar um
     consenso científico.

2.   Estudo clínico experimental duplo ou triplo cego – realizado
     a fim de testar a eficácia de novas drogas.

3.   Estudo cirúrgico experimental – realizado a fim de evidenciar
     eficácia em novas abordagens cirúrgicas.

4.   Coorte – Avaliação de determinado tratamento durante certo
     período.

5.   Outros estudos epidemiológicos

6.   Relato de Caso – Debate acerca de casos difíceis, inusitados ou
     raros.

7.   Revisão Bibliográfica – Contribuir para a divulgação de
     atualizações de determinado tema no meio científico.
Atente para seguir o trabalho mais adequado ao
              seu nível acadêmico.

   Debata sua escolha com seu orientador.

Caso seja iniciante recomendamos que comece
     com um relato de caso ou uma revisão
                  bibliográfica.
5° Passo –
Desenvolva o padrão da metodologia
    científica no seu trabalho.
Ordem
Projeto Científico              Trabalho Científico
 1.   Resumo               1.   Resumo
 2.   Introdução           2.   Introdução
 3.   Objetivo             3.   Objetivo
 4.   Métodos              4.   Métodos
 5.   Cronograma           5.   Resultados
 6.   Referências          6.   Discussão
      Bibliográficas       7.   Conclusão
                           8.   Referências
                                Bibliográficas
Antes de iniciar você deverá ter uma ideia onde ocorrerá a
   exposição do seu trabalho, pois a burocracia exigida é
                         diferente.

                          Veja:

Caso opte por uma revista ou congresso não pertencentes a
      sua Instituição de ensino, desenvolva o trabalho
       diretamente sem a etapa do projeto científico.

Congressos ou revistas já possuem comitê de ética próprio,
       não havendo necessidade de dar entrada com a
   burocracia do projeto, mas lembre-se que deverá seguir
  todas as informações contidas nas normas de publicação
  dessas outras Instituições (que costumam disponibilizá-
                      las na Internet).
Você terá que seguir a burocracia
        exposta a seguir, se:
• A revista ou congresso forem da instituição.
• Alguma revista ou congresso requisitar seu
  número de aprovação no Comitê de Ética e
  Pesquisa ou número de SISNEP (Sistema
  Nacional de Pesquisa em Seres Humanos).
• Estiver requisitando uma Bolsa de Iniciação
  Científica.
Desenvolvimento de Projeto Científico
• Seguir ordem exigida para Projeto Científico (Texto escrito
  utilizando verbos no futuro que expressam o que ainda será
  feito no trabalho).
• Desenvolver uma discussão fundamentada no que espera
  atingir com os resultados (ainda não presentes).
• Seguir burocracia de sua Instituição para aprovação no
  Comitê de Ética.
• Cadastro do seu orientador na Plataforma Brasil.
• Seu cadastro na Plataforma Brasil .
• Cadastro de sua pesquisa na Plataforma Brasil.
• Cadastro da pesquisa no SISNEP através do seu orientador
  (somente se a pesquisa envolver seres humanos).
• Cadastro da pesquisa no CEUA (somente se a pesquisa
  envolver animais).
Orientação para o desenvolvimento de
  cada seção do trabalho científico.
Resumo
• Permite uma passagem rápida entre todas as
  seções do trabalho.

• Expõe de forma rápida a essência do trabalho,
  área e tema abordados, objetivo, resultado,
  métodos, discussão e conclusão.

• Seleciona desse modo o público leitor e classifica
  o trabalho no universo científico.
Introdução
Escreva uma introdução se preocupando em:

• Explicar brevemente o seu tema.

• Justificar a realização de seu trabalho
  evidenciando a necessidade do desenvolvimento
  do seu tema no meio científico atual.

• Embasar os seus parágrafos com Referências
  Bibliográficas adequadas.
Objetivo
• Descrever o seu objetivo central.

• Caso queira, pode descrever mais que um
  objetivo.

• Atente para o fato de que todos os objetivos
  descritos devem ser discutidos e concluídos ao
  final do trabalho.
Métodos
• Descreva quais ferramentas utilizou para chegar
  nos resultados: análises estatísticas, referências
  bibliográficas pesquisadas em tais bases de
  dados, desenvolvimento e aplicação de
  questionários, análises laboratoriais.

• Lembre-se de que o trabalho científico tem a
  característica de ser reproduzido, elabore nessa
  seção a maneira como você explicaria para outra
  pessoa sobre como desenvolveu seu trabalho.
Cronograma
• Presente no Projeto Científico, demonstre
  quanto tempo em meses você demora para
  coletar o dado, discutí-lo e concluir seu tema.

• É uma seção que visa o estabelecimento de
  prazos para o seguimento e organização do
  trabalho.
Resultado
• Seção para exposição dos resultados, isso pode
  ser feito em forma de tabelas e gráficos.

• Quanto ao texto, este guiará o leitor do trabalho
  no raciocínio obtido ao longo dos resultados.
Discussão
• Seção de análise geral do trabalho, discussão
  entre resultados do próprio trabalho e entre
  resultados obtidos em trabalhos alheios, sempre
  com foco no esclarecimento dos objetivos e de
  modo a partir para conclusões.
• Oferece ideias para novas pesquisas.
Conclusão
• Conclui o tema gerando conhecimento relevante
  que se incluirá ao meio científico.
• Sintetiza a discussão e demonstra quais
  objetivos foram atingidos com os resultados.
Referência Bibliográfica
• Escrever todas as Referências Bibliográficas utilizadas
  para embasar o seu trabalho.

• Devem ser escritas de acordo com as Normas da ABNT
  (Protocolo de Vancouver). Segue trabalho específico para
  consulta e, em seguida, texto original:
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid
  =S0004-27492004000400025&lng=pt&nrm=iso
  http://www.icmje.org/2008_urm.pdf

• Devem ser ordenadas por ordem de aparecimento no
  texto do seu trabalho.
Relato de Caso: Segue uma ordem própria
      1.   Introdução
      2.   Objetivo
      3.   Relato de Caso
      4.   Discussão
      5.   Conclusão
      6.   Referências Bibliográficas
Relato de Caso
    Exposição do caso deve seguir conceitos semiológicos, de uma
             forma sintetizada com foco no tema exposto.

• Identificação
• Queixa e duração
• História Prévia da Moléstia Atual
• Investigação sobre diversos aparelhos: foco em alterações.
• História Pessoal: foco em comorbidades
• História Familiar: Caso necessário, síndromes genéticas,
  cânceres.
• Exame Físico: Geral, e específico voltado ao tema exposto
• Conduta
• Evolução da Doença: foco no tema exposto.
6° Passo –
 Procure um Congresso para
apresentação ou Revista para
 publicação de seu trabalho.
• Visite sites de revistas científicas da área em que
  deseja publicar.
• Acesse as normas de publicação e adapte seu
  trabalho.
• Atente para número de autores e orientadores
  por trabalho e regras de formatação de texto.
Evolução
      Você pode utilizar um trabalho para o
  desenvolvimento de outro, dando uma sequência
   hierárquica a sua própria produção científica.


Relato de Caso*             Coorte*             Metanálise




       *Resultados + Discussão + Conclusão demonstram a
          necessidade de um trabalho mais detalhado.
A prática faz a perfeição!
• Fazer trabalhos é como qualquer outra atividade.
  Inicie, dedique-se e com o tempo verá resultado.

• Guie-se em um trabalho pronto nas primeiras vezes e
  peça ajuda ao seu orientador.

• Caso necessite, o Ligas Médicas poderá auxiliá-lo.
  Escreva um e-mail para: ligas@ligasmedicas.com.br

• Aguardamos sugestões de novos tutoriais!

• Acompanhe-nos no:
  http://www.ligasmedicas.com.br
Referências
1.Coêlho, RSA. Manual de Metodologia Científica. Ed.
  Juruá, 2009.
2.Uniform Requirements for Manuscripts Submitted
  to Biomedical Journals: Writing and Editing for
  Biomedical Publication. 2008. [updated 2008; cited
  2013 mar 12]. Disponível em:
  http://www.icmje.org/2008_urm.pdf
3. Rother ET, Braga MER. O novo estilo de
  Vancouver: o que mudou nas referências. Arq. Bras.
  Oftalmol. v.67 n.4 São Paulo jul./ago. 2004.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manual do TCC
Manual do TCCManual do TCC
Manual do TCCAlan
 
Sugestões para elaboração de projeto de pesquisa qualitativa
Sugestões para elaboração de projeto de pesquisa qualitativaSugestões para elaboração de projeto de pesquisa qualitativa
Sugestões para elaboração de projeto de pesquisa qualitativaLucinea Lima Lacerda
 
Da orientação à apresentação do tcc
Da orientação à apresentação do tccDa orientação à apresentação do tcc
Da orientação à apresentação do tccprofguilhermeterra
 
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva MuñozTCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva MuñozRilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...Fabiano Souza
 
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slideSlide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slideVera Moreira Matos
 
Modelo de relatório de aula prática
Modelo de relatório de aula práticaModelo de relatório de aula prática
Modelo de relatório de aula práticaTEYSON VASCONCELOS
 
Como fazer uma boa introdução de tcc
Como fazer uma boa introdução de tccComo fazer uma boa introdução de tcc
Como fazer uma boa introdução de tccAlan
 
Resenha acadêmica
Resenha acadêmicaResenha acadêmica
Resenha acadêmicamegainfoin
 
Técnicas para a coleta de dados
Técnicas para a coleta de dadosTécnicas para a coleta de dados
Técnicas para a coleta de dadosRaquel Stela de Sá
 
Slides para Apresentação acadêmica
Slides para Apresentação acadêmicaSlides para Apresentação acadêmica
Slides para Apresentação acadêmicaRafaelBorges3
 
Modelo de TCC faculdade Anhanguera
Modelo de TCC faculdade AnhangueraModelo de TCC faculdade Anhanguera
Modelo de TCC faculdade AnhangueraRogerio Sena
 
Aula 04 metodologia de um tcc
Aula 04   metodologia de um tccAula 04   metodologia de um tcc
Aula 04 metodologia de um tccHidematuda
 

Mais procurados (20)

Introdução a pesquisa bibliográfica
Introdução a pesquisa bibliográficaIntrodução a pesquisa bibliográfica
Introdução a pesquisa bibliográfica
 
Manual do TCC
Manual do TCCManual do TCC
Manual do TCC
 
Sugestões para elaboração de projeto de pesquisa qualitativa
Sugestões para elaboração de projeto de pesquisa qualitativaSugestões para elaboração de projeto de pesquisa qualitativa
Sugestões para elaboração de projeto de pesquisa qualitativa
 
Da orientação à apresentação do tcc
Da orientação à apresentação do tccDa orientação à apresentação do tcc
Da orientação à apresentação do tcc
 
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva MuñozTCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
 
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
 
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slideSlide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
 
Modelo artigo
Modelo artigoModelo artigo
Modelo artigo
 
Modelo de relatório de aula prática
Modelo de relatório de aula práticaModelo de relatório de aula prática
Modelo de relatório de aula prática
 
Modelo projeto-pesquisa (1)
Modelo projeto-pesquisa (1)Modelo projeto-pesquisa (1)
Modelo projeto-pesquisa (1)
 
Como fazer uma boa introdução de tcc
Como fazer uma boa introdução de tccComo fazer uma boa introdução de tcc
Como fazer uma boa introdução de tcc
 
Resenha acadêmica
Resenha acadêmicaResenha acadêmica
Resenha acadêmica
 
Técnicas para a coleta de dados
Técnicas para a coleta de dadosTécnicas para a coleta de dados
Técnicas para a coleta de dados
 
Slides para Apresentação acadêmica
Slides para Apresentação acadêmicaSlides para Apresentação acadêmica
Slides para Apresentação acadêmica
 
Resenha de artigo para estudantes
Resenha de artigo para estudantesResenha de artigo para estudantes
Resenha de artigo para estudantes
 
Aula de metodologia, monografia e tcc
Aula de metodologia, monografia e tccAula de metodologia, monografia e tcc
Aula de metodologia, monografia e tcc
 
O Planejamento Da Pesquisa
O Planejamento Da PesquisaO Planejamento Da Pesquisa
O Planejamento Da Pesquisa
 
Modelo de TCC faculdade Anhanguera
Modelo de TCC faculdade AnhangueraModelo de TCC faculdade Anhanguera
Modelo de TCC faculdade Anhanguera
 
Modelo de pre projeto tcc
Modelo de pre projeto tccModelo de pre projeto tcc
Modelo de pre projeto tcc
 
Aula 04 metodologia de um tcc
Aula 04   metodologia de um tccAula 04   metodologia de um tcc
Aula 04 metodologia de um tcc
 

Destaque (13)

Guia para elaborar um trabalho cientifico
Guia para elaborar um trabalho cientificoGuia para elaborar um trabalho cientifico
Guia para elaborar um trabalho cientifico
 
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas SociaisMovimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
 
A autonomia da política
A autonomia da políticaA autonomia da política
A autonomia da política
 
Aula 02 Mtc Mba 2009
Aula 02 Mtc Mba 2009Aula 02 Mtc Mba 2009
Aula 02 Mtc Mba 2009
 
Como Fazer Trabalho Cientifico
Como Fazer Trabalho CientificoComo Fazer Trabalho Cientifico
Como Fazer Trabalho Cientifico
 
Iluminismo, Revolução Industrial e Revolução Francesa
Iluminismo, Revolução Industrial e Revolução FrancesaIluminismo, Revolução Industrial e Revolução Francesa
Iluminismo, Revolução Industrial e Revolução Francesa
 
Iluminismo e Revolução Francesa
Iluminismo e Revolução FrancesaIluminismo e Revolução Francesa
Iluminismo e Revolução Francesa
 
Manual de investigação
Manual de investigaçãoManual de investigação
Manual de investigação
 
Iluminismo, Revolução Francesa e Período Napoleônico
Iluminismo, Revolução Francesa e Período NapoleônicoIluminismo, Revolução Francesa e Período Napoleônico
Iluminismo, Revolução Francesa e Período Napoleônico
 
Du dh
Du dhDu dh
Du dh
 
Slides revolução francesa
Slides revolução francesaSlides revolução francesa
Slides revolução francesa
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Etapas EvoluçãO Hstoria Da Terra
Etapas EvoluçãO Hstoria Da TerraEtapas EvoluçãO Hstoria Da Terra
Etapas EvoluçãO Hstoria Da Terra
 

Semelhante a Como realizar um Trabalho Científico

dSZ5jBu2J3NME3g.pptx
dSZ5jBu2J3NME3g.pptxdSZ5jBu2J3NME3g.pptx
dSZ5jBu2J3NME3g.pptxFSCCarvalho
 
aula artigo iquali.pptx
aula artigo iquali.pptxaula artigo iquali.pptx
aula artigo iquali.pptxZoraide6
 
Elaboracao de trabalho cientifico 2004
Elaboracao de trabalho cientifico   2004Elaboracao de trabalho cientifico   2004
Elaboracao de trabalho cientifico 2004gisa_legal
 
Elaboracao de trabalho cientifico 2004
Elaboracao de trabalho cientifico   2004Elaboracao de trabalho cientifico   2004
Elaboracao de trabalho cientifico 2004gisa_legal
 
Elaboração de trabalho científico 2004
Elaboração de trabalho científico   2004Elaboração de trabalho científico   2004
Elaboração de trabalho científico 2004gisa_legal
 
Oficina de redação de textos científicos VII Jornada Cientifica 2015
Oficina de redação de textos científicos VII Jornada Cientifica 2015Oficina de redação de textos científicos VII Jornada Cientifica 2015
Oficina de redação de textos científicos VII Jornada Cientifica 2015Beta Campos
 
A Dissertação de Mestrado
A Dissertação de MestradoA Dissertação de Mestrado
A Dissertação de MestradoDavid Lamas
 
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICAFAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICAUFMA e UEMA
 
Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...
Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...
Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...Leandro Benevides
 
Metodologia Científica - Revisao
Metodologia Científica - RevisaoMetodologia Científica - Revisao
Metodologia Científica - Revisaoprofmariaclarasilva
 
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpertManual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpertFabio Frossard
 
Diretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_ii
Diretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_iiDiretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_ii
Diretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_iiSoeli Marques
 

Semelhante a Como realizar um Trabalho Científico (20)

dSZ5jBu2J3NME3g.pptx
dSZ5jBu2J3NME3g.pptxdSZ5jBu2J3NME3g.pptx
dSZ5jBu2J3NME3g.pptx
 
aula artigo iquali.pptx
aula artigo iquali.pptxaula artigo iquali.pptx
aula artigo iquali.pptx
 
Comocriarprojcientifico esfh
Comocriarprojcientifico esfhComocriarprojcientifico esfh
Comocriarprojcientifico esfh
 
Elaboracao de trabalho cientifico 2004
Elaboracao de trabalho cientifico   2004Elaboracao de trabalho cientifico   2004
Elaboracao de trabalho cientifico 2004
 
Elaboracao de trabalho cientifico 2004
Elaboracao de trabalho cientifico   2004Elaboracao de trabalho cientifico   2004
Elaboracao de trabalho cientifico 2004
 
Elaboração de trabalho científico 2004
Elaboração de trabalho científico   2004Elaboração de trabalho científico   2004
Elaboração de trabalho científico 2004
 
Tipos de pesquisa
Tipos de pesquisaTipos de pesquisa
Tipos de pesquisa
 
Oficina de redação de textos científicos VII Jornada Cientifica 2015
Oficina de redação de textos científicos VII Jornada Cientifica 2015Oficina de redação de textos científicos VII Jornada Cientifica 2015
Oficina de redação de textos científicos VII Jornada Cientifica 2015
 
A Dissertação de Mestrado
A Dissertação de MestradoA Dissertação de Mestrado
A Dissertação de Mestrado
 
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICAFAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
FAEME METODOLOGIA CIENTÍFICA
 
Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...
Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...
Monografia e tcc r$ 310,00 whatsapp (21) 97478 9561 monografiatcc99@gmail.com...
 
Metodologia Científica - Revisao
Metodologia Científica - RevisaoMetodologia Científica - Revisao
Metodologia Científica - Revisao
 
Metodologia Científica - Revisao
Metodologia Científica - RevisaoMetodologia Científica - Revisao
Metodologia Científica - Revisao
 
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
 
O Que é Pesquisa
O Que é PesquisaO Que é Pesquisa
O Que é Pesquisa
 
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpertManual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
 
Processo cientifico
Processo cientificoProcesso cientifico
Processo cientifico
 
Como escrever teses
Como escrever tesesComo escrever teses
Como escrever teses
 
Diretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_ii
Diretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_iiDiretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_ii
Diretrizes avaliativas 2014_2_ped_projeto_integrador_i_ii
 
A redação de textos técnico científicos
A redação de textos técnico científicosA redação de textos técnico científicos
A redação de textos técnico científicos
 

Último

AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdf
AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdfAULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdf
AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdfClaudiaAraujo428025
 
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdfCrianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdfivana Sobrenome
 
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptx
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptxDOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptx
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptxDiegoFernandes857616
 
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptxAULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptxmikashopassos123
 
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdfMetabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdfMayaraStefanydaSilva1
 
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdfATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdfvejic16888
 
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdfTabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdfqualidadediagnostico
 
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSProf. Marcus Renato de Carvalho
 

Último (8)

AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdf
AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdfAULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdf
AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdf
 
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdfCrianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
 
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptx
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptxDOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptx
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptx
 
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptxAULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
 
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdfMetabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
 
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdfATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
 
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdfTabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
 
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
 

Como realizar um Trabalho Científico

  • 1. 1° Tutorial Como realizar um Trabalho Científico Em 6 passos
  • 2. Nosso intuito, com esse tutorial, é oferecer um guia mais direto, prático e próximo aos entraves do desenvolvimento atual do trabalho científico. Não adentraremos em especificidades da disciplina de metodologia científica. Assim, caso sentir falta de informações recomendamos ao final um manual apropriado. "No livro da vida, as respostas não estão na parte de trás" Charles M. Schulz Esperamos que seja útil, Equipe Ligas Médicas Março, 2013
  • 3. Os 6 passos • 1° Passo - Escolha uma área e tema. • 2° Passo - Escolha um orientador. • 3° Passo - Agregue Referências Bibliográficas. • 4° Passo - Conheça os diferentes tipos de trabalhos, suas classificações científicas hierárquicas e suas aplicações. • 5° Passo - Desenvolva o padrão da metodologia científica no seu trabalho. • 6° Passo – Procure um Congresso para apresentação ou Revista para publicação de seu trabalho.
  • 4. Antes de iniciar os passos é importante observar 3 conceitos gerais.
  • 5. Conceitos Gerais • O que é Trabalho Científico? • Qual a sua importância? • Qual a sua finalidade?
  • 6. O que é trabalho científico? • É o meio padronizado de exposição do raciocínio científico pelo qual se chega a um resultado que gera discussão e determinada conclusão.
  • 7. Qual a sua importância? Para a comunidade científica: • Padronização: amplo acesso. • Reprodutibilidade: ampla análise. • Conhecimento fundamentado em ferramentas lógico- matemáticas: conhecimento relevante. • Renovação científica: conhecimento renovável. Para o autor: • Reconhecimento científico: currículo mais qualificado.
  • 8. Qual a sua importância? • Karl Popper propôs o princípio do Racionalismo Crítico que indica a necessidade da falseabilidade nos sistemas teóricos. • Eles devem ser averiguados pela observação (Bacon). • E se a observação não repudiar a teoria não significa que a teoria possa ser considerada como válida. (Popper) • Portanto, uma teoria sustenta-se por tempo determinado, até que uma nova teoria, mais apropriada, ocupe o seu lugar.
  • 9. Qual a sua finalidade? • Gerar conclusões relevantes e expô-las à prova. • Portanto, a finalidade do trabalho é sua exposição para o meio científico. • O seu trabalho só chegará ao final quando ele for apresentado em um Congresso ou publicado em uma revista. • Trabalho não divulgado é esforço não valorizado.
  • 10. Os primeiros 3 passos podem variar a sua ordem dependendo do que estimulou o início do trabalho.
  • 11. 1° Passo – Escolha uma Área e Tema
  • 12. • Identifique-se com a Área e Tema. ▫ Se identificar com o trabalho é essencial para a sua continuidade. Desenvolva algo em que tenha interesse genuíno. • Leia outros trabalhos científicos a fim de desenvolver melhor a sua ideia.
  • 13. 2° Passo – Escolha um orientador
  • 14. • Dê preferência a alguém que tenha conhecimento específico na área escolhida. • Alguém acessível, com quem possa debater assuntos de forma produtiva. • Caso pretenda Bolsa de Iniciação Científica o seu orientador deverá ter título de mestrado ou doutorado, caso contrário não. • Não espere iniciativa do orientador. Quanto mais cedo o autor demonstrar iniciativa, antes estará mais preparado para o desenvolvimento de trabalhos.
  • 15. 3° Passo - Agregue Referências Bibliográficas
  • 16. • Talvez um dos momentos mais enriquecedores no desenvolvimento do trabalho científico. • Entre em contato com outros textos. • Eles serão importantes para embasar e guiar o tema desenvolvido. • Saberá o que já foi feito e quais os atuais debates sobre o assunto. Poderá, assim, desenvolver um trabalho mais útil e coerente. • Em média, cada trabalho reúne entre 15 e 25 referências bibliográficas.
  • 17. Busca de Artigos • Pubmed - http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed • Scielo - http://www.scielo.org/php/index.php • BIREME - http://regional.bvsalud.org/php/index.php • Google Acadêmico – http://scholar.google.com.br/ • Periódicos CAPES - http://www.periodicos.capes.gov.br/ • Revistas e Sociedades Acadêmicas específicas.
  • 18. 4° Passo – Conheça os diferentes tipos de trabalhos, suas classificações científicas hierárquicas e suas aplicações.
  • 19. Tipos de Trabalho Conceitos: • Agregado X Individuado • Observacional X Intervencionista • Transversal X Longitudinal • Prospectivo X Retrospectivo
  • 20. Conceitos de tipos de trabalho • Agregado: O pesquisador NÃO consegue discernir, em uma população exposta a um fator de risco, os doentes dos saudáveis. • Individuado: O pesquisador consegue discernir, em uma população exposta a um fator de risco, os doentes dos saudáveis.
  • 21. Conceitos de tipos de trabalho • Transversal: Avalia-se um determinado ponto de tempo. • Longitudinal: Avalia-se um determinado período de tempo. ▫ Retrospectivo: a doença já ocorreu, e analisa-se o histórico do grupo exposto. ▫ Prospectivo: analisa-se a situação de risco para o desenvolvimento de uma doença até seu desfecho. • Observacional: O pesquisador NÃO exerce algum tipo de ação com o grupo pesquisado. • Intervencionista: O pesquisador exerce algum tipo de ação com o grupo pesquisado
  • 22. Tipos de estudos epidemiológicos • Juntando os conceitos temos os seguintes trabalhos: Transversal Ecológico Observacional Agregado Longitudinal Série Temporal Intervencionista Longitudinal Ensaio Temporal Transversal Inquérito Observacional Coorte (Prospectivo) Longitudinal Individuado Caso Controle (Retrospectivo) Intervencionista Longitudinal Ensaio Clínico
  • 23. Ordem Hierárquica 1. Metanálise – análise de diversos estudos a fim de gerar um consenso científico. 2. Estudo clínico experimental duplo ou triplo cego – realizado a fim de testar a eficácia de novas drogas. 3. Estudo cirúrgico experimental – realizado a fim de evidenciar eficácia em novas abordagens cirúrgicas. 4. Coorte – Avaliação de determinado tratamento durante certo período. 5. Outros estudos epidemiológicos 6. Relato de Caso – Debate acerca de casos difíceis, inusitados ou raros. 7. Revisão Bibliográfica – Contribuir para a divulgação de atualizações de determinado tema no meio científico.
  • 24. Atente para seguir o trabalho mais adequado ao seu nível acadêmico. Debata sua escolha com seu orientador. Caso seja iniciante recomendamos que comece com um relato de caso ou uma revisão bibliográfica.
  • 25. 5° Passo – Desenvolva o padrão da metodologia científica no seu trabalho.
  • 26. Ordem Projeto Científico Trabalho Científico 1. Resumo 1. Resumo 2. Introdução 2. Introdução 3. Objetivo 3. Objetivo 4. Métodos 4. Métodos 5. Cronograma 5. Resultados 6. Referências 6. Discussão Bibliográficas 7. Conclusão 8. Referências Bibliográficas
  • 27. Antes de iniciar você deverá ter uma ideia onde ocorrerá a exposição do seu trabalho, pois a burocracia exigida é diferente. Veja: Caso opte por uma revista ou congresso não pertencentes a sua Instituição de ensino, desenvolva o trabalho diretamente sem a etapa do projeto científico. Congressos ou revistas já possuem comitê de ética próprio, não havendo necessidade de dar entrada com a burocracia do projeto, mas lembre-se que deverá seguir todas as informações contidas nas normas de publicação dessas outras Instituições (que costumam disponibilizá- las na Internet).
  • 28. Você terá que seguir a burocracia exposta a seguir, se: • A revista ou congresso forem da instituição. • Alguma revista ou congresso requisitar seu número de aprovação no Comitê de Ética e Pesquisa ou número de SISNEP (Sistema Nacional de Pesquisa em Seres Humanos). • Estiver requisitando uma Bolsa de Iniciação Científica.
  • 29. Desenvolvimento de Projeto Científico • Seguir ordem exigida para Projeto Científico (Texto escrito utilizando verbos no futuro que expressam o que ainda será feito no trabalho). • Desenvolver uma discussão fundamentada no que espera atingir com os resultados (ainda não presentes). • Seguir burocracia de sua Instituição para aprovação no Comitê de Ética. • Cadastro do seu orientador na Plataforma Brasil. • Seu cadastro na Plataforma Brasil . • Cadastro de sua pesquisa na Plataforma Brasil. • Cadastro da pesquisa no SISNEP através do seu orientador (somente se a pesquisa envolver seres humanos). • Cadastro da pesquisa no CEUA (somente se a pesquisa envolver animais).
  • 30. Orientação para o desenvolvimento de cada seção do trabalho científico.
  • 31. Resumo • Permite uma passagem rápida entre todas as seções do trabalho. • Expõe de forma rápida a essência do trabalho, área e tema abordados, objetivo, resultado, métodos, discussão e conclusão. • Seleciona desse modo o público leitor e classifica o trabalho no universo científico.
  • 32. Introdução Escreva uma introdução se preocupando em: • Explicar brevemente o seu tema. • Justificar a realização de seu trabalho evidenciando a necessidade do desenvolvimento do seu tema no meio científico atual. • Embasar os seus parágrafos com Referências Bibliográficas adequadas.
  • 33. Objetivo • Descrever o seu objetivo central. • Caso queira, pode descrever mais que um objetivo. • Atente para o fato de que todos os objetivos descritos devem ser discutidos e concluídos ao final do trabalho.
  • 34. Métodos • Descreva quais ferramentas utilizou para chegar nos resultados: análises estatísticas, referências bibliográficas pesquisadas em tais bases de dados, desenvolvimento e aplicação de questionários, análises laboratoriais. • Lembre-se de que o trabalho científico tem a característica de ser reproduzido, elabore nessa seção a maneira como você explicaria para outra pessoa sobre como desenvolveu seu trabalho.
  • 35. Cronograma • Presente no Projeto Científico, demonstre quanto tempo em meses você demora para coletar o dado, discutí-lo e concluir seu tema. • É uma seção que visa o estabelecimento de prazos para o seguimento e organização do trabalho.
  • 36. Resultado • Seção para exposição dos resultados, isso pode ser feito em forma de tabelas e gráficos. • Quanto ao texto, este guiará o leitor do trabalho no raciocínio obtido ao longo dos resultados.
  • 37. Discussão • Seção de análise geral do trabalho, discussão entre resultados do próprio trabalho e entre resultados obtidos em trabalhos alheios, sempre com foco no esclarecimento dos objetivos e de modo a partir para conclusões. • Oferece ideias para novas pesquisas.
  • 38. Conclusão • Conclui o tema gerando conhecimento relevante que se incluirá ao meio científico. • Sintetiza a discussão e demonstra quais objetivos foram atingidos com os resultados.
  • 39. Referência Bibliográfica • Escrever todas as Referências Bibliográficas utilizadas para embasar o seu trabalho. • Devem ser escritas de acordo com as Normas da ABNT (Protocolo de Vancouver). Segue trabalho específico para consulta e, em seguida, texto original: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid =S0004-27492004000400025&lng=pt&nrm=iso http://www.icmje.org/2008_urm.pdf • Devem ser ordenadas por ordem de aparecimento no texto do seu trabalho.
  • 40. Relato de Caso: Segue uma ordem própria 1. Introdução 2. Objetivo 3. Relato de Caso 4. Discussão 5. Conclusão 6. Referências Bibliográficas
  • 41. Relato de Caso Exposição do caso deve seguir conceitos semiológicos, de uma forma sintetizada com foco no tema exposto. • Identificação • Queixa e duração • História Prévia da Moléstia Atual • Investigação sobre diversos aparelhos: foco em alterações. • História Pessoal: foco em comorbidades • História Familiar: Caso necessário, síndromes genéticas, cânceres. • Exame Físico: Geral, e específico voltado ao tema exposto • Conduta • Evolução da Doença: foco no tema exposto.
  • 42. 6° Passo – Procure um Congresso para apresentação ou Revista para publicação de seu trabalho.
  • 43. • Visite sites de revistas científicas da área em que deseja publicar. • Acesse as normas de publicação e adapte seu trabalho. • Atente para número de autores e orientadores por trabalho e regras de formatação de texto.
  • 44. Evolução Você pode utilizar um trabalho para o desenvolvimento de outro, dando uma sequência hierárquica a sua própria produção científica. Relato de Caso* Coorte* Metanálise *Resultados + Discussão + Conclusão demonstram a necessidade de um trabalho mais detalhado.
  • 45. A prática faz a perfeição! • Fazer trabalhos é como qualquer outra atividade. Inicie, dedique-se e com o tempo verá resultado. • Guie-se em um trabalho pronto nas primeiras vezes e peça ajuda ao seu orientador. • Caso necessite, o Ligas Médicas poderá auxiliá-lo. Escreva um e-mail para: ligas@ligasmedicas.com.br • Aguardamos sugestões de novos tutoriais! • Acompanhe-nos no: http://www.ligasmedicas.com.br
  • 46. Referências 1.Coêlho, RSA. Manual de Metodologia Científica. Ed. Juruá, 2009. 2.Uniform Requirements for Manuscripts Submitted to Biomedical Journals: Writing and Editing for Biomedical Publication. 2008. [updated 2008; cited 2013 mar 12]. Disponível em: http://www.icmje.org/2008_urm.pdf 3. Rother ET, Braga MER. O novo estilo de Vancouver: o que mudou nas referências. Arq. Bras. Oftalmol. v.67 n.4 São Paulo jul./ago. 2004.