SlideShare uma empresa Scribd logo
S O C I O L O G I A
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
“Enquanto o homem e a mulher não se
reconhecerem como semelhantes, enquanto não se
respeitarem como pessoas em que, do ponto de vista
social, política e econômico, não há a menor
diferença, os seres humanos estarão condenados a
não verem o que têm de melhor: a sua liberdade.”
Simone de Beauvoir
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
Desde a Antiguidade até o final do século XVII, a mulher era considerada
imperfeita por natureza. O "modelo do sexo único", descrito
minuciosamente por Thomas Laqueur e dominante até a Revolução
Francesa, situava a mulher num degrau abaixo do homem na hierarquia
social.
A luta inicial das mulheres pela igualdade de direitos nasce pela afirmação
das diferenças dando início a uma ambivalência
(igualdade versus diferença) que acompanha toda a trajetória do(s)
feminismo(s) e fundamenta a ideia de identidade do sujeito feminino.
O direito de votar foi uma das primeiras reivindicações das feministas
denominadas sufragistas que, embora excluídas da esfera pública sob
domínio masculino, buscavam participar desta por meio do voto.
Não podemos deixar de citar a importância do(s) movimento(s) feminista(s)
na conquista dos direitos da mulher.
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
As transformações sociais ocorridas nas últimas
décadas, desencadearam também profundas
mudanças e redefinição do papel da mulher na
sociedade moderna.
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
No que se refere especificamente à história de lutas e
conquistas, em nível mundial, Santos (2002) destaca
as seguintes datas:
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
8 de março – Dia Internacional da Mulher: É uma das
datas mais importantes, pois neste dia, no ano de
1857, as operárias da fábrica têxtil Cotton, em Nova
Iorque, nos Estados Unidos, fizeram uma greve, em
protesto contra uma jornada diária de 16 horas e
baixos salários. Como resposta à manifestação, os
patrões mandaram incendiar o prédio e 129 mulheres
morreram queimadas.
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
25 de abril – Dia Latino-Americano da Mulher Negra:
Assim como as índias, as negras também enfrentam
discriminação de gênero, raça e opressão. As
comemorações pelo Dia Latino-americano da Mulher
Negra podem incorporar também o 21 de março, Dia
Internacional contra a Discriminação Racial, instituído
pela ONU, em razão do massacre de 70 jovens
negros em Sharpeville, na África do Sul (1960).
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
27 de abril – Dia da Empregada Doméstica: As
empregadas domésticas enfrentam o preconceito de
gênero e o social. Faz-se necessário reconhecer o
trabalho dessas mulheres, que não é valorizado por
ser realizado dentro de casa.
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
25 de novembro – Dia Mundial de Combate à
Violência Contra a Mulher: Em 25 de novembro de
1960, duas irmãs foram brutalmente assassinadas na
República Dominicana, durante o regime do ditador
Trujillo. Desde 1981, o dia é usado, em vários países,
como alerta para a necessidade de combater a
violência contra as mulheres. Para marcar a data, é
importante promover discussões sobre o tema.
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
01 de dezembro – Dia Mundial de Combate à Aids: As
estatísticas mostram que as mulheres são as maiores
vítimas da AIDS. A cada ano, vinte mil pessoas são
contaminadas no Brasil. Em 1987, a relação era de 16
homens com a doença para cada mulher. Já em
2002, a proporção é de 2 para 1. E neste contexto, a
importância dada à saúde da mulher vem crescendo
nos últimos anos, com o surgimento de redes
governamentais e não-governamentais específicas
que trabalham para melhorar a qualidade do
atendimento prestado.
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
10 de dezembro – Declaração Universal dos Direitos
Humanos: Somente a partir de 1948, os homens e as
mulheres passaram a ser considerados como titulares
de direitos individuais e sociais. A Declaração
provocou reação imediata por parte de grupos de
mulheres e uma verdadeira luta foi empreendida. As
primeiras datam já no início da década de 50, mas os
avanços mais significativos só viriam a partir da
década de 70, com a realização dos ciclos de
conferências mundiais sobre os direitos das mulheres.
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
Na sociedade moderna, a mulher está cada vez mais
conquistando seu espaço no ambiente profissional e
participando das mudanças ocorridas na
contemporaneidade.
Aos poucos as habilidades e características femininas
começam a ser valorizadas pela sociedade,
deixando a mulher, aos poucos de ser uma mera
coadjuvante em determinados segmentos sociais e
profissionais, possibilitando cada vez mais o seu
acesso às posições estratégicas em suas profissões.
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
Em relação ao trabalho, tais mudanças são ainda mais
visíveis. Isto porque com o processo de reestruturação
produtiva e com o crescente número de mulheres no
mercado de trabalho, a mão-de-obra feminina tem sido
cada vez mais aceita e solicitada.
Contudo, este contingente feminino ainda tem sido sujeito
a algumas limitações, ou tem sofrido dificuldades quanto
ao seu acesso a cargos que exigem maior qualificação ou
que oferecem maiores possibilidades de ascensão na
carreira, especialmente no que se refere a dinâmica de
conciliação das demandas familiar e profissional.
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
Outro ponto importante a salientar é que as mulheres
ainda ocupam menos cargos de poder e prestígio e
continuam a ser vistas como as principais
responsáveis pela casa e pela família.
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
O QUE É EMPODERAMENTO?
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
O conceito de empoderamento surgiu com os movimentos de
direitos civis nos Estados Unidos nos anos setenta.
Em âmbito internacional o conceito foi incorporado por
feministas vinculadas à discussão sobre Mulher e
Desenvolvimento (Women in Development - WID)
No documento da terceira conferência sobre a mulher na ONU,
realizada em Nairobi, em 1985, o conceito de empoderamento
aparece como uma estratégia conquistada por mulheres do
Terceiro Mundo para mudar as próprias vidas, ao mesmo
tempo em que isso gera um processo de transformação social.
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
O Documento “Empoderamento das Mulheres - Avaliação das Disparidades
Globais de Gênero” (FEM, 2005) definiu cinco dimensões importantes
para o empoderamento das mulheres
1. Participação econômica
2. Oportunidade econômica
3. Empoderamento político
4. Avanço educacional
5. Saúde e bem-estar
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
O movimento de mulheres tem constatado a enorme distância
entre os direitos formais e o exercício efetivo destes direitos,
ou seja, a implementação dos mesmos
A luta por direitos não se limita à conquistas legais, mas inclui
fortemente a invenção e criação de novos direitos que
emergem das lutas específicas. Ao lutarmos por direitos
exercemos nossa cidadania, passamos a ser sujeitos políticos
“...aprendi a exigir os meus direitos na sociedade (...) aprendi a
ter direito ao conhecimento e ir atrás do que é meu; nós
mesmas é que devemos lutar por nossos direitos!” (MMTR)
CIDADANIA FEMININA E
EMPODERAMENTO
Fontes:
http://sociologiacienciaevida.uol.com.br/ESSO/Edicoes/22/artigo127779-
1.asp
http://www.infopedia.pt/$historia-dos-direitos-da-mulher
http://afinsophia.com/2009/03/07/o-papel-da-mulher-na-sociedade-
moderna/
http://www.feminafest.com.br/2011/wp-
content/themes/femina/arquivos/Femina2011_Oficina_Prof_Eustaquio.ppt
http://www.jogodedamas.me/os-principios-de-empoderamento-das-
mulheres-e-a-onu/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mulheres na História
Mulheres na HistóriaMulheres na História
Mulheres na História
Gleisi Hoffmann
 
A Desigualdade de gênero e a violência contra a mulher
A Desigualdade de gênero e a violência contra a mulherA Desigualdade de gênero e a violência contra a mulher
A Desigualdade de gênero e a violência contra a mulher
Conceição Amorim
 
Auto estima da Mulher
Auto estima da MulherAuto estima da Mulher
Auto estima da Mulher
izabelfonseca
 
Mulher do século xx vs mulher do século xxi
Mulher do século xx vs mulher do século xxiMulher do século xx vs mulher do século xxi
Mulher do século xx vs mulher do século xxi
WAGNER OLIVEIRA
 
Direitos da mulher
Direitos da mulherDireitos da mulher
Direitos da mulher
mluisavalente
 
Palestras motivacionais para mulheres
Palestras motivacionais para mulheresPalestras motivacionais para mulheres
Palestras motivacionais para mulheres
Solange Wittmann
 
O papel da mulher na sociedade
O papel da mulher na sociedadeO papel da mulher na sociedade
O papel da mulher na sociedade
silvanapappi
 
Ser mulher.pptx
Ser mulher.pptxSer mulher.pptx
Ser mulher.pptx
Ricardo Alexandre
 
A importancia da auto estima na mulher graça
A importancia da auto estima na mulher  graçaA importancia da auto estima na mulher  graça
A importancia da auto estima na mulher graça
Liene Campos
 
Aula 15 - Feminicídio: a violência contra a mulher
Aula 15 - Feminicídio: a violência contra a mulherAula 15 - Feminicídio: a violência contra a mulher
Aula 15 - Feminicídio: a violência contra a mulher
Isabela Espíndola
 
Masculinidades
MasculinidadesMasculinidades
Masculinidades
Arare Carvalho Júnior
 
Violência contra a mulher
Violência contra a mulherViolência contra a mulher
Violência contra a mulher
Mônica Alves Silva
 
Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais
Isaquel Silva
 
Aula 2 Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2   Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoAula 2   Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2 Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
O Dia Internacional Da Mulher
O Dia Internacional Da MulherO Dia Internacional Da Mulher
O Dia Internacional Da Mulher
Joaquim Almeida
 
Biopoder
BiopoderBiopoder
Biopoder
Kati Pinheiro
 
Diversidade na escola
Diversidade na escolaDiversidade na escola
Diversidade na escola
Kellona Christina
 
Slide dia da mulher
Slide dia da mulherSlide dia da mulher
Slide dia da mulher
MAIEVS2
 
Violencia contra a mulher
Violencia contra a mulherViolencia contra a mulher
Violencia contra a mulher
ulissesporto
 
Auto Estima
Auto EstimaAuto Estima
Auto Estima
Dora Guiseline
 

Mais procurados (20)

Mulheres na História
Mulheres na HistóriaMulheres na História
Mulheres na História
 
A Desigualdade de gênero e a violência contra a mulher
A Desigualdade de gênero e a violência contra a mulherA Desigualdade de gênero e a violência contra a mulher
A Desigualdade de gênero e a violência contra a mulher
 
Auto estima da Mulher
Auto estima da MulherAuto estima da Mulher
Auto estima da Mulher
 
Mulher do século xx vs mulher do século xxi
Mulher do século xx vs mulher do século xxiMulher do século xx vs mulher do século xxi
Mulher do século xx vs mulher do século xxi
 
Direitos da mulher
Direitos da mulherDireitos da mulher
Direitos da mulher
 
Palestras motivacionais para mulheres
Palestras motivacionais para mulheresPalestras motivacionais para mulheres
Palestras motivacionais para mulheres
 
O papel da mulher na sociedade
O papel da mulher na sociedadeO papel da mulher na sociedade
O papel da mulher na sociedade
 
Ser mulher.pptx
Ser mulher.pptxSer mulher.pptx
Ser mulher.pptx
 
A importancia da auto estima na mulher graça
A importancia da auto estima na mulher  graçaA importancia da auto estima na mulher  graça
A importancia da auto estima na mulher graça
 
Aula 15 - Feminicídio: a violência contra a mulher
Aula 15 - Feminicídio: a violência contra a mulherAula 15 - Feminicídio: a violência contra a mulher
Aula 15 - Feminicídio: a violência contra a mulher
 
Masculinidades
MasculinidadesMasculinidades
Masculinidades
 
Violência contra a mulher
Violência contra a mulherViolência contra a mulher
Violência contra a mulher
 
Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais
 
Aula 2 Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2   Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoAula 2   Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 2 Mercado de trabalho e desigualdades- 2º Sociologia - Prof. Noe Assunção
 
O Dia Internacional Da Mulher
O Dia Internacional Da MulherO Dia Internacional Da Mulher
O Dia Internacional Da Mulher
 
Biopoder
BiopoderBiopoder
Biopoder
 
Diversidade na escola
Diversidade na escolaDiversidade na escola
Diversidade na escola
 
Slide dia da mulher
Slide dia da mulherSlide dia da mulher
Slide dia da mulher
 
Violencia contra a mulher
Violencia contra a mulherViolencia contra a mulher
Violencia contra a mulher
 
Auto Estima
Auto EstimaAuto Estima
Auto Estima
 

Destaque

Alguem Especial
Alguem EspecialAlguem Especial
Alguem Especial
QSEJAETERNO
 
Oficina Feminina Empreenda Você
Oficina Feminina Empreenda VocêOficina Feminina Empreenda Você
Oficina Feminina Empreenda Você
negociodemulher
 
Empreendedorismo para o Empoderamento das Mulheres
Empreendedorismo para o Empoderamento das MulheresEmpreendedorismo para o Empoderamento das Mulheres
Empreendedorismo para o Empoderamento das Mulheres
RRossiter2015
 
Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014
Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014
Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014
Development Workshop Angola
 
Palestra Dia Internacional Mulher
Palestra  Dia Internacional Mulher Palestra  Dia Internacional Mulher
Palestra Dia Internacional Mulher
Andrea Palma Silva
 
Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)
Edmilson POV 2011 Siqueira de Sá
 
Dia Internacional da Mulher
Dia Internacional da MulherDia Internacional da Mulher
Dia Internacional da Mulher
univsenior
 
Empreendedorismo Feminino + Design
Empreendedorismo Feminino + DesignEmpreendedorismo Feminino + Design
Empreendedorismo Feminino + Design
negociodemulher
 
O perfil da mulher de sucesso
O perfil da mulher de sucessoO perfil da mulher de sucesso
O perfil da mulher de sucesso
Carmen Gloria Coelho
 
Matéria: Empoderamento Feminino
Matéria: Empoderamento FemininoMatéria: Empoderamento Feminino
Matéria: Empoderamento Feminino
Camila Tremea
 
Análise do perfil da Mulher Empreendedora
Análise do perfil da Mulher EmpreendedoraAnálise do perfil da Mulher Empreendedora
Análise do perfil da Mulher Empreendedora
SPC Brasil
 
EMPREENDEDORISMO FEMININO: UM ESTUDO DAS MULHERES EMPREENDEDORAS COM MODELO P...
EMPREENDEDORISMO FEMININO: UM ESTUDO DAS MULHERES EMPREENDEDORAS COM MODELO P...EMPREENDEDORISMO FEMININO: UM ESTUDO DAS MULHERES EMPREENDEDORAS COM MODELO P...
EMPREENDEDORISMO FEMININO: UM ESTUDO DAS MULHERES EMPREENDEDORAS COM MODELO P...
MaisoDias
 
Dia das mulheres
Dia das mulheresDia das mulheres
Dia das mulheres
vanessacristina
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Auto-motivação auto-estima e desenvolvimento pessoal
Auto-motivação auto-estima e desenvolvimento pessoalAuto-motivação auto-estima e desenvolvimento pessoal
Auto-motivação auto-estima e desenvolvimento pessoal
Cursos Profissionalizantes
 
Plan de Unidad de formación 3ra entrega Javier Richard Morales Morales
Plan de Unidad de formación 3ra entrega  Javier Richard Morales MoralesPlan de Unidad de formación 3ra entrega  Javier Richard Morales Morales
Plan de Unidad de formación 3ra entrega Javier Richard Morales Morales
Javier R Morales M.
 

Destaque (16)

Alguem Especial
Alguem EspecialAlguem Especial
Alguem Especial
 
Oficina Feminina Empreenda Você
Oficina Feminina Empreenda VocêOficina Feminina Empreenda Você
Oficina Feminina Empreenda Você
 
Empreendedorismo para o Empoderamento das Mulheres
Empreendedorismo para o Empoderamento das MulheresEmpreendedorismo para o Empoderamento das Mulheres
Empreendedorismo para o Empoderamento das Mulheres
 
Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014
Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014
Lançamento do Projecto Empoderamento da Mulher 10/09/2014
 
Palestra Dia Internacional Mulher
Palestra  Dia Internacional Mulher Palestra  Dia Internacional Mulher
Palestra Dia Internacional Mulher
 
Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)Auto estima.ppt 2014 (hj)
Auto estima.ppt 2014 (hj)
 
Dia Internacional da Mulher
Dia Internacional da MulherDia Internacional da Mulher
Dia Internacional da Mulher
 
Empreendedorismo Feminino + Design
Empreendedorismo Feminino + DesignEmpreendedorismo Feminino + Design
Empreendedorismo Feminino + Design
 
O perfil da mulher de sucesso
O perfil da mulher de sucessoO perfil da mulher de sucesso
O perfil da mulher de sucesso
 
Matéria: Empoderamento Feminino
Matéria: Empoderamento FemininoMatéria: Empoderamento Feminino
Matéria: Empoderamento Feminino
 
Análise do perfil da Mulher Empreendedora
Análise do perfil da Mulher EmpreendedoraAnálise do perfil da Mulher Empreendedora
Análise do perfil da Mulher Empreendedora
 
EMPREENDEDORISMO FEMININO: UM ESTUDO DAS MULHERES EMPREENDEDORAS COM MODELO P...
EMPREENDEDORISMO FEMININO: UM ESTUDO DAS MULHERES EMPREENDEDORAS COM MODELO P...EMPREENDEDORISMO FEMININO: UM ESTUDO DAS MULHERES EMPREENDEDORAS COM MODELO P...
EMPREENDEDORISMO FEMININO: UM ESTUDO DAS MULHERES EMPREENDEDORAS COM MODELO P...
 
Dia das mulheres
Dia das mulheresDia das mulheres
Dia das mulheres
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
 
Auto-motivação auto-estima e desenvolvimento pessoal
Auto-motivação auto-estima e desenvolvimento pessoalAuto-motivação auto-estima e desenvolvimento pessoal
Auto-motivação auto-estima e desenvolvimento pessoal
 
Plan de Unidad de formación 3ra entrega Javier Richard Morales Morales
Plan de Unidad de formación 3ra entrega  Javier Richard Morales MoralesPlan de Unidad de formación 3ra entrega  Javier Richard Morales Morales
Plan de Unidad de formación 3ra entrega Javier Richard Morales Morales
 

Semelhante a Cidadania feminina e empoderamento

Cidadaniafemininaeempoderamento cpia-160227235114
Cidadaniafemininaeempoderamento cpia-160227235114Cidadaniafemininaeempoderamento cpia-160227235114
Cidadaniafemininaeempoderamento cpia-160227235114
Maira Conde
 
Cidadania feminina e empoderamento
Cidadania feminina e empoderamento   Cidadania feminina e empoderamento
Cidadania feminina e empoderamento
Maira Conde
 
Feminismo brasil1
Feminismo brasil1Feminismo brasil1
Feminismo brasil1
Rômulo Fernando
 
Feminismo (2)
Feminismo (2)Feminismo (2)
Feminismo (2)
Turmacef201617
 
Feminismo (2)
Feminismo (2)Feminismo (2)
Feminismo (2)
Turmacef201617
 
Representação da mulher no livro didático da 3ª série de histíoria da década ...
Representação da mulher no livro didático da 3ª série de histíoria da década ...Representação da mulher no livro didático da 3ª série de histíoria da década ...
Representação da mulher no livro didático da 3ª série de histíoria da década ...
UNEB
 
Feminismo sociologia
Feminismo sociologiaFeminismo sociologia
Feminismo sociologia
Ana Maciel
 
As mulheres e a filosofia
As mulheres e a filosofiaAs mulheres e a filosofia
As mulheres e a filosofia
Erica Frau
 
Movimento feminista
Movimento feminista Movimento feminista
Movimento feminista
Andressa Silveira
 
Direitos das mulheres
Direitos das mulheresDireitos das mulheres
Direitos das mulheres
bejr
 
Mulher cópia
Mulher   cópiaMulher   cópia
Mulher cópia
Vera Moreira
 
Trab soc feminismo
Trab soc  feminismoTrab soc  feminismo
Trab soc feminismo
Turmacef201617
 
Material completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
Material completo sobre o FEMINISMO - SociologiaMaterial completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
Material completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
Ana Maciel
 
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICOA EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
Danillo Rodrigues
 
Mulheres e feminismo
Mulheres e feminismoMulheres e feminismo
Mulheres e feminismo
Silvia Sousa
 
Movimento feminista no brasil
Movimento feminista no brasilMovimento feminista no brasil
Movimento feminista no brasil
Vinícius Trindade
 
A Trajetória do poder da mulher: do lar ao mercado de trabalho
A Trajetória do poder da mulher: do lar ao mercado de trabalho A Trajetória do poder da mulher: do lar ao mercado de trabalho
A Trajetória do poder da mulher: do lar ao mercado de trabalho
Psiciclo Treinamento & Desenvolvimento Profissional
 
A marca do batom
A marca do batomA marca do batom
A marca do batom
Juliana Sarieddine
 
Feminismo slides I
Feminismo slides IFeminismo slides I
Feminismo slides I
LilianeTesch
 
Artigo: O papel da mulher na sociedade enc.moderna
Artigo: O papel da mulher na sociedade enc.modernaArtigo: O papel da mulher na sociedade enc.moderna
Artigo: O papel da mulher na sociedade enc.moderna
Josiane Costa
 

Semelhante a Cidadania feminina e empoderamento (20)

Cidadaniafemininaeempoderamento cpia-160227235114
Cidadaniafemininaeempoderamento cpia-160227235114Cidadaniafemininaeempoderamento cpia-160227235114
Cidadaniafemininaeempoderamento cpia-160227235114
 
Cidadania feminina e empoderamento
Cidadania feminina e empoderamento   Cidadania feminina e empoderamento
Cidadania feminina e empoderamento
 
Feminismo brasil1
Feminismo brasil1Feminismo brasil1
Feminismo brasil1
 
Feminismo (2)
Feminismo (2)Feminismo (2)
Feminismo (2)
 
Feminismo (2)
Feminismo (2)Feminismo (2)
Feminismo (2)
 
Representação da mulher no livro didático da 3ª série de histíoria da década ...
Representação da mulher no livro didático da 3ª série de histíoria da década ...Representação da mulher no livro didático da 3ª série de histíoria da década ...
Representação da mulher no livro didático da 3ª série de histíoria da década ...
 
Feminismo sociologia
Feminismo sociologiaFeminismo sociologia
Feminismo sociologia
 
As mulheres e a filosofia
As mulheres e a filosofiaAs mulheres e a filosofia
As mulheres e a filosofia
 
Movimento feminista
Movimento feminista Movimento feminista
Movimento feminista
 
Direitos das mulheres
Direitos das mulheresDireitos das mulheres
Direitos das mulheres
 
Mulher cópia
Mulher   cópiaMulher   cópia
Mulher cópia
 
Trab soc feminismo
Trab soc  feminismoTrab soc  feminismo
Trab soc feminismo
 
Material completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
Material completo sobre o FEMINISMO - SociologiaMaterial completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
Material completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
 
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICOA EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
 
Mulheres e feminismo
Mulheres e feminismoMulheres e feminismo
Mulheres e feminismo
 
Movimento feminista no brasil
Movimento feminista no brasilMovimento feminista no brasil
Movimento feminista no brasil
 
A Trajetória do poder da mulher: do lar ao mercado de trabalho
A Trajetória do poder da mulher: do lar ao mercado de trabalho A Trajetória do poder da mulher: do lar ao mercado de trabalho
A Trajetória do poder da mulher: do lar ao mercado de trabalho
 
A marca do batom
A marca do batomA marca do batom
A marca do batom
 
Feminismo slides I
Feminismo slides IFeminismo slides I
Feminismo slides I
 
Artigo: O papel da mulher na sociedade enc.moderna
Artigo: O papel da mulher na sociedade enc.modernaArtigo: O papel da mulher na sociedade enc.moderna
Artigo: O papel da mulher na sociedade enc.moderna
 

Mais de Maira Conde

Violencia contra a mulher
Violencia contra a mulherViolencia contra a mulher
Violencia contra a mulher
Maira Conde
 
Retomada sociologia
Retomada sociologiaRetomada sociologia
Retomada sociologia
Maira Conde
 
Etnocentrismo e relativismo cultural
Etnocentrismo e relativismo culturalEtnocentrismo e relativismo cultural
Etnocentrismo e relativismo cultural
Maira Conde
 
Emprego e desemprego
Emprego e desemprego Emprego e desemprego
Emprego e desemprego
Maira Conde
 
Desemprego estrutural e conjuntural
Desemprego estrutural e conjunturalDesemprego estrutural e conjuntural
Desemprego estrutural e conjuntural
Maira Conde
 
Cidadaniaativapassivareprimidaeregulada
CidadaniaativapassivareprimidaereguladaCidadaniaativapassivareprimidaeregulada
Cidadaniaativapassivareprimidaeregulada
Maira Conde
 
Genero e desigualdade
Genero e desigualdadeGenero e desigualdade
Genero e desigualdade
Maira Conde
 
Etnocentrismo e Relativismo Cultural
Etnocentrismo e Relativismo Cultural Etnocentrismo e Relativismo Cultural
Etnocentrismo e Relativismo Cultural
Maira Conde
 
Jovens, cultura e consumo
Jovens, cultura e consumoJovens, cultura e consumo
Jovens, cultura e consumo
Maira Conde
 
Puzzle Revoltas Populares Século XIX e XX
Puzzle Revoltas Populares Século XIX e XX Puzzle Revoltas Populares Século XIX e XX
Puzzle Revoltas Populares Século XIX e XX
Maira Conde
 
Arte urbana
Arte urbanaArte urbana
Arte urbana
Maira Conde
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade cultural
Maira Conde
 
Como funcionam as eleições
Como funcionam as eleiçõesComo funcionam as eleições
Como funcionam as eleições
Maira Conde
 
Atualidades – enem 2017
Atualidades – enem 2017Atualidades – enem 2017
Atualidades – enem 2017
Maira Conde
 
Desigualdade
DesigualdadeDesigualdade
Desigualdade
Maira Conde
 
Desigualdade racial
Desigualdade racialDesigualdade racial
Desigualdade racial
Maira Conde
 
O processo de socialização dos grupos indígenas
O processo de socialização dos grupos indígenasO processo de socialização dos grupos indígenas
O processo de socialização dos grupos indígenas
Maira Conde
 
Movimento lgbt
Movimento lgbtMovimento lgbt
Movimento lgbt
Maira Conde
 
Movimento feminista
Movimento feministaMovimento feminista
Movimento feminista
Maira Conde
 
Gincana enem 2016
Gincana enem 2016Gincana enem 2016
Gincana enem 2016
Maira Conde
 

Mais de Maira Conde (20)

Violencia contra a mulher
Violencia contra a mulherViolencia contra a mulher
Violencia contra a mulher
 
Retomada sociologia
Retomada sociologiaRetomada sociologia
Retomada sociologia
 
Etnocentrismo e relativismo cultural
Etnocentrismo e relativismo culturalEtnocentrismo e relativismo cultural
Etnocentrismo e relativismo cultural
 
Emprego e desemprego
Emprego e desemprego Emprego e desemprego
Emprego e desemprego
 
Desemprego estrutural e conjuntural
Desemprego estrutural e conjunturalDesemprego estrutural e conjuntural
Desemprego estrutural e conjuntural
 
Cidadaniaativapassivareprimidaeregulada
CidadaniaativapassivareprimidaereguladaCidadaniaativapassivareprimidaeregulada
Cidadaniaativapassivareprimidaeregulada
 
Genero e desigualdade
Genero e desigualdadeGenero e desigualdade
Genero e desigualdade
 
Etnocentrismo e Relativismo Cultural
Etnocentrismo e Relativismo Cultural Etnocentrismo e Relativismo Cultural
Etnocentrismo e Relativismo Cultural
 
Jovens, cultura e consumo
Jovens, cultura e consumoJovens, cultura e consumo
Jovens, cultura e consumo
 
Puzzle Revoltas Populares Século XIX e XX
Puzzle Revoltas Populares Século XIX e XX Puzzle Revoltas Populares Século XIX e XX
Puzzle Revoltas Populares Século XIX e XX
 
Arte urbana
Arte urbanaArte urbana
Arte urbana
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade cultural
 
Como funcionam as eleições
Como funcionam as eleiçõesComo funcionam as eleições
Como funcionam as eleições
 
Atualidades – enem 2017
Atualidades – enem 2017Atualidades – enem 2017
Atualidades – enem 2017
 
Desigualdade
DesigualdadeDesigualdade
Desigualdade
 
Desigualdade racial
Desigualdade racialDesigualdade racial
Desigualdade racial
 
O processo de socialização dos grupos indígenas
O processo de socialização dos grupos indígenasO processo de socialização dos grupos indígenas
O processo de socialização dos grupos indígenas
 
Movimento lgbt
Movimento lgbtMovimento lgbt
Movimento lgbt
 
Movimento feminista
Movimento feministaMovimento feminista
Movimento feminista
 
Gincana enem 2016
Gincana enem 2016Gincana enem 2016
Gincana enem 2016
 

Cidadania feminina e empoderamento

  • 1. S O C I O L O G I A CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO
  • 2. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO “Enquanto o homem e a mulher não se reconhecerem como semelhantes, enquanto não se respeitarem como pessoas em que, do ponto de vista social, política e econômico, não há a menor diferença, os seres humanos estarão condenados a não verem o que têm de melhor: a sua liberdade.” Simone de Beauvoir
  • 3. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO Desde a Antiguidade até o final do século XVII, a mulher era considerada imperfeita por natureza. O "modelo do sexo único", descrito minuciosamente por Thomas Laqueur e dominante até a Revolução Francesa, situava a mulher num degrau abaixo do homem na hierarquia social. A luta inicial das mulheres pela igualdade de direitos nasce pela afirmação das diferenças dando início a uma ambivalência (igualdade versus diferença) que acompanha toda a trajetória do(s) feminismo(s) e fundamenta a ideia de identidade do sujeito feminino. O direito de votar foi uma das primeiras reivindicações das feministas denominadas sufragistas que, embora excluídas da esfera pública sob domínio masculino, buscavam participar desta por meio do voto. Não podemos deixar de citar a importância do(s) movimento(s) feminista(s) na conquista dos direitos da mulher.
  • 4. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO As transformações sociais ocorridas nas últimas décadas, desencadearam também profundas mudanças e redefinição do papel da mulher na sociedade moderna.
  • 5. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO No que se refere especificamente à história de lutas e conquistas, em nível mundial, Santos (2002) destaca as seguintes datas:
  • 6. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO 8 de março – Dia Internacional da Mulher: É uma das datas mais importantes, pois neste dia, no ano de 1857, as operárias da fábrica têxtil Cotton, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, fizeram uma greve, em protesto contra uma jornada diária de 16 horas e baixos salários. Como resposta à manifestação, os patrões mandaram incendiar o prédio e 129 mulheres morreram queimadas.
  • 7. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO 25 de abril – Dia Latino-Americano da Mulher Negra: Assim como as índias, as negras também enfrentam discriminação de gênero, raça e opressão. As comemorações pelo Dia Latino-americano da Mulher Negra podem incorporar também o 21 de março, Dia Internacional contra a Discriminação Racial, instituído pela ONU, em razão do massacre de 70 jovens negros em Sharpeville, na África do Sul (1960).
  • 8. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO 27 de abril – Dia da Empregada Doméstica: As empregadas domésticas enfrentam o preconceito de gênero e o social. Faz-se necessário reconhecer o trabalho dessas mulheres, que não é valorizado por ser realizado dentro de casa.
  • 9. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO 25 de novembro – Dia Mundial de Combate à Violência Contra a Mulher: Em 25 de novembro de 1960, duas irmãs foram brutalmente assassinadas na República Dominicana, durante o regime do ditador Trujillo. Desde 1981, o dia é usado, em vários países, como alerta para a necessidade de combater a violência contra as mulheres. Para marcar a data, é importante promover discussões sobre o tema.
  • 10. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO 01 de dezembro – Dia Mundial de Combate à Aids: As estatísticas mostram que as mulheres são as maiores vítimas da AIDS. A cada ano, vinte mil pessoas são contaminadas no Brasil. Em 1987, a relação era de 16 homens com a doença para cada mulher. Já em 2002, a proporção é de 2 para 1. E neste contexto, a importância dada à saúde da mulher vem crescendo nos últimos anos, com o surgimento de redes governamentais e não-governamentais específicas que trabalham para melhorar a qualidade do atendimento prestado.
  • 11. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO 10 de dezembro – Declaração Universal dos Direitos Humanos: Somente a partir de 1948, os homens e as mulheres passaram a ser considerados como titulares de direitos individuais e sociais. A Declaração provocou reação imediata por parte de grupos de mulheres e uma verdadeira luta foi empreendida. As primeiras datam já no início da década de 50, mas os avanços mais significativos só viriam a partir da década de 70, com a realização dos ciclos de conferências mundiais sobre os direitos das mulheres.
  • 12. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO Na sociedade moderna, a mulher está cada vez mais conquistando seu espaço no ambiente profissional e participando das mudanças ocorridas na contemporaneidade. Aos poucos as habilidades e características femininas começam a ser valorizadas pela sociedade, deixando a mulher, aos poucos de ser uma mera coadjuvante em determinados segmentos sociais e profissionais, possibilitando cada vez mais o seu acesso às posições estratégicas em suas profissões.
  • 13. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO Em relação ao trabalho, tais mudanças são ainda mais visíveis. Isto porque com o processo de reestruturação produtiva e com o crescente número de mulheres no mercado de trabalho, a mão-de-obra feminina tem sido cada vez mais aceita e solicitada. Contudo, este contingente feminino ainda tem sido sujeito a algumas limitações, ou tem sofrido dificuldades quanto ao seu acesso a cargos que exigem maior qualificação ou que oferecem maiores possibilidades de ascensão na carreira, especialmente no que se refere a dinâmica de conciliação das demandas familiar e profissional.
  • 14. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO Outro ponto importante a salientar é que as mulheres ainda ocupam menos cargos de poder e prestígio e continuam a ser vistas como as principais responsáveis pela casa e pela família.
  • 15. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO O QUE É EMPODERAMENTO?
  • 16. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO O conceito de empoderamento surgiu com os movimentos de direitos civis nos Estados Unidos nos anos setenta. Em âmbito internacional o conceito foi incorporado por feministas vinculadas à discussão sobre Mulher e Desenvolvimento (Women in Development - WID) No documento da terceira conferência sobre a mulher na ONU, realizada em Nairobi, em 1985, o conceito de empoderamento aparece como uma estratégia conquistada por mulheres do Terceiro Mundo para mudar as próprias vidas, ao mesmo tempo em que isso gera um processo de transformação social.
  • 17. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO O Documento “Empoderamento das Mulheres - Avaliação das Disparidades Globais de Gênero” (FEM, 2005) definiu cinco dimensões importantes para o empoderamento das mulheres 1. Participação econômica 2. Oportunidade econômica 3. Empoderamento político 4. Avanço educacional 5. Saúde e bem-estar
  • 18. CIDADANIA FEMININA E EMPODERAMENTO O movimento de mulheres tem constatado a enorme distância entre os direitos formais e o exercício efetivo destes direitos, ou seja, a implementação dos mesmos A luta por direitos não se limita à conquistas legais, mas inclui fortemente a invenção e criação de novos direitos que emergem das lutas específicas. Ao lutarmos por direitos exercemos nossa cidadania, passamos a ser sujeitos políticos “...aprendi a exigir os meus direitos na sociedade (...) aprendi a ter direito ao conhecimento e ir atrás do que é meu; nós mesmas é que devemos lutar por nossos direitos!” (MMTR)