SlideShare uma empresa Scribd logo
Introdução
 Este trabalho foi feito por Miguel Ponte nº18 e Telmo
Gonçalo nº27 da turma 12ºc no âmbito da disciplina de
Sociologia, lecionada por Leonor Alves.
 Com a realização deste trabalho pretendemos dar a
conhecer o movimento feminista emergente na
América Latina, o seu impacto, e a maneira como tal
movimento está a quebrar barreiras e tabus.
Feminismo
 Feminismo é um conjunto de movimentos politicos, sociais, ideologias
e filosofias que têm como objetivo comum: direitos iguais e uma
vivência humana por meio do empoderamento feminino e da libertação
de padrões patriarcais, baseados em normas de género.
 De acordo com Maggie Humm e Rebecca Walter a história do
feminismo é dividido por 3 ondas, a primeira no séc. xix ate ao inicio do
séc. xx, a segunda onde é nas décadas de 1960 e 1970 e a terceira onde é
da década de 1990 até a atualidade.
Feminismo Radical
 O feminismo radical é uma perspectiva dentro do feminismo que exige
um reordenamento radical da sociedade em que a supremacia
masculina é eliminada em todos os contextos sociais e económicos.
 As feministas radicais em geral concordam com os seguintes pontos: as
mulheres foram, historicamente, o primeiro grupo oprimido, a
opressão das mulheres é a mais difundida (existe em todas as
sociedades), a opressão das mulheres é a mais enraizada (não pode ser
removida como classes sociais podem ser removidas da sociedade), é a
opressão que causa mais sofrimentos (ex.: falsa consciência) e a
opressão das mulheres providencia um modelo conceitual para a
compreensão de todas as outras formas de opressão.
Feminismo radical
 As feministas radicais afirmam que a sociedade é um patriarcado em
que a classe dos homens são os opressores da classe das mulheres.[8]
Elas postulam que, por causa do patriarcado, as mulheres passaram a
ser vistas como o "outro" à norma masculina e, como tal, a mulher têm
sido sistematicamente oprimida e marginalizada.
Feminismo na América latina
 Com a entrada do homem ocidental na América latina
na época dos descobrimentos, onde a sociedade era
uma sociedade machista, fazendo assim com que as
comunidades latinas fossem machistas também.
 À medida que os movimentos feministas começavam a
parecer na Europa, os movimentos feministas na
América latina também.
Feminismo no México
 O feminismo no México iniciou-se no séc. xx mais
concretamente no ano de 1910, quando dois
camponeses contra o imperialismo do governo e assim
as mulheres que desejavam a igualdade de gênero
decidiram também fazer uma revolução. Apesar de ter
sido um trabalho lento em 1917 foi reconhecido o
trabalho feito pelas mulheres.
Feminismo no Chile
 No Chile as feministas procuravam mais o
reconhecimento da possibilidade laboral, ter os seus
próprios salários e o reconhecimento da capacidade
civil.
 No entanto com estes direitos a serem perseguidos, as
mulheres casadas juntaram-se e formaram uma “elite”
da época, desejando debates que originaram duas
organizações: Dignas senhoras e donas de casa.
Feminismo na Argentina
 Na Argentina o movimento feminismo veio através de
uma lei, quando impulsionada por senadores
socialistas, quando deu o reconhecimento da
capacidade civil da mulher que fosse maior de idade,
solteira, viúva ou divorciada.
Feminismo no Brasil
 O movimento feminista no Brasil surgiu no século 19 com a luta pela
educação feminina, direito de voto e abolição dos escravos.
 Durante o Império foi reconhecido o direito à educação feminina.
 Com o advento da República, o movimento feminista no Brasil se torna
mais amplo. O novo regime não concede o direito de voto às mulheres e
nem facilita o acesso ao mercado de trabalho à mulher branca de classe
média urbana ou rica. Já a mulher negra, a indígena e a mulher branca
pobre sempre tiveram que trabalhar para sobreviver.
 Nos tempos de hoje no Brasil os casos mais populares ondes a
feministas atuam é nos casos de violação ou de abuso infantil.
Ni Una Menos
 Foi um protesto contra a violência de gênero que se
deu em várias cidades como Argentina, Chile e
Uruguai, estes protestos foram desencadeados pelo
assassinato de Chiara Páez, de 14 anos, grávida e de
outras 4 mulheres incluindo Lucia Pérez, de 16 anos,
que foi drogadas, violada e empalada.
Primavera Feminista
 Foi em 2015 que os meios de comunicação começaram a
usar o termo “Primavera Feminista” para definir os atos nas
ruas e as mobilizações nas redes sociais contra a cultura do
estupro, o machismo e a desigualdade de gênero no Brasil.
 Esta organização foi ganhando visibilidade aos poucos com
campanhas como #EuNãoMereçoSerEstrupada de 2014 e
como #MeuPrimeiroAbuso sobre caso de abuso sexual e até
violações na pré-adolescência e na infância.
Conclusão
 Mulheres têm quebrado barreiras nos últimos 200
anos, lutando com resiliência contra a opressão e a
favor dos seus direitos.
 Estes movimentos feministas na América latina são a
prova que grandes mudanças ainda estão por vir no
que toca aos direitos das mulheres, e que o futuro
reserva ainda gigantes mudanças e queda de barreiras,
fazendo com que a mulher tenha cada vez uma voz
mais ativa no nosso mundo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

As mulheres e a filosofia
As mulheres e a filosofiaAs mulheres e a filosofia
As mulheres e a filosofia
Erica Frau
 
Mulheres e feminismo
Mulheres e feminismoMulheres e feminismo
Mulheres e feminismo
Silvia Sousa
 
Feminismo brasil1
Feminismo brasil1Feminismo brasil1
Feminismo brasil1
Rômulo Fernando
 
Movimento Feminista nas Histórias em Quadrinhos
Movimento Feminista nas Histórias em QuadrinhosMovimento Feminista nas Histórias em Quadrinhos
Movimento Feminista nas Histórias em Quadrinhos
Ton Nascimento
 
Movimento feminista
Movimento feminista Movimento feminista
Movimento feminista
Andressa Silveira
 
Feminismo negro combate ao racismo
Feminismo negro combate ao racismoFeminismo negro combate ao racismo
Feminismo negro combate ao racismo
Comunidadenegrafm
 
Movimento feminista ,representantes Ciência biologica
Movimento feminista ,representantes Ciência biologica Movimento feminista ,representantes Ciência biologica
Movimento feminista ,representantes Ciência biologica
Flávia Lira
 
Movimento feminista
Movimento feministaMovimento feminista
Movimento feminista
Laís Hildebrand
 
Sociologia feminismo
Sociologia  feminismoSociologia  feminismo
Sociologia feminismo
Edwin Juan
 
Feminismo slides I
Feminismo slides IFeminismo slides I
Feminismo slides I
LilianeTesch
 
Feminismo na contemporaneidade
Feminismo na contemporaneidadeFeminismo na contemporaneidade
Feminismo na contemporaneidade
Pedro Oliveira
 
Feminismo sociologia
Feminismo sociologiaFeminismo sociologia
Feminismo sociologia
Ana Maciel
 
Movimento feminista no brasil
Movimento feminista no brasilMovimento feminista no brasil
Movimento feminista no brasil
Vinícius Trindade
 
Atualidades 06 os movimentos feministas e seus objetivo
Atualidades 06   os movimentos feministas e seus objetivoAtualidades 06   os movimentos feministas e seus objetivo
Atualidades 06 os movimentos feministas e seus objetivo
SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO
 
Feminismo mundial
Feminismo mundialFeminismo mundial
Feminismo mundial
Rômulo Fernando
 
Movimento feminista
Movimento feministaMovimento feminista
Movimento feminista
Ronannc01
 
Movimento feminista
Movimento feministaMovimento feminista
Movimento feminista
Maira Conde
 
O feminismo
O feminismoO feminismo
O feminismo
Natalia Dias
 
Material completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
Material completo sobre o FEMINISMO - SociologiaMaterial completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
Material completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
Ana Maciel
 
Feminismo
FeminismoFeminismo
Feminismo
Helena Caboclo
 

Mais procurados (20)

As mulheres e a filosofia
As mulheres e a filosofiaAs mulheres e a filosofia
As mulheres e a filosofia
 
Mulheres e feminismo
Mulheres e feminismoMulheres e feminismo
Mulheres e feminismo
 
Feminismo brasil1
Feminismo brasil1Feminismo brasil1
Feminismo brasil1
 
Movimento Feminista nas Histórias em Quadrinhos
Movimento Feminista nas Histórias em QuadrinhosMovimento Feminista nas Histórias em Quadrinhos
Movimento Feminista nas Histórias em Quadrinhos
 
Movimento feminista
Movimento feminista Movimento feminista
Movimento feminista
 
Feminismo negro combate ao racismo
Feminismo negro combate ao racismoFeminismo negro combate ao racismo
Feminismo negro combate ao racismo
 
Movimento feminista ,representantes Ciência biologica
Movimento feminista ,representantes Ciência biologica Movimento feminista ,representantes Ciência biologica
Movimento feminista ,representantes Ciência biologica
 
Movimento feminista
Movimento feministaMovimento feminista
Movimento feminista
 
Sociologia feminismo
Sociologia  feminismoSociologia  feminismo
Sociologia feminismo
 
Feminismo slides I
Feminismo slides IFeminismo slides I
Feminismo slides I
 
Feminismo na contemporaneidade
Feminismo na contemporaneidadeFeminismo na contemporaneidade
Feminismo na contemporaneidade
 
Feminismo sociologia
Feminismo sociologiaFeminismo sociologia
Feminismo sociologia
 
Movimento feminista no brasil
Movimento feminista no brasilMovimento feminista no brasil
Movimento feminista no brasil
 
Atualidades 06 os movimentos feministas e seus objetivo
Atualidades 06   os movimentos feministas e seus objetivoAtualidades 06   os movimentos feministas e seus objetivo
Atualidades 06 os movimentos feministas e seus objetivo
 
Feminismo mundial
Feminismo mundialFeminismo mundial
Feminismo mundial
 
Movimento feminista
Movimento feministaMovimento feminista
Movimento feminista
 
Movimento feminista
Movimento feministaMovimento feminista
Movimento feminista
 
O feminismo
O feminismoO feminismo
O feminismo
 
Material completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
Material completo sobre o FEMINISMO - SociologiaMaterial completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
Material completo sobre o FEMINISMO - Sociologia
 
Feminismo
FeminismoFeminismo
Feminismo
 

Semelhante a Feminismo (2)

O Feminismo
O FeminismoO Feminismo
O Feminismo
DaviLucasOliveira
 
Movimento feminista
Movimento feministaMovimento feminista
Movimento feminista
Milena Marçal
 
Feminismo criação
Feminismo   criaçãoFeminismo   criação
Feminismo criação
Denilson França
 
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICOA EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
Danillo Rodrigues
 
A evolução da mulher no cenário político
A evolução da mulher no cenário políticoA evolução da mulher no cenário político
A evolução da mulher no cenário político
Danillo Rodrigues
 
Mulher cópia
Mulher   cópiaMulher   cópia
Mulher cópia
Vera Moreira
 
Mujeres libres
Mujeres libresMujeres libres
Mujeres libres
Lorena Mundim
 
Artigo: O papel da mulher na sociedade enc.moderna
Artigo: O papel da mulher na sociedade enc.modernaArtigo: O papel da mulher na sociedade enc.moderna
Artigo: O papel da mulher na sociedade enc.moderna
Josiane Costa
 
Cidadania feminina e empoderamento
Cidadania feminina e empoderamentoCidadania feminina e empoderamento
Cidadania feminina e empoderamento
Maira Conde
 
Cidadania feminina e empoderamento
Cidadania feminina e empoderamentoCidadania feminina e empoderamento
Cidadania feminina e empoderamento
Maira Conde
 
O anarquismo, as ideias anarquistas
O anarquismo, as ideias anarquistasO anarquismo, as ideias anarquistas
O anarquismo, as ideias anarquistas
alinesantana1422
 
Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...
Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...
Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...
moratonoise
 
slide sobre America latina no século XXI.ppt
slide sobre America latina no século XXI.pptslide sobre America latina no século XXI.ppt
slide sobre America latina no século XXI.ppt
GameManiaBM
 
A marca do batom
A marca do batomA marca do batom
A marca do batom
Juliana Sarieddine
 
Pdf movimento feminista
Pdf movimento feministaPdf movimento feminista
Pdf movimento feminista
BeatrizSantos567
 
A luta pela democracia e feminismos aluns apontamentos
A luta pela democracia e feminismos aluns apontamentosA luta pela democracia e feminismos aluns apontamentos
A luta pela democracia e feminismos aluns apontamentos
Mariana Brito
 
Movimento feminista - trabalho word
Movimento feminista - trabalho wordMovimento feminista - trabalho word
Movimento feminista - trabalho word
BeatrizSantos567
 
feminismo.pptx
feminismo.pptxfeminismo.pptx
feminismo.pptx
cernutosornatus
 
Trabalho qualitativo de inglês
Trabalho qualitativo de inglêsTrabalho qualitativo de inglês
Trabalho qualitativo de inglês
Felipe Klayn
 
Tópico 24 cidadania no mundo atual
Tópico 24 cidadania no mundo atualTópico 24 cidadania no mundo atual
Tópico 24 cidadania no mundo atual
Atividades Diversas Cláudia
 

Semelhante a Feminismo (2) (20)

O Feminismo
O FeminismoO Feminismo
O Feminismo
 
Movimento feminista
Movimento feministaMovimento feminista
Movimento feminista
 
Feminismo criação
Feminismo   criaçãoFeminismo   criação
Feminismo criação
 
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICOA EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
 
A evolução da mulher no cenário político
A evolução da mulher no cenário políticoA evolução da mulher no cenário político
A evolução da mulher no cenário político
 
Mulher cópia
Mulher   cópiaMulher   cópia
Mulher cópia
 
Mujeres libres
Mujeres libresMujeres libres
Mujeres libres
 
Artigo: O papel da mulher na sociedade enc.moderna
Artigo: O papel da mulher na sociedade enc.modernaArtigo: O papel da mulher na sociedade enc.moderna
Artigo: O papel da mulher na sociedade enc.moderna
 
Cidadania feminina e empoderamento
Cidadania feminina e empoderamentoCidadania feminina e empoderamento
Cidadania feminina e empoderamento
 
Cidadania feminina e empoderamento
Cidadania feminina e empoderamentoCidadania feminina e empoderamento
Cidadania feminina e empoderamento
 
O anarquismo, as ideias anarquistas
O anarquismo, as ideias anarquistasO anarquismo, as ideias anarquistas
O anarquismo, as ideias anarquistas
 
Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...
Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...
Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...
 
slide sobre America latina no século XXI.ppt
slide sobre America latina no século XXI.pptslide sobre America latina no século XXI.ppt
slide sobre America latina no século XXI.ppt
 
A marca do batom
A marca do batomA marca do batom
A marca do batom
 
Pdf movimento feminista
Pdf movimento feministaPdf movimento feminista
Pdf movimento feminista
 
A luta pela democracia e feminismos aluns apontamentos
A luta pela democracia e feminismos aluns apontamentosA luta pela democracia e feminismos aluns apontamentos
A luta pela democracia e feminismos aluns apontamentos
 
Movimento feminista - trabalho word
Movimento feminista - trabalho wordMovimento feminista - trabalho word
Movimento feminista - trabalho word
 
feminismo.pptx
feminismo.pptxfeminismo.pptx
feminismo.pptx
 
Trabalho qualitativo de inglês
Trabalho qualitativo de inglêsTrabalho qualitativo de inglês
Trabalho qualitativo de inglês
 
Tópico 24 cidadania no mundo atual
Tópico 24 cidadania no mundo atualTópico 24 cidadania no mundo atual
Tópico 24 cidadania no mundo atual
 

Mais de Turmacef201617

Sociologia
SociologiaSociologia
Sociologia
Turmacef201617
 
Trabalho soc (1)
Trabalho soc (1)Trabalho soc (1)
Trabalho soc (1)
Turmacef201617
 
Tecnologia, Mudanças Sociais e Aldeia Global
Tecnologia, Mudanças Sociais e Aldeia GlobalTecnologia, Mudanças Sociais e Aldeia Global
Tecnologia, Mudanças Sociais e Aldeia Global
Turmacef201617
 
Aldeia global.docx
Aldeia global.docx Aldeia global.docx
Aldeia global.docx
Turmacef201617
 
Trabalho de sociologia do 2º periodo
Trabalho de sociologia do 2º periodoTrabalho de sociologia do 2º periodo
Trabalho de sociologia do 2º periodo
Turmacef201617
 
Sociologia (2) (1)
Sociologia (2) (1)Sociologia (2) (1)
Sociologia (2) (1)
Turmacef201617
 
Social groups 12c
Social groups 12cSocial groups 12c
Social groups 12c
Turmacef201617
 
Grupos sociais
Grupos sociaisGrupos sociais
Grupos sociais
Turmacef201617
 
Social groups
Social groupsSocial groups
Social groups
Turmacef201617
 
População total de portugal
População total de portugalPopulação total de portugal
População total de portugal
Turmacef201617
 
Populaçao total de portugal
Populaçao total de portugalPopulaçao total de portugal
Populaçao total de portugal
Turmacef201617
 
A população
A populaçãoA população
A população
Turmacef201617
 
Populacão
PopulacãoPopulacão
Populacão
Turmacef201617
 
A população
A populaçãoA população
A população
Turmacef201617
 
População total de portugal
População total de portugalPopulação total de portugal
População total de portugal
Turmacef201617
 
População de portugal
População de portugalPopulação de portugal
População de portugal
Turmacef201617
 
População De Portugal
População De Portugal População De Portugal
População De Portugal
Turmacef201617
 
População total de portugal
População total de portugalPopulação total de portugal
População total de portugal
Turmacef201617
 
A população
A populaçãoA população
A população
Turmacef201617
 
A População
A PopulaçãoA População
A População
Turmacef201617
 

Mais de Turmacef201617 (20)

Sociologia
SociologiaSociologia
Sociologia
 
Trabalho soc (1)
Trabalho soc (1)Trabalho soc (1)
Trabalho soc (1)
 
Tecnologia, Mudanças Sociais e Aldeia Global
Tecnologia, Mudanças Sociais e Aldeia GlobalTecnologia, Mudanças Sociais e Aldeia Global
Tecnologia, Mudanças Sociais e Aldeia Global
 
Aldeia global.docx
Aldeia global.docx Aldeia global.docx
Aldeia global.docx
 
Trabalho de sociologia do 2º periodo
Trabalho de sociologia do 2º periodoTrabalho de sociologia do 2º periodo
Trabalho de sociologia do 2º periodo
 
Sociologia (2) (1)
Sociologia (2) (1)Sociologia (2) (1)
Sociologia (2) (1)
 
Social groups 12c
Social groups 12cSocial groups 12c
Social groups 12c
 
Grupos sociais
Grupos sociaisGrupos sociais
Grupos sociais
 
Social groups
Social groupsSocial groups
Social groups
 
População total de portugal
População total de portugalPopulação total de portugal
População total de portugal
 
Populaçao total de portugal
Populaçao total de portugalPopulaçao total de portugal
Populaçao total de portugal
 
A população
A populaçãoA população
A população
 
Populacão
PopulacãoPopulacão
Populacão
 
A população
A populaçãoA população
A população
 
População total de portugal
População total de portugalPopulação total de portugal
População total de portugal
 
População de portugal
População de portugalPopulação de portugal
População de portugal
 
População De Portugal
População De Portugal População De Portugal
População De Portugal
 
População total de portugal
População total de portugalPopulação total de portugal
População total de portugal
 
A população
A populaçãoA população
A população
 
A População
A PopulaçãoA População
A População
 

Feminismo (2)

  • 1.
  • 2. Introdução  Este trabalho foi feito por Miguel Ponte nº18 e Telmo Gonçalo nº27 da turma 12ºc no âmbito da disciplina de Sociologia, lecionada por Leonor Alves.  Com a realização deste trabalho pretendemos dar a conhecer o movimento feminista emergente na América Latina, o seu impacto, e a maneira como tal movimento está a quebrar barreiras e tabus.
  • 3. Feminismo  Feminismo é um conjunto de movimentos politicos, sociais, ideologias e filosofias que têm como objetivo comum: direitos iguais e uma vivência humana por meio do empoderamento feminino e da libertação de padrões patriarcais, baseados em normas de género.  De acordo com Maggie Humm e Rebecca Walter a história do feminismo é dividido por 3 ondas, a primeira no séc. xix ate ao inicio do séc. xx, a segunda onde é nas décadas de 1960 e 1970 e a terceira onde é da década de 1990 até a atualidade.
  • 4. Feminismo Radical  O feminismo radical é uma perspectiva dentro do feminismo que exige um reordenamento radical da sociedade em que a supremacia masculina é eliminada em todos os contextos sociais e económicos.  As feministas radicais em geral concordam com os seguintes pontos: as mulheres foram, historicamente, o primeiro grupo oprimido, a opressão das mulheres é a mais difundida (existe em todas as sociedades), a opressão das mulheres é a mais enraizada (não pode ser removida como classes sociais podem ser removidas da sociedade), é a opressão que causa mais sofrimentos (ex.: falsa consciência) e a opressão das mulheres providencia um modelo conceitual para a compreensão de todas as outras formas de opressão.
  • 5. Feminismo radical  As feministas radicais afirmam que a sociedade é um patriarcado em que a classe dos homens são os opressores da classe das mulheres.[8] Elas postulam que, por causa do patriarcado, as mulheres passaram a ser vistas como o "outro" à norma masculina e, como tal, a mulher têm sido sistematicamente oprimida e marginalizada.
  • 6. Feminismo na América latina  Com a entrada do homem ocidental na América latina na época dos descobrimentos, onde a sociedade era uma sociedade machista, fazendo assim com que as comunidades latinas fossem machistas também.  À medida que os movimentos feministas começavam a parecer na Europa, os movimentos feministas na América latina também.
  • 7. Feminismo no México  O feminismo no México iniciou-se no séc. xx mais concretamente no ano de 1910, quando dois camponeses contra o imperialismo do governo e assim as mulheres que desejavam a igualdade de gênero decidiram também fazer uma revolução. Apesar de ter sido um trabalho lento em 1917 foi reconhecido o trabalho feito pelas mulheres.
  • 8. Feminismo no Chile  No Chile as feministas procuravam mais o reconhecimento da possibilidade laboral, ter os seus próprios salários e o reconhecimento da capacidade civil.  No entanto com estes direitos a serem perseguidos, as mulheres casadas juntaram-se e formaram uma “elite” da época, desejando debates que originaram duas organizações: Dignas senhoras e donas de casa.
  • 9. Feminismo na Argentina  Na Argentina o movimento feminismo veio através de uma lei, quando impulsionada por senadores socialistas, quando deu o reconhecimento da capacidade civil da mulher que fosse maior de idade, solteira, viúva ou divorciada.
  • 10. Feminismo no Brasil  O movimento feminista no Brasil surgiu no século 19 com a luta pela educação feminina, direito de voto e abolição dos escravos.  Durante o Império foi reconhecido o direito à educação feminina.  Com o advento da República, o movimento feminista no Brasil se torna mais amplo. O novo regime não concede o direito de voto às mulheres e nem facilita o acesso ao mercado de trabalho à mulher branca de classe média urbana ou rica. Já a mulher negra, a indígena e a mulher branca pobre sempre tiveram que trabalhar para sobreviver.  Nos tempos de hoje no Brasil os casos mais populares ondes a feministas atuam é nos casos de violação ou de abuso infantil.
  • 11. Ni Una Menos  Foi um protesto contra a violência de gênero que se deu em várias cidades como Argentina, Chile e Uruguai, estes protestos foram desencadeados pelo assassinato de Chiara Páez, de 14 anos, grávida e de outras 4 mulheres incluindo Lucia Pérez, de 16 anos, que foi drogadas, violada e empalada.
  • 12. Primavera Feminista  Foi em 2015 que os meios de comunicação começaram a usar o termo “Primavera Feminista” para definir os atos nas ruas e as mobilizações nas redes sociais contra a cultura do estupro, o machismo e a desigualdade de gênero no Brasil.  Esta organização foi ganhando visibilidade aos poucos com campanhas como #EuNãoMereçoSerEstrupada de 2014 e como #MeuPrimeiroAbuso sobre caso de abuso sexual e até violações na pré-adolescência e na infância.
  • 13. Conclusão  Mulheres têm quebrado barreiras nos últimos 200 anos, lutando com resiliência contra a opressão e a favor dos seus direitos.  Estes movimentos feministas na América latina são a prova que grandes mudanças ainda estão por vir no que toca aos direitos das mulheres, e que o futuro reserva ainda gigantes mudanças e queda de barreiras, fazendo com que a mulher tenha cada vez uma voz mais ativa no nosso mundo.