SlideShare uma empresa Scribd logo
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA E DE LITERATURA BRASILEIRA 2001 / 1º BIM / 2011
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],6- "É o mais subjetivo, o mais individualista, e, nesse sentido, o mais romântico dos nossos poetas românticos. "E, ao mesmo tempo, o mais anti-romântico. Trata-se de a) Gonçalves Dias. b) Gonçalves Magalhães. c) Álvares de Azevedo. d) Castro Alves. e) Fagundes Varela.
7- Leia e responda: Você era a mais bonita Das cabrochas dessa ala Você era a favorita Quando eu era o mestre-salas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Chico Buarque
Romaria (Renato Teixeira) 8. Leia o trecho da música  Romaria  e responda às questões propostas É de sonho e de pó, o destino de um só Feito eu perdido em pensamentos Sobre o meu cavalo É de laço e de nó, de gibeira o jiló,  dessa vida cumprida a só Sou caipira, Pirapora Nossa Senhora de Aparecida Ilumina a mina escura e funda O trem da minha vida O meu pai foi peão, minha mãe solidão Meus irmãos perderam-se na vida Em busca de aventuras Descasei, joguei, investi, desisti Se há sorte eu não sei, nunca vi
[object Object],[object Object],[object Object]
9. Agora compare as canções e responda: a que geração do  Romantismo cada uma delas poderia ser atribuída de acordo com suas características textuais?   (Para ouvir as canções, basta clicar no  auto-falante ): a)  Anna Júlia (Los Hermanos) Quem te ver passar assim por mim Não sabe o que é sofrer. Ter que ver você assim sempre tão linda. Contemplar o sol do teu olhar,  perder você no ar Na certeza de um amor me achar um nada, Pois sem ter teu carinho eu me sinto sozinho eu me afogo em solidão... Oh  Anna  Juliaaaaa (2x)
Ary Barroso João Gilberto Brasil! Meu Brasil Brasileiro Mulato inzoneiro Vou cantar-te nos meus versos Brasil, samba que dá Bamboleio, que faz gingar O Brasil do meu amor Terra de Nosso Senhor... Abre a cortina do passado Tira a mãe preta do cerrado Bota o rei congo no congado Canta de novo o trovador A merencória à luz da lua Toda canção do seu amor Quero ver essa dona caminhando Pelos salões arrastando O seu vestido rendado... b)  Aquarela do Brasil (Ary Barroso) Intérpretes: João Gilberto, Caetano Veloso e Gilberto Gil Gilberto Gil e  Caetano Veloso
Nas favelas, no senado Sujeira pra todo lado Ninguém respeita a constituição Mas todos acreditam no futuro da nação Que país é esse? Que país é esse? Que país é esse? c) Que país é esse? Legião Urbana
[object Object],10- "Seja qual for o lugar em que se ache o poeta, ou apunhalado pelas dores, ou ao lado de sua bela, embalado pelos prazeres; no cárcere, como no palácio; na paz, como sobre o campo de batalha; se ele é verdadeiro poeta, jamais deve esquecer-se de sua missão, e acha sempre o segredo de encantar os sentidos, vibrar as cordas do coração, e elevar o pensamento nas asas da harmonia até as idéias arquétipas."
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
12- Assinale C (certo) ou E (errado):   (  )       O Romantismo é o primeiro estilo genuinamente brasileiro. (  )       O índio está para a América como o cavaleiro medieval está para a Europa. (  )       A Canção do Exílio é um poema de Gonçalves de Magalhães. (  )       A poesia romântica pode ser dividida em três gerações. (  )       A primeira geração é conhecida como Condoreira. (  )       A geração indianista falava da terra e do índio. (  )       O índio no Romantismo é caracterizado de uma forma realista. (  )       Pode-se dizer que o Romantismo lança um olhar exótico em relação à nossa cultura, ou seja, de fora para dentro. (  )       O Ultra-Romantismo também é conhecido como Mal do Século. (  )       A última geração chama-se social por tratar dos mais graves problemas nacionais: a Independência do Brasil e a Abolição.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Segunda aplicação do enem 2011, literatura
Segunda aplicação do enem 2011, literaturaSegunda aplicação do enem 2011, literatura
Segunda aplicação do enem 2011, literatura
ma.no.el.ne.ves
 
Questoes literatura prof. carlos alexandre(reformado por aluno felipe)‏
Questoes literatura   prof. carlos alexandre(reformado por aluno felipe)‏Questoes literatura   prof. carlos alexandre(reformado por aluno felipe)‏
Questoes literatura prof. carlos alexandre(reformado por aluno felipe)‏
tamandarealfamanha
 
I - Juca Pirama
I - Juca Pirama I - Juca Pirama
I - Juca Pirama
luanaand
 
Simulado de literatura brasileira
Simulado de literatura brasileiraSimulado de literatura brasileira
Simulado de literatura brasileira
Jesrayne Nascimento
 
Navios Negreiros - Castro Alves
Navios Negreiros - Castro AlvesNavios Negreiros - Castro Alves
Navios Negreiros - Castro Alves
Isabella Ruas
 
Castro alves giovana 2ºb
Castro alves giovana 2ºbCastro alves giovana 2ºb
Castro alves giovana 2ºb
teresakashino
 
Análise de transpaixão, de waldo motta
Análise de transpaixão, de waldo mottaAnálise de transpaixão, de waldo motta
Análise de transpaixão, de waldo motta
ma.no.el.ne.ves
 
Lirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machado
Lirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machadoLirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machado
Lirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machado
ma.no.el.ne.ves
 
Gênero lírico no enem
Gênero lírico no enemGênero lírico no enem
Gênero lírico no enem
ma.no.el.ne.ves
 
Revisão poesia romântica brasileira
Revisão poesia romântica brasileiraRevisão poesia romântica brasileira
Revisão poesia romântica brasileira
Seduc/AM
 
Literatura no enem 2011
Literatura no enem 2011Literatura no enem 2011
Literatura no enem 2011
ma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do enem 2012, literatura
Segunda aplicação do enem 2012, literaturaSegunda aplicação do enem 2012, literatura
Segunda aplicação do enem 2012, literatura
ma.no.el.ne.ves
 
Segunda aplicação do enem 2014, Literatura
Segunda aplicação do enem 2014, LiteraturaSegunda aplicação do enem 2014, Literatura
Segunda aplicação do enem 2014, Literatura
ma.no.el.ne.ves
 
Questões sobre canção do africano
Questões sobre canção do africanoQuestões sobre canção do africano
Questões sobre canção do africano
ma.no.el.ne.ves
 
Exrcícios de t rovadorismo e humanismo
Exrcícios de t rovadorismo e humanismoExrcícios de t rovadorismo e humanismo
Exrcícios de t rovadorismo e humanismo
Raquel Dos Santos
 
Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...
Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...
Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...
ma.no.el.ne.ves
 
Terceira aplicação do enem 2014: Literatura
Terceira aplicação do enem 2014: LiteraturaTerceira aplicação do enem 2014: Literatura
Terceira aplicação do enem 2014: Literatura
ma.no.el.ne.ves
 
Enem 2014, literatura
Enem 2014, literaturaEnem 2014, literatura
Enem 2014, literatura
ma.no.el.ne.ves
 
Revisando a literatura imperial 01: Romantismo, Realismo, Parnasianismo e Sim...
Revisando a literatura imperial 01: Romantismo, Realismo, Parnasianismo e Sim...Revisando a literatura imperial 01: Romantismo, Realismo, Parnasianismo e Sim...
Revisando a literatura imperial 01: Romantismo, Realismo, Parnasianismo e Sim...
ma.no.el.ne.ves
 
Literatura ufpe 2013
Literatura ufpe 2013Literatura ufpe 2013
Literatura ufpe 2013
Esquadrão Do Conhecimento
 

Mais procurados (20)

Segunda aplicação do enem 2011, literatura
Segunda aplicação do enem 2011, literaturaSegunda aplicação do enem 2011, literatura
Segunda aplicação do enem 2011, literatura
 
Questoes literatura prof. carlos alexandre(reformado por aluno felipe)‏
Questoes literatura   prof. carlos alexandre(reformado por aluno felipe)‏Questoes literatura   prof. carlos alexandre(reformado por aluno felipe)‏
Questoes literatura prof. carlos alexandre(reformado por aluno felipe)‏
 
I - Juca Pirama
I - Juca Pirama I - Juca Pirama
I - Juca Pirama
 
Simulado de literatura brasileira
Simulado de literatura brasileiraSimulado de literatura brasileira
Simulado de literatura brasileira
 
Navios Negreiros - Castro Alves
Navios Negreiros - Castro AlvesNavios Negreiros - Castro Alves
Navios Negreiros - Castro Alves
 
Castro alves giovana 2ºb
Castro alves giovana 2ºbCastro alves giovana 2ºb
Castro alves giovana 2ºb
 
Análise de transpaixão, de waldo motta
Análise de transpaixão, de waldo mottaAnálise de transpaixão, de waldo motta
Análise de transpaixão, de waldo motta
 
Lirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machado
Lirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machadoLirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machado
Lirismo e surrealismo em joão ternura, de aníbal machado
 
Gênero lírico no enem
Gênero lírico no enemGênero lírico no enem
Gênero lírico no enem
 
Revisão poesia romântica brasileira
Revisão poesia romântica brasileiraRevisão poesia romântica brasileira
Revisão poesia romântica brasileira
 
Literatura no enem 2011
Literatura no enem 2011Literatura no enem 2011
Literatura no enem 2011
 
Segunda aplicação do enem 2012, literatura
Segunda aplicação do enem 2012, literaturaSegunda aplicação do enem 2012, literatura
Segunda aplicação do enem 2012, literatura
 
Segunda aplicação do enem 2014, Literatura
Segunda aplicação do enem 2014, LiteraturaSegunda aplicação do enem 2014, Literatura
Segunda aplicação do enem 2014, Literatura
 
Questões sobre canção do africano
Questões sobre canção do africanoQuestões sobre canção do africano
Questões sobre canção do africano
 
Exrcícios de t rovadorismo e humanismo
Exrcícios de t rovadorismo e humanismoExrcícios de t rovadorismo e humanismo
Exrcícios de t rovadorismo e humanismo
 
Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...
Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...
Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...
 
Terceira aplicação do enem 2014: Literatura
Terceira aplicação do enem 2014: LiteraturaTerceira aplicação do enem 2014: Literatura
Terceira aplicação do enem 2014: Literatura
 
Enem 2014, literatura
Enem 2014, literaturaEnem 2014, literatura
Enem 2014, literatura
 
Revisando a literatura imperial 01: Romantismo, Realismo, Parnasianismo e Sim...
Revisando a literatura imperial 01: Romantismo, Realismo, Parnasianismo e Sim...Revisando a literatura imperial 01: Romantismo, Realismo, Parnasianismo e Sim...
Revisando a literatura imperial 01: Romantismo, Realismo, Parnasianismo e Sim...
 
Literatura ufpe 2013
Literatura ufpe 2013Literatura ufpe 2013
Literatura ufpe 2013
 

Destaque

Brasil mostra sua cara!
Brasil mostra sua cara!Brasil mostra sua cara!
Brasil mostra sua cara!
Wilma Barbosa
 
SOCIOLOGIA: Brasil, IBGE, IDH, Formação da sociedade Brasileira
SOCIOLOGIA: Brasil, IBGE, IDH, Formação da sociedade BrasileiraSOCIOLOGIA: Brasil, IBGE, IDH, Formação da sociedade Brasileira
SOCIOLOGIA: Brasil, IBGE, IDH, Formação da sociedade Brasileira
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Legião urbana (que país é esse?)
Legião urbana (que país é esse?)Legião urbana (que país é esse?)
Legião urbana (que país é esse?)
ticinhha
 
Trabalho sobre a ideologia presente nas letras de musicas oitentistas dois
Trabalho sobre a ideologia presente nas letras de musicas oitentistas doisTrabalho sobre a ideologia presente nas letras de musicas oitentistas dois
Trabalho sobre a ideologia presente nas letras de musicas oitentistas dois
frederico194320
 
Trabalho música que país é esse
Trabalho música que país é esseTrabalho música que país é esse
Trabalho música que país é esse
Larissa Azevedo Milward
 
Essential Camel Components
Essential Camel ComponentsEssential Camel Components
Essential Camel Components
Christian Posta
 
Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017
Diogo Santos
 

Destaque (7)

Brasil mostra sua cara!
Brasil mostra sua cara!Brasil mostra sua cara!
Brasil mostra sua cara!
 
SOCIOLOGIA: Brasil, IBGE, IDH, Formação da sociedade Brasileira
SOCIOLOGIA: Brasil, IBGE, IDH, Formação da sociedade BrasileiraSOCIOLOGIA: Brasil, IBGE, IDH, Formação da sociedade Brasileira
SOCIOLOGIA: Brasil, IBGE, IDH, Formação da sociedade Brasileira
 
Legião urbana (que país é esse?)
Legião urbana (que país é esse?)Legião urbana (que país é esse?)
Legião urbana (que país é esse?)
 
Trabalho sobre a ideologia presente nas letras de musicas oitentistas dois
Trabalho sobre a ideologia presente nas letras de musicas oitentistas doisTrabalho sobre a ideologia presente nas letras de musicas oitentistas dois
Trabalho sobre a ideologia presente nas letras de musicas oitentistas dois
 
Trabalho música que país é esse
Trabalho música que país é esseTrabalho música que país é esse
Trabalho música que país é esse
 
Essential Camel Components
Essential Camel ComponentsEssential Camel Components
Essential Camel Components
 
Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017
 

Semelhante a Avaliação multimídia da 2001

linguagens para o enem n 3
   linguagens para o  enem n  3   linguagens para o  enem n  3
linguagens para o enem n 3
PATRICIA VIANA
 
Romantismo
Romantismo Romantismo
Romantismo
CrisBiagio
 
Romantismo 2014
Romantismo 2014Romantismo 2014
Romantismo 2014
CrisBiagio
 
Carlos Drummond de andrade
Carlos Drummond de andradeCarlos Drummond de andrade
Carlos Drummond de andrade
Aline Almeida
 
20 questões de literatura segundo trimestre
20 questões de literatura segundo trimestre20 questões de literatura segundo trimestre
20 questões de literatura segundo trimestre
Paulo Klein
 
Romantismo slide
Romantismo   slideRomantismo   slide
Romantismo slide
Alexandre Costa
 
Modernismo poesia - 2.a fase - Ose
Modernismo   poesia - 2.a fase - OseModernismo   poesia - 2.a fase - Ose
Modernismo poesia - 2.a fase - Ose
André Damázio
 
Aula 11 gerações românticas no brasil
Aula 11   gerações românticas no brasilAula 11   gerações românticas no brasil
Aula 11 gerações românticas no brasil
Jonatas Carlos
 
Modernismo - 1ª Fase.ppt efkjebvbwvbwhjbvhj
Modernismo - 1ª Fase.ppt efkjebvbwvbwhjbvhjModernismo - 1ª Fase.ppt efkjebvbwvbwhjbvhj
Modernismo - 1ª Fase.ppt efkjebvbwvbwhjbvhj
LisandraSouza21
 
Romantismo.ppt
Romantismo.pptRomantismo.ppt
Romantismo.ppt
RildeniceSantos
 
Romantismo.ppt
Romantismo.pptRomantismo.ppt
Romantismo.ppt
RildeniceSantos
 
Livros essenciais da literatura brasileira
Livros essenciais da literatura brasileiraLivros essenciais da literatura brasileira
Livros essenciais da literatura brasileira
Camila Palaro
 
Avaliaçãoii unidade
Avaliaçãoii unidadeAvaliaçãoii unidade
Avaliaçãoii unidade
Manu Dias
 
Terceira Geração Do Romantismo (1).pptx
Terceira Geração Do Romantismo (1).pptxTerceira Geração Do Romantismo (1).pptx
Terceira Geração Do Romantismo (1).pptx
JosifranFelix1
 
03i1pdf
03i1pdf03i1pdf
questoes-romantismo-enem.pdf
questoes-romantismo-enem.pdfquestoes-romantismo-enem.pdf
questoes-romantismo-enem.pdf
BiancaBatista53
 
Romantismo poesia power point
Romantismo poesia power pointRomantismo poesia power point
Romantismo poesia power point
sfotoinpoc
 
Navio Negreiro Castro Alves
Navio Negreiro   Castro AlvesNavio Negreiro   Castro Alves
Navio Negreiro Castro Alves
Maria Inês de Souza Vitorino Justino
 
Tropicalia caetano veloso
Tropicalia caetano velosoTropicalia caetano veloso
Tropicalia caetano veloso
Nome Sobrenome
 
Tropicalia caetano veloso
Tropicalia caetano velosoTropicalia caetano veloso
Tropicalia caetano veloso
Elvis Live
 

Semelhante a Avaliação multimídia da 2001 (20)

linguagens para o enem n 3
   linguagens para o  enem n  3   linguagens para o  enem n  3
linguagens para o enem n 3
 
Romantismo
Romantismo Romantismo
Romantismo
 
Romantismo 2014
Romantismo 2014Romantismo 2014
Romantismo 2014
 
Carlos Drummond de andrade
Carlos Drummond de andradeCarlos Drummond de andrade
Carlos Drummond de andrade
 
20 questões de literatura segundo trimestre
20 questões de literatura segundo trimestre20 questões de literatura segundo trimestre
20 questões de literatura segundo trimestre
 
Romantismo slide
Romantismo   slideRomantismo   slide
Romantismo slide
 
Modernismo poesia - 2.a fase - Ose
Modernismo   poesia - 2.a fase - OseModernismo   poesia - 2.a fase - Ose
Modernismo poesia - 2.a fase - Ose
 
Aula 11 gerações românticas no brasil
Aula 11   gerações românticas no brasilAula 11   gerações românticas no brasil
Aula 11 gerações românticas no brasil
 
Modernismo - 1ª Fase.ppt efkjebvbwvbwhjbvhj
Modernismo - 1ª Fase.ppt efkjebvbwvbwhjbvhjModernismo - 1ª Fase.ppt efkjebvbwvbwhjbvhj
Modernismo - 1ª Fase.ppt efkjebvbwvbwhjbvhj
 
Romantismo.ppt
Romantismo.pptRomantismo.ppt
Romantismo.ppt
 
Romantismo.ppt
Romantismo.pptRomantismo.ppt
Romantismo.ppt
 
Livros essenciais da literatura brasileira
Livros essenciais da literatura brasileiraLivros essenciais da literatura brasileira
Livros essenciais da literatura brasileira
 
Avaliaçãoii unidade
Avaliaçãoii unidadeAvaliaçãoii unidade
Avaliaçãoii unidade
 
Terceira Geração Do Romantismo (1).pptx
Terceira Geração Do Romantismo (1).pptxTerceira Geração Do Romantismo (1).pptx
Terceira Geração Do Romantismo (1).pptx
 
03i1pdf
03i1pdf03i1pdf
03i1pdf
 
questoes-romantismo-enem.pdf
questoes-romantismo-enem.pdfquestoes-romantismo-enem.pdf
questoes-romantismo-enem.pdf
 
Romantismo poesia power point
Romantismo poesia power pointRomantismo poesia power point
Romantismo poesia power point
 
Navio Negreiro Castro Alves
Navio Negreiro   Castro AlvesNavio Negreiro   Castro Alves
Navio Negreiro Castro Alves
 
Tropicalia caetano veloso
Tropicalia caetano velosoTropicalia caetano veloso
Tropicalia caetano veloso
 
Tropicalia caetano veloso
Tropicalia caetano velosoTropicalia caetano veloso
Tropicalia caetano veloso
 

Mais de Tio Pablo Virtual

Estrutura e Formação das Palavras - Composição
Estrutura e Formação das Palavras - ComposiçãoEstrutura e Formação das Palavras - Composição
Estrutura e Formação das Palavras - Composição
Tio Pablo Virtual
 
Arcadismo
Arcadismo Arcadismo
Arcadismo
Tio Pablo Virtual
 
Concretismo
ConcretismoConcretismo
Concretismo
Tio Pablo Virtual
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
Tio Pablo Virtual
 
Estruturação dos parágrafos
Estruturação dos parágrafosEstruturação dos parágrafos
Estruturação dos parágrafos
Tio Pablo Virtual
 
Violência 2
Violência 2Violência 2
Violência 2
Tio Pablo Virtual
 
Estruturação dos parágrafos
Estruturação dos parágrafosEstruturação dos parágrafos
Estruturação dos parágrafos
Tio Pablo Virtual
 
Tropicalismo
TropicalismoTropicalismo
Tropicalismo
Tio Pablo Virtual
 
Produção textual exercícios
Produção textual exercíciosProdução textual exercícios
Produção textual exercícios
Tio Pablo Virtual
 
Produção textual - dissertação - exercícios
Produção textual - dissertação - exercíciosProdução textual - dissertação - exercícios
Produção textual - dissertação - exercícios
Tio Pablo Virtual
 
Trovadorismo
TrovadorismoTrovadorismo
Trovadorismo
Tio Pablo Virtual
 
Estruturação dos parágrafos
Estruturação dos parágrafosEstruturação dos parágrafos
Estruturação dos parágrafos
Tio Pablo Virtual
 
Morfossintaxe - substantivos
Morfossintaxe - substantivosMorfossintaxe - substantivos
Morfossintaxe - substantivos
Tio Pablo Virtual
 
Gerações românticas no Brasil: Poesia
Gerações românticas no Brasil: PoesiaGerações românticas no Brasil: Poesia
Gerações românticas no Brasil: Poesia
Tio Pablo Virtual
 

Mais de Tio Pablo Virtual (14)

Estrutura e Formação das Palavras - Composição
Estrutura e Formação das Palavras - ComposiçãoEstrutura e Formação das Palavras - Composição
Estrutura e Formação das Palavras - Composição
 
Arcadismo
Arcadismo Arcadismo
Arcadismo
 
Concretismo
ConcretismoConcretismo
Concretismo
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
 
Estruturação dos parágrafos
Estruturação dos parágrafosEstruturação dos parágrafos
Estruturação dos parágrafos
 
Violência 2
Violência 2Violência 2
Violência 2
 
Estruturação dos parágrafos
Estruturação dos parágrafosEstruturação dos parágrafos
Estruturação dos parágrafos
 
Tropicalismo
TropicalismoTropicalismo
Tropicalismo
 
Produção textual exercícios
Produção textual exercíciosProdução textual exercícios
Produção textual exercícios
 
Produção textual - dissertação - exercícios
Produção textual - dissertação - exercíciosProdução textual - dissertação - exercícios
Produção textual - dissertação - exercícios
 
Trovadorismo
TrovadorismoTrovadorismo
Trovadorismo
 
Estruturação dos parágrafos
Estruturação dos parágrafosEstruturação dos parágrafos
Estruturação dos parágrafos
 
Morfossintaxe - substantivos
Morfossintaxe - substantivosMorfossintaxe - substantivos
Morfossintaxe - substantivos
 
Gerações românticas no Brasil: Poesia
Gerações românticas no Brasil: PoesiaGerações românticas no Brasil: Poesia
Gerações românticas no Brasil: Poesia
 

Último

- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
andressacastro36
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
Manuais Formação
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 

Último (20)

- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 

Avaliação multimídia da 2001

  • 1. AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA E DE LITERATURA BRASILEIRA 2001 / 1º BIM / 2011
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6. Romaria (Renato Teixeira) 8. Leia o trecho da música Romaria e responda às questões propostas É de sonho e de pó, o destino de um só Feito eu perdido em pensamentos Sobre o meu cavalo É de laço e de nó, de gibeira o jiló, dessa vida cumprida a só Sou caipira, Pirapora Nossa Senhora de Aparecida Ilumina a mina escura e funda O trem da minha vida O meu pai foi peão, minha mãe solidão Meus irmãos perderam-se na vida Em busca de aventuras Descasei, joguei, investi, desisti Se há sorte eu não sei, nunca vi
  • 7.
  • 8. 9. Agora compare as canções e responda: a que geração do Romantismo cada uma delas poderia ser atribuída de acordo com suas características textuais? (Para ouvir as canções, basta clicar no auto-falante ): a) Anna Júlia (Los Hermanos) Quem te ver passar assim por mim Não sabe o que é sofrer. Ter que ver você assim sempre tão linda. Contemplar o sol do teu olhar, perder você no ar Na certeza de um amor me achar um nada, Pois sem ter teu carinho eu me sinto sozinho eu me afogo em solidão... Oh Anna Juliaaaaa (2x)
  • 9. Ary Barroso João Gilberto Brasil! Meu Brasil Brasileiro Mulato inzoneiro Vou cantar-te nos meus versos Brasil, samba que dá Bamboleio, que faz gingar O Brasil do meu amor Terra de Nosso Senhor... Abre a cortina do passado Tira a mãe preta do cerrado Bota o rei congo no congado Canta de novo o trovador A merencória à luz da lua Toda canção do seu amor Quero ver essa dona caminhando Pelos salões arrastando O seu vestido rendado... b) Aquarela do Brasil (Ary Barroso) Intérpretes: João Gilberto, Caetano Veloso e Gilberto Gil Gilberto Gil e Caetano Veloso
  • 10. Nas favelas, no senado Sujeira pra todo lado Ninguém respeita a constituição Mas todos acreditam no futuro da nação Que país é esse? Que país é esse? Que país é esse? c) Que país é esse? Legião Urbana
  • 11.
  • 12.
  • 13. 12- Assinale C (certo) ou E (errado):   ( )      O Romantismo é o primeiro estilo genuinamente brasileiro. ( )      O índio está para a América como o cavaleiro medieval está para a Europa. ( )      A Canção do Exílio é um poema de Gonçalves de Magalhães. ( )      A poesia romântica pode ser dividida em três gerações. ( )      A primeira geração é conhecida como Condoreira. ( )      A geração indianista falava da terra e do índio. ( )      O índio no Romantismo é caracterizado de uma forma realista. ( )      Pode-se dizer que o Romantismo lança um olhar exótico em relação à nossa cultura, ou seja, de fora para dentro. ( )      O Ultra-Romantismo também é conhecido como Mal do Século. ( )      A última geração chama-se social por tratar dos mais graves problemas nacionais: a Independência do Brasil e a Abolição.