SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 101
Compreender a formação dos blocos
econômicos.
Conhecer as principais características dos
diferentes tipos de blocos econômicos existentes.
Estudar alguns dos principais blocos econômicos
atuais, entre eles: União Europeia, Nafta,
Mercosul, Apec e União Africana.
Professor Henry
4 - OS BLOCOS
ECONÔMICOS NO
MUNDO GLOBALIZADO
Professor Henry
1. Os blocos econômicos surgem com a
intensificação do processo de globalização
no mundo. Nesse contexto, vários países
começaram a se associar, estabelecendo
entre si relações econômicas privilegiadas.
Professor Henry
Definição
São
estabelecer
associações
relações
que procuram
econômicas entre
estados – nações no sentido de tornar a
e
no
de
economia dos membros mais competitiva
assim
mundo
negar
poderem participar de forma efetiva
globalizado.Então, ao contrário
a globalização, os blocos econômicos
são fruto da mesma.
Professor Henry
Corresponde a integração econômica
envolvendo países de uma determinada
área do planeta.
Os blocos econômicos
Professor Henry
No contexto de uma economia cada vez
mais globalizada e, consequentemente,
competitiva, esses blocos visam garantir
lucro e acumulação de capital.
Professor Henry
1.Diminuir ao máximo as barreiras
alfandegárias;
2.Livre
3.Livre
4.Livre
obra.
circulação
circulação
circulação
de capitais;
de pessoas;
de serviços ou mão-de-
Objetivos dos blocos
econômicos
Professor Henry
Observação:
Fazer
significa
parte de um bloco econômico
fortalecer-se diante de um país
isolado ou de outros blocos econômicos.
Professor Henry
2. Cada bloco econômico mantém suas
particularidades quanto ao nível de
integração entre seus países-membros. É
possível identificar as seguintes
modalidades de blocos econômicos:
Professor Henry
ZONA DE LIVRE
COMÉRCIO
Professor Henry
Zona de livre comércio
Priorizam a gradativa liberalização do
fluxo de mercadorias
do bloco.
e de capitais dentro
do limite
Utilizam
Comum.
a mesma TIC - Tarifa Interna
Professor Henry
UNIÃO ADUANEIRA
Professor Henry
Professor Henry
União Aduaneira
Considerado um estágio avançado da
daZona de Livre Comércio, pois além
circulação de mercadorias e de capitais
utilizam
Comum
as mesmas TIC(s) - Tarifa Interna
e também padronizam as TEC(s) -
Tarifas Externas Comuns.
Professor Henry
MERCADO COMUM
Professor Henry
Mercado comum
avançadoEstágio mais quando
comparado a União Aduaneira, pois utilizam
mesmas políticas econômicas adicionando:
as
1.Busca padronizar a legislação
2.Formatação fiscal;
3.Leis trabalhistas;
4.Leis ambientais;
5.Livre circulação de pessoas.
econômica;
Professor Henry
UNIÃO ECONÔMICA E
MONETÁRIA
Professor Henry
União Econômica e monetária
Corresponde ao estágio mais
alémavançado de bloco econômico, pois
das características do Mercado Comum
ainda apresentaria:
1.Criação de parlamento
2.Banco central único;
3.Constituição comum;
comum;
4.Utilização da mesma moeda.
Professor Henry
5 – A UNIÃO EUROPÉIA
Professor Henry
O início...
 BENELUX (1948)
Bélgica, Luxemburgo e Holanda
 OECE
 CECA (1951)
França, Itália e Alemanha Oc.
 AELC
Áustria, Dinamarca, Noruega, Portugal, Suécia, Suíça e
Reino Unido
Professor Henry
O processo...
Tratado de Roma (1957)
Mercado Comum Europeu (MCE) ou
Comunidade Econômica Europeia (CEE)
Europa dos seis:
Itália, França, Alemanha Ocidental, Bélgica,
Luxemburgo e Holanda.
Professor Henry
Professor Henry
Mais membros...
1973
Grã-Bretanha
Dinamarca
Irlanda
1981: Grécia
1986: Portugal e Espanha
Professor Henry
Professor Henry
Tratado de Maastricht
1992
União europeia
Cidadão europeu
Morar, trabalhar, votar, ser votado
Parlamento Europeu
Professor Henry
Mais membros...
ÁUSTRIA
SUÉCIA
FINLÂNDIA
Professor Henry
MOEDA ÚNICA
RELATÓRIO WERNER (1968)
SISTEMA MONETÁRIO EUROPEU (1979)
ADOÇÃO DO EURO ( 1999)
CIRCULAÇÃO (2002)
11 PAÍSES ADOTAM
INGLATERRA, DINAMARCA E SUÉCIA
(GRÉCIA)
Professor Henry
E
U
R
O
Professor Henry
Europa dos 25
Professor Henry
27 países,
ainda tem vaga?
Professor Henry
Professor Henry
União Européia hoje...
CRISE ECONÔMICA
CONSTITUIÇÃO EUROPÉIA
INCERTEZAS
DISTÚRBIOS NA FRANÇA
GREVE GERAL
REINO UNIDO
BREXIT
Professor Henry
6 – O NAFTA
Professor Henry
NAFTA
 Tratado Norte-Americano de
Livre Comércio
Professor Henry
CANADÁ
MÉXICO
EUA
Professor Henry
FICHA TÉCNICA
CARACTERÍSTICAS NAFTA
PAÍSES MEMBROS Estados Unidos, Canadá e México.
PAÍS ASSOCIADO Chile
Nº DE HABITANTES 466.612.760 habitantes
ANO DE FORMAÇÃO 1994
PIB US$ 17.883.375.000,00
PIB PER CAPITA US$ 25.341
CLASSIFICAÇÃO / NÍVEL ZONA DE LIVRE COMÉRCIO
Professor Henry
DISTRIBUIÇÃO PIB NAFTA
14,991,300,000.00
1,736,869,000.00
1,155,206,000.00
ESTADOS UNIDOS
CANADÁ
MÉXICO
Professor Henry
NAFTA EUA CANADÁ MÉXICO
IDH 0,937 0,911 0,775
Nº HAB. 315.791.284 34.674.708 116.146.768
NATALIDADE 14 POR MIL 11 POR MIL 20 POR MIL
MORTALIDADE 8 POR MIL 8 POR MIL 5 POR MIL
PIB US$ 14.991.300.000 448.165 1.155.206.000
PPC US$ 47.882 50.565 10.063
ALFABETIZAÇÃO 98 % 99% 92,8%
EXP. DE VIDA 78,7 ANOS 81,1 ANOS 77,1 ANOS
Professor Henry
PROCESSO DE FORMAÇÃO
Em 1988, os Estados Unidos e o Canadá assinaram
um Acordo de Liberalização Econômica, formalizando
o relacionamento comercial entre aqueles dois
países.
Em 13 de agosto de 1992, o bloco recebeu a adesão
dos mexicanos.
O NAFTA entrou em vigor em 1 de janeiro de 1994.
Professor Henry
OBJETIVOS DO BLOCO
1) Garantir aos países participantes uma situação de livre comércio,
derrubando as barreiras alfandegárias, facilitando o comércio de
mercadorias entre os países membros;
2) Reduzir os custos comerciais entre os países membros;
3) Ajustar a economia dos países membros, para ganhar
competitividade no cenário de globalização econômica;
4) Aumentar as exportações de mercadorias e serviços entre países
membros;
Professor Henry
OBJETIVOS DO BLOCO
5) Promover condições para uma competição justa
dentro da área de livre comércio;
6) Aumentar substancialmente oportunidades de
investimento dos países participantes;
7) Diminuir a imigração clandestina partindo do
México para os Estados Unidos.
Professor Henry
O NAFTA PARA O CANADÁ
 O Canadá, mesmo aparecendo como um dos principais países do
mundo em economia, qualidade de vida, entre outros quesitos, é
uma nação que depende muito dos recursos financeiros
oriundos dos Estados Unidos.
 O Canadá teve problemas com revoltas contra a NAFTA,
especialmente depois dos Estados Unidos se recusarem a
cumprir cláusulas do tratado no que diz respeito às medidas
antidumping (medida para proteção de empresas que praticam
dumping, uma prática ilegal, que prejudica o comércio do país
que importa produtos dessa empresa).
Professor Henry
O NAFTA PARA O MÉXICO
 Setores do México, que é a economia mais fraca dos três países
participantes do tratado, como os fazendeiros e de uniões
trabalhistas, são contra a NAFTA.
 As uniões trabalhistas, pela perda de influência que elas tiveram
nos centros urbanos do México; os fazendeiros, pela pressão
que os Estados Unidos fazem em relação a preços dos produtos
agrícolas mexicanos.
 Contrários à NAFTA diziam que o acordo transformaria o México
numa “colônia” dos Estados Unidos.
Professor Henry
O NAFTA PARA O EUA
Nos Estados Unidos, temeu-se que esse acordo
poderia causa desemprego no país por conta da
migração de empresas para outros países,
motivadas pela mão de obra barata.
A votação no Senado e no Congresso americano
foi em favor da NAFTA, mas ganhou de forma
“apertada”, o que mostra que não era, e ainda não
é, uma unanimidade no país.
Professor Henry
ANÁLISE / RESULTADOS
Alguns efeitos já sentidos:
é que já há uma concentração maior de capital no
México, um número maior de empresas dos Estados
Unidos e do Canadá entrou no país para aproveitar a
mão de obra barata,
houve um aumento substancial de migração ilegal de
mexicanos para os Estados Unidos
e as tarifas de exportação ainda não foram retiradas
de todos os produtos, por insegurança de seus
participantes.
Professor Henry
7 – O MERCOSUL
Professor Henry
Professor Henry
Brasil
Argentina
Uruguai
Paraguai
Venezuela
Bloco econômico criado pelo Tratado de
Assunção, em 1991.
Principal bloco econômico da América
Latina.
Atualmente é formado por cinco
membros efetivos, cinco associados e um
observador.
Professor Henry
Como foi criado o Mercosul?
1990, os líderes do Brasil e da Argentina firmaram
e assinaram o Tratado de Buenos Aires,
consolidando uma integração econômica entre as
duas nações.
Em 26 de março de 1991 foi assinado o Tratado
de Assunção como forma de completar o
anterior, que abrangeu, além de Brasil e
Argentina, Paraguai e Uruguai, nascendo assim o
MERCOSUL.
Professor Henry
PAÍSES
PAÍSES MEMBROS : Argentina, Brasil, Paraguai,
Uruguai e Venezuela.
ESTADOS ASSOCIADOS: Bolívia, Chile, Colômbia,
Equador e Peru.
ESTADO OBSERVADOR: México
Professor Henry
OBJETIVO
Busca garantir a livre circulação de bens,
serviços e fatores produtivos entre os países
membros, através da eliminação de barreiras
alfandegárias e restrições não tarifárias à
circulação de mercadorias e de qualquer outra
medida de efeito equivalente.
Professor Henry
 Cidade sede da Secretaria do MERCOSUL: Montevidéu – Uruguai.
 Maior cidade do MERCOSUL: São Paulo – Brasil.
 Idiomas oficiais e de trabalho do Mercosul: Português, Espanhol e
Guarani.
 Moedas dos países integrantes do MERCOSUL:
- Peso argentino (Argentina)
- Real (Brasil)
- Guarani (Paraguai)
- Peso uruguaio (Uruguai)
 Moeda dos Estados associados:
- Boliviano (Bolívia)
- Peso chileno (Chile)
- Peso colombiano (Colômbia)
- Nuevo sol (Peru)
- Dólar americano (Equador)
Professor Henry
População: 217,6 milhões
PIB: US$ 796,8 bilhões
Exportações: US$ 102,8 bilhões
Importações: US$ 106,0 bilhões
Professor Henry
MERCOSUL - INDICADORES 2007
Países Membros PIB em bilhões (U$) PIB per capita População (2007) IDH
Brasil 2.013.893 11.037 189.011.861 0,813
Argentina 391.054 14.559 40.403.943 0,866
Venezuela 319.900 8.125 26.085.281 0,844
Uruguai 41.334 13.917 3.447.920 0,865
Paraguai 34.014 5.638 6.667.884 0,761
Total MERCOSUL 3.003.725 10.975* 266616849 0,821*
Países Associados PIB em bilhões (U$) PIB per capita População (2007) IDH
Colômbia 422.483 8.891 44.858.434 0,807
Chile 227.879 15.745 16.285.071 0,878
Peru 207.985 7.410 28.675.628 0,806
Equador 68.939 5.021 13.752.593 0,806
Bolívia 30.093 3.062 9.119.372 0,729
Total MERCOSUL 3.961.104 9.300* 365.555.352 0,846*
* Nos cálculos de médias leva-se em conta o número de habitantes de cada país
Fonte: IBGE
Professor Henry
8 – A APEC
Professor Henry
Professor Henry
• A APEC (Asia-Pacific Economic Cooperation ou
Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico) é um dos
principais blocos econômicos da atualidade, composto
por 21 países muito distintos;
• Tem a maior potência mundial, o Japão e a China lado a
lado com diversos países subdesenvolvidos;
• Fundada em 1989 na Austrália, como um fórum de
conversação entre os países membros da ASEAN
(Associação das Nações do Sudeste Asiático) e seis
parceiros econômicos da região do Pacífico.
Professor Henry
 Foi criado em 1993 na Conferência de
Seattle (Estados Unidos da América).
Surgiu em decorrência de um intenso
desenvolvimento econômico ocorrido na
região da Ásia e do Pacífico.
É um importante bloco econômico que
ainda está em fase de implantação
Professor Henry
A Apec é o principal fórum que proporciona o
crescimento econômico, a cooperação, o comércio e o
investimento na região Ásia-Pacífico. As decisões nesse
bloco são tomadas por consenso, a Apec não
apresenta um tratado de obrigações para os seus
participantes.
Professor Henry
Os 21 países participantes
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
Professor Henry
9 – A UNIÃO AFRICANA
Professor Henry
 O projeto da UA foi lançado em 1999, pelo ex-líder líbio Muammar al-
Gaddafi, na cidade de Sirte, tendo como modelo organizações como a União
Europeia e o Nafta.
 A União Africana foi formalmente instituída em julho de 2001, substituindo a
Organização da Unidade Africana (fundada em 1963).
 A UA nasceu com a principal finalidade de promover a paz, cooperação e
desenvolvimento entre os países do continente africano
 Tais finalidades se dão por meio de objetivos como promover e acelerar a
integração socioeconômica do continente com vista a reforçar a unidade e a
solidariedade entre os países e os povos africanos; ou erradicar doenças
evitáveis e promover a saúde na África.
 Com isso, segundo palavras do site da UA, desejam criar “uma integrada,
próspera e pacífica África, dirigida por seus próprios cidadães e representando
uma força dinâmica no contexto global.”
1.A palma sai atirando-se
em ambos os lados do
suporte círculo externo para
a paz.
2.O círculo de ouro
novamente simboliza a
riqueza da África e futuro
brilhante.
3.O círculo verde de novo
significa esperanças e
aspirações africanas.
4.O mapa planície de
África sem fronteiras no
círculo interno significa
unidade Africana.
5.Os pequenos anéis
vermelhos entrelaçados na
base do suporte de
emblema para a
solidariedade Africano e do
sangue derramado de
Libertação de África
 A união africana foi instituída em 2001 a partir da organização da unidade
africana, fundada em 1963, e embora sejam semelhantes, possuem uma diferença
principal:
 A organização de unidade africana tinha como objetivos principais a defesa do
continente africano contra qualquer atitude semelhante ao colonialismo ou
neocolonialismo.
Basicamente pretendia eliminar todas as formas de colonialismo na áfrica e fazer r
espeitar a carta das nações unidas e a declaração universal dos direitos do
homem.
 Já a união africana
visa acelerar a integração socioeconômica do continente africano e promover a so
lidariedade entre os estados-membros, tentando assim
responder aos novos desafios e desenvolvimentos políticos, econômicos e sociais
que se colocam a áfrica e ao mundo.
 Além dessa, existem outras diferenças, como a organização, ou a sede, porém
menos relevantes.
LIÇÃO DE
CLASSEAtividades 01 a 06 das páginas 368 a
370
Professor Henry
LIÇÃO DE
CLASSE
CORREÇÃO
Professor Henry
LIÇÃO DE CASA
TAREFA MÍNIMA
AULA 2
• LEIA OS ITENS 1 A 6 DO RESUMO DE AULA.
• FAÇA OS EXERCÍCIOS 7 E 8, CAP. 1.
AULA 3
• LEIA OS ITENS 7 A 13 DO RESUMO DE AULA.
• FAÇA OS EXERCÍCIOS 13 E 14, CAP. 1.
• FAÇA O EXERCÍCIO 4 DA SEÇÃO RUMO AO
ENEM.
TAREFA COMPLEMENTAR
AULA 2
• LEIA OS ITENS 4 E 5, CAP. 1.
• FAÇA OS EXERCÍCIOS 9 A 12, CAP. 1.
AULA 3
• LEIA OS ITENS 6 A 9, CAP. 1.
• FAÇA OS EXERCÍCIOS 15 A 18, CAP. 1
Professor Henry
Consulte
Livro-texto 3
Caderno de Exercícios 3
Dúvidas?
Perguntas?
Sugestões?
Opiniões para as próximas
aulas?
Reclamações?
http://blogdoprofessorhenry.blogspot.com.br/
Professor Henry
Aulas 02 e 03 - Blocos econômicos
Aulas 02 e 03 - Blocos econômicos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
karolpoa
 
A regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilA regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasil
Professor
 
A Nova Ordem Mundial (PDF)
A Nova Ordem Mundial (PDF)A Nova Ordem Mundial (PDF)
A Nova Ordem Mundial (PDF)
Paulo Alexandre
 
01 geopolítica
01 geopolítica01 geopolítica
01 geopolítica
edsonluz
 

Mais procurados (20)

Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
População mundial
População mundialPopulação mundial
População mundial
 
Europa aspectos naturais
Europa   aspectos naturaisEuropa   aspectos naturais
Europa aspectos naturais
 
Mercosul slides
Mercosul slidesMercosul slides
Mercosul slides
 
Estado nação, território e poder
Estado nação, território e poderEstado nação, território e poder
Estado nação, território e poder
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Aspectos naturais europa
Aspectos naturais europaAspectos naturais europa
Aspectos naturais europa
 
Integração da europa ue
Integração da europa   ueIntegração da europa   ue
Integração da europa ue
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
 
A regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilA regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasil
 
Mundo multipolar - Geopolítica
Mundo multipolar - GeopolíticaMundo multipolar - Geopolítica
Mundo multipolar - Geopolítica
 
A Nova Ordem Mundial (PDF)
A Nova Ordem Mundial (PDF)A Nova Ordem Mundial (PDF)
A Nova Ordem Mundial (PDF)
 
Geografia para o enem
Geografia para o enemGeografia para o enem
Geografia para o enem
 
Conferencias ambientais-e-cops.
Conferencias ambientais-e-cops.Conferencias ambientais-e-cops.
Conferencias ambientais-e-cops.
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Geografia continente africano
Geografia   continente africanoGeografia   continente africano
Geografia continente africano
 
Urbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e BrasileiraUrbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e Brasileira
 
01 geopolítica
01 geopolítica01 geopolítica
01 geopolítica
 
Dinamica globalizacao
Dinamica globalizacaoDinamica globalizacao
Dinamica globalizacao
 

Destaque

Química e fertilidade do solo unidades
Química e fertilidade do solo  unidadesQuímica e fertilidade do solo  unidades
Química e fertilidade do solo unidades
Rogger Wins
 

Destaque (20)

Aula 04 Movimento de Translação -As Estações do Ano (sem vídeos)
Aula 04   Movimento de Translação -As Estações do Ano (sem vídeos)Aula 04   Movimento de Translação -As Estações do Ano (sem vídeos)
Aula 04 Movimento de Translação -As Estações do Ano (sem vídeos)
 
Aula 01 - Globalização da economia (Apostila Anglo)
Aula 01 - Globalização da economia (Apostila Anglo)Aula 01 - Globalização da economia (Apostila Anglo)
Aula 01 - Globalização da economia (Apostila Anglo)
 
Aula 04 - Elementos da Cartográfia - I
Aula 04 - Elementos da Cartográfia - IAula 04 - Elementos da Cartográfia - I
Aula 04 - Elementos da Cartográfia - I
 
Capitulo 02 - Elementos da Cartografia - caderno de exercícios
Capitulo 02 - Elementos da Cartografia - caderno de exercíciosCapitulo 02 - Elementos da Cartografia - caderno de exercícios
Capitulo 02 - Elementos da Cartografia - caderno de exercícios
 
Aulas 02 e 03 - As coordenadas geográficas (Sistema Anglo)
Aulas 02 e 03 - As coordenadas geográficas (Sistema Anglo)Aulas 02 e 03 - As coordenadas geográficas (Sistema Anglo)
Aulas 02 e 03 - As coordenadas geográficas (Sistema Anglo)
 
Modulo 18 - A população brasileira - os brancos (apostila Anglo)
Modulo 18 - A população brasileira - os brancos (apostila Anglo)Modulo 18 - A população brasileira - os brancos (apostila Anglo)
Modulo 18 - A população brasileira - os brancos (apostila Anglo)
 
Aula 01 - Os pontos de orientação (Sistema Anglo)
Aula 01 - Os pontos de orientação (Sistema Anglo)Aula 01 - Os pontos de orientação (Sistema Anglo)
Aula 01 - Os pontos de orientação (Sistema Anglo)
 
Aulas 05 e 06 - Movimento de rotação: os fusos horários
Aulas 05 e 06 - Movimento de rotação: os fusos horáriosAulas 05 e 06 - Movimento de rotação: os fusos horários
Aulas 05 e 06 - Movimento de rotação: os fusos horários
 
Modulo 14 O que é globalização
Modulo 14   O que é globalizaçãoModulo 14   O que é globalização
Modulo 14 O que é globalização
 
Aula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizado
Aula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizadoAula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizado
Aula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizado
 
Modulo 01 - O mundo subdesenvolvido
Modulo 01 - O mundo subdesenvolvidoModulo 01 - O mundo subdesenvolvido
Modulo 01 - O mundo subdesenvolvido
 
Aulas 05 e 06 - Elementos da Cartográfia - II
Aulas 05 e 06 - Elementos da Cartográfia - IIAulas 05 e 06 - Elementos da Cartográfia - II
Aulas 05 e 06 - Elementos da Cartográfia - II
 
Química e fertilidade do solo unidades
Química e fertilidade do solo  unidadesQuímica e fertilidade do solo  unidades
Química e fertilidade do solo unidades
 
Economia Rural
Economia RuralEconomia Rural
Economia Rural
 
A indústria brasileira hoje
A indústria brasileira hojeA indústria brasileira hoje
A indústria brasileira hoje
 
Modulo 14 - Canadá - Parceiro dos Estados Unidos
Modulo 14 - Canadá - Parceiro dos Estados UnidosModulo 14 - Canadá - Parceiro dos Estados Unidos
Modulo 14 - Canadá - Parceiro dos Estados Unidos
 
A distribuição industrial no mundo
A distribuição industrial no mundoA distribuição industrial no mundo
A distribuição industrial no mundo
 
Modulo 07 - A agropecuária asiática
Modulo 07 - A agropecuária asiáticaModulo 07 - A agropecuária asiática
Modulo 07 - A agropecuária asiática
 
[Sociologia] PEC 241 - PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO 241/2016
[Sociologia] PEC 241 - PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO 241/2016[Sociologia] PEC 241 - PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO 241/2016
[Sociologia] PEC 241 - PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO 241/2016
 
A indústria brasileira
A indústria brasileiraA indústria brasileira
A indústria brasileira
 

Semelhante a Aulas 02 e 03 - Blocos econômicos

Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
archy9
 
Formação dos blocos econômicos
Formação dos blocos econômicosFormação dos blocos econômicos
Formação dos blocos econômicos
guest5609172
 
bloco Economico geografia .pdf
bloco Economico geografia .pdfbloco Economico geografia .pdf
bloco Economico geografia .pdf
Cobyy
 
Mercosul
MercosulMercosul
Mercosul
AK47J
 
Blocos supranacionais
Blocos supranacionaisBlocos supranacionais
Blocos supranacionais
Débora Sales
 

Semelhante a Aulas 02 e 03 - Blocos econômicos (20)

Aula 6 comércio internacional e blocos economicos
Aula 6   comércio internacional e blocos economicosAula 6   comércio internacional e blocos economicos
Aula 6 comércio internacional e blocos economicos
 
Aula 14 06 blocos econômicos (1)
Aula 14 06 blocos econômicos (1)Aula 14 06 blocos econômicos (1)
Aula 14 06 blocos econômicos (1)
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
BLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOSBLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOS
 
BLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOSBLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOS
 
83c -slides_-_blocos_econmicos_
83c  -slides_-_blocos_econmicos_83c  -slides_-_blocos_econmicos_
83c -slides_-_blocos_econmicos_
 
Formação dos blocos econômicos
Formação dos blocos econômicosFormação dos blocos econômicos
Formação dos blocos econômicos
 
Mercosul
MercosulMercosul
Mercosul
 
Mercosul
MercosulMercosul
Mercosul
 
O mundo multipolar
O mundo multipolarO mundo multipolar
O mundo multipolar
 
Blocos econômicos (para imprimir)
Blocos econômicos (para imprimir)Blocos econômicos (para imprimir)
Blocos econômicos (para imprimir)
 
Blocoeconomico8ano0810
Blocoeconomico8ano0810Blocoeconomico8ano0810
Blocoeconomico8ano0810
 
Blocos economicos..ppt
Blocos economicos..pptBlocos economicos..ppt
Blocos economicos..ppt
 
bloco Economico geografia .pdf
bloco Economico geografia .pdfbloco Economico geografia .pdf
bloco Economico geografia .pdf
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Mercosul
MercosulMercosul
Mercosul
 
Globalizacao da economia
Globalizacao da economiaGlobalizacao da economia
Globalizacao da economia
 
Blocos Econômicos Regionais
Blocos Econômicos RegionaisBlocos Econômicos Regionais
Blocos Econômicos Regionais
 
Blocos supranacionais
Blocos supranacionaisBlocos supranacionais
Blocos supranacionais
 

Mais de Claudio Henrique Ramos Sales

Mais de Claudio Henrique Ramos Sales (19)

Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabarito
Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabaritoCapitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabarito
Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabarito
 
Modulo 02 - Economia rural - a pecuária
Modulo 02 - Economia rural - a pecuáriaModulo 02 - Economia rural - a pecuária
Modulo 02 - Economia rural - a pecuária
 
Aula 01 Elementos da orientação (Sistema Anglo)
Aula 01   Elementos da orientação (Sistema Anglo)Aula 01   Elementos da orientação (Sistema Anglo)
Aula 01 Elementos da orientação (Sistema Anglo)
 
Aulas 02 e 03 Elementos da Cartografia (Sistema Anglo)
Aulas 02 e 03 Elementos da Cartografia (Sistema Anglo)Aulas 02 e 03 Elementos da Cartografia (Sistema Anglo)
Aulas 02 e 03 Elementos da Cartografia (Sistema Anglo)
 
Modulo 01 - Economia rural - extrativismo vegetal (sem vídeos) - Sistema Anglo
Modulo 01 - Economia rural - extrativismo vegetal (sem vídeos) - Sistema AngloModulo 01 - Economia rural - extrativismo vegetal (sem vídeos) - Sistema Anglo
Modulo 01 - Economia rural - extrativismo vegetal (sem vídeos) - Sistema Anglo
 
O outro lado do fem
O outro lado do femO outro lado do fem
O outro lado do fem
 
Modulo 16 - Brasil - um país multicultural
Modulo 16 - Brasil - um país multiculturalModulo 16 - Brasil - um país multicultural
Modulo 16 - Brasil - um país multicultural
 
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
 
Modulo 15 - População brasileira: estudo de caso (Apostila Sistema Anglo)
Modulo 15 - População brasileira: estudo de caso (Apostila Sistema Anglo)Modulo 15 - População brasileira: estudo de caso (Apostila Sistema Anglo)
Modulo 15 - População brasileira: estudo de caso (Apostila Sistema Anglo)
 
Modulo 14 - Expectativa de vida e envelhecimento da população (Apostila Siste...
Modulo 14 - Expectativa de vida e envelhecimento da população (Apostila Siste...Modulo 14 - Expectativa de vida e envelhecimento da população (Apostila Siste...
Modulo 14 - Expectativa de vida e envelhecimento da população (Apostila Siste...
 
Modulo 13 - Ter filhos
Modulo 13 - Ter filhosModulo 13 - Ter filhos
Modulo 13 - Ter filhos
 
Modulo 12 - Atividades agricolas nos Estados Unidos (Apostila Anglo)
Modulo 12 - Atividades agricolas nos Estados Unidos (Apostila Anglo)Modulo 12 - Atividades agricolas nos Estados Unidos (Apostila Anglo)
Modulo 12 - Atividades agricolas nos Estados Unidos (Apostila Anglo)
 
Modulo 12 - A indústria brasileira
Modulo 12 - A indústria brasileiraModulo 12 - A indústria brasileira
Modulo 12 - A indústria brasileira
 
Modulo 12 - O crescimento da população
Modulo 12 - O crescimento da populaçãoModulo 12 - O crescimento da população
Modulo 12 - O crescimento da população
 
Feminismo - Problematizando o espaço da mulher na sociedade
Feminismo - Problematizando o espaço da mulher na sociedadeFeminismo - Problematizando o espaço da mulher na sociedade
Feminismo - Problematizando o espaço da mulher na sociedade
 
Modulo 11 - A população dos Estados Unidos
Modulo 11 - A população dos Estados UnidosModulo 11 - A população dos Estados Unidos
Modulo 11 - A população dos Estados Unidos
 
Modulo 10 - Aspectos naturais da América Anglo-Saxônica
Modulo 10 - Aspectos naturais da América Anglo-SaxônicaModulo 10 - Aspectos naturais da América Anglo-Saxônica
Modulo 10 - Aspectos naturais da América Anglo-Saxônica
 
Modulo 11 - População
Modulo 11 - PopulaçãoModulo 11 - População
Modulo 11 - População
 
Modulo 10 - A exploração dos recursos energéticos
Modulo 10 - A exploração dos recursos energéticosModulo 10 - A exploração dos recursos energéticos
Modulo 10 - A exploração dos recursos energéticos
 

Último

ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 

Último (20)

Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 

Aulas 02 e 03 - Blocos econômicos

  • 1.
  • 2. Compreender a formação dos blocos econômicos. Conhecer as principais características dos diferentes tipos de blocos econômicos existentes. Estudar alguns dos principais blocos econômicos atuais, entre eles: União Europeia, Nafta, Mercosul, Apec e União Africana. Professor Henry
  • 3. 4 - OS BLOCOS ECONÔMICOS NO MUNDO GLOBALIZADO Professor Henry
  • 4. 1. Os blocos econômicos surgem com a intensificação do processo de globalização no mundo. Nesse contexto, vários países começaram a se associar, estabelecendo entre si relações econômicas privilegiadas. Professor Henry
  • 5. Definição São estabelecer associações relações que procuram econômicas entre estados – nações no sentido de tornar a e no de economia dos membros mais competitiva assim mundo negar poderem participar de forma efetiva globalizado.Então, ao contrário a globalização, os blocos econômicos são fruto da mesma. Professor Henry
  • 6. Corresponde a integração econômica envolvendo países de uma determinada área do planeta. Os blocos econômicos Professor Henry
  • 7. No contexto de uma economia cada vez mais globalizada e, consequentemente, competitiva, esses blocos visam garantir lucro e acumulação de capital. Professor Henry
  • 8. 1.Diminuir ao máximo as barreiras alfandegárias; 2.Livre 3.Livre 4.Livre obra. circulação circulação circulação de capitais; de pessoas; de serviços ou mão-de- Objetivos dos blocos econômicos Professor Henry
  • 9. Observação: Fazer significa parte de um bloco econômico fortalecer-se diante de um país isolado ou de outros blocos econômicos. Professor Henry
  • 10. 2. Cada bloco econômico mantém suas particularidades quanto ao nível de integração entre seus países-membros. É possível identificar as seguintes modalidades de blocos econômicos: Professor Henry
  • 11.
  • 13.
  • 14. Zona de livre comércio Priorizam a gradativa liberalização do fluxo de mercadorias do bloco. e de capitais dentro do limite Utilizam Comum. a mesma TIC - Tarifa Interna Professor Henry
  • 17. União Aduaneira Considerado um estágio avançado da daZona de Livre Comércio, pois além circulação de mercadorias e de capitais utilizam Comum as mesmas TIC(s) - Tarifa Interna e também padronizam as TEC(s) - Tarifas Externas Comuns. Professor Henry
  • 19.
  • 20. Mercado comum avançadoEstágio mais quando comparado a União Aduaneira, pois utilizam mesmas políticas econômicas adicionando: as 1.Busca padronizar a legislação 2.Formatação fiscal; 3.Leis trabalhistas; 4.Leis ambientais; 5.Livre circulação de pessoas. econômica; Professor Henry
  • 22.
  • 23. União Econômica e monetária Corresponde ao estágio mais alémavançado de bloco econômico, pois das características do Mercado Comum ainda apresentaria: 1.Criação de parlamento 2.Banco central único; 3.Constituição comum; comum; 4.Utilização da mesma moeda. Professor Henry
  • 24.
  • 25.
  • 26. 5 – A UNIÃO EUROPÉIA Professor Henry
  • 27. O início...  BENELUX (1948) Bélgica, Luxemburgo e Holanda  OECE  CECA (1951) França, Itália e Alemanha Oc.  AELC Áustria, Dinamarca, Noruega, Portugal, Suécia, Suíça e Reino Unido Professor Henry
  • 28. O processo... Tratado de Roma (1957) Mercado Comum Europeu (MCE) ou Comunidade Econômica Europeia (CEE) Europa dos seis: Itália, França, Alemanha Ocidental, Bélgica, Luxemburgo e Holanda. Professor Henry
  • 32. Tratado de Maastricht 1992 União europeia Cidadão europeu Morar, trabalhar, votar, ser votado Parlamento Europeu Professor Henry
  • 34. MOEDA ÚNICA RELATÓRIO WERNER (1968) SISTEMA MONETÁRIO EUROPEU (1979) ADOÇÃO DO EURO ( 1999) CIRCULAÇÃO (2002) 11 PAÍSES ADOTAM INGLATERRA, DINAMARCA E SUÉCIA (GRÉCIA) Professor Henry
  • 37. 27 países, ainda tem vaga? Professor Henry
  • 39. União Européia hoje... CRISE ECONÔMICA CONSTITUIÇÃO EUROPÉIA INCERTEZAS DISTÚRBIOS NA FRANÇA GREVE GERAL REINO UNIDO BREXIT Professor Henry
  • 40. 6 – O NAFTA Professor Henry
  • 41. NAFTA  Tratado Norte-Americano de Livre Comércio Professor Henry
  • 43. FICHA TÉCNICA CARACTERÍSTICAS NAFTA PAÍSES MEMBROS Estados Unidos, Canadá e México. PAÍS ASSOCIADO Chile Nº DE HABITANTES 466.612.760 habitantes ANO DE FORMAÇÃO 1994 PIB US$ 17.883.375.000,00 PIB PER CAPITA US$ 25.341 CLASSIFICAÇÃO / NÍVEL ZONA DE LIVRE COMÉRCIO Professor Henry
  • 45. NAFTA EUA CANADÁ MÉXICO IDH 0,937 0,911 0,775 Nº HAB. 315.791.284 34.674.708 116.146.768 NATALIDADE 14 POR MIL 11 POR MIL 20 POR MIL MORTALIDADE 8 POR MIL 8 POR MIL 5 POR MIL PIB US$ 14.991.300.000 448.165 1.155.206.000 PPC US$ 47.882 50.565 10.063 ALFABETIZAÇÃO 98 % 99% 92,8% EXP. DE VIDA 78,7 ANOS 81,1 ANOS 77,1 ANOS Professor Henry
  • 46. PROCESSO DE FORMAÇÃO Em 1988, os Estados Unidos e o Canadá assinaram um Acordo de Liberalização Econômica, formalizando o relacionamento comercial entre aqueles dois países. Em 13 de agosto de 1992, o bloco recebeu a adesão dos mexicanos. O NAFTA entrou em vigor em 1 de janeiro de 1994. Professor Henry
  • 47. OBJETIVOS DO BLOCO 1) Garantir aos países participantes uma situação de livre comércio, derrubando as barreiras alfandegárias, facilitando o comércio de mercadorias entre os países membros; 2) Reduzir os custos comerciais entre os países membros; 3) Ajustar a economia dos países membros, para ganhar competitividade no cenário de globalização econômica; 4) Aumentar as exportações de mercadorias e serviços entre países membros; Professor Henry
  • 48. OBJETIVOS DO BLOCO 5) Promover condições para uma competição justa dentro da área de livre comércio; 6) Aumentar substancialmente oportunidades de investimento dos países participantes; 7) Diminuir a imigração clandestina partindo do México para os Estados Unidos. Professor Henry
  • 49. O NAFTA PARA O CANADÁ  O Canadá, mesmo aparecendo como um dos principais países do mundo em economia, qualidade de vida, entre outros quesitos, é uma nação que depende muito dos recursos financeiros oriundos dos Estados Unidos.  O Canadá teve problemas com revoltas contra a NAFTA, especialmente depois dos Estados Unidos se recusarem a cumprir cláusulas do tratado no que diz respeito às medidas antidumping (medida para proteção de empresas que praticam dumping, uma prática ilegal, que prejudica o comércio do país que importa produtos dessa empresa). Professor Henry
  • 50. O NAFTA PARA O MÉXICO  Setores do México, que é a economia mais fraca dos três países participantes do tratado, como os fazendeiros e de uniões trabalhistas, são contra a NAFTA.  As uniões trabalhistas, pela perda de influência que elas tiveram nos centros urbanos do México; os fazendeiros, pela pressão que os Estados Unidos fazem em relação a preços dos produtos agrícolas mexicanos.  Contrários à NAFTA diziam que o acordo transformaria o México numa “colônia” dos Estados Unidos. Professor Henry
  • 51. O NAFTA PARA O EUA Nos Estados Unidos, temeu-se que esse acordo poderia causa desemprego no país por conta da migração de empresas para outros países, motivadas pela mão de obra barata. A votação no Senado e no Congresso americano foi em favor da NAFTA, mas ganhou de forma “apertada”, o que mostra que não era, e ainda não é, uma unanimidade no país. Professor Henry
  • 52. ANÁLISE / RESULTADOS Alguns efeitos já sentidos: é que já há uma concentração maior de capital no México, um número maior de empresas dos Estados Unidos e do Canadá entrou no país para aproveitar a mão de obra barata, houve um aumento substancial de migração ilegal de mexicanos para os Estados Unidos e as tarifas de exportação ainda não foram retiradas de todos os produtos, por insegurança de seus participantes. Professor Henry
  • 53. 7 – O MERCOSUL Professor Henry
  • 55. Bloco econômico criado pelo Tratado de Assunção, em 1991. Principal bloco econômico da América Latina. Atualmente é formado por cinco membros efetivos, cinco associados e um observador. Professor Henry
  • 56. Como foi criado o Mercosul? 1990, os líderes do Brasil e da Argentina firmaram e assinaram o Tratado de Buenos Aires, consolidando uma integração econômica entre as duas nações. Em 26 de março de 1991 foi assinado o Tratado de Assunção como forma de completar o anterior, que abrangeu, além de Brasil e Argentina, Paraguai e Uruguai, nascendo assim o MERCOSUL. Professor Henry
  • 57. PAÍSES PAÍSES MEMBROS : Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela. ESTADOS ASSOCIADOS: Bolívia, Chile, Colômbia, Equador e Peru. ESTADO OBSERVADOR: México Professor Henry
  • 58. OBJETIVO Busca garantir a livre circulação de bens, serviços e fatores produtivos entre os países membros, através da eliminação de barreiras alfandegárias e restrições não tarifárias à circulação de mercadorias e de qualquer outra medida de efeito equivalente. Professor Henry
  • 59.  Cidade sede da Secretaria do MERCOSUL: Montevidéu – Uruguai.  Maior cidade do MERCOSUL: São Paulo – Brasil.  Idiomas oficiais e de trabalho do Mercosul: Português, Espanhol e Guarani.  Moedas dos países integrantes do MERCOSUL: - Peso argentino (Argentina) - Real (Brasil) - Guarani (Paraguai) - Peso uruguaio (Uruguai)  Moeda dos Estados associados: - Boliviano (Bolívia) - Peso chileno (Chile) - Peso colombiano (Colômbia) - Nuevo sol (Peru) - Dólar americano (Equador) Professor Henry
  • 60. População: 217,6 milhões PIB: US$ 796,8 bilhões Exportações: US$ 102,8 bilhões Importações: US$ 106,0 bilhões Professor Henry
  • 61. MERCOSUL - INDICADORES 2007 Países Membros PIB em bilhões (U$) PIB per capita População (2007) IDH Brasil 2.013.893 11.037 189.011.861 0,813 Argentina 391.054 14.559 40.403.943 0,866 Venezuela 319.900 8.125 26.085.281 0,844 Uruguai 41.334 13.917 3.447.920 0,865 Paraguai 34.014 5.638 6.667.884 0,761 Total MERCOSUL 3.003.725 10.975* 266616849 0,821* Países Associados PIB em bilhões (U$) PIB per capita População (2007) IDH Colômbia 422.483 8.891 44.858.434 0,807 Chile 227.879 15.745 16.285.071 0,878 Peru 207.985 7.410 28.675.628 0,806 Equador 68.939 5.021 13.752.593 0,806 Bolívia 30.093 3.062 9.119.372 0,729 Total MERCOSUL 3.961.104 9.300* 365.555.352 0,846* * Nos cálculos de médias leva-se em conta o número de habitantes de cada país Fonte: IBGE Professor Henry
  • 62. 8 – A APEC Professor Henry
  • 64. • A APEC (Asia-Pacific Economic Cooperation ou Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico) é um dos principais blocos econômicos da atualidade, composto por 21 países muito distintos; • Tem a maior potência mundial, o Japão e a China lado a lado com diversos países subdesenvolvidos; • Fundada em 1989 na Austrália, como um fórum de conversação entre os países membros da ASEAN (Associação das Nações do Sudeste Asiático) e seis parceiros econômicos da região do Pacífico. Professor Henry
  • 65.  Foi criado em 1993 na Conferência de Seattle (Estados Unidos da América). Surgiu em decorrência de um intenso desenvolvimento econômico ocorrido na região da Ásia e do Pacífico. É um importante bloco econômico que ainda está em fase de implantação Professor Henry
  • 66. A Apec é o principal fórum que proporciona o crescimento econômico, a cooperação, o comércio e o investimento na região Ásia-Pacífico. As decisões nesse bloco são tomadas por consenso, a Apec não apresenta um tratado de obrigações para os seus participantes. Professor Henry
  • 67. Os 21 países participantes Professor Henry
  • 90. 9 – A UNIÃO AFRICANA Professor Henry
  • 91.  O projeto da UA foi lançado em 1999, pelo ex-líder líbio Muammar al- Gaddafi, na cidade de Sirte, tendo como modelo organizações como a União Europeia e o Nafta.  A União Africana foi formalmente instituída em julho de 2001, substituindo a Organização da Unidade Africana (fundada em 1963).  A UA nasceu com a principal finalidade de promover a paz, cooperação e desenvolvimento entre os países do continente africano  Tais finalidades se dão por meio de objetivos como promover e acelerar a integração socioeconômica do continente com vista a reforçar a unidade e a solidariedade entre os países e os povos africanos; ou erradicar doenças evitáveis e promover a saúde na África.  Com isso, segundo palavras do site da UA, desejam criar “uma integrada, próspera e pacífica África, dirigida por seus próprios cidadães e representando uma força dinâmica no contexto global.”
  • 92. 1.A palma sai atirando-se em ambos os lados do suporte círculo externo para a paz. 2.O círculo de ouro novamente simboliza a riqueza da África e futuro brilhante. 3.O círculo verde de novo significa esperanças e aspirações africanas. 4.O mapa planície de África sem fronteiras no círculo interno significa unidade Africana. 5.Os pequenos anéis vermelhos entrelaçados na base do suporte de emblema para a solidariedade Africano e do sangue derramado de Libertação de África
  • 93.  A união africana foi instituída em 2001 a partir da organização da unidade africana, fundada em 1963, e embora sejam semelhantes, possuem uma diferença principal:  A organização de unidade africana tinha como objetivos principais a defesa do continente africano contra qualquer atitude semelhante ao colonialismo ou neocolonialismo. Basicamente pretendia eliminar todas as formas de colonialismo na áfrica e fazer r espeitar a carta das nações unidas e a declaração universal dos direitos do homem.  Já a união africana visa acelerar a integração socioeconômica do continente africano e promover a so lidariedade entre os estados-membros, tentando assim responder aos novos desafios e desenvolvimentos políticos, econômicos e sociais que se colocam a áfrica e ao mundo.  Além dessa, existem outras diferenças, como a organização, ou a sede, porém menos relevantes.
  • 94.
  • 95.
  • 96. LIÇÃO DE CLASSEAtividades 01 a 06 das páginas 368 a 370 Professor Henry
  • 98. LIÇÃO DE CASA TAREFA MÍNIMA AULA 2 • LEIA OS ITENS 1 A 6 DO RESUMO DE AULA. • FAÇA OS EXERCÍCIOS 7 E 8, CAP. 1. AULA 3 • LEIA OS ITENS 7 A 13 DO RESUMO DE AULA. • FAÇA OS EXERCÍCIOS 13 E 14, CAP. 1. • FAÇA O EXERCÍCIO 4 DA SEÇÃO RUMO AO ENEM. TAREFA COMPLEMENTAR AULA 2 • LEIA OS ITENS 4 E 5, CAP. 1. • FAÇA OS EXERCÍCIOS 9 A 12, CAP. 1. AULA 3 • LEIA OS ITENS 6 A 9, CAP. 1. • FAÇA OS EXERCÍCIOS 15 A 18, CAP. 1 Professor Henry Consulte Livro-texto 3 Caderno de Exercícios 3
  • 99. Dúvidas? Perguntas? Sugestões? Opiniões para as próximas aulas? Reclamações? http://blogdoprofessorhenry.blogspot.com.br/ Professor Henry