SlideShare uma empresa Scribd logo
ARTE NA SEGUNDA METADE DO 
SÉCULO XX
 O decorrer do século foi palco de inúmeros 
fatos que tornaram muito complexo esse 
período da segunda metade do século XX. 
 Dentro desse contexto social ganharam força 
inicialmente dois modos de expressão artística 
a Op Art e a Pop Art.
A OP ART 
 A Op Art – do inglês optical art, “arte óptica” – 
foi iniciada pr Victor Vasarely. 
 Compõe-se de obras em que figuras 
geométricas, em preto e branco e coloridas são 
combinadas de modo a causar sensações de 
movimento ao observador.
Arte na segunda metade do século xx
 Se o observador muda de posição , tem a 
impressão de que a obra se modifica. 
 A Op Art é uma arte que simboliza as 
constantes mudanças na realidade em que 
vivemos.
Arte na segunda metade do século xx
Arte na segunda metade do século xx
POP ART 
 Pop Art significa “arte popular” e desenvolveu-se 
na década de 1960 nos Estados Unidos 
 A proposta da Pop Art era eliminar quaisquer 
barreiras entre a arte e a vida comum. 
 Por isso se interessava pelo dia-a-dia das 
cidades norte-americanas.
Arte na segunda metade do século xx
 Os temas da Pop Art apareciam na forma de 
produtos de consumo em massa pelo grande 
público, ia desde enlatados até imagens de 
grandes estrelas norte americanas.
Arte na segunda metade do século xx
 Os principais artistas da Pop Art foram 
Andy Warhol e Roy Lichtenstein.
 Andy Warhol queria mostrar que assim como 
os objetos são produzidos em série para amplo 
consumo, a imagem de artistas e celebridades 
também era reproduzida inúmeras vezes nos 
meios de comunicação para consumo do 
público.
Arte na segunda metade do século xx
 Roy Lichtenstein desenvolveu nos anos 60 a 
imagem que o tornou conhecido: motivos da 
publicidade e da sociedade de consumo, 
fazendo uma crítica irônica ao capitalismo. 
 Lichtenstein usou a história em quadrinhos e 
o texto, simplificou os contornos e escolheu 
para superfícies azul, vermelho e amarelo.
Arte na segunda metade do século xx
Arte na segunda metade do século xx
 Edward Hopper foi um pintor, artista gráfico 
e ilustrador norte-americano conhecido por 
suas misteriosas pinturas de representações 
realistas da solidão na contemporaneidade.
Arte na segunda metade do século xx
 Jean-Michel Basquiat começou sua arte com 
desenhos e grafites nas ruas de Nova York. Sua 
obra expressa a cultura das ruas povoadas por 
pessoas de diversas origens. Foi um artista que 
contestou a arte dos museus que refletem 
somente a cultura branca europeia.
Arte na segunda metade do século xx
INSTALAÇÃO 
 Em arte, instalação refere-se a um ambiente 
construído com vários elementos criados por 
um artista.
Cildo Meireles
Yayoi Kusama
Jean Shin
 Além do grafite, outra intervenção urbana 
chama muita atenção pela monumentalidade, 
é a chamada escultura ambiental que 
transforma completamente um elemento da 
paisagem. As mais famosas esculturas 
ambientais foram executadas por Javacheff 
Chrysto.
Arte na segunda metade do século xx
Arte na segunda metade do século xx

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Impressionismo e Pós-Impressionismo
Impressionismo e Pós-ImpressionismoImpressionismo e Pós-Impressionismo
Impressionismo e Pós-Impressionismo
camilagarciaia
 
História da arte arte moderna
História da arte   arte modernaHistória da arte   arte moderna
História da arte arte moderna
Lú Carvalho
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
Andrea Garcia
 
Arte - Realismo
Arte - RealismoArte - Realismo
Arte - Realismo
Maiara Giordani
 
Op Art
Op ArtOp Art
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
Michele Pó
 
História da Arte: Realismo
História da Arte: RealismoHistória da Arte: Realismo
História da Arte: Realismo
Raphael Lanzillotte
 
As grandes ruturas no início do seculo xx
As grandes ruturas no início do seculo xxAs grandes ruturas no início do seculo xx
As grandes ruturas no início do seculo xx
Ana Barreiros
 
Grafite
GrafiteGrafite
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
Ana Barreiros
 
Op art
Op artOp art
Op art
sheilabeca
 
Os caminhos da abstracao formal
Os caminhos da abstracao formalOs caminhos da abstracao formal
Os caminhos da abstracao formal
Ana Barreiros
 
Pop Art em Resumo
Pop Art em ResumoPop Art em Resumo
Pop Art em Resumo
Luciano Beregeno
 
Expressionismo
Expressionismo Expressionismo
Apresentação Van Gogh
Apresentação Van GoghApresentação Van Gogh
Apresentação Van Gogh
Agostinho NSilva
 
Arts & Crafts e Arte Nova
Arts & Crafts e Arte NovaArts & Crafts e Arte Nova
Arts & Crafts e Arte Nova
Michele Pó
 
Arte Minimalista
Arte MinimalistaArte Minimalista
Arte Minimalista
Sandro Bottene
 
Cultura do espaço virtual
Cultura do espaço virtual Cultura do espaço virtual
Cultura do espaço virtual
Ana Barreiros
 

Mais procurados (20)

Impressionismo e Pós-Impressionismo
Impressionismo e Pós-ImpressionismoImpressionismo e Pós-Impressionismo
Impressionismo e Pós-Impressionismo
 
História da arte arte moderna
História da arte   arte modernaHistória da arte   arte moderna
História da arte arte moderna
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
 
Arte - Realismo
Arte - RealismoArte - Realismo
Arte - Realismo
 
Op Art
Op ArtOp Art
Op Art
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
História da Arte: Realismo
História da Arte: RealismoHistória da Arte: Realismo
História da Arte: Realismo
 
As grandes ruturas no início do seculo xx
As grandes ruturas no início do seculo xxAs grandes ruturas no início do seculo xx
As grandes ruturas no início do seculo xx
 
Grafite
GrafiteGrafite
Grafite
 
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Op art
Op artOp art
Op art
 
Os caminhos da abstracao formal
Os caminhos da abstracao formalOs caminhos da abstracao formal
Os caminhos da abstracao formal
 
Pop Art em Resumo
Pop Art em ResumoPop Art em Resumo
Pop Art em Resumo
 
Expressionismo
Expressionismo Expressionismo
Expressionismo
 
Apresentação Van Gogh
Apresentação Van GoghApresentação Van Gogh
Apresentação Van Gogh
 
Arts & Crafts e Arte Nova
Arts & Crafts e Arte NovaArts & Crafts e Arte Nova
Arts & Crafts e Arte Nova
 
Arte Minimalista
Arte MinimalistaArte Minimalista
Arte Minimalista
 
Cultura do espaço virtual
Cultura do espaço virtual Cultura do espaço virtual
Cultura do espaço virtual
 
Arte Conceitual
Arte ConceitualArte Conceitual
Arte Conceitual
 

Destaque

A arte da segunda metade do século xx
A arte da segunda metade do século xxA arte da segunda metade do século xx
A arte da segunda metade do século xx
CEF16
 
Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea
 Ensino Médio-   As muitas linguagens da arte contemporânea Ensino Médio-   As muitas linguagens da arte contemporânea
Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea
ArtesElisa
 
A arte no inicio do sec xx
A arte no inicio do sec xxA arte no inicio do sec xx
A arte no inicio do sec xx
Diogo Scandolara
 
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
ArtesElisa
 
Arte Século XX
Arte Século XXArte Século XX
Arte Século XX
Carlos Vieira
 
Novas correntes artísticas no início do século xx
Novas correntes artísticas no início do século xxNovas correntes artísticas no início do século xx
Novas correntes artísticas no início do século xx
Vitor Peixoto
 
9 ano 1manual-isa
9 ano 1manual-isa9 ano 1manual-isa
9 ano 1manual-isa
a Gonçalves
 

Destaque (7)

A arte da segunda metade do século xx
A arte da segunda metade do século xxA arte da segunda metade do século xx
A arte da segunda metade do século xx
 
Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea
 Ensino Médio-   As muitas linguagens da arte contemporânea Ensino Médio-   As muitas linguagens da arte contemporânea
Ensino Médio- As muitas linguagens da arte contemporânea
 
A arte no inicio do sec xx
A arte no inicio do sec xxA arte no inicio do sec xx
A arte no inicio do sec xx
 
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
Ensino Médio- A segunda metade do século XX - (3o. bimestre)
 
Arte Século XX
Arte Século XXArte Século XX
Arte Século XX
 
Novas correntes artísticas no início do século xx
Novas correntes artísticas no início do século xxNovas correntes artísticas no início do século xx
Novas correntes artísticas no início do século xx
 
9 ano 1manual-isa
9 ano 1manual-isa9 ano 1manual-isa
9 ano 1manual-isa
 

Semelhante a Arte na segunda metade do século xx

OP - ART e POP - ART
OP - ART e POP - ARTOP - ART e POP - ART
OP - ART e POP - ART
Cristiane Seibt
 
Op art, Pop art e outras artes
Op art, Pop art e outras artesOp art, Pop art e outras artes
Op art, Pop art e outras artes
Marcio Duarte
 
Pop art lele
Pop art   lelePop art   lele
Pop art lele
Karoline Oliveira
 
9ano
9ano9ano
A cultura no espaço visual
A cultura no espaço visualA cultura no espaço visual
A cultura no espaço visual
Rita Lampreia
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Seminário Pop Art and Op Art
Seminário Pop Art and Op Art Seminário Pop Art and Op Art
Seminário Pop Art and Op Art
Everton Rodrigues
 
Arte da segunda metade do século xx
Arte da segunda metade do século xxArte da segunda metade do século xx
Arte da segunda metade do século xx
Fabiana Alexandre
 
Pop art trabalho
Pop art   trabalhoPop art   trabalho
Pop art trabalho
Mário Sérgio
 
24 pop art 2020
24 pop art 202024 pop art 2020
24 pop art 2020
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Futurismos
FuturismosFuturismos
Futurismos
ISJ
 
A Arte Contemporânea
A   Arte ContemporâneaA   Arte Contemporânea
A Arte Contemporânea
rosangela13
 
A Arte ContemporâNea
A   Arte ContemporâNeaA   Arte ContemporâNea
A Arte ContemporâNea
rosangela13
 
A Arte ContemporâNea
A   Arte ContemporâNeaA   Arte ContemporâNea
A Arte ContemporâNea
rosangela13
 
Art pop
Art popArt pop
Pop art
Pop artPop art
Op art e Pop Art.ppt
Op art e Pop Art.pptOp art e Pop Art.ppt
Op art e Pop Art.ppt
LidianeAndrade32
 
Arte contemporânea
Arte contemporânea Arte contemporânea
Arte contemporânea
vinicius teles
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Apresentação trabalho estética
Apresentação   trabalho estéticaApresentação   trabalho estética
Apresentação trabalho estética
Matheus Filipe Alves Machado
 

Semelhante a Arte na segunda metade do século xx (20)

OP - ART e POP - ART
OP - ART e POP - ARTOP - ART e POP - ART
OP - ART e POP - ART
 
Op art, Pop art e outras artes
Op art, Pop art e outras artesOp art, Pop art e outras artes
Op art, Pop art e outras artes
 
Pop art lele
Pop art   lelePop art   lele
Pop art lele
 
9ano
9ano9ano
9ano
 
A cultura no espaço visual
A cultura no espaço visualA cultura no espaço visual
A cultura no espaço visual
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Seminário Pop Art and Op Art
Seminário Pop Art and Op Art Seminário Pop Art and Op Art
Seminário Pop Art and Op Art
 
Arte da segunda metade do século xx
Arte da segunda metade do século xxArte da segunda metade do século xx
Arte da segunda metade do século xx
 
Pop art trabalho
Pop art   trabalhoPop art   trabalho
Pop art trabalho
 
24 pop art 2020
24 pop art 202024 pop art 2020
24 pop art 2020
 
Futurismos
FuturismosFuturismos
Futurismos
 
A Arte Contemporânea
A   Arte ContemporâneaA   Arte Contemporânea
A Arte Contemporânea
 
A Arte ContemporâNea
A   Arte ContemporâNeaA   Arte ContemporâNea
A Arte ContemporâNea
 
A Arte ContemporâNea
A   Arte ContemporâNeaA   Arte ContemporâNea
A Arte ContemporâNea
 
Art pop
Art popArt pop
Art pop
 
Pop art
Pop artPop art
Pop art
 
Op art e Pop Art.ppt
Op art e Pop Art.pptOp art e Pop Art.ppt
Op art e Pop Art.ppt
 
Arte contemporânea
Arte contemporânea Arte contemporânea
Arte contemporânea
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Apresentação trabalho estética
Apresentação   trabalho estéticaApresentação   trabalho estética
Apresentação trabalho estética
 

Mais de Itamir Beserra

Arte grega e romana
Arte grega e romanaArte grega e romana
Arte grega e romana
Itamir Beserra
 
Arte barroca
Arte barrocaArte barroca
Arte barroca
Itamir Beserra
 
Arte aula inicial Ensino Médio
Arte aula inicial Ensino MédioArte aula inicial Ensino Médio
Arte aula inicial Ensino Médio
Itamir Beserra
 
Manguebeat, funk e hip hop
Manguebeat, funk e hip hopManguebeat, funk e hip hop
Manguebeat, funk e hip hop
Itamir Beserra
 
Arte e violência
Arte e violênciaArte e violência
Arte e violência
Itamir Beserra
 
Tropicália
TropicáliaTropicália
Tropicália
Itamir Beserra
 
Arte e violência
Arte e violênciaArte e violência
Arte e violência
Itamir Beserra
 
A arte da primeira metade do século xx
A arte da primeira metade do século xxA arte da primeira metade do século xx
A arte da primeira metade do século xx
Itamir Beserra
 
Final do século xix na europa
Final do século xix na europaFinal do século xix na europa
Final do século xix na europa
Itamir Beserra
 
O modernismo no brasil
O modernismo no brasilO modernismo no brasil
O modernismo no brasil
Itamir Beserra
 
Arte egípcia
Arte egípciaArte egípcia
Arte egípcia
Itamir Beserra
 
Arquitetura
ArquiteturaArquitetura
Arquitetura
Itamir Beserra
 
Arte popular brasileira
Arte popular brasileiraArte popular brasileira
Arte popular brasileira
Itamir Beserra
 
Arte popular brasileira 6ª série
Arte popular brasileira   6ª sérieArte popular brasileira   6ª série
Arte popular brasileira 6ª série
Itamir Beserra
 
Fundamentos da linguagem visual
Fundamentos da linguagem visualFundamentos da linguagem visual
Fundamentos da linguagem visual
Itamir Beserra
 
Arte Aula Inicial
Arte   Aula InicialArte   Aula Inicial
Arte Aula Inicial
Itamir Beserra
 

Mais de Itamir Beserra (16)

Arte grega e romana
Arte grega e romanaArte grega e romana
Arte grega e romana
 
Arte barroca
Arte barrocaArte barroca
Arte barroca
 
Arte aula inicial Ensino Médio
Arte aula inicial Ensino MédioArte aula inicial Ensino Médio
Arte aula inicial Ensino Médio
 
Manguebeat, funk e hip hop
Manguebeat, funk e hip hopManguebeat, funk e hip hop
Manguebeat, funk e hip hop
 
Arte e violência
Arte e violênciaArte e violência
Arte e violência
 
Tropicália
TropicáliaTropicália
Tropicália
 
Arte e violência
Arte e violênciaArte e violência
Arte e violência
 
A arte da primeira metade do século xx
A arte da primeira metade do século xxA arte da primeira metade do século xx
A arte da primeira metade do século xx
 
Final do século xix na europa
Final do século xix na europaFinal do século xix na europa
Final do século xix na europa
 
O modernismo no brasil
O modernismo no brasilO modernismo no brasil
O modernismo no brasil
 
Arte egípcia
Arte egípciaArte egípcia
Arte egípcia
 
Arquitetura
ArquiteturaArquitetura
Arquitetura
 
Arte popular brasileira
Arte popular brasileiraArte popular brasileira
Arte popular brasileira
 
Arte popular brasileira 6ª série
Arte popular brasileira   6ª sérieArte popular brasileira   6ª série
Arte popular brasileira 6ª série
 
Fundamentos da linguagem visual
Fundamentos da linguagem visualFundamentos da linguagem visual
Fundamentos da linguagem visual
 
Arte Aula Inicial
Arte   Aula InicialArte   Aula Inicial
Arte Aula Inicial
 

Último

Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 

Último (20)

Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 

Arte na segunda metade do século xx

  • 1. ARTE NA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XX
  • 2.  O decorrer do século foi palco de inúmeros fatos que tornaram muito complexo esse período da segunda metade do século XX.  Dentro desse contexto social ganharam força inicialmente dois modos de expressão artística a Op Art e a Pop Art.
  • 3. A OP ART  A Op Art – do inglês optical art, “arte óptica” – foi iniciada pr Victor Vasarely.  Compõe-se de obras em que figuras geométricas, em preto e branco e coloridas são combinadas de modo a causar sensações de movimento ao observador.
  • 5.  Se o observador muda de posição , tem a impressão de que a obra se modifica.  A Op Art é uma arte que simboliza as constantes mudanças na realidade em que vivemos.
  • 8. POP ART  Pop Art significa “arte popular” e desenvolveu-se na década de 1960 nos Estados Unidos  A proposta da Pop Art era eliminar quaisquer barreiras entre a arte e a vida comum.  Por isso se interessava pelo dia-a-dia das cidades norte-americanas.
  • 10.  Os temas da Pop Art apareciam na forma de produtos de consumo em massa pelo grande público, ia desde enlatados até imagens de grandes estrelas norte americanas.
  • 12.  Os principais artistas da Pop Art foram Andy Warhol e Roy Lichtenstein.
  • 13.  Andy Warhol queria mostrar que assim como os objetos são produzidos em série para amplo consumo, a imagem de artistas e celebridades também era reproduzida inúmeras vezes nos meios de comunicação para consumo do público.
  • 15.  Roy Lichtenstein desenvolveu nos anos 60 a imagem que o tornou conhecido: motivos da publicidade e da sociedade de consumo, fazendo uma crítica irônica ao capitalismo.  Lichtenstein usou a história em quadrinhos e o texto, simplificou os contornos e escolheu para superfícies azul, vermelho e amarelo.
  • 18.  Edward Hopper foi um pintor, artista gráfico e ilustrador norte-americano conhecido por suas misteriosas pinturas de representações realistas da solidão na contemporaneidade.
  • 20.  Jean-Michel Basquiat começou sua arte com desenhos e grafites nas ruas de Nova York. Sua obra expressa a cultura das ruas povoadas por pessoas de diversas origens. Foi um artista que contestou a arte dos museus que refletem somente a cultura branca europeia.
  • 22. INSTALAÇÃO  Em arte, instalação refere-se a um ambiente construído com vários elementos criados por um artista.
  • 26.  Além do grafite, outra intervenção urbana chama muita atenção pela monumentalidade, é a chamada escultura ambiental que transforma completamente um elemento da paisagem. As mais famosas esculturas ambientais foram executadas por Javacheff Chrysto.