SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Universidade Federal do Rio Grande do Norte Curso de Bacharelado em Design 2011.2 Disciplina: Introdução ao Estudo do Design Professora: Ângela Dias Cordeiro PopArt. Componentes: Anderson de Araújo Silvino João Bosco de Macêdo Santos João Paulo Campos Silva Mário Sérgio Gomes Filgueira Priscila de Araújo Leite Samir HamadTimeni Filho Natal, 13 de Setembro de 2011
HISTÓRIA Pop art é um movimento artístico do pós guerra, tendo emergido entre as décadas de 1950 e 1960; O movimento nasceu na Inglaterra (tendo como precursor o IndependentGroup*) mas se popularizou nos Estados Unidos;  *IndependentGroup foi um grupo de artistas ingleses, fundado em 1952 no InstituteofContemporaryArts (Londres) e tinha como objetivo repensar a arte moderna e reproduzi-la de modo que esta atingisse grande parte da população (a grande massa).
PoPART? Seu nome significa arte popular, porém, isso não quer dizer que ela seja feita pelo povo, mas sim que ela faz referência à produção para a massa; Recebeu esse nome pelo artista Lawrence Alloway; Richard Hamilton define Pop Art como: “popular, transitória, consumível, de baixo custo, produzida em massa, jovem, espirituosa, sexy, chamativa, glamourosa e um grande negócio".  Lawrence Alloway Richard Hamilton
Características Baseava-se no reprocessamento das imagens populares e de consumo; Fazia uma crítica irônica à produção capitalista em massa, utilizando-se de signos massificados da indústria e do consumo (embalagens industrializadas, produtos descartáveis, quadrinhos, fast-food, fotografia, ídolos populares, etc...)  como base para suas criações.  Era uma arte figurativa, em oposição ao expressionismo abstrato que dominava a cena estética desde o final da Segunda Guerra;
Características  Tinha influências do dadaísmo* de Marcel Duchamp*; Um dos objetivos do movimento era chamar a atenção do grande público ao se inspirar por elementos que não eram reconhecidos como arte; Visava a massificação da arte, a popularização; Os artistas usavam materiais como gesso, tinta acrílica, poliéster, látex, produtos com cores intensas, fluorescentes, brilhantes e vibrantes; Removiam as imagens de seu contexto original, a isolavam ou a uniam com outros tipos de materiais, de acordo com seu propósito artístico;
Características Este estilo propõe ressurgir a arte modernista, que estava em crise; tanto, que dizem que o Pop Art foi a transição do modernismo para o pós-modernismo. Tem como principal característica as tendências da sociedade vigente, no caso, a capitalista, procurando mostrar também a cultura das massas. Vale ressaltar que o Pop Art nunca se distancia da realidade; ele procura mostrar e até mesmo criticar as falhas do sistema, principalmente o consumismo desenfreado, por exemplo.
Principais Artistas Richard Hamilton (1922) Nascido em Londres, designer, ilustrador e organizador de exposições, Richard Hamilton foi considerado o “pai” da Pop Art e definiu as imagens que servem como base para o movimento. Costumava retratar o cotidiano em suas obras, a mais famosa delas é “O que Exatamente Torna os Lares de Hoje Tão Diferentes, Tão Atraentes?” que era composta por colagens retiradas de revistas de grande circulação. Nesta obra um casal se exibe com (e como) os atraentes objetos da vida moderna: no meio de televisão, aspirador de pó, produtos de embalagens chamativas, etc.                    Os anúncios eram retirados de seu contexto original e transportados para a obra de arte, porém, guardando a memória de seu local de origem. Esta foi considerada uma das primeiras obras do Pop Art. “Self-portrait” 1990 "O que torna os lares de hoje tão  diferentes, tão atraentes?“ 1956 “The critic laughs“ 1971-72 “Interior I” 1964
Principais Artistas Andy Warhol (1928 – 1987) 	    Andy Warhol foi a figura mais conhecida do Pop Art. Era filho de imigrantes da Eslováquia, estudou arte e começou sua carreira trabalhando basicamente com anúncios publicitários, fazendo ilustrações.               Se tornou conhecido no fim dos anos 50 quando começa a retratar ídolos populares em seus trabalhos. Mostrou sua concepção da produção mecânica da imagem em substituição ao trabalho manual numa série de retratos de ídolos da música pop e do cinema como Elvis Presley e Marilyn Monroe. Da mesma forma e usando técnica de serigrafia, destacou a impessoalidade do objeto produzido em massa para o consumo, como garrafas de Coca-Cola e as latas de sopa Campbell.               Produziu filmes e discos de uma banda chamada The Velvet Underground, além de ter incentivado o trabalho de outros artistas. "Self-portrait" 1986 "Marilyn" 1964 "The Last Supper“ "Campbell's Soup Can" 1964
Principais Artistas Robert Rauschenberg (1925) Robert Rauschenberg nasceu nos Estados Unidos e foi um dos pioneiros em pelo menos três procedimentos definidores da arte pop: o uso do dia a dia como matéria-prima, a referência a imagens produzidas em larga escala pela indústria cultural e a incorporação da palavra ao repertório das artes plásticas. Rauschenberg fez também pinturas, fotografias e performances, sem necessariamente respeitar as fronteiras entre cada uma das técnicas. Foi um dos primeiros a explorar a ideia de que arte e vida não deveriam andar tão separadas. Suas combine paintings (algo como "pinturas combinadas"), como chamou os trabalhos, usavam produtos encontrados por ele ao acaso, de garrafas de Coca-Cola a pássaros empalhados. A partir de 1962, ele explorou ainda a técnica de serigrafia para imprimir fotos em grandes telas. Em 1964, depois de ganhar o prêmio de pintura da Bienal de Veneza, Rauschenberg já era um nome consagrado nas mais fechadas rodas internacionais.
Principais Artistas Roy Lichtenstein (1923 – 1997) Roy Lichtenstein nasceu em Nova York, serviu na Segunda Guerra Mundial, estudou Belas Artes e ganhou a vida como desenhista, decorador e professor de arte, tendo lecionado em 4 universidades até sua carreira de pintor deslanchar. Na sua obra, procurou valorizar os clichês das histórias em quadradinhos como forma de arte, colocando-se dentro de um movimento que tentou criticar a cultura de massa. Executou murais imensos como a Sereia do TheatreofPerformingArts em Miami e Blue Brushstrokes, no EquitableBuilding, New York. Roy também fez esculturas no período 1967-1968, como a que enfeita a praça em Barcelona (“Cara de Barcelona”) nos dias de hoje. Reproduzia à mão, com fidelidade, os, cores brilhantes (principalmente amarelo, vermelho e azul) e traços negros bem delineados, o que produzia procedimentos gráficos. Usava técnica pontilhista um intenso impacto visual. O resultado é a combinação de arte comercial e abstração.
Principais Artistas Claes Oldenburg (1929) JasperJohns (1930) Peter Blake (1932)
UM EXEMPLO DE PoPART?
http://www.lauranehr.com/blog/claes-oldenburg-escultor-pop-gostava-de-objetos-banais-e-gigantes http://culturatanamoda.wordpress.com/2011/07/20/claes-oldenburg/ Youtube Wikipédia Brasil Escola (http://www.brasilescola.com/artes/pop-art.htm) SuaPesquisa.com (http://www.suapesquisa.com/artesliteratura/pop_art.htm) Enciclopédia Itaú Cultural (http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia_ic/index.cfm?fuseaction=termos_texto&cd_verbete=367) Design Lovrs (http://www.designlovrs.com.br/2009/07/o-principe-da-pop-art-andy-warhol-pop-art-2/) Referências

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
annaartes
 

Mais procurados (20)

Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
Arte Contemporanea no Brasil
Arte Contemporanea no BrasilArte Contemporanea no Brasil
Arte Contemporanea no Brasil
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
Expressionismo
Expressionismo Expressionismo
Expressionismo
 
História da arte - Arte Contemporânea
História da arte -  Arte ContemporâneaHistória da arte -  Arte Contemporânea
História da arte - Arte Contemporânea
 
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
NeoConcretismo Brasileiro
NeoConcretismo Brasileiro NeoConcretismo Brasileiro
NeoConcretismo Brasileiro
 
Arte o que é
Arte   o que éArte   o que é
Arte o que é
 
Arte abstrata
Arte abstrataArte abstrata
Arte abstrata
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Arte e sociedade - Instalações Artísticas
Arte e sociedade - Instalações ArtísticasArte e sociedade - Instalações Artísticas
Arte e sociedade - Instalações Artísticas
 
Land Art
Land ArtLand Art
Land Art
 
Pop arte
 Pop arte Pop arte
Pop arte
 
Arte cinética
Arte cinéticaArte cinética
Arte cinética
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
 
Pop Art em Resumo
Pop Art em ResumoPop Art em Resumo
Pop Art em Resumo
 
Instalação Artística
Instalação ArtísticaInstalação Artística
Instalação Artística
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
 

Semelhante a Pop art trabalho

Pop Art - Trabalho
Pop Art - TrabalhoPop Art - Trabalho
Pop Art - Trabalho
Rui Rocha
 
Futurismos
FuturismosFuturismos
Futurismos
ISJ
 
A Arte ContemporâNea
A   Arte ContemporâNeaA   Arte ContemporâNea
A Arte ContemporâNea
rosangela13
 

Semelhante a Pop art trabalho (20)

Pop Art - Trabalho
Pop Art - TrabalhoPop Art - Trabalho
Pop Art - Trabalho
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
pop art.pptx
pop art.pptxpop art.pptx
pop art.pptx
 
Pop arte
Pop artePop arte
Pop arte
 
Futurismos
FuturismosFuturismos
Futurismos
 
Pop art lele
Pop art   lelePop art   lele
Pop art lele
 
OP - ART e POP - ART
OP - ART e POP - ARTOP - ART e POP - ART
OP - ART e POP - ART
 
Seminário Pop Art and Op Art
Seminário Pop Art and Op Art Seminário Pop Art and Op Art
Seminário Pop Art and Op Art
 
Pop art 9 questao 05
Pop art 9  questao 05Pop art 9  questao 05
Pop art 9 questao 05
 
Apresentação trabalho estética
Apresentação   trabalho estéticaApresentação   trabalho estética
Apresentação trabalho estética
 
Pop Art
Pop Art Pop Art
Pop Art
 
24 pop art 2020
24 pop art 202024 pop art 2020
24 pop art 2020
 
Pop Arte
Pop ArtePop Arte
Pop Arte
 
Arte contemporânea
Arte contemporânea Arte contemporânea
Arte contemporânea
 
Pop art 2017
Pop art 2017Pop art 2017
Pop art 2017
 
Pop art
Pop artPop art
Pop art
 
Pop art
Pop artPop art
Pop art
 
Pop art
Pop artPop art
Pop art
 
Arte pop
Arte popArte pop
Arte pop
 
A Arte ContemporâNea
A   Arte ContemporâNeaA   Arte ContemporâNea
A Arte ContemporâNea
 

Pop art trabalho

  • 1. Universidade Federal do Rio Grande do Norte Curso de Bacharelado em Design 2011.2 Disciplina: Introdução ao Estudo do Design Professora: Ângela Dias Cordeiro PopArt. Componentes: Anderson de Araújo Silvino João Bosco de Macêdo Santos João Paulo Campos Silva Mário Sérgio Gomes Filgueira Priscila de Araújo Leite Samir HamadTimeni Filho Natal, 13 de Setembro de 2011
  • 2. HISTÓRIA Pop art é um movimento artístico do pós guerra, tendo emergido entre as décadas de 1950 e 1960; O movimento nasceu na Inglaterra (tendo como precursor o IndependentGroup*) mas se popularizou nos Estados Unidos; *IndependentGroup foi um grupo de artistas ingleses, fundado em 1952 no InstituteofContemporaryArts (Londres) e tinha como objetivo repensar a arte moderna e reproduzi-la de modo que esta atingisse grande parte da população (a grande massa).
  • 3. PoPART? Seu nome significa arte popular, porém, isso não quer dizer que ela seja feita pelo povo, mas sim que ela faz referência à produção para a massa; Recebeu esse nome pelo artista Lawrence Alloway; Richard Hamilton define Pop Art como: “popular, transitória, consumível, de baixo custo, produzida em massa, jovem, espirituosa, sexy, chamativa, glamourosa e um grande negócio". Lawrence Alloway Richard Hamilton
  • 4. Características Baseava-se no reprocessamento das imagens populares e de consumo; Fazia uma crítica irônica à produção capitalista em massa, utilizando-se de signos massificados da indústria e do consumo (embalagens industrializadas, produtos descartáveis, quadrinhos, fast-food, fotografia, ídolos populares, etc...) como base para suas criações. Era uma arte figurativa, em oposição ao expressionismo abstrato que dominava a cena estética desde o final da Segunda Guerra;
  • 5. Características Tinha influências do dadaísmo* de Marcel Duchamp*; Um dos objetivos do movimento era chamar a atenção do grande público ao se inspirar por elementos que não eram reconhecidos como arte; Visava a massificação da arte, a popularização; Os artistas usavam materiais como gesso, tinta acrílica, poliéster, látex, produtos com cores intensas, fluorescentes, brilhantes e vibrantes; Removiam as imagens de seu contexto original, a isolavam ou a uniam com outros tipos de materiais, de acordo com seu propósito artístico;
  • 6. Características Este estilo propõe ressurgir a arte modernista, que estava em crise; tanto, que dizem que o Pop Art foi a transição do modernismo para o pós-modernismo. Tem como principal característica as tendências da sociedade vigente, no caso, a capitalista, procurando mostrar também a cultura das massas. Vale ressaltar que o Pop Art nunca se distancia da realidade; ele procura mostrar e até mesmo criticar as falhas do sistema, principalmente o consumismo desenfreado, por exemplo.
  • 7. Principais Artistas Richard Hamilton (1922) Nascido em Londres, designer, ilustrador e organizador de exposições, Richard Hamilton foi considerado o “pai” da Pop Art e definiu as imagens que servem como base para o movimento. Costumava retratar o cotidiano em suas obras, a mais famosa delas é “O que Exatamente Torna os Lares de Hoje Tão Diferentes, Tão Atraentes?” que era composta por colagens retiradas de revistas de grande circulação. Nesta obra um casal se exibe com (e como) os atraentes objetos da vida moderna: no meio de televisão, aspirador de pó, produtos de embalagens chamativas, etc. Os anúncios eram retirados de seu contexto original e transportados para a obra de arte, porém, guardando a memória de seu local de origem. Esta foi considerada uma das primeiras obras do Pop Art. “Self-portrait” 1990 "O que torna os lares de hoje tão diferentes, tão atraentes?“ 1956 “The critic laughs“ 1971-72 “Interior I” 1964
  • 8. Principais Artistas Andy Warhol (1928 – 1987) Andy Warhol foi a figura mais conhecida do Pop Art. Era filho de imigrantes da Eslováquia, estudou arte e começou sua carreira trabalhando basicamente com anúncios publicitários, fazendo ilustrações. Se tornou conhecido no fim dos anos 50 quando começa a retratar ídolos populares em seus trabalhos. Mostrou sua concepção da produção mecânica da imagem em substituição ao trabalho manual numa série de retratos de ídolos da música pop e do cinema como Elvis Presley e Marilyn Monroe. Da mesma forma e usando técnica de serigrafia, destacou a impessoalidade do objeto produzido em massa para o consumo, como garrafas de Coca-Cola e as latas de sopa Campbell. Produziu filmes e discos de uma banda chamada The Velvet Underground, além de ter incentivado o trabalho de outros artistas. "Self-portrait" 1986 "Marilyn" 1964 "The Last Supper“ "Campbell's Soup Can" 1964
  • 9. Principais Artistas Robert Rauschenberg (1925) Robert Rauschenberg nasceu nos Estados Unidos e foi um dos pioneiros em pelo menos três procedimentos definidores da arte pop: o uso do dia a dia como matéria-prima, a referência a imagens produzidas em larga escala pela indústria cultural e a incorporação da palavra ao repertório das artes plásticas. Rauschenberg fez também pinturas, fotografias e performances, sem necessariamente respeitar as fronteiras entre cada uma das técnicas. Foi um dos primeiros a explorar a ideia de que arte e vida não deveriam andar tão separadas. Suas combine paintings (algo como "pinturas combinadas"), como chamou os trabalhos, usavam produtos encontrados por ele ao acaso, de garrafas de Coca-Cola a pássaros empalhados. A partir de 1962, ele explorou ainda a técnica de serigrafia para imprimir fotos em grandes telas. Em 1964, depois de ganhar o prêmio de pintura da Bienal de Veneza, Rauschenberg já era um nome consagrado nas mais fechadas rodas internacionais.
  • 10. Principais Artistas Roy Lichtenstein (1923 – 1997) Roy Lichtenstein nasceu em Nova York, serviu na Segunda Guerra Mundial, estudou Belas Artes e ganhou a vida como desenhista, decorador e professor de arte, tendo lecionado em 4 universidades até sua carreira de pintor deslanchar. Na sua obra, procurou valorizar os clichês das histórias em quadradinhos como forma de arte, colocando-se dentro de um movimento que tentou criticar a cultura de massa. Executou murais imensos como a Sereia do TheatreofPerformingArts em Miami e Blue Brushstrokes, no EquitableBuilding, New York. Roy também fez esculturas no período 1967-1968, como a que enfeita a praça em Barcelona (“Cara de Barcelona”) nos dias de hoje. Reproduzia à mão, com fidelidade, os, cores brilhantes (principalmente amarelo, vermelho e azul) e traços negros bem delineados, o que produzia procedimentos gráficos. Usava técnica pontilhista um intenso impacto visual. O resultado é a combinação de arte comercial e abstração.
  • 11. Principais Artistas Claes Oldenburg (1929) JasperJohns (1930) Peter Blake (1932)
  • 12. UM EXEMPLO DE PoPART?
  • 13.
  • 14. http://www.lauranehr.com/blog/claes-oldenburg-escultor-pop-gostava-de-objetos-banais-e-gigantes http://culturatanamoda.wordpress.com/2011/07/20/claes-oldenburg/ Youtube Wikipédia Brasil Escola (http://www.brasilescola.com/artes/pop-art.htm) SuaPesquisa.com (http://www.suapesquisa.com/artesliteratura/pop_art.htm) Enciclopédia Itaú Cultural (http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia_ic/index.cfm?fuseaction=termos_texto&cd_verbete=367) Design Lovrs (http://www.designlovrs.com.br/2009/07/o-principe-da-pop-art-andy-warhol-pop-art-2/) Referências