SlideShare uma empresa Scribd logo
As opções totalitárias

O Estalinismo
Quais as
caraterísticas do
Estalinismo?
• totalitarismo repressivo do
Estado
• enquadramento da população
• hegemonia do partido
comunista
• planificação da economia
• culto da personalidade
• repressão brutal
Quais as medidas
tomadas para controlar
a agricultura?
• pretendia-se atingir a
igualdade social e aumento
da produção
• coletização dos campos
• expropriação de
propriedades (as terras, o
gado e os instrumentos eram
entregues ao Estado)
• uma parte da produção era
entregue ao Estado
• contestação dos
camponeses foi reprimida
planificava a
produção
industrial?
• planificação agrária (planos
quinquenais)
• pretendia-se impedir crise de
superprodução e planificar a
produção de acordo com as
necessidades
• levou ao quase desaparecimento
do setor privado da indústria
• promoveu-se investimentos
maciços nas indústrias pesada,
ligeira e bens de consumo,
hidroelétrica e química
• a URSS tornou-se a terceira
potência mundial

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estaline a respostadospaisessacrise
Estaline a respostadospaisessacriseEstaline a respostadospaisessacrise
Estaline a respostadospaisessacriseTeresa Maia
 
Rev.russa
Rev.russaRev.russa
Rev.russaDirair
 
A CONSTRUÇÃO DO MODELO SOVIÉTICO
A CONSTRUÇÃO DO MODELO SOVIÉTICOA CONSTRUÇÃO DO MODELO SOVIÉTICO
A CONSTRUÇÃO DO MODELO SOVIÉTICOgofontoura
 
Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
Implantação do Marxismo-Leninismo na RússiaImplantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússiahome
 
Revoluções Socialistas
  Revoluções Socialistas   Revoluções Socialistas
Revoluções Socialistas Fabio Salvari
 
Revoluções no século xx
Revoluções no século xxRevoluções no século xx
Revoluções no século xxanpajan
 
Revoluções socialistas no Século XX
Revoluções socialistas no Século XX Revoluções socialistas no Século XX
Revoluções socialistas no Século XX Juliano Castro
 
A revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacional
A revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacionalA revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacional
A revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacionalEvonaldo Gonçalves Vanny
 
China de Mao Tsé-Tung
China de Mao Tsé-TungChina de Mao Tsé-Tung
China de Mao Tsé-Tunghome
 
3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo
3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo
3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismoNúria Inácio
 
Regime totalitarista de esquerda Stalinismo
Regime totalitarista de esquerda StalinismoRegime totalitarista de esquerda Stalinismo
Regime totalitarista de esquerda StalinismoAdriana Gomes Messias
 
352 ab stalin no poder
352 ab stalin no poder352 ab stalin no poder
352 ab stalin no podercrpp
 
A construção do modelo soviético
A construção do modelo soviéticoA construção do modelo soviético
A construção do modelo soviéticoCarlos Vieira
 

Mais procurados (20)

Era estalinista
Era estalinistaEra estalinista
Era estalinista
 
Estaline a respostadospaisessacrise
Estaline a respostadospaisessacriseEstaline a respostadospaisessacrise
Estaline a respostadospaisessacrise
 
Rev.russa
Rev.russaRev.russa
Rev.russa
 
A CONSTRUÇÃO DO MODELO SOVIÉTICO
A CONSTRUÇÃO DO MODELO SOVIÉTICOA CONSTRUÇÃO DO MODELO SOVIÉTICO
A CONSTRUÇÃO DO MODELO SOVIÉTICO
 
Resumo - Revoluções Socialistas
Resumo - Revoluções SocialistasResumo - Revoluções Socialistas
Resumo - Revoluções Socialistas
 
Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
Implantação do Marxismo-Leninismo na RússiaImplantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia
 
Revoluções Socialistas
  Revoluções Socialistas   Revoluções Socialistas
Revoluções Socialistas
 
Revoluções no século xx
Revoluções no século xxRevoluções no século xx
Revoluções no século xx
 
Revoluções socialistas no Século XX
Revoluções socialistas no Século XX Revoluções socialistas no Século XX
Revoluções socialistas no Século XX
 
A revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacional
A revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacionalA revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacional
A revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacional
 
China de Mao Tsé-Tung
China de Mao Tsé-TungChina de Mao Tsé-Tung
China de Mao Tsé-Tung
 
3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo
3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo
3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Regime totalitarista de esquerda Stalinismo
Regime totalitarista de esquerda StalinismoRegime totalitarista de esquerda Stalinismo
Regime totalitarista de esquerda Stalinismo
 
REVOLUÇÃO RUSSA
REVOLUÇÃO RUSSAREVOLUÇÃO RUSSA
REVOLUÇÃO RUSSA
 
A revolução russa
A revolução russaA revolução russa
A revolução russa
 
352 ab stalin no poder
352 ab stalin no poder352 ab stalin no poder
352 ab stalin no poder
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
A construção do modelo soviético
A construção do modelo soviéticoA construção do modelo soviético
A construção do modelo soviético
 
3º ano - Revolução Russa 1917
3º ano - Revolução Russa 19173º ano - Revolução Russa 1917
3º ano - Revolução Russa 1917
 

Semelhante a Apresentação O Estalinismo

Crise do capitalismo e surgimento do totalitarismo
Crise do capitalismo e surgimento do totalitarismoCrise do capitalismo e surgimento do totalitarismo
Crise do capitalismo e surgimento do totalitarismoMarcia Fernandes
 
Estalinismo.pptx
Estalinismo.pptxEstalinismo.pptx
Estalinismo.pptxPedro Silva
 
Livro 2° ano parte 01
Livro 2° ano parte 01Livro 2° ano parte 01
Livro 2° ano parte 01Auxiliadora
 
História Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismoHistória Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismoRafael Lucas da Silva
 
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas SociaisMovimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas Sociaiseiprofessor
 
Aula 4 [3-2022] - Revolução Russa.pdf
Aula 4 [3-2022] - Revolução Russa.pdfAula 4 [3-2022] - Revolução Russa.pdf
Aula 4 [3-2022] - Revolução Russa.pdfGerson Coppes
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russaJoão Couto
 
A Revolução Russa e a Segunda Guerra Mundial
A Revolução Russa e a Segunda Guerra MundialA Revolução Russa e a Segunda Guerra Mundial
A Revolução Russa e a Segunda Guerra MundialDarlene Celestina
 
AULÃO UFSC 2019 - prof Daniel Bronstrup
AULÃO UFSC 2019 - prof Daniel BronstrupAULÃO UFSC 2019 - prof Daniel Bronstrup
AULÃO UFSC 2019 - prof Daniel BronstrupDaniel Alves Bronstrup
 
Aula doutrina social slids refeito 1
Aula doutrina social slids refeito 1Aula doutrina social slids refeito 1
Aula doutrina social slids refeito 1ctleigos
 
Entre Guerras do Mundo. A primeira e a segunda
Entre Guerras do Mundo. A primeira e a segundaEntre Guerras do Mundo. A primeira e a segunda
Entre Guerras do Mundo. A primeira e a segundaProfMatheusPetrolli
 

Semelhante a Apresentação O Estalinismo (20)

Crise do capitalismo e surgimento do totalitarismo
Crise do capitalismo e surgimento do totalitarismoCrise do capitalismo e surgimento do totalitarismo
Crise do capitalismo e surgimento do totalitarismo
 
Estalinismo.pptx
Estalinismo.pptxEstalinismo.pptx
Estalinismo.pptx
 
Doutrinas Sociais
Doutrinas SociaisDoutrinas Sociais
Doutrinas Sociais
 
A sociedade industrial_e_urbana,_ppt[1]
A sociedade industrial_e_urbana,_ppt[1]A sociedade industrial_e_urbana,_ppt[1]
A sociedade industrial_e_urbana,_ppt[1]
 
Ditaduras
DitadurasDitaduras
Ditaduras
 
Livro 2° ano parte 01
Livro 2° ano parte 01Livro 2° ano parte 01
Livro 2° ano parte 01
 
História Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismoHistória Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismo
 
Apresentação marxismo leninismo
Apresentação marxismo leninismoApresentação marxismo leninismo
Apresentação marxismo leninismo
 
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas SociaisMovimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
 
DIreito Socialista
DIreito SocialistaDIreito Socialista
DIreito Socialista
 
Revolucao russa
Revolucao russaRevolucao russa
Revolucao russa
 
Aula 4 [3-2022] - Revolução Russa.pdf
Aula 4 [3-2022] - Revolução Russa.pdfAula 4 [3-2022] - Revolução Russa.pdf
Aula 4 [3-2022] - Revolução Russa.pdf
 
3º ano - Era Vargas 1930-1945
3º ano  - Era Vargas 1930-19453º ano  - Era Vargas 1930-1945
3º ano - Era Vargas 1930-1945
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
Cap. 12 - China
Cap. 12 - ChinaCap. 12 - China
Cap. 12 - China
 
A Revolução Russa e a Segunda Guerra Mundial
A Revolução Russa e a Segunda Guerra MundialA Revolução Russa e a Segunda Guerra Mundial
A Revolução Russa e a Segunda Guerra Mundial
 
Populismo 1945 1964
Populismo 1945   1964Populismo 1945   1964
Populismo 1945 1964
 
AULÃO UFSC 2019 - prof Daniel Bronstrup
AULÃO UFSC 2019 - prof Daniel BronstrupAULÃO UFSC 2019 - prof Daniel Bronstrup
AULÃO UFSC 2019 - prof Daniel Bronstrup
 
Aula doutrina social slids refeito 1
Aula doutrina social slids refeito 1Aula doutrina social slids refeito 1
Aula doutrina social slids refeito 1
 
Entre Guerras do Mundo. A primeira e a segunda
Entre Guerras do Mundo. A primeira e a segundaEntre Guerras do Mundo. A primeira e a segunda
Entre Guerras do Mundo. A primeira e a segunda
 

Mais de Laboratório de História

Apresentação A integração europeia e as suas implicações
Apresentação A integração europeia e as suas implicaçõesApresentação A integração europeia e as suas implicações
Apresentação A integração europeia e as suas implicaçõesLaboratório de História
 
Apresentação Da revolução à estabilização da democracia
Apresentação Da revolução à estabilização da democraciaApresentação Da revolução à estabilização da democracia
Apresentação Da revolução à estabilização da democraciaLaboratório de História
 
Apresentação Portugal o imobilismo político
Apresentação Portugal o imobilismo políticoApresentação Portugal o imobilismo político
Apresentação Portugal o imobilismo políticoLaboratório de História
 
Apresentação Portugal coordenadas económicas e demográficas
Apresentação Portugal coordenadas económicas e demográficasApresentação Portugal coordenadas económicas e demográficas
Apresentação Portugal coordenadas económicas e demográficasLaboratório de História
 
Apresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto socialApresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto socialLaboratório de História
 
Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9
Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9
Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9Laboratório de História
 

Mais de Laboratório de História (17)

Apresentação A integração europeia e as suas implicações
Apresentação A integração europeia e as suas implicaçõesApresentação A integração europeia e as suas implicações
Apresentação A integração europeia e as suas implicações
 
Apresentação Da revolução à estabilização da democracia
Apresentação Da revolução à estabilização da democraciaApresentação Da revolução à estabilização da democracia
Apresentação Da revolução à estabilização da democracia
 
Apresentação A Primavera Marcelista
Apresentação A Primavera MarcelistaApresentação A Primavera Marcelista
Apresentação A Primavera Marcelista
 
Apresentação A questão colonial
Apresentação A questão colonialApresentação A questão colonial
Apresentação A questão colonial
 
Apresentação Portugal o imobilismo político
Apresentação Portugal o imobilismo políticoApresentação Portugal o imobilismo político
Apresentação Portugal o imobilismo político
 
Apresentação Portugal coordenadas económicas e demográficas
Apresentação Portugal coordenadas económicas e demográficasApresentação Portugal coordenadas económicas e demográficas
Apresentação Portugal coordenadas económicas e demográficas
 
Apresentação O New Deal
Apresentação O New DealApresentação O New Deal
Apresentação O New Deal
 
O aparelho repressivo do Estado Novo
O aparelho repressivo do Estado NovoO aparelho repressivo do Estado Novo
O aparelho repressivo do Estado Novo
 
Corporativismo no Estado Novo
Corporativismo no Estado NovoCorporativismo no Estado Novo
Corporativismo no Estado Novo
 
Apresentação O Estado Novo
Apresentação O Estado NovoApresentação O Estado Novo
Apresentação O Estado Novo
 
Caderno Diário 1ª República
Caderno Diário 1ª RepúblicaCaderno Diário 1ª República
Caderno Diário 1ª República
 
Apresentação Os Fascismos
Apresentação Os FascismosApresentação Os Fascismos
Apresentação Os Fascismos
 
Apresentação Os Fascismos
Apresentação Os FascismosApresentação Os Fascismos
Apresentação Os Fascismos
 
Apresentação As opções totalitárias
Apresentação As opções totalitáriasApresentação As opções totalitárias
Apresentação As opções totalitárias
 
Caderno Diário Crise Anos 30 1314
Caderno Diário Crise Anos 30 1314Caderno Diário Crise Anos 30 1314
Caderno Diário Crise Anos 30 1314
 
Apresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto socialApresentação a grande depressão e o seu impacto social
Apresentação a grande depressão e o seu impacto social
 
Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9
Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9
Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9
 

Último

AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxGraycyelleCavalcanti
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisAmérica Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisValéria Shoujofan
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - FalamansaMary Alvarenga
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorCasa Ciências
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaaCarolineFrancielle
 
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaJunho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaComando Resgatai
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosbiancaborges0906
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfLeandroTelesRocha2
 
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessDesastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessRodrigoGonzlez461291
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
hereditariedade é variabilidade genetic
hereditariedade é variabilidade  genetichereditariedade é variabilidade  genetic
hereditariedade é variabilidade geneticMrMartnoficial
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédioifbauab
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfrarakey779
 
Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40vitoriaalyce2011
 

Último (20)

AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisAmérica Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaJunho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessDesastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
hereditariedade é variabilidade genetic
hereditariedade é variabilidade  genetichereditariedade é variabilidade  genetic
hereditariedade é variabilidade genetic
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40
 

Apresentação O Estalinismo

  • 2. Quais as caraterísticas do Estalinismo? • totalitarismo repressivo do Estado • enquadramento da população • hegemonia do partido comunista • planificação da economia • culto da personalidade • repressão brutal
  • 3. Quais as medidas tomadas para controlar a agricultura? • pretendia-se atingir a igualdade social e aumento da produção • coletização dos campos • expropriação de propriedades (as terras, o gado e os instrumentos eram entregues ao Estado) • uma parte da produção era entregue ao Estado • contestação dos camponeses foi reprimida
  • 4. planificava a produção industrial? • planificação agrária (planos quinquenais) • pretendia-se impedir crise de superprodução e planificar a produção de acordo com as necessidades • levou ao quase desaparecimento do setor privado da indústria • promoveu-se investimentos maciços nas indústrias pesada, ligeira e bens de consumo, hidroelétrica e química • a URSS tornou-se a terceira potência mundial