SlideShare uma empresa Scribd logo
Sistema Integrado de Abastecimento de Água da RMBH
Sistema Rio das Velhas
Sistema Paraopeba
mar/2016
Sistema Integrado de Abastecimento
de Água da RMBH
Sistemas da Bacia
do Rio das Velhas
Sistemas da Bacia
do Paraopeba
Sistema
Paraopeba
Sistemas Rio
das Velhas
Outros
Sistema de Abastecimento de Água na RMBH
Capacidade Produção (L/s) 8.900
Vazão (L/s)* 5.766
Capacidade Produção (L/s) 7.400
Vazão (L/s) 6.712
Capacidade Produção (L/s) 1.800
Vazão (L/s)* 1.596
Capacidade Produção
(L/s)
18.100
Vazão (L/s) 14.074
TOTAL
* Jan a set de 2015
2.108.960 hab.2.153.108 hab.
558.658 hab.
4.820.726 hab.
Média vazão no período de janeiro a setembro/2015
Sistema %
Rio das Velhas 47,7
Rio Manso 31,8
Vargem das Flores 5,9
Serra Azul 3,2
Morro Redondo 3,0
Ibirité 2,1
Barreiro 0,9
Catarina 0,7
Outros 4,7
Sistema de Abastecimento de Água na RMBH
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
 SISTEMAS DE PRODUÇÃO INTERLIGADOS PELA MALHA DE DISTRIBUIÇÃO;
 FLEXIBILIDADE OPERACIONAL PERMITE TRANSPOSIÇÃO ENTRE SISTEMAS
PRODUTORES DA BACIA DO PARAOPEBA E RIO DAS VELHAS (LINHA AZUL).
Sistema Integrado de Abastecimento
de Água da RMBH
Sistema Integrado de Abastecimento
de Água da RMBH
 REDUZ PERDAS POR EXTRAVAZAMENTOS DE RESERVATÓRIOS E POR
VAZAMENTOS DE ADUTORAS.
COS- Centro de Operações de Sistema
 AMPLIAÇÃO DA VISÃO DO SISTEMA – VISÃO DO TODO;
 PROMOVE O EQUILÍBRIO DO FORNECIMENTO DE ÁGUA POTÁVEL;
Sistema Produtor Rio das Velhas
1971
2006
2013
Sistema Produtor Rio das Velhas
• Localização: Bela Fama - Nova Lima
• Operação desde 1969
• Vazão média: 6.712 L/s
• Capacidade de produção: 7.400 L/s
• Tratamento de ciclo completo
* Média jan a set de 2015
Sistema Produtor Rio das Velhas
Captação
 Barragens submersas: fechamento por stop logs
 Alças de Sedimentação Esquerda: 1.750 metros
 Alças de Sedimentação Direita: 1.620 metros
 Barragens de concreto com comportas metálicas
com acionamento elétrico.
 Outorga: 8.771 L/s
Sistema Produtor Rio das Velhas
• Capacidade instalada (com reservas)
 2 CMB 750 L/s e 350 CV
 1 CMB 750 L/s e 450 CV
 2 CMB 1050 L/s e 450 CV
 5 CMB 1500 L/s 760 CV
Elevatória de Água Bruta
Sistema Produtor Rio das Velhas
• Adutora de Água Bruta 1 e 2:
 Diâmetro: 1.800 mm
 Material: Aço
 Extensão: 527 m
Adutora de Água
Bruta
Sistema Produtor Rio das Velhas
E T A
• Tratamento convencional
 Floculadores: 24 unidades
 Decantadores: 6 unidades
 Filtros: 24 unidades
Vazão média de operação: 7.000 L/s
Sistema Produtor Rio das Velhas
U T R
• Unidade de Tratamento de Resíduos
 Decantadores Secundários: 3 unidades
 Adensadores: 2 unidades
 Desidratadores mecânicos: 2 unidades
Sistema Produtor Rio das Velhas
Elevatória de
Água Tratada
• Capacidade instalada (com reservas)
 5 CMB 750 L/s e 2500 CV
 4 CMB 750 L/s e 2600 CV
 3 CMB 1500 L/s e 5500 CV
Sistema Produtor Rio das Velhas
Adutora de Água Tratada
• Trecho ETA-EAT:
 Diâmetro: 2.400 mm
 Extensão: 3.072m em concreto e 258m em aço
• Trecho EAT- Stand Pipe:
 1ª e 2ª linha: 1.220 mm aço
 3ª e 4ª linha: 1.520 mm aço
 Extensão: 750 m cada linha
• Trecho EAT – São Lucas:
 Diâmetro: 2.400 mm
 Extensão: 11.490m em concreto e 2.051m em aço
Sistema Produtor Rio das Velhas
 Tipo RAP
 Volume: 32.000 m3
Reservatório de Acumulação - Mingú
Sistema Produtor Rio das Velhas
• Localização: Belo Horizonte
• Operação: 1958 (reservatório) e
1972 (ETA)
• Vazão média: 427 L/s
• Capacidade de produção: 750 L/s
• Tratamento de ciclo completo
* Média jan a set de 2015
Sistema Produtor Morro Redondo
RESERVATÓRIO DO
SISTEMA RIO MANSO
99%
Jan/12
Jan/15
Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
• Localização: Brumadinho
• Operação desde 1991
• Vazão média: 4.477 L/s
• Capacidade de produção: 4.800 L/s
• Tratamento de ciclo completo
* Média jan a set de 2015
Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
SISTEMA RIO MANSO
Barragem e Torre de
Tomada de Água
Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
SISTEMA RIO MANSO
• Localização da Captação: Brumadinho
• Área de Proteção do Reservatório: 92,0 km2
• Espelho D’água: 12,15 km2
• Capacidade de Armazenamento:
150.000.000m3
• Volume Atual: 53,5% (08/04/2015)
• Outorga:
 8.370,0 L/s nos meses de janeiro, abril, maio e agosto;
 9.570,0 L/s nos meses de fevereiro, março, setembro e outubro,
 7.170,0 L/s nos meses de junho, julho, novembro e dezembro.
• Produção média atual: 4.386 L/s (08/04/2015)
Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
SISTEMA RIO MANSO
Bacia Hidrográfica
 Área: 653km2
 Abrangência: municípios de Bonfim, Brumadinho
Crucilândia, Itatiaiuçu e Rio Manso.
 Principais Afluentes: rio Veloso, córrego Quéias,
córrego Grande, córrego Mato Dentro, córrego
Bom Jardim, córrego Sesmarias.
Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
SISTEMA RIO MANSO
Sistema Serra Azul
2015
2013
Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
• Localização: Juatuba
• Operação desde 1982
• Vazão média: 830 L/s
• Capacidade de produção
média: 2.700 L/s
• Tratamento por filtração direta
* Média jan a set de 2015
Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
Sistema Serra Azul
Bacia Hidrográfica
 Área: 256km2
 Abrangência: municípios de Juatuba, Mateus Leme,
Igarapé e Itaúna.
 Principais afluentes: córregos Curralinho, Potreiro,
Estiva, Diogo, Pedreira, Jacu, Brejo e ribeirão Serra
Azul.
Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
Sistema Serra Azul
 Outorga: 2.940 L/s
 Produção Média Atual: 437 L/s (08/04/2015)
 Localização da Captação: Juatuba
 Área de Proteção do Reservatório: 92,0 km2
 Espelho D’água: 9,0 km2
 Capacidade de Armazenamento: 9.000.000m3
 Volume atual: 15,5% (08/04/2015)
Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
Sistema Serra Azul
Sistema Vargem
das Flores
99%
97%
80%
70%
Jan/12
Jan/15
Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
• Localização: Contagem e Betim
• Operação desde 1978
• Vazão média: 457 L/s
• Capacidade de produção: 1.400 L/s
• Tratamento de ciclo completo -
Flotação
* Média jan a set de 2015
Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
Sistema Vargem
das Flores
99%
97%
80%
70%
Bacia Hidrográfica
 Área: 121km2
 Abrangência: municípios de Betim e
Contagem
 Principais afluentes: córregos Batatal, Laje,
Bela Vista, Olaria, Água Suja e ribeirão Betim.
Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
Sistema Vargem das Flores
• Localização: Ibirité
• Operação: década de 20
(tratamento simplificado) e 1970
(ETA)
• Vazão média: 292 L/s
• Capacidade de produção: 430 L/s
• Tratamento de ciclo completo
* Média jan a set de 2015
Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
Sistema Ibirité
99%
97%
70%
DN 1500 – 5.560m
Vazão Obra Custo (R$) Prazo da Obra
5.000 L/s Rio Manso 128,4 milhões Dezembro de 2015
NOVA CAPTAÇÃO DO RIO PARAOPEBA DE
5.000 L/S PARA ETA RIO MANSO
LAY-OUT PROJETADO DA CAPTAÇÃO / EAB ALTO RECALQUE
• Vazão de Projeto: 5.000 L/s
• Captação: Canal de tomada com gradeamento no rio Paraopeba;
• EE Baixo Recalque: 6 conjuntos moto-bomba (1 reserva), vazão de cada
conjunto de 1,0 m³/s, potência de 250 cv, 440V, cada, bombas submersíveis;
• Adutora Baixo Recalque: adutora de 420 m, da captação até a elevatória de alto
recalque, em aço carbono DN 1500;
• Desarenador: A montante da elevatória alto recalque, em concreto armado, e
perfis metálicos, composto por 04 câmaras de 1.600 L/s cada;
• Reservatório de sucção: metálico, volume de 2.200 m³;
• EE Alto Recalque: 6 conjuntos moto-bomba (1 reserva), vazão de cada conjunto
de 1,0 m³/s, potência de 2.500 cv, 6.600V cada, bombas horizontais bi-partidas;
• Adutora Alto Recalque: adutora de 5.560 m, da elevatória de alto recalque até a
ETA do Sistema Rio Manso, em aço carbono DN 1500;
• Unidades complementares: sub-estação; 03 travessias; 03 TABs; drenagem;
urbanização; acessos internos; portões, cercas e muros; salas de apoio; cerca
elétrica; sistema automação, via fibra ótica ligando ao COR/SRM.
DADOS DO PROJETO
Obrigado !
DVAA
glaycon.cordeiro@copasa.com.br
Fone:3250-2217

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Vale dos ipes terra a teto - apresentacao
Vale dos ipes   terra a teto - apresentacaoVale dos ipes   terra a teto - apresentacao
Vale dos ipes terra a teto - apresentacao
Eduardo Gallo Imóveis
 
Contabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Contabilidade de Custos - Conceitos BásicosContabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Contabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Diego Lopes
 
Analise SWOT
Analise SWOTAnalise SWOT
Analise SWOT
Giulia Pizzignacco
 
Teorias da Gestão
Teorias da GestãoTeorias da Gestão
Teorias da Gestão
Maria Simões
 
Introdução ao mercado de capitais
Introdução ao mercado de capitaisIntrodução ao mercado de capitais
Introdução ao mercado de capitais
Kayros Consultoria
 
Apostila de técnicas e ferramentas de Gestão do Conhecimento e Inovação
Apostila de técnicas e ferramentas de Gestão  do Conhecimento e InovaçãoApostila de técnicas e ferramentas de Gestão  do Conhecimento e Inovação
Apostila de técnicas e ferramentas de Gestão do Conhecimento e Inovação
inovaDay .
 
Aula Administração do capital de giro - adm caixa 07.05.2012
Aula   Administração do capital de giro - adm caixa 07.05.2012Aula   Administração do capital de giro - adm caixa 07.05.2012
Aula Administração do capital de giro - adm caixa 07.05.2012
Rafael Gonçalves
 
Atividade - Missão Visão e Valores
Atividade - Missão Visão e ValoresAtividade - Missão Visão e Valores
Atividade - Missão Visão e Valores
Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Ceará
 
Ferramentas da qualidade
Ferramentas da qualidadeFerramentas da qualidade
Ferramentas da qualidade
Sergio Dias
 
Administração da Produção - Projeto da rede e Localização
Administração da Produção - Projeto da rede e LocalizaçãoAdministração da Produção - Projeto da rede e Localização
Administração da Produção - Projeto da rede e Localização
douglas
 
10 elementos finais de controle
10   elementos finais de controle10   elementos finais de controle
10 elementos finais de controle
Peroxidos do Brasil Ltda
 
Departamentalização
DepartamentalizaçãoDepartamentalização
Departamentalização
Robson Costa
 
Contabilidade básica - conceitos introdutórios
Contabilidade básica - conceitos introdutóriosContabilidade básica - conceitos introdutórios
Contabilidade básica - conceitos introdutórios
Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Aula Qualidade 3
Aula Qualidade 3Aula Qualidade 3
Aula Qualidade 3
rosilane32
 
Dicionario de termos bancarios
Dicionario de termos bancariosDicionario de termos bancarios
Dicionario de termos bancarios
zeramento contabil
 
2 aula produtividade
2 aula produtividade2 aula produtividade
2 aula produtividade
Angélica Batista
 
Cronograma físico financeiro, tutorial
Cronograma físico financeiro, tutorialCronograma físico financeiro, tutorial
Cronograma físico financeiro, tutorial
Emerson Duarte Marques Tot
 
Projeto Seis Sigma Black Belt Six Sigma Black Belt Project
Projeto Seis Sigma Black Belt  Six Sigma Black Belt ProjectProjeto Seis Sigma Black Belt  Six Sigma Black Belt Project
Projeto Seis Sigma Black Belt Six Sigma Black Belt Project
Marcelo Pedrosa
 
Análise SWOT
Análise SWOTAnálise SWOT
Análise SWOT
Daniel Coscarelli
 
Resumo geral hidraulica
Resumo geral hidraulicaResumo geral hidraulica
Resumo geral hidraulica
Luis Eduardo Pinho
 

Mais procurados (20)

Vale dos ipes terra a teto - apresentacao
Vale dos ipes   terra a teto - apresentacaoVale dos ipes   terra a teto - apresentacao
Vale dos ipes terra a teto - apresentacao
 
Contabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Contabilidade de Custos - Conceitos BásicosContabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Contabilidade de Custos - Conceitos Básicos
 
Analise SWOT
Analise SWOTAnalise SWOT
Analise SWOT
 
Teorias da Gestão
Teorias da GestãoTeorias da Gestão
Teorias da Gestão
 
Introdução ao mercado de capitais
Introdução ao mercado de capitaisIntrodução ao mercado de capitais
Introdução ao mercado de capitais
 
Apostila de técnicas e ferramentas de Gestão do Conhecimento e Inovação
Apostila de técnicas e ferramentas de Gestão  do Conhecimento e InovaçãoApostila de técnicas e ferramentas de Gestão  do Conhecimento e Inovação
Apostila de técnicas e ferramentas de Gestão do Conhecimento e Inovação
 
Aula Administração do capital de giro - adm caixa 07.05.2012
Aula   Administração do capital de giro - adm caixa 07.05.2012Aula   Administração do capital de giro - adm caixa 07.05.2012
Aula Administração do capital de giro - adm caixa 07.05.2012
 
Atividade - Missão Visão e Valores
Atividade - Missão Visão e ValoresAtividade - Missão Visão e Valores
Atividade - Missão Visão e Valores
 
Ferramentas da qualidade
Ferramentas da qualidadeFerramentas da qualidade
Ferramentas da qualidade
 
Administração da Produção - Projeto da rede e Localização
Administração da Produção - Projeto da rede e LocalizaçãoAdministração da Produção - Projeto da rede e Localização
Administração da Produção - Projeto da rede e Localização
 
10 elementos finais de controle
10   elementos finais de controle10   elementos finais de controle
10 elementos finais de controle
 
Departamentalização
DepartamentalizaçãoDepartamentalização
Departamentalização
 
Contabilidade básica - conceitos introdutórios
Contabilidade básica - conceitos introdutóriosContabilidade básica - conceitos introdutórios
Contabilidade básica - conceitos introdutórios
 
Aula Qualidade 3
Aula Qualidade 3Aula Qualidade 3
Aula Qualidade 3
 
Dicionario de termos bancarios
Dicionario de termos bancariosDicionario de termos bancarios
Dicionario de termos bancarios
 
2 aula produtividade
2 aula produtividade2 aula produtividade
2 aula produtividade
 
Cronograma físico financeiro, tutorial
Cronograma físico financeiro, tutorialCronograma físico financeiro, tutorial
Cronograma físico financeiro, tutorial
 
Projeto Seis Sigma Black Belt Six Sigma Black Belt Project
Projeto Seis Sigma Black Belt  Six Sigma Black Belt ProjectProjeto Seis Sigma Black Belt  Six Sigma Black Belt Project
Projeto Seis Sigma Black Belt Six Sigma Black Belt Project
 
Análise SWOT
Análise SWOTAnálise SWOT
Análise SWOT
 
Resumo geral hidraulica
Resumo geral hidraulicaResumo geral hidraulica
Resumo geral hidraulica
 

Destaque

Agua rmbh seminário alto rio das velhas cbh velhas
Agua rmbh seminário alto rio das velhas cbh velhasAgua rmbh seminário alto rio das velhas cbh velhas
Agua rmbh seminário alto rio das velhas cbh velhas
CBH Rio das Velhas
 
Barragens de mineracao_Vale
Barragens de mineracao_ValeBarragens de mineracao_Vale
Barragens de mineracao_Vale
CBH Rio das Velhas
 
Apresentação Projeto de Mobilização
Apresentação Projeto de MobilizaçãoApresentação Projeto de Mobilização
Apresentação Projeto de Mobilização
CBH Rio das Velhas
 
Estudo sobre outorgas no Alto Rio das Velhas Igam
Estudo sobre outorgas no Alto Rio das Velhas IgamEstudo sobre outorgas no Alto Rio das Velhas Igam
Estudo sobre outorgas no Alto Rio das Velhas Igam
CBH Rio das Velhas
 
Reuniao coordenadores subcomites
Reuniao coordenadores subcomites Reuniao coordenadores subcomites
Reuniao coordenadores subcomites
CBH Rio das Velhas
 
PDRH VELHAS - RESUMO EXECUTIVO
PDRH VELHAS - RESUMO EXECUTIVOPDRH VELHAS - RESUMO EXECUTIVO
PDRH VELHAS - RESUMO EXECUTIVO
CBH Rio das Velhas
 
Apresentacao ctoc
Apresentacao ctocApresentacao ctoc
Apresentacao ctoc
CBH Rio das Velhas
 
Apresentacao cavas Eimcal
Apresentacao cavas EimcalApresentacao cavas Eimcal
Apresentacao cavas Eimcal
CBH Rio das Velhas
 
Impactos causados pelas mineradoras
Impactos causados pelas mineradorasImpactos causados pelas mineradoras
Impactos causados pelas mineradoras
Lucas Jordann Alvarenga Drumond
 
Apresentação- Impactos da Mineração do Carvão
Apresentação- Impactos da Mineração do CarvãoApresentação- Impactos da Mineração do Carvão
Apresentação- Impactos da Mineração do Carvão
Ivan Cardoso Martineli
 
Aula extra: Da Lama ao Caos
Aula extra: Da Lama ao CaosAula extra: Da Lama ao Caos
Aula extra: Da Lama ao Caos
Professô Kyoshi
 

Destaque (11)

Agua rmbh seminário alto rio das velhas cbh velhas
Agua rmbh seminário alto rio das velhas cbh velhasAgua rmbh seminário alto rio das velhas cbh velhas
Agua rmbh seminário alto rio das velhas cbh velhas
 
Barragens de mineracao_Vale
Barragens de mineracao_ValeBarragens de mineracao_Vale
Barragens de mineracao_Vale
 
Apresentação Projeto de Mobilização
Apresentação Projeto de MobilizaçãoApresentação Projeto de Mobilização
Apresentação Projeto de Mobilização
 
Estudo sobre outorgas no Alto Rio das Velhas Igam
Estudo sobre outorgas no Alto Rio das Velhas IgamEstudo sobre outorgas no Alto Rio das Velhas Igam
Estudo sobre outorgas no Alto Rio das Velhas Igam
 
Reuniao coordenadores subcomites
Reuniao coordenadores subcomites Reuniao coordenadores subcomites
Reuniao coordenadores subcomites
 
PDRH VELHAS - RESUMO EXECUTIVO
PDRH VELHAS - RESUMO EXECUTIVOPDRH VELHAS - RESUMO EXECUTIVO
PDRH VELHAS - RESUMO EXECUTIVO
 
Apresentacao ctoc
Apresentacao ctocApresentacao ctoc
Apresentacao ctoc
 
Apresentacao cavas Eimcal
Apresentacao cavas EimcalApresentacao cavas Eimcal
Apresentacao cavas Eimcal
 
Impactos causados pelas mineradoras
Impactos causados pelas mineradorasImpactos causados pelas mineradoras
Impactos causados pelas mineradoras
 
Apresentação- Impactos da Mineração do Carvão
Apresentação- Impactos da Mineração do CarvãoApresentação- Impactos da Mineração do Carvão
Apresentação- Impactos da Mineração do Carvão
 
Aula extra: Da Lama ao Caos
Aula extra: Da Lama ao CaosAula extra: Da Lama ao Caos
Aula extra: Da Lama ao Caos
 

Semelhante a Apresentação Copasa

VALOR: Aproveitamento de água de chuva
VALOR: Aproveitamento de água de chuvaVALOR: Aproveitamento de água de chuva
VALOR: Aproveitamento de água de chuva
slides-mci
 
Apresentação do extrato do Diagnóstico - Eixo Meio Ambiente
Apresentação do extrato do Diagnóstico - Eixo Meio AmbienteApresentação do extrato do Diagnóstico - Eixo Meio Ambiente
Apresentação do extrato do Diagnóstico - Eixo Meio Ambiente
PDDI RMVA
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
Nilton Goulart
 
Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10 - Igam
Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10  - Igam Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10  - Igam
Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10 - Igam
CBH Rio das Velhas
 
Vinicius nyrradley
Vinicius nyrradleyVinicius nyrradley
Vinicius nyrradley
historiaf123
 
Balanço da temporada de verão 2015/2016 - Casan
Balanço da temporada de verão 2015/2016 - CasanBalanço da temporada de verão 2015/2016 - Casan
Balanço da temporada de verão 2015/2016 - Casan
Governo de Santa Catarina
 
Amparo memorial descritivo e justificativo
Amparo memorial descritivo e justificativoAmparo memorial descritivo e justificativo
Amparo memorial descritivo e justificativo
Rogerio Catanese
 
Marcelo Salles
Marcelo Salles Marcelo Salles
Marcelo Salles
ProjetoBr
 
Audiência pública SAAE São Carlos 17 de junho de 2015
Audiência pública SAAE São Carlos 17 de junho de 2015Audiência pública SAAE São Carlos 17 de junho de 2015
Audiência pública SAAE São Carlos 17 de junho de 2015
Vanessa Gurian
 
Plano Municipal de Saneamento Final
Plano Municipal de Saneamento   FinalPlano Municipal de Saneamento   Final
Plano Municipal de Saneamento Final
Gustavo Cherubine
 
Compesa - Projetos
Compesa - ProjetosCompesa - Projetos
Compesa - Projetos
Jamildo Melo
 
Apresentacao cbh rio das velhas
Apresentacao cbh rio das velhasApresentacao cbh rio das velhas
Apresentacao cbh rio das velhas
CBH Rio das Velhas
 
Estudo do caso 2 saneamento
Estudo do caso 2   saneamentoEstudo do caso 2   saneamento
Estudo do caso 2 saneamento
Elisane Almeida Pires
 
Copasa - Meta 2014
Copasa - Meta 2014Copasa - Meta 2014
Copasa - Meta 2014
CBH Rio das Velhas
 
Sisema - Escassez de Recursos Hídricos no rio das Velhas
Sisema - Escassez de Recursos Hídricos no rio das VelhasSisema - Escassez de Recursos Hídricos no rio das Velhas
Sisema - Escassez de Recursos Hídricos no rio das Velhas
CBH Rio das Velhas
 
3 aula
3 aula3 aula
Programa produtor de água - ANA - Agência Nacional de Águas rossini - fenica...
Programa produtor de água - ANA - Agência Nacional de Águas  rossini - fenica...Programa produtor de água - ANA - Agência Nacional de Águas  rossini - fenica...
Programa produtor de água - ANA - Agência Nacional de Águas rossini - fenica...
Revista Cafeicultura
 
Apresentação Copasa
Apresentação CopasaApresentação Copasa
Apresentação Copasa
CBH Rio das Velhas
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
Nilton Goulart
 
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
Revista Cafeicultura
 

Semelhante a Apresentação Copasa (20)

VALOR: Aproveitamento de água de chuva
VALOR: Aproveitamento de água de chuvaVALOR: Aproveitamento de água de chuva
VALOR: Aproveitamento de água de chuva
 
Apresentação do extrato do Diagnóstico - Eixo Meio Ambiente
Apresentação do extrato do Diagnóstico - Eixo Meio AmbienteApresentação do extrato do Diagnóstico - Eixo Meio Ambiente
Apresentação do extrato do Diagnóstico - Eixo Meio Ambiente
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
 
Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10 - Igam
Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10  - Igam Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10  - Igam
Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10 - Igam
 
Vinicius nyrradley
Vinicius nyrradleyVinicius nyrradley
Vinicius nyrradley
 
Balanço da temporada de verão 2015/2016 - Casan
Balanço da temporada de verão 2015/2016 - CasanBalanço da temporada de verão 2015/2016 - Casan
Balanço da temporada de verão 2015/2016 - Casan
 
Amparo memorial descritivo e justificativo
Amparo memorial descritivo e justificativoAmparo memorial descritivo e justificativo
Amparo memorial descritivo e justificativo
 
Marcelo Salles
Marcelo Salles Marcelo Salles
Marcelo Salles
 
Audiência pública SAAE São Carlos 17 de junho de 2015
Audiência pública SAAE São Carlos 17 de junho de 2015Audiência pública SAAE São Carlos 17 de junho de 2015
Audiência pública SAAE São Carlos 17 de junho de 2015
 
Plano Municipal de Saneamento Final
Plano Municipal de Saneamento   FinalPlano Municipal de Saneamento   Final
Plano Municipal de Saneamento Final
 
Compesa - Projetos
Compesa - ProjetosCompesa - Projetos
Compesa - Projetos
 
Apresentacao cbh rio das velhas
Apresentacao cbh rio das velhasApresentacao cbh rio das velhas
Apresentacao cbh rio das velhas
 
Estudo do caso 2 saneamento
Estudo do caso 2   saneamentoEstudo do caso 2   saneamento
Estudo do caso 2 saneamento
 
Copasa - Meta 2014
Copasa - Meta 2014Copasa - Meta 2014
Copasa - Meta 2014
 
Sisema - Escassez de Recursos Hídricos no rio das Velhas
Sisema - Escassez de Recursos Hídricos no rio das VelhasSisema - Escassez de Recursos Hídricos no rio das Velhas
Sisema - Escassez de Recursos Hídricos no rio das Velhas
 
3 aula
3 aula3 aula
3 aula
 
Programa produtor de água - ANA - Agência Nacional de Águas rossini - fenica...
Programa produtor de água - ANA - Agência Nacional de Águas  rossini - fenica...Programa produtor de água - ANA - Agência Nacional de Águas  rossini - fenica...
Programa produtor de água - ANA - Agência Nacional de Águas rossini - fenica...
 
Apresentação Copasa
Apresentação CopasaApresentação Copasa
Apresentação Copasa
 
recursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografiarecursos hídricos, geografia
recursos hídricos, geografia
 
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
FENICAFE 2010 - Cobrança pelos usos dos recursos hídricos na Bacia Hidrográfi...
 

Mais de CBH Rio das Velhas

10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
CBH Rio das Velhas
 
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
CBH Rio das Velhas
 
Portaria igam n045.2019
Portaria igam n045.2019Portaria igam n045.2019
Portaria igam n045.2019
CBH Rio das Velhas
 
Qualidade agua - FIEMG
Qualidade agua - FIEMGQualidade agua - FIEMG
Qualidade agua - FIEMG
CBH Rio das Velhas
 
Senai
SenaiSenai
Saae
SaaeSaae
Pro mananciais
Pro mananciaisPro mananciais
Pro mananciais
CBH Rio das Velhas
 
Copasa
CopasaCopasa
Projeto jequitiba
Projeto jequitibaProjeto jequitiba
Projeto jequitiba
CBH Rio das Velhas
 
Trilha agroecologica estudantes
Trilha agroecologica estudantesTrilha agroecologica estudantes
Trilha agroecologica estudantes
CBH Rio das Velhas
 
Apresentacao SEMAD
Apresentacao SEMADApresentacao SEMAD
Apresentacao SEMAD
CBH Rio das Velhas
 
ProfÀgua
ProfÀguaProfÀgua
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio MaquineModelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
CBH Rio das Velhas
 
Reuniao final fechos 30_04_2019
Reuniao final fechos 30_04_2019Reuniao final fechos 30_04_2019
Reuniao final fechos 30_04_2019
CBH Rio das Velhas
 
Ppt peixe vivo
Ppt peixe vivoPpt peixe vivo
Ppt peixe vivo
CBH Rio das Velhas
 
Ppt feam
Ppt feamPpt feam
Ppt copasa
Ppt copasaPpt copasa
Ppt copasa
CBH Rio das Velhas
 
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecapParecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
CBH Rio das Velhas
 
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em ItabiritoEvento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
CBH Rio das Velhas
 
Subcomitê Ribeirões Caete Sabara
Subcomitê Ribeirões Caete SabaraSubcomitê Ribeirões Caete Sabara
Subcomitê Ribeirões Caete Sabara
CBH Rio das Velhas
 

Mais de CBH Rio das Velhas (20)

10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
10 propostas texto final - descanalização rios urbanos de BH
 
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
Apresentacao politica de gestao do risco de inundacoes em belo horizonte - ba...
 
Portaria igam n045.2019
Portaria igam n045.2019Portaria igam n045.2019
Portaria igam n045.2019
 
Qualidade agua - FIEMG
Qualidade agua - FIEMGQualidade agua - FIEMG
Qualidade agua - FIEMG
 
Senai
SenaiSenai
Senai
 
Saae
SaaeSaae
Saae
 
Pro mananciais
Pro mananciaisPro mananciais
Pro mananciais
 
Copasa
CopasaCopasa
Copasa
 
Projeto jequitiba
Projeto jequitibaProjeto jequitiba
Projeto jequitiba
 
Trilha agroecologica estudantes
Trilha agroecologica estudantesTrilha agroecologica estudantes
Trilha agroecologica estudantes
 
Apresentacao SEMAD
Apresentacao SEMADApresentacao SEMAD
Apresentacao SEMAD
 
ProfÀgua
ProfÀguaProfÀgua
ProfÀgua
 
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio MaquineModelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
Modelo carta de indicacao - Santo Antonio Maquine
 
Reuniao final fechos 30_04_2019
Reuniao final fechos 30_04_2019Reuniao final fechos 30_04_2019
Reuniao final fechos 30_04_2019
 
Ppt peixe vivo
Ppt peixe vivoPpt peixe vivo
Ppt peixe vivo
 
Ppt feam
Ppt feamPpt feam
Ppt feam
 
Ppt copasa
Ppt copasaPpt copasa
Ppt copasa
 
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecapParecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
Parecer tecnico Agencia peixe Vivo 002 2019 sudecap
 
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em ItabiritoEvento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
Evento inicial - Projeto na sub-bacia do Ribeirão Carioca em Itabirito
 
Subcomitê Ribeirões Caete Sabara
Subcomitê Ribeirões Caete SabaraSubcomitê Ribeirões Caete Sabara
Subcomitê Ribeirões Caete Sabara
 

Último

Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
representações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdf
representações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdfrepresentações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdf
representações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdf
EVERALDODEOLIVEIRA2
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptxApresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Geagra UFG
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
CAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUS
CAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUSCAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUS
CAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 

Último (9)

Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
representações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdf
representações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdfrepresentações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdf
representações gráficas que apresentam dados climáticos climogramas .pdf
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptxApresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
Apresentação de Manejo do solo - Slides.pptx
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
CAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUS
CAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUSCAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUS
CAMELOS E DROMEDÁRIOS, MARAVILHAS DE DEUS
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 

Apresentação Copasa

  • 1. Sistema Integrado de Abastecimento de Água da RMBH Sistema Rio das Velhas Sistema Paraopeba mar/2016
  • 2. Sistema Integrado de Abastecimento de Água da RMBH Sistemas da Bacia do Rio das Velhas Sistemas da Bacia do Paraopeba
  • 3. Sistema Paraopeba Sistemas Rio das Velhas Outros Sistema de Abastecimento de Água na RMBH Capacidade Produção (L/s) 8.900 Vazão (L/s)* 5.766 Capacidade Produção (L/s) 7.400 Vazão (L/s) 6.712 Capacidade Produção (L/s) 1.800 Vazão (L/s)* 1.596 Capacidade Produção (L/s) 18.100 Vazão (L/s) 14.074 TOTAL * Jan a set de 2015 2.108.960 hab.2.153.108 hab. 558.658 hab. 4.820.726 hab.
  • 4. Média vazão no período de janeiro a setembro/2015 Sistema % Rio das Velhas 47,7 Rio Manso 31,8 Vargem das Flores 5,9 Serra Azul 3,2 Morro Redondo 3,0 Ibirité 2,1 Barreiro 0,9 Catarina 0,7 Outros 4,7 Sistema de Abastecimento de Água na RMBH
  • 5. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS  SISTEMAS DE PRODUÇÃO INTERLIGADOS PELA MALHA DE DISTRIBUIÇÃO;  FLEXIBILIDADE OPERACIONAL PERMITE TRANSPOSIÇÃO ENTRE SISTEMAS PRODUTORES DA BACIA DO PARAOPEBA E RIO DAS VELHAS (LINHA AZUL). Sistema Integrado de Abastecimento de Água da RMBH
  • 6. Sistema Integrado de Abastecimento de Água da RMBH
  • 7.  REDUZ PERDAS POR EXTRAVAZAMENTOS DE RESERVATÓRIOS E POR VAZAMENTOS DE ADUTORAS. COS- Centro de Operações de Sistema  AMPLIAÇÃO DA VISÃO DO SISTEMA – VISÃO DO TODO;  PROMOVE O EQUILÍBRIO DO FORNECIMENTO DE ÁGUA POTÁVEL;
  • 8. Sistema Produtor Rio das Velhas
  • 10. • Localização: Bela Fama - Nova Lima • Operação desde 1969 • Vazão média: 6.712 L/s • Capacidade de produção: 7.400 L/s • Tratamento de ciclo completo * Média jan a set de 2015 Sistema Produtor Rio das Velhas
  • 11. Captação  Barragens submersas: fechamento por stop logs  Alças de Sedimentação Esquerda: 1.750 metros  Alças de Sedimentação Direita: 1.620 metros  Barragens de concreto com comportas metálicas com acionamento elétrico.  Outorga: 8.771 L/s Sistema Produtor Rio das Velhas
  • 12. • Capacidade instalada (com reservas)  2 CMB 750 L/s e 350 CV  1 CMB 750 L/s e 450 CV  2 CMB 1050 L/s e 450 CV  5 CMB 1500 L/s 760 CV Elevatória de Água Bruta Sistema Produtor Rio das Velhas
  • 13. • Adutora de Água Bruta 1 e 2:  Diâmetro: 1.800 mm  Material: Aço  Extensão: 527 m Adutora de Água Bruta Sistema Produtor Rio das Velhas
  • 14. E T A • Tratamento convencional  Floculadores: 24 unidades  Decantadores: 6 unidades  Filtros: 24 unidades Vazão média de operação: 7.000 L/s Sistema Produtor Rio das Velhas
  • 15. U T R • Unidade de Tratamento de Resíduos  Decantadores Secundários: 3 unidades  Adensadores: 2 unidades  Desidratadores mecânicos: 2 unidades Sistema Produtor Rio das Velhas
  • 16. Elevatória de Água Tratada • Capacidade instalada (com reservas)  5 CMB 750 L/s e 2500 CV  4 CMB 750 L/s e 2600 CV  3 CMB 1500 L/s e 5500 CV Sistema Produtor Rio das Velhas
  • 17. Adutora de Água Tratada • Trecho ETA-EAT:  Diâmetro: 2.400 mm  Extensão: 3.072m em concreto e 258m em aço • Trecho EAT- Stand Pipe:  1ª e 2ª linha: 1.220 mm aço  3ª e 4ª linha: 1.520 mm aço  Extensão: 750 m cada linha • Trecho EAT – São Lucas:  Diâmetro: 2.400 mm  Extensão: 11.490m em concreto e 2.051m em aço Sistema Produtor Rio das Velhas
  • 18.  Tipo RAP  Volume: 32.000 m3 Reservatório de Acumulação - Mingú Sistema Produtor Rio das Velhas
  • 19. • Localização: Belo Horizonte • Operação: 1958 (reservatório) e 1972 (ETA) • Vazão média: 427 L/s • Capacidade de produção: 750 L/s • Tratamento de ciclo completo * Média jan a set de 2015 Sistema Produtor Morro Redondo
  • 20. RESERVATÓRIO DO SISTEMA RIO MANSO 99% Jan/12 Jan/15 Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
  • 21. • Localização: Brumadinho • Operação desde 1991 • Vazão média: 4.477 L/s • Capacidade de produção: 4.800 L/s • Tratamento de ciclo completo * Média jan a set de 2015 Sistemas Produtores Bacia Paraopeba SISTEMA RIO MANSO
  • 22. Barragem e Torre de Tomada de Água Sistemas Produtores Bacia Paraopeba SISTEMA RIO MANSO • Localização da Captação: Brumadinho • Área de Proteção do Reservatório: 92,0 km2 • Espelho D’água: 12,15 km2 • Capacidade de Armazenamento: 150.000.000m3 • Volume Atual: 53,5% (08/04/2015)
  • 23. • Outorga:  8.370,0 L/s nos meses de janeiro, abril, maio e agosto;  9.570,0 L/s nos meses de fevereiro, março, setembro e outubro,  7.170,0 L/s nos meses de junho, julho, novembro e dezembro. • Produção média atual: 4.386 L/s (08/04/2015) Sistemas Produtores Bacia Paraopeba SISTEMA RIO MANSO
  • 24. Bacia Hidrográfica  Área: 653km2  Abrangência: municípios de Bonfim, Brumadinho Crucilândia, Itatiaiuçu e Rio Manso.  Principais Afluentes: rio Veloso, córrego Quéias, córrego Grande, córrego Mato Dentro, córrego Bom Jardim, córrego Sesmarias. Sistemas Produtores Bacia Paraopeba SISTEMA RIO MANSO
  • 25. Sistema Serra Azul 2015 2013 Sistemas Produtores Bacia Paraopeba
  • 26. • Localização: Juatuba • Operação desde 1982 • Vazão média: 830 L/s • Capacidade de produção média: 2.700 L/s • Tratamento por filtração direta * Média jan a set de 2015 Sistemas Produtores Bacia Paraopeba Sistema Serra Azul
  • 27. Bacia Hidrográfica  Área: 256km2  Abrangência: municípios de Juatuba, Mateus Leme, Igarapé e Itaúna.  Principais afluentes: córregos Curralinho, Potreiro, Estiva, Diogo, Pedreira, Jacu, Brejo e ribeirão Serra Azul. Sistemas Produtores Bacia Paraopeba Sistema Serra Azul
  • 28.  Outorga: 2.940 L/s  Produção Média Atual: 437 L/s (08/04/2015)  Localização da Captação: Juatuba  Área de Proteção do Reservatório: 92,0 km2  Espelho D’água: 9,0 km2  Capacidade de Armazenamento: 9.000.000m3  Volume atual: 15,5% (08/04/2015) Sistemas Produtores Bacia Paraopeba Sistema Serra Azul
  • 30. • Localização: Contagem e Betim • Operação desde 1978 • Vazão média: 457 L/s • Capacidade de produção: 1.400 L/s • Tratamento de ciclo completo - Flotação * Média jan a set de 2015 Sistemas Produtores Bacia Paraopeba Sistema Vargem das Flores
  • 31. 99% 97% 80% 70% Bacia Hidrográfica  Área: 121km2  Abrangência: municípios de Betim e Contagem  Principais afluentes: córregos Batatal, Laje, Bela Vista, Olaria, Água Suja e ribeirão Betim. Sistemas Produtores Bacia Paraopeba Sistema Vargem das Flores
  • 32. • Localização: Ibirité • Operação: década de 20 (tratamento simplificado) e 1970 (ETA) • Vazão média: 292 L/s • Capacidade de produção: 430 L/s • Tratamento de ciclo completo * Média jan a set de 2015 Sistemas Produtores Bacia Paraopeba Sistema Ibirité
  • 33. 99% 97% 70% DN 1500 – 5.560m Vazão Obra Custo (R$) Prazo da Obra 5.000 L/s Rio Manso 128,4 milhões Dezembro de 2015 NOVA CAPTAÇÃO DO RIO PARAOPEBA DE 5.000 L/S PARA ETA RIO MANSO
  • 34. LAY-OUT PROJETADO DA CAPTAÇÃO / EAB ALTO RECALQUE
  • 35. • Vazão de Projeto: 5.000 L/s • Captação: Canal de tomada com gradeamento no rio Paraopeba; • EE Baixo Recalque: 6 conjuntos moto-bomba (1 reserva), vazão de cada conjunto de 1,0 m³/s, potência de 250 cv, 440V, cada, bombas submersíveis; • Adutora Baixo Recalque: adutora de 420 m, da captação até a elevatória de alto recalque, em aço carbono DN 1500; • Desarenador: A montante da elevatória alto recalque, em concreto armado, e perfis metálicos, composto por 04 câmaras de 1.600 L/s cada; • Reservatório de sucção: metálico, volume de 2.200 m³; • EE Alto Recalque: 6 conjuntos moto-bomba (1 reserva), vazão de cada conjunto de 1,0 m³/s, potência de 2.500 cv, 6.600V cada, bombas horizontais bi-partidas; • Adutora Alto Recalque: adutora de 5.560 m, da elevatória de alto recalque até a ETA do Sistema Rio Manso, em aço carbono DN 1500; • Unidades complementares: sub-estação; 03 travessias; 03 TABs; drenagem; urbanização; acessos internos; portões, cercas e muros; salas de apoio; cerca elétrica; sistema automação, via fibra ótica ligando ao COR/SRM. DADOS DO PROJETO