SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
ICEC INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO LTDA.
ANÁLISE DE RISCO Nº 004
Pág. 1 de 3
DESCRIÇÃO DO SERVIÇO
REALIZAÇÃO
Operações de Solda e Corte a Quente
Período: 01/10/03 a 31/10/03
Horário: 7:30 as 18:00
Local: Aciaria
ETAPAS DE TRABALHO RISCOS MEDIDAS PREVENTIVAS
1- Transporte dos cilindros de
oxigênio/acetileno.
1. Esforço excessivo, prensamento
de membros.
2. Queda dos cilindros, danos nas
válvulas.
3. Incêndio/explosão.
1. Transportar os cilindros em
carrinhos adequados e amarrados com
correntes de proteção.
2. Manter sempre o capacete de
proteção nos cilindros, para retirar os
cilindros até o carrinho, girar o mesmo
ligeiramente inclinado sobre sua base.
3. Manter o “capacete” de proteção
livre de óleo ou graxa, por dentro e
por fora. Armazenar cilindros de
oxigênio e acetileno separados em
local adequado com chapa de
separação e correntes de segurança.
2. Operação de corte com uso de
equipamento oxicorte.
1. Risco de queda com diferença de
nível do trabalhador que executa o
serviço.
2. Queda de fagulhas, materiais e
ferramentas no local embaixo da
execução dos trabalho.
3. Problemas respiratórios.
4. Radiação ultravioleta.
5. Problemas de ordem calorífica
6. Incêndio / explosão
1- Utilizar cinto de segurança tipo
para-quedista com dois talabartes com
alma de aço, mantendo sempre um
dos talabartes acoplada à estrutura ou
cabo guia.
2- Sinalizar o local embaixo da
execução dos trabalhos.
3- Utilizar máscara de proteção
respiratória.
4. utilizar óculos de proteção com
lentes nº 5.
5. Utilizar Luvas de Couro com
punho longo, Aventalou colete de
raspa de couro, mangote de raspa de
couro, perneira e calçado de segurança
c/ biqueira de aço.
6. Sempre manter próximo ao serviço
de corte 01 extintor de PQS ou CO2,
não efetuar corte próximo à pintura ou
produtos inflamáveis.
6.1- Utilizar isqueiro de fricção, não
utilizar outros meios de acendimento
tais como: isqueiro comum, fósforo ou
equipamento que provoque centelhas
6.2- Nunca utilizar mangueiras com
emendas e afastar materiais
combustíveis.
ICEC INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO LTDA.
ANÁLISE DE RISCO Nº 004
Pág. 2 de 3
6.3- Utilizar válvulas contra retrocesso
de chama nas extremidades das
mangueiras.
6.4. Não improvisar emendas nas
mangueiras com conexões de cobre.
6.5. Em caso de retrocesso de chama
desligar a válvula dos cilindros.
3. Soldagem elétrica das estruturas
metálicas.
Equipamentos utilizados:
 Máquinas de solda
1. Risco de queda com diferença de
nível do trabalhador que executa o
serviço.
2. Queda de fagulhas, materiais e
ferramentas no local embaixo da
execução dos trabalho.
3. Irradiação do arco voltaico, corpo
estranho nos olhos.
4. Problemas respiratórios.
5. Problemas de ordem calorífica
6. Exposição à energia elétrica
1- Utilizar cinto de segurança tipo
para-quedista com dois talabartes com
alma de aço, mantendo sempre um dos
talabartes acoplada à estrutura ou cabo
guia.
2- Sinalizar e isolar o local embaixo
da execução dos trabalhos.
3- Utilizar máscara para solda , nunca
olhar para o trabalho com os olhos
desprotegidos.
4- Utilizar máscara de proteção
respiratória.
5- Utilizar Luvas de Couro com punho
longo, Avental ou colete de raspa de
couro, mangote de raspa de couro,
perneira e calçado de segurança c/
biqueira de aço.
6- Evitar improvisações nas ligações
elétricas. Aterrar os equipamentos e as
peças a serem soldadas. Manter fios e
alicates de soldagem longe de locais
com óleo, graxa ou umidade.
6.1- Nunca tocar em eletrodos com as
mãos nuas, com luvas molhadas ou
sobre superfície ou piso molhado.
ICEC INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO LTDA.
ANÁLISE DE RISCO Nº 004
Pág. 3 de 3
4. Uso de esmerilhadeira, lixadeira,
furadeira elétrica e ou furadeira de
bancada.
1. Queda com diferença de nível e
de mesmo nível.
2. Cortes e fratura de membros.
3. Fagulhas nos olhos e membros
superiores.
4. Ruido excessivo.
5. Choque elétrico.
1. Utilizar cinto de segurança tipo
paraquedista com dois talabartes,
mantendo sempre 01 talabarte
ancorado em local seguro (cabo guia
ou estrutura metálica).
1.1. Manter o local de trabalho limpo,
organizado e sinalizado.
2. Cuidados no manuseio do
equipamento. Desligar o equipamento
quando for trocar os discos. Utilizar
luvas de proteção.
3. Uso de óculos de proteção e
protetor facial; Uso de avental de
raspa de couro.
4. Uso de protetor auditivo tipo
concha ou silicone.
5. Manter cabos e extensões isoladas
corretamente. Somente eletricista
qualificado poderá executar serviços
em equipamentos elétricos/Quadros de
energia.
OBSERVAÇÕES:
1. Todos os trabalhadores relacionados nesta AR deverão estar utilizando os seguintes equipamentos de
proteção individual: Calçado de proteção c/ biqueira de aço, capacete de proteção (quando estiver em altura
utilizar jugular), óculos de proteção lente transparente (em caso de exposição ao sol, utilizar lente tipo ray-ban),
protetor auditivo quando utilizar equipamentos que produzem ruído, luvas de proteção e ao executar trabalhos
em altura superior a 2 metros utilizar cinto de segurança tipo pára-quedista com 2 talabartes, e estar sempre
acoplado à estrutura ou cabo guia.
2. Em caso de dúvidas quanto ao procedimentos de trabalho entrar em contato com o técnico em segurança da
empresa (ICEC).
3. É terminantemente proibido executar trabalhos em altura que sofram interferências de intempéries como
chuvas ou ventos fortes.
4. Sempre que houver trabalhos em altura, a área abaixo deverá ser isolada e sinalizada.
5. Sempre utilizar 3 presilhas para correta fixação dos cabos de aço guia.
6. O auxiliar do soldador/maçariqueiro também deverá utilizar óculos de proteção adequado para serviços de
solda e corte a quente.
7. Esta Análise de Risco deverá estar na frente de trabalho juntamente com a ATR (Autorização para trabalho
de risco).
____________________________________
Engenheiro Coordenador
____________________________________
Téc.Seg.Trabalho
____________________________________
Supervisor de Montagem

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwnAst análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
TIAGO SAMPOGNA DE MORAES
 
Apr 003 rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Apr 003  rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambienteApr 003  rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Apr 003 rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Orlando Junior Binda
 
Treinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptxTreinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptx
breno90
 

Mais procurados (20)

Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwnAst análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
Ast análise-de-segurança-do-trabalho-site-segurança-do-trabalho-nwn
 
APR - Instalações Elétricas..docx
APR - Instalações Elétricas..docxAPR - Instalações Elétricas..docx
APR - Instalações Elétricas..docx
 
Apr 23 - pintura predial
Apr   23 - pintura predialApr   23 - pintura predial
Apr 23 - pintura predial
 
Apr soldador
Apr soldadorApr soldador
Apr soldador
 
Apr solda
Apr soldaApr solda
Apr solda
 
Apr 003 rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Apr 003  rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambienteApr 003  rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
Apr 003 rev 09 carga descarga de materiais -içamento de cargas e meio ambiente
 
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novoTreinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
 
Ordem de serviço eletricista
Ordem de serviço eletricistaOrdem de serviço eletricista
Ordem de serviço eletricista
 
Apr pintura
Apr   pinturaApr   pintura
Apr pintura
 
Pta
PtaPta
Pta
 
APR-TRABALHO-EM-ALTURA-PDF.pdf
APR-TRABALHO-EM-ALTURA-PDF.pdfAPR-TRABALHO-EM-ALTURA-PDF.pdf
APR-TRABALHO-EM-ALTURA-PDF.pdf
 
Apr pinturade piso 160316
Apr   pinturade piso 160316Apr   pinturade piso 160316
Apr pinturade piso 160316
 
Ordem de-servico
Ordem de-servicoOrdem de-servico
Ordem de-servico
 
Treinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptxTreinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptx
 
Movimentação e içamento de cargas
 Movimentação e içamento de cargas Movimentação e içamento de cargas
Movimentação e içamento de cargas
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
 
Modelo apr perfuratriz
Modelo apr perfuratrizModelo apr perfuratriz
Modelo apr perfuratriz
 
Check List Escadas
Check List EscadasCheck List Escadas
Check List Escadas
 
PT ou ATR novo Modelo
PT ou ATR novo ModeloPT ou ATR novo Modelo
PT ou ATR novo Modelo
 
APR
APRAPR
APR
 

Semelhante a APR Solda e Corte (1).doc

Soldagem dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-nr-12
Soldagem dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-nr-12Soldagem dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-nr-12
Soldagem dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-nr-12
Eduardo Campos
 
nr18_trein_soldagem-dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-NR-18.ppt
nr18_trein_soldagem-dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-NR-18.pptnr18_trein_soldagem-dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-NR-18.ppt
nr18_trein_soldagem-dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-NR-18.ppt
RayssaLinhares
 
NR18---Treinamento---Operador-Solda---P21-NR18---Abr-21.pptx
NR18---Treinamento---Operador-Solda---P21-NR18---Abr-21.pptxNR18---Treinamento---Operador-Solda---P21-NR18---Abr-21.pptx
NR18---Treinamento---Operador-Solda---P21-NR18---Abr-21.pptx
NestorJunio1
 
Ep is trabalho em altura
Ep is   trabalho em alturaEp is   trabalho em altura
Ep is trabalho em altura
tsfilipe
 
5 epi,epc video aula
5  epi,epc video aula5  epi,epc video aula
5 epi,epc video aula
Synon Kyoh
 

Semelhante a APR Solda e Corte (1).doc (20)

Apr trabalho em altura
Apr trabalho em alturaApr trabalho em altura
Apr trabalho em altura
 
Manual_de_Oficinas.pdf
Manual_de_Oficinas.pdfManual_de_Oficinas.pdf
Manual_de_Oficinas.pdf
 
Apr 005 --andaime_suspenso
Apr 005 --andaime_suspensoApr 005 --andaime_suspenso
Apr 005 --andaime_suspenso
 
Soldagem dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-nr-12
Soldagem dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-nr-12Soldagem dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-nr-12
Soldagem dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-nr-12
 
AST-Espaco-Confinado.doc
AST-Espaco-Confinado.docAST-Espaco-Confinado.doc
AST-Espaco-Confinado.doc
 
nr18_trein_soldagem-dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-NR-18.ppt
nr18_trein_soldagem-dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-NR-18.pptnr18_trein_soldagem-dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-NR-18.ppt
nr18_trein_soldagem-dicas-de-seguranca-e-instrucoes-da-NR-18.ppt
 
NR18---Treinamento---Operador-Solda---P21-NR18---Abr-21.pptx
NR18---Treinamento---Operador-Solda---P21-NR18---Abr-21.pptxNR18---Treinamento---Operador-Solda---P21-NR18---Abr-21.pptx
NR18---Treinamento---Operador-Solda---P21-NR18---Abr-21.pptx
 
NR18---Treinamento---Operador-Solda---P21-NR18---Abr-21.pptx
NR18---Treinamento---Operador-Solda---P21-NR18---Abr-21.pptxNR18---Treinamento---Operador-Solda---P21-NR18---Abr-21.pptx
NR18---Treinamento---Operador-Solda---P21-NR18---Abr-21.pptx
 
Cc08 cofragem e descofragem
Cc08   cofragem e descofragemCc08   cofragem e descofragem
Cc08 cofragem e descofragem
 
Apresentação6
Apresentação6Apresentação6
Apresentação6
 
Conect instruções de uso e manutenção do trava-quedas retratil
Conect   instruções de uso e manutenção do trava-quedas retratilConect   instruções de uso e manutenção do trava-quedas retratil
Conect instruções de uso e manutenção do trava-quedas retratil
 
Esmerilhadeira angular 2000w Ingco - Chimas
Esmerilhadeira angular 2000w Ingco - ChimasEsmerilhadeira angular 2000w Ingco - Chimas
Esmerilhadeira angular 2000w Ingco - Chimas
 
Esmerilhadeira angular 950w chimas
Esmerilhadeira angular 950w chimasEsmerilhadeira angular 950w chimas
Esmerilhadeira angular 950w chimas
 
Ep is trabalho em altura
Ep is   trabalho em alturaEp is   trabalho em altura
Ep is trabalho em altura
 
Treinamento de Trabalho a Quente.ppt
Treinamento de Trabalho a Quente.pptTreinamento de Trabalho a Quente.ppt
Treinamento de Trabalho a Quente.ppt
 
Treinamento cinto de segurança
Treinamento cinto de segurança Treinamento cinto de segurança
Treinamento cinto de segurança
 
TREINAMENTO FURADEIRA E PARAFUSADEIRA.pptx
TREINAMENTO FURADEIRA E PARAFUSADEIRA.pptxTREINAMENTO FURADEIRA E PARAFUSADEIRA.pptx
TREINAMENTO FURADEIRA E PARAFUSADEIRA.pptx
 
treinamento furadeira.pptx
treinamento furadeira.pptxtreinamento furadeira.pptx
treinamento furadeira.pptx
 
Encimera AEG HC451501EB
Encimera AEG HC451501EBEncimera AEG HC451501EB
Encimera AEG HC451501EB
 
5 epi,epc video aula
5  epi,epc video aula5  epi,epc video aula
5 epi,epc video aula
 

Mais de Eliane Damião Alves

Mais de Eliane Damião Alves (20)

Treinamento Percepção de Riscos.ppt
Treinamento Percepção de Riscos.pptTreinamento Percepção de Riscos.ppt
Treinamento Percepção de Riscos.ppt
 
OUTUBRO ROSA.pptx
OUTUBRO ROSA.pptxOUTUBRO ROSA.pptx
OUTUBRO ROSA.pptx
 
-trabalho-com-empilhadeira--1.ppt
-trabalho-com-empilhadeira--1.ppt-trabalho-com-empilhadeira--1.ppt
-trabalho-com-empilhadeira--1.ppt
 
Treinamento EPI (2).pptx
Treinamento EPI (2).pptxTreinamento EPI (2).pptx
Treinamento EPI (2).pptx
 
-Apr-Guindaste.pdf
-Apr-Guindaste.pdf-Apr-Guindaste.pdf
-Apr-Guindaste.pdf
 
Anexo 2 check list trabalho em altura
Anexo 2 check list trabalho em alturaAnexo 2 check list trabalho em altura
Anexo 2 check list trabalho em altura
 
Pgr
PgrPgr
Pgr
 
Pgr
PgrPgr
Pgr
 
Seguranca na operacao de pontes rolantes
Seguranca na operacao de pontes rolantesSeguranca na operacao de pontes rolantes
Seguranca na operacao de pontes rolantes
 
0002
00020002
0002
 
Garrafa pet
Garrafa petGarrafa pet
Garrafa pet
 
Modelo de LTCAT
Modelo de LTCATModelo de LTCAT
Modelo de LTCAT
 
Cartilha seguranca trabalho pcmat
Cartilha seguranca trabalho pcmatCartilha seguranca trabalho pcmat
Cartilha seguranca trabalho pcmat
 
Apt industrial-37-trabalho-com-empilhadeira
Apt industrial-37-trabalho-com-empilhadeiraApt industrial-37-trabalho-com-empilhadeira
Apt industrial-37-trabalho-com-empilhadeira
 
Direito ambiental
Direito ambientalDireito ambiental
Direito ambiental
 
Espaço Confinado
Espaço ConfinadoEspaço Confinado
Espaço Confinado
 
Direção defensiva1
Direção defensiva1Direção defensiva1
Direção defensiva1
 
Apostila cipa
Apostila cipaApostila cipa
Apostila cipa
 
Treinamento combate incendios
Treinamento combate incendiosTreinamento combate incendios
Treinamento combate incendios
 
Cartilha residuos solidos_furb[1]
Cartilha residuos solidos_furb[1]Cartilha residuos solidos_furb[1]
Cartilha residuos solidos_furb[1]
 

Último

Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdfMetabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
MayaraStefanydaSilva1
 
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 

Último (8)

Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdfMetabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
 
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptxAULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
 
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
 
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdfCrianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
 
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdfATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
 
AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdf
AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdfAULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdf
AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdf
 
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptx
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptxDOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptx
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptx
 
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdfTabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
 

APR Solda e Corte (1).doc

  • 1. ICEC INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO LTDA. ANÁLISE DE RISCO Nº 004 Pág. 1 de 3 DESCRIÇÃO DO SERVIÇO REALIZAÇÃO Operações de Solda e Corte a Quente Período: 01/10/03 a 31/10/03 Horário: 7:30 as 18:00 Local: Aciaria ETAPAS DE TRABALHO RISCOS MEDIDAS PREVENTIVAS 1- Transporte dos cilindros de oxigênio/acetileno. 1. Esforço excessivo, prensamento de membros. 2. Queda dos cilindros, danos nas válvulas. 3. Incêndio/explosão. 1. Transportar os cilindros em carrinhos adequados e amarrados com correntes de proteção. 2. Manter sempre o capacete de proteção nos cilindros, para retirar os cilindros até o carrinho, girar o mesmo ligeiramente inclinado sobre sua base. 3. Manter o “capacete” de proteção livre de óleo ou graxa, por dentro e por fora. Armazenar cilindros de oxigênio e acetileno separados em local adequado com chapa de separação e correntes de segurança. 2. Operação de corte com uso de equipamento oxicorte. 1. Risco de queda com diferença de nível do trabalhador que executa o serviço. 2. Queda de fagulhas, materiais e ferramentas no local embaixo da execução dos trabalho. 3. Problemas respiratórios. 4. Radiação ultravioleta. 5. Problemas de ordem calorífica 6. Incêndio / explosão 1- Utilizar cinto de segurança tipo para-quedista com dois talabartes com alma de aço, mantendo sempre um dos talabartes acoplada à estrutura ou cabo guia. 2- Sinalizar o local embaixo da execução dos trabalhos. 3- Utilizar máscara de proteção respiratória. 4. utilizar óculos de proteção com lentes nº 5. 5. Utilizar Luvas de Couro com punho longo, Aventalou colete de raspa de couro, mangote de raspa de couro, perneira e calçado de segurança c/ biqueira de aço. 6. Sempre manter próximo ao serviço de corte 01 extintor de PQS ou CO2, não efetuar corte próximo à pintura ou produtos inflamáveis. 6.1- Utilizar isqueiro de fricção, não utilizar outros meios de acendimento tais como: isqueiro comum, fósforo ou equipamento que provoque centelhas 6.2- Nunca utilizar mangueiras com emendas e afastar materiais combustíveis.
  • 2. ICEC INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO LTDA. ANÁLISE DE RISCO Nº 004 Pág. 2 de 3 6.3- Utilizar válvulas contra retrocesso de chama nas extremidades das mangueiras. 6.4. Não improvisar emendas nas mangueiras com conexões de cobre. 6.5. Em caso de retrocesso de chama desligar a válvula dos cilindros. 3. Soldagem elétrica das estruturas metálicas. Equipamentos utilizados:  Máquinas de solda 1. Risco de queda com diferença de nível do trabalhador que executa o serviço. 2. Queda de fagulhas, materiais e ferramentas no local embaixo da execução dos trabalho. 3. Irradiação do arco voltaico, corpo estranho nos olhos. 4. Problemas respiratórios. 5. Problemas de ordem calorífica 6. Exposição à energia elétrica 1- Utilizar cinto de segurança tipo para-quedista com dois talabartes com alma de aço, mantendo sempre um dos talabartes acoplada à estrutura ou cabo guia. 2- Sinalizar e isolar o local embaixo da execução dos trabalhos. 3- Utilizar máscara para solda , nunca olhar para o trabalho com os olhos desprotegidos. 4- Utilizar máscara de proteção respiratória. 5- Utilizar Luvas de Couro com punho longo, Avental ou colete de raspa de couro, mangote de raspa de couro, perneira e calçado de segurança c/ biqueira de aço. 6- Evitar improvisações nas ligações elétricas. Aterrar os equipamentos e as peças a serem soldadas. Manter fios e alicates de soldagem longe de locais com óleo, graxa ou umidade. 6.1- Nunca tocar em eletrodos com as mãos nuas, com luvas molhadas ou sobre superfície ou piso molhado.
  • 3. ICEC INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO LTDA. ANÁLISE DE RISCO Nº 004 Pág. 3 de 3 4. Uso de esmerilhadeira, lixadeira, furadeira elétrica e ou furadeira de bancada. 1. Queda com diferença de nível e de mesmo nível. 2. Cortes e fratura de membros. 3. Fagulhas nos olhos e membros superiores. 4. Ruido excessivo. 5. Choque elétrico. 1. Utilizar cinto de segurança tipo paraquedista com dois talabartes, mantendo sempre 01 talabarte ancorado em local seguro (cabo guia ou estrutura metálica). 1.1. Manter o local de trabalho limpo, organizado e sinalizado. 2. Cuidados no manuseio do equipamento. Desligar o equipamento quando for trocar os discos. Utilizar luvas de proteção. 3. Uso de óculos de proteção e protetor facial; Uso de avental de raspa de couro. 4. Uso de protetor auditivo tipo concha ou silicone. 5. Manter cabos e extensões isoladas corretamente. Somente eletricista qualificado poderá executar serviços em equipamentos elétricos/Quadros de energia. OBSERVAÇÕES: 1. Todos os trabalhadores relacionados nesta AR deverão estar utilizando os seguintes equipamentos de proteção individual: Calçado de proteção c/ biqueira de aço, capacete de proteção (quando estiver em altura utilizar jugular), óculos de proteção lente transparente (em caso de exposição ao sol, utilizar lente tipo ray-ban), protetor auditivo quando utilizar equipamentos que produzem ruído, luvas de proteção e ao executar trabalhos em altura superior a 2 metros utilizar cinto de segurança tipo pára-quedista com 2 talabartes, e estar sempre acoplado à estrutura ou cabo guia. 2. Em caso de dúvidas quanto ao procedimentos de trabalho entrar em contato com o técnico em segurança da empresa (ICEC). 3. É terminantemente proibido executar trabalhos em altura que sofram interferências de intempéries como chuvas ou ventos fortes. 4. Sempre que houver trabalhos em altura, a área abaixo deverá ser isolada e sinalizada. 5. Sempre utilizar 3 presilhas para correta fixação dos cabos de aço guia. 6. O auxiliar do soldador/maçariqueiro também deverá utilizar óculos de proteção adequado para serviços de solda e corte a quente. 7. Esta Análise de Risco deverá estar na frente de trabalho juntamente com a ATR (Autorização para trabalho de risco). ____________________________________ Engenheiro Coordenador ____________________________________ Téc.Seg.Trabalho ____________________________________ Supervisor de Montagem