SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Baixar para ler offline
Trabalho de
Biologia
Anelídeos
Gustavo, Leonardo e Lucas
3ºB
Principais características
Os anelídeos possuem simetria bilateral,
são triblásticos e celomados. A cavidade
celômica possui um líquido que atua como
veículo de transporte de nutrientes, gases e
resíduos do metabolismo entre o sistema
cardiovascular e as do organismo.
Principais características
O corpo dos anelídeos é revestido por um
tecido epitelial simples, que secreta uma
cutícula delicada, protegendo o organismo
contra a desidratação. A parede do corpo
contém uma musculatura bem desenvolvida
e capaz de permitir o movimento do animal.
Exemplos
Minhoca Sanguessuga Minhocoçu
Habitat
O habitat dos anelídeos pode ser a água
dos mares e oceanos ou a água doce e a
terra úmida. Eles são considerados os mais
complexos dos vermes. Além do tubo
digestório completo, têm um sistema
circulatório fechado, isto é, têm boca e ânus
e também apresentam um sistema
circulatório em que o sangue só circula
dentro dos vasos.
Habitat
O corpo dos anelídeos é revertida por uma
pele fina e úmida. Essa é uma característica
importante da respiração cutânea -
respiração realizada através da pele, pois
os gases respiratórios não atravessam
superfícies secas.
Habitat
Na maioria das vezes, os anelídeos são
hermafroditas, isto é, cada animal possui os
dois sistemas reprodutores: o masculino e o
feminino. No entanto, eles realizam
fecundação cruzada e recíproca, ou seja,
dois animais hermafroditas cruzam e se
fecundam mutuamente.
Classificação dos anelídeos
Podemos classificar os anelídeos utilizando
como critério a presença ou a ausência de
estruturas semelhantes a pêlos e a
quantidade dessas cerdas. Há três grupos
de anelídeos: oligoquetos, poliquetos e
aquetos. Pelo significado dessa palavras, é
possível identificar como são as cerdas
(quetos) desses animais: oligo significa
"poucos"; poli significa "muitos"; e a significa
"sem".
Sistema fisiológicos
O sistema nervoso é constituído por uma
cadeia nervosa ganglionar e ventral
formada por um anel nervoso anterior e um
par de gânglios nervosos para cada
segmento do corpo de onde partem
ramificação nervosas para as diferentes
partes do organismo.
Sistema fisiológicos
O sistema sensorial é pouco desenvolvido;
raramente são encontrados órgãos visuais;
na maioria dos representantes existem
apenas células sensoriais difusas.
O tubo digestivo dos anelídeos é completo:
iniciado pela boca; depois a faringe, que se
comunica com o esôfago; depois o intestino
e depois o intestino terminal que geralmente
é curto.
Ciclos reprodutivo
Por fim; A reprodução é sexuada, sendo os
animais frequentemente (oligoqueto e
hirudíneos) hermafroditas e com
desenvolvimento direto, através de uma
trocófora. Existem, no entanto, formas com
sexos separados e desenvolvimento
indireto, geralmente poliquetas. A
fecundação é sempre externa.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Ap anelideos
Ap anelideosAp anelideos
Ap anelideos
 
Anelideos
AnelideosAnelideos
Anelideos
 
Tecidos animais
Tecidos animaisTecidos animais
Tecidos animais
 
Anelídios
AnelídiosAnelídios
Anelídios
 
Aula Nematelmintes
Aula NematelmintesAula Nematelmintes
Aula Nematelmintes
 
Anelídeos, Moluscos e Artrópodos (Power Point)
Anelídeos, Moluscos e Artrópodos (Power Point)Anelídeos, Moluscos e Artrópodos (Power Point)
Anelídeos, Moluscos e Artrópodos (Power Point)
 
Anelideos e moluscos
Anelideos e moluscosAnelideos e moluscos
Anelideos e moluscos
 
Fisiologia animal
Fisiologia animalFisiologia animal
Fisiologia animal
 
Tecidos
TecidosTecidos
Tecidos
 
Nematódeos
NematódeosNematódeos
Nematódeos
 
Anelídeos (Power Point)
Anelídeos (Power Point)Anelídeos (Power Point)
Anelídeos (Power Point)
 
2EM #04 Artrópodes: fisio
2EM #04 Artrópodes: fisio2EM #04 Artrópodes: fisio
2EM #04 Artrópodes: fisio
 
Nematelmintos, Anelideos, Artropes, Equinodermo
Nematelmintos, Anelideos, Artropes, EquinodermoNematelmintos, Anelideos, Artropes, Equinodermo
Nematelmintos, Anelideos, Artropes, Equinodermo
 
Annelida
AnnelidaAnnelida
Annelida
 
Anelideos
AnelideosAnelideos
Anelideos
 
Tabela de anatomia_fisio_animal
Tabela de anatomia_fisio_animalTabela de anatomia_fisio_animal
Tabela de anatomia_fisio_animal
 
Platyhelminthes, nematodos e nematomorfha
Platyhelminthes, nematodos e nematomorfhaPlatyhelminthes, nematodos e nematomorfha
Platyhelminthes, nematodos e nematomorfha
 
4 filo nematelminthes
4 filo nematelminthes4 filo nematelminthes
4 filo nematelminthes
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Aula 8º ano - Tecidos do corpo humano
Aula 8º ano - Tecidos do corpo humanoAula 8º ano - Tecidos do corpo humano
Aula 8º ano - Tecidos do corpo humano
 

Destaque

Patrón arquitectónico de los animales
Patrón arquitectónico de los animalesPatrón arquitectónico de los animales
Patrón arquitectónico de los animalesescuela
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosDaniela Motta
 
Biologia - Moluscos e Anelídeos
Biologia - Moluscos e AnelídeosBiologia - Moluscos e Anelídeos
Biologia - Moluscos e AnelídeoskarenfreitasRS21
 
Phylum Mollusca
Phylum MolluscaPhylum Mollusca
Phylum Molluscakarina2260
 
Platelmintos (Power Point)
Platelmintos (Power Point)Platelmintos (Power Point)
Platelmintos (Power Point)Bio
 

Destaque (12)

Patrón arquitectónico de los animales
Patrón arquitectónico de los animalesPatrón arquitectónico de los animales
Patrón arquitectónico de los animales
 
Filo platyhelminthes e Nematoda
Filo platyhelminthes e NematodaFilo platyhelminthes e Nematoda
Filo platyhelminthes e Nematoda
 
Porifero Cnidaria
Porifero CnidariaPorifero Cnidaria
Porifero Cnidaria
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Reino animal e poríferos
Reino animal e poríferosReino animal e poríferos
Reino animal e poríferos
 
Nematelmintos, novo
Nematelmintos, novoNematelmintos, novo
Nematelmintos, novo
 
Os Poríferos
Os PoríferosOs Poríferos
Os Poríferos
 
Artrópodes.ppt
Artrópodes.pptArtrópodes.ppt
Artrópodes.ppt
 
Biologia - Moluscos e Anelídeos
Biologia - Moluscos e AnelídeosBiologia - Moluscos e Anelídeos
Biologia - Moluscos e Anelídeos
 
Poríferos
PoríferosPoríferos
Poríferos
 
Phylum Mollusca
Phylum MolluscaPhylum Mollusca
Phylum Mollusca
 
Platelmintos (Power Point)
Platelmintos (Power Point)Platelmintos (Power Point)
Platelmintos (Power Point)
 

Semelhante a Anelídeos Características e Classificação

Trabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago Souza
Trabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago SouzaTrabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago Souza
Trabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago SouzaJanaina Luciane Fraga
 
Os mamíferos - Biologia, 1° ano E.M.
Os mamíferos - Biologia, 1° ano E.M.Os mamíferos - Biologia, 1° ano E.M.
Os mamíferos - Biologia, 1° ano E.M.Laís Uchôa
 
Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)
Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)
Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)rejanecardsouza
 
Filo chordata (cordados)
Filo chordata (cordados)Filo chordata (cordados)
Filo chordata (cordados)jurueno
 
Tabela de anatomia_fisio_animal
Tabela de anatomia_fisio_animalTabela de anatomia_fisio_animal
Tabela de anatomia_fisio_animalCotucaAmbiental
 
Auladeciencias
AuladecienciasAuladeciencias
AuladecienciasIarasemec
 
Aula de ciencias
Aula de cienciasAula de ciencias
Aula de cienciasIarasemec
 
Aula de ciências 2
Aula de ciências 2Aula de ciências 2
Aula de ciências 2Iarasemec
 
Aula de ciências 2
Aula de ciências 2Aula de ciências 2
Aula de ciências 2Iarasemec
 
Vertebrados
VertebradosVertebrados
Vertebradosmayra
 
Platelminto, Nematelminto e Anelideo
Platelminto, Nematelminto e AnelideoPlatelminto, Nematelminto e Anelideo
Platelminto, Nematelminto e AnelideoANA LUCIA FARIAS
 

Semelhante a Anelídeos Características e Classificação (20)

Anelídeos
AnelídeosAnelídeos
Anelídeos
 
APOSTILA ZOOLOGIA PARTE 2
APOSTILA ZOOLOGIA PARTE 2APOSTILA ZOOLOGIA PARTE 2
APOSTILA ZOOLOGIA PARTE 2
 
Anelideos
AnelideosAnelideos
Anelideos
 
Trabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago Souza
Trabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago SouzaTrabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago Souza
Trabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago Souza
 
Anelídeos
AnelídeosAnelídeos
Anelídeos
 
Os mamíferos - Biologia, 1° ano E.M.
Os mamíferos - Biologia, 1° ano E.M.Os mamíferos - Biologia, 1° ano E.M.
Os mamíferos - Biologia, 1° ano E.M.
 
CLASSE POLYCHAETA.pdf
CLASSE POLYCHAETA.pdfCLASSE POLYCHAETA.pdf
CLASSE POLYCHAETA.pdf
 
Anelídeos
AnelídeosAnelídeos
Anelídeos
 
Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)
Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)
Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)
 
Cyclostomados
CyclostomadosCyclostomados
Cyclostomados
 
Filo chordata (cordados)
Filo chordata (cordados)Filo chordata (cordados)
Filo chordata (cordados)
 
Tabela de anatomia_fisio_animal
Tabela de anatomia_fisio_animalTabela de anatomia_fisio_animal
Tabela de anatomia_fisio_animal
 
Auladeciencias
AuladecienciasAuladeciencias
Auladeciencias
 
Aula de ciencias
Aula de cienciasAula de ciencias
Aula de ciencias
 
Aula de ciências 2
Aula de ciências 2Aula de ciências 2
Aula de ciências 2
 
Aula de ciências 2
Aula de ciências 2Aula de ciências 2
Aula de ciências 2
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 
Vertebrados
VertebradosVertebrados
Vertebrados
 
Filo dos Cnidários
Filo dos CnidáriosFilo dos Cnidários
Filo dos Cnidários
 
Platelminto, Nematelminto e Anelideo
Platelminto, Nematelminto e AnelideoPlatelminto, Nematelminto e Anelideo
Platelminto, Nematelminto e Anelideo
 

Último

AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...DominiqueFaria2
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceRonisHolanda
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSdjgsantos1981
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 

Último (20)

AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 

Anelídeos Características e Classificação

  • 2. Principais características Os anelídeos possuem simetria bilateral, são triblásticos e celomados. A cavidade celômica possui um líquido que atua como veículo de transporte de nutrientes, gases e resíduos do metabolismo entre o sistema cardiovascular e as do organismo.
  • 3. Principais características O corpo dos anelídeos é revestido por um tecido epitelial simples, que secreta uma cutícula delicada, protegendo o organismo contra a desidratação. A parede do corpo contém uma musculatura bem desenvolvida e capaz de permitir o movimento do animal.
  • 5. Habitat O habitat dos anelídeos pode ser a água dos mares e oceanos ou a água doce e a terra úmida. Eles são considerados os mais complexos dos vermes. Além do tubo digestório completo, têm um sistema circulatório fechado, isto é, têm boca e ânus e também apresentam um sistema circulatório em que o sangue só circula dentro dos vasos.
  • 6. Habitat O corpo dos anelídeos é revertida por uma pele fina e úmida. Essa é uma característica importante da respiração cutânea - respiração realizada através da pele, pois os gases respiratórios não atravessam superfícies secas.
  • 7. Habitat Na maioria das vezes, os anelídeos são hermafroditas, isto é, cada animal possui os dois sistemas reprodutores: o masculino e o feminino. No entanto, eles realizam fecundação cruzada e recíproca, ou seja, dois animais hermafroditas cruzam e se fecundam mutuamente.
  • 8. Classificação dos anelídeos Podemos classificar os anelídeos utilizando como critério a presença ou a ausência de estruturas semelhantes a pêlos e a quantidade dessas cerdas. Há três grupos de anelídeos: oligoquetos, poliquetos e aquetos. Pelo significado dessa palavras, é possível identificar como são as cerdas (quetos) desses animais: oligo significa "poucos"; poli significa "muitos"; e a significa "sem".
  • 9. Sistema fisiológicos O sistema nervoso é constituído por uma cadeia nervosa ganglionar e ventral formada por um anel nervoso anterior e um par de gânglios nervosos para cada segmento do corpo de onde partem ramificação nervosas para as diferentes partes do organismo.
  • 10. Sistema fisiológicos O sistema sensorial é pouco desenvolvido; raramente são encontrados órgãos visuais; na maioria dos representantes existem apenas células sensoriais difusas. O tubo digestivo dos anelídeos é completo: iniciado pela boca; depois a faringe, que se comunica com o esôfago; depois o intestino e depois o intestino terminal que geralmente é curto.
  • 11. Ciclos reprodutivo Por fim; A reprodução é sexuada, sendo os animais frequentemente (oligoqueto e hirudíneos) hermafroditas e com desenvolvimento direto, através de uma trocófora. Existem, no entanto, formas com sexos separados e desenvolvimento indireto, geralmente poliquetas. A fecundação é sempre externa.