SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
TABELA DE ANATOMIA COMPARADA I
Grupo de Animais Grupo de Animais Grupo de Animais Grupo de Animais Grupo de Animais Grupo de Animais
Sistema Espongiários
(Esponjas)
Celenterados
(Água viva)
Platielmintes
(Solitária)
Asquelmintes
(Lombriga)
Anelídeos
(Minhoca)
Artrópodes
(Insetos)
Sistema
Tegumentar e
Esquelético
Externamente o
corpo é revestido
por uma camada
de células
achatadas, os
pinacócitos.
Possuem um
esqueleto interno
formado por
espículas
cristalinas ou por
fibras orgânicas.
Epiderme formada
por uma camada
celular, contendo
fibras musculares.
Os antopólipos
podem secretar
um exoesqueleto
córneo ou
calcário.
A Epiderme é
constituída por um
epitélio simples,
ciliados.
Esqueleto ausente.
O corpo é
revestido por uma
cutícula secretada
pela epiderme.
Esqueleto ausente.
Epiderme
constituída por um
epitélio simples,
contendo células
glandulares e
sensoriais.
Esqueleto ausente.
Epitélio simples
contendo células
sensoriais. O
corpo é revestido
por um
exoesqueleto
constituídos por
placas quitinosas
secretadas pela
epiderme.
Sistema Digestivo Sistema digestivo
ausente. Digestão
exclusivamente
intracelular
realizada por
coanócitos.
Boca circundada
por tentáculos e
ligada a uma
cavidade digestiva
(cavidade
gastrovascular)
simples ou
dividida; ausência
de anus. Digestão
extra é
intracelular.
É incompleto por
não apresentar
abertura de
ingestão. É
constituído por
boca, faringe e
intestino
ramificado
terminado em
fundo cego.
Digestão extra e
intracelular.
É completo e
constituído por
boca, esôfago
sugador, intestino
e ânus. A digestão
é extracelular.
É completo,
tubuloso,
estendendo-se
desde a boca até o
ânus e podendo
ser dividido em
boca, faringe,
esôfago, papo,
moela, intestino e
ânus. Digestão
extracelular.
Completo com
boca, faringe e o
esôfago. Segue-se
intestino médio,
terminal e ânus.
Como anexos
aparecem
glândulas
salivares.
Digestão
extracelular.
Sistema
Respiratório
Sistema
respiratório
ausente. A
respiração é
aeróbia. Cada
célula realiza
diretamente com o
meio (difusão) as
trocas
respiratórias.
Respiratório
ausente. Mesmo
processo realizado
pelos
espongiários.
Respiratório
ausente. As trocas
respiratórias são
feitas por difusão.
Nos parasitas a
respiração é
aeróbia.
Respiratório é
ausente. Processo
idêntico ao que
ocorre nos
platielmintes.
A respiração pode
ser cutânea ou
braquial. A
cutânea é feita
através da intensa
vascularização
situada abaixo da
epiderme. As
brânquias ocorrem
em poliquetos.
Nos mais
primitivos a
respiração é
cutânea. Nos
crustáceos é
branquial, sendo
traqueal em
insetos e
aracnídeos. Nos
aracnídeos
aparece ainda a
respiração
pulmonar.
Sistema
Circulatório
Circulatório
ausente.
Circulatório
ausente. A
cavidade
gastrovascular
representa um
sistema de
transporte
primitivo.
Circulatório
ausente. As
ramificações do
sistema digestivo
auxiliam na
circulação.
Não existe sistema
circulatório.
Pela primeira vez,
na escala, aparece
um sistema
circulatório
fechado com um
sistema de vasos
longitudinais. O
sangue contém
plasma e
hemoglobina
dissolvida.
É do tipo lacunar
e constituído por
coração, artérias e
hemoceles. O
líquido
circundante é
chamado de
hemolinfa.
Sistema Excretor Não existe sistema
excretor. As
células eliminam
por difusão seus
excretas,
diretamente para o
meio externo.
Ausente. Mesmo
processo dos
espongiários.
Primeiros animais
da escala com um
sistema excretor
formado por
células-flama.
Sistema tipo em H
com 2 canais
excretores laterais
que se unem e
formam um tubo
único que
desemboca no
exterior.
Sistema excretor
formado por pares
de nefrídeos.
Tubos de
Malpigui
Sistema Nervoso Não existe sistema
nervoso.
Sistema nervosos
difuso formado
por rede de
células nervosas.
Existência de
Primeiros animais
dotados de uns
sistemas nervosos
central,
constituídos por
Constituído por
um anel nervoso e
uma série de
cordões nervosos
longitudinais.
Sistema nervoso
ganglionar
ventral. Em cada
anel um par de
gânglios.
Semelhantes a dos
anelídeos, ou seja,
ganglionar e
ventral.
Moluscos;
- Equinodermas;
- Peixes;
- Anelídeos;
- Répteis;
- Aves;
- Mamíferos.
células
fotossensíveis e
estatocistos.
um par de
gânglios
cerebróides ou um
anel nervoso,
ligados a cordões
longitudinais.
Reprodução Reprodução
assexuada feita
por brotamento e
gemulação;
sexuada
produzindo uma
larva ciliada.
Assexuada. Animal
geralmente
hermafrodita.
Animais de sexos
separados com
dimorfismo
sexual. Fêmeas
com grande
fertilidade e
existência de
estágios larvários.
Sexos separados e
hermafroditas.
Desenvolvimento
direto e indireto
através da larva.
Grande
capacidade de
regeneração.
Geralmente
unissexuais.
Crustáceos
cirripedios são
hermafroditas.
Fecundação
interna.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Nematelmintos
NematelmintosNematelmintos
Nematelmintos
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
Poriferos
 
Aula 7 anelideos
Aula 7 anelideosAula 7 anelideos
Aula 7 anelideos
 
Moluscos
MoluscosMoluscos
Moluscos
 
Cnidários ( Power Point ) 1
Cnidários ( Power Point ) 1Cnidários ( Power Point ) 1
Cnidários ( Power Point ) 1
 
Aula 1 caracteristicas gerais dos animais
Aula 1   caracteristicas gerais dos animaisAula 1   caracteristicas gerais dos animais
Aula 1 caracteristicas gerais dos animais
 
Aula 7º ano - Reino Protoctista
Aula 7º ano - Reino ProtoctistaAula 7º ano - Reino Protoctista
Aula 7º ano - Reino Protoctista
 
Reino Animal
Reino AnimalReino Animal
Reino Animal
 
Nematelmintos
NematelmintosNematelmintos
Nematelmintos
 
Anelideos
AnelideosAnelideos
Anelideos
 
Poríferos - Power Point
Poríferos - Power PointPoríferos - Power Point
Poríferos - Power Point
 
RÉPTEIS
RÉPTEISRÉPTEIS
RÉPTEIS
 
Platelmintos & Nematódeos
Platelmintos & NematódeosPlatelmintos & Nematódeos
Platelmintos & Nematódeos
 
Equinodermos
EquinodermosEquinodermos
Equinodermos
 
Aula de Biologia: Reino Animalia - Filos dos Invertebrados. 2º ano EM
Aula de Biologia: Reino Animalia - Filos dos Invertebrados. 2º ano EMAula de Biologia: Reino Animalia - Filos dos Invertebrados. 2º ano EM
Aula de Biologia: Reino Animalia - Filos dos Invertebrados. 2º ano EM
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
Poriferos
 
Filo annelida
Filo annelidaFilo annelida
Filo annelida
 
Tabela vertebrados
Tabela vertebrados Tabela vertebrados
Tabela vertebrados
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
 

Semelhante a Anatomia comparada de 6 grupos animais

Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodesletyap
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodesletyap
 
Zoologia dos Invertebrados
Zoologia dos InvertebradosZoologia dos Invertebrados
Zoologia dos InvertebradosCarlos Priante
 
Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)
Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)
Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)rejanecardsouza
 
Invertebrados - por Fabia Mello
Invertebrados - por Fabia MelloInvertebrados - por Fabia Mello
Invertebrados - por Fabia MelloThiago Vieira
 
Zoo 2 de anelídeos a equinodermos
Zoo 2   de anelídeos a equinodermosZoo 2   de anelídeos a equinodermos
Zoo 2 de anelídeos a equinodermosaulasdotubao
 
Folhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slidesFolhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slidesClaudiapadao
 
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)Bio
 
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.pptfdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.pptDanielMedina333918
 
Folhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slidesFolhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slidesClaudiapadao
 
Trabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago Souza
Trabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago SouzaTrabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago Souza
Trabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago SouzaJanaina Luciane Fraga
 

Semelhante a Anatomia comparada de 6 grupos animais (20)

Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
Zoologia dos Invertebrados
Zoologia dos InvertebradosZoologia dos Invertebrados
Zoologia dos Invertebrados
 
Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)
Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)
Anatomia comparada (evolução dos invertebrados)
 
Invertebrados - por Fabia Mello
Invertebrados - por Fabia MelloInvertebrados - por Fabia Mello
Invertebrados - por Fabia Mello
 
Zoo 2 de anelídeos a equinodermos
Zoo 2   de anelídeos a equinodermosZoo 2   de anelídeos a equinodermos
Zoo 2 de anelídeos a equinodermos
 
Folhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slidesFolhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slides
 
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
 
Tabela de anatomia_fisio_animal
Tabela de anatomia_fisio_animalTabela de anatomia_fisio_animal
Tabela de anatomia_fisio_animal
 
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
Zoologiainvertebrados 131019203941-phpapp02
 
Invertebrados
InvertebradosInvertebrados
Invertebrados
 
Reino animal invertebrados
Reino animal   invertebradosReino animal   invertebrados
Reino animal invertebrados
 
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.pptfdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
fdocumentos.tips_aula-de-zoologia-invertebrados-power-point.ppt
 
Folhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slidesFolhas invertebrados slides
Folhas invertebrados slides
 
Anelídeos
AnelídeosAnelídeos
Anelídeos
 
Filo arthropoda crustacea
Filo arthropoda crustaceaFilo arthropoda crustacea
Filo arthropoda crustacea
 
Trabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago Souza
Trabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago SouzaTrabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago Souza
Trabalho de ciências de Marcos Fraga e Iago Souza
 
Anelídios
AnelídiosAnelídios
Anelídios
 
Introducao
IntroducaoIntroducao
Introducao
 
Anelídeos
AnelídeosAnelídeos
Anelídeos
 

Mais de CotucaAmbiental

1o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
1o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese1o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
1o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossínteseCotucaAmbiental
 
Exercícios de zoo e respostas comentadas
Exercícios de zoo e respostas comentadasExercícios de zoo e respostas comentadas
Exercícios de zoo e respostas comentadasCotucaAmbiental
 
Lista sobre citoplasma e organelas
Lista sobre citoplasma e organelasLista sobre citoplasma e organelas
Lista sobre citoplasma e organelasCotucaAmbiental
 
Aula 3 1 s_estutura interna
Aula 3 1 s_estutura internaAula 3 1 s_estutura interna
Aula 3 1 s_estutura internaCotucaAmbiental
 
Fisiologia comparada geral
Fisiologia comparada geralFisiologia comparada geral
Fisiologia comparada geralCotucaAmbiental
 
Aula 2 3 s_ gametogênese e ciclo ovulatório fev 2013
Aula 2 3 s_ gametogênese e ciclo ovulatório fev 2013Aula 2 3 s_ gametogênese e ciclo ovulatório fev 2013
Aula 2 3 s_ gametogênese e ciclo ovulatório fev 2013CotucaAmbiental
 
Segunda lei e linkage maio 2015
Segunda lei e linkage maio 2015Segunda lei e linkage maio 2015
Segunda lei e linkage maio 2015CotucaAmbiental
 
Exercicios parasitologia viroses
Exercicios parasitologia virosesExercicios parasitologia viroses
Exercicios parasitologia virosesCotucaAmbiental
 
Futos e sindromes de dispersão
Futos e sindromes de dispersãoFutos e sindromes de dispersão
Futos e sindromes de dispersãoCotucaAmbiental
 
Atividade sITIO DUAS cACHOEIRAS 050507
Atividade sITIO DUAS cACHOEIRAS  050507Atividade sITIO DUAS cACHOEIRAS  050507
Atividade sITIO DUAS cACHOEIRAS 050507CotucaAmbiental
 
Atividade de campo bosque de paulínia
Atividade de campo  bosque de paulíniaAtividade de campo  bosque de paulínia
Atividade de campo bosque de paulíniaCotucaAmbiental
 
Lista 2 exercicios_genetica_ com resposta
Lista  2 exercicios_genetica_ com respostaLista  2 exercicios_genetica_ com resposta
Lista 2 exercicios_genetica_ com respostaCotucaAmbiental
 
Lista2exerciciosgeneticacomresposta
Lista2exerciciosgeneticacomresposta Lista2exerciciosgeneticacomresposta
Lista2exerciciosgeneticacomresposta CotucaAmbiental
 
Exercícios organelas-1s-17
Exercícios  organelas-1s-17Exercícios  organelas-1s-17
Exercícios organelas-1s-17CotucaAmbiental
 
Questoes para 1 s respondidas
Questoes para 1 s respondidasQuestoes para 1 s respondidas
Questoes para 1 s respondidasCotucaAmbiental
 

Mais de CotucaAmbiental (20)

Atividade fauna
Atividade faunaAtividade fauna
Atividade fauna
 
1o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
1o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese1o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
1o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
 
Exercícios de zoo e respostas comentadas
Exercícios de zoo e respostas comentadasExercícios de zoo e respostas comentadas
Exercícios de zoo e respostas comentadas
 
Lista sobre citoplasma e organelas
Lista sobre citoplasma e organelasLista sobre citoplasma e organelas
Lista sobre citoplasma e organelas
 
Aula 3 1 s_estutura interna
Aula 3 1 s_estutura internaAula 3 1 s_estutura interna
Aula 3 1 s_estutura interna
 
Atividade organelas
Atividade organelasAtividade organelas
Atividade organelas
 
Quadrao de zoo
Quadrao  de zooQuadrao  de zoo
Quadrao de zoo
 
Fisiologia comparada geral
Fisiologia comparada geralFisiologia comparada geral
Fisiologia comparada geral
 
Aula 2 3 s_ gametogênese e ciclo ovulatório fev 2013
Aula 2 3 s_ gametogênese e ciclo ovulatório fev 2013Aula 2 3 s_ gametogênese e ciclo ovulatório fev 2013
Aula 2 3 s_ gametogênese e ciclo ovulatório fev 2013
 
Segunda lei e linkage maio 2015
Segunda lei e linkage maio 2015Segunda lei e linkage maio 2015
Segunda lei e linkage maio 2015
 
Exercicios parasitologia viroses
Exercicios parasitologia virosesExercicios parasitologia viroses
Exercicios parasitologia viroses
 
Futos e sindromes de dispersão
Futos e sindromes de dispersãoFutos e sindromes de dispersão
Futos e sindromes de dispersão
 
Atividade sITIO DUAS cACHOEIRAS 050507
Atividade sITIO DUAS cACHOEIRAS  050507Atividade sITIO DUAS cACHOEIRAS  050507
Atividade sITIO DUAS cACHOEIRAS 050507
 
Atividade de campo bosque de paulínia
Atividade de campo  bosque de paulíniaAtividade de campo  bosque de paulínia
Atividade de campo bosque de paulínia
 
Trabalho de eda
Trabalho de edaTrabalho de eda
Trabalho de eda
 
Lista de genética
Lista de genéticaLista de genética
Lista de genética
 
Lista 2 exercicios_genetica_ com resposta
Lista  2 exercicios_genetica_ com respostaLista  2 exercicios_genetica_ com resposta
Lista 2 exercicios_genetica_ com resposta
 
Lista2exerciciosgeneticacomresposta
Lista2exerciciosgeneticacomresposta Lista2exerciciosgeneticacomresposta
Lista2exerciciosgeneticacomresposta
 
Exercícios organelas-1s-17
Exercícios  organelas-1s-17Exercícios  organelas-1s-17
Exercícios organelas-1s-17
 
Questoes para 1 s respondidas
Questoes para 1 s respondidasQuestoes para 1 s respondidas
Questoes para 1 s respondidas
 

Último

PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasCasa Ciências
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 

Último (20)

PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 

Anatomia comparada de 6 grupos animais

  • 1. TABELA DE ANATOMIA COMPARADA I Grupo de Animais Grupo de Animais Grupo de Animais Grupo de Animais Grupo de Animais Grupo de Animais Sistema Espongiários (Esponjas) Celenterados (Água viva) Platielmintes (Solitária) Asquelmintes (Lombriga) Anelídeos (Minhoca) Artrópodes (Insetos) Sistema Tegumentar e Esquelético Externamente o corpo é revestido por uma camada de células achatadas, os pinacócitos. Possuem um esqueleto interno formado por espículas cristalinas ou por fibras orgânicas. Epiderme formada por uma camada celular, contendo fibras musculares. Os antopólipos podem secretar um exoesqueleto córneo ou calcário. A Epiderme é constituída por um epitélio simples, ciliados. Esqueleto ausente. O corpo é revestido por uma cutícula secretada pela epiderme. Esqueleto ausente. Epiderme constituída por um epitélio simples, contendo células glandulares e sensoriais. Esqueleto ausente. Epitélio simples contendo células sensoriais. O corpo é revestido por um exoesqueleto constituídos por placas quitinosas secretadas pela epiderme. Sistema Digestivo Sistema digestivo ausente. Digestão exclusivamente intracelular realizada por coanócitos. Boca circundada por tentáculos e ligada a uma cavidade digestiva (cavidade gastrovascular) simples ou dividida; ausência de anus. Digestão extra é intracelular. É incompleto por não apresentar abertura de ingestão. É constituído por boca, faringe e intestino ramificado terminado em fundo cego. Digestão extra e intracelular. É completo e constituído por boca, esôfago sugador, intestino e ânus. A digestão é extracelular. É completo, tubuloso, estendendo-se desde a boca até o ânus e podendo ser dividido em boca, faringe, esôfago, papo, moela, intestino e ânus. Digestão extracelular. Completo com boca, faringe e o esôfago. Segue-se intestino médio, terminal e ânus. Como anexos aparecem glândulas salivares. Digestão extracelular.
  • 2. Sistema Respiratório Sistema respiratório ausente. A respiração é aeróbia. Cada célula realiza diretamente com o meio (difusão) as trocas respiratórias. Respiratório ausente. Mesmo processo realizado pelos espongiários. Respiratório ausente. As trocas respiratórias são feitas por difusão. Nos parasitas a respiração é aeróbia. Respiratório é ausente. Processo idêntico ao que ocorre nos platielmintes. A respiração pode ser cutânea ou braquial. A cutânea é feita através da intensa vascularização situada abaixo da epiderme. As brânquias ocorrem em poliquetos. Nos mais primitivos a respiração é cutânea. Nos crustáceos é branquial, sendo traqueal em insetos e aracnídeos. Nos aracnídeos aparece ainda a respiração pulmonar. Sistema Circulatório Circulatório ausente. Circulatório ausente. A cavidade gastrovascular representa um sistema de transporte primitivo. Circulatório ausente. As ramificações do sistema digestivo auxiliam na circulação. Não existe sistema circulatório. Pela primeira vez, na escala, aparece um sistema circulatório fechado com um sistema de vasos longitudinais. O sangue contém plasma e hemoglobina dissolvida. É do tipo lacunar e constituído por coração, artérias e hemoceles. O líquido circundante é chamado de hemolinfa. Sistema Excretor Não existe sistema excretor. As células eliminam por difusão seus excretas, diretamente para o meio externo. Ausente. Mesmo processo dos espongiários. Primeiros animais da escala com um sistema excretor formado por células-flama. Sistema tipo em H com 2 canais excretores laterais que se unem e formam um tubo único que desemboca no exterior. Sistema excretor formado por pares de nefrídeos. Tubos de Malpigui Sistema Nervoso Não existe sistema nervoso. Sistema nervosos difuso formado por rede de células nervosas. Existência de Primeiros animais dotados de uns sistemas nervosos central, constituídos por Constituído por um anel nervoso e uma série de cordões nervosos longitudinais. Sistema nervoso ganglionar ventral. Em cada anel um par de gânglios. Semelhantes a dos anelídeos, ou seja, ganglionar e ventral.
  • 3. Moluscos; - Equinodermas; - Peixes; - Anelídeos; - Répteis; - Aves; - Mamíferos. células fotossensíveis e estatocistos. um par de gânglios cerebróides ou um anel nervoso, ligados a cordões longitudinais. Reprodução Reprodução assexuada feita por brotamento e gemulação; sexuada produzindo uma larva ciliada. Assexuada. Animal geralmente hermafrodita. Animais de sexos separados com dimorfismo sexual. Fêmeas com grande fertilidade e existência de estágios larvários. Sexos separados e hermafroditas. Desenvolvimento direto e indireto através da larva. Grande capacidade de regeneração. Geralmente unissexuais. Crustáceos cirripedios são hermafroditas. Fecundação interna.