SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Baixar para ler offline
ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA JOSEFA BOTELHO.
Laboratório de Informática – Turno Matutino
Hora do Código
Em nosso ambiente escolar
• Público Alvo: Turma do 1º Ano “B”
• Turno: Matutino
• Professora Titular: Gerlane Fernandes da Silva Félix
• Coordenação: Professora Eudésia Carvalho (Núcleo de Tecnologia
Educacional NTE – Natal/RN)
• Professora Regente (Executora): Sidneide Maria Campos
Por que Hora do Código?
Porque é um evento mundial e/ou nacional onde participantes
experimentam a ciência da computação por uma hora durante a semana
através do site Code.org.
O que é?
Movimento global para introduzir a ciência da computação no cotidiano
escolar.
Criado pela Code.org uma instituição pública sem fins lucrativos com
parceiros em todo o mundo.
Quais disciplinas serão atingidas?
Qualquer disciplina pode ser inserida na Hora do Código em especial
Português e Matemática.
Objetivo.
Desmistificar a ciência da computação, tornando-o acessível a prática
dentro do cotidiano escolar.
A Hora do código no Brasil
Objetivos específicos.
• Apresentar os conceitos básicos da ciência da computação de forma
pedagógica;
• Compreender o sentido da linguagem da computação na vida
cotidiana;
• Desenvolver habilidades para a resolução de problemas, lógica,
criatividade, paciência e persistência;
• Planejar uma aula com a hora do código de acordo com a realidade
escolar;
• Realizar e participar de um evento da hora do código.
Metodologia.
• Aplicação de atividades abordadas no site;
• Reflexão e discussão das atividades práticas;
• Manuseio do site da hora do código e oficinas;
• Realização de eventos para alunos e professores;
Avaliação.
Contínua a partir do envolvimento dos educandos nas
vivências oportunizadas, bem como seu desempenho no processo
ensino aprendizagem .
UM ENCONTRO SEMANAL.
A HORA DO CÓDIGO EM NOSSO COTIDIANO ESCOLAR.
Um encontro semanal, na segunda-feira, com duração de uma
hora, a turma é direcionada em fila pela professora titular de sala de aula, ao
laboratório de informática para uma rotina de trabalhos pedagógicos.
Nossa rotina:
• Roda de conversa.
Conversar sobre as vivências à serem oportunizadas, relatos pessoais de
vida, hipóteses sobre determinados destaques, questionamentos, sugestões
para próximos encontros, etc.;
• Atividades.
São oportunizadas inicialmente com materiais concretos para reflexão,
discussão e ação coletiva, oportunizando o envolvimento de todos. Após
algumas vivências concretas, serão oportunizados momentos com a lousa
digital e computadores através do site Code.org.
• Avaliação oral sobre o encontro e vivências, sugestões, etc.
Ciência da computação em nossa vida.
- Breve Introdução –
A maioria das crianças não sabe o que é a ciência da computação.
Explique o que é a ciência da computação de maneira simples. Use
exemplos de aplicações que sensibilizem meninos e meninas (por exemplo,
salvar vidas, ajudar as pessoas, conectar as pessoas etc.).
Introduza a seguinte proposta de reflexão: "Pense sobre as coisas
em sua vida cotidiana que usam a ciência da computação: telefone celular,
microondas, computador, semáforo... todas essas coisas precisaram do
cientista da computação para serem construídas.“
Ou: "A ciência da computação é a arte de misturar ideias humanas
e ferramentas digitais para aumentar nosso poder. Os cientistas da
computação trabalham em muitas áreas diferentes, como: escrever
aplicativos para celulares, curar doenças, criar filmes de animação, trabalhar
em mídias sociais, construir robôs que exploram outros planetas e muito
mais".
Aprendendo a linguagem computacional.
Serão oportunizadas palavras novas, próprias da ciência da
computação a partir da relação com a vida cotidiana. Momentos de
discussão, reflexão e percepção que são palavras existentes, com
linguagem diferenciada e própria de determinados espaços tecnológicos.
ALGORÍTMO.
Lista de instruções que se deve seguir para executar uma
determinada tarefa.
PROGRAMA.
Códigos elaborados para serem executados por uma máquina.
De olhos vendados, um aluno deve chegar na carinha feliz
através de comandos corretos de um colega.
Mais Conhecimentos.
A Code.org é uma organização sem fins lucrativos dedicada a
expandir o ensino de ciência da computação. Nossa visão é que todos os
alunos, de todas as escolas, devem ter a oportunidade de aprender
programação de computadores. Acreditamos que a ciência da computação
deve fazer parte do currículo escolar: ciência, tecnologia, engenharia,
matemática, biologia, física, química e álgebra.
Com a Hora do Código no Brasil, a Code.org pretende ajudar a
desmistificar a ideia de que programação é algo difícil, e permitir que pais,
professores e alunos de todo o país tenham uma introdução divertida à
programação. Esperamos que esta iniciativa sirva como incentivo e mostre
que todos são capazes de programar.
A equipe da Hora do Código no Brasil é liderada pela Fundação
Lemann.
O SITE PROPÕE DESAFIOS!
ANEXOS
Desafio Coletivo !
Ordenar corretamente as ilustrações
apresentadas a partir da palavra nova
algoritmo.
Estou pensando qual
será a próxima...
O caminho é fácil!
Estou precisando de muitos
códigos!
Calma, estou
chegando!
Consegui!
Obrigada pela parceria professora Gerlane!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ensinando e aprendendo com as tics
Ensinando e aprendendo com as ticsEnsinando e aprendendo com as tics
Ensinando e aprendendo com as ticsRosemari Ramalho
 
Educação infantil
Educação infantilEducação infantil
Educação infantilRenata Rios
 
Informática na educação infantil
Informática na educação infantilInformática na educação infantil
Informática na educação infantilClaudinéia da Silva
 
O Uso da Informática Na Aula De PortuguêS
O Uso da Informática Na Aula De PortuguêSO Uso da Informática Na Aula De PortuguêS
O Uso da Informática Na Aula De PortuguêSguest99ce03
 
Informática educação 1ª aula
Informática educação 1ª aulaInformática educação 1ª aula
Informática educação 1ª aulajhecioosaki
 
Apres Proj Coord Motora
Apres Proj Coord MotoraApres Proj Coord Motora
Apres Proj Coord Motorarodrigo.zatta
 
Relatório projeto integrado - Viciados em Tecnologia
Relatório projeto integrado - Viciados em TecnologiaRelatório projeto integrado - Viciados em Tecnologia
Relatório projeto integrado - Viciados em Tecnologialigia_mm
 
Projeto De InformáTica
Projeto De InformáTicaProjeto De InformáTica
Projeto De InformáTicaguest062d4f
 
Planif. form. palavras
Planif. form. palavrasPlanif. form. palavras
Planif. form. palavraspaulasalvador
 
Aula inaugural
Aula inauguralAula inaugural
Aula inauguralntmitapeva
 
Projeto De Informatica InclusãO Digital
Projeto De Informatica InclusãO DigitalProjeto De Informatica InclusãO Digital
Projeto De Informatica InclusãO Digitaljoice2008
 
Planificação
PlanificaçãoPlanificação
PlanificaçãoSofia Jose
 
Uso das tecnologias na educação - Prefeitura Municipal de Uberaba
Uso das tecnologias na educação - Prefeitura Municipal de UberabaUso das tecnologias na educação - Prefeitura Municipal de Uberaba
Uso das tecnologias na educação - Prefeitura Municipal de Uberabamariaassuncao
 

Mais procurados (17)

Ensinando e aprendendo com as tics
Ensinando e aprendendo com as ticsEnsinando e aprendendo com as tics
Ensinando e aprendendo com as tics
 
Educação infantil
Educação infantilEducação infantil
Educação infantil
 
Informática na educação infantil
Informática na educação infantilInformática na educação infantil
Informática na educação infantil
 
O Uso da Informática Na Aula De PortuguêS
O Uso da Informática Na Aula De PortuguêSO Uso da Informática Na Aula De PortuguêS
O Uso da Informática Na Aula De PortuguêS
 
Informática educação 1ª aula
Informática educação 1ª aulaInformática educação 1ª aula
Informática educação 1ª aula
 
Apres Proj Coord Motora
Apres Proj Coord MotoraApres Proj Coord Motora
Apres Proj Coord Motora
 
Relatório projeto integrado - Viciados em Tecnologia
Relatório projeto integrado - Viciados em TecnologiaRelatório projeto integrado - Viciados em Tecnologia
Relatório projeto integrado - Viciados em Tecnologia
 
Trabalhando o tempo
Trabalhando o tempoTrabalhando o tempo
Trabalhando o tempo
 
Ativ32oldineiaferreira
Ativ32oldineiaferreiraAtiv32oldineiaferreira
Ativ32oldineiaferreira
 
Projeto Parlendas
Projeto ParlendasProjeto Parlendas
Projeto Parlendas
 
Projeto De InformáTica
Projeto De InformáTicaProjeto De InformáTica
Projeto De InformáTica
 
Planif. form. palavras
Planif. form. palavrasPlanif. form. palavras
Planif. form. palavras
 
Aula inaugural
Aula inauguralAula inaugural
Aula inaugural
 
Slide atividade 3.4
Slide atividade 3.4Slide atividade 3.4
Slide atividade 3.4
 
Projeto De Informatica InclusãO Digital
Projeto De Informatica InclusãO DigitalProjeto De Informatica InclusãO Digital
Projeto De Informatica InclusãO Digital
 
Planificação
PlanificaçãoPlanificação
Planificação
 
Uso das tecnologias na educação - Prefeitura Municipal de Uberaba
Uso das tecnologias na educação - Prefeitura Municipal de UberabaUso das tecnologias na educação - Prefeitura Municipal de Uberaba
Uso das tecnologias na educação - Prefeitura Municipal de Uberaba
 

Semelhante a Hora do Código na Escola Municipal Professora Josefa Botelho

Linguagem Digital (Ana Flávia Colen Castelo Borges)
Linguagem Digital  (Ana Flávia Colen Castelo Borges)Linguagem Digital  (Ana Flávia Colen Castelo Borges)
Linguagem Digital (Ana Flávia Colen Castelo Borges)Luúh Reis
 
linguagem digital
linguagem digitallinguagem digital
linguagem digitalmenezesiara
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem DigitalLuúh Reis
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digitaldssoliveira
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digitalruasbruna
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digitaldssoliveira
 
Slide. pronto
Slide. prontoSlide. pronto
Slide. prontoruasbruna
 
LIE Escola Indígena Borari 2012
LIE Escola Indígena Borari 2012LIE Escola Indígena Borari 2012
LIE Escola Indígena Borari 2012Edilson Freitas
 
Trabalhoinformtica 140915075942-phpapp02
Trabalhoinformtica 140915075942-phpapp02Trabalhoinformtica 140915075942-phpapp02
Trabalhoinformtica 140915075942-phpapp02Samuel Vinícius
 
Trabalho informática
 Trabalho informática Trabalho informática
Trabalho informáticadezzaf
 
Informática aplicada à Educação
Informática aplicada à Educação Informática aplicada à Educação
Informática aplicada à Educação Samuel Vinícius
 
Slides tecnologia da educação
Slides tecnologia da educaçãoSlides tecnologia da educação
Slides tecnologia da educaçãoAlvorino Junior
 
Proposições educação infantil
Proposições educação infantilProposições educação infantil
Proposições educação infantilanamarialeles2014
 
Proposições educação infantil
Proposições educação infantilProposições educação infantil
Proposições educação infantilJulianapedagogiapuc
 
Proposições educação infantil
Proposições educação infantilProposições educação infantil
Proposições educação infantilBárbara Faria
 
Unidade 1 - Curso Introdução à Educação Digital
Unidade 1 - Curso Introdução à Educação DigitalUnidade 1 - Curso Introdução à Educação Digital
Unidade 1 - Curso Introdução à Educação DigitalAna Lúcia Lemes Nunes Silva
 
Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.
Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.
Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.Diego Marinho Morais
 

Semelhante a Hora do Código na Escola Municipal Professora Josefa Botelho (20)

Linguagem Digital (Ana Flávia Colen Castelo Borges)
Linguagem Digital  (Ana Flávia Colen Castelo Borges)Linguagem Digital  (Ana Flávia Colen Castelo Borges)
Linguagem Digital (Ana Flávia Colen Castelo Borges)
 
linguagem digital
linguagem digitallinguagem digital
linguagem digital
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
 
Slide. pronto
Slide. prontoSlide. pronto
Slide. pronto
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
 
LIE Escola Indígena Borari 2012
LIE Escola Indígena Borari 2012LIE Escola Indígena Borari 2012
LIE Escola Indígena Borari 2012
 
Trabalhoinformtica 140915075942-phpapp02
Trabalhoinformtica 140915075942-phpapp02Trabalhoinformtica 140915075942-phpapp02
Trabalhoinformtica 140915075942-phpapp02
 
Trabalho informática
 Trabalho informática Trabalho informática
Trabalho informática
 
Informática aplicada à Educação
Informática aplicada à Educação Informática aplicada à Educação
Informática aplicada à Educação
 
Trabalho informática
Trabalho informáticaTrabalho informática
Trabalho informática
 
Dom Bosco
Dom BoscoDom Bosco
Dom Bosco
 
Slides tecnologia da educação
Slides tecnologia da educaçãoSlides tecnologia da educação
Slides tecnologia da educação
 
Proposições educação infantil
Proposições educação infantilProposições educação infantil
Proposições educação infantil
 
Proposições educação infantil
Proposições educação infantilProposições educação infantil
Proposições educação infantil
 
Proposições educação infantil
Proposições educação infantilProposições educação infantil
Proposições educação infantil
 
Unidade 1 - Curso Introdução à Educação Digital
Unidade 1 - Curso Introdução à Educação DigitalUnidade 1 - Curso Introdução à Educação Digital
Unidade 1 - Curso Introdução à Educação Digital
 
Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.
Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.
Um passo para o futuro da educação: o olhar do tecnófilo.
 

Mais de Sidneide Maria Campos

Mais de Sidneide Maria Campos (9)

Tecnologia em nosso dia a dia
Tecnologia em nosso dia a diaTecnologia em nosso dia a dia
Tecnologia em nosso dia a dia
 
Acolhida dos alunos CMEI Carmem Reis 2016
Acolhida dos alunos CMEI Carmem Reis 2016Acolhida dos alunos CMEI Carmem Reis 2016
Acolhida dos alunos CMEI Carmem Reis 2016
 
Festival de cinema video online 2016 copia
Festival de cinema video online 2016   copiaFestival de cinema video online 2016   copia
Festival de cinema video online 2016 copia
 
Ajuda da tecnologia em nosso dia a dia.
Ajuda da tecnologia em nosso dia a dia.Ajuda da tecnologia em nosso dia a dia.
Ajuda da tecnologia em nosso dia a dia.
 
Festival de cinema 2016
Festival de cinema 2016Festival de cinema 2016
Festival de cinema 2016
 
Significados dos nomes (Gerlane Fernandes)
Significados dos nomes (Gerlane Fernandes)Significados dos nomes (Gerlane Fernandes)
Significados dos nomes (Gerlane Fernandes)
 
As bandeirinhas (Gerlane Fernandes)
As bandeirinhas (Gerlane Fernandes)As bandeirinhas (Gerlane Fernandes)
As bandeirinhas (Gerlane Fernandes)
 
Vida no campo
Vida no campoVida no campo
Vida no campo
 
Estudo do 4º ano.pptx slide artista militão dos santos
Estudo do 4º ano.pptx slide artista militão dos santosEstudo do 4º ano.pptx slide artista militão dos santos
Estudo do 4º ano.pptx slide artista militão dos santos
 

Último

HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfSandra Pratas
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxLuisCarlosAlves10
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfWALDIRENEPINTODEMACE
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturaPizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturagomescostamma
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 

Último (20)

HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturaPizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 

Hora do Código na Escola Municipal Professora Josefa Botelho

  • 1. ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA JOSEFA BOTELHO. Laboratório de Informática – Turno Matutino Hora do Código Em nosso ambiente escolar • Público Alvo: Turma do 1º Ano “B” • Turno: Matutino • Professora Titular: Gerlane Fernandes da Silva Félix • Coordenação: Professora Eudésia Carvalho (Núcleo de Tecnologia Educacional NTE – Natal/RN) • Professora Regente (Executora): Sidneide Maria Campos
  • 2. Por que Hora do Código? Porque é um evento mundial e/ou nacional onde participantes experimentam a ciência da computação por uma hora durante a semana através do site Code.org.
  • 3. O que é? Movimento global para introduzir a ciência da computação no cotidiano escolar. Criado pela Code.org uma instituição pública sem fins lucrativos com parceiros em todo o mundo. Quais disciplinas serão atingidas? Qualquer disciplina pode ser inserida na Hora do Código em especial Português e Matemática. Objetivo. Desmistificar a ciência da computação, tornando-o acessível a prática dentro do cotidiano escolar.
  • 4. A Hora do código no Brasil
  • 5. Objetivos específicos. • Apresentar os conceitos básicos da ciência da computação de forma pedagógica; • Compreender o sentido da linguagem da computação na vida cotidiana; • Desenvolver habilidades para a resolução de problemas, lógica, criatividade, paciência e persistência; • Planejar uma aula com a hora do código de acordo com a realidade escolar; • Realizar e participar de um evento da hora do código. Metodologia. • Aplicação de atividades abordadas no site; • Reflexão e discussão das atividades práticas; • Manuseio do site da hora do código e oficinas; • Realização de eventos para alunos e professores;
  • 6. Avaliação. Contínua a partir do envolvimento dos educandos nas vivências oportunizadas, bem como seu desempenho no processo ensino aprendizagem .
  • 8. A HORA DO CÓDIGO EM NOSSO COTIDIANO ESCOLAR. Um encontro semanal, na segunda-feira, com duração de uma hora, a turma é direcionada em fila pela professora titular de sala de aula, ao laboratório de informática para uma rotina de trabalhos pedagógicos. Nossa rotina: • Roda de conversa. Conversar sobre as vivências à serem oportunizadas, relatos pessoais de vida, hipóteses sobre determinados destaques, questionamentos, sugestões para próximos encontros, etc.; • Atividades. São oportunizadas inicialmente com materiais concretos para reflexão, discussão e ação coletiva, oportunizando o envolvimento de todos. Após algumas vivências concretas, serão oportunizados momentos com a lousa digital e computadores através do site Code.org. • Avaliação oral sobre o encontro e vivências, sugestões, etc.
  • 9. Ciência da computação em nossa vida. - Breve Introdução – A maioria das crianças não sabe o que é a ciência da computação. Explique o que é a ciência da computação de maneira simples. Use exemplos de aplicações que sensibilizem meninos e meninas (por exemplo, salvar vidas, ajudar as pessoas, conectar as pessoas etc.). Introduza a seguinte proposta de reflexão: "Pense sobre as coisas em sua vida cotidiana que usam a ciência da computação: telefone celular, microondas, computador, semáforo... todas essas coisas precisaram do cientista da computação para serem construídas.“ Ou: "A ciência da computação é a arte de misturar ideias humanas e ferramentas digitais para aumentar nosso poder. Os cientistas da computação trabalham em muitas áreas diferentes, como: escrever aplicativos para celulares, curar doenças, criar filmes de animação, trabalhar em mídias sociais, construir robôs que exploram outros planetas e muito mais".
  • 10. Aprendendo a linguagem computacional. Serão oportunizadas palavras novas, próprias da ciência da computação a partir da relação com a vida cotidiana. Momentos de discussão, reflexão e percepção que são palavras existentes, com linguagem diferenciada e própria de determinados espaços tecnológicos.
  • 11. ALGORÍTMO. Lista de instruções que se deve seguir para executar uma determinada tarefa.
  • 12. PROGRAMA. Códigos elaborados para serem executados por uma máquina. De olhos vendados, um aluno deve chegar na carinha feliz através de comandos corretos de um colega.
  • 13. Mais Conhecimentos. A Code.org é uma organização sem fins lucrativos dedicada a expandir o ensino de ciência da computação. Nossa visão é que todos os alunos, de todas as escolas, devem ter a oportunidade de aprender programação de computadores. Acreditamos que a ciência da computação deve fazer parte do currículo escolar: ciência, tecnologia, engenharia, matemática, biologia, física, química e álgebra. Com a Hora do Código no Brasil, a Code.org pretende ajudar a desmistificar a ideia de que programação é algo difícil, e permitir que pais, professores e alunos de todo o país tenham uma introdução divertida à programação. Esperamos que esta iniciativa sirva como incentivo e mostre que todos são capazes de programar. A equipe da Hora do Código no Brasil é liderada pela Fundação Lemann.
  • 14. O SITE PROPÕE DESAFIOS!
  • 15.
  • 17. Desafio Coletivo ! Ordenar corretamente as ilustrações apresentadas a partir da palavra nova algoritmo.
  • 18. Estou pensando qual será a próxima...
  • 19. O caminho é fácil!
  • 20. Estou precisando de muitos códigos!
  • 23. Obrigada pela parceria professora Gerlane!