SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
Baixar para ler offline
ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA JOSEFA
BOTELHO
LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA
PROPOSTA DE TRABALHO
Objetivo principal do Laboratório de Informática
 Desenvolver atividades articuladas com o
planejamento do(a) professor(a) de sala de
aula através das diferentes disciplinas de
estudos:
 Português.
o Ortografia das palavras: palavras cruzadas,
caça-palavras, forca, adivinhas, etc.
o Leitura de diferentes portadores textuais;
o Literatura;
o Biografia de alguns escritores;
 Matemática.
o Operações fundamentais: adição(+)
,subtração(-), multiplicação(x) e divisão(÷);
o Jogos de raciocínio e habilidade lógica:
desbloqueio,canhão
cromático,tetris,robox,etc.
o Situações problemas, etc.
 .Ciências.
o Corpo humano;
o Alimentação;
o Saúde;
o Meio ambiente: preservação e
sustentabilidade, etc.
 História.
o Acontecimentos marcantes do Brasil e do
mundo;
o Eventos comemorativos: carnaval, semana
santa, páscoa, festas juninas e natalinas, etc.
 Geografia.
o Meio ambiente natural e transformado;
o Zona urbana e rural;
o Desenvolvimento populacional e qualidade de
vida social, etc.
;
 Artes.
o Conhecimento, reflexão, apreciação de obras
artísticas e biografia de seus criadores;
o Liberdade de imaginar e edificar propostas
artísticas pessoais e/ou grupais com base em
impressões próprias, etc.
 Educação Física.
o Conhecimento sobre o corpo;
o Atividades rítmicas e expressivas;
o Brincadeiras, esportes, jogos, etc.
 Religião.
o Conhecer, refletir e respeitar a diversidade
religiosa popular.
Normas para o funcionamento do
Laboratório de Informática.
 Usuários deverão manter condições de higiene
adequadas:
Evitar alimentos, bebidas, balas e outros
poluentes.
 O laboratório só poderá ser utilizado com a
presença da professora regente e pelo
professor de sala de aula (responsáveis pela
integridade dos equipamentos).
 Após as aulas o laboratório deverá ser
organizado para o turno seguinte (cadeiras
no local devido, lixo na lixeira, etc.)
ROTINA NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA.
 Turma à ser atendida direcionar-se ao
Laboratório de Informática em fila para
melhor atendimento e organização dos
trabalhos (alunos e professor de sala de
aula).
 Roda de acolhida: Boas vindas!
 Ouvir com atenção a proposta de trabalho e
orientações necessárias para o momento;
 Importância da parceria no uso dos
computadores (uso em dupla).
 Após término das atividades realizadas
deixar o laboratório de informática em fila
para retorno à sala de aula.
Importância da avaliação oral e/ou escrita
das aulas no Laboratório de Informática.
o Objetivo: Contribuir com aprendizagem dos
envolvidos a partir das atividades realizadas
com as ferramentas tecnológicas
disponíveis.
PARTES PRINCIPAIS DO COMPUTADOR
TECLADO
Permite a entrada de dados no computador através
da nossa digitação (escrita) com as teclas de letras,
números e outras funções especificas de
comunicação.
MOUSE
É um dispositivo que controla um cursor (ou
ponteiro) na tela da máquina, servindo como uma
espécie de extensão das mãos de uma pessoa e,
mais precisamente, como meio de comunicação
entre o homem e o computador.
MONITOR DE VÍDEO
Oportuniza visualizar ações desejadas: produções
escritas, leitura de diferentes textos, assistir filmes,
ver fotos, ouvir músicas, conversar à distância com
alguém, etc.
GABINETE
É o cérebro do computador: guarda e exibe
informações diversas.
Uso responsável do computador para
melhor conservação.
Revisão Geral.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto de pesquisa internet 2011
Projeto de pesquisa internet 2011Projeto de pesquisa internet 2011
Projeto de pesquisa internet 2011saladerecursos
 
O Uso da Informática Na Aula De PortuguêS
O Uso da Informática Na Aula De PortuguêSO Uso da Informática Na Aula De PortuguêS
O Uso da Informática Na Aula De PortuguêSguest99ce03
 
Apres Proj Coord Motora
Apres Proj Coord MotoraApres Proj Coord Motora
Apres Proj Coord Motorarodrigo.zatta
 
Plano Intervenção em Sala de Aula
Plano Intervenção em Sala de AulaPlano Intervenção em Sala de Aula
Plano Intervenção em Sala de Aularitabbm
 
Informática educação 1ª aula
Informática educação 1ª aulaInformática educação 1ª aula
Informática educação 1ª aulajhecioosaki
 
Informática na educação infantil
Informática na educação infantilInformática na educação infantil
Informática na educação infantilClaudinéia da Silva
 
Formação de Monitores de Tecnologias Educacionais - Sequência Didática no Lab...
Formação de Monitores de Tecnologias Educacionais - Sequência Didática no Lab...Formação de Monitores de Tecnologias Educacionais - Sequência Didática no Lab...
Formação de Monitores de Tecnologias Educacionais - Sequência Didática no Lab...naiaranobre
 
Educação infantil
Educação infantilEducação infantil
Educação infantilRenata Rios
 
Actividade com as tic para uma turma de 1º e 4º ano
Actividade com as tic para uma turma de 1º  e 4º anoActividade com as tic para uma turma de 1º  e 4º ano
Actividade com as tic para uma turma de 1º e 4º anoPaulo Santos
 
Projeto De InformáTica
Projeto De InformáTicaProjeto De InformáTica
Projeto De InformáTicaguest062d4f
 
Planificação
PlanificaçãoPlanificação
PlanificaçãoSofia Jose
 
Malothatividade3
Malothatividade3Malothatividade3
Malothatividade3CidaLoth
 

Mais procurados (17)

Projeto de pesquisa internet 2011
Projeto de pesquisa internet 2011Projeto de pesquisa internet 2011
Projeto de pesquisa internet 2011
 
O Uso da Informática Na Aula De PortuguêS
O Uso da Informática Na Aula De PortuguêSO Uso da Informática Na Aula De PortuguêS
O Uso da Informática Na Aula De PortuguêS
 
Apres Proj Coord Motora
Apres Proj Coord MotoraApres Proj Coord Motora
Apres Proj Coord Motora
 
Plano Intervenção em Sala de Aula
Plano Intervenção em Sala de AulaPlano Intervenção em Sala de Aula
Plano Intervenção em Sala de Aula
 
Informática educação 1ª aula
Informática educação 1ª aulaInformática educação 1ª aula
Informática educação 1ª aula
 
Informática na educação infantil
Informática na educação infantilInformática na educação infantil
Informática na educação infantil
 
Portifólio proinfo
Portifólio proinfoPortifólio proinfo
Portifólio proinfo
 
Formação de Monitores de Tecnologias Educacionais - Sequência Didática no Lab...
Formação de Monitores de Tecnologias Educacionais - Sequência Didática no Lab...Formação de Monitores de Tecnologias Educacionais - Sequência Didática no Lab...
Formação de Monitores de Tecnologias Educacionais - Sequência Didática no Lab...
 
Educação infantil
Educação infantilEducação infantil
Educação infantil
 
Sugestões de atividades para sala informatizada
Sugestões de atividades para sala informatizadaSugestões de atividades para sala informatizada
Sugestões de atividades para sala informatizada
 
Slide atividade 3.4
Slide atividade 3.4Slide atividade 3.4
Slide atividade 3.4
 
Actividade com as tic para uma turma de 1º e 4º ano
Actividade com as tic para uma turma de 1º  e 4º anoActividade com as tic para uma turma de 1º  e 4º ano
Actividade com as tic para uma turma de 1º e 4º ano
 
Projeto De InformáTica
Projeto De InformáTicaProjeto De InformáTica
Projeto De InformáTica
 
Plnm seia-1
Plnm seia-1Plnm seia-1
Plnm seia-1
 
Plnm seia-3
Plnm seia-3Plnm seia-3
Plnm seia-3
 
Planificação
PlanificaçãoPlanificação
Planificação
 
Malothatividade3
Malothatividade3Malothatividade3
Malothatividade3
 

Semelhante a Proposta trabalho Lab Inf 2016

Valesca Irala TIC no ensino de E/LE
Valesca Irala TIC no ensino de E/LEValesca Irala TIC no ensino de E/LE
Valesca Irala TIC no ensino de E/LEEventos COPESBRA
 
12 o uso do laboratório de informática como ferramenta pedagógica
12  o uso do laboratório de informática como ferramenta pedagógica12  o uso do laboratório de informática como ferramenta pedagógica
12 o uso do laboratório de informática como ferramenta pedagógicajuniorfuleragem
 
O tratamento da informação com o uso do softwear estat d+
O tratamento da informação com o uso do softwear estat d+O tratamento da informação com o uso do softwear estat d+
O tratamento da informação com o uso do softwear estat d+Suzicassia Ribeiro
 
Utilizando o-winplot prof.-erminia
Utilizando o-winplot prof.-erminiaUtilizando o-winplot prof.-erminia
Utilizando o-winplot prof.-erminiaFranbfk
 
Relatório semestral das atividades da sala de tecnologias 2013
Relatório semestral das atividades da sala de tecnologias 2013Relatório semestral das atividades da sala de tecnologias 2013
Relatório semestral das atividades da sala de tecnologias 2013rscarvalho2007
 
Artigo 11º Fórum Internacional de Softwares Livres
Artigo 11º Fórum Internacional de Softwares LivresArtigo 11º Fórum Internacional de Softwares Livres
Artigo 11º Fórum Internacional de Softwares LivresJomari
 
Pe pedagogia 12007
Pe pedagogia 12007Pe pedagogia 12007
Pe pedagogia 12007mfdeia
 
2003 ciee educacao informatica feneis
2003 ciee educacao informatica feneis2003 ciee educacao informatica feneis
2003 ciee educacao informatica feneisandrea giovanella
 
Formação crp paic+
Formação crp paic+Formação crp paic+
Formação crp paic+Leno Pinheiro
 
Projeto Comunicação
Projeto ComunicaçãoProjeto Comunicação
Projeto ComunicaçãoLuciane Silva
 
Objetos de Aprendizage ProUCA-CE
Objetos de Aprendizage ProUCA-CEObjetos de Aprendizage ProUCA-CE
Objetos de Aprendizage ProUCA-CEMarcia Duarte
 
Scratch...? Caminhos...
Scratch...? Caminhos...Scratch...? Caminhos...
Scratch...? Caminhos...3zamar
 
Desafio 11 maria_alessandra_laboratório_rotacional
Desafio 11 maria_alessandra_laboratório_rotacionalDesafio 11 maria_alessandra_laboratório_rotacional
Desafio 11 maria_alessandra_laboratório_rotacionalledubowski
 
Análise de ferramentas para o ensino de computação na educação básica
Análise de ferramentas para o ensino de computação na educação básicaAnálise de ferramentas para o ensino de computação na educação básica
Análise de ferramentas para o ensino de computação na educação básicaAline Ferreira
 
Agenda 1 presencial unidade 1
Agenda 1 presencial   unidade 1Agenda 1 presencial   unidade 1
Agenda 1 presencial unidade 1adriamar
 
Agenda 1 presencial unidade 1
Agenda 1 presencial   unidade 1Agenda 1 presencial   unidade 1
Agenda 1 presencial unidade 1adriamar
 

Semelhante a Proposta trabalho Lab Inf 2016 (20)

Valesca Irala TIC no ensino de E/LE
Valesca Irala TIC no ensino de E/LEValesca Irala TIC no ensino de E/LE
Valesca Irala TIC no ensino de E/LE
 
Sexta Oficina Semio-Participativa
Sexta Oficina Semio-ParticipativaSexta Oficina Semio-Participativa
Sexta Oficina Semio-Participativa
 
12 o uso do laboratório de informática como ferramenta pedagógica
12  o uso do laboratório de informática como ferramenta pedagógica12  o uso do laboratório de informática como ferramenta pedagógica
12 o uso do laboratório de informática como ferramenta pedagógica
 
O tratamento da informação com o uso do softwear estat d+
O tratamento da informação com o uso do softwear estat d+O tratamento da informação com o uso do softwear estat d+
O tratamento da informação com o uso do softwear estat d+
 
Utilizando o-winplot prof.-erminia
Utilizando o-winplot prof.-erminiaUtilizando o-winplot prof.-erminia
Utilizando o-winplot prof.-erminia
 
Relatório semestral das atividades da sala de tecnologias 2013
Relatório semestral das atividades da sala de tecnologias 2013Relatório semestral das atividades da sala de tecnologias 2013
Relatório semestral das atividades da sala de tecnologias 2013
 
Artigo 11º Fórum Internacional de Softwares Livres
Artigo 11º Fórum Internacional de Softwares LivresArtigo 11º Fórum Internacional de Softwares Livres
Artigo 11º Fórum Internacional de Softwares Livres
 
Pe pedagogia 12007
Pe pedagogia 12007Pe pedagogia 12007
Pe pedagogia 12007
 
2003 ciee educacao informatica feneis
2003 ciee educacao informatica feneis2003 ciee educacao informatica feneis
2003 ciee educacao informatica feneis
 
Formação crp paic+
Formação crp paic+Formação crp paic+
Formação crp paic+
 
Ementa tec informatica
Ementa tec informaticaEmenta tec informatica
Ementa tec informatica
 
Projeto Comunicação
Projeto ComunicaçãoProjeto Comunicação
Projeto Comunicação
 
Objetos de Aprendizage ProUCA-CE
Objetos de Aprendizage ProUCA-CEObjetos de Aprendizage ProUCA-CE
Objetos de Aprendizage ProUCA-CE
 
PLANO DE AULA MENSAL MARÇO 4º ano
PLANO DE AULA MENSAL MARÇO 4º anoPLANO DE AULA MENSAL MARÇO 4º ano
PLANO DE AULA MENSAL MARÇO 4º ano
 
8c
8c8c
8c
 
Scratch...? Caminhos...
Scratch...? Caminhos...Scratch...? Caminhos...
Scratch...? Caminhos...
 
Desafio 11 maria_alessandra_laboratório_rotacional
Desafio 11 maria_alessandra_laboratório_rotacionalDesafio 11 maria_alessandra_laboratório_rotacional
Desafio 11 maria_alessandra_laboratório_rotacional
 
Análise de ferramentas para o ensino de computação na educação básica
Análise de ferramentas para o ensino de computação na educação básicaAnálise de ferramentas para o ensino de computação na educação básica
Análise de ferramentas para o ensino de computação na educação básica
 
Agenda 1 presencial unidade 1
Agenda 1 presencial   unidade 1Agenda 1 presencial   unidade 1
Agenda 1 presencial unidade 1
 
Agenda 1 presencial unidade 1
Agenda 1 presencial   unidade 1Agenda 1 presencial   unidade 1
Agenda 1 presencial unidade 1
 

Mais de Sidneide Maria Campos

Mais de Sidneide Maria Campos (9)

Tecnologia em nosso dia a dia
Tecnologia em nosso dia a diaTecnologia em nosso dia a dia
Tecnologia em nosso dia a dia
 
Acolhida dos alunos CMEI Carmem Reis 2016
Acolhida dos alunos CMEI Carmem Reis 2016Acolhida dos alunos CMEI Carmem Reis 2016
Acolhida dos alunos CMEI Carmem Reis 2016
 
Festival de cinema video online 2016 copia
Festival de cinema video online 2016   copiaFestival de cinema video online 2016   copia
Festival de cinema video online 2016 copia
 
Ajuda da tecnologia em nosso dia a dia.
Ajuda da tecnologia em nosso dia a dia.Ajuda da tecnologia em nosso dia a dia.
Ajuda da tecnologia em nosso dia a dia.
 
Festival de cinema 2016
Festival de cinema 2016Festival de cinema 2016
Festival de cinema 2016
 
Significados dos nomes (Gerlane Fernandes)
Significados dos nomes (Gerlane Fernandes)Significados dos nomes (Gerlane Fernandes)
Significados dos nomes (Gerlane Fernandes)
 
As bandeirinhas (Gerlane Fernandes)
As bandeirinhas (Gerlane Fernandes)As bandeirinhas (Gerlane Fernandes)
As bandeirinhas (Gerlane Fernandes)
 
Vida no campo
Vida no campoVida no campo
Vida no campo
 
Estudo do 4º ano.pptx slide artista militão dos santos
Estudo do 4º ano.pptx slide artista militão dos santosEstudo do 4º ano.pptx slide artista militão dos santos
Estudo do 4º ano.pptx slide artista militão dos santos
 

Último

Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfaulasgege
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.pptDaniloConceiodaSilva
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonAlgumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonRosiniaGonalves
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfWALDIRENEPINTODEMACE
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 

Último (20)

Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita PhytonAlgumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
Algumas Curiosidades do uso da Matemática na escrita Phyton
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 

Proposta trabalho Lab Inf 2016

  • 1. ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA JOSEFA BOTELHO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA PROPOSTA DE TRABALHO
  • 2. Objetivo principal do Laboratório de Informática  Desenvolver atividades articuladas com o planejamento do(a) professor(a) de sala de aula através das diferentes disciplinas de estudos:
  • 3.  Português. o Ortografia das palavras: palavras cruzadas, caça-palavras, forca, adivinhas, etc. o Leitura de diferentes portadores textuais; o Literatura; o Biografia de alguns escritores;
  • 4.  Matemática. o Operações fundamentais: adição(+) ,subtração(-), multiplicação(x) e divisão(÷); o Jogos de raciocínio e habilidade lógica: desbloqueio,canhão cromático,tetris,robox,etc. o Situações problemas, etc.
  • 5.  .Ciências. o Corpo humano; o Alimentação; o Saúde; o Meio ambiente: preservação e sustentabilidade, etc.
  • 6.  História. o Acontecimentos marcantes do Brasil e do mundo; o Eventos comemorativos: carnaval, semana santa, páscoa, festas juninas e natalinas, etc.
  • 7.  Geografia. o Meio ambiente natural e transformado; o Zona urbana e rural; o Desenvolvimento populacional e qualidade de vida social, etc. ;
  • 8.  Artes. o Conhecimento, reflexão, apreciação de obras artísticas e biografia de seus criadores; o Liberdade de imaginar e edificar propostas artísticas pessoais e/ou grupais com base em impressões próprias, etc.
  • 9.  Educação Física. o Conhecimento sobre o corpo; o Atividades rítmicas e expressivas; o Brincadeiras, esportes, jogos, etc.
  • 10.  Religião. o Conhecer, refletir e respeitar a diversidade religiosa popular.
  • 11. Normas para o funcionamento do Laboratório de Informática.  Usuários deverão manter condições de higiene adequadas: Evitar alimentos, bebidas, balas e outros poluentes.
  • 12.  O laboratório só poderá ser utilizado com a presença da professora regente e pelo professor de sala de aula (responsáveis pela integridade dos equipamentos).
  • 13.  Após as aulas o laboratório deverá ser organizado para o turno seguinte (cadeiras no local devido, lixo na lixeira, etc.)
  • 14. ROTINA NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA.  Turma à ser atendida direcionar-se ao Laboratório de Informática em fila para melhor atendimento e organização dos trabalhos (alunos e professor de sala de aula).
  • 15.  Roda de acolhida: Boas vindas!
  • 16.  Ouvir com atenção a proposta de trabalho e orientações necessárias para o momento;
  • 17.  Importância da parceria no uso dos computadores (uso em dupla).
  • 18.  Após término das atividades realizadas deixar o laboratório de informática em fila para retorno à sala de aula.
  • 19. Importância da avaliação oral e/ou escrita das aulas no Laboratório de Informática. o Objetivo: Contribuir com aprendizagem dos envolvidos a partir das atividades realizadas com as ferramentas tecnológicas disponíveis.
  • 20. PARTES PRINCIPAIS DO COMPUTADOR
  • 21. TECLADO Permite a entrada de dados no computador através da nossa digitação (escrita) com as teclas de letras, números e outras funções especificas de comunicação.
  • 22. MOUSE É um dispositivo que controla um cursor (ou ponteiro) na tela da máquina, servindo como uma espécie de extensão das mãos de uma pessoa e, mais precisamente, como meio de comunicação entre o homem e o computador.
  • 23. MONITOR DE VÍDEO Oportuniza visualizar ações desejadas: produções escritas, leitura de diferentes textos, assistir filmes, ver fotos, ouvir músicas, conversar à distância com alguém, etc.
  • 24. GABINETE É o cérebro do computador: guarda e exibe informações diversas.
  • 25. Uso responsável do computador para melhor conservação.