SlideShare uma empresa Scribd logo

Ficha de trabalho óvulo e oval

R
ruiseixas

Este documento fornece instruções para desenhar um óvulo e uma oval, incluindo suas definições e etapas para sua construção. É dado um exercício para desenhar um óvulo com circunferência inscrita de 10 cm e uma oval com eixo maior de 9 cm.

1 de 1
Baixar para ler offline
Bom trabalho 
Rui Almeida 
EBS DE CELORICO DE BASTO 
DISCIPLINA: EDUCAÇÃO VISUAL 
Ficha de trabalho: ÓVULO E OVAL 
7º ANO 
Óvulo – é uma linha curva fechada, constituída por quatro arcos de 
circunferência concordantes, sendo dois iguais e dois diferentes. O 
óvulo tem apenas um eixo de simetria. 
Oval – é uma linha curva fechada, constituída por quatro arcos de 
circunferência concordantes, iguais dois a dois. A oval tem dois eixos 
de simetria 
Traçado de um óvulo, sendo dado o eixo menor 
1. Traça uma circunferência com centro em O e diâmetro AB; 
2. Traça a mediatriz do eixo menor AB, obtendo o ponto E; 
3. Desenhas as semirretas AE e BE; 
4. Com centro no ponto A e raio iguala a AB, traça o arco de 
circunferência BC; 
5. Com centro no ponto B e raio igual a BA, traça o arco de 
circunferência DA; 
6. Com centro em E e raio igual a EC, traça o arco de circunferência 
CD. 
Traçado de uma oval, sendo dado o eixo menor 
1. Traça uma circunferência com centro em O e diâmetro 
AB; 
2. Traça a mediatriz do segmento AB e marca sobre esta os 
pontos C e D; 
3. Desenha as semirretas AC, AD, BC e BD; 
4. Com centro em A e raio AB, traça o arco de 
circunferência HG; 
5. Com centro em B e raio BA, traça o arco de 
circunferência EF; 
6. Com centro em C e raio CG, traça o arco de 
circunferência EG; 
7. Com centro em D e raio DF, traça o arco de 
circunferência FH 
Proposta de trabalho: 
1. Desenha um óvulo sabendo que o diâmetro da circunferência inscrita construtiva é de 10 cm; 
2. Desenha uma oval, sabendo que o eixo maior é de 9 cm.

Recomendados

Ficha de trabalho construção de espirais
Ficha de trabalho   construção de espiraisFicha de trabalho   construção de espirais
Ficha de trabalho construção de espiraisruiseixas
 
Ficha nº 6 estudo dos arcos
Ficha nº 6 estudo dos arcosFicha nº 6 estudo dos arcos
Ficha nº 6 estudo dos arcosruiseixas
 
Ficha de trabalho óvulo e oval - 2
Ficha de trabalho   óvulo e oval - 2Ficha de trabalho   óvulo e oval - 2
Ficha de trabalho óvulo e oval - 2ruiseixas
 
Ficha nº 8 óvulo e oval
Ficha nº 8 óvulo e ovalFicha nº 8 óvulo e oval
Ficha nº 8 óvulo e ovalruiseixas
 
Espirais - Espiral Tricêntrica
Espirais - Espiral TricêntricaEspirais - Espiral Tricêntrica
Espirais - Espiral TricêntricaArtes Real
 
Ficha nº 5 espirais
Ficha nº 5 espiraisFicha nº 5 espirais
Ficha nº 5 espiraisruiseixas
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sistema de Projeção Axonométrica
Sistema de Projeção AxonométricaSistema de Projeção Axonométrica
Sistema de Projeção AxonométricaArtes Real
 
Ficha desenho de arcos
Ficha desenho de arcosFicha desenho de arcos
Ficha desenho de arcosruiseixas
 
DivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes Iguais
DivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes IguaisDivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes Iguais
DivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes IguaisSusana Rodrigues
 
Ficha de trabalho 7º ano estudo dos arcos
Ficha de trabalho 7º ano   estudo dos arcosFicha de trabalho 7º ano   estudo dos arcos
Ficha de trabalho 7º ano estudo dos arcosruiseixas
 
DivisãO Da Circunferência
DivisãO Da CircunferênciaDivisãO Da Circunferência
DivisãO Da Circunferênciaeditazevedo42
 
Ficha nº 28 ilusões geométricas
Ficha nº 28 ilusões geométricasFicha nº 28 ilusões geométricas
Ficha nº 28 ilusões geométricasruiseixas
 
CONSTRUÇÃO do circulo-cromatico
CONSTRUÇÃO do circulo-cromaticoCONSTRUÇÃO do circulo-cromatico
CONSTRUÇÃO do circulo-cromaticoAlexandre Amorim
 
Projeções ortogonais
Projeções ortogonaisProjeções ortogonais
Projeções ortogonaisEllen Assad
 
GEOMETRIA - Educação Tecnológica.6ºano
GEOMETRIA - Educação Tecnológica.6ºanoGEOMETRIA - Educação Tecnológica.6ºano
GEOMETRIA - Educação Tecnológica.6ºanoAgostinho NSilva
 
Escala - Técnica da quadrícula
Escala - Técnica da quadrícula Escala - Técnica da quadrícula
Escala - Técnica da quadrícula Artes Real
 
Ficha nº 26 figura fundo
Ficha nº 26 figura fundoFicha nº 26 figura fundo
Ficha nº 26 figura fundoruiseixas
 
Ficha de trabalho método europeu
Ficha de trabalho   método europeuFicha de trabalho   método europeu
Ficha de trabalho método europeuruiseixas
 
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)Rita Godinho
 
Noções de geometria plana construção de figuras planas
Noções de geometria plana construção de figuras planasNoções de geometria plana construção de figuras planas
Noções de geometria plana construção de figuras planassabinachourico
 
Formas em axonometrias
Formas em axonometriasFormas em axonometrias
Formas em axonometriasSamuel Rosa
 

Mais procurados (20)

Sistema de Projeção Axonométrica
Sistema de Projeção AxonométricaSistema de Projeção Axonométrica
Sistema de Projeção Axonométrica
 
Ficha desenho de arcos
Ficha desenho de arcosFicha desenho de arcos
Ficha desenho de arcos
 
DivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes Iguais
DivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes IguaisDivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes Iguais
DivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes Iguais
 
Ficha de trabalho 7º ano estudo dos arcos
Ficha de trabalho 7º ano   estudo dos arcosFicha de trabalho 7º ano   estudo dos arcos
Ficha de trabalho 7º ano estudo dos arcos
 
Geometria
GeometriaGeometria
Geometria
 
DivisãO Da Circunferência
DivisãO Da CircunferênciaDivisãO Da Circunferência
DivisãO Da Circunferência
 
Ficha nº 28 ilusões geométricas
Ficha nº 28 ilusões geométricasFicha nº 28 ilusões geométricas
Ficha nº 28 ilusões geométricas
 
CONSTRUÇÃO do circulo-cromatico
CONSTRUÇÃO do circulo-cromaticoCONSTRUÇÃO do circulo-cromatico
CONSTRUÇÃO do circulo-cromatico
 
Módulo/Padrão
Módulo/PadrãoMódulo/Padrão
Módulo/Padrão
 
Projeções ortogonais
Projeções ortogonaisProjeções ortogonais
Projeções ortogonais
 
Projecção
ProjecçãoProjecção
Projecção
 
GEOMETRIA - Educação Tecnológica.6ºano
GEOMETRIA - Educação Tecnológica.6ºanoGEOMETRIA - Educação Tecnológica.6ºano
GEOMETRIA - Educação Tecnológica.6ºano
 
Escala - Técnica da quadrícula
Escala - Técnica da quadrícula Escala - Técnica da quadrícula
Escala - Técnica da quadrícula
 
Ficha nº 26 figura fundo
Ficha nº 26 figura fundoFicha nº 26 figura fundo
Ficha nº 26 figura fundo
 
Ficha de trabalho método europeu
Ficha de trabalho   método europeuFicha de trabalho   método europeu
Ficha de trabalho método europeu
 
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
 
Noções de geometria plana construção de figuras planas
Noções de geometria plana construção de figuras planasNoções de geometria plana construção de figuras planas
Noções de geometria plana construção de figuras planas
 
A LINHA
A LINHAA LINHA
A LINHA
 
Formas em axonometrias
Formas em axonometriasFormas em axonometrias
Formas em axonometrias
 
Rosto Humano
Rosto HumanoRosto Humano
Rosto Humano
 

Semelhante a Ficha de trabalho óvulo e oval

Semelhante a Ficha de trabalho óvulo e oval (20)

Dte aula-desenhogeometrico
Dte aula-desenhogeometricoDte aula-desenhogeometrico
Dte aula-desenhogeometrico
 
Arcos
ArcosArcos
Arcos
 
Triângulos
TriângulosTriângulos
Triângulos
 
Isometrias e Volumes
Isometrias e VolumesIsometrias e Volumes
Isometrias e Volumes
 
11 ficha%20espirais-12
11 ficha%20espirais-1211 ficha%20espirais-12
11 ficha%20espirais-12
 
Exercicios resolvidos poligonos
Exercicios resolvidos   poligonosExercicios resolvidos   poligonos
Exercicios resolvidos poligonos
 
Mat poligonos resolvidos
Mat poligonos resolvidosMat poligonos resolvidos
Mat poligonos resolvidos
 
Construção do octógono
Construção do octógonoConstrução do octógono
Construção do octógono
 
Ft25 circunferc3aancias-c3a2ngulos-ao-centro-e-inscritos
Ft25 circunferc3aancias-c3a2ngulos-ao-centro-e-inscritosFt25 circunferc3aancias-c3a2ngulos-ao-centro-e-inscritos
Ft25 circunferc3aancias-c3a2ngulos-ao-centro-e-inscritos
 
Construção do hexágono
Construção do hexágonoConstrução do hexágono
Construção do hexágono
 
Lista de exercícios 1 (1)
Lista de exercícios 1 (1)Lista de exercícios 1 (1)
Lista de exercícios 1 (1)
 
Cdiv8
Cdiv8Cdiv8
Cdiv8
 
Cdiv8
Cdiv8Cdiv8
Cdiv8
 
Cdiv8
Cdiv8Cdiv8
Cdiv8
 
Ef constucoes geometricas
Ef constucoes geometricasEf constucoes geometricas
Ef constucoes geometricas
 
Cdiv5
Cdiv5Cdiv5
Cdiv5
 
Cdiv5
Cdiv5Cdiv5
Cdiv5
 
Cdiv7
Cdiv7Cdiv7
Cdiv7
 
Mat conicas exercicios resolvidos
Mat conicas exercicios resolvidosMat conicas exercicios resolvidos
Mat conicas exercicios resolvidos
 
ângulos e circulos
ângulos e circulosângulos e circulos
ângulos e circulos
 

Mais de ruiseixas

Ev programa 3º ciclo
Ev programa 3º cicloEv programa 3º ciclo
Ev programa 3º cicloruiseixas
 
Ficha nº 27 sintetizações gráficas
Ficha nº 27 sintetizações gráficasFicha nº 27 sintetizações gráficas
Ficha nº 27 sintetizações gráficasruiseixas
 
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)ruiseixas
 
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricasFicha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricasruiseixas
 
Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)
Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)
Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)ruiseixas
 
Ficha nº 22 projeções e perspetivas
Ficha nº 22 projeções e perspetivasFicha nº 22 projeções e perspetivas
Ficha nº 22 projeções e perspetivasruiseixas
 
Ficha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventos
Ficha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventosFicha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventos
Ficha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventosruiseixas
 
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonal
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonalFicha nº 20 planificação piramide hexagonal
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonalruiseixas
 
Ficha nº 19 planificação piramide pentagonal
Ficha nº 19 planificação piramide pentagonalFicha nº 19 planificação piramide pentagonal
Ficha nº 19 planificação piramide pentagonalruiseixas
 
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangular
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangularFicha nº 18 planificação piramide quadrangular
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangularruiseixas
 
Ficha nº 17 planificação piramide triangular
Ficha nº 17 planificação piramide triangularFicha nº 17 planificação piramide triangular
Ficha nº 17 planificação piramide triangularruiseixas
 
Ficha nº 16 desenho de casa com um ponto de fuga
Ficha nº 16 desenho de casa com um ponto de fugaFicha nº 16 desenho de casa com um ponto de fuga
Ficha nº 16 desenho de casa com um ponto de fugaruiseixas
 
Ficha nº 15 cilindro em perspetiva
Ficha nº 15 cilindro em perspetivaFicha nº 15 cilindro em perspetiva
Ficha nº 15 cilindro em perspetivaruiseixas
 
Ficha nº 14 perspetiva do círculo
Ficha nº 14 perspetiva do círculoFicha nº 14 perspetiva do círculo
Ficha nº 14 perspetiva do círculoruiseixas
 
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fugaFicha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fugaruiseixas
 
Ficha nº 12 quadrado perspetiva obliqua 2 pontos de fuga
Ficha nº 12 quadrado  perspetiva obliqua 2 pontos de fugaFicha nº 12 quadrado  perspetiva obliqua 2 pontos de fuga
Ficha nº 12 quadrado perspetiva obliqua 2 pontos de fugaruiseixas
 
Ficha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fugaFicha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fugaruiseixas
 
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fugaFicha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fugaruiseixas
 
Ficha nº 9 ergonomia e antropometria
Ficha nº 9 ergonomia e antropometriaFicha nº 9 ergonomia e antropometria
Ficha nº 9 ergonomia e antropometriaruiseixas
 
Ficha nº 7 estudo dos triângulos
Ficha nº 7 estudo dos triângulosFicha nº 7 estudo dos triângulos
Ficha nº 7 estudo dos triângulosruiseixas
 

Mais de ruiseixas (20)

Ev programa 3º ciclo
Ev programa 3º cicloEv programa 3º ciclo
Ev programa 3º ciclo
 
Ficha nº 27 sintetizações gráficas
Ficha nº 27 sintetizações gráficasFicha nº 27 sintetizações gráficas
Ficha nº 27 sintetizações gráficas
 
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
 
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricasFicha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
 
Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)
Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)
Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)
 
Ficha nº 22 projeções e perspetivas
Ficha nº 22 projeções e perspetivasFicha nº 22 projeções e perspetivas
Ficha nº 22 projeções e perspetivas
 
Ficha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventos
Ficha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventosFicha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventos
Ficha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventos
 
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonal
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonalFicha nº 20 planificação piramide hexagonal
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonal
 
Ficha nº 19 planificação piramide pentagonal
Ficha nº 19 planificação piramide pentagonalFicha nº 19 planificação piramide pentagonal
Ficha nº 19 planificação piramide pentagonal
 
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangular
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangularFicha nº 18 planificação piramide quadrangular
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangular
 
Ficha nº 17 planificação piramide triangular
Ficha nº 17 planificação piramide triangularFicha nº 17 planificação piramide triangular
Ficha nº 17 planificação piramide triangular
 
Ficha nº 16 desenho de casa com um ponto de fuga
Ficha nº 16 desenho de casa com um ponto de fugaFicha nº 16 desenho de casa com um ponto de fuga
Ficha nº 16 desenho de casa com um ponto de fuga
 
Ficha nº 15 cilindro em perspetiva
Ficha nº 15 cilindro em perspetivaFicha nº 15 cilindro em perspetiva
Ficha nº 15 cilindro em perspetiva
 
Ficha nº 14 perspetiva do círculo
Ficha nº 14 perspetiva do círculoFicha nº 14 perspetiva do círculo
Ficha nº 14 perspetiva do círculo
 
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fugaFicha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
 
Ficha nº 12 quadrado perspetiva obliqua 2 pontos de fuga
Ficha nº 12 quadrado  perspetiva obliqua 2 pontos de fugaFicha nº 12 quadrado  perspetiva obliqua 2 pontos de fuga
Ficha nº 12 quadrado perspetiva obliqua 2 pontos de fuga
 
Ficha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fugaFicha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fuga
 
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fugaFicha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
 
Ficha nº 9 ergonomia e antropometria
Ficha nº 9 ergonomia e antropometriaFicha nº 9 ergonomia e antropometria
Ficha nº 9 ergonomia e antropometria
 
Ficha nº 7 estudo dos triângulos
Ficha nº 7 estudo dos triângulosFicha nº 7 estudo dos triângulos
Ficha nº 7 estudo dos triângulos
 

Último

2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...azulassessoriaacadem3
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.Prime Assessoria
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...azulassessoriaacadem3
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoMariaJoão Agualuza
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...excellenceeducaciona
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...excellenceeducaciona
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...azulassessoriaacadem3
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...Prime Assessoria
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...assessoriaff01
 
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...excellenceeducaciona
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIAHenrique Pontes
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
 
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
Explique o modelo de determinação social da saúde proposto por Dahlgren e Whi...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 

Ficha de trabalho óvulo e oval

  • 1. Bom trabalho Rui Almeida EBS DE CELORICO DE BASTO DISCIPLINA: EDUCAÇÃO VISUAL Ficha de trabalho: ÓVULO E OVAL 7º ANO Óvulo – é uma linha curva fechada, constituída por quatro arcos de circunferência concordantes, sendo dois iguais e dois diferentes. O óvulo tem apenas um eixo de simetria. Oval – é uma linha curva fechada, constituída por quatro arcos de circunferência concordantes, iguais dois a dois. A oval tem dois eixos de simetria Traçado de um óvulo, sendo dado o eixo menor 1. Traça uma circunferência com centro em O e diâmetro AB; 2. Traça a mediatriz do eixo menor AB, obtendo o ponto E; 3. Desenhas as semirretas AE e BE; 4. Com centro no ponto A e raio iguala a AB, traça o arco de circunferência BC; 5. Com centro no ponto B e raio igual a BA, traça o arco de circunferência DA; 6. Com centro em E e raio igual a EC, traça o arco de circunferência CD. Traçado de uma oval, sendo dado o eixo menor 1. Traça uma circunferência com centro em O e diâmetro AB; 2. Traça a mediatriz do segmento AB e marca sobre esta os pontos C e D; 3. Desenha as semirretas AC, AD, BC e BD; 4. Com centro em A e raio AB, traça o arco de circunferência HG; 5. Com centro em B e raio BA, traça o arco de circunferência EF; 6. Com centro em C e raio CG, traça o arco de circunferência EG; 7. Com centro em D e raio DF, traça o arco de circunferência FH Proposta de trabalho: 1. Desenha um óvulo sabendo que o diâmetro da circunferência inscrita construtiva é de 10 cm; 2. Desenha uma oval, sabendo que o eixo maior é de 9 cm.