SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Baixar para ler offline
Trabalho.2 | Texturas + Natal 7ºANO
Pretende-se que com base na matéria exposta e neste enquadramento, NATAL,
cries
elementos (tipo móbil) que possam ser usados na decorações de Natal da
nossa escola que,
como sabes, está um pouco tristonha.
Assim, deves ter presente o que foi falado na aula a este respeito e criares,
com base nas
formas que podes trabalhar - Estrela de 5/6 pontas | pentágono/hexágono -
os teus
elementos a trabalhar (Cavalinho A3 para depois colar na cartolina).
Deves, ainda, usar as texturas (que vais recolher) para com elas e da forma
mais imaginativa
que entenderes (cor...) decorares as tuas estrelas que irão ser, depois,
penduradas pela escola
nos espaços destinados para o efeito.
Será um trabalho simples mas vistoso que, estou certo, te agradará.
10% Pesquisa (Elementos Natal+texturas)
30% Correta execução da construção de suporte (estrela de 5/6 pontas)
25% Qualidade das texturas apresentadas (1 natural+1 artificial)
10% Qualidade da representação gráfica (qualidade)
10% Qualidade das técnicas (Corte e colagem) utilizadas.
15% Originalidade na apresentação do trabalho
Competências a avaliar
Conteúdos
Luz-COR, Forma, Traçados geométricos (pentágono e hexágono) e Textura.
.
Trabalho.1 | CAPA7ºANO
Agora que vamos iniciar o nosso primeiro trabalho deste ano lectivo, será
conveniente que te
lembres de algumas coisas que aprendeste no ano passado.
Vamos fazer um trabalho que, quando estiver acabado, será colado na tua
capa individual
juntamente com o teu nome, número e turma que faremos mais adiante.
Vais precisar da tua fotografia (a P/B fotocopiada para 15cm de altura) por cima da
qual vais
desenhar os principais contornos com a ajuda de papel vegetal (engenheiro)
que, depois de
concluída, vais pintar e colar. Reforço que não pode exceder os 15cm de
altura.
Com base no exemplo abaixo (img.1 da esquerda) vais tentar pintar a tua cara
usando, apenas,
pontos e linhas e os teus lápis de cor só nas cores primárias e secundárias.
Depois de terminares o teu trabalho e antes de colares as tuas imagens na
capa, fala com o teu
professor para ver se está tudo bem.
Deves ter algum cuidado de modo a deixar livre o espaço suficiente para
colares o teu nome
que ainda não fizeste
,
número e turma mas que ficará, mais ou menos assim (imagem da direita).
Img.1
NOME
Nº/Tª
Img.2
Material
Fotografia a P/B fotocopiada para uma altura de 15cm, papel vegetal (eng.) lápis, lápis de cor e
cola tipo UHU.
Conteúdos
Cor-Luz, Forma.
Critérios de avaliação
10% Correta utilização das cores (primárias e secundárias)
30% Correta definição da forma (ponto e linha)
30% Percepção da representação gráfica (tipo de traço, tamanho e cor)
30% Originalidade na apresentação e conceção do trabalho
A Letra | Ficha de
trabalho.T1b
A primeira função das letras é serem lidas e facilmente percebidas. Mas podem
também servir para decorar e tornar mais sugestivas as páginas onde estão
impressas.
Como podes observar no alfabeto que te mostramos, as diferentes letras
pertencem todas à mesma família, isto é, têm as mesmas características.
Repara que todas as letras têm cinco (5)
quadrados de altura mas, a sua largura é variável, na grande maioria ocupam
três (3) quadrados, outras maiores ocupam quatro (4) ou ainda dois (2) e um
(1) quadrado.
Para desenhares as letras, deves recorrer, por isso, à utilização de uma
quadricula - papel quadriculado - ou linhas-guia.
A quadricula e a s linhas-guia servem para marcar a altura, o meio e a largura
das letras.
ATIVIDADE
1. Coloca uma folha de papel quadriculado na posição horizontal (ao baixo).
2. Escreve o teu nome próprio nessa quadricula, obedecendo à representação
das letras do abecedário que está na parte de trás desta ficha de trabalho.
Caso exista na turma outro/a colega com o
teu nome, acrescenta o teu apelido.
3. Obedece aos seguintes critérios:
- Entre cada letra, deixa um (1) quadrado de intervalo.;
- Entre cada palavra, deixa três (3) quadrados de intervalo;
- Entre cada linha, deixa dois (2) quadrados de intervalo.
4. Por baixo do nome e a começar à/na mesma direcção escreve o ano, a
turma e o número.
Exemplo:
5. Ficaste, por assim dizer, com quatro (4) grupos:
- Nome;
- Ano/Turma;
- A barra;
- O Número.
Assim, deves selecionar quatro (4) cores diferentes correspondentes a cada
um dos grupos em que podes utilizar, dentro de cada grupo, tonalidades
diferentes da mesma cor e até utilizares técnicas
de pintura diferentes, também, de forma a tornares as tuas letras mais
originais.
5ºA / 12
25 % Reprodução rigorosa das letras do alfabeto
15 % Aplicação dos critérios de espacejamento
10 % Identificação dos quatro grupos através da cor
25 % Domínio dos instrumentos riscadores
25 % Originalidade na aplicação da cor
Trabalho. 3 | Quem eu?!... 7º/8ºANO
Pretende-se que com base na matéria exposta e neste enquadramento, QUEM
EU?!.., que
desenhes uma textura (natural ou artificial) de modo a alterares
completamente a PERCEÇÃO
que tens de determinado objeto/coisa/animal (no caso), sendo esse o principal
objetivo do
nosso trabalho -T er dif er ent es per ceções de u ma mes ma coi sa .
Assim, deves ter presente o que foi falado na aula a este respeito e criares,
com base nas
formas que podes trabalhar, um animal por exemplo, uma perceção dele,
através do desenho
de uma textura (com que o vais ‘’decorar’’) que seja completamente diferente
daquilo a que
estamos habituados. Farás, como de costume um grande trabalho.
Podes usar uma ou mais técnicas e/ou usar diferentes riscadores se preferires.
O formato do teu trabalho será A3 e deve ter, obrigatoriamente esquadria
ano letivo).
1.
2.
3.
Na aula serão esclarecidas eventuais dúvidas.
10% Pesquisa (Silhueta pedida na última aula do 1º período)
25% Correta execução da construção da esquadria + legenda
10% Rigor na execução das Silhuetas (precisão e qualidade da ‘’perceção’’)
40% Representação gráfica
15% Originalidade na apresentação do trabalho
Competências a avaliar
Conteúdos
Luz-COR, Forma.
T4 | Cartaz 7ºANO
Pretende-se que com base na matéria exposta que concebas e executes um
cartaz, em formato
A3, relativo a uma marca da tua preferência. Se te fixares num só produto (da
tua marca) talvez
seja melhor, mas quanto a isso, falaremos na aula.
Deves, então, em primeiro lugar decidir qual a Tua marca. Depois, pensares
sobre o resto...
E o resto é:
1. Definir o objectivo do cartaz.
a. Informar?
b. Ilustrar alguma situação?
c. Motivar?
d. Apelar?
2. Escolher o material a utilizar como base.
a. Cartolina? (CUIDADO COM A ESCOLHA DAS CORES!!!!)
b. Papel de cenário?
c. Papel com texturas?
3. Recolher o material a utilizar. (fotografias, esquemas, informações…)
4. Propor alternativas e fazer um projeto relativo à escolha efetuada.
5. Ensaiar a disposição do material recolhido, ANTES DE COMEÇAR A
TRABALHAR!!!!!!!!!!
10% Pesquisa (Cartazes + Marca)
15% Qualidade/clareza das propostas elaboradas de acordo com a marca
escolhida
10% Projeto com base na proposta escolhida (relação entre)
40% Representação gráfica
10% Originalidade do slogan
15% Originalidade na apresentação do trabalho
Competências a avaliar
Conteúdos
Luz-COR, Forma, Comunicação Visual (Elementos Visuais da Comunicação,Códigos de
Comunicação Visual e o
Papel da Imagem na Comunicação)
Na aula serão esclarecidas eventuais dúvidas.
Material a Utilizar
Lápis, borracha, lápis de cor, marcadores, cola, tesoura, régua, esquadro,
transferidor, papel
vegetal... e muita imaginação.
Repara no cartaz abaixo, de que falaremos melhor na aula...
Elaboração de Cartazes…
Para elaborar um cartaz…
1. Definir o tema de estudo.
2. Definir o objectivo do cartaz.
a. Informar?
b. Ilustrar alguma situação?
c. Motivar?
d. Apelar?
3. Escolher o material a utilizar como base.
a. Cartolina? (CUIDADO COM A ESCOLHA DAS CORES!!!!)
b. Papel de cenário?
c. Papel com texturas?
4. Recolher o material a utilizar. (fotografias, esquemas, informações…)
5. Ensaiar a disposição do material recolhido, ANTES DE COMEÇAR A
COLAR!!!!!!!!!!
Para uma boa leitura o cartaz deve ter…
Boa organização.
A dimensão das letras deve ser adequada. O título deve ter uma fonte
(tamanho de letra) de dimensão de 150 a 200 e o texto cerca de 30.
Os textos devem ser muito curtos!!!!
As letras devem ser espaçadas.
O texto e a imagem devem estar em articulação.
O cartaz deve ser simples e original.
Deves escolher cores que causem impacto, tais como:
Verde/Cor-de-rosa choque
Azul/cor-de-laranja.
Amarelo/Violeta.
Vermelho/verde.
As cores devem ser contrastantes e deves evitar a todo o custo cores pastel,
ou seja: amarelo-claro, azul claro, verde-claro, rosa claro. Em caso de dúvida
escolhe o branco e depois faz uma composição com cores!!!!
Exemplos de cartazes
Exemplos de estruturas/disposições para cartazes
Exemplos de composições:
A
B
Zona visual mais importante.
Zona indicada para escrita.
Título, mensagem…
Imagem
Texto
Imagens
Texto
Texto
‘’Óvulos’’ de Páscoa
Chegada a altura da Páscoa, é a altura de lançar mais um trabalho. No nosso
caso, a opção
recaiu na construção do óvulo e, consequentemente, na realização de um Ovo
da Páscoa.
Vais, portanto, fazer um pequeno trabalho - ovo - que depois vais decorar à
maneira. Deves
começar por fazer uma pequena pesquisa para retirares algumas ideias e
elaborar um projeto
de suporte ao teu trabalho. Ao mesmo tempo, podes recolher algum material
(reciclar) para
poderes utilizar na decoração do teu ovo.
Em baixo está exemplificado o processo de execução do óvulo e algumas
sugestões para a
sua conceção/decoração.
Competências a avaliar
Na aula serão esclarecidas eventuais dúvidas.
10% Pesquisa
20% Fase de representação / Projeto
20% Aplicação de materiais de reciclagem
30% Capacidade de aplicação de diferentes técnicas (recortes, colagens, etc.)
20% Originalidade e criatividade na conceção dos trabalhos.
Conteúdos
Luz-CORs, Forma,
Traçado geométricos,
Reutilização/Reciclagem.
Atividade
1. Numa folha A4 constói um óvulo sabendo que AB=14cm. Apaga as
construções.
2. Com base na tua pesquisa elabora, numa folha A4 três (3) pequenas
propostas a cores.
3. De acordo com a proposta escolhida, decora o teu «óvulo» da Páscoa com
as técnicas da
tua preferência.
4. Cola o teu Óvulo num pedaço de cartolina/cartão e recorta-o deixando a toda
a volta uma uma pequena margem
Módulo/Padrão ‘’3.9'’ | atividade
Neste trabalho pretende-se que cries, segundo algumas orientações, algumas
propostas de
módulos (3x3cm) para que depois escolhas uma que vai ser a base do teu
trabalho.
Esse trabalho, consistirá na realização de um padrão, a partir do módulo que
escolheste numa
folha A3 e terá a dimensão de 15x27cm (3.9 mod.).
Se preferires, para realçares melhor a tua criatividade, podes utilizar como
fundo uma cartolina
A3 de uma cor que fique bem com as cores do teu padrão.
Vais, então, começar por desenhar numa folha A4 algumas propostas de
módulos (3x3xcm)
onde vais tentar evidenciar através de gradações de cor, claro-escuro ou
mesmo por
combinações de cor características que sugiram relevo. Esta fase é feita à
mão livre e a pintura
será meramente indicativa daquilo que pretendes ou seja, não precisa de ser
cuidada.
Deves utilizar para sistematizar o teu trabalho, e para o facilitar também, os 9
pontos fundamentais
do quadrado (fig.1).
De seguida vais escolher de entre os módulos que criaste um, que será a base
do teu trabalho
e que, em caso algum, poderá ser alterado.
Depois vais, numa folha A3, desenhar uma grelha, rigorosa e centrada, que
será a estrutura de
base do teu padrão (fig.2).
Por falar em sistematizar, lembro-te que antes de iniciares a construção do teu
padrão, que o
vais fazer numa grelha quadriculada (3x3) que te pode facilitar, como já disse, o
teu trabalho já
que as linhas... na aula falamos.
Vais ver que é fácil e divertido.
Competências a avaliar
Na aula serão esclarecidas eventuais dúvidas.
10% Pesquisa
20% Fase de criação / Módulo
20% Domínio do instrumentos de medição/desenho
35% Fase de representação / Padrão
15% Originalidade e criatividade na conceção dos trabalhos face ao pedido.
Conteúdos
Luz-COR, Forma, Traçados geométricos, Módulo e Padrão, Claro-escuro, Gradações.
1
4 6
7 8 9
5
2 3
1, 3 7 e 9 - vértices
2, 4, 6 e 8 - pontos médios
5 - centro
Fig.1 | pontos fundamentais do quadrado Fig.2 | grelha base do padrão (quadrada)
Fig.3 | exemplo de módulo e de padrão
Fig.4 | Aspeto finaldo trabalho - A3
Material
Papel, cartolina de cor,
lápis 2HB, tesoura, cola
tipo UHU, pano de
limpeza, lápis de cor e
canetas de feltro...
Educação Visual
Teste diagnóstico | 8º ano
Nome: ________________________________________________________
Nº:/Turma ______
Hoje vais fazer um teste diagnóstico, um pouco diferente daquilo a que estás
habituado, que terá três (3) partes distintas.
uma primeira parte em terás que observar e reproduzir uma imagem (fornecida)
no verso desta folha,
uma segunda parte
que faz apelo à tua capacidade de observação e interpretação e, por fim, uma
terceira parte em que se apela à tua
capacidade de memorização, na qual contarás com a ajuda de um/a colega
(depois trocam).
Material a utilizar: Lápis, borracha, marcador vermelho, 2 folhas A4 (com esquadria de 1cm e
retângulo de identificação).
EDUCAÇÃOVISUAL
Teste de Avaliação Diagnóstica - 7ºANO
O regresso à escola é sempre uma experiência interessante… Tens novos materiais, novos
professores e, certamente novos colegas! Hoje vais pegar numa folha de papel cavalinho
A3, vais começar por traçar a esquadria com 1cm de margem. (Podes utilizar a folha na
vertical ou na horizontal).
No canto inferior direito da tua folha, constrói uma legenda de 6x3cm e acordo com a
imagem, preenche-a com os seguintes dados: Teste Diagnóstico, o teu nome, turma e
número.
De seguida divide o interior da esquadria em 3 espaços iguais.
Em cada um dos espaços, sem pretender representar nada de concreto, exprime alegria,
felicidade e raiva mas só com linhas, utilizando livremente cores e riscadores com técnicas
que já conheças!
Materiais: folha A3, régua, esquadro, lápis , borracha e marcadores ou lápis.
Competências a avaliar:
10% Domínio dos instrumentos de medição régua, esquadro
30% Capacidade de organização do espaço
30% Representação gráfica-tipo de traçado utilizado, tamanho, forma e cor
30% Originalidade na apresentação e conceção e originalidade do trabalho
C
a
p
a
c
i
d
a
d
e
Significado das Cores
Pois bem, para quem não sabe as cores têm vários significados, visto isto achei por bem
informar-me em relação ao significado de cada cor para ter em atenção nos futuros projectos.
Aqui vai para quem não sabe.
Preto: A cor Preta está associada à ideia de morte, luto ou terror, no entanto também se liga ao
mistério e à fantasia, sendo hoje em dia uma cor com valor de uma certa sofisticação e luxo.
Significa também dignidade.
Branco: O branco associa-se à ideia de paz, de calma, de pureza. Também está associado ao
frio e à limpeza. Significa inocência e pureza.
Cinzento: O cinzento pode simbolizar o medo ou a depressão, mas é também uma cor que
transmite estabilidade, sucesso e qualidade.
Bege: O Bege é uma cor que transmite calma e passividade. Está associada à melancolia e ao
clássico.
Vermelho: O Vermelho é a cor da paixão e do sentimento. Simboliza o amor, o desejo, mas
também simboliza o orgulho, a violência, a agressividade, a raiva ou o poder.
Vermelho escuro: O Vermelho escuro significa elegância, requinte e liderança.
Verde: O Verde significa vigor, juventude, frescor, esperança e calma.
Verde-escuro: O Verde-escuro está associado ao masculino, lembra grandeza, como um
oceano. É uma cor que simboliza tudo o que é viril.
Verde-claro: O Verde-claro significa contentamento e protecção.
Amarelo: O Amarelo transmite calor, luz e descontracção. Simbolicamente está associado à
prosperidade. É também uma cor energética, activa que transmite optimismo. Está associada
ao Verão. Nalguns países asiáticos à divindade.
Laranja: O Laranja é uma cor quente, tal como o amarelo e o vermelho. É pois uma cor activa
que, significa movimento e espontaneidade Azul: O Azul é a cor do céu, do espírito e do
pensamento. Simboliza a lealdade, a fidelidade, a personalidade e subtileza. Simboliza também
o ideal e o sonho. É a mais fria das cores frias.
Azul-escuro: O Azul-escuro, é considerada uma cor romântica, talvez porque lembre a cor do
mar, no entanto é uma cor que se associa a uma certa falta de coragem ou monotonia.
Azul claro: O Azul claro significa tranquilidade, compreensão e frescura.
Castanho: O Castanho é a cor da Terra. Esta cor significa maturidade, consciência e
responsabilidade. Está ainda associada ao conforto, estabilidade, resistência e simplicidade.
Roxo: O Roxo transmite a sensação de tristeza. Significa prosperidade, nobreza e respeito.
Lilás: O Lilás significa espiritualidade e intuição.
Rosa: A cor Rosa significa beleza, saúde, sensualidade e também romantismo.
Rosa claro: A cor Rosa clara está associada ao feminino. Remete para algo amoroso,
carinhoso, terno, suave e ao mesmo tempo para uma certa fragilidade e delicadeza. Está ainda
associado à compaixão.
Salmão: O Salmão está associado à felicidade e à harmonia.
Prateado: O prateado ou cor prata é uma cor associada ao moderno, às novas tecnologias, à
novidade, à inovação.
Dourado: O Dourado ou cor ouro está simbolicamente associado ao ouro e à riqueza, a algo
majestoso.
Como podem ver, as cores têm mesmo significados bastante profundos mas está é apenas
uma das aproximações existentes.
Fonte: http://blog.resende.biz/?p=486
C
a
p
a
c
i
d
a
d
e
d
e
o
r
g
a
n
i
z
a
ç
ã
o
d
o
e
s
p
a
ç
o
Educação Visual e Tecnológica
Atualmente os lápis são produzidos com uma mistura de grafite
e argila que faz com que existem diversas gradações, do mais mole ao
mais duro mas antigamente para escrever no papiro usavam-se hastes
finas de caniço ou penas de aves. O lápis já existe desde o séc. XVI, e foi o
francês Conté que inventou o processo de lhe dar a possibilidade de ser macio ou
duro. O lápis é constituído por
uma mina riscadora e uma embalagem protetora de madeira. A mina é
feita de grafite e argila: - a grafite – é o material riscador; - a argila – é o material
que fornece à mina a sua dureza. Da proporção com que se misturam estes dois
elementos, assim varia
o grau de dureza das minas dos lápis.
Por "H" entende-se "Hard” - uma mina dura.
Por "B" entende-se "Bland” ou "Black”- uma mina macia ou preta.
Por "HB" entende-se "Hard/Bland ”- uma mina de dureza média.
Os lápis de dureza intermédia (B, HB, H, 2H) são os mais utilizados para o desenho
e para a escrita. Os lápis duros (3H até ao 9H) são os mais indicados para traçados
rigorosos, porque para além de produzirem traços finos e precisos, não se
desgastam tão rapidamente e não sujam o suporte. Os lápis macios (2B até ao 7B)
são os mais aconselhados para desenho livre por serem fáceis de apagar e
permitirem um traço mais expressivo.
Normalização do papel
A normalização tem por fim simplificar, ordenar e economizar tanto no que diz
respeito às operações do fabrico como à transformação e ao consumo. O papel que
utilizas habitualmente, para escrever ou desenhar, está sujeito a uma normalização
universal. Com base na análise da figura,facilmente se depreende que, à medida que
o índice aumenta, diminui para metade o tamanho do papel.
Existem vários tipos de papéis, uns mais indicados para determinados desempenhos
do que outros:
- papéis para escrita, impressão e pintura
- papéis decorativos
- cartões e cartolinas
1
0
%
D
o
m
í
n
i
o
d
o
s
i
n
s
t
r
u
m
e
n
t
o
s
d
e
m
e
d
i
ç
ã
o
(
r
é
g
u
a
,
e
s
q
u
a
C
a
p
a
c
i
d
a
d
e
d
e
o
r
g
a
n
i
z
a
ç
ã
o
d
o
e
s
p
a
ç
o
3
0
%
R
e
p
r
e
s
e
n
t
a
ç
ã
o
g
r
á
f
i
c
a
(
t
i
p
o
d
e
t
r
a
ç
a
d
o
u
t
i
l
i
z
a
d
o
,
O
r
i
g
i
n
a
l
i
d
a
d
e
n
a
a
p
r
e
s
e
n
t
a
ç
ã
o
e
c
o
n
c
e
p
ç
ã
o
d
o
t
r
a
b
1
0
%
D
o
m
í
n
i
o
d
o
s
i
n
s
t
r
u
m
e
n
t
C
a
p
a
c
i
d
a
d
e
d
e
o
r
g
a
n
i
z
a
R
e
p
r
e
s
e
n
t
a
ç
ã
o
g
r
á
f
i
c
a
O
r
i
g
i
n
a
l
i
d
a
d
e
n
a
a
p
r
e
s
Fichas ev 7 8

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Rosto Humano
Rosto HumanoRosto Humano
Rosto Humano
 
A LINHA
A LINHAA LINHA
A LINHA
 
Forma e Estrutura
Forma e EstruturaForma e Estrutura
Forma e Estrutura
 
Geometria
GeometriaGeometria
Geometria
 
Ficha de trabalho construção de espirais
Ficha de trabalho   construção de espiraisFicha de trabalho   construção de espirais
Ficha de trabalho construção de espirais
 
Manual Educação Visual 789 Grupo Porto Editora.pdf
Manual Educação Visual 789 Grupo Porto Editora.pdfManual Educação Visual 789 Grupo Porto Editora.pdf
Manual Educação Visual 789 Grupo Porto Editora.pdf
 
A Letra
A LetraA Letra
A Letra
 
Cor evt
Cor evtCor evt
Cor evt
 
Lettering 2
Lettering 2Lettering 2
Lettering 2
 
Meios riscadores
Meios riscadoresMeios riscadores
Meios riscadores
 
Aula EE - composicao
Aula EE - composicaoAula EE - composicao
Aula EE - composicao
 
Ficha de trabalho figura - fundo
Ficha de trabalho   figura - fundoFicha de trabalho   figura - fundo
Ficha de trabalho figura - fundo
 
Cartaz em educação visual e tecnológica
Cartaz em educação visual e tecnológicaCartaz em educação visual e tecnológica
Cartaz em educação visual e tecnológica
 
Ficha nº 28 ilusões geométricas
Ficha nº 28 ilusões geométricasFicha nº 28 ilusões geométricas
Ficha nº 28 ilusões geométricas
 
Ficha de trabalho óvulo e oval
Ficha de trabalho   óvulo e ovalFicha de trabalho   óvulo e oval
Ficha de trabalho óvulo e oval
 
Ficha de trabalho método europeu
Ficha de trabalho   método europeuFicha de trabalho   método europeu
Ficha de trabalho método europeu
 
Aula 2 composição visual
Aula  2 composição visualAula  2 composição visual
Aula 2 composição visual
 
Formas em axonometrias
Formas em axonometriasFormas em axonometrias
Formas em axonometrias
 
TEXTURAS ed. visual
TEXTURAS   ed. visualTEXTURAS   ed. visual
TEXTURAS ed. visual
 
Aula 05 linguagem visual
Aula 05   linguagem visualAula 05   linguagem visual
Aula 05 linguagem visual
 

Destaque

Ficha de trabalho 7º ano estudo dos arcos
Ficha de trabalho 7º ano   estudo dos arcosFicha de trabalho 7º ano   estudo dos arcos
Ficha de trabalho 7º ano estudo dos arcosruiseixas
 
Arte- A técnica mista
Arte- A técnica mistaArte- A técnica mista
Arte- A técnica mistaJaicinha
 
DivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes Iguais
DivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes IguaisDivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes Iguais
DivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes IguaisSusana Rodrigues
 
Ficha de av diagn et 5º ano
Ficha de av diagn et  5º anoFicha de av diagn et  5º ano
Ficha de av diagn et 5º anoTeresa Calado
 
Ficha nº 8 óvulo e oval
Ficha nº 8 óvulo e ovalFicha nº 8 óvulo e oval
Ficha nº 8 óvulo e ovalruiseixas
 
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fugaFicha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fugaruiseixas
 
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonal
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonalFicha nº 20 planificação piramide hexagonal
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonalruiseixas
 
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)ruiseixas
 
Ficha nº 5 espirais
Ficha nº 5 espiraisFicha nº 5 espirais
Ficha nº 5 espiraisruiseixas
 
Ficha de trabalho escher simetria
Ficha de trabalho escher   simetriaFicha de trabalho escher   simetria
Ficha de trabalho escher simetriaruiseixas
 
Ficha nº 1 estudo da reta
Ficha nº 1 estudo da retaFicha nº 1 estudo da reta
Ficha nº 1 estudo da retaruiseixas
 
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fugaFicha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fugaruiseixas
 
Ficha nº 6 estudo dos arcos
Ficha nº 6 estudo dos arcosFicha nº 6 estudo dos arcos
Ficha nº 6 estudo dos arcosruiseixas
 
Ficha nº 2 ângulos
Ficha nº 2 ângulosFicha nº 2 ângulos
Ficha nº 2 ângulosruiseixas
 
Ficha de trabalho escher pássaros-rotação
Ficha de trabalho escher   pássaros-rotaçãoFicha de trabalho escher   pássaros-rotação
Ficha de trabalho escher pássaros-rotaçãoruiseixas
 
Ficha de trabalho escher lagartos
Ficha de trabalho escher   lagartosFicha de trabalho escher   lagartos
Ficha de trabalho escher lagartosruiseixas
 
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangular
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangularFicha nº 18 planificação piramide quadrangular
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangularruiseixas
 
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricasFicha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricasruiseixas
 
Ficha nº 14 perspetiva do círculo
Ficha nº 14 perspetiva do círculoFicha nº 14 perspetiva do círculo
Ficha nº 14 perspetiva do círculoruiseixas
 

Destaque (20)

Ficha de trabalho 7º ano estudo dos arcos
Ficha de trabalho 7º ano   estudo dos arcosFicha de trabalho 7º ano   estudo dos arcos
Ficha de trabalho 7º ano estudo dos arcos
 
Arte- A técnica mista
Arte- A técnica mistaArte- A técnica mista
Arte- A técnica mista
 
Tecnica de impressao
Tecnica de impressaoTecnica de impressao
Tecnica de impressao
 
DivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes Iguais
DivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes IguaisDivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes Iguais
DivisãO Da CircunferêNcia Em 5 Partes Iguais
 
Ficha de av diagn et 5º ano
Ficha de av diagn et  5º anoFicha de av diagn et  5º ano
Ficha de av diagn et 5º ano
 
Ficha nº 8 óvulo e oval
Ficha nº 8 óvulo e ovalFicha nº 8 óvulo e oval
Ficha nº 8 óvulo e oval
 
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fugaFicha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
 
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonal
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonalFicha nº 20 planificação piramide hexagonal
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonal
 
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
 
Ficha nº 5 espirais
Ficha nº 5 espiraisFicha nº 5 espirais
Ficha nº 5 espirais
 
Ficha de trabalho escher simetria
Ficha de trabalho escher   simetriaFicha de trabalho escher   simetria
Ficha de trabalho escher simetria
 
Ficha nº 1 estudo da reta
Ficha nº 1 estudo da retaFicha nº 1 estudo da reta
Ficha nº 1 estudo da reta
 
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fugaFicha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
 
Ficha nº 6 estudo dos arcos
Ficha nº 6 estudo dos arcosFicha nº 6 estudo dos arcos
Ficha nº 6 estudo dos arcos
 
Ficha nº 2 ângulos
Ficha nº 2 ângulosFicha nº 2 ângulos
Ficha nº 2 ângulos
 
Ficha de trabalho escher pássaros-rotação
Ficha de trabalho escher   pássaros-rotaçãoFicha de trabalho escher   pássaros-rotação
Ficha de trabalho escher pássaros-rotação
 
Ficha de trabalho escher lagartos
Ficha de trabalho escher   lagartosFicha de trabalho escher   lagartos
Ficha de trabalho escher lagartos
 
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangular
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangularFicha nº 18 planificação piramide quadrangular
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangular
 
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricasFicha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
 
Ficha nº 14 perspetiva do círculo
Ficha nº 14 perspetiva do círculoFicha nº 14 perspetiva do círculo
Ficha nº 14 perspetiva do círculo
 

Semelhante a Fichas ev 7 8

Ficha nº 11 Como elaborar um cartaz
Ficha nº 11 Como elaborar um cartazFicha nº 11 Como elaborar um cartaz
Ficha nº 11 Como elaborar um cartazeducadores123
 
Hachuras ao Invés de Retículas
Hachuras ao Invés de RetículasHachuras ao Invés de Retículas
Hachuras ao Invés de RetículasNankinn
 
Homotetia - Ensino Apredizagem com Auxilo do Software Geogebra
Homotetia - Ensino Apredizagem com Auxilo do Software GeogebraHomotetia - Ensino Apredizagem com Auxilo do Software Geogebra
Homotetia - Ensino Apredizagem com Auxilo do Software GeogebraDenise Aparecida Bonfim
 
Design para Redes Sociais - Webdesign 2020
Design para Redes Sociais - Webdesign 2020Design para Redes Sociais - Webdesign 2020
Design para Redes Sociais - Webdesign 2020Renato Melo
 
Apostila do curso de desenho sesc 2011
Apostila do curso de desenho sesc 2011Apostila do curso de desenho sesc 2011
Apostila do curso de desenho sesc 2011Drieli Fassioli
 
elementos del arte para niños de 10 a 14 años
elementos del arte para niños de 10 a 14 añoselementos del arte para niños de 10 a 14 años
elementos del arte para niños de 10 a 14 añosLiz Castellanos
 
O aprendiz de investigador: Apresentar os resultados de uma investigação. Tra...
O aprendiz de investigador: Apresentar os resultados de uma investigação. Tra...O aprendiz de investigador: Apresentar os resultados de uma investigação. Tra...
O aprendiz de investigador: Apresentar os resultados de uma investigação. Tra...ProjetoLiteracias
 
Modelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolarModelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolarSHEILA MONTEIRO
 
Regras para a apresentação individual....
Regras para a apresentação individual....Regras para a apresentação individual....
Regras para a apresentação individual....Gabriela Bruno
 
Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho desenhos realistas
Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho  desenhos realistas Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho  desenhos realistas
Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho desenhos realistas roberval teles
 
Desenho Realista- Conceitos Básicos
Desenho Realista- Conceitos BásicosDesenho Realista- Conceitos Básicos
Desenho Realista- Conceitos BásicosCarlos Damasceno
 
Apostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenhoApostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenhoroberval teles
 
Apostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenhoApostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenhoroberval teles
 
Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-02
Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-02Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-02
Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-02Renato Melo
 
Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-01
Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-01Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-01
Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-01Renato Melo
 
Introdução da disciplina
Introdução da disciplinaIntrodução da disciplina
Introdução da disciplinaCarlosReinke
 

Semelhante a Fichas ev 7 8 (20)

Ficha nº 11 Como elaborar um cartaz
Ficha nº 11 Como elaborar um cartazFicha nº 11 Como elaborar um cartaz
Ficha nº 11 Como elaborar um cartaz
 
Hachuras ao Invés de Retículas
Hachuras ao Invés de RetículasHachuras ao Invés de Retículas
Hachuras ao Invés de Retículas
 
Homotetia - Ensino Apredizagem com Auxilo do Software Geogebra
Homotetia - Ensino Apredizagem com Auxilo do Software GeogebraHomotetia - Ensino Apredizagem com Auxilo do Software Geogebra
Homotetia - Ensino Apredizagem com Auxilo do Software Geogebra
 
Design para Redes Sociais - Webdesign 2020
Design para Redes Sociais - Webdesign 2020Design para Redes Sociais - Webdesign 2020
Design para Redes Sociais - Webdesign 2020
 
SALGADOFILHO2014
SALGADOFILHO2014SALGADOFILHO2014
SALGADOFILHO2014
 
Apostila do curso de desenho sesc 2011
Apostila do curso de desenho sesc 2011Apostila do curso de desenho sesc 2011
Apostila do curso de desenho sesc 2011
 
Curso de Desenho
Curso de DesenhoCurso de Desenho
Curso de Desenho
 
Módulo 1 - Design gráfico
Módulo 1 - Design gráficoMódulo 1 - Design gráfico
Módulo 1 - Design gráfico
 
Como fazer um trabalho escolar
Como fazer um trabalho escolarComo fazer um trabalho escolar
Como fazer um trabalho escolar
 
elementos del arte para niños de 10 a 14 años
elementos del arte para niños de 10 a 14 añoselementos del arte para niños de 10 a 14 años
elementos del arte para niños de 10 a 14 años
 
O aprendiz de investigador: Apresentar os resultados de uma investigação. Tra...
O aprendiz de investigador: Apresentar os resultados de uma investigação. Tra...O aprendiz de investigador: Apresentar os resultados de uma investigação. Tra...
O aprendiz de investigador: Apresentar os resultados de uma investigação. Tra...
 
Modelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolarModelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolar
 
Regras para a apresentação individual....
Regras para a apresentação individual....Regras para a apresentação individual....
Regras para a apresentação individual....
 
Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho desenhos realistas
Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho  desenhos realistas Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho  desenhos realistas
Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho desenhos realistas
 
Desenho Realista- Conceitos Básicos
Desenho Realista- Conceitos BásicosDesenho Realista- Conceitos Básicos
Desenho Realista- Conceitos Básicos
 
Apostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenhoApostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenho
 
Apostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenhoApostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenho
 
Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-02
Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-02Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-02
Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-02
 
Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-01
Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-01Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-01
Design para Redes Sociais 2 - Webdesign 2021-01
 
Introdução da disciplina
Introdução da disciplinaIntrodução da disciplina
Introdução da disciplina
 

Fichas ev 7 8

  • 1. Trabalho.2 | Texturas + Natal 7ºANO Pretende-se que com base na matéria exposta e neste enquadramento, NATAL, cries elementos (tipo móbil) que possam ser usados na decorações de Natal da nossa escola que, como sabes, está um pouco tristonha. Assim, deves ter presente o que foi falado na aula a este respeito e criares, com base nas formas que podes trabalhar - Estrela de 5/6 pontas | pentágono/hexágono - os teus elementos a trabalhar (Cavalinho A3 para depois colar na cartolina). Deves, ainda, usar as texturas (que vais recolher) para com elas e da forma mais imaginativa que entenderes (cor...) decorares as tuas estrelas que irão ser, depois, penduradas pela escola nos espaços destinados para o efeito. Será um trabalho simples mas vistoso que, estou certo, te agradará. 10% Pesquisa (Elementos Natal+texturas) 30% Correta execução da construção de suporte (estrela de 5/6 pontas) 25% Qualidade das texturas apresentadas (1 natural+1 artificial) 10% Qualidade da representação gráfica (qualidade) 10% Qualidade das técnicas (Corte e colagem) utilizadas. 15% Originalidade na apresentação do trabalho Competências a avaliar Conteúdos Luz-COR, Forma, Traçados geométricos (pentágono e hexágono) e Textura. .
  • 2. Trabalho.1 | CAPA7ºANO Agora que vamos iniciar o nosso primeiro trabalho deste ano lectivo, será conveniente que te lembres de algumas coisas que aprendeste no ano passado. Vamos fazer um trabalho que, quando estiver acabado, será colado na tua capa individual juntamente com o teu nome, número e turma que faremos mais adiante. Vais precisar da tua fotografia (a P/B fotocopiada para 15cm de altura) por cima da qual vais desenhar os principais contornos com a ajuda de papel vegetal (engenheiro) que, depois de concluída, vais pintar e colar. Reforço que não pode exceder os 15cm de altura. Com base no exemplo abaixo (img.1 da esquerda) vais tentar pintar a tua cara usando, apenas, pontos e linhas e os teus lápis de cor só nas cores primárias e secundárias. Depois de terminares o teu trabalho e antes de colares as tuas imagens na capa, fala com o teu professor para ver se está tudo bem. Deves ter algum cuidado de modo a deixar livre o espaço suficiente para colares o teu nome que ainda não fizeste , número e turma mas que ficará, mais ou menos assim (imagem da direita). Img.1 NOME Nº/Tª Img.2 Material Fotografia a P/B fotocopiada para uma altura de 15cm, papel vegetal (eng.) lápis, lápis de cor e cola tipo UHU. Conteúdos Cor-Luz, Forma. Critérios de avaliação 10% Correta utilização das cores (primárias e secundárias) 30% Correta definição da forma (ponto e linha) 30% Percepção da representação gráfica (tipo de traço, tamanho e cor) 30% Originalidade na apresentação e conceção do trabalho
  • 3. A Letra | Ficha de trabalho.T1b A primeira função das letras é serem lidas e facilmente percebidas. Mas podem também servir para decorar e tornar mais sugestivas as páginas onde estão impressas. Como podes observar no alfabeto que te mostramos, as diferentes letras pertencem todas à mesma família, isto é, têm as mesmas características. Repara que todas as letras têm cinco (5) quadrados de altura mas, a sua largura é variável, na grande maioria ocupam três (3) quadrados, outras maiores ocupam quatro (4) ou ainda dois (2) e um (1) quadrado. Para desenhares as letras, deves recorrer, por isso, à utilização de uma quadricula - papel quadriculado - ou linhas-guia. A quadricula e a s linhas-guia servem para marcar a altura, o meio e a largura das letras. ATIVIDADE 1. Coloca uma folha de papel quadriculado na posição horizontal (ao baixo). 2. Escreve o teu nome próprio nessa quadricula, obedecendo à representação das letras do abecedário que está na parte de trás desta ficha de trabalho. Caso exista na turma outro/a colega com o teu nome, acrescenta o teu apelido. 3. Obedece aos seguintes critérios: - Entre cada letra, deixa um (1) quadrado de intervalo.; - Entre cada palavra, deixa três (3) quadrados de intervalo; - Entre cada linha, deixa dois (2) quadrados de intervalo. 4. Por baixo do nome e a começar à/na mesma direcção escreve o ano, a turma e o número. Exemplo: 5. Ficaste, por assim dizer, com quatro (4) grupos: - Nome;
  • 4. - Ano/Turma; - A barra; - O Número. Assim, deves selecionar quatro (4) cores diferentes correspondentes a cada um dos grupos em que podes utilizar, dentro de cada grupo, tonalidades diferentes da mesma cor e até utilizares técnicas de pintura diferentes, também, de forma a tornares as tuas letras mais originais. 5ºA / 12 25 % Reprodução rigorosa das letras do alfabeto 15 % Aplicação dos critérios de espacejamento 10 % Identificação dos quatro grupos através da cor 25 % Domínio dos instrumentos riscadores 25 % Originalidade na aplicação da cor Trabalho. 3 | Quem eu?!... 7º/8ºANO Pretende-se que com base na matéria exposta e neste enquadramento, QUEM EU?!.., que desenhes uma textura (natural ou artificial) de modo a alterares completamente a PERCEÇÃO que tens de determinado objeto/coisa/animal (no caso), sendo esse o principal objetivo do nosso trabalho -T er dif er ent es per ceções de u ma mes ma coi sa . Assim, deves ter presente o que foi falado na aula a este respeito e criares, com base nas formas que podes trabalhar, um animal por exemplo, uma perceção dele, através do desenho de uma textura (com que o vais ‘’decorar’’) que seja completamente diferente daquilo a que estamos habituados. Farás, como de costume um grande trabalho. Podes usar uma ou mais técnicas e/ou usar diferentes riscadores se preferires. O formato do teu trabalho será A3 e deve ter, obrigatoriamente esquadria ano letivo). 1. 2. 3. Na aula serão esclarecidas eventuais dúvidas. 10% Pesquisa (Silhueta pedida na última aula do 1º período) 25% Correta execução da construção da esquadria + legenda
  • 5. 10% Rigor na execução das Silhuetas (precisão e qualidade da ‘’perceção’’) 40% Representação gráfica 15% Originalidade na apresentação do trabalho Competências a avaliar Conteúdos Luz-COR, Forma. T4 | Cartaz 7ºANO Pretende-se que com base na matéria exposta que concebas e executes um cartaz, em formato A3, relativo a uma marca da tua preferência. Se te fixares num só produto (da tua marca) talvez seja melhor, mas quanto a isso, falaremos na aula. Deves, então, em primeiro lugar decidir qual a Tua marca. Depois, pensares sobre o resto... E o resto é: 1. Definir o objectivo do cartaz. a. Informar? b. Ilustrar alguma situação? c. Motivar? d. Apelar? 2. Escolher o material a utilizar como base. a. Cartolina? (CUIDADO COM A ESCOLHA DAS CORES!!!!) b. Papel de cenário? c. Papel com texturas? 3. Recolher o material a utilizar. (fotografias, esquemas, informações…) 4. Propor alternativas e fazer um projeto relativo à escolha efetuada. 5. Ensaiar a disposição do material recolhido, ANTES DE COMEÇAR A TRABALHAR!!!!!!!!!! 10% Pesquisa (Cartazes + Marca) 15% Qualidade/clareza das propostas elaboradas de acordo com a marca escolhida 10% Projeto com base na proposta escolhida (relação entre) 40% Representação gráfica 10% Originalidade do slogan 15% Originalidade na apresentação do trabalho Competências a avaliar Conteúdos Luz-COR, Forma, Comunicação Visual (Elementos Visuais da Comunicação,Códigos de Comunicação Visual e o Papel da Imagem na Comunicação) Na aula serão esclarecidas eventuais dúvidas. Material a Utilizar Lápis, borracha, lápis de cor, marcadores, cola, tesoura, régua, esquadro, transferidor, papel vegetal... e muita imaginação. Repara no cartaz abaixo, de que falaremos melhor na aula...
  • 6. Elaboração de Cartazes… Para elaborar um cartaz… 1. Definir o tema de estudo. 2. Definir o objectivo do cartaz. a. Informar? b. Ilustrar alguma situação? c. Motivar? d. Apelar? 3. Escolher o material a utilizar como base. a. Cartolina? (CUIDADO COM A ESCOLHA DAS CORES!!!!) b. Papel de cenário? c. Papel com texturas? 4. Recolher o material a utilizar. (fotografias, esquemas, informações…) 5. Ensaiar a disposição do material recolhido, ANTES DE COMEÇAR A COLAR!!!!!!!!!! Para uma boa leitura o cartaz deve ter… Boa organização. A dimensão das letras deve ser adequada. O título deve ter uma fonte (tamanho de letra) de dimensão de 150 a 200 e o texto cerca de 30. Os textos devem ser muito curtos!!!! As letras devem ser espaçadas. O texto e a imagem devem estar em articulação. O cartaz deve ser simples e original. Deves escolher cores que causem impacto, tais como: Verde/Cor-de-rosa choque Azul/cor-de-laranja.
  • 7. Amarelo/Violeta. Vermelho/verde. As cores devem ser contrastantes e deves evitar a todo o custo cores pastel, ou seja: amarelo-claro, azul claro, verde-claro, rosa claro. Em caso de dúvida escolhe o branco e depois faz uma composição com cores!!!! Exemplos de cartazes Exemplos de estruturas/disposições para cartazes Exemplos de composições: A B Zona visual mais importante. Zona indicada para escrita. Título, mensagem… Imagem Texto Imagens Texto Texto ‘’Óvulos’’ de Páscoa Chegada a altura da Páscoa, é a altura de lançar mais um trabalho. No nosso caso, a opção recaiu na construção do óvulo e, consequentemente, na realização de um Ovo da Páscoa. Vais, portanto, fazer um pequeno trabalho - ovo - que depois vais decorar à maneira. Deves começar por fazer uma pequena pesquisa para retirares algumas ideias e elaborar um projeto de suporte ao teu trabalho. Ao mesmo tempo, podes recolher algum material (reciclar) para poderes utilizar na decoração do teu ovo. Em baixo está exemplificado o processo de execução do óvulo e algumas sugestões para a sua conceção/decoração. Competências a avaliar Na aula serão esclarecidas eventuais dúvidas. 10% Pesquisa 20% Fase de representação / Projeto 20% Aplicação de materiais de reciclagem 30% Capacidade de aplicação de diferentes técnicas (recortes, colagens, etc.) 20% Originalidade e criatividade na conceção dos trabalhos. Conteúdos Luz-CORs, Forma, Traçado geométricos, Reutilização/Reciclagem.
  • 8. Atividade 1. Numa folha A4 constói um óvulo sabendo que AB=14cm. Apaga as construções. 2. Com base na tua pesquisa elabora, numa folha A4 três (3) pequenas propostas a cores. 3. De acordo com a proposta escolhida, decora o teu «óvulo» da Páscoa com as técnicas da tua preferência. 4. Cola o teu Óvulo num pedaço de cartolina/cartão e recorta-o deixando a toda a volta uma uma pequena margem Módulo/Padrão ‘’3.9'’ | atividade Neste trabalho pretende-se que cries, segundo algumas orientações, algumas propostas de módulos (3x3cm) para que depois escolhas uma que vai ser a base do teu trabalho. Esse trabalho, consistirá na realização de um padrão, a partir do módulo que escolheste numa folha A3 e terá a dimensão de 15x27cm (3.9 mod.). Se preferires, para realçares melhor a tua criatividade, podes utilizar como fundo uma cartolina A3 de uma cor que fique bem com as cores do teu padrão. Vais, então, começar por desenhar numa folha A4 algumas propostas de módulos (3x3xcm) onde vais tentar evidenciar através de gradações de cor, claro-escuro ou mesmo por combinações de cor características que sugiram relevo. Esta fase é feita à mão livre e a pintura será meramente indicativa daquilo que pretendes ou seja, não precisa de ser cuidada.
  • 9. Deves utilizar para sistematizar o teu trabalho, e para o facilitar também, os 9 pontos fundamentais do quadrado (fig.1). De seguida vais escolher de entre os módulos que criaste um, que será a base do teu trabalho e que, em caso algum, poderá ser alterado. Depois vais, numa folha A3, desenhar uma grelha, rigorosa e centrada, que será a estrutura de base do teu padrão (fig.2). Por falar em sistematizar, lembro-te que antes de iniciares a construção do teu padrão, que o vais fazer numa grelha quadriculada (3x3) que te pode facilitar, como já disse, o teu trabalho já que as linhas... na aula falamos. Vais ver que é fácil e divertido. Competências a avaliar Na aula serão esclarecidas eventuais dúvidas. 10% Pesquisa 20% Fase de criação / Módulo 20% Domínio do instrumentos de medição/desenho 35% Fase de representação / Padrão 15% Originalidade e criatividade na conceção dos trabalhos face ao pedido. Conteúdos Luz-COR, Forma, Traçados geométricos, Módulo e Padrão, Claro-escuro, Gradações. 1 4 6 7 8 9 5 2 3 1, 3 7 e 9 - vértices 2, 4, 6 e 8 - pontos médios 5 - centro Fig.1 | pontos fundamentais do quadrado Fig.2 | grelha base do padrão (quadrada) Fig.3 | exemplo de módulo e de padrão Fig.4 | Aspeto finaldo trabalho - A3 Material Papel, cartolina de cor, lápis 2HB, tesoura, cola tipo UHU, pano de limpeza, lápis de cor e canetas de feltro...
  • 10. Educação Visual Teste diagnóstico | 8º ano Nome: ________________________________________________________ Nº:/Turma ______ Hoje vais fazer um teste diagnóstico, um pouco diferente daquilo a que estás habituado, que terá três (3) partes distintas. uma primeira parte em terás que observar e reproduzir uma imagem (fornecida) no verso desta folha, uma segunda parte que faz apelo à tua capacidade de observação e interpretação e, por fim, uma terceira parte em que se apela à tua capacidade de memorização, na qual contarás com a ajuda de um/a colega (depois trocam). Material a utilizar: Lápis, borracha, marcador vermelho, 2 folhas A4 (com esquadria de 1cm e retângulo de identificação).
  • 11. EDUCAÇÃOVISUAL Teste de Avaliação Diagnóstica - 7ºANO O regresso à escola é sempre uma experiência interessante… Tens novos materiais, novos professores e, certamente novos colegas! Hoje vais pegar numa folha de papel cavalinho A3, vais começar por traçar a esquadria com 1cm de margem. (Podes utilizar a folha na vertical ou na horizontal). No canto inferior direito da tua folha, constrói uma legenda de 6x3cm e acordo com a imagem, preenche-a com os seguintes dados: Teste Diagnóstico, o teu nome, turma e número. De seguida divide o interior da esquadria em 3 espaços iguais. Em cada um dos espaços, sem pretender representar nada de concreto, exprime alegria, felicidade e raiva mas só com linhas, utilizando livremente cores e riscadores com técnicas que já conheças! Materiais: folha A3, régua, esquadro, lápis , borracha e marcadores ou lápis. Competências a avaliar: 10% Domínio dos instrumentos de medição régua, esquadro 30% Capacidade de organização do espaço 30% Representação gráfica-tipo de traçado utilizado, tamanho, forma e cor 30% Originalidade na apresentação e conceção e originalidade do trabalho C a p a c i d a d e
  • 12. Significado das Cores Pois bem, para quem não sabe as cores têm vários significados, visto isto achei por bem informar-me em relação ao significado de cada cor para ter em atenção nos futuros projectos. Aqui vai para quem não sabe. Preto: A cor Preta está associada à ideia de morte, luto ou terror, no entanto também se liga ao mistério e à fantasia, sendo hoje em dia uma cor com valor de uma certa sofisticação e luxo. Significa também dignidade. Branco: O branco associa-se à ideia de paz, de calma, de pureza. Também está associado ao frio e à limpeza. Significa inocência e pureza. Cinzento: O cinzento pode simbolizar o medo ou a depressão, mas é também uma cor que transmite estabilidade, sucesso e qualidade. Bege: O Bege é uma cor que transmite calma e passividade. Está associada à melancolia e ao clássico. Vermelho: O Vermelho é a cor da paixão e do sentimento. Simboliza o amor, o desejo, mas também simboliza o orgulho, a violência, a agressividade, a raiva ou o poder. Vermelho escuro: O Vermelho escuro significa elegância, requinte e liderança. Verde: O Verde significa vigor, juventude, frescor, esperança e calma. Verde-escuro: O Verde-escuro está associado ao masculino, lembra grandeza, como um oceano. É uma cor que simboliza tudo o que é viril. Verde-claro: O Verde-claro significa contentamento e protecção. Amarelo: O Amarelo transmite calor, luz e descontracção. Simbolicamente está associado à prosperidade. É também uma cor energética, activa que transmite optimismo. Está associada ao Verão. Nalguns países asiáticos à divindade.
  • 13. Laranja: O Laranja é uma cor quente, tal como o amarelo e o vermelho. É pois uma cor activa que, significa movimento e espontaneidade Azul: O Azul é a cor do céu, do espírito e do pensamento. Simboliza a lealdade, a fidelidade, a personalidade e subtileza. Simboliza também o ideal e o sonho. É a mais fria das cores frias. Azul-escuro: O Azul-escuro, é considerada uma cor romântica, talvez porque lembre a cor do mar, no entanto é uma cor que se associa a uma certa falta de coragem ou monotonia. Azul claro: O Azul claro significa tranquilidade, compreensão e frescura. Castanho: O Castanho é a cor da Terra. Esta cor significa maturidade, consciência e responsabilidade. Está ainda associada ao conforto, estabilidade, resistência e simplicidade. Roxo: O Roxo transmite a sensação de tristeza. Significa prosperidade, nobreza e respeito. Lilás: O Lilás significa espiritualidade e intuição. Rosa: A cor Rosa significa beleza, saúde, sensualidade e também romantismo. Rosa claro: A cor Rosa clara está associada ao feminino. Remete para algo amoroso, carinhoso, terno, suave e ao mesmo tempo para uma certa fragilidade e delicadeza. Está ainda associado à compaixão. Salmão: O Salmão está associado à felicidade e à harmonia. Prateado: O prateado ou cor prata é uma cor associada ao moderno, às novas tecnologias, à novidade, à inovação. Dourado: O Dourado ou cor ouro está simbolicamente associado ao ouro e à riqueza, a algo majestoso. Como podem ver, as cores têm mesmo significados bastante profundos mas está é apenas uma das aproximações existentes. Fonte: http://blog.resende.biz/?p=486 C a p a c i d a d e d e o r g a n i z a ç ã o d o e s p a ç o
  • 14. Educação Visual e Tecnológica Atualmente os lápis são produzidos com uma mistura de grafite e argila que faz com que existem diversas gradações, do mais mole ao mais duro mas antigamente para escrever no papiro usavam-se hastes finas de caniço ou penas de aves. O lápis já existe desde o séc. XVI, e foi o francês Conté que inventou o processo de lhe dar a possibilidade de ser macio ou duro. O lápis é constituído por uma mina riscadora e uma embalagem protetora de madeira. A mina é feita de grafite e argila: - a grafite – é o material riscador; - a argila – é o material que fornece à mina a sua dureza. Da proporção com que se misturam estes dois elementos, assim varia o grau de dureza das minas dos lápis. Por "H" entende-se "Hard” - uma mina dura. Por "B" entende-se "Bland” ou "Black”- uma mina macia ou preta. Por "HB" entende-se "Hard/Bland ”- uma mina de dureza média. Os lápis de dureza intermédia (B, HB, H, 2H) são os mais utilizados para o desenho e para a escrita. Os lápis duros (3H até ao 9H) são os mais indicados para traçados rigorosos, porque para além de produzirem traços finos e precisos, não se desgastam tão rapidamente e não sujam o suporte. Os lápis macios (2B até ao 7B) são os mais aconselhados para desenho livre por serem fáceis de apagar e permitirem um traço mais expressivo.
  • 15. Normalização do papel A normalização tem por fim simplificar, ordenar e economizar tanto no que diz respeito às operações do fabrico como à transformação e ao consumo. O papel que utilizas habitualmente, para escrever ou desenhar, está sujeito a uma normalização universal. Com base na análise da figura,facilmente se depreende que, à medida que o índice aumenta, diminui para metade o tamanho do papel. Existem vários tipos de papéis, uns mais indicados para determinados desempenhos do que outros: - papéis para escrita, impressão e pintura - papéis decorativos - cartões e cartolinas 1 0 % D o m í n i o d o s i n s t r u m e n t o s d e m e d i ç ã o ( r é g u a , e s q u a C a p a c i d a d e d e o r g a n i z a ç ã o d o e s p a ç o 3 0 % R e p r e s e n t a ç ã o g r á f i c a ( t i p o d e t r a ç a d o u t i l i z a d o , O r i g i n a l i d a d e n a a p r e s e n t a ç ã o e c o n c e p ç ã o d o t r a b 1 0 % D o m í n i o d o s i n s t r u m e n t C a p a c i d a d e d e o r g a n i z a R e p r e s e n t a ç ã o g r á f i c a O r i g i n a l i d a d e n a a p r e s