Espirais - Espiral Tricêntrica

112.258 visualizações

Publicada em

Espirais - Espiral Tricêntrica

Publicada em: Educação
0 comentários
17 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
112.258
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
96.969
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
17
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Espirais - Espiral Tricêntrica

  1. 1. Johannes Itten (1888-1967)
  2. 2. Tema da unidade didática: “Espirais” Espiral tricêntrica Vamos recordar o que já aprendeste…
  3. 3. Espiral, o que é?O movimento de um ponto no espaço define uma linha imaginária.Quando esse ponto se desloca e dá voltas sucessivas em torno de outro (polo),e do qual se afasta progressivamente, dá origem a uma espiral!- A espiral é uma linha curva, concordante, aberta e ilimitada;- A espiral provoca a sensação de movimento;- A espiral é uma linha “harmoniosa”!- Pode ser desenhada à mão livre ou geometricamente. Ano letivo 2012/2013
  4. 4. Onde pode o Homem observar formas em Espiral? Observando o céu…e a Terra! …o mar Ano letivo 2012/2013
  5. 5. Da harmonia da Natureza… para as formas criadas pelo Homem! Ano letivo 2012/2013
  6. 6. O que vais aprender hoje? - A designação da espiral quanto ao número de centros; - A designação da direção da espiral; - As fases de construção geométrica da espiral tricêntrica; - Desenhar geometricamente uma espiral com três centros; - Identificar os pontos de concordância da espiral tricêntrica; - Aplicações da espiral na vida do Homem; - Compreender o conceito “harmonia” implícito na espiral; - Realizar traçados geométricos de espirais tricêntricas, com o objetivo de criar uma composição plástica. Ano letivo 2012/2013
  7. 7. As espirais em estudo têm designações diferentesEspiral bicêntrica (2) Espiral tricêntrica (3) Espiral quadricêntrica (4)bicêntrica ou espiral de dois centros (2) tricêntrica ou espiral de três centros (3) quadricêntrica ou espiral de quatro centros (4) Ano letivo 2012/2013
  8. 8. Designação da direção da espiral- Quando a direção da espiral se - Quando a direção da espiral sevolta para a esquerda chama-se volta para a direita chama-seespiral sinistrogira ou levogira. espiral dextrogira. Alexander Calder (1898 -1976) Ano letivo 2012/2013
  9. 9. Identificação dos pontos de concordânciaO ponto de concordância é o ponto onde termina um arco e inicia o arco seguinte, deforma que a ligação das linhas seja exata, perfeita e plenamente harmoniosa!Na espiral bicêntrica, Na espiral tricêntrica,os arcos consecutivos que definem a os arcos consecutivos que definem aespiral são concordantes em A, B, C,… espiral são concordantes em A, B, C, D, … Ano letivo 2012/2013
  10. 10. Aplicações da espiral na vida do Homem……na Música Lira Violino Stradivarius Ano letivo 2012/2013
  11. 11. Aplicação da espiral no artesanato Renda de BilrosCestaria Guacamayas (Colombia) Ano letivo 2012/2013
  12. 12. Aplicação da espiral no design Ano letivo 2012/2013
  13. 13. Aplicação da espiral na Arquitetura Antoni Gaudi (1852-1926) Ano letivo 2012/2013
  14. 14. Aplicação da espiral na EsculturaAlexander Calder (1898 -1976) Anthony Cragg (1949) Xana (1959) Ano letivo 2012/2013
  15. 15. Aplicação da espiral na Pintura Nadir Afonso (1920)Gustav Klimt (1862-1918) Ano letivo 2012/2013
  16. 16. Material geométrico necessário para a construção da espiral Ano letivo 2012/2013
  17. 17. Fases de construção geométrica da espiral tricêntrica Espiral tricêntrica dextrogira1. Sobre a reta a define o segmento de reta AB = 1 cm.Obs.: O segmento de reta AB é um dos lados de um triângulo equilátero.2. Inicia o processo do desenho do triângulo equilátero. Obténs o vértice C.3. Prolonga o lado do triângulo CA (linha c);4. Prolonga o lado do triângulo BC (linha b);Obs.: A ordem sequencial dos centros é: 1º- A; 2º- C e 3º- B.5. Faz centro no ponto A, e com a abertura do compasso até ao ponto B,descreve o arco de circunferência BD.6. Faz centro no ponto C, e com a abertura do compasso até ao ponto D,descreve o arco de circunferência DE.7. Faz centro no ponto B, e com a abertura do compasso até ao ponto E,descreve o arco de circunferência EF.8. Volta ao início do processo. 1º, faz centro no ponto A, e com a abertura docompasso até ao ponto F, descreve o arco de circunferência FG.E assim, sucessivamente… Pontos de concordância: - D, E, F, G,… Ano letivo 2012/2013
  18. 18. Proposta de trabalho1º Elaborar uma composição geométricacom espirais tricêntricas;2º Aplicar conhecimentos da teoria da cor,na pintura da composição;* Material necessário: Folha de papelcavalinho A4 e lápis de cor. Johannes Itten (1888-1967) Ano letivo 2012/2013
  19. 19. Fontes de Informação* Acesso Google. - Imagens temáticas* Ferramenta digital Geometricas – http://www.geometricas.net* Nogueira, Ana e Brito, Maria José, Educação Visual , Projeto Desafios, 3º ciclo, 1ª edição,Carnaxide, Santillana Constância, 2012.* Areal, Zita e Moreira Ágata, Visualmente, 7º, 8º e 9º anos, 3º Ciclo do EnsinoBásico, 1ª edição, Porto, areal editores, 2012.* Graça, Cristina Carrilho; Forjaz Rosário; Barriga, Sara e Ferreira Sérgio, Ver, Desenhar eCriar, Educação Visual, 3º Ciclo do Ensino Básico, 1ª edição, Lisboa, raiz Editora, 2012. Ano letivo 2012/2013
  20. 20. Espiral tricêntrica sinistrogira ou levogira Obs.: A ordem sequencial dos centros é: 1º- A; 2º- C e 3º- B. Ano letivo 2012/2013

×