Contatos:

 Tele Nordeste Celular Participações S.A.
 Walmir Urbano Kesseli
 55.81.3302.2813
 Leonardo Wanderley
 55.81.33...
2004 foi de 90.298 linhas, todas no sistema pré-pago, um crescimento significante quando
             comparado com o prim...
Dados Financeiros Selecionados (em milhares de Reais)


                                                     1º Tri/04   4...
SAC

               O custo de aquisição de clientes no primeiro trimestre de 2004 foi de R$122 comparado com R$100
Fideli...
Ágio

Em 30 de junho de 2000. a Tele Nordeste Celular e suas companhias operadoras completaram
uma reestruturação que resu...
O Aviso aos Acionistas informando o valor dos dividendos corrigidos pela TR desde sua
               distribuição em 31 de...
Dados Históricos Selecionados Consolidados

                                                 1º Tri/04     4Tri/03     1º ...
Balanços Patrimoniais

Em 31 de Março de 2004 e de 2003
(Em milhares de Reais)


                                         ...
Balanços Patrimoniais

Em 31 de Março de 2004 e de 2003
(Em milhares de Reais)

                                          ...
Demonstração de Resultado

        Para os trimestres e semestres findos em 31 de Março de 2004 e de 2003
        (Em milh...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Press Release 1 T04 Tele Nordeste Celular

248 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
248
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Press Release 1 T04 Tele Nordeste Celular

  1. 1. Contatos: Tele Nordeste Celular Participações S.A. Walmir Urbano Kesseli 55.81.3302.2813 Leonardo Wanderley 55.81.3302.2594 leonardo.wanderley@timnordeste.com.br Polyana Maciel 55.81.3302.2593 polyana.maciel@timnordeste.com.br TELE NORDESTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2004 Jaboatão dos Guararapes, 03 de maio de 2004 Tele Nordeste Celular Participações S.A. (NYSE: TND, BOVESPA:TNEP3, TNEP4) (“Tele Nordeste Celular” ou “a Companhia”), a holding que controla as companhias operadoras de serviços de telecomunicações celular, autorizatárias do serviço móvel pessoal (SMP) nos estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas, sob a marca TIM, anunciou hoje os resultados do primeiro trimestre de 2004. Destaques ⇒ Expansão da cobertura GSM: 81 cidades e 43,9% da população coberta em toda região, em março/2004; ⇒ Adições brutas de 177.368, apresentando um crescimento de 45,7% em relação ao primeiro trimestre de 2003; ⇒ Adições líquidas de 90.298, representando um crescimento de 75,8% em relação ao primeiro trimestre de 2003 atingindo 2,3 milhões de linhas, um crescimento de 14,4% comparado com o primeiro trimestre de 2003; ⇒ Receita operacional líquida consolidada totalizou R$ 250,8 milhões ao final de março de 2004, representando um crescimento de 4,8% ano a ano; ⇒ Expressivo EBITDA de R$ 107,9 milhões ao final do primeiro trimestre de 2004, um crescimento de 6,2% ano a ano; ⇒ Lucro líquido consolidado de R$ 47,0 milhões ao final do primeiro trimestre de 2004. As atividades comerciais durante o primeiro trimestre de 2004 resultaram na adição bruta consolidada de 177.368 linhas, das quais 58.650 foram GSM, comparado com 121.694 no 1º trimestre de 2003. Em março a companhia operadora controlada pela Tele Nordeste Celular totalizou 2.262.823 linhas das quais 31,2% eram pós-pagas. A adição líquida consolidada no primeiro trimestre de
  2. 2. 2004 foi de 90.298 linhas, todas no sistema pré-pago, um crescimento significante quando comparado com o primeiro trimestre de 2003, 51.356 linhas, todas no sistema pré-pago. Em março 2004 a metodologia de cálculo do Market Share foi ajustada de acordo com a divulgação da ANATEL, produzindo um incremento do número total de linhas no mercado, acarretando em uma redução do Market Share da Tele Nordeste Celular para 46,4%. No mesmo período a taxa de penetração da região foi estimada em 17,2%, comparada com a taxa de penetração no Brasil de aproximadamente 28,9% (49,1 milhões de linhas – Fonte: Anatel – Março/2004). Desenvolvimento GSM GSM, agora O primeiro trimestre de 200 4 marcou a expansão da tecnologia GSM. A cobertura GSM em mais de alcançou 43,9% da população total da região, cobrindo 81 municípios, dos quais 10 em 2004. A 80 Tele Nordeste Celular possui 712 GSM base transceiver station – BTSs, das quais 80 foram municípios instaladas no primeiro trimestre de 2004. Destaques Financeiros As receitas operacionais líquidas consolidadas no primeiro trimestre de 2004 atingiram R$ 250,8 milhões, representando um crescimento de 4,8% quando comparadas com R$ 239,3 milhões no primeiro trimestre de 2003, crescimento este, principalmente alcançado pelo aumento de 5,3% das receitas de serviços. ARPU A receita média consolidada, combinada por cliente, líquida de impostos (ARPU – receita líquida média por usuário) para o primeiro trimestre de 2004 foi R$34,6 por mês, comparada com R$37,0 registrada no primeiro trimestre de 2003, como resultado de maiores adições líquidas, principalmente na base pré paga. Evolução da Receita Operacional Líquida (R$milhões) +4,8% 250,8 239,3 18,4 18,6 +5,3% 232,4 220,7 1º Tri 03 1º Tri 04 Serviços Aparelhos
  3. 3. Dados Financeiros Selecionados (em milhares de Reais) 1º Tri/04 4º Tri/03 1º Tri/03 Receita Bruta Serviços 301.963 322.537 283.738 Receita Bruta Aparelhos 25.577 23.980 24.089 - Impostos (76.708) (83.410) (68.572) Receita Operacional Líquida 250.832 263.107 239.255 - Custo Serviços (79.197) (94.733) (88.942) - Custo Aparelhos (20.456) (18.642) (19.321) Lucro bruto 151.179 149.732 130.992 Crescimento O lucro bruto consolidado do primeiro trimestre de 2004 foi de R$ 151,2 milhões representando do lucro bruto um crescimento de 15,4% quando comparado ao primeiro trimestre de 2003. Esse crescimento foi consolidado 15,4% ano a atribuído ao aumento de 6,4% nas receitas brutas de serviços aliado ao crescimento de 6,2% nas ano. receitas brutas de aparelhos e acessórios, além da redução no custo dos serviços. Lucro Bruto (R$ milhões) +15.4% 151,2 131,0 1º Tri 03 1º Tri 04 Dados Financeiros Selecionados (em milhares de Reais) 1º Tri/04 4º Tri/03 1º Tri/03 Despesas Operacionais - Vendas (63.388) (48.036) (55.464) - Gerais e administrativas (23.389) (24.103) (20.645) - Outras despesas operacionais. líquidas (7.700) (2.963) (7.185) Subtotal (94.477) (75.102) (83.294) - Receitas (despesas) financeiras líquidas 11.386 21.234 9.897 Total (83.091) (53.868) (73.397) As despesas operacionais consolidadas no primeiro trimestre de 2004 chegaram a R$83,1 milhões apresentando um crescimento de 13,2% quando comparadas com o primeiro trimestre de 200 3. Este crescimento foi atribuído ao crescimento da ordem de 14% nas despesas comerciais, resultado do overlay GSM aliado ao acirramento do ambiente competitivo.
  4. 4. SAC O custo de aquisição de clientes no primeiro trimestre de 2004 foi de R$122 comparado com R$100 Fidelização, aquisições no primeiro trimestre de 2003. Este aumento é atribuído à estratégia em nosso programa de e incentivo fidelização, aquisição e incentivo para a migração dos clientes do sistema TDMA para a rede GSM. a migração para GSM O nível de inadimplência no primeiro trimestre de 2004 atingiu 4,8% das receitas operacionais brutas, comparado com 3,7% no mesmo período de 2003. Este crescimento é decorrente da realização de valores não recebidos da operadora fixa. Para o primeiro trimestre de 2004, a Companhia reportou EBITDA de R$107,9 milhões EBITDA - representando margem EBITDA de 43,0%. Esse resultado é significante se levarmos em conta o Crescimento ambiente de alta competitividade e a implementação da rede GSM, da mesma forma que a de 6,2%. migração para o SMP. EBITDA R$ Milhões Margem EBITDA% +6.2% 107,9 101,6 +0.5p.p 1º Tri 03 1º Tri 04 Para o primeiro trimestre de 2004 a Companhia reportou EBIT de R$56,7 milhões e margem EBIT de 22,6% comparada com EBIT de R$49,5 milhões e margem EBIT de 21,3% durante o primeiro trimestre de 2003, apresentando um incremento de 14,5% em relação ao primeiro trimestre de 2003. O lucro líquido consolidado da Tele Nordeste Celular no primeiro trimestre de 2004 foi de R$ 47,0 milhões contra um lucro líquido consolidado de R$33,0 milhões no primeiro trimestre de 2003. Esse grande incremento deve-se ao nosso foco no crescimento com rentabilidade aliado ao efeito fiscal da ADENE – Agência de Desenvolvimento do Nordeste, que nos concedeu isenção de 75% do imposto de renda a pagar. Lucro Líquido R$ Milhões 47,0 +42.4% 33,0
  5. 5. Ágio Em 30 de junho de 2000. a Tele Nordeste Celular e suas companhias operadoras completaram uma reestruturação que resultou na transferência do ágio pago na privatização. da Bitel Participações S.A. . empresa controladora da Tele Nordeste Celular. para cada uma das companhias operadoras. Esta reestruturação visa o aproveitamento do benefício fiscal estimado em R$200 milhões ao longo de 8 anos . até 2008. O benefício fiscal gerado pela amortização do ágio será capitalizado pela Tele Nordeste Celular e suas companhias operadoras. No primeiro trimestre de 2003 a amortização consolidada do ágio líquida da reversão da provisão para integridade do patrimônio líquido foi de R$6.3 milhões gerando um benefício fiscal no mesmo valor. Dividendos A Assembléia Geral Ordinária – AGO realizada em 22 de abril de 2004, aprovou proposta apresentada pela Administração para o pagamento de dividendos. A proposta aprovada pela AGO distribuiu dividendos anuais equivalentes a 25% do lucro líquido ajustado, após dedução de 5% (R$10,4 milhões) para a reserva legal. Esse valor representa dividendos totais de R$30,4 milhões líquidos de imposto de renda, que serão pagos em igualdade de condições entre as classes de ações conforme permitido pela legislação brasileira. A data definida para início do pagamento dos dividendos será 21 de junho de 2004. O Aviso aos Acionistas informando o valor dos dividendos corrigidos pela TR desde sua distribuição em 31 de dezembro de 2003 até o seu pagamento em 21 de junho de 2004 será publicado nos próximos dias. Realização de parcela da Rese rva Especial de dividendos a pagar A Assembléia Geral Ordinária – AGO realizada em 22 de abril de 2004, aprovou proposta apresentada pela Administração para a realização de parcela da reserva especial de dividendos a pagar, no montante de R$10,3 milhões, referentes à diferença entre o valor que a Companhia está recebendo de suas operadoras controladas a título de dividendos referentes ao exercício de 2003 no montante de R$ 40,7 milhões, e o que a Companhia irá distribuir aos seus acionistas a título de dividendos do competente exercício no valor de R$ 30,4 milhões.
  6. 6. O Aviso aos Acionistas informando o valor dos dividendos corrigidos pela TR desde sua distribuição em 31 de dezembro de 2003 até o seu pagamento em 21 de junho de 2004 será publicado nos próximos dias. Perfil da Dívida A Tele Nordeste Celular encerrou o primeiro trimestre de 2004 com um exigível consolidado de empréstimos e financiamentos no valor total de R$60,5 milhões, todos em moeda estrangeira (dólares norte-americanos), sendo estes com o risco cambial eliminado por meio de instrumentos financeiros. Em 31 de março de 2004, a disponibilidade de caixa consolidada da Companhia era de R$324,1 milhões. Investimentos Expansão da Durante o primeiro trimestre de 2004 a Companhia e sua operadora controlada investiram R$ rede GSM 11,3 milhões. Os investimentos foram destinados principalmente a desenvolvimento da rede o GSM, bem como para a otimização da rede TDMA. Em 31 de março de 2004 a Companhia e sua operadora controlada contavam com 935 estações rádio base – ERB’s. sendo 9 móveis e atendiam 308 municípios. correspondendo a uma cobertura de 75% da população na tecnologia TDMA. E contavam com 712 base transceiver , station – BTSs, sendo 13 móveis atendiam a 81 municípios, correspondendo a uma cobertura de 48% da população urbana na tecnologia GSM. Recursos Humanos Em 31 de março de 2004 a Companhia e suas operadoras controladas contavam com uma força de trabalho de 1.033 funcionários. Anexos: - Dados históricos selecionados consolidados - Cálculo do EBITDA consolidado - Demonstrações financeiras em 31 de março de 2004 e 2003 ________________________________________________________________________ O presente comunicado contém previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões não constituem fatos ocorridos no passado e refletem apenas expectativas dos administradores da companhia. Os termos “antecipa”. “acredita”. “estima”. ”espera”. “prevê”. “pretende”. “planeja”. “projeta”. ”objetiva”. bem como outros termos similares. visam identificar tais previsões as quais evidentemente envolvem riscos ou incertezas previstas ou não pela companhia. Portanto. os resultados futuros das operações da companhia podem diferir das atuais expectativas e o leitor não deve se basear exclusivamente nas posições aqui realizadas. Estas previsões emitem a opinião unicamente na data em que são feitas e a companhia não se obriga a atualizá-las à luz de novas informações ou de seus desdobramentos futuros.
  7. 7. Dados Históricos Selecionados Consolidados 1º Tri/04 4Tri/03 1º Tri/03 Clientes - Total 2.262.823 2.172.525 1.977.199 Adições líquidas 90.298 71.947 51.356 Market share (%) 46* 54 59 Crescimento sobre o mesmo período do ano 14,4 12,8 9,3 anterior (%) População estimada da região (em milhões) 28,3 27,2 27,2 Penetração (%) - Tele Nordeste 8,0 7,7 7,1 - Total 17,1 14,1 12,0 Municípios cobertos - TDMA 308 308 307 - GSM 81 71 -- MOU total 102 104 104 Churn Total (%) 3,9 4,9 3,6 ARPU (R$) - Total 34,6 38,8 36,9 SAC – Custo de aquisição de clientes (R$) 122 82 100 Taxa de digitalização (%) - Planta 78 77 77 - Clientes 99 99 98 Cobertura (%) - População - TDMA 75 75 75 - GSM 48 41 -- - Área geográfica (%) - TDMA 29 29 29 - GSM 8 7 -- Força de trabalho 1.033 1.023 1.031 (*) Mudança na metodologia de cálculo Cálculo do EBITDA Consolidado (em milhares de Reais) 1º Tri/04 4º Tri/03 1º Tri/03 Reclassificado Reclassificado Receita operacional líquida 250.832 270.009 239.255 Lucro operacional 68.088 93.086 58.609 Timnet - 283 788 Depreciação 43.703 44.532 45.855 Amortização do ágio 6.295 6.295 6.295 Amortização Licença GSM 1.161 1.161 - Receitas financeiras (20.668) (40.239) (52.384) Despesas financeiras 9.282 19.005 42.488 EBITDA 107.861 124.123 101.651 % EBITDA 43,00% 45,97% 42,49%
  8. 8. Balanços Patrimoniais Em 31 de Março de 2004 e de 2003 (Em milhares de Reais) Parent Company Consolidated 31.03.2004 31.03.2003 31.03.2004 31.03.2003 Ativo Circulante Disponibilidades 21.157 154 324.092 442.293 Contas a Receber - - 218.137 174.735 Estoques - - 20.861 10.832 Impostos e contribuições a recuperar 2.017 4.747 85.883 43.974 Imposto de renda e contribuição social diferidos 1.161 910 53.879 51.812 Dividendos e juros sobre o capital próprio 9.169 30.794 - - Outros ativos 1.155 879 30.557 42.078 34.659 37.484 733.409 765.724 Realizável a longo prazo Imposto de renda e contribuição social diferidos 3.926 7.418 87.862 118.425 Créditos com empresas ligadas 3.579 4.859 - Outros ativos 51 46 21.534 39.225 7.556 12.323 109.396 157.650 Permanente Investimentos 937.688 759.667 - 9.393 Imobilizado 2.272 3.414 655.599 540.788 Diferido - - - - 939.960 763.082 655.599 550.180 982.175 812.888 1.498. 404 1.473. 555
  9. 9. Balanços Patrimoniais Em 31 de Março de 2004 e de 2003 (Em milhares de Reais) Holding Consolidado 31.03.2004 31.03.2003 31.03.2004 31.03.2003 Passivo Circulante Fornecedores 1.514 1.560 130.611 50.941 Empréstimos e financiamentos - - 40.374 56.091 Debêntures - - - 222.216 Impostos e contribuições 410 322 45.390 57.520 Salários e férias a pagar 4.685 2.215 9.079 5.176 Contas a pagar a empresas ligadas - 27.694 - - Dividendos e juros sobre o capital próprio 43.949 32.870 51.430 47.671 Outras obrigações 415 4.877 53.946 28.749 50.973 69.537 330.829 468.364 Exigível a longo prazo Empréstimos e financiamentos - - 20.077 83.828 Contas a pagar empresas ligadas 2.622 - - - Provisão para contingências 47 240 8.714 17.555 2.669 240 28.791 101.383 Participações minoritárias - - 210.251 160.697 Patrimônio líquido Capital social 318.248 288.443 318.248 288.443 Reservas especiais 144.352 169.533 144.352 169.533 Reservas de lucros 122.293 122.195 122.293 122.195 Lucros acumulados 343.640 162.940 343.640 162.940 928.533 743.111 928.533 743.111 982.175 812.888 1.498. 404 1.473. 555
  10. 10. Demonstração de Resultado Para os trimestres e semestres findos em 31 de Março de 2004 e de 2003 (Em milhares de Reais) Holding Consolidado 31.03.2004 31.03.2003 31.03.2004 31.03.2003 (Reclassificado) (Reclassificado) Receita operacional bruta Serviços de telecomunicações e venda de mercadorias - - 327.540 307.827 - - (76.708) (68.572) Deduções da receita bruta - - 250.832 239.255 Receita operacional líquida - - (99.653) (108.263) Custo dos serviços prestados e das mercadorias vendidas Lucro bruto - - 151.179 130.992 Receitas (despesas) operacionais Comercialização dos serviços - - (63.388) (55.464) Despesas gerais e administrativas (2.136) (2.721) (23.389) (20.645) Despesas financeiras (341) (1.799) (9.282) (42.487) Receitas financeiras 232 395 20.668 52.384 Resultado da equivalência patrimonial 48.371 35.547 - (788) Outras receitas operacionais 2 229 6.190 3.833 Outras despesas operacionais (10) (20) (13.890) (10.230) Lucro operacional 46.118 31.631 68.088 57.595 Receitas (despesas ) não operacionais , líquidas - 6 (23) (67) Lucro antes dos impostos, reversão dos juros sobre o 46.118 31.637 68.065 57.528 capital próprio e participações Imposto de renda e da contribuição social 834 1.329 (10.169) (14.516) Reversão dos juros sobre o capital próprio - - - Lucro líquido antes das participações minoritárias 46.952 32.966 57.896 43.012 Participações minoritárias - - (10.944) (10.046) Lucro líquido do exercício 46.952 32.966 46.952 32.966 Lucro líquido por lote de 1.000 ações 0,013 0,010 Quantidade de ações no final do exercício (em milhares) 359.268.490 345.739.620

×