Sejam bem-vindos ao ... Realizado em 25 e 26 de Abril na FACIN/PUCRS
Os Desafios da Cultura Lean no Desenvolvimento de Software <ul><li>Daniel Wildt </li></ul><ul><li>Fundador/Coordenador do ...
A Evolução do Automóvel “ Dizem que se o automóvel tivesse seguido a mesma velocidade de desenvolvimento do computador, um...
Pensamento Enxuto Você sabe o que significa?
Como a Toyota e as outras empresas aquecem as batatas? ?
O Modelo Toyota A história do modelo de gestão da Toyota
A Casa da Toyota Referência: Jeffrey K. Liker “O Modelo Toyota”
Os 5 Princípios Fundamentais <ul><li>Valor </li></ul><ul><li>Fluxo de Valor </li></ul><ul><li>Fluxo Contínuo </li></ul><ul...
Princípio #1: Valor <ul><li>Valor  é visto através dos olhos daqueles que pagam pelo uso e derivam o valor dos sistemas qu...
Princípio #1: Valor “ Desperdício ( muda  em japonês) é qualquer coisa além do mínimo de equipamento, materiais, peças, es...
Princípio #1: Valor <ul><li>Produção Excessiva </li></ul><ul><li>Estoque </li></ul><ul><li>Processamento Excessivo </li></...
Princípio #1: Valor Os Sete Desperdícios do Software <ul><li>Produção Excessiva </li></ul><ul><li>Estoque </li></ul><ul><l...
Princípio #2: Fluxo de Valor
Princípio #2: Fluxo de Valor Horas Contratadas 40 horas semanais 100% Cenário Atual Cenário Curto Prazo Cenário Médio Praz...
Princípio #2: Fluxo de Valor “ Este médico é muito cara de pau! Eu esperei seis meses por uma consulta e ele ainda me diz ...
Princípio #3: Fluxo Contínuo Criar um fluxo de processo contínuo para trazer os problemas à tona!
Princípio #3: Fluxo Contínuo “ Se algum problema ocorre na produção com fluxo unitário, toda a linha de produção fica para...
Princípio #4: Produção Puxada Velocidade > 2,5 Xavier Quesada Allue (http://tinyurl.com/visualmanagement)
Princípio #5: Perfeição Erro? Defeito? Defeito Zero? Prevenção?
Princípio #5: Perfeição
Princípio #5: Perfeição http://www.flickr.com/photos/50825517@N00/3190577686/ Prevenção!
Princípio #5: Perfeição Autonomação  automação com a mente humana Prevenção!
Princípio #5: Perfeição http://www.medscape.com/viewarticle/576217_4  http://www.leanblog.org/2006/09/lack-of-error-proofi...
Princípio #5: Perfeição
Princípio #5: Perfeição
Princípio #5: Perfeição
Princípio #5: Perfeição
Produção x Desenvolvimento Sistema Toyota de Produção Supply Chain Management Operations Lean Product Development Just-in-...
Os 15 Princípios do Modelo <ul><li>FILOSOFIA </li></ul><ul><li>PROCESSO </li></ul><ul><li>PESSOAS </li></ul><ul><li>SOLUÇÃ...
FILOSOFIA 1) Tome decisões de longo prazo ... Basear as decisões administrativas em uma filosofia de longo prazo, mesmo qu...
PROCESSO 2) Garanta o fluxo contínuo ... Criar um fluxo de processo contínuo e unitário para trazer os problemas à tona! <...
PROCESSO 3) Evite a superprodução com o JIT ...  <ul><li>Entregue o produto: </li></ul><ul><li>Para a pessoa correta </li>...
PROCESSO 4) Mantenha o fluxo balanceado ... Crie um nivelamento de fluxo de processo de desenvolvimento de produto para nã...
PROCESSO 5) Pare diante dos problemas ... Construir uma cultura de  parar e resolver os problemas, obtendo a qualidade log...
PROCESSO 6) Garanta a padronização ... Utilize padronização rigorosa para reduzir variação e criar flexibilidade e resulta...
PROCESSO 7) Utilize gestão à vista ... Usar controle visual para que nenhum problema fique oculto!
PROCESSO 8) Utilize tecnologia confiável ... Utilizar somente tecnologia confiável e completamente testada que atenda aos ...
PESSOAS 9) Nada menos que a excelência ... Construa uma cultura de suporte à excelência e à melhoria ininterrupta! Michael...
PESSOAS 10) Invista nos líderes ... Desenvolva líderes que compreendam completamente o trabalho, que vivam a filosofia e a...
PESSOAS 11) Invista nas pessoas ... Desenvolva pessoas e equipes excepcionais que sigam a filosofia da empresa! Circ du So...
PESSOAS 12) Invista nos parceiros ... Respeite sua rede de parceiros e de fornecedores desafiando-os e ajudando-os a melho...
SOLUÇÃO DE PROBLEMAS 13) Veja com os próprios olhos ... Fazer observações pessoalmente para compreender completamente a si...
SOLUÇÃO DE PROBLEMAS 14) Decida lentamente ... Tomar decisões lentamente, através de consenso, considerando completamente ...
SOLUÇÃO DE PROBLEMAS 15) Aprenda continuamente ... Aprendizagem organizacional contínua através do Kaizen!
Os 8 Princípios do LSD Mary e Tom Poppendieck <ul><li>Elimine o desperdício </li></ul><ul><li>Amplifique o aprendizado </l...
Afinal, o que é ser ágil?
Sua Equipe é Enxuta? Baseado em Mary e Tom Poppendieck 1. Engenharia de Requisitos (Product Backlog) 2. Desenvolvimento It...
Thanks! DANIEL WILDT [email_address] LUIZ PARZIANELLO [email_address] Visite: http://www.guma-rs.org/
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cultura Lean Agile Weekend

2.379 visualizações

Publicada em

An oppening presentation performed by Daniel Wildt and Luiz Parzianello at Porto Alegre Agile Weekend 2009 (April 25). Lean Culture was presented as the origin of Agile Methods.

Publicada em: Tecnologia, Esportes
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.379
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
112
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
189
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cultura Lean Agile Weekend

  1. 1. Sejam bem-vindos ao ... Realizado em 25 e 26 de Abril na FACIN/PUCRS
  2. 2. Os Desafios da Cultura Lean no Desenvolvimento de Software <ul><li>Daniel Wildt </li></ul><ul><li>Fundador/Coordenador do GUMA </li></ul><ul><li>Desenvolvedor de Software em empresa global </li></ul><ul><li>Prof. Sistemas de Informação FACENSA </li></ul><ul><li>+12 anos em TI </li></ul><ul><li>+8 anos em capacitação/ensino </li></ul><ul><li>+6 anos em métodos ágeis </li></ul><ul><li>Luiz Parzianello </li></ul><ul><li>Vice-Coordenador do GUMA </li></ul><ul><li>Diretor Surya Gestão Digital </li></ul><ul><li>Assessoria e Treinamento em - Métodos Ágeis - Engenharia de Requisitos </li></ul><ul><li>+ 25 anos em informática </li></ul><ul><li>+ 12 anos em consultoria </li></ul><ul><li>+ 7 anos em métodos ágeis </li></ul>
  3. 3. A Evolução do Automóvel “ Dizem que se o automóvel tivesse seguido a mesma velocidade de desenvolvimento do computador, um Rolls-Royce custaria hoje em torno de US$ 100.00, faria um milhão de quilômetros por litro e explodiria uma vez ao ano matando todos os seus ocupantes.” Peter Middleton, Lean Software Strategies
  4. 4. Pensamento Enxuto Você sabe o que significa?
  5. 5. Como a Toyota e as outras empresas aquecem as batatas? ?
  6. 6. O Modelo Toyota A história do modelo de gestão da Toyota
  7. 7. A Casa da Toyota Referência: Jeffrey K. Liker “O Modelo Toyota”
  8. 8. Os 5 Princípios Fundamentais <ul><li>Valor </li></ul><ul><li>Fluxo de Valor </li></ul><ul><li>Fluxo Contínuo </li></ul><ul><li>Produção Puxada </li></ul><ul><li>Perfeição </li></ul>
  9. 9. Princípio #1: Valor <ul><li>Valor é visto através dos olhos daqueles que pagam pelo uso e derivam o valor dos sistemas que nós criamos. </li></ul><ul><li>Desperdício é qualquer coisa que deprecie recursos no tempo, esforço, espaço ou dinheiro sem adicionar valor ao cliente. </li></ul>
  10. 10. Princípio #1: Valor “ Desperdício ( muda em japonês) é qualquer coisa além do mínimo de equipamento, materiais, peças, espaço e tempo do operador que sejam absolutamente essenciais para agregar valor ao produto.” Shoichiro Toyoda, Fundador da Toyota
  11. 11. Princípio #1: Valor <ul><li>Produção Excessiva </li></ul><ul><li>Estoque </li></ul><ul><li>Processamento Excessivo </li></ul><ul><li>Movimentação Excessiva </li></ul><ul><li>Transporte </li></ul><ul><li>Esperas </li></ul><ul><li>Defeitos </li></ul>Produzir mais do que o necessário para uso imediato. Qualquer estoque de processo que excede o que é exigido para satisfazer a demanda dos clientes. Usar mais energia do que é necessário para produzir um produto ou agregar mais valor do que os clientes estão dispostos a pagar. Movimentação desnecessária de pessoal, como caminhar, levantar-se, curvar-se e esticar-se. Movimentos desnecessários de produtos, materiais ou informação. Qualquer atraso entre o final da atividade de um processo e o início da próxima atividade. Qualquer produção que resulte em retrabalho ou refugo de material. Os Sete Desperdícios da Produção
  12. 12. Princípio #1: Valor Os Sete Desperdícios do Software <ul><li>Produção Excessiva </li></ul><ul><li>Estoque </li></ul><ul><li>Processamento Excessivo </li></ul><ul><li>Movimentação Excessiva </li></ul><ul><li>Transporte </li></ul><ul><li>Esperas </li></ul><ul><li>Defeitos </li></ul>= Excesso de Funcionalidades = Trabalho Inacabado = Defasagem Tecnológica = Multitarefas = Manipulação de Artefatos = Esperas = Bugs
  13. 13. Princípio #2: Fluxo de Valor
  14. 14. Princípio #2: Fluxo de Valor Horas Contratadas 40 horas semanais 100% Cenário Atual Cenário Curto Prazo Cenário Médio Prazo Cenário Desejado Atividades Extraordinárias (Suporte Técnico, Café, Banheiro, Reuniões, Melhorias de Processo, etc.) Tratamento e Correção de Não Conformidades (Retrabalho) Atividades de Setup (Ambientes) Atividades de Pesquisa (Solução de Problemas) Atividades de Gestão (Processo, Produto, Projeto) 20% 8h 20% 8h Desenvolvimento de Funcionalidades (Novas ou Melhorias) 20% 8h + 30% 12h - 20% 8h - - 30% 12h x 20% 8h 15% 6h 25% 10h 40% 16h 10% 4h 50% 20h 20% 8h 20% 8h 60% 24h
  15. 15. Princípio #2: Fluxo de Valor “ Este médico é muito cara de pau! Eu esperei seis meses por uma consulta e ele ainda me diz que estou com sorte pois descobrimos o problema a tempo!” Alguns efeitos da falta de fluxo ...
  16. 16. Princípio #3: Fluxo Contínuo Criar um fluxo de processo contínuo para trazer os problemas à tona!
  17. 17. Princípio #3: Fluxo Contínuo “ Se algum problema ocorre na produção com fluxo unitário, toda a linha de produção fica paralisada. Nesse sentido, é um péssimo sistema de produção. Mas quando a produção é interrompida, todos são obrigados a resolver o problema imediatamente.” Teruyuki Minoura, Ex-Presidente da Toyota Motor Manfuf.
  18. 18. Princípio #4: Produção Puxada Velocidade > 2,5 Xavier Quesada Allue (http://tinyurl.com/visualmanagement)
  19. 19. Princípio #5: Perfeição Erro? Defeito? Defeito Zero? Prevenção?
  20. 20. Princípio #5: Perfeição
  21. 21. Princípio #5: Perfeição http://www.flickr.com/photos/50825517@N00/3190577686/ Prevenção!
  22. 22. Princípio #5: Perfeição Autonomação automação com a mente humana Prevenção!
  23. 23. Princípio #5: Perfeição http://www.medscape.com/viewarticle/576217_4 http://www.leanblog.org/2006/09/lack-of-error-proofing-kills-3-babies.html Prevenção!
  24. 24. Princípio #5: Perfeição
  25. 25. Princípio #5: Perfeição
  26. 26. Princípio #5: Perfeição
  27. 27. Princípio #5: Perfeição
  28. 28. Produção x Desenvolvimento Sistema Toyota de Produção Supply Chain Management Operations Lean Product Development Just-in-Time Manufacturing Sistema Toyota de Desenvolvimento de Produto Lean Software Development “ Uma filosofia de gestão focada na redução dos sete tipos de desperdícios“ LEAN KEIRETSU “ Um modelo empresarial onde há uma coalizão de empresas unidas por certos interesses econômicos” “ Make to Order” “ Rapid Package Delivery” (Small Lots) A versão Toyota do Modelo Lean
  29. 29. Os 15 Princípios do Modelo <ul><li>FILOSOFIA </li></ul><ul><li>PROCESSO </li></ul><ul><li>PESSOAS </li></ul><ul><li>SOLUÇÃO DE PROBLEMAS </li></ul>
  30. 30. FILOSOFIA 1) Tome decisões de longo prazo ... Basear as decisões administrativas em uma filosofia de longo prazo, mesmo que em detrimento de metas financeiras de curto prazo! Identidade Missão Meta
  31. 31. PROCESSO 2) Garanta o fluxo contínuo ... Criar um fluxo de processo contínuo e unitário para trazer os problemas à tona! <ul><li>Acrescenta qualidade </li></ul><ul><li>Cria flexibilidade real </li></ul><ul><li>Cria maior produtividade </li></ul><ul><li>Libera espaço </li></ul><ul><li>Aumenta a segurança </li></ul><ul><li>Estimula o moral </li></ul><ul><li>Reduz o custo do estoque </li></ul>
  32. 32. PROCESSO 3) Evite a superprodução com o JIT ... <ul><li>Entregue o produto: </li></ul><ul><li>Para a pessoa correta </li></ul><ul><li>Na hora correta </li></ul><ul><li>Na quantidade correta </li></ul><ul><li>Com a qualidade correta </li></ul>
  33. 33. PROCESSO 4) Mantenha o fluxo balanceado ... Crie um nivelamento de fluxo de processo de desenvolvimento de produto para não deixar ninguém sobrecarregado!
  34. 34. PROCESSO 5) Pare diante dos problemas ... Construir uma cultura de parar e resolver os problemas, obtendo a qualidade logo na primeira tentativa!
  35. 35. PROCESSO 6) Garanta a padronização ... Utilize padronização rigorosa para reduzir variação e criar flexibilidade e resultados previsíveis!
  36. 36. PROCESSO 7) Utilize gestão à vista ... Usar controle visual para que nenhum problema fique oculto!
  37. 37. PROCESSO 8) Utilize tecnologia confiável ... Utilizar somente tecnologia confiável e completamente testada que atenda aos funcionários e processos!
  38. 38. PESSOAS 9) Nada menos que a excelência ... Construa uma cultura de suporte à excelência e à melhoria ininterrupta! Michael Jordan
  39. 39. PESSOAS 10) Invista nos líderes ... Desenvolva líderes que compreendam completamente o trabalho, que vivam a filosofia e a ensinem aos outros! Bernardinho
  40. 40. PESSOAS 11) Invista nas pessoas ... Desenvolva pessoas e equipes excepcionais que sigam a filosofia da empresa! Circ du Soleil
  41. 41. PESSOAS 12) Invista nos parceiros ... Respeite sua rede de parceiros e de fornecedores desafiando-os e ajudando-os a melhorar!
  42. 42. SOLUÇÃO DE PROBLEMAS 13) Veja com os próprios olhos ... Fazer observações pessoalmente para compreender completamente a situação! (Genchi Genbutsu)
  43. 43. SOLUÇÃO DE PROBLEMAS 14) Decida lentamente ... Tomar decisões lentamente, através de consenso, considerando completamente as opções; implementá-las com rapidez (Nemawashi) Engenharia Simultânea
  44. 44. SOLUÇÃO DE PROBLEMAS 15) Aprenda continuamente ... Aprendizagem organizacional contínua através do Kaizen!
  45. 45. Os 8 Princípios do LSD Mary e Tom Poppendieck <ul><li>Elimine o desperdício </li></ul><ul><li>Amplifique o aprendizado </li></ul><ul><li>Construa com qualidade </li></ul><ul><li>Postergue as decisões </li></ul><ul><li>Entregue rápido </li></ul><ul><li>Respeite as pessoas </li></ul><ul><li>Melhore Continuamente </li></ul><ul><li>Otimize o todo </li></ul> FOQUE EM VALOR  BUSQUE A PERFEIÇÃO  CRIE CONHECIMENTO  APRENDA PRIMEIRO  FRACIONE O PROBLEMA  AUTO-GESTÃO E LIDERANÇA  PRODUTOS NÃO PROJETOS  SOLUÇÃO DE PROBLEMAS
  46. 46. Afinal, o que é ser ágil?
  47. 47. Sua Equipe é Enxuta? Baseado em Mary e Tom Poppendieck 1. Engenharia de Requisitos (Product Backlog) 2. Desenvolvimento Iterativo ( ≤ 4 semanas) 3. Padrões de arquitetura 4. Padrões de desenvolvimento 5. Gerência de Configuração 6. Revisões de arquitetura e codificação com “refactoring” permanente 7. Testes de unidade (automáticos) 8. Testes funcionais (automáticos) 9. Integração contínua com testes de sistema a cada iteração 10. Correção imediata de falhas (stop-the-line) 11. Análise da causa-raiz das falhas e dos problemas 12. Cultura do trabalho em equipe (cliente e desenvolvedores) 13. Revisão diária dos resultados do projeto 14. Planejamento e controle quantitativo baseado em produtividade 15. Foco na melhoria contínua (PDCA) Maturidade de sua equipe ! Pontuação: [5] Excelente [4] Eficaz ++ [3] Eficaz + [2] Ineficaz - [1] Ineficaz -- [0] Inexistente
  48. 48. Thanks! DANIEL WILDT [email_address] LUIZ PARZIANELLO [email_address] Visite: http://www.guma-rs.org/

×