O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Implementando o Desenvolvimento Lean de Software - Do conceito ao dinheiro

Apresentação sobre o livro Implementando o Desenvolvimento Lean de Software - Do conceito ao dinheiro

  • Entre para ver os comentários

Implementando o Desenvolvimento Lean de Software - Do conceito ao dinheiro

  1. 1. Lean Software Development Do conceito ao dinheiro Rafael Caceres rafael@taller.net.br
  2. 2. Rafael Caceres ★ Sócio da Taller ★ 15 anos de experiência com web ★ Cientista da computação
  3. 3. HISTÓRIA
  4. 4. Partes Intercambiáveis
  5. 5. Pessoas Intercambiáveis
  6. 6. Os Toyodas
  7. 7. O Sistema Toyota de Produção
  8. 8. Just in Time
  9. 9. Just in Time
  10. 10. Lean
  11. 11. PRINCÍPIOS conceitos atemporais
  12. 12. Os 7 princípios do desenvolvimento de software enxuto 1. Eliminar desperdícios 2. Integrar Qualidade 3. Criar Conhecimento 4. Adiar comprometimentos 5. Entregar rápido 6. Respeitar as pessoas 7. Otimizar o todo
  13. 13. Eliminar Desperdícios
  14. 14. Integrar Qualidade
  15. 15. Criar Conhecimento
  16. 16. Adiar Comprometimentos
  17. 17. Entregar Rápido
  18. 18. Respeitar as Pessoas
  19. 19. Otimizar o Todo
  20. 20. Desenvolvimento
  21. 21. Transformar idéias em produtos
  22. 22. Duas maneiras: ● Determinística ● Empírica
  23. 23. VALOR
  24. 24. Conceito, viabilidade, piloto e dinheiro
  25. 25. Clientes Encantados
  26. 26. A Organização focada no cliente 1. O engenheiro chefe 2. Time dirigente 3. Liderança compartilhada 4. Quem é o responsável?
  27. 27. Colaboração entre TI e Negócios
  28. 28. DESPERDÍCIO
  29. 29. Seja menos complexo!
  30. 30. Os 7 desperdícios 1. Trabalho Inacabado 2. Funcionalidades Extra 3. Reaprendizagem 4. Transferência de controle 5. Troca de tarefas 6. Atrasos 7. Defeitos
  31. 31. Trabalho Inacabado
  32. 32. Funcionalidades Extra
  33. 33. Reaprendizagem
  34. 34. Transferência de Controle
  35. 35. Troca de Tarefas
  36. 36. Atrasos
  37. 37. Defeitos
  38. 38. Mapeando o Fluxo de Valor
  39. 39. VELOCIDADE
  40. 40. Entregas Rápidas
  41. 41. Teoria das Filas
  42. 42. Reduzindo o tempo de ciclo ● Ajuste a chegada de trabalho ● Minimize o número de coisas no processo ● Minimize o tamanho das coisas em processo ● Estabeleça uma cadência regular ● Limite o trabalho à capacidade ● Use cronograma puxado
  43. 43. PESSOAS
  44. 44. W. Edwards Deming
  45. 45. Por que bons programadores fracassam?
  46. 46. O que faz uma equipe?
  47. 47. Trabalho autodirecionado 1. Kanban 2. Andon 3. Dashboard
  48. 48. Incentivos
  49. 49. Diretrizes de compensação 1. Garanta que o sistema de promoção seja intangível 2. Retire a ênfase em aumentos anuais 3. Recompense baseado no alcance de influência, e não no alcance de controle 4. Encontre motivações melhores que o dinheiro
  50. 50. CONHECIMENTO
  51. 51. Um modo científico de pensar
  52. 52. Comprometimento Just- in-Time
  53. 53. Uma abordagem disciplinada de resolução de problemas 1. Defina o problema 2. Analise a situação 3. Crie uma hipótese 4. Realize experimentos 5. Verifique resultados 6. Acompanhe e padronize
  54. 54. Eventos Kaizen
  55. 55. QUALIDADE
  56. 56. Feedback constante
  57. 57. Disciplina
  58. 58. Desenvolvimento Guiado por Testes TDD
  59. 59. Gerência de Configuração
  60. 60. Integração Contínua
  61. 61. Sincronização Aninhada
  62. 62. A JORNADA
  63. 63. Para onde vamos?
  64. 64. O que aprendemos? ● Six Sigma ● Teoria das restrições ● Hipóteses ● Roteiro
  65. 65. O que aprendemos? ● Otimize o todo ● Respeite as pessoas ● Entregue rápido ● Postergue o comprometimento ● Crie conhecimento ● Integre qualidade ● Elimine desperdícios
  66. 66. Dúvidas?

×