SlideShare uma empresa Scribd logo

Os Fantásticos da Natureza - Entre a Serra e o Mar

A Banda Desenhada "Entre a Serra e o Mar" retrata uma história que decorre no Parque Natural da Arrábida. Esta BD, destinada a crianças e jovens do primeiro e segundo ciclo do ensino básico, integra os materiais pedagógicos elaborados pelo projeto «Fantásticos da Natureza», promovido pela QUERCUS e financiado pelo POSEUR e pela União Europeia, no âmbito da operação POSEUR-03-2215-FC-000019.

1 de 24
Baixar para ler offline
UMA AVENTURA NO
PARQUE NATURAL DA ARRÁBIDA
Entre a Serra
e o Mar
Flora
Flora é a protetora das plantas. Consegue
comunicar com as plantas e tem o poder de
fazer crescer todas as plantas.
Capitão Mundo
O Capitão Mundo tem o poder da sensibilização
ambiental. Tem o poder de semear ideias que
protegem o mundo.
Amaralis
Amaralis é a protetora da fauna. Com a flor
encantada, tem o poder de curar todos os
seres vivos ao seu redor.
Super Negral
Super Negral é o protetor dos habitats.
Quando toca a sua gaita-de-foles, a música
protege todo o habitat.
Pistas Pedagógicas
Parque Natural da Arrábida
TEMA
Educação ambiental para a
Sustentabilidade
PÚBLICO-ALVO
alunos do 2º e 3º ciclos
GRANDES TEMAS
• Terra: um planeta com vida –
- Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente
• Diversidade de Seres vivos e suas
interações com o meio
• Diversidade nos animais / diversidade
nas plantas
• Importância da biodiversidade
• A água, o ar, as rochas e o solo –
materiais terrestres
• A paisagem e a geologia
• Sustentabilidade na Terra:
ecossistemas e gestão sustentável de
recursos
• Áreas Protegidas nacionais
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA ÁREA
PROTEGIDA
• Situa-se a Sul do Tejo, na zona de
Palmela, Setúbal e Sesimbra
• O Cabo Espichel, zona importante para a
observação de aves migradoras
• Paisagem de uma beleza única, da Serra
sobre o mar e as suas falésias
• Vegetação diversificada e ameaçada
• Pedreiras para exploração de rocha e
minério que afetam a fauna e flora locais
• Espécie endémica de Caracol, só
existente neste parque
3
Flora, Sabes que
o Parque Natural da
Arrábida engloba a cadeia
montanhosa da Arrábida e
também uma grande parte da
área marítima. Há 5000 hectares
de superfície marinha que
fazem parte do
Parque.
Por
isso é que
o Parque Natural
da Arrábida é um
parque com
Serra e Mar.
UMA AVENTURA NO
PARQUE NATURAL DA ARRÁBIDA
Entre a Serra
e o Mar
4
O Parque Natural da Arrábida, ocupa uma superfície de aproximadamente
17 mil ha, dos quais mais de 5 mil são de superfície marinha, abrangendo
território pertencente aos concelhos de Palmela, Sesimbra e Setúbal.
5
O principal objetivo
da criação desta Área
Protegida foi a urgente
necessidade de conservar a
sua vegetação, que é muito
diversificada, com exemplares
monumentaris como o
carvalho…
...ou pequenas e belas
plantas, como a
flor-dos-macaquinhos...
...ou os narcisos.
A serra aqui
tão perto do mar
também tem praias
maravilhosas….
6
…algumas são de difícil acesso, mas muito apreciadas…
Anúncio

Recomendados

Os Fantásticos da Natureza - A Descoberta Interior
Os Fantásticos da Natureza - A Descoberta InteriorOs Fantásticos da Natureza - A Descoberta Interior
Os Fantásticos da Natureza - A Descoberta InteriorFantásticos da Natureza
 
Os Fantásticos da Natureza - De volta ao Pulo
Os Fantásticos da Natureza - De volta ao PuloOs Fantásticos da Natureza - De volta ao Pulo
Os Fantásticos da Natureza - De volta ao PuloFantásticos da Natureza
 
Os Fantásticos da Natureza - O Vigilante do Parque
Os Fantásticos da Natureza - O Vigilante do ParqueOs Fantásticos da Natureza - O Vigilante do Parque
Os Fantásticos da Natureza - O Vigilante do ParqueFantásticos da Natureza
 
Os Fantásticos da Natureza - O Visitante Esperado
Os Fantásticos da Natureza - O Visitante EsperadoOs Fantásticos da Natureza - O Visitante Esperado
Os Fantásticos da Natureza - O Visitante EsperadoFantásticos da Natureza
 
Os Fantásticos da Natureza - À Solta no Gerês
Os Fantásticos da Natureza - À Solta no GerêsOs Fantásticos da Natureza - À Solta no Gerês
Os Fantásticos da Natureza - À Solta no GerêsFantásticos da Natureza
 
Os Fantásticos da Natureza - À procura da Águia-Pesqueira
Os Fantásticos da Natureza - À procura da Águia-PesqueiraOs Fantásticos da Natureza - À procura da Águia-Pesqueira
Os Fantásticos da Natureza - À procura da Águia-PesqueiraFantásticos da Natureza
 
Os Fantásticos da Natureza - À procura do Lobo
Os Fantásticos da Natureza - À procura do LoboOs Fantásticos da Natureza - À procura do Lobo
Os Fantásticos da Natureza - À procura do LoboFantásticos da Natureza
 
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro de um Amigo
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro de um AmigoOs Fantásticos da Natureza - Ao encontro de um Amigo
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro de um AmigoFantásticos da Natureza
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro do Lince
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro do LinceOs Fantásticos da Natureza - Ao encontro do Lince
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro do LinceFantásticos da Natureza
 
Os Fantásticos da Natureza - Uma aventura no Delta
Os Fantásticos da Natureza - Uma aventura no DeltaOs Fantásticos da Natureza - Uma aventura no Delta
Os Fantásticos da Natureza - Uma aventura no DeltaFantásticos da Natureza
 
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro do Tira-Longa
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro do Tira-LongaOs Fantásticos da Natureza - Ao encontro do Tira-Longa
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro do Tira-LongaFantásticos da Natureza
 
Os Fantásticos da Natureza - As memórias do Tejo
Os Fantásticos da Natureza - As memórias do TejoOs Fantásticos da Natureza - As memórias do Tejo
Os Fantásticos da Natureza - As memórias do TejoFantásticos da Natureza
 
Os Fantásticos da Natureza - O segredo do Cavalo-Marinho
Os Fantásticos da Natureza - O segredo do Cavalo-MarinhoOs Fantásticos da Natureza - O segredo do Cavalo-Marinho
Os Fantásticos da Natureza - O segredo do Cavalo-MarinhoFantásticos da Natureza
 
Reserva natural das berlengas
Reserva natural das berlengasReserva natural das berlengas
Reserva natural das berlengasAECBA
 
Berlenga - Reserva da Biosfera da UNESCO
Berlenga - Reserva da Biosfera da UNESCOBerlenga - Reserva da Biosfera da UNESCO
Berlenga - Reserva da Biosfera da UNESCOSérgio Leandro
 
Prospeto de visitação.pptx
Prospeto de visitação.pptxProspeto de visitação.pptx
Prospeto de visitação.pptxAMG Sobrenome
 
Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica
Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da CaparicaPaisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica
Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da CaparicaMariaJoão Agualuza
 
Áreas Protegidas
Áreas ProtegidasÁreas Protegidas
Áreas Protegidasaveca
 
Parque Nacional Peneda-Gerês, Portugal
Parque Nacional Peneda-Gerês, PortugalParque Nacional Peneda-Gerês, Portugal
Parque Nacional Peneda-Gerês, PortugalIrene Aguiar
 
Ppt 1 PreservaçãO Da Biodiversidade
Ppt 1   PreservaçãO Da BiodiversidadePpt 1   PreservaçãO Da Biodiversidade
Ppt 1 PreservaçãO Da BiodiversidadeNuno Correia
 
Reserva natural das berlengas
Reserva natural das berlengasReserva natural das berlengas
Reserva natural das berlengassuperlolina10
 
Áreas Protegidas
Áreas ProtegidasÁreas Protegidas
Áreas Protegidasaveca
 

Mais procurados (20)

Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro do Lince
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro do LinceOs Fantásticos da Natureza - Ao encontro do Lince
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro do Lince
 
Os Fantásticos da Natureza - Uma aventura no Delta
Os Fantásticos da Natureza - Uma aventura no DeltaOs Fantásticos da Natureza - Uma aventura no Delta
Os Fantásticos da Natureza - Uma aventura no Delta
 
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro do Tira-Longa
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro do Tira-LongaOs Fantásticos da Natureza - Ao encontro do Tira-Longa
Os Fantásticos da Natureza - Ao encontro do Tira-Longa
 
Os Fantásticos da Natureza - As memórias do Tejo
Os Fantásticos da Natureza - As memórias do TejoOs Fantásticos da Natureza - As memórias do Tejo
Os Fantásticos da Natureza - As memórias do Tejo
 
Os Fantásticos da Natureza - O segredo do Cavalo-Marinho
Os Fantásticos da Natureza - O segredo do Cavalo-MarinhoOs Fantásticos da Natureza - O segredo do Cavalo-Marinho
Os Fantásticos da Natureza - O segredo do Cavalo-Marinho
 
Projecto AP ...
Projecto AP ...Projecto AP ...
Projecto AP ...
 
Reserva natural das berlengas
Reserva natural das berlengasReserva natural das berlengas
Reserva natural das berlengas
 
Berlenga - Reserva da Biosfera da UNESCO
Berlenga - Reserva da Biosfera da UNESCOBerlenga - Reserva da Biosfera da UNESCO
Berlenga - Reserva da Biosfera da UNESCO
 
Mata dos medos
Mata dos medosMata dos medos
Mata dos medos
 
As Berlengas
As BerlengasAs Berlengas
As Berlengas
 
Prospeto de visitação.pptx
Prospeto de visitação.pptxProspeto de visitação.pptx
Prospeto de visitação.pptx
 
Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica
Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da CaparicaPaisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica
Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica
 
4 biomas
4   biomas4   biomas
4 biomas
 
Áreas Protegidas
Áreas ProtegidasÁreas Protegidas
Áreas Protegidas
 
Parque Nacional Peneda-Gerês, Portugal
Parque Nacional Peneda-Gerês, PortugalParque Nacional Peneda-Gerês, Portugal
Parque Nacional Peneda-Gerês, Portugal
 
Ppt 1 PreservaçãO Da Biodiversidade
Ppt 1   PreservaçãO Da BiodiversidadePpt 1   PreservaçãO Da Biodiversidade
Ppt 1 PreservaçãO Da Biodiversidade
 
Reserva natural das berlengas
Reserva natural das berlengasReserva natural das berlengas
Reserva natural das berlengas
 
oiuj
oiujoiuj
oiuj
 
Serra do Açor
Serra do AçorSerra do Açor
Serra do Açor
 
Áreas Protegidas
Áreas ProtegidasÁreas Protegidas
Áreas Protegidas
 

Semelhante a Os Fantásticos da Natureza - Entre a Serra e o Mar

Semelhante a Os Fantásticos da Natureza - Entre a Serra e o Mar (20)

No Tempo Dos Dinossaurios 1
No Tempo Dos Dinossaurios 1No Tempo Dos Dinossaurios 1
No Tempo Dos Dinossaurios 1
 
Corais
CoraisCorais
Corais
 
Corais
CoraisCorais
Corais
 
Caminhos do cerrado
Caminhos do cerradoCaminhos do cerrado
Caminhos do cerrado
 
A diversidade natural dos arquipélagos da Madeira e dos Açores.pptx
A diversidade natural dos arquipélagos da Madeira e dos Açores.pptxA diversidade natural dos arquipélagos da Madeira e dos Açores.pptx
A diversidade natural dos arquipélagos da Madeira e dos Açores.pptx
 
Parque natural da arrábida
Parque natural da arrábidaParque natural da arrábida
Parque natural da arrábida
 
MATA ATLÂNTICA - ESP. MÍDIAS NA EDUCAÇÃO (UFOP) - LUAN HENRIQUE
MATA ATLÂNTICA  - ESP. MÍDIAS NA EDUCAÇÃO (UFOP) - LUAN HENRIQUEMATA ATLÂNTICA  - ESP. MÍDIAS NA EDUCAÇÃO (UFOP) - LUAN HENRIQUE
MATA ATLÂNTICA - ESP. MÍDIAS NA EDUCAÇÃO (UFOP) - LUAN HENRIQUE
 
Hidrosfera
HidrosferaHidrosfera
Hidrosfera
 
AULA - BIOMAS - PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
AULA - BIOMAS -  PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdfAULA - BIOMAS -  PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
AULA - BIOMAS - PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
 
AULA - BIOMAS - PARTE 1
AULA - BIOMAS -  PARTE 1AULA - BIOMAS -  PARTE 1
AULA - BIOMAS - PARTE 1
 
A Zona Costeira
A Zona CosteiraA Zona Costeira
A Zona Costeira
 
A Vida nos Recifes
A Vida nos RecifesA Vida nos Recifes
A Vida nos Recifes
 
Projeto trilha2007
Projeto trilha2007Projeto trilha2007
Projeto trilha2007
 
Rom
RomRom
Rom
 
Slides Bioge.pptx
Slides Bioge.pptxSlides Bioge.pptx
Slides Bioge.pptx
 
Livro O xerife da ria formosa
Livro O xerife da ria formosaLivro O xerife da ria formosa
Livro O xerife da ria formosa
 
Maravilhasdeportugal total 3anos
Maravilhasdeportugal total 3anosMaravilhasdeportugal total 3anos
Maravilhasdeportugal total 3anos
 
Cap. 01 o que a ecologia estuda
Cap. 01   o que a ecologia estudaCap. 01   o que a ecologia estuda
Cap. 01 o que a ecologia estuda
 
Região da estremadura
Região da estremaduraRegião da estremadura
Região da estremadura
 
parque natural do vale do guadiana
parque natural do vale do guadianaparque natural do vale do guadiana
parque natural do vale do guadiana
 

Último

01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...apoioacademicoead
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfRuannSolza
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 

Os Fantásticos da Natureza - Entre a Serra e o Mar

  • 1. UMA AVENTURA NO PARQUE NATURAL DA ARRÁBIDA Entre a Serra e o Mar
  • 2. Flora Flora é a protetora das plantas. Consegue comunicar com as plantas e tem o poder de fazer crescer todas as plantas. Capitão Mundo O Capitão Mundo tem o poder da sensibilização ambiental. Tem o poder de semear ideias que protegem o mundo. Amaralis Amaralis é a protetora da fauna. Com a flor encantada, tem o poder de curar todos os seres vivos ao seu redor. Super Negral Super Negral é o protetor dos habitats. Quando toca a sua gaita-de-foles, a música protege todo o habitat. Pistas Pedagógicas Parque Natural da Arrábida TEMA Educação ambiental para a Sustentabilidade PÚBLICO-ALVO alunos do 2º e 3º ciclos GRANDES TEMAS • Terra: um planeta com vida – - Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente • Diversidade de Seres vivos e suas interações com o meio • Diversidade nos animais / diversidade nas plantas • Importância da biodiversidade • A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres • A paisagem e a geologia • Sustentabilidade na Terra: ecossistemas e gestão sustentável de recursos • Áreas Protegidas nacionais PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA ÁREA PROTEGIDA • Situa-se a Sul do Tejo, na zona de Palmela, Setúbal e Sesimbra • O Cabo Espichel, zona importante para a observação de aves migradoras • Paisagem de uma beleza única, da Serra sobre o mar e as suas falésias • Vegetação diversificada e ameaçada • Pedreiras para exploração de rocha e minério que afetam a fauna e flora locais • Espécie endémica de Caracol, só existente neste parque
  • 3. 3 Flora, Sabes que o Parque Natural da Arrábida engloba a cadeia montanhosa da Arrábida e também uma grande parte da área marítima. Há 5000 hectares de superfície marinha que fazem parte do Parque. Por isso é que o Parque Natural da Arrábida é um parque com Serra e Mar. UMA AVENTURA NO PARQUE NATURAL DA ARRÁBIDA Entre a Serra e o Mar
  • 4. 4 O Parque Natural da Arrábida, ocupa uma superfície de aproximadamente 17 mil ha, dos quais mais de 5 mil são de superfície marinha, abrangendo território pertencente aos concelhos de Palmela, Sesimbra e Setúbal.
  • 5. 5 O principal objetivo da criação desta Área Protegida foi a urgente necessidade de conservar a sua vegetação, que é muito diversificada, com exemplares monumentaris como o carvalho… ...ou pequenas e belas plantas, como a flor-dos-macaquinhos... ...ou os narcisos. A serra aqui tão perto do mar também tem praias maravilhosas….
  • 6. 6 …algumas são de difícil acesso, mas muito apreciadas…
  • 7. 7 …e arribas de cortar a respiração!
  • 8. 8 Super Negral Junta-se aos dois amigos. ...devia ir até ao cabo espichel, encontrar-se com outros gansos e preparar-se para migrar. Olá Negral! Porque trazes essa ave? É um Ganso-Patola. Está ferido... De facto parece ferido… vamos encontrar a Amaralis para ela ajudar.
  • 9. 9 O grupo encontrou Amaralis perto dos moinhos da serra do Louro. Depois de ver a ave ferida, Amaralis transformou-se e, com os seus poderes, curou o ganso, que pôde voar livremente.
  • 10. 10 Aqui, na serra do Louro, perto dos moinhos, há vestígios de ocupação humana desde há 5000 anos, um desses vestígios é o castro de Chibanes. Podíamos ir até ao cabo Espichel, atravessamos todo o parque! O grupo ficou todo reunido. Boa ideia!
  • 11. 11 Pelo caminho viram coisas raras. Mais à frente, um saca-rabos também chamou a atenção do grupo. Olha ali um Candidula- Arrabidensis, é um caracol que só existe no Parque Natural da Arrábida!
  • 12. 12 A Falésia do Píncaro é a falésia mais alta da Europa continental. Tem 380 metros Estamos n Píncaro. Lá em dos Penedos e a também é uma pe abrigo a peque de p
  • 13. 13 de altura, acima do nível do mar. na Falésia do baixo há a Praia a Praia da Cova, que equena baía que deu enas embarcações pesca.
  • 14. 14 O grupo continua a caminhar em direção ao cabo Espichel, encontrando várias pedreiras. Estas pedreiras enormes são uma ameaça a toda a flora do Parque Natural! E não só à flora, também a fauna é afetada com estas exploração. Todo o equilíbrio da biodiversidade fica afetado.
  • 15. 15 Flora, com os seus poderes, decidiu ajudar a recuperar a vegetação nas zonas exploradas pelas pedreiras.
  • 16. 16 O grupo continua a caminhar em direção ao cabo Espichel, encontrando várias pedreiras. Ao caminhar, os dinossauros deixaram as marcas da sua passagem sobre sedimentos lamacentos. Os sedimentos endureceram dando origem a camadas de rocha. Sob a ação de forças tectónicas as camadas aparecem à superfície milhões de anos mais tarde.
  • 17. 17 Cabo Espichel. O grupo vê os Gansos-Patolas a realizarem os seus espetaculares mergulhos na água, para se alimentarem.
  • 18. 18 O Cabo Espichel é um local importante na rota de várias aves migratórias. O grupo encontrou o Ganso-Patola que a Amaralis curou. A ave agradece a ajuda e diz que vai passar o inverno mais a sul. Diz que está a ficar cada vez mais difícil voar grandes distâncias, mas quer voltar. Ao ouvir o ganso, o grupo decide ajudar para criar condições que possam contribuir para a segurança das aves.
  • 19. 19 A Flora faz crescer as arvores que dão apoio às aves.
  • 20. 20 Mundo semeou ideias para que os humanos protejam as aves.
  • 21. 21 Amaralis faz com que as aves sejam saudáveis.
  • 22. 22 FIM Super Negral tocou a sua gaita para proteger todo o habitat.
  • 23. FICHA TÉCNICA texto: Rui Miranda maquete: João Paulo Silva arte: Sumana Adhikary propriedade: QUERCUS produção e impressão: ALLRISE, LDA tiragem: 150 exemplares