Biomas
O que é Bioma? 
São as grandes formações vegetais encontradas nos diferentes continentes. Os 
biomas agregam diversos tipo...
Biomas Mundiais 
 Floresta Tropical; 
 Savanas; 
 Florestas temperadas; 
 Campos Temperados; 
 Desertos; 
 Tundra; 
...
Biomas Mundiais
Floresta Tropical 
Florestas tropicais têm como característica principal as chuvas 
constantes. São locais de alta biodive...
Floresta Tropical 
6
Savana 
A vegetação predominante são as gramíneas, plantas rasteiras que 
parecem grama, além de poucas árvores altas e al...
Savana 
8
Florestas temperadas 
São florestas tropicais que apresentam um período de forte seca. Uma 
característica bastante marcan...
Florestas temperadas 
10
Campos Temperados 
Ocorrem em todos os continentes. Esses biomas possuem precipitação 
anual de 250 a 750 mm e os verões s...
Campos Temperados 
12
Desertos 
Local com pouca precipitação, isto é, onde chove muito pouco. Só animais 
muito adaptados à falta de água conseg...
Desertos 
14
Tundra 
É a vegetação das regiões de clima polar, com espécies que se 
reproduzem rapidamente e suportam baixas temperatur...
Tundra 
16
Taiga 
Também conhecida por floresta de coníferas ou floresta boreal, é 
encontrada no norte do Alasca, no Canadá, no sul ...
Taiga 
18
Chaparral 
Esta floresta lembra um matagal e é encontrada principalmente no 
estado da Califórnia, nos Estados Unidos, e n...
Chaparral 
20
Alpes 
Formado por conjunto de montanhas, as cordilheiras. A vegetação varia 
de acordo com a localização da cordilheira e...
Alpes 
22
Biomas Brasileiros 
 Floresta Amazônica; 
 Mata Atlântica; 
 Cerrado; 
 Caatinga; 
 Pantanal; 
 Pampa; 
 Floresta d...
Biomas Brasileiros
Floresta Amazônica 
Maior e mais diversa floresta tropical do planeta, com quase 7 milhões de 
km2 e abrigando mais de um ...
Floresta Amazônica 
26
Floresta Amazônica 
Possui uma das mais ricas biodiversidades do mundo, nessa floresta 
reside uma grande variedade de ser...
Floresta Amazônica 
28 
Tucano-de-bico-preto (Ramphastos vitellinus) 
Borboleta-azul (Morpha menelaus menelaus) 
Arara-ver...
Mata Atlântica 
Já cobriu cerca de 15% do território nacional. Hoje, restam apenas 
cerca de 7% da cobertura original da M...
Mata Atlântica 
30
Mata Atlântica 
Possui uma grande riqueza em sua fauna e flora abrigando centenas de 
espécies, sendo muitas endêmicas, is...
Mata Atlântica 
32 
Mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia) 
Onça-pintada (Panthera onca) 
Pau-brasil (Caesalpinia echi...
Cerrado 
Se caracteriza por diversas fisionomias. Estas formações variam desde o 
cerradão, que se assemelha a uma florest...
Cerrado 
34
Cerrado 
O conjunto de animais que fazem parte do elenco do cerrado é único. 
Desde mamíferos até insetos, este bioma reún...
Cerrado 
36 
Tapirus ou Antas (Tapirus terrestris) 
Beija-flor-de-gravata-verde (Augastes scutatus) 
Guariroba (Syagrus ol...
Caatinga 
É o único ecossistema tipicamente brasileiro e pode ser encontrado em 
regiões de clima semiárido com baixíssima...
Caatinga 
38
Caatinga 
A fauna é bastante rica e possui espécies variadas como o gambá, asa 
branca, (inclusive ameaçada de extinção), ...
Caatinga 
40 
Gambá-de-orelha-branca (Didelphis albiventris) 
Arara-azul-de-lear (Anodorhynchus leari) 
Calango-de-cauda-v...
Caatinga 
A flora é caracterizada pela pouca incidência de chuvas na região, o que 
deixa as plantas com aspecto frágil. E...
Caatinga 
42 
Mandacaru (Cereus jamacaru) 
Cumaru-nordestino (Amburana cearensis) 
Braúna-do-sertão 
(Schinopsis brasilien...
Caatinga 
Estiagem Época de chuva 
43
Pantanal 
É uma área de inundação contínua, sendo o Pantanal Mato-grossense a 
maior planície de inundação contínua do pla...
Pantanal 
45
Pantanal 
Apesar da grande biodiversidade, com 1.647 espécies de plantas e mais 
de 1.000 espécies de vertebrados superior...
Pantanal 
Tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla) 
47 
Piúva (Handroanthus impetiginosus) 
- árvore nativa da Mata Atl...
Pampa 
Bioma de campo temperado que ocorre no sul do Brasil. Esses campos 
são dominados por gramíneas que variam entre 10...
Pampa 
49
Pampa 
Na parte brasileira do bioma, existem cerca de 3 000 espécies de 
plantas vasculares, sendo que aproximadamente qua...
Pampa 
51 
Capim-mimoso (Axonopus purpusii) 
Caturrita (Myiopsitta monachus) 
Guaraxaim (Cerdocyon thous)
Floresta de Araucárias 
Bioma com chuva durante o ano todo, normalmente em altitudes 
elevadas, e que contém espécies de a...
Floresta de Araucárias 
53
Floresta de Araucárias 
É um dos ecossistemas mais ricos em relação à biodiversidade de 
espécies animais, contando com in...
Floresta de Araucárias 
55 
Macuco (Tinamus solitarius) 
Tiê-sangue (Ramphocelus bresilius) 
Araucária (Araucaria angustif...
Floresta de Cocais 
É um interespaço transicional brasileiro, que fica entre a floresta 
amazônica e a caatinga e ocupa os...
Floresta de Cocais 
57
Floresta de Cocais 
A fauna é muito diversificada, tendo, porém, poucos mamíferos de 
grande porte. Ao nível do solo há po...
Floresta de Cocais 
59 
Ariranha (Pteronura brasiliensis) 
Babaçu (Orbignya martiana) 
Acará Bandeira 
(Pterophyllum scala...
Manguezais 
É um ecossistema típico de áreas costeiras alagadas em regiões de clima 
tropical ou subtropical. O Mangue é o...
Manguezais 
61
Manguezais 
O manguezal desenvolve-se nos estuários e na foz dos rios sendo um 
berçário para muitas espécies de animais. ...
Manguezais 
63 
Carcará (Caracara plancus) 
Caranguejo-uçá (Ucides cordatus) 
Mangue-vermelho 
(Rhizophora mangle)
Ecótono (Ecótone) 
Consiste em áreas de transição ambiental, onde comunidades ecológicas 
diferentes entram em contato. Po...
Ecótono (Ecótone) 
Caniçais são uma forma comum de ecótono que ocorre em 
litoral de lagos. O fundo do lago tende a acumul...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

4 biomas

472 visualizações

Publicada em

Explicação sobre os principais biomas mundiais e os biomas existentes no Brasil

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
472
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

4 biomas

  1. 1. Biomas
  2. 2. O que é Bioma? São as grandes formações vegetais encontradas nos diferentes continentes. Os biomas agregam diversos tipos de ecossistemas que compõem diferentes florestas do mundo e ainda outras formações não florestais, como o deserto. A distribuição dos biomas terrestres está diretamente ligada ao clima, uma vez que são diferentes condições de temperatura, chuva e incidência de luz solar nas várias regiões do planeta que determinam a existência dos diferentes tipos de vida. Desse modo, praticamente cada tipo climático corresponde a um bioma, marcado por uma determinada cobertura vegetal. 2
  3. 3. Biomas Mundiais  Floresta Tropical;  Savanas;  Florestas temperadas;  Campos Temperados;  Desertos;  Tundra;  Taiga;  Chaparral;  Alpes.
  4. 4. Biomas Mundiais
  5. 5. Floresta Tropical Florestas tropicais têm como característica principal as chuvas constantes. São locais de alta biodiversidade, isto é, com muita riqueza de espécies, como a Floresta Amazônica. 5
  6. 6. Floresta Tropical 6
  7. 7. Savana A vegetação predominante são as gramíneas, plantas rasteiras que parecem grama, além de poucas árvores altas e alguns arbustos isolados. O clima é tropical, com estação seca. 7
  8. 8. Savana 8
  9. 9. Florestas temperadas São florestas tropicais que apresentam um período de forte seca. Uma característica bastante marcante nesta floresta é que cerca de 70% das folhas das árvores caem no período sem chuva. 9
  10. 10. Florestas temperadas 10
  11. 11. Campos Temperados Ocorrem em todos os continentes. Esses biomas possuem precipitação anual de 250 a 750 mm e os verões são muito mais quentes que os invernos, com nítida diferença nas estações podendo sofrer secas sazonais. A vegetação predominante é herbácea, geralmente baixa. De todos os biomas esse é o mais utilizado e transformado por ações humanas, muitos dos alimentos são produzidos nestes biomas. 11
  12. 12. Campos Temperados 12
  13. 13. Desertos Local com pouca precipitação, isto é, onde chove muito pouco. Só animais muito adaptados à falta de água conseguem viver neste ambiente. As temperaturas do deserto apresentam grandes variações, podendo atingir 50ºC durante o dia e -1ºC à noite. 13
  14. 14. Desertos 14
  15. 15. Tundra É a vegetação das regiões de clima polar, com espécies que se reproduzem rapidamente e suportam baixas temperaturas. Essa vegetação é um enorme bioma que ocupa aproximadamente um quinto da superfície terrestre. Apresenta verões muito curtos e temperatura média entre -8ºC e -4ºC. 15
  16. 16. Tundra 16
  17. 17. Taiga Também conhecida por floresta de coníferas ou floresta boreal, é encontrada no norte do Alasca, no Canadá, no sul da Groenlândia, em parte da Noruega, na Suécia, na Finlândia, na Sibéria e no Japão. O clima é frio e quase não chove. As principais árvores são os pinheiros. 17
  18. 18. Taiga 18
  19. 19. Chaparral Esta floresta lembra um matagal e é encontrada principalmente no estado da Califórnia, nos Estados Unidos, e na porção norte da península de Baja Califórnia, no México. É um bioma característico de clima mediterrâneo, com invernos suaves e úmidos, verões quentes e secos. 19
  20. 20. Chaparral 20
  21. 21. Alpes Formado por conjunto de montanhas, as cordilheiras. A vegetação varia de acordo com a localização da cordilheira e está adaptada a baixas temperaturas. 21
  22. 22. Alpes 22
  23. 23. Biomas Brasileiros  Floresta Amazônica;  Mata Atlântica;  Cerrado;  Caatinga;  Pantanal;  Pampa;  Floresta de Araucárias;  Floresta de Cocais;  Manguezais.
  24. 24. Biomas Brasileiros
  25. 25. Floresta Amazônica Maior e mais diversa floresta tropical do planeta, com quase 7 milhões de km2 e abrigando mais de um terço das espécies existentes no mundo. Sendo que, mais da metade deste bioma está localizado em terras brasileiras. A Amazônia não é só uma floresta, lá está localizado a maior bacia hidrográfica do mundo, a bacia amazônica, com mais de 1.100 afluentes. A Amazônia pode ser dividida em dois tipos de relevo: as várzeas que se estendem ao longo dos rios e estão sempre inundadas e as florestas de terra firme, que cobrem a maior parte da floresta. 25
  26. 26. Floresta Amazônica 26
  27. 27. Floresta Amazônica Possui uma das mais ricas biodiversidades do mundo, nessa floresta reside uma grande variedade de seres vivos, vegetal e animal. Alguns registros e pesquisas revelam que na Floresta Amazônica, existem aproximadamente cerca de 1.800 espécies diferentes de aves, 2.500 de peixes, 320 de mamíferos e dezenas de espécies de répteis, anfíbios e insetos. No entanto, esses números apresentados não são totalmente definitivos, pois por falta de pesquisas, muitas espécies de animais ainda continuam desconhecidas pela classe científica e pelo público em geral. 27
  28. 28. Floresta Amazônica 28 Tucano-de-bico-preto (Ramphastos vitellinus) Borboleta-azul (Morpha menelaus menelaus) Arara-vermelha (Ara macao)
  29. 29. Mata Atlântica Já cobriu cerca de 15% do território nacional. Hoje, restam apenas cerca de 7% da cobertura original da Mata. A Mata Atlântica, juntamente com a Amazônia, compreende um terço da área de florestas tropicais da Terra. Este bioma se formou sobre uma extensa cadeia de montanhas que acompanha quase todo o litoral brasileiro. Nela são encontrados diversos animais ameaçados de extinção. 29
  30. 30. Mata Atlântica 30
  31. 31. Mata Atlântica Possui uma grande riqueza em sua fauna e flora abrigando centenas de espécies, sendo muitas endêmicas, isto é, que são apenas encontradas em seu território. O bioma possui atualmente cerca de 20 mil espécies de plantas (8 mil delas são endêmicas), 992 espécies de pássaros, 372 de anfíbios, 350 de peixes, 270 espécies conhecidas de mamíferos (podendo haver outras ainda não catalogadas) e 197 espécies de répteis. O Brasil possui 633 espécies de animais que estão em pleno risco de extinção e deste número 383 estão presentes na Mata Atlântica. 31
  32. 32. Mata Atlântica 32 Mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia) Onça-pintada (Panthera onca) Pau-brasil (Caesalpinia echinata)
  33. 33. Cerrado Se caracteriza por diversas fisionomias. Estas formações variam desde o cerradão, que se assemelha a uma floresta, no entanto mais seca, passando pelo cerrado mais comum no Brasil central, com árvores baixas e esparsas, até o campo cerrado, campo sujo e campo limpo com uma progressiva redução da densidade arbórea. Ali, ainda encontram-se as florestas de galeria que seguem os cursos dos rios. Apesar de possuir uma aparência árida e ter solo pobre apresenta uma rica biodiversidade, sendo considerado o bioma de savana mais diverso do planeta com mais de 10 mil espécies de plantas. 33
  34. 34. Cerrado 34
  35. 35. Cerrado O conjunto de animais que fazem parte do elenco do cerrado é único. Desde mamíferos até insetos, este bioma reúne uma capacidade incrível de singularidade. As árvores são bastante peculiares, também estando presentes os pequenos arbustos. Seus caules e galhos são retorcidos, distribuindo-se por um vasto campo coberto por gramíneas, passando a uma altura de mais de 15 metros, em média. As suas raízes são profundas, com cascas duras e grossas. 35
  36. 36. Cerrado 36 Tapirus ou Antas (Tapirus terrestris) Beija-flor-de-gravata-verde (Augastes scutatus) Guariroba (Syagrus oleracea)
  37. 37. Caatinga É o único ecossistema tipicamente brasileiro e pode ser encontrado em regiões de clima semiárido com baixíssimas incidências de chuva, o que caracteriza a aparência de sua vegetação. Apesar de raso e conter uma grande quantidade de pedras, o solo é razoavelmente fértil. No entanto, as secas prolongadas que às vezes podem durar mais de um ano e o da maioria dos rios serem sazonais, com exceção do rio São Francisco, a agricultura na região só se torna viável com a construção de açudes e irrigação do solo. 37
  38. 38. Caatinga 38
  39. 39. Caatinga A fauna é bastante rica e possui espécies variadas como o gambá, asa branca, (inclusive ameaçada de extinção), entre outras como cachorro do mato, arara azul insetos, aracnídeos e roedores diversos. São cerca de 45 espécies diferentes de serpentes, 44 espécies de anuros (sapos e rãs), 47 de lagartos sendo 7 de anfíbios e 4 espécies de quelônios (família das tartarugas). 39
  40. 40. Caatinga 40 Gambá-de-orelha-branca (Didelphis albiventris) Arara-azul-de-lear (Anodorhynchus leari) Calango-de-cauda-verde (Ameivula venetacaudus)
  41. 41. Caatinga A flora é caracterizada pela pouca incidência de chuvas na região, o que deixa as plantas com aspecto frágil. Elas geralmente possuem galhos retorcidos e raízes longas, para poder alcançar a água necessária no lençol freático, algumas usam de recursos como pouca ou nenhuma folhagem e espinhos para diminuir a transpiração e assim a perda de água. Os estratos presentes são: Herbáceo (com plantas de altura inferior a 2 metros), o Arbustivo (com plantas que vão de 2 a 5 metros) e o Arbóreo (com árvores que podem atingir de 8 a 12 metros de altura). 41
  42. 42. Caatinga 42 Mandacaru (Cereus jamacaru) Cumaru-nordestino (Amburana cearensis) Braúna-do-sertão (Schinopsis brasiliensis)
  43. 43. Caatinga Estiagem Época de chuva 43
  44. 44. Pantanal É uma área de inundação contínua, sendo o Pantanal Mato-grossense a maior planície de inundação contínua do planeta. A região é uma área de transição e, por isso, apresenta um grande mosaico de ecossistemas terrestres. 44
  45. 45. Pantanal 45
  46. 46. Pantanal Apesar da grande biodiversidade, com 1.647 espécies de plantas e mais de 1.000 espécies de vertebrados superiores, o Pantanal apresenta baixo endemismo, conceito de espécies exclusiva de uma determinada região. 46
  47. 47. Pantanal Tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla) 47 Piúva (Handroanthus impetiginosus) - árvore nativa da Mata Atlântica brasileira. Jaburu (Jabiru mycteria)
  48. 48. Pampa Bioma de campo temperado que ocorre no sul do Brasil. Esses campos são dominados por gramíneas que variam entre 10 e 50 cm de altura e o solo é naturalmente fértil. O pampa gaúcho, que corresponde a 63% do território do Rio Grande do Sul, é um dos maiores centros de biodiversidade campestre do mundo. 48
  49. 49. Pampa 49
  50. 50. Pampa Na parte brasileira do bioma, existem cerca de 3 000 espécies de plantas vasculares, sendo que aproximadamente quatrocentas são gramíneas, como capim-mimoso, pelo menos 385 espécies de aves, como pica-paus, caturritas e anus-pretos e noventa de mamíferos terrestres, como guaraxains, veados e tatus. 50
  51. 51. Pampa 51 Capim-mimoso (Axonopus purpusii) Caturrita (Myiopsitta monachus) Guaraxaim (Cerdocyon thous)
  52. 52. Floresta de Araucárias Bioma com chuva durante o ano todo, normalmente em altitudes elevadas, e que contém espécies de angiospermas mas também de coníferas. É caracterizada pela presença da Araucaria angustifolia que nela imprime um aspecto próprio e único. 52
  53. 53. Floresta de Araucárias 53
  54. 54. Floresta de Araucárias É um dos ecossistemas mais ricos em relação à biodiversidade de espécies animais, contando com indivíduos endêmicos, raros, ameaçados de extinção, espécies migratórias, cinegéticas e de interesse econômico da Floresta Atlântica e Campos Sulinos. Apresenta 3 estratos bem definidos: Arbóreo, Arbustivo e o Herbáceo. 54
  55. 55. Floresta de Araucárias 55 Macuco (Tinamus solitarius) Tiê-sangue (Ramphocelus bresilius) Araucária (Araucaria angustifólia)
  56. 56. Floresta de Cocais É um interespaço transicional brasileiro, que fica entre a floresta amazônica e a caatinga e ocupa os estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Pará e o norte do Tocantins. Tem esse nome pela alta quantia de cocais, principalmente o babaçu e a carnaúba. 56
  57. 57. Floresta de Cocais 57
  58. 58. Floresta de Cocais A fauna é muito diversificada, tendo, porém, poucos mamíferos de grande porte. Ao nível do solo há poucos animais, vivendo a maioria nas copas das árvores. Nas água dos rios podem ser encontrados o boto, a ariranha e o tamanduá-bandeira. A vegetação é composta de florestas tropicais e amazonenses secundários, ou, florestas "reconstituídas pós-desmatamento“. 58
  59. 59. Floresta de Cocais 59 Ariranha (Pteronura brasiliensis) Babaçu (Orbignya martiana) Acará Bandeira (Pterophyllum scalare)
  60. 60. Manguezais É um ecossistema típico de áreas costeiras alagadas em regiões de clima tropical ou subtropical. O Mangue é o tipo de vegetação predominante nos manguezais. O Brasil possui a maior faixa de manguezal do planeta com cerca de 20 mil km² que se estendem desde o nordeste até o sul do país. Seu solo é bastante rico em nutrientes e matéria orgânica com características lodosas e, composto por raízes e material vegetal parcialmente decomposto (turfa). 60
  61. 61. Manguezais 61
  62. 62. Manguezais O manguezal desenvolve-se nos estuários e na foz dos rios sendo um berçário para muitas espécies de animais. É composto por apenas três tipos de árvores: o mangue-bravo ou vermelho, o mangue-seriba ou seriúba e o mangue-branco, que podem chegar a até 20 metros de altura em alguns lugares do país. 62
  63. 63. Manguezais 63 Carcará (Caracara plancus) Caranguejo-uçá (Ucides cordatus) Mangue-vermelho (Rhizophora mangle)
  64. 64. Ecótono (Ecótone) Consiste em áreas de transição ambiental, onde comunidades ecológicas diferentes entram em contato. Podem ser mudanças bruscas na vegetação em diferentes gradientes ecológicos, e assim são considerados potenciais indicadores de respostas a mudanças climáticas e reguladores de fluxos nos ambientes e, por isso, possuem uma grande biodiversidade sendo encontrados organismos pertencentes aos ecossistemas em contato ou a espécies endêmicas do próprio ecótono 64
  65. 65. Ecótono (Ecótone) Caniçais são uma forma comum de ecótono que ocorre em litoral de lagos. O fundo do lago tende a acumular matéria orgânica que é, então, colonizado por árvores, obrigando os juncos a adentrar no lago. 65

×