O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Próximos SlideShares
What to Upload to SlideShare
Avançar
Transfira para ler offline e ver em ecrã inteiro.

0

Compartilhar

Baixar para ler offline

Os Fantásticos da Natureza - A Descoberta Interior

Baixar para ler offline

A Banda Desenhada "O Visitante Esperado" retrata uma história que decorre no Parque Natural da Serra D'Aire e Candeeiros.
Esta BD, destinada a crianças e jovens do primeiro e segundo ciclo do ensino básico, integra os materiais pedagógicos elaborados pelo projeto «Fantásticos da Natureza», promovido pela QUERCUS e financiado pelo POSEUR e pela União Europeia, no âmbito da operação POSEUR-03-2215-FC-000019.

Audiolivros relacionados

Gratuito durante 30 dias do Scribd

Ver tudo
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Os Fantásticos da Natureza - A Descoberta Interior

  1. 1. UMA AVENTURA NO PARQUE NATURAL DA SERRA D’AIRE E CANDEEIROS A Descoberta Interior
  2. 2. Pistas Pedagógicas Parque Natural da Serra d’Aire e Candeeiros TEMA Educação ambiental para a Sustentabilidade PÚBLICO-ALVO alunos do 2º e 3º ciclos GRANDES TEMAS • Terra: um planeta com vida - Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente • Diversidade de Seres vivos e suas interações com o meio • Diversidade nos animais / diversidade nas plantas • Importância da biodiversidade • A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres • A paisagem e a geologia • Sustentabilidade na Terra: ecossistemas e gestão sustentável de recursos • Áreas Protegidas nacionais PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA ÁREA PROTEGIDA • Situa-se nas Serras d’Aire e na de Candeeiros, no centro litoral de Portugal • As Salinas de Rio Maior • Lagoa Grande, local para observação da fauna local • Diversidade de plantas medicinais e aromáticas • Mar de Minde, Zona alagada em invernos chuvosos • Olhos de Água do Alviela, nascente do Rio Alviela • Serras ricas em grutas calcárias, abrigo para várias espécies de morcegos, todas elas ameaçadas Super Negral Super Negral é o protetor dos habitats. Quando toca a sua gaita-de-foles, a música protege todo o habitat. Flora Flora é a protetora das plantas. Consegue comunicar com as plantas e tem o poder de fazer crescer todas as plantas. Capitão Mundo O Capitão Mundo tem o poder da sensibilização ambiental. Tem o poder de semear ideias que protegem o mundo. Amaralis Amaralis é a protetora da fauna. Com a flor encantada, tem o poder de curar todos os seres vivos ao seu redor.
  3. 3. 3 Salinas de Rio Maior … Há uma mina de sal-gema, extensa e profunda, que é atravessada por uma corrente subterrânea de água que alimenta um poço. A água aqui retirada é sete vezes mais salgada que a do mar. Está localizada em pleno Parque Natural da Serra de Aire de Candeeiros. UMA AVENTURA NO PARQUE NATURAL DA SERRA D’AIRE E CANDEEIROS A Descoberta Interior Negral, estas são as salinas naturais de Rio Maior. Estamos no sopé da serra de Candeeiros, a dezenas de quilómetros do mar mas há aqui um ar de maresia. Este local já é explorado pelo menos desde o sec. XII…
  4. 4. 4 O Parque Natural da Serra D’Aire e Candeeiros abrange estas duas serras e é fronteira entre os distritos de Leiria (Alcobaça e Porto de Mós) e Santarém (Alcanena, Rio Maior, Santarém, Torres Novas e Ourém). Tem territórios das províncias da Beira Litoral, do Ribatejo e da Estremadura.
  5. 5. 5 Morfologicamente o parque Natural da Serra de Aire e Cadeeiros tem três áreas distintas, a oeste a Serra dos Candeeiros… …Ao centro esttá o planalto de Santo António que se destaca… A sul temos o planalto de S. Mamede e a Serra de Aire a norte e este. Dada a sua constituição de calcário existem muitas grutas em todo o parque, são mais de 1500!!
  6. 6. 6 Negral e Mundo continuaram a passear pelo parque, foram até Arrimal e encontraram Flora e Amaralis perto da Lagoa Grande. ... a galinha d’água... Esta lagoa é um local privilegiado para ver a fauna da região que aqui vem beber. Uns estão der passagem em rotas migratórias, outros nidificam no parque. Ao longo do ano é possível encontrar… Olá Flora, Amaralis o que estão a fazer? Olá!
  7. 7. 7 … o alcão-tagarote… … o papa-figos… … ou o tentilhão. … o bufo-real…
  8. 8. 8 O grupo viaja pelo parque em direcção da nascente do Alviela. … existem 25 as espécies identificadas. Nesta Área Protegida existem cerca de 600 espécies vegetais, entre plantas de grande porte como o carvalho ou mais pequenas como a orquídea…
  9. 9. 9 … muitas das plantas têm qualidades medicinais e aromáticas sendo muito apreciadas na culinária, como o alecrim… … os oregãos... … o tomilho… … ou a sálvia.
  10. 10. 10 Pelo caminho o grupo passou pelo canhão fluvo-carsíco… … que os levou até Olhos de Água do Alviela, que é a nascente do rio Alviela. Nos Olhos de Água do Alviela, visitaram o carsoscópio, o centro de ciência viva, onde aprenderam muito sobre os morcegos, a água e o carso, que é a designação para a região de calcário que se vão dissolvendo e formando grutas.
  11. 11. 11 1. A água da chuva dissolve o dióxido de carbono que há na atmosfera, ficando acidificada: H2O + CO2 = H2CO3 (água + dióxido de carbono = ácido carbónico); 2. Ao atravessar o solo a água vai reagir com a matéria orgânica vegetal em decomposição, ficando ainda mais ácida. Ocorrem também reacções com a rocha calcária: CaCO3 + H2O + CO2 = Ca(HCO3)2 (calcite + água + dióxido de carbono = bicarbonato de cálcio); 3. Estalactite: A água saturada em bicarbonato de calcio escorre deixando cristais de calcite, fazendo crescer estas formações de cima para baixo; 4. Estalagmite: Ao cair, a água saturada em bicarbonato de calcio deposita cristais de calcite, fazendo crescer estas formações de baixo para cima. 1. 2. 3. 4. É a água a grande responsável pela formação das grutas nas rochas de calcário, e esse processo consegue-se explicar por reacções químicas….
  12. 12. 12 Algumas das 1500 grutas do PNSAC são únicas e podem ser visitadas.
  13. 13. 13
  14. 14. 14 No seu passeio pelo parque o grupo passou por Minde. Sempre que chove mais que o normal, os terrenos atingem um nível de saturação que não lhes permite absorver mais água, forma-se então uma imensa lagoa que também é chamada de Mar de Minde. Por isso, há invernos, ou primaveras, em que é possível andar aqui de barco!
  15. 15. 15 Como estavam perto da pista de dinossauros, o grupo foi visitar o Monumento Natural das Pegadas de Dinossauros de Ourém/Torres Novas. Primeiro, os animais pisam os solos lamacentos. A invasão das águas permite a deposição de mais sedimentos protegendo as marcas. Os sedimentos endurecem e formam camadas de rocha… …muitas vezes aparecem em pedreiras como neste monumento. Estes trilhos são o testemunho que há 175 milhões de anos os dinossauros passaram aqui. Mas para se formarem as pegadas é necessário que um animal se desloque no solo lamacento.
  16. 16. 16 O grupo continuou à procura dos morcegos, pelo caminho viram pias e cisternas. As Pias e as cisternas são uma forma tradicional de armazenamento de água, muito util em tempos de seca. São talhadas na rocha calcária, de formas diversas, ainda hoje se podem observar junto às casas mais antigas, cumprindo a sua função.
  17. 17. 17 Finalmente encontraram morcegos no interior da gruta. Amarális transformou-se para usar os seus poderes e comunicar com os morcegos. Olha mais uma gruta é um local onde provavelmente encontramos morcegos. São o símbolo deste parque e ainda não os vimos… Vamos lá! Olá morcego, porque que é tão difícil encontrar morcegos neste parque? Olá Amarális. Somos 18 espécies mas estamos muito ameaçados…
  18. 18. 18 … somos quase cegos e voamos utilizando um sistema de ultra-sons que está a ser adaptado para ajudar os humanos. Mas a maior ameaça são os aerogeradores, responsáveis pela morte de milhares de morcegos todos os anos… se ao menos pudessem estar desligados à noite! O grupo, depois de ouvir o morcego-de-peluche, decidiu utilizar os seus poderes para ajudar.
  19. 19. 19 Flora fez com que as plantas crescessem saudáveis para que pudessem atrair muitos insectos que são o alimento dos morcegos.
  20. 20. 20 Amaralis fez com que os morcegos crescessem saudáveis e resistentes para enfrentarem todas as ameaças do dia-a-dia.
  21. 21. 21 Mundo semeou ideias de protecção do ambiente, para que os humanos apreciassem a natureza e a protegessem.
  22. 22. 22 FIM Super Negral tocou a sua gaita-de-foles e a sua música protegeu todo o habitat.
  23. 23. FICHA TÉCNICA texto: Rui Miranda maquete: Rui Miranda arte: Helena Cavadinhas propriedade: QUERCUS produção e impressão: ALLRISE, LDA tiragem: 150 exemplares

A Banda Desenhada "O Visitante Esperado" retrata uma história que decorre no Parque Natural da Serra D'Aire e Candeeiros. Esta BD, destinada a crianças e jovens do primeiro e segundo ciclo do ensino básico, integra os materiais pedagógicos elaborados pelo projeto «Fantásticos da Natureza», promovido pela QUERCUS e financiado pelo POSEUR e pela União Europeia, no âmbito da operação POSEUR-03-2215-FC-000019.

Vistos

Vistos totais

725

No Slideshare

0

De incorporações

0

Número de incorporações

621

Ações

Baixados

3

Compartilhados

0

Comentários

0

Curtir

0

×