Drogas

8.286 visualizações

Publicada em

slide

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Drogas

  1. 1. O uso indevido de drogas <ul><li>O que a escola precisa Saber? </li></ul><ul><li>O que a escola pode Fazer? </li></ul>
  2. 3. Qual o nosso Foco?
  3. 4. Existe uso devido de drogas?
  4. 5. Sim!!!! Existe uso devido de Drogas. SEMPRE VAI EXISTIR USO DE DROGAS.
  5. 6. <ul><li>O abuso de drogas atualmente, não está relacionado apenas às substâncias ilegais, mas também medicamentos, utilizados muitas vezes de forma desnecessária ou inadequada, com ou sem prescrição médica. </li></ul>
  6. 7. Registros históricos mostram que desde que o mundo é mundo, as pessoas procuram e utilizam substâncias que modifiquem o seu humor, suas sensações e grau de consciência e seu estado emocional. Além do uso fonte de prazer, sempre existiu o uso sagrado, mágico ou medicinal.
  7. 8. As drogas que são chamadas de psicoativas, isto é, que atuam no nosso sistema nervoso central, podem ser lícitas ( álcool, tabaco anfetamina, etc...) e as ilícitas ( cocaína morfina, maconha, etc...).
  8. 9. <ul><li>A medicina define droga como sendo qualquer substância capaz de modificar a função dos organismos vivos, resultando mudanças fisiológicas ou de comportamento. Por exemplo: uma substância ingerida contrai os vasos sanguíneos(modifica função) e a pessoa passa a ter um aumento de pressão arterial (mudança fisiologia). </li></ul>
  9. 10. Outro exemplo: uma substância faz com que as células do nosso cérebro ( os neurônios) fiquem mais ativas (modificam a função) e como consequência a pessoa fica mais acordada, perdendo o sono (mudança comportamental).” (Silveira2000)
  10. 11. Como as Drogas Circulam no Corpo As drogas circulam de maneira previsível pelo corpo e ganham maior velocidade e alcance a partir do momento em que entram na corrente sanguínea.
  11. 12. As drogas podem der administradas oralmente, aspiradas pelo nariz ou inaladas até os pulmões. Podem também ser injetadas através da pele, de uma camada de gordura, músculo ou dentro de uma veia (via intravenosa). A injeção intravenosa é a via que produz os efeitos mais rápidos.
  12. 13. Cada tipo de droga, com suas características químicas, tende a produzir um tipo de efeito no organismo. Mas cada pessoa, de acordo com suas características pessoais e com a situação, pode ter reações diferentes.
  13. 14. <ul><li>Drogas psicotrópicas, segundo a maneira como atuam no cérebro: </li></ul><ul><li>Diminuem a atividade mental – depressoras – fazem com que o cérebro funcione de forma mais lenta. Diminuem a atenção, a concentração, tensão emocional e a capacidade intelectual. Ex: </li></ul><ul><li>Álcool, soníferos ou hipnóticos(promovem o sono), ansiolíticos(acalmam, inibem a ansiedade), opiáceos ou narcóticos (aliviam a dor e dão sonolência – morfina, heroína, codeína, etc.), inalantes ou solventes(colas, tintas...) </li></ul>
  14. 15. <ul><li>Aumentam atividade mental, consideradas estimulantes porque fazem com que o cérebro funcione de forma mais acelerada. A pessoa que usa fica elétrica, ligada e sem sono. </li></ul><ul><li>Ex: Anfetaminas(diminuem a fome) </li></ul><ul><li>Cocaína </li></ul>
  15. 16. <ul><li>Drogas que perturbam a atividade do cérebro, também chamadas alucinógenos. </li></ul><ul><li>Provocam distúrbios no funcionamento do cérebro, fazendo com que ele passe a trabalhar de forma desordenada, acontecendo delírios ou deformações na maneira de sentir e perceber o corpo e o mundo ao redor. Ex: </li></ul>
  16. 17. <ul><li>De origem natural ( reino vegetal e reino funghi) </li></ul><ul><li>Mescalina ( do cacto mexicano) </li></ul><ul><li>THC (da maconha) </li></ul><ul><li>Psilocibina ( de certos cogumelos) </li></ul><ul><li>Lírio ( trombeteira, zabumba ou saia-branca) </li></ul><ul><li>De origem sintética </li></ul><ul><li>LSD-25 ( LSD 25 (abreviação de dietilamida do ácido lisérgico) é uma substância que lembra outras substâncias presentes em um cogumelo a Claviceps purpurea .) </li></ul><ul><li>“ Êxtase” ( comprimido redondo, de várias cores e tamanhos. Por ser um comprimido, precisa apenas ser ingerido para dar os seus efeitos. Existe porém também o êxtase sob a forma de cápsulas gelatinosas e em pó, o qual é aspirado.) </li></ul><ul><li>Anticolinérgicos ( Akineton (substância ativa - biperideno) Uso terapêutico : Mal de Parkinson (antiparkinsoniano). </li></ul>
  17. 19. <ul><li>Esteróides anabolizantes </li></ul><ul><li>Substitutos sintéticos do hormônio testosterona fabricado pelo testículo. </li></ul><ul><li>Propriedade de aumentar os músculos ou pessoas que querem melhorar a aparência física. </li></ul>
  18. 20. <ul><ul><ul><ul><ul><li>Tolerância é a necessidade de aumentar progressivamente a dose da droga para conseguir o mesmo efeito. </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Dependência é o impulso que leva a pessoa a usar uma droga de forma contínua(sempre) ou periódica(frequentemente). </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>A pessoa não consegue controlar o consumo, agindo de forma impulsiva e repetitiva. </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  19. 21. Incentivar experiências que incluam o respeito a si mesmo, aos outros e à dignidade humana; reforçar a autonomia pessoal, incentivar o desenvolvimento afetivo e social, a integridade moral, o senso de dignidade e cidadania.
  20. 22. Abordar a prevenção ao uso de drogas de maneira mais ampla, contemplando tanto drogas lícitas como as ilícitas.
  21. 23. Descrever uma “situação problema” relacionada ao uso de drogas vivida na escola.
  22. 24. Levantar as possíveis ações para superação do problema.
  23. 25. A ações devem conter: Informação Sensibilização – reflexão É preciso entender que as escolhas são individuais e que a prevenção também passa pelo aprendizado da responsabilidade. Oportunização – espaço de discussão e elaboração de decisões frente à questão das drogas.
  24. 26. Respeitar as particularidades históricas, sociais e culturais nas ações de enfrentamento do problema; Integrar as ações preventivas aos programas já existentes, buscando Parcerias com outras instituições.

×