SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Estadual Inicial Básica Plena
Pequeno I 4 180 208 6 398 61,7%
Pequeno II 20 89 16 125 19,4%
Médio 4 33 12 49 7,6%
Grande 4 28 38 70 10,9%
Metrópole 3 3 0,5%
Total 4 208 358 75 645
0,6% 32,2% 55,5% 11,6%
Porte
Nível de Gestão
Total
Panorama do Estado de São PauloPanorama do Estado de São Paulo
Níveis de gestão dos Municípios paulistasNíveis de gestão dos Municípios paulistas
Na próxima reunião da CIB estarão sendo analisadas solicitações de
alteração de nível de gestão de 91 Municípios.
Política de Assistência Social no Estado: Diretrizes e Ações
• Proteção social hierarquizada entre proteção básica e proteção especial de média e
alta complexidade desenvolvida por meio de uma Rede Socioassistencial co-financiada
fundo a fundo, concebida como um conjunto integrado de ações de iniciativa pública e da
sociedade, composta por:
 Serviços, Programas, Projetos
 Benefícios: Prestação continuada – idoso e pessoa com deficiência; Eventuais - morte,
natalidade, emergências
 Transferência de Renda: Bolsa Família - Renda Cidadã - Ação Jovem
• Articulação com outras Políticas Sociais – educação, saúde, trabalho – ações em rede
voltada ao desenvolvimento pessoal e social – Serviços cofinanciados - Rede Social São
Paulo - Virada Social - Futuridade
Proteção Social Básica
Prevenção
de
situações
de risco
Atendimento à população que vive em situação de
vulnerabilidade social decorrente da pobreza, privação e,
ou, fragilização dos vínculos afetivos – relacionais e de
pertencimento social, por meio do desenvolvimento de
potencialidades e aquisições e do fortalecimento de
vínculos familiares e comunitários.
Unidade de atendimento: CRAS e Rede Sócio-assistencial
Panorama Estado de São PauloPanorama Estado de São Paulo
Número CRAS/AtendidosNúmero CRAS/Atendidos
684.035 Atendidos684.035 Atendidos
894.978 Atendidos894.978 Atendidos
941.840 Atendidos941.840 Atendidos
A SEADS repassa recursos financeiros no valor de R$ 58.024.107,70,
para atendimento a 460.358 usuários, através de 2.219 serviços
socioassistenciais desenvolvidos nas seguintes modalidades:
Panorama do Estado de São PauloPanorama do Estado de São Paulo
Proteção Social BásicaProteção Social Básica
61
81
92
137
137
151
164
454
470
472
0 50 100 150 200 250 300 350 400 450 500
Atendimento integral a crianças
Programa de incentivo ao Protagonismo Juvenil
Programa de inclusão produtiva e enfrentamento à pobreza
Atendimento Integral ao Idoso
Capacitação e Formação Profissional
Fortalecimento de vínculos familiares e comunitários
Centro de convivência
Atendimento Integral às Famílias
Açõessocioeducativas
Atendimento Integral à Criança e Adolescente
Média Complexidade
• Famílias e indivíduos:
em situação de contingência;
com direitos violados.
• Vínculos familiares
e comunitários
não foram rompidos.
Alta Complexidade
• Famílias e indivíduos
sem referência e, ou, em
situação de ameaça,
necessitando de atendimento
fora de seu núcleo de origem.
• Vínculos familiares e
comunitários fragilizados ou
rompidos.
Proteção Social
Especial
Unidade de atendimento: CREAS e Rede Sócio-assistencial
Panorama Estado de São PauloPanorama Estado de São Paulo
Número de CREAS/AtendidosNúmero de CREAS/Atendidos
68.159 Atendidos68.159 Atendidos
62.141 Atendidos62.141 Atendidos
25. 743 Atendidos25. 743 Atendidos
A SEADS repassa recursos financeiros no valor de R$ 35.706.624,07,
para atendimento a 67.588 usuários, através de 682 serviços socioassistenciais
desenvolvidos nas seguintes modalidades:
Proteção Social Especial de Média ComplexidadeProteção Social Especial de Média Complexidade
Panorama do Estado de São PauloPanorama do Estado de São Paulo
4
9
11
12
13
14
24
39
42
53
64
150
247
0 50 100 150 200 250 300
Centro-Dia
Serviçode enfrentamento à violência, abuso e exploração sexual
Cuidados no domicílio
Plantãosocial
AtendimentoJurídico e social
Atendimentoespecializadoa crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil
Abordagem de rua
Medidas socioeducativas em meioaberto - Prestação de Serviços à Comunidade (PSC)
Atendimentoespecializadoa vítimas deviolência
Serviçode orientação e apoio sociofamiliar
Atendimentoespecializadoa famílias / pessoas com direitos violados
Serviçode habilitaçãoe reabilitaçãopara pessoas com deficiência
Medidas socioeducativas em meioaberto - Liberdade Assistida(LA)
A SEADS repassa recursos financeiros no valor de R$ 45.272.046,12,
para atendimento a 71.727 usuários, através de 687 serviços socioassistenciais
desenvolvidos nas seguintes modalidades:
Proteção Social Especial de Alta ComplexidadeProteção Social Especial de Alta Complexidade
Panorama do Estado de São PauloPanorama do Estado de São Paulo
1
1
22
53
103
507
0 100 200 300 400 500 600
Família acolhedora
República
Casa de Passagem
Albergue
Casa-lar
Atendimento integral institucional
A SEADS repassa recursos financeiros no valor de R$ 45.272.046,12,
para atendimento a 71.727 usuários, através de 687 serviços socioassistenciais
desenvolvidos nas seguintes modalidades:
Proteção Social Especial de Alta ComplexidadeProteção Social Especial de Alta Complexidade
Panorama do Estado de São PauloPanorama do Estado de São Paulo
1
1
22
53
103
507
0 100 200 300 400 500 600
Família acolhedora
República
Casa de Passagem
Albergue
Casa-lar
Atendimento integral institucional

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação cras sul centro espirita
Apresentação cras sul centro espiritaApresentação cras sul centro espirita
Apresentação cras sul centro espiritaOrlei Almeida
 
Apresentação serviços do creas
Apresentação serviços do creasApresentação serviços do creas
Apresentação serviços do creasOrlei Almeida
 
A atuação do pedagogo nos programas sociais cras em jequié
A atuação do pedagogo nos programas sociais   cras em jequiéA atuação do pedagogo nos programas sociais   cras em jequié
A atuação do pedagogo nos programas sociais cras em jequiéUBIRAJARA COUTO LIMA
 
Jornada de estudos da SEMASC / Baraúna - CREAS
Jornada de estudos da SEMASC / Baraúna - CREASJornada de estudos da SEMASC / Baraúna - CREAS
Jornada de estudos da SEMASC / Baraúna - CREASFatima Lima
 
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid..."A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...Edson De Souza
 
Relatório CMAS 2012
Relatório CMAS 2012Relatório CMAS 2012
Relatório CMAS 2012NandaTome
 
Informe esclarecimento sobre a atuação do creas.
Informe esclarecimento sobre a atuação do creas.Informe esclarecimento sobre a atuação do creas.
Informe esclarecimento sobre a atuação do creas.Janaina Anjos
 
Cras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentação
Cras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentaçãoCras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentação
Cras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentaçãoMarley Marques
 
Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...
Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...
Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...Educação
 
Relatório de gestão 2012 do serviço de proteção e atendimento integral à fam...
Relatório de gestão 2012 do  serviço de proteção e atendimento integral à fam...Relatório de gestão 2012 do  serviço de proteção e atendimento integral à fam...
Relatório de gestão 2012 do serviço de proteção e atendimento integral à fam...NandaTome
 

Mais procurados (19)

Apresentação cras sul centro espirita
Apresentação cras sul centro espiritaApresentação cras sul centro espirita
Apresentação cras sul centro espirita
 
Apresentação serviços do creas
Apresentação serviços do creasApresentação serviços do creas
Apresentação serviços do creas
 
Trabalho cras
Trabalho crasTrabalho cras
Trabalho cras
 
A atuação do pedagogo nos programas sociais cras em jequié
A atuação do pedagogo nos programas sociais   cras em jequiéA atuação do pedagogo nos programas sociais   cras em jequié
A atuação do pedagogo nos programas sociais cras em jequié
 
Slides, estrutura do cras
Slides, estrutura do crasSlides, estrutura do cras
Slides, estrutura do cras
 
Jornada de estudos da SEMASC / Baraúna - CREAS
Jornada de estudos da SEMASC / Baraúna - CREASJornada de estudos da SEMASC / Baraúna - CREAS
Jornada de estudos da SEMASC / Baraúna - CREAS
 
Cras
CrasCras
Cras
 
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid..."A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
 
Relatório CMAS 2012
Relatório CMAS 2012Relatório CMAS 2012
Relatório CMAS 2012
 
Informe esclarecimento sobre a atuação do creas.
Informe esclarecimento sobre a atuação do creas.Informe esclarecimento sobre a atuação do creas.
Informe esclarecimento sobre a atuação do creas.
 
Cras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentação
Cras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentaçãoCras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentação
Cras Nordeste - Divinópolis/MG 2011 apresentação
 
Cras instituição
Cras  instituiçãoCras  instituição
Cras instituição
 
Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...
Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...
Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...
 
296158
296158296158
296158
 
Livreto creas
Livreto creasLivreto creas
Livreto creas
 
Cras paif
Cras paifCras paif
Cras paif
 
Relatório de gestão 2012 do serviço de proteção e atendimento integral à fam...
Relatório de gestão 2012 do  serviço de proteção e atendimento integral à fam...Relatório de gestão 2012 do  serviço de proteção e atendimento integral à fam...
Relatório de gestão 2012 do serviço de proteção e atendimento integral à fam...
 
Serviços do CRAS
Serviços do CRASServiços do CRAS
Serviços do CRAS
 
Cras
CrasCras
Cras
 

Destaque

Aocompartdaspolticasdeatenointegralcrianade 100312072703-phpapp02
Aocompartdaspolticasdeatenointegralcrianade 100312072703-phpapp02Aocompartdaspolticasdeatenointegralcrianade 100312072703-phpapp02
Aocompartdaspolticasdeatenointegralcrianade 100312072703-phpapp02Cris Lago
 
Desenvolvimento Social: Ações e Programas
Desenvolvimento Social: Ações e ProgramasDesenvolvimento Social: Ações e Programas
Desenvolvimento Social: Ações e ProgramasCogepp CEPAM
 
16 orientação acerca dos conselhos cartilha 1
16  orientação acerca dos conselhos cartilha 116  orientação acerca dos conselhos cartilha 1
16 orientação acerca dos conselhos cartilha 1Alinebrauna Brauna
 
Política de assistência social cmas-25.02.13
Política de assistência social cmas-25.02.13Política de assistência social cmas-25.02.13
Política de assistência social cmas-25.02.13Marilena Negro
 
Plano de insercao beneficios eventuais loas
Plano de insercao beneficios eventuais loasPlano de insercao beneficios eventuais loas
Plano de insercao beneficios eventuais loasRosane Domingues
 
Manual de dinamicas_de_grupo[1]
Manual de dinamicas_de_grupo[1]Manual de dinamicas_de_grupo[1]
Manual de dinamicas_de_grupo[1]Glauciane Parente
 
Formulario ingresso scfv
Formulario ingresso scfvFormulario ingresso scfv
Formulario ingresso scfvNandaTome
 
Cartilha paif 2016- articulação necessária na proteção social básica
Cartilha paif   2016- articulação necessária na proteção social básicaCartilha paif   2016- articulação necessária na proteção social básica
Cartilha paif 2016- articulação necessária na proteção social básicaRosane Domingues
 
Os idosos na nossa sociedade
Os idosos na nossa sociedadeOs idosos na nossa sociedade
Os idosos na nossa sociedadelucia_nunes
 
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016QUEDMA SILVA
 
Plano de ação - Modelo
Plano de ação - ModeloPlano de ação - Modelo
Plano de ação - ModeloDaniel Santos
 

Destaque (18)

CRAS VARGEM BONITA 2011
CRAS VARGEM BONITA 2011CRAS VARGEM BONITA 2011
CRAS VARGEM BONITA 2011
 
52356417 assistencia-social
52356417 assistencia-social52356417 assistencia-social
52356417 assistencia-social
 
Aocompartdaspolticasdeatenointegralcrianade 100312072703-phpapp02
Aocompartdaspolticasdeatenointegralcrianade 100312072703-phpapp02Aocompartdaspolticasdeatenointegralcrianade 100312072703-phpapp02
Aocompartdaspolticasdeatenointegralcrianade 100312072703-phpapp02
 
Desenvolvimento Social: Ações e Programas
Desenvolvimento Social: Ações e ProgramasDesenvolvimento Social: Ações e Programas
Desenvolvimento Social: Ações e Programas
 
16 orientação acerca dos conselhos cartilha 1
16  orientação acerca dos conselhos cartilha 116  orientação acerca dos conselhos cartilha 1
16 orientação acerca dos conselhos cartilha 1
 
Política de assistência social cmas-25.02.13
Política de assistência social cmas-25.02.13Política de assistência social cmas-25.02.13
Política de assistência social cmas-25.02.13
 
Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares - Maria do S...
Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares - Maria do S...Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares - Maria do S...
Informação, acolhimento e fortalecimento dos vínculos familiares - Maria do S...
 
Plano de ação 2011_PJ
Plano de ação 2011_PJPlano de ação 2011_PJ
Plano de ação 2011_PJ
 
Eixos norteadores do scfv
Eixos norteadores do scfvEixos norteadores do scfv
Eixos norteadores do scfv
 
Plano de insercao beneficios eventuais loas
Plano de insercao beneficios eventuais loasPlano de insercao beneficios eventuais loas
Plano de insercao beneficios eventuais loas
 
Manual de dinamicas_de_grupo[1]
Manual de dinamicas_de_grupo[1]Manual de dinamicas_de_grupo[1]
Manual de dinamicas_de_grupo[1]
 
Formulario ingresso scfv
Formulario ingresso scfvFormulario ingresso scfv
Formulario ingresso scfv
 
Cartilha paif 2016- articulação necessária na proteção social básica
Cartilha paif   2016- articulação necessária na proteção social básicaCartilha paif   2016- articulação necessária na proteção social básica
Cartilha paif 2016- articulação necessária na proteção social básica
 
Os idosos na nossa sociedade
Os idosos na nossa sociedadeOs idosos na nossa sociedade
Os idosos na nossa sociedade
 
Idoso
IdosoIdoso
Idoso
 
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
Plano de Trabalho Gestão 2014 / 2016
 
Plano de ação - Modelo
Plano de ação - ModeloPlano de ação - Modelo
Plano de ação - Modelo
 
Modelo de plano de ação
Modelo de plano de açãoModelo de plano de ação
Modelo de plano de ação
 

Semelhante a "Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da Assistencia Social" - Parte 2

WEBNARIO-SUPAS-2021-CPSB-ATUAL.pptx
WEBNARIO-SUPAS-2021-CPSB-ATUAL.pptxWEBNARIO-SUPAS-2021-CPSB-ATUAL.pptx
WEBNARIO-SUPAS-2021-CPSB-ATUAL.pptxAdrianoGPaulo
 
mse_suas_regiao_norte_francisco.ppt
mse_suas_regiao_norte_francisco.pptmse_suas_regiao_norte_francisco.ppt
mse_suas_regiao_norte_francisco.pptFrancielttonsantos
 
A politica de_assistencia_social_e_o_suas
A politica de_assistencia_social_e_o_suasA politica de_assistencia_social_e_o_suas
A politica de_assistencia_social_e_o_suaspatriciakvg
 
A politica de_assistencia_social_e_o_suas
A politica de_assistencia_social_e_o_suasA politica de_assistencia_social_e_o_suas
A politica de_assistencia_social_e_o_suaspatriciakvg
 
16 secretaria municipal de inclusão social
16 secretaria municipal de inclusão social16 secretaria municipal de inclusão social
16 secretaria municipal de inclusão socialEdinho Silva
 
Transferências diretas ao cidadão
Transferências diretas ao cidadãoTransferências diretas ao cidadão
Transferências diretas ao cidadãoUvergs Sul
 
Slide Saúde Coletiva - Cras
Slide Saúde Coletiva  - CrasSlide Saúde Coletiva  - Cras
Slide Saúde Coletiva - CrasHelena Damasceno
 
SOBRE A ASSISTÊNCIA SOCIAL
SOBRE A ASSISTÊNCIA SOCIALSOBRE A ASSISTÊNCIA SOCIAL
SOBRE A ASSISTÊNCIA SOCIALMaíra B. Melo
 
Apresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SP
Apresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SPApresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SP
Apresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SPSecretaria de Assistência
 
A politica nacional da assistencia social
A politica nacional da assistencia socialA politica nacional da assistencia social
A politica nacional da assistencia socialRaymunda Sousa
 
1º boletim vigilância
1º boletim vigilância1º boletim vigilância
1º boletim vigilânciaElaine Antunes
 
19. o suas e o trabalho infantil
19. o suas e o trabalho infantil19. o suas e o trabalho infantil
19. o suas e o trabalho infantilOnésimo Remígio
 
INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017
INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017
INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017Geraldina Braga
 
PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...
PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...
PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...Geraldina Braga
 
Seminário Mais Infância: Josbertini Clementino
Seminário Mais Infância: Josbertini Clementino Seminário Mais Infância: Josbertini Clementino
Seminário Mais Infância: Josbertini Clementino Governo do Estado do Ceará
 

Semelhante a "Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da Assistencia Social" - Parte 2 (20)

WEBNARIO-SUPAS-2021-CPSB-ATUAL.pptx
WEBNARIO-SUPAS-2021-CPSB-ATUAL.pptxWEBNARIO-SUPAS-2021-CPSB-ATUAL.pptx
WEBNARIO-SUPAS-2021-CPSB-ATUAL.pptx
 
mse_suas_regiao_norte_francisco.ppt
mse_suas_regiao_norte_francisco.pptmse_suas_regiao_norte_francisco.ppt
mse_suas_regiao_norte_francisco.ppt
 
Apresentação Ações Seasdh
Apresentação Ações SeasdhApresentação Ações Seasdh
Apresentação Ações Seasdh
 
A politica de_assistencia_social_e_o_suas
A politica de_assistencia_social_e_o_suasA politica de_assistencia_social_e_o_suas
A politica de_assistencia_social_e_o_suas
 
A politica de_assistencia_social_e_o_suas
A politica de_assistencia_social_e_o_suasA politica de_assistencia_social_e_o_suas
A politica de_assistencia_social_e_o_suas
 
16 secretaria municipal de inclusão social
16 secretaria municipal de inclusão social16 secretaria municipal de inclusão social
16 secretaria municipal de inclusão social
 
Centro dia 658
Centro dia 658Centro dia 658
Centro dia 658
 
Transferências diretas ao cidadão
Transferências diretas ao cidadãoTransferências diretas ao cidadão
Transferências diretas ao cidadão
 
13 suas case vermelho
13  suas case vermelho13  suas case vermelho
13 suas case vermelho
 
Apresentacao do SUAS.pdf
Apresentacao do SUAS.pdfApresentacao do SUAS.pdf
Apresentacao do SUAS.pdf
 
Slide Saúde Coletiva - Cras
Slide Saúde Coletiva  - CrasSlide Saúde Coletiva  - Cras
Slide Saúde Coletiva - Cras
 
SOBRE A ASSISTÊNCIA SOCIAL
SOBRE A ASSISTÊNCIA SOCIALSOBRE A ASSISTÊNCIA SOCIAL
SOBRE A ASSISTÊNCIA SOCIAL
 
Caderno 21x29 7-assistencia
Caderno 21x29 7-assistenciaCaderno 21x29 7-assistencia
Caderno 21x29 7-assistencia
 
Apresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SP
Apresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SPApresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SP
Apresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SP
 
A politica nacional da assistencia social
A politica nacional da assistencia socialA politica nacional da assistencia social
A politica nacional da assistencia social
 
1º boletim vigilância
1º boletim vigilância1º boletim vigilância
1º boletim vigilância
 
19. o suas e o trabalho infantil
19. o suas e o trabalho infantil19. o suas e o trabalho infantil
19. o suas e o trabalho infantil
 
INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017
INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017
INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017
 
PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...
PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...
PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...
 
Seminário Mais Infância: Josbertini Clementino
Seminário Mais Infância: Josbertini Clementino Seminário Mais Infância: Josbertini Clementino
Seminário Mais Infância: Josbertini Clementino
 

Mais de Edson De Souza

"Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As...
"Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As..."Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As...
"Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As...Edson De Souza
 
"Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As...
"Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As..."Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As...
"Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As...Edson De Souza
 
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid..."A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...Edson De Souza
 
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid..."A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...Edson De Souza
 
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid..."A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...Edson De Souza
 
Consua nob 2010 27.10.2010
Consua nob 2010 27.10.2010  Consua nob 2010 27.10.2010
Consua nob 2010 27.10.2010 Edson De Souza
 
Resolução 5 da ci tde maio de 201]
Resolução 5 da ci tde maio de 201]Resolução 5 da ci tde maio de 201]
Resolução 5 da ci tde maio de 201]Edson De Souza
 
Apresentação resolução cit nº08
Apresentação resolução cit nº08Apresentação resolução cit nº08
Apresentação resolução cit nº08Edson De Souza
 
Organização do Registro de Informações Cras e Creas
Organização do Registro de Informações Cras e CreasOrganização do Registro de Informações Cras e Creas
Organização do Registro de Informações Cras e CreasEdson De Souza
 
Metas de Desenvolvimento dos Cras por períodos anuais.
Metas de Desenvolvimento dos Cras por períodos anuais.Metas de Desenvolvimento dos Cras por períodos anuais.
Metas de Desenvolvimento dos Cras por períodos anuais.Edson De Souza
 

Mais de Edson De Souza (11)

"Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As...
"Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As..."Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As...
"Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As...
 
"Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As...
"Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As..."Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As...
"Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da As...
 
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid..."A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
 
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid..."A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
 
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid..."A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
"A importancia do SUAS como Política Pública como garantia de Direitos do Cid...
 
Consua nob 2010 27.10.2010
Consua nob 2010 27.10.2010  Consua nob 2010 27.10.2010
Consua nob 2010 27.10.2010
 
Resolução 5 da ci tde maio de 201]
Resolução 5 da ci tde maio de 201]Resolução 5 da ci tde maio de 201]
Resolução 5 da ci tde maio de 201]
 
Apresentação resolução cit nº08
Apresentação resolução cit nº08Apresentação resolução cit nº08
Apresentação resolução cit nº08
 
Organização do Registro de Informações Cras e Creas
Organização do Registro de Informações Cras e CreasOrganização do Registro de Informações Cras e Creas
Organização do Registro de Informações Cras e Creas
 
Metas de Desenvolvimento dos Cras por períodos anuais.
Metas de Desenvolvimento dos Cras por períodos anuais.Metas de Desenvolvimento dos Cras por períodos anuais.
Metas de Desenvolvimento dos Cras por períodos anuais.
 
CMDCA - CRAVINHOS
CMDCA - CRAVINHOSCMDCA - CRAVINHOS
CMDCA - CRAVINHOS
 

Último

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 

Último (20)

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 

"Política da Assistencia Social no Estado de São Paulo no Sistema Único da Assistencia Social" - Parte 2

  • 1. Estadual Inicial Básica Plena Pequeno I 4 180 208 6 398 61,7% Pequeno II 20 89 16 125 19,4% Médio 4 33 12 49 7,6% Grande 4 28 38 70 10,9% Metrópole 3 3 0,5% Total 4 208 358 75 645 0,6% 32,2% 55,5% 11,6% Porte Nível de Gestão Total Panorama do Estado de São PauloPanorama do Estado de São Paulo Níveis de gestão dos Municípios paulistasNíveis de gestão dos Municípios paulistas Na próxima reunião da CIB estarão sendo analisadas solicitações de alteração de nível de gestão de 91 Municípios.
  • 2. Política de Assistência Social no Estado: Diretrizes e Ações • Proteção social hierarquizada entre proteção básica e proteção especial de média e alta complexidade desenvolvida por meio de uma Rede Socioassistencial co-financiada fundo a fundo, concebida como um conjunto integrado de ações de iniciativa pública e da sociedade, composta por:  Serviços, Programas, Projetos  Benefícios: Prestação continuada – idoso e pessoa com deficiência; Eventuais - morte, natalidade, emergências  Transferência de Renda: Bolsa Família - Renda Cidadã - Ação Jovem • Articulação com outras Políticas Sociais – educação, saúde, trabalho – ações em rede voltada ao desenvolvimento pessoal e social – Serviços cofinanciados - Rede Social São Paulo - Virada Social - Futuridade
  • 3. Proteção Social Básica Prevenção de situações de risco Atendimento à população que vive em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, privação e, ou, fragilização dos vínculos afetivos – relacionais e de pertencimento social, por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições e do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. Unidade de atendimento: CRAS e Rede Sócio-assistencial
  • 4. Panorama Estado de São PauloPanorama Estado de São Paulo Número CRAS/AtendidosNúmero CRAS/Atendidos 684.035 Atendidos684.035 Atendidos 894.978 Atendidos894.978 Atendidos 941.840 Atendidos941.840 Atendidos
  • 5. A SEADS repassa recursos financeiros no valor de R$ 58.024.107,70, para atendimento a 460.358 usuários, através de 2.219 serviços socioassistenciais desenvolvidos nas seguintes modalidades: Panorama do Estado de São PauloPanorama do Estado de São Paulo Proteção Social BásicaProteção Social Básica 61 81 92 137 137 151 164 454 470 472 0 50 100 150 200 250 300 350 400 450 500 Atendimento integral a crianças Programa de incentivo ao Protagonismo Juvenil Programa de inclusão produtiva e enfrentamento à pobreza Atendimento Integral ao Idoso Capacitação e Formação Profissional Fortalecimento de vínculos familiares e comunitários Centro de convivência Atendimento Integral às Famílias Açõessocioeducativas Atendimento Integral à Criança e Adolescente
  • 6. Média Complexidade • Famílias e indivíduos: em situação de contingência; com direitos violados. • Vínculos familiares e comunitários não foram rompidos. Alta Complexidade • Famílias e indivíduos sem referência e, ou, em situação de ameaça, necessitando de atendimento fora de seu núcleo de origem. • Vínculos familiares e comunitários fragilizados ou rompidos. Proteção Social Especial Unidade de atendimento: CREAS e Rede Sócio-assistencial
  • 7. Panorama Estado de São PauloPanorama Estado de São Paulo Número de CREAS/AtendidosNúmero de CREAS/Atendidos 68.159 Atendidos68.159 Atendidos 62.141 Atendidos62.141 Atendidos 25. 743 Atendidos25. 743 Atendidos
  • 8. A SEADS repassa recursos financeiros no valor de R$ 35.706.624,07, para atendimento a 67.588 usuários, através de 682 serviços socioassistenciais desenvolvidos nas seguintes modalidades: Proteção Social Especial de Média ComplexidadeProteção Social Especial de Média Complexidade Panorama do Estado de São PauloPanorama do Estado de São Paulo 4 9 11 12 13 14 24 39 42 53 64 150 247 0 50 100 150 200 250 300 Centro-Dia Serviçode enfrentamento à violência, abuso e exploração sexual Cuidados no domicílio Plantãosocial AtendimentoJurídico e social Atendimentoespecializadoa crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil Abordagem de rua Medidas socioeducativas em meioaberto - Prestação de Serviços à Comunidade (PSC) Atendimentoespecializadoa vítimas deviolência Serviçode orientação e apoio sociofamiliar Atendimentoespecializadoa famílias / pessoas com direitos violados Serviçode habilitaçãoe reabilitaçãopara pessoas com deficiência Medidas socioeducativas em meioaberto - Liberdade Assistida(LA)
  • 9. A SEADS repassa recursos financeiros no valor de R$ 45.272.046,12, para atendimento a 71.727 usuários, através de 687 serviços socioassistenciais desenvolvidos nas seguintes modalidades: Proteção Social Especial de Alta ComplexidadeProteção Social Especial de Alta Complexidade Panorama do Estado de São PauloPanorama do Estado de São Paulo 1 1 22 53 103 507 0 100 200 300 400 500 600 Família acolhedora República Casa de Passagem Albergue Casa-lar Atendimento integral institucional
  • 10. A SEADS repassa recursos financeiros no valor de R$ 45.272.046,12, para atendimento a 71.727 usuários, através de 687 serviços socioassistenciais desenvolvidos nas seguintes modalidades: Proteção Social Especial de Alta ComplexidadeProteção Social Especial de Alta Complexidade Panorama do Estado de São PauloPanorama do Estado de São Paulo 1 1 22 53 103 507 0 100 200 300 400 500 600 Família acolhedora República Casa de Passagem Albergue Casa-lar Atendimento integral institucional