SlideShare uma empresa Scribd logo

C.C.T.T. de Matemática - Consumismo.

Consumismo. O que é; diferença entre consumo e consumismo; críticos; comportamentos de compra; tipos de consumidores. Texto fonte: Wikipedia.

1 de 12
Baixar para ler offline
C.C.T.T. DE MATEMÁTICA
CONSUMISMO
Responsáveis pela apresentação: Fernanda e Lucas.
O que é
Consumismo refere-se a um
modo de vida orientado por uma
crescente propensão ao consumo de
bens ou serviços, em geral
supérfluos, em razão do seu
significado simbólico (prazer,
sucesso, felicidade), frequentemente
atribuído pelos meios de
comunicação de massa. O termo é
muitas vezes associado à crítica do
sociólogo e economista Thorstein
Veblen, à cultura de massa e à
indústria cultural.
C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, O QUE É / LUCAS
C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, O QUE É / LUCAS
O conceito mais antigo de "consumo conspícuo" tem origem na
virada do século XX nos escritos de Veblen. O termo descreve uma forma
aparentemente irracional e confusa de comportamento econômico. Segundo
Veblen, esse consumo desnecessário é uma forma de exibição do status, muitas
vezes às custas das privações. A expressão "consumo conspícuo", que
descrevia o consumismo observado nos Estados Unidos no pós-guerra,
generalizou-se na década de 1960, mas logo foi ligada ao debate sobre a
cultura de massa e ao culture jamming.
Consumo e Consumismo
A diferença entre o consumo
e o consumismo é que no consumo as
pessoas adquirem somente aquilo que
lhes é necessário. Já o consumismo se
caracteriza pelos gastos excessivos
em produtos supérfluos, movidos
pela propaganda. A necessidade de
consumo pode vir a tornar-se uma
compulsão, uma patologia
comportamental. Pessoas compram
compulsivamente coisas de que
realmente não precisam. Muitas
vezes, furtam ou roubam, não
movidas por uma necessidade
objetiva, mas pelo desejo de possuir
algo cujo significado é
essencialmente simbólico.
C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, O QUE É / (nome)
C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, O QUE É / LUCAS
A imitação é um item notável no consumismo. Algumas pessoas de
classes sociais mais baixas possuem tendência a imitarem e ansiarem as posses
de pessoas de maior representação social, como celebridades. Ou seja, a
sociedade cria um padrão, que tende a ser seguido pelas pessoas. Algumas
mulheres, por exemplo, geralmente escolhem um corte de cabelo, roupas,
sapatos e acessórios da moda com base em alguma atriz famosa.
Críticos
Os críticos citam que o
Consumismo aumenta o aquecimento
global e o uso de recursos naturais de
forma exagerada. Um estudo
realizado pela Sociedade Americana
de Ecologia chegou à conclusão que
consumimos 30% a mais do que a
Terra pode suportar.
Os opositores consideram o
consumismo como forma de controle
social na sociedade moderna, onde a
compra de luxos e produtos
desnecessários são meios usados pela
sociedade para demarcar o papel e
importância de uma pessoa na
mesma, descartando outros meios de
identificação, como personalidade e
habilidades sociais.
C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, CRÍTICOS / LUCAS
Thorstein Veblen
Os estudos de Thorstein
Veblen consideram o consumismo
(quando desnecessário) como forma
de demonstrar a posição de uma
pessoa na sociedade na qual vive.
“As pessoas diminuem seu
conforto ou necessidades para que
possam parecer bem vestidas.”
C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, CRÍTICOS / FERNANDA
Henry Ford e Frederick Winslow
Taylor
Henry Ford e outros líderes
da indústria entenderam que a
produção em massa significa
consumo em massa. Frederick
Winslow Taylor fundou a teoria
Taylorista, mudando a organização
dos trabalhadores das empresas para
aumentar a produtividade.
Warren Hern
Em um artigo publicado em
2009 na revista americana New
Scientist, o epidemiologista Warren
Hern comentou:
“Nosso inconsciente é
guiado pelo instinto de
sobrevivência, de dominação e
expansão... um impulso que nos leva
a pensar que o consumismo é a
resposta para tudo, e, no tempo
certo, diminuirá todas as
desigualdades no mundo.”
C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, CRÍTICOS / FERNANDA
Jorge Majfud
O professor de literatura
inglesa Jorge Majfud cita que “Tentar
diminuir a poluição sem diminuir o
consumo é como combater o tráfico
de drogas sem reduzir a produção da
mesma”.
Benito Muros
Consumidores conscientes
tem se preocupado com a
obsolescência programada dos
produtos. Benito Muros, presidente
da SOP (Sem Obsolescência
Programada) desenvolveu uma
lâmpada de longa durabilidade. Esta
invenção foi inspirada na lâmpada
Centennial Bulb, que está em
funcionamento desde 1901. Por causa
de sua invenção, Muros vem
recebendo ameaças.
C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, CRÍTICOS / FERNANDA
Comportamentos de
Compra
• Racional: O consumidor sabe o que
quer comprar e compara preços. Às
vezes influencia-se pela promoção e
pela publicidade, mas o resultado
pode ser o oposto caso se sentir
enganado.
• Impulsivo: O ato de comprar serve
para canalizar o estresse, reforçado
pelo próprio shopping center ou
supermercado, produzindo uma
sensação de prazer imediato.
• Compulsivo: Para esse tipo de
comprador, a necessidade de
comprar é comparável à de um
viciado em drogas. Para os
psiquiatras, trata-se de um sintoma
de uma desordem emocional. O
consumo se dá como uma forma de
compensar um vazio, de sentir-se
acompanhado, ainda que seja por
um objeto, ou seja ver as empresas
que participam de programas
sustentável.
C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, CPT. DE COMPRA / LUCAS
Tipos de Consumidores
• Consumidor individualista: O
consumidor individualista é
aquele que está preocupado com
seu estilo de vida pessoal. Nesse
caso compra pelo desejo e prazer
de ter o que quer.
• Consumidor eficiente: O
consumidor consome de modo
eficiente, cuidando do seu bolso e
do seu gosto. Costuma pesquisar
preços antes da compra e zela pela
qualidade dos serviços e produtos
que consome.
C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, TPS. CONSUMIDORES / LUCAS
C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, TPS. CONSUMIDORES / LUCAS
• Consumidor consciente: O consumidor acredita na possibilidade de
contribuir para mudanças locais e planetárias por meio de seu ato de
consumo.
• Consumidor responsável: O consumidor leva em consideração as
informações recebidas sobre produtos e empresas. Sendo assim, não
compra um produto se receber a informação dizendo, por exemplo, que ele
ou empresa que o produz prejudicam o meio ambiente.

Recomendados

O capitalismo e a sociedade do consumo
O capitalismo e a sociedade do consumoO capitalismo e a sociedade do consumo
O capitalismo e a sociedade do consumoIsabel Vitória
 
A Indústria Cultural e o Consumismo
A Indústria Cultural e o ConsumismoA Indústria Cultural e o Consumismo
A Indústria Cultural e o ConsumismoJoão Marcelo
 
Consumo e consumismo
Consumo e  consumismoConsumo e  consumismo
Consumo e consumismosextoD
 
Sociedade+de+consumo 2 anos)
Sociedade+de+consumo  2 anos)Sociedade+de+consumo  2 anos)
Sociedade+de+consumo 2 anos)Isabella Silva
 
ConsumoXConsumismo Sociologia
ConsumoXConsumismo SociologiaConsumoXConsumismo Sociologia
ConsumoXConsumismo SociologiaLeticia Santos
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A sociedade de consumo
A sociedade de consumoA sociedade de consumo
A sociedade de consumoHelena Fonseca
 
consumo vs consumismo
consumo vs consumismo consumo vs consumismo
consumo vs consumismo Em Dormir
 
Consumismo e consumerismo
Consumismo e consumerismoConsumismo e consumerismo
Consumismo e consumerismoTiago Soares
 
Consumismo - Economia
Consumismo - EconomiaConsumismo - Economia
Consumismo - EconomiaMara Godinho
 
Causas do consumismo exagerado - Grupo3
Causas do consumismo exagerado - Grupo3 Causas do consumismo exagerado - Grupo3
Causas do consumismo exagerado - Grupo3 marleneves
 
Consumismo e Felicidade
Consumismo e FelicidadeConsumismo e Felicidade
Consumismo e FelicidadeJoemille Leal
 
Marketing e Sociedade de Consumo
Marketing e Sociedade de ConsumoMarketing e Sociedade de Consumo
Marketing e Sociedade de ConsumoMrQuickPT
 
A Sociedade De Consumo
A Sociedade De ConsumoA Sociedade De Consumo
A Sociedade De Consumoconsumo
 

Mais procurados (19)

A sociedade de consumo
A sociedade de consumoA sociedade de consumo
A sociedade de consumo
 
O consumismo (1)
O consumismo (1)O consumismo (1)
O consumismo (1)
 
consumo vs consumismo
consumo vs consumismo consumo vs consumismo
consumo vs consumismo
 
Consumismo
ConsumismoConsumismo
Consumismo
 
O consumo
O consumoO consumo
O consumo
 
Consumismo
ConsumismoConsumismo
Consumismo
 
Consumismo 8 B
Consumismo 8 BConsumismo 8 B
Consumismo 8 B
 
Consumismo e consumerismo
Consumismo e consumerismoConsumismo e consumerismo
Consumismo e consumerismo
 
Slide consumo-e-consumismo
Slide consumo-e-consumismoSlide consumo-e-consumismo
Slide consumo-e-consumismo
 
Consumismo - Economia
Consumismo - EconomiaConsumismo - Economia
Consumismo - Economia
 
A sociedade de consumo
A sociedade de consumoA sociedade de consumo
A sociedade de consumo
 
Causas do consumismo exagerado - Grupo3
Causas do consumismo exagerado - Grupo3 Causas do consumismo exagerado - Grupo3
Causas do consumismo exagerado - Grupo3
 
Sociedade do consumo sociologia
Sociedade do consumo   sociologiaSociedade do consumo   sociologia
Sociedade do consumo sociologia
 
Consumismo
Consumismo Consumismo
Consumismo
 
Consumismo e Felicidade
Consumismo e FelicidadeConsumismo e Felicidade
Consumismo e Felicidade
 
Marketing e Sociedade de Consumo
Marketing e Sociedade de ConsumoMarketing e Sociedade de Consumo
Marketing e Sociedade de Consumo
 
A Sociedade De Consumo
A Sociedade De ConsumoA Sociedade De Consumo
A Sociedade De Consumo
 
Sociedade De Consumo
Sociedade De ConsumoSociedade De Consumo
Sociedade De Consumo
 
Consumismo
ConsumismoConsumismo
Consumismo
 

Semelhante a C.C.T.T. de Matemática - Consumismo.

Consumismo e o ambiente
Consumismo e o ambienteConsumismo e o ambiente
Consumismo e o ambienteturma12c1617
 
Sociogia o ambiente-riscos e incertezas.
Sociogia o ambiente-riscos e incertezas.Sociogia o ambiente-riscos e incertezas.
Sociogia o ambiente-riscos e incertezas.turma12c1617
 
Filosofia 2º 3º trab. alienado
Filosofia 2º 3º trab. alienadoFilosofia 2º 3º trab. alienado
Filosofia 2º 3º trab. alienadoEdivania Martins
 
Filosofia 2º 3º trab. alienado
Filosofia 2º 3º trab. alienadoFilosofia 2º 3º trab. alienado
Filosofia 2º 3º trab. alienadoEdivania Martins
 
Revisao produção pibid
Revisao produção pibidRevisao produção pibid
Revisao produção pibidRenally Arruda
 
SOCIOLOGIA SOCIEDADE INDUSTRIAL E CONSUMO
SOCIOLOGIA SOCIEDADE INDUSTRIAL E CONSUMOSOCIOLOGIA SOCIEDADE INDUSTRIAL E CONSUMO
SOCIOLOGIA SOCIEDADE INDUSTRIAL E CONSUMOJonathan Coelho
 
Consumo e estilos de vida
Consumo e estilos de vidaConsumo e estilos de vida
Consumo e estilos de vidacatynes
 
2 utilização da retórica na publicidade
2 utilização da retórica na publicidade2 utilização da retórica na publicidade
2 utilização da retórica na publicidadeElisa Costa
 

Semelhante a C.C.T.T. de Matemática - Consumismo. (20)

O mundo dos bens Mary Douglas e Baron Isherwood
O mundo dos bens Mary Douglas e Baron IsherwoodO mundo dos bens Mary Douglas e Baron Isherwood
O mundo dos bens Mary Douglas e Baron Isherwood
 
O mundo dos bens Mary Douglas e Baron Isherwood
O mundo dos bens Mary Douglas e Baron IsherwoodO mundo dos bens Mary Douglas e Baron Isherwood
O mundo dos bens Mary Douglas e Baron Isherwood
 
Leituras Sobre Consumo
Leituras Sobre ConsumoLeituras Sobre Consumo
Leituras Sobre Consumo
 
Seminário Consumo e Cidadania: os novos consumidores e os desafios para garan...
Seminário Consumo e Cidadania: os novos consumidores e os desafios para garan...Seminário Consumo e Cidadania: os novos consumidores e os desafios para garan...
Seminário Consumo e Cidadania: os novos consumidores e os desafios para garan...
 
CONSUMISMO Slides.pptx
CONSUMISMO Slides.pptxCONSUMISMO Slides.pptx
CONSUMISMO Slides.pptx
 
Consumismo e o ambiente
Consumismo e o ambienteConsumismo e o ambiente
Consumismo e o ambiente
 
Slides aula de ética
Slides aula de éticaSlides aula de ética
Slides aula de ética
 
O consumismo e_o_capitalismo
O consumismo e_o_capitalismoO consumismo e_o_capitalismo
O consumismo e_o_capitalismo
 
Sociogia o ambiente-riscos e incertezas.
Sociogia o ambiente-riscos e incertezas.Sociogia o ambiente-riscos e incertezas.
Sociogia o ambiente-riscos e incertezas.
 
Filosofia 2º 3º trab. alienado
Filosofia 2º 3º trab. alienadoFilosofia 2º 3º trab. alienado
Filosofia 2º 3º trab. alienado
 
Filosofia 2º 3º trab. alienado
Filosofia 2º 3º trab. alienadoFilosofia 2º 3º trab. alienado
Filosofia 2º 3º trab. alienado
 
Marketing 3.0
Marketing 3.0Marketing 3.0
Marketing 3.0
 
Revisao produção pibid
Revisao produção pibidRevisao produção pibid
Revisao produção pibid
 
Totem e consumo
Totem e consumoTotem e consumo
Totem e consumo
 
Design gráfico
Design  gráficoDesign  gráfico
Design gráfico
 
Classe e Estilo De Vida
Classe e Estilo De VidaClasse e Estilo De Vida
Classe e Estilo De Vida
 
Indusria cultural
Indusria cultural Indusria cultural
Indusria cultural
 
SOCIOLOGIA SOCIEDADE INDUSTRIAL E CONSUMO
SOCIOLOGIA SOCIEDADE INDUSTRIAL E CONSUMOSOCIOLOGIA SOCIEDADE INDUSTRIAL E CONSUMO
SOCIOLOGIA SOCIEDADE INDUSTRIAL E CONSUMO
 
Consumo e estilos de vida
Consumo e estilos de vidaConsumo e estilos de vida
Consumo e estilos de vida
 
2 utilização da retórica na publicidade
2 utilização da retórica na publicidade2 utilização da retórica na publicidade
2 utilização da retórica na publicidade
 

Último

A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.Prime Assessoria
 
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Prime Assessoria
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIAHenrique Pontes
 
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial AniversárioDeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial AniversárioIsabelPereira2010
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...excellenceeducaciona
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...GraceDavino
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...azulassessoriaacadem3
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...azulassessoriaacadem3
 
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...azulassessoriaacadem3
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Prime Assessoria
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Prime Assessoria
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...azulassessoriaacadem3
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...Prime Assessoria
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
 
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
 
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial AniversárioDeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
DeClara n.º 73 fevereiro 2024 edição especial Aniversário
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
 

C.C.T.T. de Matemática - Consumismo.

  • 1. C.C.T.T. DE MATEMÁTICA CONSUMISMO Responsáveis pela apresentação: Fernanda e Lucas.
  • 2. O que é Consumismo refere-se a um modo de vida orientado por uma crescente propensão ao consumo de bens ou serviços, em geral supérfluos, em razão do seu significado simbólico (prazer, sucesso, felicidade), frequentemente atribuído pelos meios de comunicação de massa. O termo é muitas vezes associado à crítica do sociólogo e economista Thorstein Veblen, à cultura de massa e à indústria cultural. C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, O QUE É / LUCAS
  • 3. C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, O QUE É / LUCAS O conceito mais antigo de "consumo conspícuo" tem origem na virada do século XX nos escritos de Veblen. O termo descreve uma forma aparentemente irracional e confusa de comportamento econômico. Segundo Veblen, esse consumo desnecessário é uma forma de exibição do status, muitas vezes às custas das privações. A expressão "consumo conspícuo", que descrevia o consumismo observado nos Estados Unidos no pós-guerra, generalizou-se na década de 1960, mas logo foi ligada ao debate sobre a cultura de massa e ao culture jamming.
  • 4. Consumo e Consumismo A diferença entre o consumo e o consumismo é que no consumo as pessoas adquirem somente aquilo que lhes é necessário. Já o consumismo se caracteriza pelos gastos excessivos em produtos supérfluos, movidos pela propaganda. A necessidade de consumo pode vir a tornar-se uma compulsão, uma patologia comportamental. Pessoas compram compulsivamente coisas de que realmente não precisam. Muitas vezes, furtam ou roubam, não movidas por uma necessidade objetiva, mas pelo desejo de possuir algo cujo significado é essencialmente simbólico. C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, O QUE É / (nome)
  • 5. C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, O QUE É / LUCAS A imitação é um item notável no consumismo. Algumas pessoas de classes sociais mais baixas possuem tendência a imitarem e ansiarem as posses de pessoas de maior representação social, como celebridades. Ou seja, a sociedade cria um padrão, que tende a ser seguido pelas pessoas. Algumas mulheres, por exemplo, geralmente escolhem um corte de cabelo, roupas, sapatos e acessórios da moda com base em alguma atriz famosa.
  • 6. Críticos Os críticos citam que o Consumismo aumenta o aquecimento global e o uso de recursos naturais de forma exagerada. Um estudo realizado pela Sociedade Americana de Ecologia chegou à conclusão que consumimos 30% a mais do que a Terra pode suportar. Os opositores consideram o consumismo como forma de controle social na sociedade moderna, onde a compra de luxos e produtos desnecessários são meios usados pela sociedade para demarcar o papel e importância de uma pessoa na mesma, descartando outros meios de identificação, como personalidade e habilidades sociais. C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, CRÍTICOS / LUCAS
  • 7. Thorstein Veblen Os estudos de Thorstein Veblen consideram o consumismo (quando desnecessário) como forma de demonstrar a posição de uma pessoa na sociedade na qual vive. “As pessoas diminuem seu conforto ou necessidades para que possam parecer bem vestidas.” C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, CRÍTICOS / FERNANDA
  • 8. Henry Ford e Frederick Winslow Taylor Henry Ford e outros líderes da indústria entenderam que a produção em massa significa consumo em massa. Frederick Winslow Taylor fundou a teoria Taylorista, mudando a organização dos trabalhadores das empresas para aumentar a produtividade. Warren Hern Em um artigo publicado em 2009 na revista americana New Scientist, o epidemiologista Warren Hern comentou: “Nosso inconsciente é guiado pelo instinto de sobrevivência, de dominação e expansão... um impulso que nos leva a pensar que o consumismo é a resposta para tudo, e, no tempo certo, diminuirá todas as desigualdades no mundo.” C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, CRÍTICOS / FERNANDA
  • 9. Jorge Majfud O professor de literatura inglesa Jorge Majfud cita que “Tentar diminuir a poluição sem diminuir o consumo é como combater o tráfico de drogas sem reduzir a produção da mesma”. Benito Muros Consumidores conscientes tem se preocupado com a obsolescência programada dos produtos. Benito Muros, presidente da SOP (Sem Obsolescência Programada) desenvolveu uma lâmpada de longa durabilidade. Esta invenção foi inspirada na lâmpada Centennial Bulb, que está em funcionamento desde 1901. Por causa de sua invenção, Muros vem recebendo ameaças. C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, CRÍTICOS / FERNANDA
  • 10. Comportamentos de Compra • Racional: O consumidor sabe o que quer comprar e compara preços. Às vezes influencia-se pela promoção e pela publicidade, mas o resultado pode ser o oposto caso se sentir enganado. • Impulsivo: O ato de comprar serve para canalizar o estresse, reforçado pelo próprio shopping center ou supermercado, produzindo uma sensação de prazer imediato. • Compulsivo: Para esse tipo de comprador, a necessidade de comprar é comparável à de um viciado em drogas. Para os psiquiatras, trata-se de um sintoma de uma desordem emocional. O consumo se dá como uma forma de compensar um vazio, de sentir-se acompanhado, ainda que seja por um objeto, ou seja ver as empresas que participam de programas sustentável. C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, CPT. DE COMPRA / LUCAS
  • 11. Tipos de Consumidores • Consumidor individualista: O consumidor individualista é aquele que está preocupado com seu estilo de vida pessoal. Nesse caso compra pelo desejo e prazer de ter o que quer. • Consumidor eficiente: O consumidor consome de modo eficiente, cuidando do seu bolso e do seu gosto. Costuma pesquisar preços antes da compra e zela pela qualidade dos serviços e produtos que consome. C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, TPS. CONSUMIDORES / LUCAS
  • 12. C.C.T.T. DE MAT. – CONSUMISMO, TPS. CONSUMIDORES / LUCAS • Consumidor consciente: O consumidor acredita na possibilidade de contribuir para mudanças locais e planetárias por meio de seu ato de consumo. • Consumidor responsável: O consumidor leva em consideração as informações recebidas sobre produtos e empresas. Sendo assim, não compra um produto se receber a informação dizendo, por exemplo, que ele ou empresa que o produz prejudicam o meio ambiente.