Atividade de filosofia santo agostinho (1)

1.195 visualizações

Publicada em

a

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.195
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
51
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividade de filosofia santo agostinho (1)

  1. 1. Santo Agostinho Alunos: Ketlen Almeida, Heloah Gil, Ana Júlia Garcia e Gabriel Santim. 3ª série Cazuza
  2. 2. Introdução  O são as ‘cidades’ no contexto da obra de Agostinho? Não são cidades em si, ou algo que separa o divino e o terreno. Na realidade, as ‘cidades’ são, basicamente, a ideologia (de como se viver) de um certo grupo de pessoas.  Família : conjunto de várias pessoas que partilham de uma filosofia de vida.  Família Terrena: É a família dos homens que não vivem da fé. Eles vivem buscando a paz em prazeres materiais.  Família Celeste: Essa é a que vive da fé em Deus. Está intimamente preocupada com a eternidade, tratando os bens materiais apenas como necessários para sobreviver. Nunca os utilizando de forma a desvirtuar-se do caminho de Deus, que é o único caminho para a verdade e eternidade.
  3. 3. Cidades Terrena x Cidade Celeste  Ambas utilizam-se dos bens materiais, mas de formas diferentes.  Assim a Cidade Terrena carece de paz. Já que os cidadãos muitas vezes recusam obedecer corretamente as leis, afinal esses buscam uma vida mortal com todos os prazeres aqui, não limitando seus desejos. Já a Cidade Celeste busca estritamente cumprir as leis que regem a sociedade, para ter uma vida harmônica e sem pecados, para assim quando morrerem conquistarem a promessa de redenção e da vida eterna de forma prazerosa.  Quanto a mortalidade e crenças, haviam concordâncias e divergências. Os terrenos continham sábios, com dons demoníacos que incentivaram a humanização dos deuses, causando caos, perseguições e violência, levando a destruição da paz e a criação de leis e culturas diferentes. E isso fez com que a Celeste se separasse legalmente e culturalmente dos terrenos. Então ela vagou eternamente pelas regiões, acumulando mais pessoas que a seguissem e formando uma sociedade culturalmente que suportasse repressões exercidas pela cultura opositora.  Portanto a Cidade Celeste utiliza-se da paz terrena para sobreviver e viver com harmonia com o povo terreno, gozando da vida terrena – de forma restrita - e da vida eterna pós a morte.
  4. 4.  O que é o livre-arbítrio para Santo Agostinho? A liberdade é sempre escolher pelo bem. Deus é livre e não escolhe pelo mal. ‘’A liberdade me obriga a escolher pelo bem’’.

×