Razões da nossa fé lição 5

413 visualizações

Publicada em

Estudo baseado na revista Compromisso-3Trimestre/Juerp
O Reino de Deus e a Igreja

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
413
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Razões da nossa fé lição 5

  1. 1. RevistaCompromisso - 3Trimestre DoutrinasBíblicas Razões da Nossafé O ReinoDedeuse a igreja
  2. 2. O reino de deus e a igreja Lucas17.20,21 A lição vai tratar hoje: O Reino de Deus Igreja
  3. 3. O que diz a Declaração Doutrinária da CBB “O Reino de Deus”: Diz a nossa Declaração que o reino de Deus é “o domínio soberano e universal de Deus e é eterno. É também o domínio de Deus no coração dos homens que, voluntariamente, a ele se submetem pela fé, aceitando-o como Senhor e Rei. É, assim, o reino invisível nos corações regenerados, que opera no mundo e se manifesta pelo testemunho dos seus súditos. A consumação do reino ocorrerá com a volta de Jesus Cristo, em data que só Deus conhece, quando o mal será completamente vencido e surgirão o novo céu e a nova terra para a eterna habitação dos remidos com Deus.”
  4. 4. O que diz a Declaração Doutrinária da CBB Daniel 2. 37-44 Isaías 9. 6,7 Mateus 4.17 Lucas 17.20 1Coríntios 15.24
  5. 5. O Reino de Deus Características do Reino de Deus:  É sobrenatural – Marcos 4.26-29 É invisível – Lucas 17.20,21 É misterioso – Marcos 4.11 Já é presente aqui, mais ainda por vir – Lucas 11.20; 16.16; 22.16, 18, 29, 30.
  6. 6. O Reino de Deus Apesar de existir uma relação inseparável entre reino de Deus e a igreja, podemos ver as seguintes distinções: Reino de Deus Igreja É eterno Teve início com Jesus Possui súditos que se submetem ao reinado divino Congrega os crentes que se sujeitam ao senhorio de Jesus Cristo É invisível É visível e institucional É a esfera na qual é criada a igreja É uma agência do reino de Deus
  7. 7. O Reino de Deus Viver como cidadão do reino é estarmos submissos à vontade de Deus. Somos cidadãos de dois reinos. O crente vive sua vida no mundo sabendo que é cidadão do reino presente e do reino futuro. Reconhece que esta vida é temporal, e se prepara para a vida futura. Seu destino é o céu, assegurado pela obra redentora de Cristo na cruz.
  8. 8. A igreja Diz a nossa Declaração Doutrinária: “Igreja é uma congregação local de pessoas regeneradas e batizadas após profissão de fé. É nesse sentido que a palavra “igreja” é empregada no maior número de vezes nos livros do Novo Testamento. Essas congregações são constituídas por livre vontade destas pessoas com a finalidade de prestarem cultos a Deus e observarem as ordenanças de Jesus, meditarem nos ensinamentos da Bíblia para edificação mútua e para a propagação do evangelho.
  9. 9. A igreja As igrejas neotestamentárias são autônomas, têm governo democrático, praticam a disciplina e se regem em todas as questões espirituais e doutrinárias exclusivamente pela Palavra de Deus, sob a orientação do Espírito Santo. Há nas igrejas, segundo as Escrituras, duas espécies de oficiais: pastores e diáconos. As igrejas devem relacionar-se com as demais igrejas da mesma fé e ordem e cooperar, voluntariamente, nas atividades do reino de Deus.
  10. 10. A igreja O relacionamento com outras entidades, quer sejam de natureza eclesiástica ou outras, não deve envolver a violação da consciência ou o comprometimento da lealdade a Cristo e sua Palavra. Cada igreja é um templo do Espírito Santo. Há também no Novo Testamento outro sentido da palavra “igreja” em que ela aparece como reunião universal dos remidos de todos os tempos, estabelecida por Jesus Cristo e sobre ele edificada, constituindo-se o corpo espiritual do Senhor, do qual ele mesmo é a cabeça.
  11. 11. A igreja Sua unidade é de natureza espiritual e se expressa pelo amor fraternal, pela harmonia e cooperação voluntária na realização dos propósitos comuns do reino de Deus.
  12. 12. O que diz a Declaração Doutrinária da CBB Mateus 18.15-17 Atos 2.41,42 Atos 5.11 Atos 6.3-6 Atos 20.17,28
  13. 13. A igreja Características da Igreja:  Iniciou-se com Jesus Cristo– Mateus 16.18 Inauguração formal do Pentecostes– Atos 2.1-13
  14. 14. A igreja O Novo Testamento refere-se a ela nos dois sentidos: como igreja universal e igreja local. Igreja universal: é a totalidade dos crentes salvos em todos os tempos e lugares (Ef 1.22,23) Igreja local: é a realidade histórica na qual se encontram os crentes ( 2Co 8.1; Ap 1.4)
  15. 15. A igreja Alguns nomes significativos que aparecem no Novo Testamento para a igreja: Corpo de Cristo Templo do Espírito Santo Santuário de Deus Noiva de Cristo Povo de Deus Novo Israel Jerusalém celestial Rebanho de Deus Coluna e esteio da verdade
  16. 16. A missão da igreja A igreja de Jesus é um organismo espiritual e precisa realizar funções básicas para cumprir com seus propósitos e objetivos. Dentre eles estão: Adoração – é relação vertical do homem com Deus; é a homenagem prestada a Deus. É a função primordial que a igreja deve exercer. Significa cultuar, orar, rogar, venerar, homenagear. Comunhão – significa participar juntos em alguma coisa. Isto é companheirismo, cooperação, ajuda mútua.
  17. 17. A missão da igreja Evangelização – é cumprir com a ordem deixada por Jesus antes de sua volta ao Pai que é a de testemunhar, anunciar as boas novas de salvação. Serviço – é uma das características fundamentais dos cristãos e um meio de dar glória a Deus. Edificação – consiste em estimular o crescimento espiritual de cada crente pra que cresçam na graça e no conhecimento de Cristo. É também o aperfeiçoamento dos santos para a obra do ministério.
  18. 18. Conclusão Valorize a igreja. Por ela Jesus Cristo deixou a glória, veio ao mundo e sofreu toda espécie de privações e dores culminando com a morte na cruz para formar a “igreja de Deus, que ele adquiriu com seu próprio sangue” “Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue.” Atos 20.28
  19. 19. Prof. Mariângela Domeniche Perdomo

×