GÊNEROS JORNALÍSTICOS   NO MEIO ONLINE:um estudo de caso do T1 Notícias                       Thaise Moreira Marques      ...
Objeto de análise Para essa pesquisa, foi escolhido o T1 Notícias, hoje um dos principais veículos de comunicação no meio...
Objetivo• O trabalho consiste na identificação e análise da utilização dos três principais gêneros jornalísticos: informat...
Gêneros• Os gêneros jornalísticos são resultados da demanda  social que surgiram baseados em um modelo de estilo e  discur...
Jornalismo Informativo• O jornalismo informativo surge juntamente com o  jornalismo ideológico entre os anos de 1870 e 191...
Jornalismo Informativo• Beltrão (2006, p.13) considerou a informação jornalística  como “o relato puro e simples de fatos ...
Jornalismo Opinativo• No Brasil, com a classificação do jornalismo opinativo  surge uma característica: o monolitismo.• O ...
Jornalismo Interpretativo• Características: jornalismo mais qualificado, completo e  passível de análise. As informações a...
Procedimentos Metodológicos• Objeto de análise: Portal T1 Notícias.• Editorias: Ação Parlamentar, Café Online, Cidades,  C...
Amostra Analisada     Editoria        Informativo   Opinativo   InterpretativoAção                     4             -    ...
Considerações Finais• A rapidez na divulgação da informação e o meio online  trouxeram a inovação para o relato dos fatos ...
Considerações Finais• Assim é possível explicar a preocupação com o público  “consumidor” de informação que resulta em tra...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 Notícias

798 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
798
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gêneros jornalísticos no meio online - estudo de caso do T1 Notícias

  1. 1. GÊNEROS JORNALÍSTICOS NO MEIO ONLINE:um estudo de caso do T1 Notícias Thaise Moreira Marques Orientação: Liana Vidigal Universidade Federal do Tocantins
  2. 2. Objeto de análise Para essa pesquisa, foi escolhido o T1 Notícias, hoje um dos principais veículos de comunicação no meio online do Estado do Tocantins. Para justificar a escolha, os números de exibição, até outubro de 2012, era de 20 milhões 521 mil 929 páginas.
  3. 3. Objetivo• O trabalho consiste na identificação e análise da utilização dos três principais gêneros jornalísticos: informativo, opinativo e interpretativo no meio online.
  4. 4. Gêneros• Os gêneros jornalísticos são resultados da demanda social que surgiram baseados em um modelo de estilo e discurso, criados ainda devido às novas tecnologias.• Para Marques de Melo (1985, p. 33), a classificação dos gêneros foca na intencionalidade do material jornalístico.• Para Bertocchi (2008, p. 1291) os "gêneros nascem, transformam-se, mesclam-se com outros, originam subgêneros e, eventualmente, morrem“. Não existem em estado puro.
  5. 5. Jornalismo Informativo• O jornalismo informativo surge juntamente com o jornalismo ideológico entre os anos de 1870 e 1914, primeiro na Inglaterra e depois nos EUA.• Era encarado como um jornalismo que primava pela narração de fatos.• A partir de 1920, consolida-se no ocidente em geral, inclusive no Brasil. Os textos predominantes dessa época são os do “relato” ou “informação”.• Para a estruturação do texto na pirâmide invertida surge o lead.
  6. 6. Jornalismo Informativo• Beltrão (2006, p.13) considerou a informação jornalística como “o relato puro e simples de fatos pertencentes ao presente imediato ou ao passado que esteja atuando nas situações do presente”.• Marques de Melo (2003, p.64) diz que cabe ao gênero a função exclusiva de descrever os fatos. Essa característica de “relato do real”.• Lia Seixas (2003, p. 92) acrescenta que “Jornalismo não é apenas informação, mas envolve toda uma produção de conhecimento da atualidade”.
  7. 7. Jornalismo Opinativo• No Brasil, com a classificação do jornalismo opinativo surge uma característica: o monolitismo.• O gênero opinativo é o ponto de vista do jornalista, ou quem o escreve, manifeste sua opinião, ou seja, é o juízo, a interpretação ou a avaliação que se faz do assunto.• Para Marshall (2003, p. 78): “é um palco de batalhas ideológicas, polêmicas, conflitos políticos, lutas e mobilizações sociais, instrumento de ataque e defesa de ideias”.
  8. 8. Jornalismo Interpretativo• Características: jornalismo mais qualificado, completo e passível de análise. As informações auxiliam na interpretação do leitor para determinado acontecimento ou fenômeno ocorrido.• Segundo Marques de Melo (2007), o jornalismo interpretativo tem como função explicar o fato acontecido, onde o leitor fique situado de maneira contextualizada.• Para o autor, esse jornalismo possui caráter “educativo” ao oferecer dados, localização histórica, antropológica, filosófica, sendo composto ainda pelo dossiê, perfil, enquete e cronologia.
  9. 9. Procedimentos Metodológicos• Objeto de análise: Portal T1 Notícias.• Editorias: Ação Parlamentar, Café Online, Cidades, Curtas, Estado, Minha Opinião, Plantão de Polícia e Política• Tipo de análise quali-quantitativa• Período analisado: 05 a 09 de novembro de 2012• Total de material analisado: 63 amostras (notas, notícias e reportagem).
  10. 10. Amostra Analisada Editoria Informativo Opinativo InterpretativoAção 4 - -ParlamentarCafé Online 3 - -Cidades 6 - -Curtas 7 - -Estado 18 - -Minha Opinião - 1 -Plantão de 9 - -PolíciaPolítica 15 - -Total: 63 62 1 -
  11. 11. Considerações Finais• A rapidez na divulgação da informação e o meio online trouxeram a inovação para o relato dos fatos ocorridos diariamente.• A adaptação para a web refletiu também nos gêneros jornalísticos, como abordado nesse trabalho, o informativo, opinativo e interpretativo.• Houve mudanças na linguagem usada, na estruturação dos textos e nos meios usados para divulgação no caso dos blogs, sites e portais.
  12. 12. Considerações Finais• Assim é possível explicar a preocupação com o público “consumidor” de informação que resulta em trazer a utilização da pirâmide invertida e a presença frequente do lead.• Foi possível identificar, na amostra coletada, que o gênero interpretativo não é muito explorado, pois demanda uma análise mais profunda de conteúdo.• Portanto, o portal T1 Notícias acompanha a tendência apontada por Ferrari (2002, p. 84): a reportagem não é tão usada, adotando apenas a produção da notícia.

×