SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 37
ANÁLISE DE CONJUNTURA ECONÔMICA 1 TEMA  : POLÍTICA MONETÁRIA E FISCAL O que é ? Para que serve ? Quem faz ?
Abordagem do tema  Comitê de Política Monetária –COPOM ,[object Object]
Taxa básica de juros – SELIC- sistema especial de liquidação e custódia.
Definir política monetárias e diretrizes econômicas do país.
 Taxa que os bancos utilizam para tomar decisõesInflação -IPCA : índice de preços ao consumidor amplo ,[object Object]
 Perda do valor da moeda no tempo ,[object Object]
SELIC Zoom
SELIC Última reunião do Copom definiu nova Selic : 12% a.a . Houve um aumento de 25 pontos em relação a última fixação A meta para o fim do ano é de 12,50%.
Por que o BC está elevando a SELIC ?  CRESCIMENTO OFERTA  CRESCIMENTO DEMANDA A taxa de crescimento da oferta é menor do que a taxa de crescimento da demanda  INFLAÇÃO
A oferta  Quantidade de bens e serviços que as empresas desejam e podem oferecer Motivos de estar crescendo menos que a demanda : ,[object Object]
Amento no custo de produção
Alto nível da utilização da Capacidade instalada ,[object Object]
Aumento no custo de produção ,[object Object]
 Aparente fortalecimento da demanda global
 Conflito no Oriente Médio  ( risco / redução da oferta )
 BRENT = +- USD 120 ( atualmente )
Alta do preço das commodities- Alta dos preços de insumos agrícolas e minérios.
Nível da utilização da Capacidade instalada  Manter um nível de capacidade instalada alto pode trazer dificuldades para quem quer expandir. A expansão é cada vez mais sofrida a medida que a economia se aproxima da capacidade plena de produção. ,[object Object]
O elevado nível de ocupação reflete a expansão recente da atividade econômica, cujos efeitos ainda não foram compensados totalmente pela maturação dos investimentos.,[object Object]
Depreciação do dólar,[object Object]
Ingresso de capital estrangeiro no país.
RESULTADO : aumento da propensão marginal a consumir e a investir,[object Object]
 Ingresso de capital estrangeiro no país.,[object Object]
ANÁLISE DE CONJUNTURA ECONÔMICA 2 TEMA  : POLÍTICA MONETÁRIA E FISCAL
Resumo apresentação passada INFLAÇÃO SELIC                  x ,[object Object]
 Aparente fortalecimento da demanda global
 Conflito no Oriente Médio  ( risco / redução da oferta )
 BRENT = +- USD 120 ( atualmente )
Alta do preço das commodities- Alta dos preços de insumos agrícolas e minérios Selic atual : 12% a.a
Atualizações - INFLAÇÃO O Brasil pretende conter a inflação sem prejudicar o crescimento econômico ,[object Object],COMO? -"o governo está atento a todas as pressões inflacionárias“ -"O Banco Central e a Fazenda estão trabalhando para o retorno da inflação ao centro da meta no menor prazo possível“ -Ponto chave = Aumento da capacidade produtiva do País – aumento da oferta - SERÁ MESMO POSSÍVEL ?
Atualizações - INFLAÇÃO Inflação deverá apresentar taxas menores a partir de maio ,[object Object]
 Além de efeitos sazonais que deverão contribuir para puxar a inflação para baixo, os preços das commodities também deverão desacelerar, seguindo movimento registrado em abril, quando o IC-Br recuou 1,64%.
 O último relatório Focus mostrou redução da mediana das expectativas para o IPCA de 2011, de 6,37% para 6,33%.,[object Object]
Incerteza da INFLAÇÃO Inflação para o final do ano é uma incógnita ,[object Object]
 No longo prazo existem dúvidas.-A recente mudança de discurso do Banco Central, indicando uma postura mais dura em relação à inflação, deu espaço para que o prognóstico para o IPCA recuasse no Focus, mostrando um mercado mais confiante na estratégia da política monetária.
Indicador de risco Inadimplência do consumidor sobe 1,5% em abril ,[object Object]
 Ascensão classe C

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Macroeconomia -aula 1
Macroeconomia -aula  1Macroeconomia -aula  1
Macroeconomia -aula 1Na Silva
 
Introdução à Macroeconomia
Introdução à MacroeconomiaIntrodução à Macroeconomia
Introdução à MacroeconomiaYuri Silver
 
Slide unid 1-_nocoes_fin_e_econ_-__merc_capitais (1)
Slide unid 1-_nocoes_fin_e_econ_-__merc_capitais (1)Slide unid 1-_nocoes_fin_e_econ_-__merc_capitais (1)
Slide unid 1-_nocoes_fin_e_econ_-__merc_capitais (1)José Mota
 
Fundamentos da teor. macr aula 1
Fundamentos da teor. macr aula 1Fundamentos da teor. macr aula 1
Fundamentos da teor. macr aula 1Joao Paulo
 
Crescimento e Desenvolvimento Econômico
Crescimento e Desenvolvimento EconômicoCrescimento e Desenvolvimento Econômico
Crescimento e Desenvolvimento EconômicoYuri Silver
 
políticas monetária, fiscal, cambial e de rendas
políticas monetária, fiscal, cambial e de rendaspolíticas monetária, fiscal, cambial e de rendas
políticas monetária, fiscal, cambial e de rendasMarcos Matos
 
Apresentação politica monetária
Apresentação politica monetáriaApresentação politica monetária
Apresentação politica monetáriaIvanildo Moreira
 
Resumo+de+macroeconomia
Resumo+de+macroeconomiaResumo+de+macroeconomia
Resumo+de+macroeconomiabergerbird
 
Indicadores econômicos
Indicadores econômicosIndicadores econômicos
Indicadores econômicosSuzana Dias
 
Principais Indicadores econômicos para microempreendedores
Principais Indicadores  econômicos para microempreendedoresPrincipais Indicadores  econômicos para microempreendedores
Principais Indicadores econômicos para microempreendedoresMarinaContabil
 
Trabalho de economia - Setor Público
Trabalho de economia - Setor PúblicoTrabalho de economia - Setor Público
Trabalho de economia - Setor PúblicoIsmael Paulo Santos
 
O Que é a Macroeconomia?
O Que é a Macroeconomia?O Que é a Macroeconomia?
O Que é a Macroeconomia?elliando dias
 
Economia aula 4 - introdução à macroeconomia
Economia   aula 4 - introdução à macroeconomiaEconomia   aula 4 - introdução à macroeconomia
Economia aula 4 - introdução à macroeconomiaFelipe Leo
 
Saldo da balança de pagamentos portuguesa
Saldo da balança de pagamentos portuguesaSaldo da balança de pagamentos portuguesa
Saldo da balança de pagamentos portuguesaRaffaella Ergün
 
O Setor Público
O Setor PúblicoO Setor Público
O Setor PúblicoYuri Silver
 

Mais procurados (20)

Macroeconomia -aula 1
Macroeconomia -aula  1Macroeconomia -aula  1
Macroeconomia -aula 1
 
Introdução à Macroeconomia
Introdução à MacroeconomiaIntrodução à Macroeconomia
Introdução à Macroeconomia
 
Slide unid 1-_nocoes_fin_e_econ_-__merc_capitais (1)
Slide unid 1-_nocoes_fin_e_econ_-__merc_capitais (1)Slide unid 1-_nocoes_fin_e_econ_-__merc_capitais (1)
Slide unid 1-_nocoes_fin_e_econ_-__merc_capitais (1)
 
Fundamentos da teor. macr aula 1
Fundamentos da teor. macr aula 1Fundamentos da teor. macr aula 1
Fundamentos da teor. macr aula 1
 
Crescimento e Desenvolvimento Econômico
Crescimento e Desenvolvimento EconômicoCrescimento e Desenvolvimento Econômico
Crescimento e Desenvolvimento Econômico
 
políticas monetária, fiscal, cambial e de rendas
políticas monetária, fiscal, cambial e de rendaspolíticas monetária, fiscal, cambial e de rendas
políticas monetária, fiscal, cambial e de rendas
 
SLIDES DE MACROECONOMIA (AULA 2)
SLIDES DE MACROECONOMIA (AULA 2) SLIDES DE MACROECONOMIA (AULA 2)
SLIDES DE MACROECONOMIA (AULA 2)
 
Macroeconomia resumo
Macroeconomia resumoMacroeconomia resumo
Macroeconomia resumo
 
Macro, politicas inflacionarias.
Macro, politicas inflacionarias.Macro, politicas inflacionarias.
Macro, politicas inflacionarias.
 
Apresentação politica monetária
Apresentação politica monetáriaApresentação politica monetária
Apresentação politica monetária
 
Resumo+de+macroeconomia
Resumo+de+macroeconomiaResumo+de+macroeconomia
Resumo+de+macroeconomia
 
Indicadores econômicos
Indicadores econômicosIndicadores econômicos
Indicadores econômicos
 
Principais Indicadores econômicos para microempreendedores
Principais Indicadores  econômicos para microempreendedoresPrincipais Indicadores  econômicos para microempreendedores
Principais Indicadores econômicos para microempreendedores
 
Política fiscal e monetária
Política fiscal e monetáriaPolítica fiscal e monetária
Política fiscal e monetária
 
Trabalho de economia - Setor Público
Trabalho de economia - Setor PúblicoTrabalho de economia - Setor Público
Trabalho de economia - Setor Público
 
O Que é a Macroeconomia?
O Que é a Macroeconomia?O Que é a Macroeconomia?
O Que é a Macroeconomia?
 
Economia aula 4 - introdução à macroeconomia
Economia   aula 4 - introdução à macroeconomiaEconomia   aula 4 - introdução à macroeconomia
Economia aula 4 - introdução à macroeconomia
 
Saldo da balança de pagamentos portuguesa
Saldo da balança de pagamentos portuguesaSaldo da balança de pagamentos portuguesa
Saldo da balança de pagamentos portuguesa
 
O Setor Público
O Setor PúblicoO Setor Público
O Setor Público
 
Políticas eco
Políticas ecoPolíticas eco
Políticas eco
 

Semelhante a Grupo 3 apresentacão junta

Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudoCalendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudoBanco Pine
 
11º Simpovidro Abravidro - Palestra de Gustavo Loyola - "Perspectivas da econ...
11º Simpovidro Abravidro - Palestra de Gustavo Loyola - "Perspectivas da econ...11º Simpovidro Abravidro - Palestra de Gustavo Loyola - "Perspectivas da econ...
11º Simpovidro Abravidro - Palestra de Gustavo Loyola - "Perspectivas da econ...Abravidro
 
Boletim 41 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
Boletim 41 - Grupo de conjuntura econômica da UFESBoletim 41 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
Boletim 41 - Grupo de conjuntura econômica da UFESeconomiaufes
 
Boletim 39 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
Boletim 39 - Grupo de conjuntura econômica da UFESBoletim 39 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
Boletim 39 - Grupo de conjuntura econômica da UFESeconomiaufes
 
Gestão de investimento 2 cef
Gestão de investimento 2   cefGestão de investimento 2   cef
Gestão de investimento 2 cefAPEPREM
 
Orientações Para Gestão de Investimentos
Orientações Para Gestão de InvestimentosOrientações Para Gestão de Investimentos
Orientações Para Gestão de InvestimentosAPEPREM
 
Acoi Expert Network Quarterly Q1 2013
Acoi Expert Network Quarterly Q1 2013Acoi Expert Network Quarterly Q1 2013
Acoi Expert Network Quarterly Q1 2013Fernando Moura
 
130319 alberto-pessina-01
130319 alberto-pessina-01130319 alberto-pessina-01
130319 alberto-pessina-01AgroTalento
 
Relatório de alocação maio - macro
Relatório de alocação   maio - macroRelatório de alocação   maio - macro
Relatório de alocação maio - macroEugenio Lysei
 
Apresentação Ciesp
Apresentação CiespApresentação Ciesp
Apresentação Ciespciespjacarei
 
Boletim 31 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
Boletim 31 - Grupo de conjuntura econômica da UFESBoletim 31 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
Boletim 31 - Grupo de conjuntura econômica da UFESeconomiaufes
 
Apresentação - Relatório de Inflação de 24 de Setembro de 2015
Apresentação - Relatório de Inflação de 24 de Setembro de 2015Apresentação - Relatório de Inflação de 24 de Setembro de 2015
Apresentação - Relatório de Inflação de 24 de Setembro de 2015DenizecomZ
 
Todas apresentacoes grupo 6
Todas apresentacoes grupo 6Todas apresentacoes grupo 6
Todas apresentacoes grupo 6julianazaponi
 
Relatório economia 2011
Relatório economia 2011Relatório economia 2011
Relatório economia 2011hasaverus
 
Relatório de alocação março - macro vf
Relatório de alocação   março - macro vfRelatório de alocação   março - macro vf
Relatório de alocação março - macro vfEugenio Lysei
 
Cenário Econômico Brasileiro e Global 2022 Pós COVID.pdf
Cenário Econômico Brasileiro e Global 2022 Pós COVID.pdfCenário Econômico Brasileiro e Global 2022 Pós COVID.pdf
Cenário Econômico Brasileiro e Global 2022 Pós COVID.pdfFabio Castelo Branco
 

Semelhante a Grupo 3 apresentacão junta (20)

Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudoCalendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
 
Apresentação Seminário Economia
Apresentação Seminário EconomiaApresentação Seminário Economia
Apresentação Seminário Economia
 
11º Simpovidro Abravidro - Palestra de Gustavo Loyola - "Perspectivas da econ...
11º Simpovidro Abravidro - Palestra de Gustavo Loyola - "Perspectivas da econ...11º Simpovidro Abravidro - Palestra de Gustavo Loyola - "Perspectivas da econ...
11º Simpovidro Abravidro - Palestra de Gustavo Loyola - "Perspectivas da econ...
 
Boletim 41 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
Boletim 41 - Grupo de conjuntura econômica da UFESBoletim 41 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
Boletim 41 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
 
Boletim 39 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
Boletim 39 - Grupo de conjuntura econômica da UFESBoletim 39 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
Boletim 39 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
 
Gestão de investimento 2 cef
Gestão de investimento 2   cefGestão de investimento 2   cef
Gestão de investimento 2 cef
 
Orientações Para Gestão de Investimentos
Orientações Para Gestão de InvestimentosOrientações Para Gestão de Investimentos
Orientações Para Gestão de Investimentos
 
Acoi Expert Network Quarterly Q1 2013
Acoi Expert Network Quarterly Q1 2013Acoi Expert Network Quarterly Q1 2013
Acoi Expert Network Quarterly Q1 2013
 
130319 alberto-pessina-01
130319 alberto-pessina-01130319 alberto-pessina-01
130319 alberto-pessina-01
 
Informe Conjuntural do 3º trimestre | Setembro 2012
Informe Conjuntural do 3º trimestre | Setembro 2012Informe Conjuntural do 3º trimestre | Setembro 2012
Informe Conjuntural do 3º trimestre | Setembro 2012
 
Relatório de alocação maio - macro
Relatório de alocação   maio - macroRelatório de alocação   maio - macro
Relatório de alocação maio - macro
 
Apresentação Ciesp
Apresentação CiespApresentação Ciesp
Apresentação Ciesp
 
Apresentação do Informe Conjuntural | 3º trimestre/2011
Apresentação do Informe Conjuntural | 3º trimestre/2011Apresentação do Informe Conjuntural | 3º trimestre/2011
Apresentação do Informe Conjuntural | 3º trimestre/2011
 
Boletim 31 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
Boletim 31 - Grupo de conjuntura econômica da UFESBoletim 31 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
Boletim 31 - Grupo de conjuntura econômica da UFES
 
Apresentação - Relatório de Inflação de 24 de Setembro de 2015
Apresentação - Relatório de Inflação de 24 de Setembro de 2015Apresentação - Relatório de Inflação de 24 de Setembro de 2015
Apresentação - Relatório de Inflação de 24 de Setembro de 2015
 
Todas apresentacoes grupo 6
Todas apresentacoes grupo 6Todas apresentacoes grupo 6
Todas apresentacoes grupo 6
 
Relatório economia 2011
Relatório economia 2011Relatório economia 2011
Relatório economia 2011
 
Relatório de alocação março - macro vf
Relatório de alocação   março - macro vfRelatório de alocação   março - macro vf
Relatório de alocação março - macro vf
 
Boletim depe 03_maio_2016
Boletim depe 03_maio_2016Boletim depe 03_maio_2016
Boletim depe 03_maio_2016
 
Cenário Econômico Brasileiro e Global 2022 Pós COVID.pdf
Cenário Econômico Brasileiro e Global 2022 Pós COVID.pdfCenário Econômico Brasileiro e Global 2022 Pós COVID.pdf
Cenário Econômico Brasileiro e Global 2022 Pós COVID.pdf
 

Último

As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdfAntonio Barros
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxpatriciapedroso82
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 

Grupo 3 apresentacão junta

  • 1. ANÁLISE DE CONJUNTURA ECONÔMICA 1 TEMA : POLÍTICA MONETÁRIA E FISCAL O que é ? Para que serve ? Quem faz ?
  • 2.
  • 3. Taxa básica de juros – SELIC- sistema especial de liquidação e custódia.
  • 4. Definir política monetárias e diretrizes econômicas do país.
  • 5.
  • 6.
  • 8. SELIC Última reunião do Copom definiu nova Selic : 12% a.a . Houve um aumento de 25 pontos em relação a última fixação A meta para o fim do ano é de 12,50%.
  • 9. Por que o BC está elevando a SELIC ? CRESCIMENTO OFERTA CRESCIMENTO DEMANDA A taxa de crescimento da oferta é menor do que a taxa de crescimento da demanda INFLAÇÃO
  • 10.
  • 11. Amento no custo de produção
  • 12.
  • 13.
  • 14. Aparente fortalecimento da demanda global
  • 15. Conflito no Oriente Médio ( risco / redução da oferta )
  • 16. BRENT = +- USD 120 ( atualmente )
  • 17. Alta do preço das commodities- Alta dos preços de insumos agrícolas e minérios.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21. Ingresso de capital estrangeiro no país.
  • 22.
  • 23.
  • 24. ANÁLISE DE CONJUNTURA ECONÔMICA 2 TEMA : POLÍTICA MONETÁRIA E FISCAL
  • 25.
  • 26. Aparente fortalecimento da demanda global
  • 27. Conflito no Oriente Médio ( risco / redução da oferta )
  • 28. BRENT = +- USD 120 ( atualmente )
  • 29. Alta do preço das commodities- Alta dos preços de insumos agrícolas e minérios Selic atual : 12% a.a
  • 30.
  • 31.
  • 32. Além de efeitos sazonais que deverão contribuir para puxar a inflação para baixo, os preços das commodities também deverão desacelerar, seguindo movimento registrado em abril, quando o IC-Br recuou 1,64%.
  • 33.
  • 34.
  • 35. No longo prazo existem dúvidas.-A recente mudança de discurso do Banco Central, indicando uma postura mais dura em relação à inflação, deu espaço para que o prognóstico para o IPCA recuasse no Focus, mostrando um mercado mais confiante na estratégia da política monetária.
  • 36.
  • 39.
  • 40. ANÁLISE DE CONJUNTURA ECONÔMICA 2 TEMA : POLÍTICA MONETÁRIA E FISCAL
  • 41. Análise da Ata do Copom 20/04/2011 – Realização do Comitê Inflação Atividade econômica Desemprego Comércio Capacidade instalada Balança comercial Petróleo Política monetária Aversão ao risco Relatório Focus
  • 42.
  • 43.
  • 44.
  • 45. CAPACIDADE INSTALADA Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) Passou de 83,7% em fevereiro para 83,5% em março. bens de consumo e de materiais de construção apresentaram igual redução setores de bens de capital e de bens intermediários apresentaram estabilidade.
  • 46. BALANÇA COMERCIAL Fev US$21,6 bilhões -> Mar US$22,5. Exportações de US$213,9 bilhões e importações de US$191,4 bilhões.
  • 47. ECONOMIA GLOBAL Há evidência, entretanto, de moderação da atividade na margem, face aos desenvolvimentos no Japão, às continuadas incertezas sobre o mercado de trabalho americano, e às pressões sobre os preços internacionais do petróleo.
  • 48. PETRÓLEO Alta generalizada Aumento da demanda global – desenvolvimento. instabilidade política no Oriente Médio
  • 49. POLÍTICA MONETÁRIA Foco Atual : metas para a inflação ! Taxas de inflação elevadas levam ao aumento dos prêmios de risco e encurtamento dos horizontes econômicos. Reduzem investimentos
  • 50. AVERSÃO AO RISCO Nesse período, mantiveram-se altas as preocupações com dívidas de países e de bancos europeus e com a possibilidade de desaceleração na China. Observou-se recuo nos preços de importantes commodities, notadamente agrícolas e, ao mesmo tempo, depreciação da moeda norte‑americana. Redução Investimento Moody`s / Fitch