O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Apogeu_e_declínio_da_influência_europeia.pptx

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
Poderio americano
Poderio americano
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 38 Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Mais recentes (20)

Anúncio

Apogeu_e_declínio_da_influência_europeia.pptx

  1. 1. Apogeu e declínio da influência europeia
  2. 2. O que terá levado os europeus à corrida pela ocupação de novos territórios nos finais do século XIX? Na Europa, o crescimento industrial, em meados do século XIX, conduziu à ocupação de novos territórios, devido à necessidade de: A supremacia europeia China Manchúria Japão Etiópia Eritreia Albânia • Matérias-primas • Escoamento de produtos • Investimento de capitais • Novos locais para receber população
  3. 3. Como se exerceu o domínio europeu no mundo nos finais do século XIX, inícios do século XX? População europeia no mundo em 1900. A supremacia europeia Os navios europeus partiam para todos os continentes levando produtos industriais e regressavam trazendo matérias-primas. Caminho de ferro no Uganda em 1896.
  4. 4. Como se exerceu o domínio europeu no mundo nos finais do século XIX, inícios do século XX? A supremacia europeia O domínio do “homem branco” e a sua missão civilizadora no mundo eram frequentemente retratados em jornais ou revistas da época.
  5. 5. Quais as áreas que despertaram o interesses dos europeus? Caricatura representativa da corrida à posse de Marrocos por parte de vários países europeus. A supremacia europeia A China reage à ambição dos países europeus, levantando o seu punhal. Caricatura da época. Império Britânico em 1886.
  6. 6. Fora da Europa, que países manifestaram o seu imperialismo no início do século XX? Os EUA ambicionavam, tal como a Grã-Bretanha, dominar o mundo. Perante a agressividade das potências europeias, o Japão “sai da casca” e afirma-se como a principal potência industrial da Ásia. A supremacia europeia
  7. 7. . Que razões terão conduzido à realização da Conferência de Berlim? A disputa pela posse de territórios em África levou à realização da Conferência de Berlim entre 1884 e 1885: • Partilha de África. • Definição de um novo direito colonial - ocupação efetiva. • Definição das fronteiras das colónias. A supremacia europeia
  8. 8. Como era o mapa de África antes da Conferência de Berlim e como evoluiu após a conferência de Berlim? Mapa de África em 1885. Mapa de África em 1897. A supremacia europeia Após a Conferência de Berlim, África foi ocupada por vários países europeus.
  9. 9. Como terá surgido o conflito entre Portugal e a Grã-Bretanha? A supremacia europeia As pretensões britânicas: unir o Cairo ao Cabo. O Ultimato Inglês (1890): a Grã-Bretanha exige a Portugal que desista das suas pretensões de unir Angola a Moçambique. Ocupação de África após a Conferência de Berlim. As pretensões portuguesas: o «Mapa Cor-de-Rosa» (1887).
  10. 10. • O imperialismo europeu conduziu à formação de grandes impérios, destacando-se os impérios britânico, francês, russo e alemão. Terá a política expansionista dos países industrializados levado à formação de grandes impérios? A supremacia europeia
  11. 11. Rivalidade entre os países europeus Conferência de Berlim: novo direito colonial Em Portugal: Mapa «Cor-de-Rosa» e consequente Ultimato Inglês Crescimento dos EUA e do Japão ameaçavam a hegemonia europeia. Imperialismo Supremacia europeia Em síntese… Crescimento da produção industrial. Corrida à ocupação de territórios: procura de matérias-primas, novos locais para investimentos rentáveis, novos mercados e novos locais para emigrar. Missão civilizadora. A Europa domina vastos territórios coloniais tornando-se a “fábrica do mundo”.
  12. 12. A supremacia europeia Razões que levaram à ocupação de novos territórios • Procura de matérias-primas. • Procura de mercados para escoar mercadorias. • Oportunidades de investimento. • Locais de emigração para a população europeia. Domínio europeu no Mundo • Grande produção industrial. • Trocas comerciais para todo o mundo por via marítima. • População espalhada por todos os continentes. • Investimentos na construção de infraestruturas. • Missão “civilizadora” das potências europeias. Outras potências em crescimento • EUA. • Japão. Disputa de territórios em África • Conferência de Berlim. • Partilha de África. • Definição de um novo direito colonial. Conflito entre Portugal e a Grã-Bretanha • Mapa Cor de Rosa. • Ultimato Inglês. • Cedência de Portugal. Imperialismo europeu • Formação de grandes impérios coloniais: Grã-Bretanha, França, Alemanha, Rússia. Agora, sintetiza o que aprendeste, completando o seguinte quadro.
  13. 13. Quais seriam as rivalidades entre os países europeus nas vésperas da I Guerra Mundial? A I Guerra Mundial: antecedentes Guilherme II apaga o mapa da Europa e, em seu lugar, escreve a palavra “Germania”. Os alemães consideravam-se um povo superior e pretendiam construir a “Grande Alemanha”. A política do imperador Guilherme II passava pela ambição de dominar toda a Europa.
  14. 14. Por que razão a região dos Balcãs foi palco de vários conflitos? A I Guerra Mundial: antecedentes Os Balcãs eram uma área estratégica na Europa, sendo cobiçada pelos grandes impérios como o Austro-Húngaro, o Otomano e o Russo e, também, pela Itália. Vários grupos étnicos da região dos Balcãs, que aspiravam à autonomia, tentam trucidar o dragão que simbolizava o Império Otomano.
  15. 15. Quais as rivalidades existentes entre os países europeus nas vésperas da I Guerra Mundial? A I Guerra Mundial: antecedentes A posse de colónias, nomeadamente em África, era disputada pela Grã-Bretanha, pela França e pelo Império Alemão, originando rivalidades entre estas potências europeias.
  16. 16. Quais as rivalidades existentes entre os países europeus nas vésperas da I Guerra Mundial? A I Guerra Mundial: antecedentes A França ambicionava recuperar a Alsácia e a Lorena, anexadas pela Alemanha em 1871.
  17. 17. Como se caracterizaria o clima de «paz armada» que se vivia na Europa no início do século XX? A I Guerra Mundial: antecedentes Um ovo de Páscoa cheio de bombas. Gravura de 1912. Fábrica de armamento britânica em 1912. Sátira ao clima de «paz armada» e à corrida aos armamentos por parte das potências industrializadas. Gravura do início do século XX.
  18. 18. A que terão conduzido as rivalidades europeias? A I Guerra Mundial Tríplice Aliança Áustria-Hungria Alemanha Itália 1879 1882 1882 Tríplice Entente Reino Unido 1893 1904 1907 França Rússia As rivalidades levaram à formação de alianças militares.
  19. 19. Como se terá iniciado a I Guerra Mundial? O sistema de alianças entrou em funcionamento. A I Guerra Mundial O assassinato do Arquiduque Francisco Fernando levou a Áustria-Hungria a declarar guerra à Sérvia. A Rússia mobilizou as suas tropas em apoio da Sérvia, uma vez que era sua aliada. A Alemanha, membro da Tríplice Aliança, declarou guerra à Rússia e à França. A Alemanha invadiu a Bélgica para alcançar o domínio sobre a França. A Grã-Bretanha e a França declararam guerra à Alemanha.
  20. 20. De que forma a propaganda foi posta ao serviço da guerra? A I Guerra Mundial O apelo à mobilização para a guerra fazia-se através da publicação de cartazes de propaganda.
  21. 21. Face ao ambiente nacionalista que se vivia na Europa, como terá sido feito o recrutamento de soldados para a guerra? Mobilizações para a guerra Em França Em França e na Bélgica, os soldados partiam para a guerra otimistas e entusiasmados por irem enfrentar o potente exército alemão. A I Guerra Mundial Na Bélgica Soldados alemães celebram, com a população, a partida para a guerra. Na Alemanha
  22. 22. Retorno à guerra de movimentos Guerra de trincheiras ou de posições Guerra de Movimentos 1914 Finais de 1917 a 1918 Final de 1914 a 1917 Que diferentes fases caracterizaram a I Guerra Mundial? A I Guerra Mundial Tropas francesas em marcha. Trincheiras em 1915. Soldados americanos sofrem uma investida alemã, 1918.
  23. 23. Quais terão sido as principais áreas de conflito na I Guerra Mundial? A I Guerra Mundial Potências em confronto e principais áreas de conflito na I Guerra Mundial
  24. 24. Como se caracterizou a Guerra de Movimentos? Infantaria alemã em marcha para Bruxelas. Frente Ocidental. Infantaria alemã em marcha para França. Soldados sérvios marcham para a frente de batalha. Frente Balcânica. A I Guerra Mundial • Inicialmente, a guerra caracterizou-se por rápidos avanços e recuos no terreno com vista à aniquilação do inimigo.
  25. 25. Como se caracterizou a guerra de trincheiras ou de posições? A I Guerra Mundial Cada força em confronto tentava manter as suas posições no terreno, impedindo-se mutuamente de avançar. Para isso, construíram um complexo sistema de trincheiras, a partir das quais faziam as suas investidas e onde se tentavam resguardar dos ataques inimigos.
  26. 26. Como se caracterizou a guerra de trincheiras ou de posições? A I Guerra Mundial O prolongamento desta fase da guerra obrigou ao improviso de estruturas que suportavam a permanência dos soldados durante meses no campo de batalha.
  27. 27. A I Guerra Mundial Como se caracterizou a guerra de trincheiras ou de posições? • Em 1917, na Frente Ocidental, reinava a desolação no interior das trincheiras em ambas as forças em confronto. Trincheiras francesas Trincheiras alemãs
  28. 28. A I Guerra Mundial Que novos armamentos foram utilizados durante a I Guerra Mundial? Foi nesta fase da guerra que se usaram muitos dos novos armamentos: • canhões de longo alcance, • metralhadoras, • aviões de combate, etc.
  29. 29. O que terá provocado a participação de Portugal na Guerra? A I Guerra Mundial Portugal entrou na frente europeia da I Guerra em 1916, ao lado dos Aliados, em resposta à declaração de guerra por parte da Alemanha. A participação portuguesa na guerra fez-se com a intervenção do Corpo Expedicionário Português que viria a ser derrotado pelos alemães na Batalha de la Lys, em 1918.
  30. 30. Domínio nazi: o Holocausto Como terão os Aliados conseguido inverter o rumo da guerra? Tropas americanas chegam a Paris em 1917. Em 1917, os EUA, devido aos ataques alemães aos seus navios e pressionados pela opinião pública, decidiram intervir na guerra ao lado dos Aliados. Esta intervenção desequilibrou as forças em confronto.
  31. 31. Como se terá caraterizado a última fase da guerra? A I Guerra Mundial Soldados alemães avançam em território francês, 1918. Soldados franceses expulsando os alemães do seu território em 1918. Os alemães ficaram isolados e acabaram por se render. • A intervenção dos EUA desequilibrou as forças em confronto entrando-se de novo numa fase de guerra de movimentos até à vitória final dos Aliados.
  32. 32. O que terá levado a Rússia a retirar-se da guerra? A I Guerra Mundial Após a vitória da revolução Bolchevique na Rússia, o novo governo, liderado por Lenine, decidiu retirar o país da guerra. Em dezembro de 1917, a Rússia assina o Armistício com a Alemanha.
  33. 33. Como terá terminado a I Guerra Mundial? Após a assinatura do Armistício, numa das principais avenidas de Paris, um cartaz anuncia publicamente o fim da guerra. O Armistício foi assinado a 11 de novembro de 1918: vitória dos Aliados. O general francês Foch sai do comboio onde, às 5h da manhã, assinou,, com os alemães, o fim da guerra. Populares celebram o fim da guerra em Paris. A I Guerra Mundial: O armistício
  34. 34. Como terá terminado a I Guerra Mundial? A notícia de que a guerra havia terminado chegou rapidamente aos campos de batalha e às principais cidades onde se comemorou com alegria o fim do pesadelo. A I Guerra Mundial: O armistício
  35. 35. Que consequências imediatas terá tido a I Guerra Mundial? Resistência do Japão • A I Guerra Mundial causou cerca de 9 milhões de mortos e muitos inválidos. Muitas cidades ficaram completamente destruídas, assim como campos agrícolas onde foram construídas as linhas de trincheiras. Ypres - Bélgica Nordeste da França Cemitério americano na região de Ypres, Bélgica, na atualidade.
  36. 36. Rivalidade entre as grandes potências europeias a nível económico, político e militar I Guerra Mundial (1914-1918) Corrida aos armamentos. Clima de «paz armada». Formação de Alianças militares. Desencadeamento do sistema de alianças. Em síntese… Assassínio do Arquiduque Francisco Fernando Causas • Guerra de movimentos • Guerra de trincheiras • Regresso à Guerra de movimentos 1917 Intervenção dos EUA. Retirada da Rússia. Armistício - 11 de novembro de 1918: Vitória dos Aliados. Fases
  37. 37. A I Guerra Mundial Rivalidades económicas e nacionalismos • Império alemão/Grã-Bretanha/França: - Disputa de supremacia; - Disputa pela posse de colónias. • França/Império Alemão: Disputa pela posse da Alsácia e Lorena • Balcãs: Império Austro-Húngaro e Itália pretendem alargar o seu território; Nacionalismos: luta pela independência. Política de Alianças • Tríplice Aliança • Tríplice Entente - Clima de paz armada Início da I Guerra Mundial • Assassínio do Arquiduque Francisco Fernando. • Declarações sucessivas de guerra: Desencadeamento do sistema de Alianças Fases da Guerra • Guerra de Movimentos • Guerra das trincheiras ou de posições • Regresso à guerra de movimentos Fim da Guerra • Intervenção dos EUA a favor dos Aliados • Retirada da Rússia • Vitória (final) dos Aliados: Armistício (novembro de 1918) Consequências imediatas da guerra • Cerca de 9 milhões de mortos • Cerca de 6 milhões de inválidos • Grande destruição (de cidades e de campos agrícolas) Agora, sintetiza o que aprendeste, completando o seguinte quadro.

×