O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Resumo de Mobilidade social e Estratificação

2.019 visualizações

Publicada em

Estratificação e mobilidade social

Publicada em: Educação

Resumo de Mobilidade social e Estratificação

  1. 1. Resumo de Sociologia – Capítulo 9- Estratificação e mobilidade social Camadas Sociais (livro do Pérsio Santos de Oliveira) A expressão estratificação deriva do estrato, que quer dizer camada. Por estratificação social entendemos a distribuição de pessoas e grupos em camadas hierarquicamente superpostas dentro de uma sociedade. Essa distribuição se dá pela posição dos indivíduos, das atividades que eles exercem e dos papéis que desempenham na estrutura social. Na sociedade capitalista contemporânea, as posições sociais são determinadas basicamente pela situação dos indivíduos no desempenho de suas atividades produtivas. Dessa forma, os grandes empresários, donos das terras, banqueiros e grandes comerciantes estão no topo da sociedade, por disporem de uma grande quantidade de capital ou de meios de produção. Tipos de estratificação:  Estratificação econômica: Definida pela posse de bens materiais. A distribuição pouco equitativa faz com que haja pessoas ricas, pobres e em situação intermediária.  Estratificação política: Estabelecida pela posição de mando na sociedade ( grupos têm poder e grupos não têm). Geralmente, as pessoas mais ricas detêm também mais poder.  Estratificação profissional: Baseada nos diferentes graus de importância atribuídos a cada profissional pela sociedade. Por exemplo, em nossa sociedade a profissão de médico é muito mais valorizada do que a de pedreiro. Dependendo do tipo de sociedade, esses estratos ou camadas podem ser organizados em:  Castas ( como ocorre na Índia)  Estamentos ou estados ( Europa durante o feudalismo)  Classes sociais ( sociedades capitalistas) O sistema de castas A sociedade indiana foi estratificada dessa maneira há milhares de anos, ainda hoje, grande parte de sua população está distribuída em um sistema rígido e fechado de estratificação social, essa estratificação é feito por castas. As castas são grupos sociais fechados, cujos integrantes devem se comportar de acordo com normas preestabelecidas de origem religiosa.
  2. 2. Um indivíduo nascido em determinada casta deve permanecer nela por toda a vida. Sua posição social é definida ao nascer. Além de direitos e deveres específicos, as pessoas de castas consideradas inferiores não podem ascender socialmente mediante qualidades pessoais, mérito ou realizações profissionais. A sociedade estamental Um exemplo típico de sociedade estratificada em estamentos pode ser encontrado na Europa ocidental da Idade Média, sob a vigência do modo de produção feudal. O estamento ou “estado”, é uma camada social semi-fechada, com características semelhantes em alguns aspectos à casta. Assim como na sociedade de castas, a posição social da pessoa em uma sociedade estamental lhe é atribuída desde o nascimento. Entretanto, o estamento é mais aberto do que as castas. Na sociedade estamental, a mobilidade social é difícil, mas não impossível, ao contrário do que ocorre na sociedade estratificada em castas. A sociedade de classes Segundo Karl Marx, a sociedade capitalista concebida no século XVIII é uma sociedade dividida em classes. Para Marx na sociedade capitalista existe uma luta de classes entre a burguesia e o proletariado. Marx considera a classe social como uma categoria histórica. Por outro lado, as classes sociais mudam ao longo do tempo, conforme as circunstâncias econômicas, políticas e sociais. As contradições que mantêm entre si forjam e estruturam a própria sociedade. Quando os conflitos chegam a um ponto insuportável, ocorre uma revolução que transforma a sociedade, modificando o modo de produção. Mobilidade social Mobilidade social é a mudança de posição social, ou seja, de status, de uma pessoa ( ou grupo de pessoas) num determinado sistema de estratificação social. Quando as mudanças de posição social ocorrem no sentido ascendente ou descendente na hierarquia social, dizemos que a mobilidade social é vertical. Quando a mudança de uma posição social a outra se opera dentro da mesma camada social, diz-se que houve mobilidade social horizontal. Ascendente- quando a pessoa melhora sua posição no sistema de estratificação social. Descendente- quando a pessoa piora de posição no sistema de estratificação social. A mobilidade social nas democracias A mobilidade social ascendente é mais freqüente numa sociedade democrática aberta, que estimula e enaltece a escalada rumo ao topo de indivíduos de origem humilde como nos Estados Unidos. Entretanto, vale esclarecer que, mesmo na sociedade capitalista mais aberta, a mobilidade social vertical não ocorre de maneira igual para todos os indivíduos.

×