Drogas na adolescência

762 visualizações

Publicada em

Causas e consequências

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
762
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Drogas na adolescência

  1. 1. SEMINÁRIO DE GEOGRAFIA O mergulho sem volta das drogas dos nossos jovens
  2. 2. OS ADOLESCENTES E AS DROGAS  A adolescência e uma fase do desenvolvimento humano em que ocorrem muitas mudanças, nisso surge a curiosidade, os questionamentos, a vontade de conhecer, de experimentar o novo mesmo sabendo dos riscos. É o momento que o adolescente procura sua identidade, não mais se baseando nas orientações dos pais, mas também nas relações que constrói principalmente com o grupo de amigos. Para a grande maioria dos jovens, ter experiências novas não necessariamente trará problemas permanentes, e muitos se tornarão adultos saudáveis. Mas há jovens que passam a ter problemas a partir dessas experiências, e por conta disso a adolescência é um período de risco para o envolvimento com as drogas.
  3. 3. O PAPEL DA FAMÍLIA NA FORMAÇÃO DO ADOLESCENTE  É de fundamental importância o papel da família na formação do adolescente é função da família fazer com que a criança aprenda a lidar com limites e frustrações. A família pode atuar com o um fator de risco ou protetor para o uso de substância psicoativas. Filhos de dependentes de álcool e drogas apresentam risco quatro vezes maior de também se tornarem dependentes. o monitoramento por parte dos pais e um bom relacionamento entre eles, é um importante fator de proteção em relação ao uso de drogas.
  4. 4. O CERCO DOS AMIGOS  No meio escolar nasce, geralmente, o círculo de amigos. E sabemos a que o ponto a experiência da amizade é importante nessa idade. Por fraqueza, por medo do desprezo dos outros, por solidariedade incondicional, junta-se ao grupo para ultrapassar as portas das drogas. Começa, então, a repetição dos acontecimentos e dos lugares: as festas de fim de semana são corrompidas pelo cheiro da maconha, à qual se junta frequentemente o álcool para que os efeitos sejam mais penetrantes e mais violentos.
  5. 5. FATORES INTERNOS  Dentre os fatores internos que podem facilitar o uso de álcool e drogas pelos adolescentes se destacam:  insatisfação  insegurança  sintomas depressivos.  Os sintomas depressivos na adolescência, são por um lado normais, em virtude das grandes mudanças biológicas e psíquicas, mas muitas vezes podem apresentar fator de risco. O jovem que está triste ansioso ou desanimado, pode buscar atividades ou coisas que o ajudem a se sentir melhor. Neste sentido as drogas podem proporcionar, de forma imediata, uma melhora ou alívio a esses sintomas. Quanto mais impulsivo e menos tolerante à frustração for o adolescente, maior será esse risco.
  6. 6. DROGAS MAIS USADAS PELOS ADOLESCENTES  ÁLCOOL : Provoca cirrose e hepatite alcoólica, hipertensão, problemas cardíacos. Causa danos cerebrais e provoca perda de memória.  MACONHA Causa apatia e perda de motivação, prejudica a memória e o raciocínio.  COCAÍNA O risco de overdose é alto, o que pode levar à morte. O uso contínuo causa degeneração muscular, perda do desejo sexual, alucinações e delírios. Uma em cada cinco pessoas que experimentam a droga se torna dependente.  Tabaco Cigarro também é uma droga social. O fumo provoca muitas doenças, tais como enfarte, cancro do pulmão, da laringe, da faringe, da boca, bronquite, enfisema.
  7. 7. CURIOSIDADE PARA SABER SE O ADOLESCENTE USA DROGAS  Mudança brusca no comportamento.  Irritabilidade sem motivo aparente e explosões nervosas.  Inquietação motora.  Depressões, estado de angústia sem motivo aparente.  Queda do aproveitamento escolar ou desistência dos estudos.  Insônia rebelde.  Isolamento.  Mudança de hábitos.  Desaparecimento de objetos de valor.  Más companhias.

×