4 hiv sida

1.749 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

4 hiv sida

  1. 1.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme Maria João Drumond Fevereiro de 2008
  2. 2.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  3. 3.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  4. 4.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  5. 5.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  6. 6.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  7. 7.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  8. 8.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  9. 9.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  10. 10.  HIV/SIDA GRUPOS DE RISCO? ? ? Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  11. 11.  leite materno HIV/SIDA esperma fluidos da vagina sangue Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  12. 12.  HIV/SIDA VÍRUS IMUNO DEFICIÊNCIA HUMANA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  13. 13.  HIV/SIDA VÍRUS IMUNO DEFICIÊNCIA HUMANA SEROPOSITIVO Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  14. 14.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  15. 15.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  16. 16.  HIV/SIDA A human immunodeficiency viral particle is seen budding from the infected cell surface at the top, with a complete viral particle at bottom in this high magnification electron micrograph. Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  17. 17.  HIV/SIDA INFECÇÃO PRIMÁRIA - síndrome retrovírico agudo PERÍODO DE INCUBAÇÃO: 2-4 semanas (até 6 semanas) SINTOMÁTICA EM 50 a 90% dos casos SINTOMAS PERSISTEM POR 1 a 4 semanas (em média 2) Sintomas inespecíficos - dificuldade diagnóstica febre (96%) adenopatias (74%) faringite (70%) exantema (70%) mialgias ou artralgias (54%) Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme diarreia e cefaleias (32%) candidose oral (12%) meningoencefalite (8%) neuropatia periférica (8%)
  18. 18.  HIV/SIDA INFECÇÃO PRIMÁRIA - síndrome retrovírico agudo Formas sintomáticas Síndrome mononucleósico Síndrome febril agudo Síndrome febril exantémico Meningite aguda Meningoencefalite aguda Formas assintomáticas Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  19. 19.  HIV/SIDA Serologia HIV positiva 4-10 semanas após exposição (≥95% em 6 meses) Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  20. 20.  PERÍODO DE LATÊNCIA CLÍNICA HIV/SIDA ESTABILIZAÇÃO DA CARGA VÍRICA E DA CONTAGEM DOS LINFÓCITOS TDC4 Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  21. 21.  HIV/SIDA INFECÇÃO SINTOMÁTICA PRECOCE PRESENÇA DE SINTOMAS B (não definidores de SIDA) candidose orofaríngea herpes zoster listeriose purpura trombocitopénica idiopática neuropatia periférica febre ou diarreia por mais de um mês … Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  22. 22.  HIV/SIDA Candidose oral Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  23. 23.  HIV/SIDA SÍNDROME IMUNO DEFICIÊNCIA ADQUIRIDA IMUNOSSUPRESSÃO GRAVE Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  24. 24.  HIV/SIDA SÍNDROME IMUNO DEFICIÊNCIA ADQUIRIDA DOENTE DE SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  25. 25.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme Tuberculose pulmonar
  26. 26.  HIV/SIDA Sarcoma de Kaposi Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  27. 27.  INFECÇÃO AVANÇADA HIV/SIDA LINFÓCITOS TDC4 <50/mmc SOBREVIDA MÉDIA: 12 a 18 meses na ausência de tratamento anti-retrovírico Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  28. 28.  ESTADIOS DA INFECÇÃO VIH: história natural HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  29. 29.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  30. 30.  HIV/SIDA 1981 médicos em Nova York e Califórnia observaram agregação de casos de doenças raras em homens jovens, previamente saudáveis, homossexuais. Apresentavam dimiuição de linfócitos TDC4 Descrição do Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (SIDA) 1983 identificação do HIV-1 1985 primeiro teste de diagnóstico para o HIV-1 1987 primeiro fármaco anti-retrovírico - zidovudina 1996 HAART - highly active antirectroviral therapy Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  31. 31.  HIV/SIDA 1º caso clínico diagnosticado em Outubro de Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme 1983
  32. 32.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  33. 33.  HIV/SIDA Os sintomas da SIDA podem demorar até dez anos para aparecer, por isso não adianta ficar à espera dos sintomas da SIDA. Se fez sexo sem preservativo, partilhou seringas com outra pessoa, faça o teste da SIDA. Quanto mais cedo for diagnosticada a infecção pelo VIH e iniciar-se o tratamento adequado, melhor será sua qualidade de vida. Mas lembre-se que o teste só deve ser feito após a "janela imunológica" (até 3 meses após a exposição), período que o corpo leva para produzir anticorpos que possam ser detectados. Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  34. 34.  HIV/SIDA INDICAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE TESTES SEROLÓGICOS Homossexuais / Heterossexuais Toxicodependentes Pessoas com DST Hemofílicos e transfundidos Parceiro sexual regular dos grupos anteriores ou com HIV Mulheres grávidas Doentes com tuberculose activa Pós-exposição ocupacional Profissionais de saúde que realizem manobras de risco Dadores de sangue, sémen, leite ou órgãos => obrigatório Pessoas que se considerem em risco ou queiram fazer o teste Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  35. 35.  HIV/SIDA INDICAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE TESTES SEROLÓGICOS Linfadenopatia generalizada Demência inexplicada Meningite aguda / encefalite Neuropatia periférica Febre prolongada Diarreia Perda de peso Doenças que habitualmente complicam a infecção HIV (herpes mucocutâneo crónico, candidose oral/vaginal recorrente, dermatite Seborreica…) Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  36. 36.  HIV/SIDA INDICAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE TESTES SEROLÓGICOS Herpes zoster generalizado ou atingindo mais do que um Dermátomo Infecções oportunistas associadas a deficiência de imunidade celular - tuberculose entre outras Pneumonia bacteriana recorrente Sarcoma de Kaposi Linfoma de células B Citopenias inexplicadas Displasia cervical e carcinoma do colo do útero … Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  37. 37.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  38. 38.  Anónimo - não é pedido nenhum dado pessoal (nome, morada, etc.) ou seja, não é pedido nenhum documento, sendo apenas atribuído um cartão com um código de barras que serve para identificar o utente quando este for levantar o resultado do teste. HIV/SIDA Confidencial – todos os profissionais têm o dever de guardar total confidencialidade sobre os dados obtidos. Saúde Gratuito – O atendimento totalmente gratuito. Não necessária marcação prévia, atendimento ocorre por ordem chegada. Escola Cooperativa de Vale S. Cosme é é o de
  39. 39.  leite materno HIV/SIDA esperma fluidos da vagina sangue Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  40. 40.  HIV/SIDA SEM RISCO Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  41. 41.  HIV/SIDA RISCO Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  42. 42.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  43. 43.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  44. 44.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  45. 45.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  46. 46.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  47. 47.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  48. 48.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme
  49. 49.  HIV/SIDA Saúde Escola Cooperativa de Vale S. Cosme

×