Economia
Solidária
Conceito de Economia Solidária:
-> É na prática as dimensões sociais, economia, política, ecologia,
cultura, este tipo de ...
Como Funciona:
-> É centrada na valorização do ser humano e não do capital. Criando uma
alternativa à dimensão alienante e...
Exemplo:
-> Um exemplo é a atitude do economista e banqueiro indiano
Muhamad Yunus. Um dos organismos, de destaque no mund...
História/Surgimento:
-> A economia solidária se inicia na Primeira Revolução Industrial,
como reação dos artesãos expulsos...
Organização:
-> A administração do empreendimento é coletiva e democrática.
Todas as decisões mais importantes são tomadas...
Como Funciona no Brasil :
->No Brasil, ela surge no final do Século XX, e se expande a partir de
instituições e entidades ...
-> O Governo Federal em 2003 criou a Secretaria Nacional de
Economia Solidária que está colocando em prática o PROGRAMA
EC...
Como funciona no Mundo:
-> Iniciativas de economia solidária têm se espalhado pelo mundo nas
últimas duas décadas. Estimat...
Objetivos:
-> Promover o fortalecimento e a divulgação da economia solidária,
mediante políticas integradas, visando à ger...
-> Vantagem:
Inclusão das pessoas sem capacitação no mercado de trabalho.
-> Desvantagem:
Pouca remuneração, além de acaba...
Conclusão Pessoal/Opinião:
-> Concluímos que esse tipo de projeto social é fundamental para
desenvolver principalmente a h...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Economia solidária

394 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
394
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Economia solidária

  1. 1. Economia Solidária
  2. 2. Conceito de Economia Solidária: -> É na prática as dimensões sociais, economia, política, ecologia, cultura, este tipo de trabalho enobrece o indivíduo ao lhe devolver o sentimento de autonomia e de igualdade. -> Sob a forma de cooperativas, associações, clubes de troca, entre outras que realizam atividades de produção de bens, prestação de serviços, finanças solidárias, trocas, comércio justo e consumo solidário. -> É uma grande aliada no combate à pobreza e ao desemprego, ao gerar oportunidades iguais aos envolvidos, distribuir renda e conhecimento e amplificar o sentido de coletividade, solidariedade e união.
  3. 3. Como Funciona: -> É centrada na valorização do ser humano e não do capital. Criando uma alternativa à dimensão alienante e assalariada das relações do trabalho capitalista. -> Economia Solidária é um jeito diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver. Sem explorar os outros, sem querer levar vantagem, sem destruir o ambiente. Cooperando, fortalecendo o grupo, cada um pensando no bem de todos e no próprio bem.
  4. 4. Exemplo: -> Um exemplo é a atitude do economista e banqueiro indiano Muhamad Yunus. Um dos organismos, de destaque no mundo é o Acción, uma rede de 25 organismos que atuam com mais de 35 países e gera números que chamam a atenção de economistas, governo setor privado. Conhecido como o “banqueiro dos pobres”, Yunus, fundou um banco de microcrédito exclusivo aos pobres e segundo ele é impossível ter paz com pobreza. “Entre 1991 e 1997 o Ácción concedeu 1,7 bilhões de dólares em empréstimos; uma média de 600 dólares a mais de 1,3 milhões de microempreendedores esforçados”.
  5. 5. História/Surgimento: -> A economia solidária se inicia na Primeira Revolução Industrial, como reação dos artesãos expulsos dos mercados pelo advento da máquina a vapor. Na passagem do século XVIII ao Século XIX, surgem na Grã-Bretanha as primeiras Uniões de Ofícios e as primeiras cooperativas. Com a fundação da cooperativa de consumo dos Pioneiros Equitativos de Rochdale (1844) o cooperativismo de consumo se consolida em grandes empreendimentos e se espalha pela Europa primeiro e depois pelos demais continentes.
  6. 6. Organização: -> A administração do empreendimento é coletiva e democrática. Todas as decisões mais importantes são tomadas em assembleias de sócios, em que vigora o princípio "cada cabeça um voto". Se dirigentes são necessários eles são eleitos pelos sócios e podem ter seu mandato revogado por eles, no caso do desempenho do dirigente for considerado não-aceitável por uma maioria dos membros. -> Dentre os instrumentos usados para facilitar a comercialização dos produtos da economia solidária, como alternativa ao escambo e com finalidades específicas, existe a moeda social (moeda própria).
  7. 7. Como Funciona no Brasil : ->No Brasil, ela surge no final do Século XX, e se expande a partir de instituições e entidades que apoiavam iniciativas associativas comunitárias e pela constituição e articulação de cooperativas populares, redes de produção e comercialização, e economia solidária. Atualmente, a economia solidária tem se articulado em vários fóruns locais e regionais, resultando na criação do Fórum Brasileiro de Economia Solidária. Hoje, além do Fórum Brasileiro, existem 27 fóruns estaduais com milhares de participantes (empreendimentos, entidades de apoio e rede de gestores públicos de economia solidária) em todo o território brasileiro.
  8. 8. -> O Governo Federal em 2003 criou a Secretaria Nacional de Economia Solidária que está colocando em prática o PROGRAMA ECONOMIA SOLIDÁRIA EM DESENVOLVIMENTO. Sua finalidade é promover o fortalecimento e a divulgação da economia solidária mediante políticas integradas visando o desenvolvimento por meio da geração de trabalho e renda com inclusão social. “Vejo a economia solidária como alternativa ao capitalismo. Uma proposta socialista de organizar a economia de uma forma democrática e igualitária”, diz Paul Singer - Secretário Nacional de Economia Solidária.
  9. 9. Como funciona no Mundo: -> Iniciativas de economia solidária têm se espalhado pelo mundo nas últimas duas décadas. Estimativas da Comunidade Europeia indicavam, em 1995, a existência de mais de um milhão de associações na Europa, reunindo de 30 a 50% da população, dependendo do país. Só a França conta com 750 mil associações que empregam 1,27 milhão de assalariados.
  10. 10. Objetivos: -> Promover o fortalecimento e a divulgação da economia solidária, mediante políticas integradas, visando à geração de trabalho e renda, a inclusão social e a promoção do desenvolvimento justo e solidário. -> Este objetivo está relacionado aos objetivos do Governo Federal de promover a inclusão social e a redução das desigualdades, e aos objetivos da política setorial do Ministério do Trabalho e Emprego de expandir a economia solidária como alternativa para o desenvolvimento do país.
  11. 11. -> Vantagem: Inclusão das pessoas sem capacitação no mercado de trabalho. -> Desvantagem: Pouca remuneração, além de acabar com as micro empresas.
  12. 12. Conclusão Pessoal/Opinião: -> Concluímos que esse tipo de projeto social é fundamental para desenvolver principalmente a humildade e a igualdade dos indivíduos na sociedade. E além de integrar, gera emprego para as pessoas com menos renda e muitas vezes valoriza os aspectos ambientais. Senac: Aprendizagem em serviços administrativos. Alexandre e Yasmim.

×