Economia solidária

249 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
249
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Economia solidária

  1. 1. Economia solidária Gabriela Paz
  2. 2. Introdução: O que é? Economia Solidária é um jeito diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver. Sem explorar os outros, sem querer levar vantagem, sem destruir o ambiente. Cooperando, fortalecendo o grupo, cada um pensando no bem de todos e no próprio bem.
  3. 3. O movimento econômico solidário:  O movimento econômico-solidário tomou uma forma parecida com a que conhecemos hoje após a primeira Revolução Industrial, por volta do ano de 1844, na Europa. Nesta época, surgem na Grã-Bretanha as primeiras Uniões de Ofícios (Trade Unions) e as primeiras cooperativas, para logo após estes movimentos se consolidarem como grandes empreendimentos sociais e se espalharem pela Europa e pelo mundo. É interessante ressaltar que essa organização se deve à reação dos artesãos expulsos dos mercados pelo advento das máquinas a vapor.
  4. 4.  Compreende uma diversidade de práticas econômicas e sociais organizadas sob a forma de cooperativas, associações, clubes de troca, empresas autogestionárias, redes de cooperação, entre outras, que realizam atividades de produção de bens, prestação de serviços, finanças solidárias, trocas, comércio justo e consumo solidário.” Ministério do Trabalho e Emprego
  5. 5. Relato de economia solidária:  “Comecei a me envolver com a Economia Solidária quando as mulheres que trabalhavam com artesanato e alimentação, com as quais eu compartilhava atividades, precisaram ir a uma feira. Nesse evento, só era permitida a inscrição de grupos. Surgiu, assim, o grupo Mãos Dadas, em fevereiro de 2005. Cada uma das pessoas do Mãos Dadas fazia coisas diferentes, como tortas, bombons e artesanato em geral. A organização em grupo, e não mais individualmente, é muito importante para nós, estreita laços, torna tudo mais fácil. Somos dez pessoas no Mãos Dadas: três na alimentação, seis no artesanato e uma na administração.  Adriana Cláudia Longo Dias, participante do grupo Mãos Dadas, da Economia Solidária, e trabalhadora em um escritório da oficina familiar 
  6. 6. Vantagens e Desvantagens: Vantagens: Cooperação de todos, preservação do meio ambiente e igualdade entre os membros. Desvantagens: Muita desvalorização, poucas oportunidades de trabalho, e o seu produto não é valorizado como deveria.
  7. 7. Conclusão: Economia solidária é um modo de comprar, vender e trocar produtos, sem que ninguém saia prejudicado, todos visam o bem de todos e o seu próprio bem. Todos cooperam!

×