Economia Solidária
 NOMES: Katlin Renck e Paula Antonia.
 Turma: 1989.
 Professor: Lucas.
 Módulo: Mundo do Trabalho.
Conceito
 É um jeito de produzir, vender, comprar, trocar, o que é preciso
para viver.
 É o conjunto de atividades econô...
Como funciona?
 Funciona de forma cooperativa, auto
gestora, dimensionada, solidária, a partir da participação
igualitári...
Exemplos
 Alguns exemplos de Cooperativas Solidárias são: As Associações,
Agricultores, Grupos de Costureiras, Cooperativ...
História - Origens
 A economia solidária resgata as lutas históricas dos trabalhadores
que tiveram origem no início do sé...
 No Brasil, a economia solidária se expandiu a partir de instituições
e entidades que apoiavam iniciativas.
 Em 2013, cr...
Vantagens
 Autoestima;
 Valorização;
 Produção;
 Especialização.
Desvantagens
 Falência;
 Falta de direitos trabalhistas.
Conclusão Pessoal
 A Economia Solidária é um poderoso instrumento de combate à
exclusão social, pois apresenta alternativ...
Economia solidaria
Economia solidaria
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Economia solidaria

435 visualizações

Publicada em

Economia Solidária senac taquara- Katlin e Paula

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
435
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Economia solidaria

  1. 1. Economia Solidária  NOMES: Katlin Renck e Paula Antonia.  Turma: 1989.  Professor: Lucas.  Módulo: Mundo do Trabalho.
  2. 2. Conceito  É um jeito de produzir, vender, comprar, trocar, o que é preciso para viver.  É o conjunto de atividades econômicas de produção, distribuição, consumo, poupança e crédito.
  3. 3. Como funciona?  Funciona de forma cooperativa, auto gestora, dimensionada, solidária, a partir da participação igualitária, benefícios comuns, necessidades econômicas/ sociais/ culturais.  Todo mundo decide tudo junto, cooperando, sem hierarquias. Pratica-se a autogestão, um processo de decisão em que todos são responsáveis pelo que fazem no grupo do qual participam.
  4. 4. Exemplos  Alguns exemplos de Cooperativas Solidárias são: As Associações, Agricultores, Grupos de Costureiras, Cooperativas de Catadores, Trabalhadores de Fábricas Falidas (que formam novas empresas solidárias).
  5. 5. História - Origens  A economia solidária resgata as lutas históricas dos trabalhadores que tiveram origem no início do século XIX. Sob a forma de cooperativismo, como uma das formas de resistência contra o avanço avassalador do capitalismo industrial.( aumento de precariedades e informalidades).  O aprofundamento dessa crise abriu espaço para o surgimento e avanço de outras formas de organização do trabalho, consequência, em grande parte, da necessidade dos trabalhadores encontrarem alternativas de geração de renda.  No Brasil, ela ressurge no final do Século XX como resposta dos trabalhadores às novas formas de exclusão e exploração no mundo do trabalho.
  6. 6.  No Brasil, a economia solidária se expandiu a partir de instituições e entidades que apoiavam iniciativas.  Em 2013, criou-se o programa ECONOMIA SOLIDÁRIA EM DESENVOLVIMENTO, que promove o fortalecimento e a divulgação da economia.
  7. 7. Vantagens  Autoestima;  Valorização;  Produção;  Especialização.
  8. 8. Desvantagens  Falência;  Falta de direitos trabalhistas.
  9. 9. Conclusão Pessoal  A Economia Solidária é um poderoso instrumento de combate à exclusão social, pois apresenta alternativa viável para a geração de trabalho e renda e para a satisfação direta das necessidades de todos, provando que é possível organizar a produção e a reprodução da sociedade de modo a eliminar as desigualdades materiais e difundir os valores da solidariedade humana.  A Economia Solidária está ligado ao entendimento do trabalho como um meio de libertação humana.

×