SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Baixar para ler offline
FUNDAMENTOS DA IMAGEM
Prof.ª. Giorgia Barreto L. Parrião [2017]
TRATAMENTO DE
IMAGEM DIGITAL
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 2
Uma imagem vale mais que mil
palavras...
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 3
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 4
AS IMAGENS...
▪ Causam um efeito tão forte que não se pode resumi-las a uma simples
representação de objetos, lugares ou pessoas.
▪ É um espaço simbólico e emocional que desloca a experiência física (ou a
lembrança) na mente de quem vê. Usada com competência uma imagem é um
instrumento de comunicação muito poderoso.
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 5
▪ Proporcionam um contraponto visual ao texto e ajudam a atrair o publico, oferecendo
uma conexão mais profunda que ajuda a transmitir informações complexas mostrando-
as de forma simples ou acrescentando conotações interpretativas que complementam o
texto literal.
▪ Pode ser classificada em FIGURATIVA ou ABSTRATA mas sempre será uma mistura
das duas. As imagens abstratas comunicam ideias baseadas na experiência humana.
Por exemplo, em um contexto adequado um círculo amarelo se transforma em um sol.
Utilizar as mensagens intrínsecas da forma abstrata com a finalidade de influir na
composição fotográfica aumenta sua mensagem potencial.
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 6
De acordo com Bo Bergtröm, há três tipos de imagem: a imagem visual, a interna e a
técnica.
▪ A imagem visual: é criada quando parte da realidade atinge a nossa retina, sendo
convertida em imagem interna, por meio de associações e interpretações.
▪ A imagem técnica: é reproduzida no papel, filme ou tela e disputa nossa atenção com
experiências tentadoras da realidade. Segue o processo abaixo:
1. Construção: modo como a imagem é elaborada (Pintura, fotografia, manipulação e tratamento).
2. Função: adapta a imagem à arte, noticiários ou publicidade.
3. Circulação: Consumo da imagem por mídias diferentes mídias.
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 7
CLASSIFICAÇÃO DA IMAGEM
▪ Informativa: transmite a
informação relevante sem juízo
de valor. Registram
acontecimentos reais de grande
ou pequenas proporções, ou
imagens simples e diretas que
preenchem catálogos ou
anúncios informativos.
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 8
CLASSIFICAÇÃO DA IMAGEM
▪ Explicativa: explica uma ação,
situação ou série de eventos. Nelas
há sempre preparação e direção
de arte, mas as mesmas não
devem ser excessivas.
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 9
CLASSIFICAÇÃO DA IMAGEM
▪ Diretiva: indica ou encoraja uma opinião. O emissor e a mensagem são mais
visíveis, há sempre a intenção de influenciar as pessoas, e o planejamento e a
direção são fundamentais para que isso ocorra de modo eficiente.
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 10
CLASSIFICAÇÃO DA IMAGEM
▪ Expressiva: transmite emoções fortes. Sempre demonstram uma abordagem pessoal.
podem ser poéticas, experimentais e até mesmo não experimentais. Para tanto
requer planejamento e direção consideráveis.
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 11
RETÓRICA DA IMAGEM
▪ As imagens informativas, explicativas, diretivas e expressivas transformam-se em
ferramentas para aumentar o impacto da mensagem. O emissor passa para uma escolha
forte e persuasiva da imagem. Isso se chama Retórica*, a arte de falar bem e de modo
persuasivo.
▪ Aplicada a imagem, a retórica é utilizada para causar uma reação no público, pela
emotividade da mensagem.
▪ Deve-se optar por uma abordagem sempre convincente, por envolve os receptores,
permitindo que os mesmos tirem suas próprias conclusões e não os induzindo.
* Linguagem usada para persuadir.
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 12
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 13
Os emissores podem recorrer a 4 tipos de imagens, derivadas das figuras retóricas que
são parte do repertorio clássico do falante:
▪ A imagem representativa mostra. É usada
quando o emissor quer ilustrar, apresentar
ou mostrar com o que algo se parece e
salientar determinadas características.
▪ A imagem metonímica esclarece criando
uma conexão entre dois conceitos. Com o
auxilio da metonímia , o que era abstrato e
de difícil entendimento, torna-se concreto e
facilmente compreensível.
Mostrar uma imagem do governo
com homens engravatados pode
ser enfadonho. A metonímia é
uma solução – o Palácio do Eliseu
(residência do presidente da
França) é melhor.
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 14
▪ A imagem sinedóquica indica e prova. Nos
permite construir o todo a partir de uma parte.
substitui um termo abrangente por um mais
restrito, sendo substituído por algo relacionado
a ele que seja mais fácil de entender,
permitindo a transmissão da mensagem de
maneira clara. Por exemplo: a primeira
imagem nos remete a vida de solteiro,
enquanto a segunda nos apresenta uma vida
de casado.
▪ As imagem metafóricas e símiles
comparam. São criadas por meio de imagens
comparativa e divide-se em duas partes:
elemento real e o elemento imagético.
Para entendermos a velocidade do carro, o diretor de
arte substituiu o carro (elemento real) por uma flecha
(elemento imaginético).
ATIVIDADE – VALOR: 1,0
1. De acordo com a classificação das imagens (informativa, explicativa, diretiva e expressiva),
busque na internet 4 imagens que represente cada uma destas classificações.
2. Levando em consideração os 4 tipos de imagens retóricas (representativa, metonímia,
sinedóquica e metafórica), busque na internet 4 imagens que represente cada um destes
tipos.
3. Justifique cada uma de suas escolhas de acordo com as informações recebidas nesta aula.
OBS: Atividade deverá ser desenvolvida em dupla, e após sua conclusão deverá ser colocada na pasta
temp/Giorgia
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 15
BIBLIOGRAFIA
▪ Bergström, Bo. Fundamentos da Comunicação Visual. São Paulo: Rosari, 2009.
Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 16
17
Obrigada!
Obrigada!!!
Prof.ª. Giorgia Barreto

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Arte pré-colombiana - Maia, Asteca e Inca
Arte pré-colombiana - Maia, Asteca e IncaArte pré-colombiana - Maia, Asteca e Inca
Arte pré-colombiana - Maia, Asteca e IncaAndrea Dressler
 
Arquitetura Brasileira
Arquitetura BrasileiraArquitetura Brasileira
Arquitetura BrasileiraCEF16
 
SEMINÁRIO DE LITERATURA - DADAÍSMO
SEMINÁRIO DE LITERATURA - DADAÍSMOSEMINÁRIO DE LITERATURA - DADAÍSMO
SEMINÁRIO DE LITERATURA - DADAÍSMOMarcelo Fernandes
 
História da Arte: Guernica - Picasso
 História da Arte: Guernica - Picasso História da Arte: Guernica - Picasso
História da Arte: Guernica - PicassoRaphael Lanzillotte
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 3
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 3Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 3
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 3Lila Donato
 
Arte barroca slides 33
Arte barroca slides 33Arte barroca slides 33
Arte barroca slides 33zildagomesk
 
Neoclassicismo
NeoclassicismoNeoclassicismo
NeoclassicismoHCA_10I
 
História da Arte: Arte brasileira - Séc XIX
História da Arte: Arte brasileira - Séc XIXHistória da Arte: Arte brasileira - Séc XIX
História da Arte: Arte brasileira - Séc XIXRaphael Lanzillotte
 
Missão Artística Francesa
Missão Artística Francesa Missão Artística Francesa
Missão Artística Francesa Andrea Dressler
 
8ano 08 atividades de fixacao.pdf de música cpii
8ano 08 atividades de fixacao.pdf de música cpii8ano 08 atividades de fixacao.pdf de música cpii
8ano 08 atividades de fixacao.pdf de música cpiiFabiana Rabello
 

Mais procurados (20)

Arte pré-colombiana - Maia, Asteca e Inca
Arte pré-colombiana - Maia, Asteca e IncaArte pré-colombiana - Maia, Asteca e Inca
Arte pré-colombiana - Maia, Asteca e Inca
 
Coluna Prestes
Coluna PrestesColuna Prestes
Coluna Prestes
 
Arte no pós guerra
Arte no pós guerraArte no pós guerra
Arte no pós guerra
 
Arquitetura Brasileira
Arquitetura BrasileiraArquitetura Brasileira
Arquitetura Brasileira
 
SEMINÁRIO DE LITERATURA - DADAÍSMO
SEMINÁRIO DE LITERATURA - DADAÍSMOSEMINÁRIO DE LITERATURA - DADAÍSMO
SEMINÁRIO DE LITERATURA - DADAÍSMO
 
Raizes design
Raizes designRaizes design
Raizes design
 
Linguagem Visual
Linguagem VisualLinguagem Visual
Linguagem Visual
 
Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992
 
História da Arte: Guernica - Picasso
 História da Arte: Guernica - Picasso História da Arte: Guernica - Picasso
História da Arte: Guernica - Picasso
 
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 3
Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 3Aula 07   idade média - a arte cristã primitiva 3
Aula 07 idade média - a arte cristã primitiva 3
 
Arte barroca slides 33
Arte barroca slides 33Arte barroca slides 33
Arte barroca slides 33
 
Neoclassicismo
NeoclassicismoNeoclassicismo
Neoclassicismo
 
Neoclassicismo
NeoclassicismoNeoclassicismo
Neoclassicismo
 
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia JuniorHistória da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
 
História da Arte: Arte brasileira - Séc XIX
História da Arte: Arte brasileira - Séc XIXHistória da Arte: Arte brasileira - Séc XIX
História da Arte: Arte brasileira - Séc XIX
 
Missão Artística Francesa
Missão Artística Francesa Missão Artística Francesa
Missão Artística Francesa
 
Balaiada ok
Balaiada okBalaiada ok
Balaiada ok
 
História da Arte: Realismo
História da Arte: RealismoHistória da Arte: Realismo
História da Arte: Realismo
 
Manual de espacos publicos
Manual de espacos publicosManual de espacos publicos
Manual de espacos publicos
 
8ano 08 atividades de fixacao.pdf de música cpii
8ano 08 atividades de fixacao.pdf de música cpii8ano 08 atividades de fixacao.pdf de música cpii
8ano 08 atividades de fixacao.pdf de música cpii
 

Semelhante a Fundamentos da Imagem

Verbal e não verbal
Verbal e não verbalVerbal e não verbal
Verbal e não verbalJosué Brazil
 
Direção de Arte
Direção de ArteDireção de Arte
Direção de ArteYu Amaral
 
Manual comunicação em formação inicial e formadores
Manual comunicação em formação inicial e formadoresManual comunicação em formação inicial e formadores
Manual comunicação em formação inicial e formadoresPatrícia Ervilha
 
"Elimine o Medo do Palco: Como Vencer a Ansiedade em Apresentações Públicas"
"Elimine o Medo do Palco: Como Vencer a Ansiedade em Apresentações Públicas""Elimine o Medo do Palco: Como Vencer a Ansiedade em Apresentações Públicas"
"Elimine o Medo do Palco: Como Vencer a Ansiedade em Apresentações Públicas"thiagomarquessof
 
Domine a Arte da Persuasão_ Técnicas Poderosas para Apresentações Impactantes...
Domine a Arte da Persuasão_ Técnicas Poderosas para Apresentações Impactantes...Domine a Arte da Persuasão_ Técnicas Poderosas para Apresentações Impactantes...
Domine a Arte da Persuasão_ Técnicas Poderosas para Apresentações Impactantes...thiagomarquessof
 
Teoria Da Imagem
Teoria Da ImagemTeoria Da Imagem
Teoria Da Imagemmartha
 
Leitura de Imagens/Texto Icónico
Leitura de Imagens/Texto IcónicoLeitura de Imagens/Texto Icónico
Leitura de Imagens/Texto IcónicoVanda Sousa
 
Trilhando o Caminho das Apresentações e Oratórias
Trilhando o Caminho das Apresentações e OratóriasTrilhando o Caminho das Apresentações e Oratórias
Trilhando o Caminho das Apresentações e Oratóriaspmarcolinsq
 
Imagem Fixa Individual
Imagem Fixa IndividualImagem Fixa Individual
Imagem Fixa IndividualAna Luis
 
Fotografia publicitária
Fotografia publicitáriaFotografia publicitária
Fotografia publicitáriaJúlio Rocha
 
Alfabetização visual
Alfabetização visualAlfabetização visual
Alfabetização visualMira Benvenuto
 
Procedimentos de aprendizagem socializante
Procedimentos de aprendizagem socializanteProcedimentos de aprendizagem socializante
Procedimentos de aprendizagem socializanteSueli Menezes
 
Segredos Revelados: Como os Melhores Oradores Prendem a Atenção do Público
Segredos Revelados: Como os Melhores Oradores Prendem a Atenção do PúblicoSegredos Revelados: Como os Melhores Oradores Prendem a Atenção do Público
Segredos Revelados: Como os Melhores Oradores Prendem a Atenção do PúblicoPatrickNasser2
 

Semelhante a Fundamentos da Imagem (20)

Verbal e não verbal
Verbal e não verbalVerbal e não verbal
Verbal e não verbal
 
Artigo ensinar pela imagem
Artigo   ensinar pela imagemArtigo   ensinar pela imagem
Artigo ensinar pela imagem
 
Linguagem Visual
Linguagem VisualLinguagem Visual
Linguagem Visual
 
Direção de Arte
Direção de ArteDireção de Arte
Direção de Arte
 
Manual comunicação em formação inicial e formadores
Manual comunicação em formação inicial e formadoresManual comunicação em formação inicial e formadores
Manual comunicação em formação inicial e formadores
 
"Elimine o Medo do Palco: Como Vencer a Ansiedade em Apresentações Públicas"
"Elimine o Medo do Palco: Como Vencer a Ansiedade em Apresentações Públicas""Elimine o Medo do Palco: Como Vencer a Ansiedade em Apresentações Públicas"
"Elimine o Medo do Palco: Como Vencer a Ansiedade em Apresentações Públicas"
 
Domine a Arte da Persuasão_ Técnicas Poderosas para Apresentações Impactantes...
Domine a Arte da Persuasão_ Técnicas Poderosas para Apresentações Impactantes...Domine a Arte da Persuasão_ Técnicas Poderosas para Apresentações Impactantes...
Domine a Arte da Persuasão_ Técnicas Poderosas para Apresentações Impactantes...
 
Teoria Da Imagem
Teoria Da ImagemTeoria Da Imagem
Teoria Da Imagem
 
Leitura de Imagens/Texto Icónico
Leitura de Imagens/Texto IcónicoLeitura de Imagens/Texto Icónico
Leitura de Imagens/Texto Icónico
 
Trilhando o Caminho das Apresentações e Oratórias
Trilhando o Caminho das Apresentações e OratóriasTrilhando o Caminho das Apresentações e Oratórias
Trilhando o Caminho das Apresentações e Oratórias
 
Aula04 cpg imagem
Aula04 cpg imagemAula04 cpg imagem
Aula04 cpg imagem
 
Imagem Fixa Individual
Imagem Fixa IndividualImagem Fixa Individual
Imagem Fixa Individual
 
Fotografia publicitária
Fotografia publicitáriaFotografia publicitária
Fotografia publicitária
 
Linguagem Visual
Linguagem VisualLinguagem Visual
Linguagem Visual
 
Alfabetização visual
Alfabetização visualAlfabetização visual
Alfabetização visual
 
Procedimentos de aprendizagem socializante
Procedimentos de aprendizagem socializanteProcedimentos de aprendizagem socializante
Procedimentos de aprendizagem socializante
 
A composição da_imagem_nos_anúncios
A composição da_imagem_nos_anúnciosA composição da_imagem_nos_anúncios
A composição da_imagem_nos_anúncios
 
Ci construindo imagem da empresa abrapcorp
Ci construindo imagem da empresa   abrapcorpCi construindo imagem da empresa   abrapcorp
Ci construindo imagem da empresa abrapcorp
 
Segredos Revelados: Como os Melhores Oradores Prendem a Atenção do Público
Segredos Revelados: Como os Melhores Oradores Prendem a Atenção do PúblicoSegredos Revelados: Como os Melhores Oradores Prendem a Atenção do Público
Segredos Revelados: Como os Melhores Oradores Prendem a Atenção do Público
 
8406092 redacao-publicitaria-ii
8406092 redacao-publicitaria-ii8406092 redacao-publicitaria-ii
8406092 redacao-publicitaria-ii
 

Mais de Giorgia Barreto Lima Parrião

059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...Giorgia Barreto Lima Parrião
 
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...Giorgia Barreto Lima Parrião
 
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...Giorgia Barreto Lima Parrião
 

Mais de Giorgia Barreto Lima Parrião (20)

Conheça a Terapeuta Giorgia Barreto
Conheça a Terapeuta Giorgia BarretoConheça a Terapeuta Giorgia Barreto
Conheça a Terapeuta Giorgia Barreto
 
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
 
CirculoCromático.pdf
CirculoCromático.pdfCirculoCromático.pdf
CirculoCromático.pdf
 
Semiótica em Design - Aula1
Semiótica em Design - Aula1Semiótica em Design - Aula1
Semiótica em Design - Aula1
 
Semiótica em Design - Aula4
Semiótica em Design - Aula4Semiótica em Design - Aula4
Semiótica em Design - Aula4
 
Semiótica em Design - Aula3
Semiótica em Design - Aula3Semiótica em Design - Aula3
Semiótica em Design - Aula3
 
Semiótica em Design - Aula 2
Semiótica em Design - Aula 2Semiótica em Design - Aula 2
Semiótica em Design - Aula 2
 
Semiótica - Aula 4
Semiótica - Aula 4Semiótica - Aula 4
Semiótica - Aula 4
 
Semiótica - Aula 3
Semiótica - Aula 3Semiótica - Aula 3
Semiótica - Aula 3
 
Semiótica - Aula 2
Semiótica - Aula 2Semiótica - Aula 2
Semiótica - Aula 2
 
Semiótica - Aula 1
Semiótica - Aula 1Semiótica - Aula 1
Semiótica - Aula 1
 
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
 
Caderno de Referência - Pró-Conselho - MEC (2004)
Caderno de Referência - Pró-Conselho - MEC (2004)Caderno de Referência - Pró-Conselho - MEC (2004)
Caderno de Referência - Pró-Conselho - MEC (2004)
 
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
 
Introdução ao Illustrator
Introdução ao IllustratorIntrodução ao Illustrator
Introdução ao Illustrator
 
Introdução ao Photoshop
Introdução ao PhotoshopIntrodução ao Photoshop
Introdução ao Photoshop
 
Agência de Publicidade: áreas e setores
Agência de Publicidade:  áreas e setoresAgência de Publicidade:  áreas e setores
Agência de Publicidade: áreas e setores
 
Processos de Comunicação
Processos de ComunicaçãoProcessos de Comunicação
Processos de Comunicação
 
Fundamentos imagem
Fundamentos imagemFundamentos imagem
Fundamentos imagem
 
O que é propaganda???
O que é propaganda???O que é propaganda???
O que é propaganda???
 

Fundamentos da Imagem

  • 1. FUNDAMENTOS DA IMAGEM Prof.ª. Giorgia Barreto L. Parrião [2017] TRATAMENTO DE IMAGEM DIGITAL
  • 2. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 2 Uma imagem vale mais que mil palavras...
  • 3. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 3
  • 4. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 4
  • 5. AS IMAGENS... ▪ Causam um efeito tão forte que não se pode resumi-las a uma simples representação de objetos, lugares ou pessoas. ▪ É um espaço simbólico e emocional que desloca a experiência física (ou a lembrança) na mente de quem vê. Usada com competência uma imagem é um instrumento de comunicação muito poderoso. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 5
  • 6. ▪ Proporcionam um contraponto visual ao texto e ajudam a atrair o publico, oferecendo uma conexão mais profunda que ajuda a transmitir informações complexas mostrando- as de forma simples ou acrescentando conotações interpretativas que complementam o texto literal. ▪ Pode ser classificada em FIGURATIVA ou ABSTRATA mas sempre será uma mistura das duas. As imagens abstratas comunicam ideias baseadas na experiência humana. Por exemplo, em um contexto adequado um círculo amarelo se transforma em um sol. Utilizar as mensagens intrínsecas da forma abstrata com a finalidade de influir na composição fotográfica aumenta sua mensagem potencial. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 6
  • 7. De acordo com Bo Bergtröm, há três tipos de imagem: a imagem visual, a interna e a técnica. ▪ A imagem visual: é criada quando parte da realidade atinge a nossa retina, sendo convertida em imagem interna, por meio de associações e interpretações. ▪ A imagem técnica: é reproduzida no papel, filme ou tela e disputa nossa atenção com experiências tentadoras da realidade. Segue o processo abaixo: 1. Construção: modo como a imagem é elaborada (Pintura, fotografia, manipulação e tratamento). 2. Função: adapta a imagem à arte, noticiários ou publicidade. 3. Circulação: Consumo da imagem por mídias diferentes mídias. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 7
  • 8. CLASSIFICAÇÃO DA IMAGEM ▪ Informativa: transmite a informação relevante sem juízo de valor. Registram acontecimentos reais de grande ou pequenas proporções, ou imagens simples e diretas que preenchem catálogos ou anúncios informativos. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 8
  • 9. CLASSIFICAÇÃO DA IMAGEM ▪ Explicativa: explica uma ação, situação ou série de eventos. Nelas há sempre preparação e direção de arte, mas as mesmas não devem ser excessivas. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 9
  • 10. CLASSIFICAÇÃO DA IMAGEM ▪ Diretiva: indica ou encoraja uma opinião. O emissor e a mensagem são mais visíveis, há sempre a intenção de influenciar as pessoas, e o planejamento e a direção são fundamentais para que isso ocorra de modo eficiente. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 10
  • 11. CLASSIFICAÇÃO DA IMAGEM ▪ Expressiva: transmite emoções fortes. Sempre demonstram uma abordagem pessoal. podem ser poéticas, experimentais e até mesmo não experimentais. Para tanto requer planejamento e direção consideráveis. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 11
  • 12. RETÓRICA DA IMAGEM ▪ As imagens informativas, explicativas, diretivas e expressivas transformam-se em ferramentas para aumentar o impacto da mensagem. O emissor passa para uma escolha forte e persuasiva da imagem. Isso se chama Retórica*, a arte de falar bem e de modo persuasivo. ▪ Aplicada a imagem, a retórica é utilizada para causar uma reação no público, pela emotividade da mensagem. ▪ Deve-se optar por uma abordagem sempre convincente, por envolve os receptores, permitindo que os mesmos tirem suas próprias conclusões e não os induzindo. * Linguagem usada para persuadir. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 12
  • 13. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 13 Os emissores podem recorrer a 4 tipos de imagens, derivadas das figuras retóricas que são parte do repertorio clássico do falante: ▪ A imagem representativa mostra. É usada quando o emissor quer ilustrar, apresentar ou mostrar com o que algo se parece e salientar determinadas características. ▪ A imagem metonímica esclarece criando uma conexão entre dois conceitos. Com o auxilio da metonímia , o que era abstrato e de difícil entendimento, torna-se concreto e facilmente compreensível. Mostrar uma imagem do governo com homens engravatados pode ser enfadonho. A metonímia é uma solução – o Palácio do Eliseu (residência do presidente da França) é melhor.
  • 14. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 14 ▪ A imagem sinedóquica indica e prova. Nos permite construir o todo a partir de uma parte. substitui um termo abrangente por um mais restrito, sendo substituído por algo relacionado a ele que seja mais fácil de entender, permitindo a transmissão da mensagem de maneira clara. Por exemplo: a primeira imagem nos remete a vida de solteiro, enquanto a segunda nos apresenta uma vida de casado. ▪ As imagem metafóricas e símiles comparam. São criadas por meio de imagens comparativa e divide-se em duas partes: elemento real e o elemento imagético. Para entendermos a velocidade do carro, o diretor de arte substituiu o carro (elemento real) por uma flecha (elemento imaginético).
  • 15. ATIVIDADE – VALOR: 1,0 1. De acordo com a classificação das imagens (informativa, explicativa, diretiva e expressiva), busque na internet 4 imagens que represente cada uma destas classificações. 2. Levando em consideração os 4 tipos de imagens retóricas (representativa, metonímia, sinedóquica e metafórica), busque na internet 4 imagens que represente cada um destes tipos. 3. Justifique cada uma de suas escolhas de acordo com as informações recebidas nesta aula. OBS: Atividade deverá ser desenvolvida em dupla, e após sua conclusão deverá ser colocada na pasta temp/Giorgia Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 15
  • 16. BIBLIOGRAFIA ▪ Bergström, Bo. Fundamentos da Comunicação Visual. São Paulo: Rosari, 2009. Profª Giorgia Barreto Lima Parrião 16