SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Baixar para ler offline
RELAÇÕES SÍGNICAS
Prof.ª Me. Giorgia Barreto L. Parrião
SEMIÓTICA
▪ Pierce desenvolveu categorias, organizadas em tricotomias para que
possamos compreender melhor os tipos de signo de acordo com suas
características referenciais e fenomenológicas. Estabeleceu-se desta forma
a sua Tríade Semiótica.
Objeto
Signo em si
(Represetamen)
Interpretante
Tríade Semiótica
de Pierce
REPRESENTAMEN
▪ O signo em si (represetamen) é algo
que integra o processo de
representação, passível de ser
percebido, sentido. Ele é o suporte das
significações que serão extraídas do
signo. sendo assim, corresponde às
dimensões sintáticas e materiais do
produto.
OBJETO
INTERPRETANTE
consiste nas possibilidade interpretativas do signo. Portanto, é o que um signo
pode gerar na mente de alguém (Interprete). Peirce, atribuiu aos signos três
interpretantes possíveis: o imediato, o dinâmico e o final.
▪ .
▪.
▪.
TABELA ESQUEMÁTICA DAS RELAÇÕES SÍGNICAS
Categoria do Signo Representâmen Objeto Interpretante
PRIMEIRIDADE Quali-signo Ícone Rema
SECUNDIDADE Sin-signo Índice Dicente
TERCEIRIDADE Legi-signo Símbolo Argumento
BIBLIOGRAFIA
▪ .
▪ X
▪ .
Prof.ª Giorgia Barreto Lima Parrião 11
Obrigada!
Obrigada!!!
Prof.ª Me. Giorgia Barreto

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introdução à Semiótica Peirceana _ Signo como relação triádica
Introdução à Semiótica Peirceana _ Signo como relação triádicaIntrodução à Semiótica Peirceana _ Signo como relação triádica
Introdução à Semiótica Peirceana _ Signo como relação triádicaGabrielle Grimm
 
01 Introdução a semiótica
01 Introdução a semiótica01 Introdução a semiótica
01 Introdução a semióticaDeVry University
 
Semiótica de Saussure e Peirce
Semiótica de Saussure e PeirceSemiótica de Saussure e Peirce
Semiótica de Saussure e Peircekalledonian
 
Signos | Semiótica: símbolo, índice e ícone
Signos | Semiótica: símbolo, índice e íconeSignos | Semiótica: símbolo, índice e ícone
Signos | Semiótica: símbolo, índice e íconeThaís Rodrigues
 
Introdução à Semiótica Peirceana _ Tricotomias
Introdução à Semiótica Peirceana _ TricotomiasIntrodução à Semiótica Peirceana _ Tricotomias
Introdução à Semiótica Peirceana _ TricotomiasGabrielle Grimm
 
Semiótica - primeirdade, secundidade e terceiridade
Semiótica - primeirdade, secundidade e terceiridadeSemiótica - primeirdade, secundidade e terceiridade
Semiótica - primeirdade, secundidade e terceiridadeNathália Xavier
 
Introdução à Semiótica Peirceana _ Introdução
Introdução à Semiótica Peirceana _ IntroduçãoIntrodução à Semiótica Peirceana _ Introdução
Introdução à Semiótica Peirceana _ IntroduçãoGabrielle Grimm
 
Comunicação e semiótica
Comunicação e semióticaComunicação e semiótica
Comunicação e semióticajepireslima
 
Apostila de Semiótica
Apostila de SemióticaApostila de Semiótica
Apostila de SemióticaLuci Bonini
 
Introdução à Semiótica Peirceana _Categorias Cenopitagóricas
Introdução à Semiótica Peirceana _Categorias CenopitagóricasIntrodução à Semiótica Peirceana _Categorias Cenopitagóricas
Introdução à Semiótica Peirceana _Categorias CenopitagóricasGabrielle Grimm
 
Semiótica - ícone, índice e símbolo
Semiótica - ícone, índice e símboloSemiótica - ícone, índice e símbolo
Semiótica - ícone, índice e símboloBruno Santos
 
SemióTica Apresentação Geral
SemióTica Apresentação GeralSemióTica Apresentação Geral
SemióTica Apresentação GeralLuci Bonini
 
Semiótica peirceana
Semiótica peirceanaSemiótica peirceana
Semiótica peirceanavinivs
 
Cuadro comparativo entre saussure y peirce.
Cuadro comparativo entre saussure y peirce.Cuadro comparativo entre saussure y peirce.
Cuadro comparativo entre saussure y peirce.Irene Romero
 

Mais procurados (20)

Conceitos da semiótica
Conceitos da semióticaConceitos da semiótica
Conceitos da semiótica
 
Semiótica
SemióticaSemiótica
Semiótica
 
Introdução à Semiótica Peirceana _ Signo como relação triádica
Introdução à Semiótica Peirceana _ Signo como relação triádicaIntrodução à Semiótica Peirceana _ Signo como relação triádica
Introdução à Semiótica Peirceana _ Signo como relação triádica
 
01 Introdução a semiótica
01 Introdução a semiótica01 Introdução a semiótica
01 Introdução a semiótica
 
Semiótica de Saussure e Peirce
Semiótica de Saussure e PeirceSemiótica de Saussure e Peirce
Semiótica de Saussure e Peirce
 
07 semiotica-atual 92sl
07 semiotica-atual 92sl07 semiotica-atual 92sl
07 semiotica-atual 92sl
 
Signos | Semiótica: símbolo, índice e ícone
Signos | Semiótica: símbolo, índice e íconeSignos | Semiótica: símbolo, índice e ícone
Signos | Semiótica: símbolo, índice e ícone
 
Introdução à Semiótica Peirceana _ Tricotomias
Introdução à Semiótica Peirceana _ TricotomiasIntrodução à Semiótica Peirceana _ Tricotomias
Introdução à Semiótica Peirceana _ Tricotomias
 
Semiótica - primeirdade, secundidade e terceiridade
Semiótica - primeirdade, secundidade e terceiridadeSemiótica - primeirdade, secundidade e terceiridade
Semiótica - primeirdade, secundidade e terceiridade
 
Introdução à Semiótica Peirceana _ Introdução
Introdução à Semiótica Peirceana _ IntroduçãoIntrodução à Semiótica Peirceana _ Introdução
Introdução à Semiótica Peirceana _ Introdução
 
Comunicação e semiótica
Comunicação e semióticaComunicação e semiótica
Comunicação e semiótica
 
Apostila de Semiótica
Apostila de SemióticaApostila de Semiótica
Apostila de Semiótica
 
Introdução à Semiótica Peirceana _Categorias Cenopitagóricas
Introdução à Semiótica Peirceana _Categorias CenopitagóricasIntrodução à Semiótica Peirceana _Categorias Cenopitagóricas
Introdução à Semiótica Peirceana _Categorias Cenopitagóricas
 
Semiótica - ícone, índice e símbolo
Semiótica - ícone, índice e símboloSemiótica - ícone, índice e símbolo
Semiótica - ícone, índice e símbolo
 
SemióTica Apresentação Geral
SemióTica Apresentação GeralSemióTica Apresentação Geral
SemióTica Apresentação Geral
 
Semiótica peirceana
Semiótica peirceanaSemiótica peirceana
Semiótica peirceana
 
Semiótica - Introdução
Semiótica - IntroduçãoSemiótica - Introdução
Semiótica - Introdução
 
Semiótica em Design - Aula4
Semiótica em Design - Aula4Semiótica em Design - Aula4
Semiótica em Design - Aula4
 
5 origens da semiótica
5 origens da semiótica5 origens da semiótica
5 origens da semiótica
 
Cuadro comparativo entre saussure y peirce.
Cuadro comparativo entre saussure y peirce.Cuadro comparativo entre saussure y peirce.
Cuadro comparativo entre saussure y peirce.
 

Mais de Giorgia Barreto Lima Parrião

059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...Giorgia Barreto Lima Parrião
 
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...Giorgia Barreto Lima Parrião
 
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...Giorgia Barreto Lima Parrião
 

Mais de Giorgia Barreto Lima Parrião (20)

Conheça a Terapeuta Giorgia Barreto
Conheça a Terapeuta Giorgia BarretoConheça a Terapeuta Giorgia Barreto
Conheça a Terapeuta Giorgia Barreto
 
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
059 - Sistema de coleta on-line do Censo Escolar da Educação Básica - Educace...
 
CirculoCromático.pdf
CirculoCromático.pdfCirculoCromático.pdf
CirculoCromático.pdf
 
Semiótica em Design - Aula1
Semiótica em Design - Aula1Semiótica em Design - Aula1
Semiótica em Design - Aula1
 
Semiótica em Design - Aula3
Semiótica em Design - Aula3Semiótica em Design - Aula3
Semiótica em Design - Aula3
 
Semiótica em Design - Aula 2
Semiótica em Design - Aula 2Semiótica em Design - Aula 2
Semiótica em Design - Aula 2
 
Semiótica - Aula 3
Semiótica - Aula 3Semiótica - Aula 3
Semiótica - Aula 3
 
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
Avaliação da Interface do site da biblioteca do UniProjeção: Usabilidade e Ac...
 
Caderno de Referência - Pró-Conselho - MEC (2004)
Caderno de Referência - Pró-Conselho - MEC (2004)Caderno de Referência - Pró-Conselho - MEC (2004)
Caderno de Referência - Pró-Conselho - MEC (2004)
 
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
Melhor idade conectada: um panorama da interação entre idosos e tecnologias m...
 
Introdução ao Illustrator
Introdução ao IllustratorIntrodução ao Illustrator
Introdução ao Illustrator
 
Introdução ao Photoshop
Introdução ao PhotoshopIntrodução ao Photoshop
Introdução ao Photoshop
 
Agência de Publicidade: áreas e setores
Agência de Publicidade:  áreas e setoresAgência de Publicidade:  áreas e setores
Agência de Publicidade: áreas e setores
 
Processos de Comunicação
Processos de ComunicaçãoProcessos de Comunicação
Processos de Comunicação
 
Fundamentos imagem
Fundamentos imagemFundamentos imagem
Fundamentos imagem
 
O que é propaganda???
O que é propaganda???O que é propaganda???
O que é propaganda???
 
DTP
DTPDTP
DTP
 
Revista ENEG ano 2 nº 1 - UNIPROJEÇÃO
Revista ENEG ano 2 nº 1 - UNIPROJEÇÃORevista ENEG ano 2 nº 1 - UNIPROJEÇÃO
Revista ENEG ano 2 nº 1 - UNIPROJEÇÃO
 
Catalogo NEX - 2ªedição
Catalogo NEX -  2ªediçãoCatalogo NEX -  2ªedição
Catalogo NEX - 2ªedição
 
Introdução ao HTML
Introdução ao HTML Introdução ao HTML
Introdução ao HTML
 

Relações Sígnicas Peirce

  • 1. RELAÇÕES SÍGNICAS Prof.ª Me. Giorgia Barreto L. Parrião SEMIÓTICA
  • 2. ▪ Pierce desenvolveu categorias, organizadas em tricotomias para que possamos compreender melhor os tipos de signo de acordo com suas características referenciais e fenomenológicas. Estabeleceu-se desta forma a sua Tríade Semiótica. Objeto Signo em si (Represetamen) Interpretante Tríade Semiótica de Pierce
  • 3. REPRESENTAMEN ▪ O signo em si (represetamen) é algo que integra o processo de representação, passível de ser percebido, sentido. Ele é o suporte das significações que serão extraídas do signo. sendo assim, corresponde às dimensões sintáticas e materiais do produto.
  • 4.
  • 6. INTERPRETANTE consiste nas possibilidade interpretativas do signo. Portanto, é o que um signo pode gerar na mente de alguém (Interprete). Peirce, atribuiu aos signos três interpretantes possíveis: o imediato, o dinâmico e o final. ▪ .
  • 8.
  • 9. TABELA ESQUEMÁTICA DAS RELAÇÕES SÍGNICAS Categoria do Signo Representâmen Objeto Interpretante PRIMEIRIDADE Quali-signo Ícone Rema SECUNDIDADE Sin-signo Índice Dicente TERCEIRIDADE Legi-signo Símbolo Argumento
  • 11. Prof.ª Giorgia Barreto Lima Parrião 11 Obrigada! Obrigada!!! Prof.ª Me. Giorgia Barreto