Successfully reported this slideshow.

Ps 5 db.

4.167 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Ps 5 db.

  1. 1. Obstrução de Vias Aéreas Superiores
  2. 2. <ul><li>OUVIDO </li></ul><ul><li>OLHO </li></ul><ul><li>NARIZ </li></ul><ul><li>EM VAS </li></ul>
  3. 3. CORPOS ESTRANHOS <ul><li>Crianças pequenas podem, acidentalmente introduzir objetos no nariz, ouvido e boca. </li></ul><ul><li>Podem ser peças de brinquedo, sementes, bolinhas de papel, moedas, grampos, etc. </li></ul>
  4. 4. CORPO ESTRANHO NO OLHO <ul><li>Os olhos são muito sensíveis, todo cuidado é pouco para não lesá-los </li></ul><ul><li>Diferença entre corpos estranhos móveis e fixos </li></ul><ul><li>Móveis: ciscos, cílios, poeira, ácidos, insetos. </li></ul><ul><li>Fixos:farpas de madeira, lápis, caneta, facas, espinhos. </li></ul>
  5. 5. RETIRADA DE OBJETOS MÓVEIS <ul><li>Lavar o olho com água corrente em abundância </li></ul><ul><li>Utilizar o sentido do nariz para a orelha </li></ul>
  6. 6. RETIRADA DE OBJETOS FIXOS <ul><li>São considerados os mais perigosos, pela gravidade da lesão gerada (perfuração de globo ocular) </li></ul><ul><li>NUNCA devemos tracionar o objeto, a retida deve ser feita em nível hospitalar </li></ul><ul><li>Somente protegemos a área com um pano limpo e tampamos o outro olho para evitar movimentos conjugados. </li></ul>
  7. 7. RETIRADA DE CORPO ESTRANHO DO NARIZ <ul><li>Grande preocupação é que o corpo estranho se desloque </li></ul><ul><li>O primeiro passo é ocluir as vias nasais, evitando a aspiração do objeto </li></ul><ul><li>Se for um indivíduo adulto pede-se para ele assoar </li></ul>
  8. 8. RETIRADA DE CORPO ESTRANHO DO OUVIDO <ul><li>Como os olhos, também são muito sensíveis </li></ul><ul><li>Primeiro tenho que reconhecer o tipo de objeto como ocorre com os olhos </li></ul><ul><li>Se o objeto é móvel ou fixo </li></ul><ul><li>No caso de corpos fixos a conduta é igual a tomada para retirada do olho, em nível hospitalar </li></ul>
  9. 9. RETIRADA DE OBJETOS MÓVEIS DO OUVIDO <ul><li>NUNCA UTILIZE pinças para a retirada do objeto, pois pode ocasionar lesões </li></ul><ul><li>Não conseguindo realizar a retirada, encaminhe para atendimento médico </li></ul>
  10. 10. OBSTRUÇÃO DAS VIAS AÉREAS POR CORPO ESTRANHO <ul><li>CAUSAS MAIS FREQÜÊNTES : </li></ul><ul><li>ALIMENTOS - CARNE </li></ul><ul><li>PRÓTESES DENTÁRIAS, FRAGMENTOS DENTÁRIOS </li></ul><ul><li>CHICLETES, BALAS ETC </li></ul><ul><li>ASPIRAÇÃO DE MATERIAL REGURGITADO, SANGUE </li></ul>
  11. 11. OBSTRUÇÃO DAS VIAS AÉREAS POR CORPO ESTRANHO <ul><li>LACTENTES E CRIANÇAS </li></ul><ul><li>ASPIRAÇÃO DE PEQUENOS OBJETOS </li></ul><ul><li>ASPIRAÇÃO DE LEITE REGURGITADO </li></ul><ul><li>PRÓTESES DENTÁRIAS, FRAGMENTOS DENTÁRIOS </li></ul><ul><li>CHICLETES, BALAS ETC </li></ul><ul><li>ASPIRAÇÃO DE MATERIAL REGURGITADO, SANGUE </li></ul>
  12. 12. OBSTRUÇÃO DAS VIAS AÉREAS POR CORPO ESTRANHO <ul><li>TIPOS DE OBSTRUÇÃO </li></ul><ul><li>1. PARCIAL: </li></ul><ul><li>MANTÉM ALGUMA TROCA GASOSA </li></ul><ul><li>SINTOMAS: TOSSE FORTE </li></ul><ul><li>CONDUTA: NÃO INTERFERIR </li></ul>
  13. 13. OBSTRUÇÃO DAS VIAS AÉREAS POR CORPO ESTRANHO <ul><li>2 . TOTAL: </li></ul><ul><li>A TROCA DE AR SE TORNA INSUFICIENTE, </li></ul><ul><li>TOSSE INEFICAZ, FRACA, RUIDOS RESPI - </li></ul><ul><li>RATÓRIOS, DIFICULDADE RESPIRATÓRIA ACENTUADA, CIANOSE. </li></ul><ul><li>CONDUTA: MANOBRAS </li></ul>
  14. 14. OBSTRUÇÃO DAS VIAS AÉREAS POR CORPO ESTRANHO <ul><li>TIPOS DE VÍTIMA </li></ul><ul><li>CONSCIENTE: </li></ul><ul><li>OBSTRUÇÃO TOTAL: </li></ul><ul><li>SINAIS DE ASFIXIA (AGARRA O PESCOÇO), INCAPAZ DE FALAR OU TOSSIR, CIANOSE E ESFORÇO RESPIRATÓRIO EXAGERADO - MOVIMENTO DE AR NÃO DETECTÁVEL. </li></ul>
  15. 15. OBSTRUÇÃO DAS VIAS AÉREAS POR CORPO ESTRANHO <ul><li>EXIGE PRONTA AÇÃO - MANOBRA DE DESOBSTRUÇÃO. </li></ul><ul><li>INCONSCIENTE: </li></ul><ul><li>VÍTIMA ENCONTRADA INCONSCIEN TE, </li></ul><ul><li>SUSPEITA: </li></ul><ul><li>AVC, OBSTRUÇÃO DE VA. </li></ul><ul><li>RCP </li></ul>
  16. 16. SINAL UNIVERSAL DE ASFIXIA
  17. 17. OBSTRUÇÃO DAS VIAS AÉREAS POR CORPO ESTRANHO LÍQUIDO <ul><li>ADULTO </li></ul><ul><li>ROLAMENTO 90º lateralização da vítima em monobloco - libera as VAS de secreções e sangue. </li></ul><ul><li>ASPIRAÇÃO - aspiradores portáteis e fixos á vácuo com sucção efetiva das secreções através de sondas. </li></ul>
  18. 18. OBSTRUÇÃO DAS VIAS AÉREAS POR CORPO ESTRANHO SÓLIDOS <ul><li>ADULTO E CRIANÇAS MAIORES DE 1 ANO </li></ul><ul><li>REMOÇÃO DIGITAL - somente se o corpo estranho for visível e facilmente acessível. </li></ul><ul><li>TÉCNICA DA EXTRAÇÃO DIGITAL </li></ul>
  19. 19. OBSTRUÇÃO DAS VIAS AÉREAS POR CORPO ESTRANHO SÓLIDOS <ul><li>Abertura da boca - ( dedo cruzado ou elevação da mandíbula) </li></ul><ul><li>inserir dedo indicador e médio em pinça ou em gancho sem aprofundar demais; </li></ul><ul><li>CONTRA-INDICADO SE MATERIAL NÃO FOR VISÍVEL </li></ul>
  20. 20. <ul><li>EXTRAÇÃO DIGITAL DE CORPO ESTRANHO </li></ul>
  21. 21. COMPRESSÃO ABDOMINAL <ul><li>OBSTRUÇÃO POR SÓLIDOS </li></ul><ul><li>ADULTO E CRIANÇAS MAIORES DE 1 ANO </li></ul><ul><li>COMPRESSÃO ABDOMINAL - MANOBRA DE HEIMLICH </li></ul><ul><li>Técnica: 4 compressões sobre região superior de abdômen, entre apêndice xifóide e cicatriz umbilical </li></ul>
  22. 22. COMPRESSÃO TORÁCICA
  23. 23. MANOBRA DE HEIMLICH (VÍTIMA DEITADA) <ul><li>Vítima em decúbito dorsal; </li></ul><ul><li>Ajoelhar-se ao redor das coxas da vítima; </li></ul><ul><li>Coloque uma mão por cima da outra acima da cicatriz umbilical; </li></ul><ul><li>Pressionar com golpe rápido para cima e no centro do abdome </li></ul>
  24. 24. MANOBRA DE HEIMLICH (VÍTIMA DEITADA)
  25. 25. DESOBSTRUÇÃO DAS VIAS AÉREAS CRIANÇAS ABAIXO 1 ANO
  26. 26. DESOBSTRUÇÃO DAS VIAS AÉREAS EM CRIANÇAS MENORES DE 1 ANO <ul><li>MANOBRA COMBINADA DE COMPRESSÃO TORÁCICA E PALMADA NAS COSTAS </li></ul><ul><li>DEVEM SER REPETIDAS ATÉ O CORPO ESTRANHO SER EXPELIDO OU A VÍTIMA SE TORNAR INCONSCIENTE. </li></ul><ul><li>MANOBRA DE HEIMLICH - CRIANÇAS MAIORES DE 1 ANO E ADULTO. </li></ul>

×