1 aula introdução a análise de circuito

903 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
903
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
481
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1 aula introdução a análise de circuito

  1. 1.  COMPORTAMENTO DA ELETRICIDADE: A E L E T R I C I D A D E A P A R E N T E S E C O M P O R T A R D E M A N E I R A P R E V I S Í V E L E C O N S T A N T E A O S E R S U B M E T I D A A D E T E R M I N A D A S C O N D I Ç Õ E S . F A R A D A Y , O H M , L E N S E K I R C H H O F F O R A M C I E N T I S T A S Q U E O B S E R V A R A M E S S E C O M P O R T A M E N T O E O D E S C R E V E R A M E S T A B E L E C E N D O A S S I M A S R E G R A S C O M B A S E N O E S T U D O D E S S E C O M P O R T A M E N T O , E S S A S R E G R A S S Ã O C O N H E C I D A S C O M O L E I S . E S S A L E I S S Ã O A B A S E D E T O D O S O S S I S T E M A E L É T R I C O S E E L E T R Ô N I C O S Q U E N O S C E R C A . Introdução a Análise de Circuito
  2. 2. MATÉRIA E ELETRIZAÇÃO  Matéria: É tudo aquilo que tem massa e ocupa um lugar no espaço.  Massa: É a quantidade de matéria, e é composta por Átomos.  Átomos: Entre o final do século XIX e o começo do século XX era considerado a menos partícula indivisível do universo, a qual um conjunto de átomos de mesma massa e tamanho constitui um elemento, para exemplificar seria preciso 100 milhões de átomos disposto em linha reta para se ter 1 cm.
  3. 3. Prótons, Nêutrons e Elétrons.  No início do século XX descobriu-se que o Átomo era constituído de partes menores, chamadas de partículas subatômicas que são os: Prótons, Nêutrons e Elétrons.
  4. 4. Elétrosfera  Prótons: Possuem carga elétrica positiva.  Elétrons: Possuem cargas elétricas negativas.  Nêutrons: Não possuem cargas eletricas.  Os prótons e nêutrons estão na parte central do âtomo, já os elétrons estão ao redor do em uma camada chamada eletrosfera.  A eletrosfera e composta por camadas ou órbitas e se assemelham a um sistema solar, onde os elétrons se movimentam em trajetória circular ao redor do núcleo.
  5. 5. As camadas da eletrosfera.  Essas camadas recebem denominação sendo identificadas por letras maiúsculas do alfabeto (K, L, M, N, O, P e Q).  O número de camadas é proporcional ao número de elétrons do átomo é com isso podemos então dizer que quanto mais elétron:  Maior o número de camadas;  Menos a atração exercida pelo núcleo;  Mais livres ficam os elétrons da camada de valência;  Menor sua estabilidade;  Maior o grau de condutividade temos no material.
  6. 6. Portanto se ao contrário.  Quanto menos eletrons: Menor o numero de camadas; Maior a força de atração exercida pelo núcleo; Menos elétrons livre; Maior estabilidade; Mais isolante o material.
  7. 7. Conclui-se que:  Com essa explanação acima conseguimos entender porque alguns materiais são condutores e outros isolantes.  Condutores possuem elétrons livre em sua ultima camada “ valência “  Exemplo de condutores: cobre, ferro, alumínio e etc.  Exemplo de isolantes: baquelite. Borracha, vidro e etc..
  8. 8. Afinal o que é energia?  É a capacidade de produzir um trabalho ou executar uma ação.  A unidade de medida de energia é o Joule(J) e é equivalente a 1 Newton(N) metro (1J = 1N * 1m). Ou ainda a um quilograma metro quadrado por segundo quadrado (1J = 1kg m2) e corresponde a energia transferida por uma força resultante constante de 1N, provocando o deslocamento desse objeto.

×