Multmetro analgico 01

1.345 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.345
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
133
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Multmetro analgico 01

  1. 1. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 1APOSTILASMULTÍMETROVenda>>>Expressa ®
  2. 2. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 2MULTÍMETROO multitester ou multímetro é o aparelho usado para medir corrente elétrica(DCmA) ou (DCA), tensão contínua (DCV), tensão alternada (ACV) eresistência elétrica (Ω). A função do multitester pode ser escolhida atravésda chave seletora localizada abaixo do painel. Existem dois tipos demultitester: o analógico (de ponteiro) e o digital (de visor de cristallíquido). Cada um tem sua vantagem: o analógico é melhor para testar amaioria dos componentes enquanto o digital é melhor para medir tensões etestar resistores. Abaixo vemos os dois tipos citados. Clique em cada umpara saber como utilizá-los de forma correta:MULTITESTER ANALÓGICOPossui um ponteiro no painel para indicar o valor da unidade a ser medida. Émenos preciso que o digital na medida de tensões ou resistências, porém é omais eficiente no teste de componentes eletrônicos. O ideal é que omultitester analógico tenha a escala de X1 e X10K. Abaixo mostramos ummodelo, onde basta clicar em cada função indicada em volta da chaveseletora para aprender como se utiliza a mesma:MULTITESTER COMO VOLTÍMETRO DE TENSÃO CONTÍNUA (DCV)Esta função pode ser usada para medir a tensão de pilhas, baterias ou emqualquer ponto de um circuito eletrônico como por exemplo nos terminais deum transístor ou CI.
  3. 3. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 31. Escolher a escala mais próxima acima da tensão a ser medida (DCV2,5 - 10 - 50 - 250 - 1000). Por exemplo, para medir a tensão de umapilha (1,5 V) usamos a escala de DCV 2,5;2. Colocar a ponta preta no terra do circuito ou no ponto de menor tensão(pólo negativo das pilhas e baterias);3. Colocar a ponta vermelha no ponto de maior tensão no circuito;4. A leitura no painel é feita da esquerda para a direita, usando comobase o fundo de escala igual ou parecido com a escala que estiver achave seletora. Veja abaixo:MEDIDA DE TENSÃO NOS TERMINAIS DE UM TRANSÍSTORGeralmente as tensões no circuito eletrônico são medidas em relação aoterra. Coloque a ponta preta no terra e com a ponta vermelha meça a tensãonos terminais do transístor e compare com o esquema. Veja abaixo:MEDIDA DE TENSÃO EM CI
  4. 4. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 4Coloque na escala DCV mais próxima acima da tensão indicada no pino doCI. Se não estiver marcada, tome como base a tensão do pino de +B (amaior de todas). Coloque a ponta preta no terra e a outra no pinocorrespondente. Veja abaixo:MEDIDA DE TENSÃO NUMA PLACA DE CIRCUITO IMPRESSOColoque uma ponta preta numa trilha de terra (normalmente as mais largasdo circuito) e a vermelha na solda que se quer conferir a tensão, comovemos abaixo:
  5. 5. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 5MULTITESTER PARA MEDIR TENSÃO ALTERNADA (ACV)O procedimento para a medida de tensão alternada é muito parecido com amedida de tensão contínua. As escalas são parecidas, a leitura do painel éfeita da mesma forma que a função DCV. A diferença é que a tensãoalternada não tem polaridade, portanto a posição das pontas do multitesternão alteram em nada a medida. Este teste é feito na rede elétrica ou nostransformadores dos circuitos eletrônicos. Abaixo vemos como é feita amedida de tensão num transformador e também na rede elétrica:MULTITESTER PARA MEDIR CORRENTE ELÉTRICA (DC mA OU DCA)Para este tipo de teste, devemos desligar uma parte do circuito e colocar aponta vermelha no ponto mais próximo do +B e a preta mais próximo doterra, de tal modo que a corrente do circuito passe por dentro do multitester.Porém este teste não é realizado em consertos de circuitos, devido àdificuldade de colocação das pontas de prova no circuito e ao fato dacorrente do circuito não vir indicada nos esquemas dos circuitos. Abaixovemos como é feito o teste:
  6. 6. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 6MULTITESTER FUNCIONANDO COMO OHMÍMETROPara usar a função de ohmímetro, antes temos de tomar alguns cuidados.Para testar os componentes eletrônicos no circuito, o mesmo deve estardesligado da alimentação. Também não devemos guardar o multitester nafunção de ohmímetro, em nenhuma das escalas, pois isto acabarapidamente com as pilhas e baterias. Para saber se o ohmímetro estáqueimado, coloque a chave em X1 ou X10 e segure nas pontas pela partemetálica. O ponteiro não deve mexer, caso contrário, a escala estáqueimada (resistor interno X1 geralmente usa um de 18 ohms e X10 um de200 ohms).5. Coloque o multitester na escala do ohmímetro apropriada aocomponente (X1, X10, X100, X1K ou X10K);6. Zere o multitester (encoste as pontas e ajuste o potenciômetro dopainel até o ponteiro parar no zero)7. Coloque as pontas no componente, faça a leitura na última fileira decima do painel e acrescente os zeros da escala que estiver a chaveseletora (X1 - leitura direta, X10 - acrescenta um zero, X100 -acrescenta dois zeros e assim por diante). Abaixo vemos como zerar omultitester:TESTE DE COMPONENTESAbaixo tem uma relação de componentes que ensinaremos a testar com afunção de ohmímetro. Basta clicar em cada um para ver como se faz:TESTE DE RESISTORESUsar uma escala adequada ao valor da peça, zerar o multímetro e medir. Aleitura deve estar próxima ao valor indicado no corpo dele. Abaixo temosduas regras para escolher a escala:
  7. 7. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 7Valor do resistor - menor que 1K – X1 ou X10 3ª LISTRA DO CORPOEntre 1K e 100K – X100 ou X1K PRETA – X1Acima de 100K – X10K MARROM – X10VERMELHA – X100LARANJA - X1KAMARELO – X10KTESTE DE TRANSÍSTORES - PARTE 1Usar X1, e procurar um terminal que conduz igual com os outros dois. Este éa base. Verificar com qual das pontas na base o ponteiro deflexiona. Se forcom a ponta preta, o transistor é NPN. Se for com a vermelha na base, otransistor é PNP. Abaixo vemos como é feito o teste:
  8. 8. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 8Importante: O ponteiro só deve mexer com uma das pontas na base. Semexer com as duas pontas na base, o transistor está em curto. Se nãomexer com nenhuma, o transistor está aberto.TESTE DE TRANSÍSTORES - PARTE 2Em X10K, coloque a ponta “invertida” na base e a outra ponta em cadaterminal restante. Aquele terminal que o ponteiro mexer é o emissor. Se oponteiro mexer nos dois terminais, o transistor está com fuga ou curto.Abaixo temos o teste:TESTE DE DIODOSUsar a maior escala (X10K ou X1K) e medir o diodo nos dois sentidos. Oponteiro só deve deflexionar num sentido. Como a ponta preta está ligada nopositivo das pilhas, o ponteiro irá mexer com a preta no anodo. Se o ponteirodeflexionar nos dois sentidos, o diodo está em curto. Se o ponteiro nãodeflexionar em nenhum sentido, o diodo está aberto. Veja abaixo:TESTE DE CAPACITOR ELETROLÍTICOComeçar com a menor escala (X1) e medir nos dois sentidos. Aumente aescala até achar uma que o ponteiro deflexiona e volta. Quanto maior ocapacitor, menor é a escala necessária. Este teste é apenas da carga edescarga do capacitor. Veja abaixo
  9. 9. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 9Se o ponteiro não deflexionar ou deflexionar só um pouco, o capacitor estáaberto ou esgotado. Se o ponteiro deflexionar e não voltar, o capacitor estáem curto. Veja abaixo:TESTE DE CAPACITORES COMUNSEm X10K, medir nos dois sentidos. No máximo o ponteiro dará um pequenopulso se o capacitor tiver valor médio. Se tiver valor baixo o ponteiro nãomoverá. O melhor método de testar capacitor é medi-lo com o capacímetroou trocá-lo. Abaixo vemos como deve ser feito o teste nestes capacitoresusando o ohmímetro.Este teste é válido para qualquer tipo de capacitor não polarizado(cerâmicos, "styroflex", poliéster, papel, óleo, etc). Apenas os capacitorescom valores acima de 4,7 nF darão um pulso perceptível no ponteiro domultímetro.TESTE DE BOBINAS (INDUTORES)Em X1, medir os terminais da bobina e o ponteiro deve mexer. Se nãomexer, a bobina está aberta (interrompida). Veja abaixo o estado dasbobinas testadas:
  10. 10. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 10TESTE DE TRANSFORMADORES DE FORÇANa escala de X1 ou X10, medir os terminais aos pares ou aos grupos. Nostransformadores usados nos rádios, o primário tem muito maior resistênciaque o secundário. Abaixo vemos o teste:Se o ponteiro não deflexionar no primário ou no secundário, o transformadorestá queimado. Veja abaixo:TESTE DE POTENCIÔMETROSUse uma escala adequada ao valor indicado no corpo da peça, assim comonos resistores (X1 a X10K). Zere o multitester e meça inicialmente os doisterminais da ponta do potenciômetro. Deve indicar o valor da peça. Se oponteiro não mexer, a peça está aberta. A seguir, meça cada ponta com oterminal e gire o eixo devagar. A variação da resistência deve ser uniforme.Se o ponteiro der saltos bruscos, a peça está suja ou com a pista de grafitegasta. Abaixo vemos o teste deste componente
  11. 11. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 11Observação - Em caso de sujeira num potenciômetro, basta limpá-lo comum spray lubrificante (WD40).TESTE DE FUSÍVEIS E CHAVESEstes dois componentes devem ser testados em X1 e o ponteiro deve ir atéo zero. No caso da chave, esta deve estar ligada. Se o ponteiro nãodeflexionar, o componente está com defeito. No caso da chave, aberta, nocaso do fusível, queimado. Veja abaixo:TESTE DE OUTROS COMPONENTESO multitester também pode ser usado para testar outros tipos decomponentes, tais como LEDs, bobinas de rádio, fios, etc. Abaixo vemosalguns destes testes:
  12. 12. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 12TESTE DE TRANSÍSTOR MOSFETColoque o multitester em X10K, e verifique se o gate (G) conduz com algumdos terminais restantes dreno (D) e source (S). Se o gate conduzir comalgum dos outros terminais, o MOSFET está em curto. Abaixo observamos oteste:Observe como aplicando a ponta preta no gate, o MOSFET dispara, ou seja,passa a conduzir nos dois sentidos entre dreno e source. Aplicando a pontavermelha no gate, o MOSFET volta a sua condição inicial, ou seja, só conduznum sentido entre dreno e source (devido a um diodo interno).MULTITESTER DIGITALPossui um visor de cristal líquido o qual já indica o valor medido diretamente.Abaixo temos um exemplo deste tipo com as funções indicadas na chaveseletora. É só clicar em cada função para saber como usá-la:MULTITESTER DIGITAL NA MEDIDA DE TENSÃO CONTÍNUA (DCV)Coloque a chave na escala DCV mais próxima acima da tensão a sermedida. Ponha a ponta preta no terra ou qualquer outro ponto com potencialmais baixo e a vermelha no ponto de tensão mais alta. A leitura será próximaao valor indicado.Isto dependerá da precisão mo muiltitester. Veja abaixo:
  13. 13. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 13MULTITESTER DIGITAL NA MEDIDA DE TENSÕES ALTERNADASColoque a chave na escala ACV mais próxima acima da tensão a sermedida. A maioria dos multímetros digitais só têm duas escalas ACV: até200 V e até 750 V. Meça a tensão não se importando com a polaridade daspontas. A tensão alternada nos circuitos eletrônicos costuma ser medida naentrada da rede ou nos secundários do transformador de alimentação domesmo. Abaixo vemos como é feito este tipo de teste:MULTITESTER DIGITAL PARA MEDIR CORRENTE ELÉTRICAPara usar o amperímetro, coloque a chave seletora na escala mais próximaacima da corrente a ser medida. Para isto é necessário saber qual acorrente que passa pelo circuito. Interrompa uma parte do circuito.
  14. 14. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 14Coloque a ponta vermelha no ponto mais próximo da linha de +B e a pretano ponto mais próximo do terra. Em assistência técnica quase não se usa oamperímetro devido a dificuldade da colocação das pontas de prova. Abaixovemos como se mede a corrente num circuito simples:MULTITESTER DIGITAL NO TESTE DE RESISTORESEscolha uma escala do ohmímetro mais próxima acima do valor do resistor aser medido (200, 2K, 20K, 200K, 2M, 20M se houver). Meça o componente ea leitura deve estar próxima do seu valor. Este teste pode ser feito combobinas, fusíveis, chaves, etc. Abaixo vemos o teste:MULTITESTER DIGITAL PARA TESTAR TRANSÍSTORES E DIODOS• Diodos - Coloque a chave seletora na posição com o símbolo do diodoe meça o componente nos dois sentidos. Num sentido o visor deveindicar um valor de resistência e no outro ficar apenas no número "1".Veja abaixo:
  15. 15. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 15• Transístores - Usando a mesma escala do diodo, procure um terminalque indique aproximadamente a mesma resistência com os outros dois.Este é a base. Se indicar resistência com a vermelha na base, otransístor é NPN. Se der resistência com a preta na base, o transístor éPNP. O terminal que dá um pouco mais de resistência com a base é oemissor. Veja abaixo este teste:
  16. 16. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 16ANEXO: Como utilizar um multímetro digitalUm multímetro digital oferece a facilidade de mostrar diretamente em seuvisor, que chamamos de display de cristal líquido, ou simplesmente display,o valor numérico da grandeza medida, sem termos que ficarmos fazendomultiplicações (como ocorre com multímetros analógicos).Um multímetro digital pode ser utilizado para diversos tipos de medidas,agora iremos citar as três mais comuns:- tensão elétrica (medida em volts – V).- corrente elétrica (medida em amperes – A).- resistência elétrica (medida em Ohms – - letra ômega).Além destas ele pode ter escalas para outras medidas específicas como:temperatura, freqüência, semicondutores (escala indicada pelo símbolo deum diodo), capacitância, ganho de transistores, continuidade (através de umapito), etc.Em multímetros digitais o valor da escala já indica o máximo valor a sermedido por ela, independente da grandeza. Temos abaixo uma indicação devalores encontrados na prática para estas escalas:Escalas de tensão contínua: 200mV, 2V, 20V, 1000V ou 200m, 2, 20, 1000.Escalas de tensão alternada: 200V, 750V ou 200, 750.Escalas de resistência: 200, 2000, 20K, 200K, 2M ou 200, 2K, 20K, 200K,20000K.Escalas de corrente contínua: 200u, 2000u, 20m, 200m, 2A, 20A ou 200u,2m, 20m, 200m, 2, 10.Escalas de corrente alternada: 2A, 10A ou 2, 10.A seleção entre as escalas pode ser feita através de uma chave rotativa,chaves de pressão, chaves tipo H-H ou o multímetro pode mesmo não terchave alguma, neste caso falamos que o multímetro digital é umequipamento de auto-range, ou seja, ele seleciona a grandeza e a escalaque esta sendo medida automaticamente. Em alguns casos podemosencontrar multímetros que tem apenas uma escala para tensão, uma paracorrente e uma para resistência, este tipo de multímetro também é auto-range, nele não é preciso se procurar uma escala específica para se medirum determinado valor de tensão.Uma coisa muito importante ao se usar um multímetro digital é saberselecionar a escala correta para a medição a ser feita. Sendo assim
  17. 17. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 17podemos exemplificar algumas grandezas com seus respectivos nomes nasescalas:Tensão contínua = VCC, DCV, VDC (ou um V com duas linhas sobre ele,uma tracejada e a outra continua ).Tensão alternada = VCA, ACV, VAC (ou um V com um ~ sobre ele).Corrente contínua = DCA, ADC (ou um A com duas linhas sobre ele, umatracejada e uma continua).Corrente alternada = ACA (ou um A com um ~ sobre ele).Resistência = Ohms,Para medirmos uma tensão é necessário que conectemos as pontas deprova em paralelo com o ponto a ser medido. Se quisermos medir a tensãoaplicada sobre uma lâmpada devemos colocar uma ponta de prova de cadalado da lâmpada, isto é uma ligação em paralelo.Para medirmos corrente com um multímetro digital, devemos colocar ele emsérie com o ponto a ser medido. Se quisermos medir a corrente que circulapor uma lâmpada devemos desligar um lado da lâmpada, encostar nesteponto uma ponta de prova e a outro ponta deve ser encostado no fio quesoltamos da lâmpada. Isto é uma ligação em série (é importante frisar que amaioria do multímetros digitais só medem corrente contínua, portanto nãodevem ser usados para se medir a corrente alternada fornecida pela redeelétrica. Encontramos corrente contínua em pilhas. Dínamos e fontes dealimentação, que são conversores de tensão e corrente alternada em tensãoe corrente continua).Para medirmos resistência devemos desligar todos os pontos da peça a sermedida (uma lâmpada incandescente, por exemplo, deve estar fora do seusoquete) e encostarmos uma ponta de prova em cada lado da peça. No casode uma lâmpada incandescente encostamos uma ponta de prova na rosca eoutra na parte inferior e metálica do conector da lâmpada.Todas estas medidas devem ser feitas com critério e nunca devemosencostar as mãos em nenhuma ponta de prova durante uma medida,caso isto aconteça corremos o risco de levarmos um choque elétrico
  18. 18. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 18e/ou termos uma leitura errada. Treine bastante como manipular aspontas antes de começar a medir tudo por aí.Uma coisa importante de se perceber é que a grande maioria dosmultímetros digitais tem 3 ou 4 bornes para a ligação das pontas de prova.Normalmente um é comum e os outros servem para medição de tensão,resistência e corrente. A indicação dos bornes sempre mostra para quaisescalas eles podem ser usados. Preste atenção. Eis abaixo um exemplo decomo eles estão dispostos:Borne comum, normalmente indicado por COM – é onde deve estar sempreligada a ponta de prova preta.Borne indicado por V/Ohms/mA – nele deve estar conectada a ponta deprova vermelha para a medição de tensão (contínua ou alternada),resistênciae corrente na ordem de miliamperes.Borne indicado por A – a ponta de prova vermelha deve ser ligada nele paraa medição de corrente continua ou alternada (observação: a grande maioriados multímetros digitais não mede corrente alternada, verifique se existeuma escala em seu instrumento para isto antes de fazer a medição).O quarto borne em um multímetro pode ser utilizado para a medição decorrentes continuas mais elevadas, como exemplo, até 10A. Neste caso aindicação no borne seria 10A ou 10 ADC.Quando um multímetro apresenta escalas para medição de capacitância ouganho (beta) de transistores normalmente eles tem conectores específicospara isto. Estes conectores estão indicados no painel do instrumento. É bomlembrar que capacitores devem ser sempre descarregados antes damedição. Para fazer isto coloque os seus dois terminais em curto usandouma chave de fenda (se o capacitor tiver mais de um terminal positivo eledeverão ser colocados em curto com o terra individualmente).Multímetros digitais normalmente mostram uma indicação que a bateria estáse esgotando, isto normalmente é feito, através de um símbolo de bateriaque aparece continuamente ou que fica piscando no display. Quando istoocorrer troque a bateria, multímetros digitais com bateria “fraca” costumamapresentar um grande erro em suas leituras. Caso a leitura precise sermonitorada durante um longo tempo este problema poderá fazer com quevocê acredite que uma tensão, ou corrente, está variando, quando ela estáfixa e é a bateria do multímetro que está fraca.
  19. 19. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 19A chave de liga-desliga de um multímetro digital pode ser uma das posiçõesda chave rotativa como pode ser uma chave ao lado do instrumento. Deixesempre desligado o multímetro caso não o esteja utilizando.A maioria dos multímetros digitais que existem a venda são chamados demultímetros digitais de 3 ½ dígitos (3 dígitos e meio). Isto quer dizer que eleé capaz de medir grandezas de até 3 números completos mais meio número.Vamos exemplificar para ficar mais fácil:suponha que você vai medir uma tensão de 1250V na escala de 1500V, aleitura que aparecerá no display será de 1250, ou seja:- primeiro número = 1 - este dígito é considerado ½ dígito pois não podeassumir outro valor maior que 1.- segundo número = 2 - este dígito é considerado um dígito inteiro, poispode assumir valores entre 0 e 9.- terceiro número = 5 - este dígito é considerado um digito inteiro, poispode assumir valores entre 0 e 9.- quarto número = 0 - este dígito também é considerado um digito inteiro,pois pode assumir valores entre 0 e 9.Ao ligar um multímetro de 3 ½ dígitos apareceram no display apenas trêsdígitos, mas não se assuste é assim mesmo (caso o tenha ligado em umaescala de tensão ou corrente, nas escalas de resistência aparecerá umnúmero 1 no lado esquerdo do display).Entendendo os múltiplos e sub-multiplos das grandezasVimos que temos escalas indicadas por diversos valores: 200mA, 2000mV,20K, mas o que é isto.Para explicar vamos estudar uma grandeza por vez:Tensão elétrica – a tensão elétrica é medida em volts (V).Seus submúltiplos são milivolts (mV) e microvolts (uV).Seu múltiplo mais usado é o kilo-volt (KV).Sempre que façamos uma medida menor que 1 volt o multímetro poderá nosindicar assim:0,9 ou assim: 900
  20. 20. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 20traduzindo: estamos medindo um valor de tensão de 0,9V, portanto aindicação no display, dependendo da escala utilizada pode ser 0,9 ou 900.Se estivermos em uma escala indicada por mV o valor apresentado será 900e corresponderá a 900mV, se estivermos numa escala indicada por volts ovalor será 0,9 e corresponderá a 0,9V.Veja as comparações abaixo:1V = 1.000mV = 1.000.000uV1.000V = 1KV (1 x K = 1 x 1000 = 1.000V).500V = 0,5KV (0,5 x K = 0,5 x 1000 = 500V).Quando colocamos a letra K depois de um valor de tensão estamosmultiplicando este valor por 1.000 (mil), é por isto que 1.000 volts é igual a1KV.Se você estiver usando um multímetro digital na escala de 1000V e medir10V aparecerá no display o seguinte: 10Se for na escala de 200V aparecerá o seguinte: 10,0Perceba que o ponto mudará de posição dependendo da escala mas aleitura será sempre a mesma. Este mesmo critério, do ponto mudar de casa,é usado na medida de qualquer grandeza.Analise estes exemplos e faça outras leituras para praticar. Coloque o seumultímetro em uma escala superior a 200VCA (volts de tensão alternada,que é a tensão que temos na rede elétrica, tomadas, etc).Escolha, por exemplo, a escala de 750 VCA e faça a medição, o queaparecerá? Algo próximo a isto: 127 que você já sabe que é igual a 127 voltsalternados.Veja se o seu multímetro tem uma escala mais baixa do que 750, porém,superior a 127 VCA. Vamos supor uma escala de 200 VCA, qual será aleitura agora? Algo próximo a: 127,1 que você já sabe que é igual a 127,1volts alternados.Qual a diferença de uma escala para a outra? A diferença está na precisãoda leitura. Quanto mais próximo estiver a escala do valor medido maior aprecisão. Você pode perceber isto no exemplo acima. Na escala de 750medimos 127 e na escala de 200 medimos 127,1.Então é correto se começar a medir pelas escalas mais baixas?
  21. 21. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 21Não, muito pelo contrário. Se você fizer isto você corre o risco de danificar oseu multímetro. Sempre se começa a medição pela escala mais alta e, se forpossível, se abaixa a escala para se ter uma leitura com mais precisão.Mas pode-se mudar de escalas com o multímetro fazendo a medição?Não, isto pode danificar o seu aparelho. Primeiro se separa as pontas deprova do lugar medido, depois se muda a escala e somente agora é que sevolta a fazer a medição, encostando as pontas de prova, novamente.O que representa um sinal de – (menos ou negativo) antes do númerono display?Representa que você ligou a ponta de prova (+) vermelha no negativo ouvice-versa. Inverta as pontas e este sinal sumirá.Corrente elétrica – a corrente elétrica é medida em Amperes (A).Seu sub-multiplos são miliamperes (mA) e microamperes (uA).Seu múltiplo mais usado é o kiloampere (KA).É comum termos em multímetros digitais várias escalas de mA. As leiturasfeitas nestas escalas podem ser lidas diretamente, ou seja, se fizermos ummedição na escala de 200mA e aparecer 45, estaremos medindo 45mA.Também é comum em multímetros digitais termos uma escala separada paraa medição de corrente na ordem de amperes. Se numa escala de 10Aobtivermos a leitura de 2,00 é que estamos medindo 2A. Se nesta mesmaescala medirmos 0,950 é que estamos medindo 0,95A ou 950mA.Veja as comparações abaixo:1A = 1.000mA = 1.000.000uA1.000A = 1KA (1 x K = 1 x 1000 = 1.000A)500A =0,5KA (0,5 x K = 0,5 x 1000 = 500A)Da mesma forma que na tensão o K representa o valor numérico multiplicadopor 1.000 (mil).Se você for medir uma corrente continua de 50mA na escala de 10A o valorlido será 0,05 que corresponderá a 50mA. Mas para ter mais precisão é
  22. 22. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 22aconselhável se usar uma escala mais baixa como, por exemplo, a de200mA.Então é correto se começar a medir pelas escalas mais baixas?Não, muito pelo contrário. Se você fizer isto você corre o risco de danificar oseu multímetro. Sempre se começa a medição pela escala mais alta e, se forpossível, se abaixa a escala para se ter uma leitura com mais precisão.Mas pode-se mudar de escalas com o multímetro fazendo a medição?Não, isto pode danificar o seu aparelho. Primeiro se separa as pontas deprova do lugar medido, depois de muda a escala e somente agora é que sevolta a fazer a medição, encostando as pontas de prova, novamente.O que representa um sinal de – (menos, negativo) antes do número nodisplay?Significa que a corrente está circulando, por dentro do multímetro, no sentidoinverso, você deve ter conectado a ponta positiva no negativo ou vice-versa.Resistência elétrica – a resistência elétrica é medida em Ohms ( ).Seus múltiplos são kiloohms (K ) e megaohms (M ).Seu submúltiplo mais usado é miliohms (m ).1 Ohm = 1.000 m1.000 Ohms = 1 K1.000.000 ohms = 1 MQuando colocamos a letra K depois de um número estamos multiplicandoeste número por mil, portanto 470K é igual a 470.000 ohms.Quando colocamos a letra M depois de um número estamos multiplicandoeste número por 1 milhão, portanto 10M é igual a 10.000.000 ohms.Em um multímetro digital a máxima resistência possível de ser medida poruma escala corresponde ao valor da escala, assim, se tivermos uma escalade 200 ohms poderemos medir uma resistência com um valor de 200 ohms
  23. 23. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 23para menos. Se medirmos uma resistência de 100 ohms a parecerá nodisplay o número 100. Sempre que medirmos um valor maior do que omáximo valor da escala aparecerá um numero 1 no lado esquerdo dodisplay. Isto indica que devemos tentar medir esta resistência em uma escalamaior.Estas escalas de resistência (preferivelmente a mais baixa) podem serusadas para a verificação de curto-circuitos e de continuidade ou não deinterruptores, fiações elétricas, fusíveis, lâmpadas, trilhas de cobre, etc.Alguns multímetros tem uma escala que apita quando sua pontas de provasão encostadas, com esta escala somos capazes de verificar se pontosestão em curto ou ligados apenas com o ouvido, sem a necessidade de olharpara o display.Em elétrica, na maioria das vezes, mediremos valores baixos de resistênciaou verificaremos se dois pontos não estão em curto (estaremos entãomedindo valores muito elevados de resistência e devemos usar escalas maisaltas. Caso não exista curto entre os dois pontos um número 1 aparecerá nolado esquerdo do display).Em eletrônica temos uma infinidade de valoresque podem ser encontrados.Para utilizar corretamente e com eficiência um multímetro digital éinteressante que você meça valores de tensão, corrente e resistênciaconhecidos, mude de escalas e perceba as diferenças. Preste sempre muitaatenção no ponto e na escala para fazer a leitura correta. Lembre-se que:O ponto mudará de posição dependendo da escala mas a leitura serásempre a mesma. Este mesmo critério, do ponto mudar de casa, éusado na medida de qualquer grandeza.Observações finais:Um multímetro digital deve ter no mínimo:- Escalas para tensão alternada.- Escalas para tensão continua.- Escalas para corrente continua.- Escalas para resistência.Para a medição de corrente alternada é mais fácil e prático o uso de alicatesamperiométricos que podem fazer esta leitura sem estar em série com ocircuito (sem interrompe-lo). Uma alicate amperiométrico digital também teráas mesmas escalas (pelo menos as 4 básicas: tensão alternada, tensãocontinua, corrente continua e resistência) de um multímetro digital, porém elepossui uma “garra” capaz de envolver o fio e medir a corrente que circula por
  24. 24. >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA >>>VENDA_EXPRESSA 24ele. Mas é bom lembrar que este tipo de alicate só mede, desta forma,corrente alternada. Isto acontece devido a medição do campoeletromagnético.Venda>>>Expressa ®

×