O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

A profissao docente no contexto das profissões

4.136 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

A profissao docente no contexto das profissões

  1. 1. A profissão docente no contexto das profissões:Os desafios da profissionalização
  2. 2. A profissão no contexto histórico
  3. 3. Profissão no sentido etimológico, vem do latim professio, que significa declaração,profissão,exercício, ocupação, emprego (FIRMINO, [19 -]).De acordo com Nóvoa (apud Costa, 1995) o termo profissão, nos séculos XVII e XVIII, abrangia significados leigos e religiosos. Já no início do século XX, a profissão passa a ser uma instituição veiculada às profissões liberais clássicas: clero, medicina e direito. A concepção atual do termo profissão surgiu comas formas industriais e competitivas do capitalismo.
  4. 4. ToyotismoApós o ano de 1945, com a expansão do capitalismo monopolista do Japão, o Toyotismo passa a explorar a "[...] dimensão cognitiva da classetrabalhadora, para que a empresa possa ser mais competitiva no mercado" (LISBOA, 2002, p.35).
  5. 5. A realidade do trabalho na sociedade capitalistaSegundo Ferreira (1988, p. 531),profissão significa"atividade ou ocupação especializada,e que supõe determinado preparo".É um trabalho praticado habitualmentea serviço de outras pessoas,ou como prática contínuade um ofício.
  6. 6. As análises sobre a profissão docente e o discurso sobre a profissionalizaçãoPartindo dos estudos de Nóvoa (1995c),constata-se que o exercício da docência,enquanto construção histórica, tem em seus primórdios relações intrínsecascom a Igreja, uma vez que, incialmente,cabia aos religiosos (especialmente aos jesuítas) a responsabilidade pelaeducação. Mais tarde, com a estatização do ensino, processo dos em que os professores religiosos passaram a ser substituídos por leigos, sob a tutela do Estado, os professores foram integrando-se ao funcionalismo público.
  7. 7. Desde os ideais da Modernidade... ... a escola foi vista como um instrumento de ascenção social e, com ela, a figura do professor personificou tal possibilidade: além de agentes culturais, os professores foram vistos, também, como agentes políticos capazes de prover os indivíduos de condições para o acesso a uma nova forma de vida, de melhores condições.
  8. 8. Dentro desse modelo, os professores são classificadoscomo semiprofissionais, isto é,uma categoria que não cumpre todas as características pré- estabelecidas, mas apenas algumas delas.
  9. 9. Outra análise encontrada acerca do trabalho dos professores, é realizada a partir do seu processo de trabalho: a teoria da proletarização, defundamentação marxista, que se baseia na semelhança entre o trabalho do professor e o trabalho dos operários.
  10. 10. Uma breve análiseda realidade brasileira ● Salários precários ● Estrutura inadequada ● Baixo prestígio social ● Pouco envolvimento de uma quantidade razoável de professores com relação à melhoria da educação e da própria profissão ● Entre outros aspectos...
  11. 11. A Construção da profissionalidade docenteDe acordo com as análises deLibâneo (2001, p. 63), aprofissionalidade é definida como"[...] conjunto de requisitosprofissionais que tornam alguémum professor, uma professora,[...]". Tais requisitos encontram-serelacionados aos conhecimentos,habilidades e atitudes necessáriaspara o exercício profissional.
  12. 12. UFRRJ/IM 2011.12º período de Pedagogia Carina PaivaDaiane Andrade Inês Mendes Luciana Paiva

×