Meios guiado de transmissão

6.746 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Meios guiado de transmissão

  1. 1. Equipamentos deRedesThiago Barros
  2. 2. Grande diversidade
  3. 3. Grande diversidadeHardware de redes possui uma grande diversidade;Este trabalho focará os meios de transmissão...Mais especificamente , focará os meios guiados:cabos de rede par trançado, cabo coaxial, cabo de fibra ótica...
  4. 4. Meios de transmissão• Guiados•Cabo de par trançado•Cabo coaxial•Cabo de fibra ótica• Não Guiados (pelo ar)•Ondas de radiofrequência•Micro-ondas•Ondas infravermelhas
  5. 5. Cabo Coaxial
  6. 6. Cabo CoaxialO cabo coaxial é constituído por 4 camadas:• o fio de cobre que transmite os dados;• a camada dielétrico (isolante de plástico) que envolve o fio de cobre;• uma malha metálica responsável pela blindagem;• e uma camada de revestimento protetor.Devido a esta blindagem, os cabos coaxiais (apesar de mais caros que osde par trançado) podem transmitir dados a distâncias maiores, sem quehaja perda do sinal.
  7. 7. Cabo CoaxialPor serem mais grossos e mais duros, os cabos coaxiaissão mais difíceis de passar pelos conduítes, tornando-semenos utilizados em redes de computadores, ficandoatualmente mais restritos ao cabeamento das TVs pagas.
  8. 8. Conectores de cabo coaxial
  9. 9. Cabo par trançado
  10. 10. Cabo par trançadoO cabo de par trançado é composto por quatro pares de fios decobre.Em cada par, os fios são trançados um ao redor do outro paradiminuir as interferências eletromagnéticas de fontes externase interferências mútuas entre cabos vizinhos.O fio de cobre oferece ótima condutividade e baixo custo,porém, uma descarga elétrica em qualquer ponto da rede quepode danificar toda a rede.
  11. 11. Cabo par trançadoOs cabos par trançado, devido a sua facilidade de manuseio comopassar por conduítes e conectar e desconectar, são muito comunsna infraestrutura interna de redes de computadores deresidências, empresas e edifícios para interligar a placa de rede docomputador aos demais dispositivos de rede
  12. 12. Categoria dos cabos UTPCAT 1 : Serviços Telefônicos e dados de baixa velocidadeCAT 2 : Dados a 4 Mbps (LocalTalk)CAT 3 : Transmissão de até 16 MHz. Dados a 10 Mbps (Ethernet)CAT 4 : Transmissão de até 20MHz. Dados a 20Mbps (16 Mbps , TokenRing) (EXTINTO)CAT 5 : Dados até 100 MHz, incluindo 100Base-T4 e 100Base-TX (EXTINTO)CAT 5e : Transmissão de até 100MHz. Dados a 100Mbps (Fast Ethernet)CAT 6 : Dados até 200/250 MHzCAT 7 : Dados até 500/600 MHz
  13. 13. Par trançado não blindadoCategoria 5 (CAT5) Categoria 6 (CAT6)
  14. 14. Par trançado blindado
  15. 15. ConectoresRJ-11 RJ-45
  16. 16. Testadores
  17. 17. Obs:Esses padrões são determinados pela TIA (Telecommunications IndustryAssociation)e EIA (Electronic Industries Alliance)Padrões de Cabeamento TIA/EIA 568
  18. 18. Padrões de Cabeamento TIA/EIA 568Obs:Esses padrões são determinados pela TIA (Telecommunications Industry Association)e EIA (Electronic Industries Alliance)
  19. 19. Fibra Ótica
  20. 20. Fibra ÓticaO cabo de fibra ótica é constituído por uma ou diversas fibras óticas, todasprotegidas por 4 camadas de proteção.A fibra ótica é feita de fibra de vidro. A fibra é flexível, porém dependendoda quantidade de fibras utilizadas no cabo, ele se torna pouco flexível.
  21. 21. Fibra Ótica
  22. 22. Fibra ÓticaNa transmissão por fibra ótica é lançado um feixe de luz numa extremidade dafibra (emissor), e esse feixe a percorre até a outra extremidade (receptor),independente da distância.Por isso, as fibras óticas não podem conter emendas e não podem fazer curvasintensas.Na conexão entre dois cabos de fibra ótica é realizada a fusão, tornando os doiscabos em um único.
  23. 23. Transmissão de dados com fibra óticaPara transmitir dados pela fibra ótica, é necessário equipamentos especiais,que contém um componente foto-emissor de um lado e um fotorreceptordo outro.O foto-emissor converte sinais elétricos em pulsos de luz que representamos valores digitais binários já o fotorreceptor faz a conversão inversa.
  24. 24. Cabos subterrâneos de fibra óticaDevido às suas características (custo maior, longo alcance, não podefazer curvas intensas, alta taxa de transmissão e possui baixa taxa deperda de sinal), normalmente sua utilização é externa ás instalações,interligando longas distâncias (quilômetros).Um bom exemplo disso, são os cabos subterrâneos de fibra ótica
  25. 25. Diferença de transmissão
  26. 26. Bibliografia• Electronic Industries Alliance EIA/TIA(Orgão Norte-Americano Responsável pela padronização dos sistemas):http://www.eciaonline.org/eiastandards/?3e3ea140• Telecommunications Industry Association (TIA):http://www.tiaonline.org/• Marca Conhecida no ramo de hardware para redes:http://www.furukawa.com.br/br/• Livro Comunicação de Dados E Redes de Computadores , 3ª Ed. , Behrouz A.Forouzan, Editora BookMan;• Livro Redes, Guia Prático 2ª Ed. , Carlos E. Morimoto, 2011, Editora: GDHPress e Sul Editores.

×