21 barroco eurobras

11.184 visualizações

Publicada em

arte barroca brasileira e europeia, arquitetura escultura e pintura

Publicada em: Educação
1 comentário
5 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.184
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
357
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
473
Comentários
1
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

21 barroco eurobras

  1. 1. ARTE BARROCA Europa e Brasil Séculos XVII e XVIII PROFESSORA DENISE MARIA RAMOS LUGLI
  2. 2. Origens e características <ul><li>O berço do barroco é a Itália do século XVII , porém se espalhou por outros países europeus como, a Holanda, a Bélgica, a França e a Espanha. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>O barroco permaneceu vivo no mundo das artes até o século XVIII. No Brasil foi trazido por artistas que viajavam para a Europa, e permaneceu até o final do século XVIII . </li></ul>
  4. 4. - Reformas Religiosas (século XVI- Igreja Católica) A arte barroca surge neste contexto e expressa todo o contraste deste período: a espiritualidade e teocentrismo da Idade Média com o racionalismo e antropocentrismo do Renascimento. Contexto histórico :
  5. 5. <ul><li>Características </li></ul><ul><li>-As obras de pintura e escultura deste período são rebuscadas, detalhistas. </li></ul><ul><li>-Expressam as emoções. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>No final do barroco (séc.XVIII) é chamado de rococó. As principais características do barroco estão presentes nesta fase. </li></ul><ul><li>- presença de curvas e muitos detalhes decorativos (conchas, flores, folhas, ramos). </li></ul><ul><li>- os temas: mitologia e hábitos das cortes </li></ul>
  7. 7. Barroco Europeu <ul><li>Valorização das cores, as sombras e a luz, e representam os contrates. </li></ul><ul><li>As imagens não são centralizadas </li></ul><ul><li>dinamismo valorização o movimento. </li></ul>
  8. 8. Os temas são: mitologia, passagens da Bíblia e a história da humanidade, a vida da nobreza, o cotidiano da burguesia e naturezas-mortas. Nas igrejas: esculturas e pinturas, utilizando a técnica da perspectiva.
  9. 9. <ul><li>As esculturas barrocas mostram faces humanas marcadas pelas emoções , principalmente o sofrimento. Os traços se contorcem, demonstrando um movimento exagerado . Predominam nas esculturas as curvas , os relevos e a utilização da cor dourada. </li></ul>
  10. 10. Caravaggio (Michelangelo Merisi) 1572-1610. Tomé, o Incrédulo 1602
  11. 11. Caravaggio. Estimagtização de São Francisco , 1596.
  12. 12. Caravaggio. Amor Vincit Omnia c. 1601-02
  13. 13. Diego Velásquez <ul><li>O aguadeiro de Sevilha, 1619-20 </li></ul>
  14. 14. Diego Velásquez 1599 - 1660 Las Meninas, 1656
  15. 15. Diego Velásquez Papa Inocêncio X , 1650 Príncipe Filipe Próspero da Espanha , 1659
  16. 16. Rembrandt van Rijn, 1606-1669. Auto-retrato , 1640.
  17. 17. Rembrandt van Rijn A reconciliação de Davi e Absalão , 1642 Aristóteles contemplando o busto de Homero , 1653
  18. 18. Auto-retratos. 1658 1630 1669
  19. 19. Rembrandt 1659 (53 anos) 1629
  20. 20. Peter Paul Rubens 1639 A Virgem Maria e Menino Jesus entronizada com os santos, 1627-28 .
  21. 21. Alegoria sobre as bençãos da paz , 1629-30
  22. 22. Gianlorenzo Bernini , 1598-1680 Êxtase de Santa Teresa, 1647-52 . Mármore, altura 3,5m. Santa Maria della Vittoria, Roma.
  23. 23. O rapto de Proserpina, 1621-22 . Mármore Branco, 255 cm
  24. 24. Gian Lorenzo Bernini . Costanza Buonarelli, c. 1635. Mármore, altura 72 cm;
  25. 25. Anthony Van Dyck 1599-1641 Carlos I da Inglaterra, c. 1635.
  26. 26. Giovanni Battista Gaulli. O culto do santo nome de Jesus, 1670-83. Afresco, teto da Igreja dos jesuítas Íl Gesù, Roma
  27. 27. Artemisia Gentileschi (Italian, 1593-1651/53), Judith decapitando Holofernes , 1620
  28. 28. Giaele e Sisara , 1620 Auto-retrato como alegoria da Pintura, 1630
  29. 29. Susannah and the Elders 1610
  30. 30. Barroco no Brasil <ul><li>O barroco brasileiro foi influenciado pelo barroco português, com o tempo, teve características próprias. A grande produção artística barroca no Brasil ocorreu nas cidades auríferas de Minas Gerais, (século XVIII). Cidades ricas e e de intensa vida cultura e artística. </li></ul>
  31. 31. <ul><li>Principal representante do barroco mineiro foi o escultor e arquiteto Antônio Francisco de Lisboa (Aleijadinho). Suas obras, de forte caráter religioso, eram feitas em madeira e pedra-sabão. Algumas obras de Aleijadinho: Os Doze Profetas e Os Passos da Paixão, na Igreja de Bom Jesus de Matozinhos, em Congonhas do Campo (MG). </li></ul>
  32. 32. <ul><li>Outros artistas importantes do barroco brasileiro foram: o pintor mineiro Manuel da Costa Ataíde e o escultor carioca Mestre Valentim. No estado da Bahia, o barroco destacou-se na decoração das igrejas em Salvador como, por exemplo, de São Francisco de Assis e a da Ordem 3ª de São Francisco. </li></ul>
  33. 33. Retábulo Nacional Português Capela de Santana , Ouro Preto, 1720. Ocorrência : entre 1710 e 1730. Características principais : colunas torsas (ou retorcidas) profusamente ornamentadas com motivos fitomorfos (folhas de acanto, cachos de uva, por exemplo) e zoomorfos (aves, geralmente um pelicano); coroamento formado por arcos concêntricos; revestimento em talha dourada e policromia em azul e vermelho.
  34. 34. Igreja Matriz N.S. do Pilar – Ouro Preto Retábulo Joanino. Ocorrência: entre 1730 a 1760 Características principais : excesso de motivos ornamentais, com predominância de elementos escultóricos; coroamento com sanefas e falsos cortinados com anjos; revestimento com policromia em branco e dourado.
  35. 35. São Francisco de Assis – Ouro Preto . Retábulo Rococó Ocorrência: a partir de 1760 Características principais : coroamento encimado por grande composição escultórica; elementos ornamentais baseados no estilo rococó francês (conchas, laços, guirlandas e flores); revestimento com fundos brancos e douramentos nas partes principais da decoração. Sofre influência do estilo francês dominante na Europa a partir da segunda metade do século XVIII. No Brasil, o rococó é uma das fases do barroco, por ter se desenvolvido paralelamente à sobrevivência desse estilo
  36. 37. Interior da Igreja de São Francisco, Ouro Preto.
  37. 39. Cabeça de Cristo da flagelação Cabeça de São Simão Stock ,
  38. 40. Dimas, o bom ladrão Santa Ceia, Congonhas dos Campos
  39. 41. Obra-prima. Congonhas do Campo. No alto Igreja de Bom Jesus do Matosinhos
  40. 43. Cristo flagelado e no Monte das Oliveiras. Passos. Congonhas do Campo
  41. 44. Os Profetas . Isaías, Ezequiel, Habacuc, Jeremias e Jonas, em Congonhas do Campo.
  42. 45. Aleijadinho. Jesus entrando em Jerusalém. Matriz de Mariana
  43. 46. Teto da matriz de Mariana, Ataíde. Púlpito em pedra sabão de Aleijadinho.

×