Apresentação fluência revisado

1.284 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.284
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
36
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação fluência revisado

  1. 1. Fluência de Leitura • Materiais: • O IAB oferece três coleções complementares que podem ser usadas de maneira flexível, dependendo do nível de fluência dos alunos: • Para Ler com Fluência: Jogos, Atividades e Desafios – Há um livro para cada série, do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental. – Os livros são descartáveis. – Há um Manual de Orientação para o professor. • Para Ler com Fluência: Atividades orais para Sala de Aula – Este livro é um manual com sugestões concretas de atividades para o professor fazer com os seus alunos. É particularmente recomendado para ser usado juntamente com o Livro D da Coleção ABCD. • Para Ler e Reler – Este livro pode ser usado partir do 3º ano até o final do Ensino Fundamental. Cada aluno deve ter um livro, que pode ser reutilizado. – O Livro para Ler e Reler é acompanhado de um CD com leituras feitas por profissionais e por alunos do ensino fundamental
  2. 2. Para Alunos: Um Livro encantador .São 142 textos de autores consagrados, em prosa e poesia. Para ler com fluência: jogos, atividades e desafios(2° ao 5° ano)
  3. 3. Para Professores: • O Professor encontrará neste manual a metodologia de trabalho adequada para usar o livro com maior proveito. Para ler com fluência: atividades orais para a sala de aula. Para ler com fluência Manual do professor
  4. 4. Para Professores: O Professor encontrará neste manual a metodologia de trabalho adequada para usar o livro com maior proveito. Para ler com fluência: atividades orais para a sala de aula. Para ler com fluência Manual do professor
  5. 5. O QUE É FLUÊNCIA? • Fluência é a ponte que liga a capacidade de ler com a capacidade de compreender. • Uma leitura fluente é agradável de ouvir e demonstra que o aluno entende o que lê. Um aluno fluente lê: • com desembaraço; • com entonação adequada; – com ritmo e cadência; – sem errar, gaguejar ou silabar. • Ler com fluência é importante porque: • Quem lê com fluência lê sem esforço e tende a ler mais. • Quem lê mais tende a ler cada vez melhor e a aprender mais. • O aluno que não tem fluência lê mal e, em consequência, tem dificuldade para compreender o que lê.
  6. 6. Como desenvolver a fluência na sala de aula? Fluência de Leitura • Como desenvolver a fluência na sala de aula? • A evidência científica disponível sobre o desenvolvimento da fluência sugere que: • A base: para ter fluência, o aluno precisa saber decodificar e identificar automaticamente as palavras. • Os textos: determinados textos com características semânticas, morfológicas e sintáticas são mais adequados para desenvolver fluência; • As técnicas: – Exercícios para treinar o aluno a identificar rapidamente pistas ortográficas, morfológicas e sintáticas. – Reler várias vezes o mesmo texto. Isso é muito mais eficaz do que ler muitos textos diferentes. – Modelagem e correção imediata pelo professor. – Prática espaçada e constante, ou pouco a cada dia.
  7. 7. Fluência de Leitura Como medir fluência? • A fluência de leitura é a ponte entre a leitura e a compreensão. A fluência refere-se à qualidade da leitura e é avaliada por indicadores de • Velocidade (palavras por minuto, num texto). • Precisão (número de erros). • Prosódia (cadência, entonação, ritmo). • A fluência é medida a partir da leitura de textos conectados. O leitor recém-alfabetizado precisa adquirir fluência para poder ler sem dificuldade e concentrar sua atenção e memória na compreensão do que lê.
  8. 8. • O quadro abaixo apresenta níveis de fluência desejáveis e necessários para assegurar o sucesso do aluno ao longo do Ensino Fundamental: ANO PALAVRAS POR MINUTO 2º 80 a 90 3º 90 a 110 4º 110 a 130 5º 130 a 140
  9. 9. A quem se destina: • A todos os alunos do Ensino Fundamental, a partir do 2º ano, isto é, depois que já aprenderam a ler pelo menos 60 a 80 palavras por minuto.
  10. 10. • A Coleção Fluência de leitura oferece uma variedade de instrumentos, atividades e textos próprios, desenvolvidos e escolhidos com base na evidência científica de melhor resultado para proporcionar fluência de leitura nas séries iniciais. As atividades são interessantes, lúdicas, divertidas e curtas - a cada dia o professor deve dedicar a elas de 8 a 10 minutos. Há atividades individuais e coletivas, escritas e orais. Há livros diferentes de acordo com a série escolar e nível de fluência dos alunos. A Coleção pode ser usada tanto nas atividades regulares quanto no contraturno.
  11. 11. TIPOS DE ATIVIDADES E SEUS OBJETIVOS: 1. ANAGRAMA • Objetivo: Identificar a posição exata dos grafemas nas palavras. 2. FORMAR PALAVRAS • Objetivo:Gravar padrões visuais como prefixos e sufixos. 3. CRUZADINHA • Objetivo: Gravar padrões ortográficos. 4. PSEUDOPALAVRAS E NOME DE CIDADES BRASILEIRAS • Objetivo: Melhorar o desempenho na leitura de palavras desconhecidas. 5. O INTROMETIDO • Objetivo: Discriminação visual de palavras. 6. CAÇA- PALAVRAS • Objetivo: Identificação automática de palavras.
  12. 12. ATIVIDADE DE FLUÊNCIA 2º ANO
  13. 13. ATIVIDADE DE FLUÊNCIA 3º ANO
  14. 14. ATIVIDADE DE FLUÊNCIA 4º ANO
  15. 15. ATIVIDADE DE FLUÊNCIA 5º ANO
  16. 16. OFICINA SOBRE LEITURA: • Consigna: Observe as dificuldades de leitura e responda como superá-las:  Dificuldades Típicas  Ações para superá-las  O aluno não sabe ler, não identifica palavras.  O aluno identifica palavras mas decodifica, silaba  ou gagueja. O aluno identifica palavras automaticamente, mas  não lê com fluência.   O aluno lê sem entonação e sem ritmo.    O aluno lê com erros ortográficos Outras dificuldades
  17. 17. Como lidar com alunos com dificuldade • Dificuldades típicas e como superá-las: • O aluno não sabe ler, não identifica palavras. Nesse caso o aluno precisa ser alfabetizado, pois de outra forma terá muito dificuldade em acompanhar as demais atividades do programa de ensino. • O aluno identifica palavras mas decodifica ou gagueja. Listar as palavras do texto. Ajudar o aluno a ler e reler as palavras várias vezes, até que seja capaz de identificá-las automaticamente no texto. • O aluno identifica palavras automaticamente, mas não lê com fluência. Separar as frases do texto. Ajudar o aluno a ler uma frase de cada vez, repetindo para adquirir maior segurança.
  18. 18. Superando dificuldades de leitura • :: Quando um aluno estiver lendo com muita dificuldade o professor deverá: • – Ajudá-lo com dicas, ou mesmo lendo o trecho mais difícil junto com o aluno, mas • encorajando-o a ler por conta própria. Ou pode pedir a um colega para ler junto com • ele. • – Dar ao aluno segurança para ler em público e ir ficando mais desembaraçado. Para • tanto o professor deve assegurar um clima de respeito e ajuda, e inibir qualquer tentativa • de criar um clima de vexame. • :: Após a leitura, o professor deverá: • – Chamá-lo em outro momento para fazer uma leitura individual, quando o professor • terá oportunidade de diagnosticar melhor suas dificuldades; • – Fazer uma lista das palavras do texto, para o aluno ler antes de ler o texto; • – Separar as frases do texto e pedir para o aluno ler cada frase; • – Só depois pedir ao aluno para ler o texto em voz alta para a turma. • :: Se a dificuldade persistir, o professor deve usar os textos anteriores mais simples. • :: Se o aluno não estiver alfabetizado, caberá ao professor se orientar para alfabetizar o  aluno.
  19. 19. AVALIAÇÃO • O professor deve avaliar mensalmente o avanço dos alunos em fluência de leitura. • No Programa de Alfabetização são aplicados 4 (quatro) testes ao longo do ano letivo. Eles devem ser aplicados ao final das lições 5,10,15 e 20. OBJETIVOS DOS TESTES: • Diagnosticar o aluno; • Recuperar imediatamente; • Prevenir a repetência; • Acompanhar os progressos do aluno e da turma.

×