análise de conteudo

13.387 visualizações

Publicada em

análise de conteudo

2 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.387
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.448
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
417
Comentários
2
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

análise de conteudo

  1. 1. Síntese geral das funções e processos
  2. 2. <ul><li>A análise de conteúdo é uma técnica que consiste em avaliar de forma sistemática um corpo de texto (ou material audiovisual), por forma a desvendar e quantificar a ocorrência de palavras/frases/temas considerados “chave” que possibilitem uma comparação posterior. </li></ul>
  3. 6. <ul><li>Temos assim 2 grandes tipos de análise de conteúdo: aqueles que fazem intervir categorias pré-definidas numa fase prévia à análise propriamente dita, e aqueles que não as fazem intervir, tendo por isso um carácter puramente exploratório. </li></ul><ul><li>No primeiro caso, a análise está associada a um quadro teórico que a sustém e ao qual se refere; no segundo as categorias são criadas unicamente a partir do que “dizem” os dados . </li></ul>
  4. 7. <ul><li>A ideia básica é a de que signos, símbolos ou palavras – as unidades de análise -, podem organizar-se em categorias conceptuais, e essas categorias podem representar aspectos de uma teoria que se pretende testar: o valor de um conceito expressa-se na frequência com que ocorre ou é expresso num texto. </li></ul>
  5. 9. <ul><li>Identifica-se o universo de documentos, textos, entrevistas em função do problema que se pretende analisar; </li></ul><ul><li>Determinam-se as unidades de análise, como sejam artigos de revistas, revistas inteiras, discursos, opiniões, etc. </li></ul>
  6. 10. <ul><li>Selecciona-se uma amostra de unidades da população, seja a selecção aleatória de documentos ou uma amostra estratificada que pode ser mais consistente em certos casos (quando analisamos artigos de jornais diários e semanais, por exemplo); </li></ul><ul><li>Estabelecem-se processos de codificação das variáveis a medir, ou seja, decide-se qual será a unidade de texto a codificar, se palavras, frases, temas, parágrafos; </li></ul>
  7. 11. <ul><li>Testam-se e afinam-se os processos de codificação dando instruções claras e treinando os codificadores; </li></ul><ul><li>Baseia-se a análise na contagem de ocorrências de determinadas palavras, temas, frases e testam-se relações entre diferentes variáveis. </li></ul>
  8. 12. <ul><li>É a qualidade que permite que diferentes codificadores chegam a resultados idênticos </li></ul>
  9. 14. <ul><li>É a qualidade que nos permite considerar mais válida uma representação da realidade dos factos através da verificação da correcção dos procedimentos </li></ul>

×