SlideShare uma empresa Scribd logo
Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
RESISTÊNCIA DE MATERIAIS (REMA) – EXERCÍCIOS RESOLVIDOS
01) A coluna de aço A-36 é usada para suportar as cargas simétricas dos dois pisos de um edifício. Determine o
deslocamento vertical de sua extremidade, A, se P1 = 200 kN, P2 = 310 KN e a coluna tiver área de seção
transversal de 14.625 mm²
SOLUÇÃO:
2 6 2
AB BC
3 3
1 2
9
Dados :
L L 3,6 m A 14.625 mm 14.625 10 m
P 200 kN 200 10 N P 310 kN 310 10 N
E 200 GPa 200 10 Pa

    
     
  
Trecho AB
 
2 6 2
AB
3 9
1
y AB 1 AB 1
AB
Dados :
L 3,6 m A 14.625 mm 14.625 10 m
P 200 kN 200 10 N E 200 GPa 200 10 Pa
Assim :
F 0 P 2 P 0 P 2 P 2 200 kN 400 kN
P 400 kN contração

   
     
          
  

Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
3 6
4AB AB
AB 9 6 9
4
AB
Assim :
P L 400 10 3,6 1, 44 10
m m 4,9231 10 m
E A 200 10 14.625 10 2,925 10
Assim :
4,9231 10 m



    
       
    
   
Trecho BC
 
2 6 2
BC
3 3
1 2
9
y BC 1 2 AB 1 2
BC
BC BC
BC
Dados :
L 3,6 m A 14.625 mm 14.625 10 m
P 200 kN 200 10 N P 310 kN 310 10 N
E 200 GPa 200 10 Pa
Assim :
F 0 P 2 P 2 P 0 P 2 P 2 P 2 200 2 310 kN 1020 kN
P 1020 kN contração
Assim :
P L 1020
E A

   
     
  
                
  
 
  


   
3 6
3
9 6 9
4
BC
4 3 3
A AB BC
A
10 3,6 3,672 10
m m 1,2554 10 m
200 10 14.625 10 2,925 10
Assim :
1,2554 10 m
Dessa forma :
4,9231 10 1,2554 10 m 1,74771 10 m
Assim :
1,74771 mm



  
  
    
   
   
             
  
Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
02) A haste de aço A-36 está sujeita ao carregamento mostrado. Se a área de seção transversal da haste for
60 mm2
, determine o deslocamento de B e A. Despreze o tamanho dos acoplamentos em B, C e D.
SOLUÇÃO:
2 6 2
AB BC CD
3 3 3
A B C
9
Dados :
L 0,5 m L 1,5 m L 0,75 m A 60 mm 60 10 m
P 8 kN 8 10 N P 2 kN 2 10 N P 3,3 kN 3,3 10 N
E 200 GPa 200 10 Pa

     
        
  
Trecho AB
Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
 
2 6 2
AB BC CD
3 3 3
A B C
9
y AB A AB A AB
3
AB AB
AB 9 6
Dados :
L 0,5 m L 1,5 m L 0,75 m A 60 mm 60 10 m
P 8 kN 8 10 N P 2 kN 2 10 N P 3,3 kN 3,3 10 N
E 200 GPa 200 10 Pa
Assim :
F 0 P P 0 P P P 8 kN Tração
Assim :
P L 8 10 0,5 4 1
m
E A 200 10 60 10


     
        
  
       
   
   
   

3
4 4
AB6
0
m 3,3333 10 m 3,3333 10 m
12 10
 
     

Trecho BC
y
y y
y
2 6 2
AB BC CD
3 3 3
A B C
9
B
B 3 3 3B
B B B
y BC B
Dados :
L 0,5 m L 1,5 m L 0,75 m A 60 mm 60 10 m
P 8 kN 8 10 N P 2 kN 2 10 N P 3,3 kN 3,3 10 N
E 200 GPa 200 10 Pa
Pr oje tando a força P no eixo y :
PP 3
P P 0,6 2 10 N 1,2 10 N P 1,2 10 N
5 3 5
F 0 P 2 P

     
        
  
          
    
 
y
3 3
A BC A B
3
BC BC
3 3
3 3BC BC
BC BC9 6 6
P 0 P P 2 P 8 10 2 1,2 10 N
P 10, 4 10 N P 10, 4 kN Tração
Assim :
P L 10, 4 10 1,5 15,6 10
m m 1,3 10 m 1,3 10 m
E A 200 10 60 10 12 10
 

         
   
   
         
    

Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
Trecho CD
y
y y
y
2 6 2
AB BC CD
3 3 3
A B C
9
B
B 3 3 3B
B B B
y BC B
Dados :
L 0,5 m L 1,5 m L 0,75 m A 60 mm 60 10 m
P 8 kN 8 10 N P 2 kN 2 10 N P 3,3 kN 3,3 10 N
E 200 GPa 200 10 Pa
Pr oje tan do a força P no eixo y :
PP 3
P P 0,6 2 10 N 1,2 10 N P 1,2 10 N
5 3 5
F 0 P 2 P

     
        
  
          
    
 
 
y
y y
3 3
A BC A B
3
BC BC
C
3 3 3
C C C C C
y CD B C A Cd A B C
P 0 P P 2 P 8 10 2 1,2 10 N
P 10, 4 10 N P 10, 4 kN Tração
Pr oje tan do a força P no eixo y :
P P sen 60 P 0,866P 0,866 3,3 10 N 2,8578 10 N P 2,8578 10 N
F 0 P 2 P 2 P P 0 P P 2 P 2 P 8
         
   
           
               

 CD CD
3 3
3 3CD CD
CD CD9 6 6
2 1,2 2 2,8578 kN
P 8 2, 4 5,7156 kN P 16,1156 kN Tração
Assim :
P L 16,1156 10 0,75 12,0867 10
m m 1,0072 10 m 1,0072 10 m
E A 200 10 60 10 12 10
 

  
    
   
         
    

4 3 3
AB BC CD
3 3 3
B BC CD B
4 3 3
A AB B A
Dados :
3,3333 10 m 1,3 10 m 1,0072 10 m
Assim :
1,3 10 1,0072 10 m 2,3072 10 m 2,3072 mm
e
3,3333 10 2,3072 10 m 2,6405 10 m 2,6405 mm
  
  
  
        
             
             
Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
03) O conjunto é composto por uma haste CB de aço A-36 e uma haste BA de alumínio 6061-T6, cada uma com
diâmetro de 25 mm. Determine as cargas aplicadas P1 e P2 se A se deslocar 2 mm para a direita e B se deslocar
0,5 mm para a esquerda quando as cargas forem aplicadas. O comprimento de cada segmento quando não
alongado é mostrado na figura. Despreze o tamanho das conexões em B e C e considere que elas são rígidas.
SOLUÇÃO:
Roteiro:
(1) Listar os dados do problema, fazendo as devidas conversões.
(2) Separar a estrutura em partes, como indicado na figura abaixo:
(3) Aplicar as equações de deslocamento:
 
 
3 3
A B AB
9 3
2
2 3 2 4 4
AB
3 3AB AB 1
A B 9 4
Trecho AB
2 mm 2 10 m 0,5 mm 0,5 10 m L 1,2 m
E 68,9 GPa 68,9 10 Pa d 25 mm 25 10 m
A d 0,785 25 10 m 4,906 10 m A 4,906 10 m
4
P L P 1,2
2 10 0,5 10
E A 68,9 10 4,906 10
Assim
 

  
 

          
     

        
 
         
   
3 3 6 31
1 16
3
! 1
:
P 1,2
2,5 10 1,2 P 2,5 10 33,802 10 1,2 P 84,505 10
33,802 10
Assim :
84,505
P N 70, 42 10 N P 70, 42 kN
1,2
 
           

    
Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
 
 
 
3 9
B BC aço
3
2
2 3 2 4 4
BC
1 23BC BC
B 9 4
1 23
Trecho BC
0,5 mm 0,5 10 m L 0,6 m E 200 GPa 200 10 Pa
d 25 mm 25 10 m
A d 0,785 25 10 m 4,906 10 m A 4,906 10 m
4
P P 0,6P L
0,5 10
E A 200 10 4,906 10
Assim :
P P 0,6
0,5 10
9


  



         
  

        
 
     
   
 
    3 6 3
1 1 26
3
3 3
! 2 ! 2
3
1
3 3 3
! 2 2
2
1,2 P 0,5 10 98,12 10 0,6 P P 49,06 10
8,12 10
Assim :
49,06 10
P P N 81,77 10 N P P 81,77 10 N
0,6
Mas :
P 70, 42 10 N
Substituindo :
P P 81,77 10 70, 42 10 P 81,77 10 N
Assim :
P 81,77

            

 
         
 
         
    3 3 3
2
10 70, 42 10 152,19 10 N P 152,19 kN      
Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
04) O eixo AC de aço A-36 com 15 mm de diâmetro é sustentado por um colar rígido fixado ao eixo B. Se for
submetido a uma carga axial de 80 kN em sua extremidade, determine a distribuição de pressão uniforme p no
colar exigida para o equilíbrio. Calcule também o alongamento nos segmentos BC e BA.
SOLUÇÃO:
Roteiro:
(1) Listar os dados e fazer as devidas conversões.
3 3
AB BC
3 3
AC colar
3 9
C aço
Dados :
L 200 mm 200 10 m L 500 mm 500 10 m
d 15 mm 15 10 m r 35 mm 35 10 m
P 80 kN 80 10 N E 200 GPa 200 10 Pa
 
 
     
     
     
(2) Cálculo da Distribuição de Pressão p
     
3 3 3
AC colar Colar
3
C
2 2
2 2 3 3 2
C colar AC
3 2 3 2
C C
3
C
3
C
Dados :
d 15 mm 15 10 m r 35 mm 35 10 m d 70 10 m
P 80 kN 80 10 N
Área do colar :
A d d 0,785 70 10 15 10 m
4
A 0,785 4,675 10 m A 3,67 10 m
Assim :
P 80 10
p Pa
A 3,67 10
  
 
 

        
  
       
  
     

 

6
21,80 10 p 21,80 MPa   
Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
(3) Separar a estrutura em partes, conforme a figura:
 
3 3
BC AB
9 3
aço AC
3 3
colar Colar
3 3
C AB BC C
2
2 3 2
AC
Dados :
L 500 mm 500 10 m L 200mm 200 10 m
E 200 GPa 200 10 Pa d 15 mm 15 10 m
r 35 mm 35 10 m d 70 10 m
P 80 kN 80 10 N P 0 P P 80 kN 80 10 N
Deslocamentos :
A d 0,785 15 10 m A 1
4
 

 

     
     
     
       

      4 2
3 3 3
3BC BC
BC BC9 4 6
3
AB AB
AB AB9 4
,766 10 m
Assim :
P L 80 10 500 10 40 10
m m 1,1325 10 m 1,1325 mm
E A 200 10 1,766 10 35,32 10
e
P L 0 200 10
m 0 0
E A 200 10 1,766 10







    
        
    
  
      
   
Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
05) O conjunto é composto por três hastes de titânio e uma barra rígida A C. A área da seção transversal de
cada haste é dada na figura. Se uma força vertical P = 20 kN for aplicada ao anel F, determine o deslocamento
vertical do ponto F. Eti = 350 GPa.
SOLUÇÃO:
Roteiro:
(1) Listar os dados e fazer as devidas conversões
BA DC AE EC EF
2 3 2 3 2 3
BA DC EF
3 9
ti
Dados :
L 2 m L 2 m L 0,5 m L 0,75 m L 1,5 m
A 60 mm 60 10 m A 45 mm 45 10 m A 75 mm 75 10 m
P 20 kN 20 10 N E 350 GPa 350 10 Pa
  
    
        
     
(2) Aplique as equações de equilíbrio para encontrar BA DC
F e F
(3) Calcule os deslocamentos
Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
 
DC DC BA BA EF
C A EF
DC BA EF
EC
E C A C F E EF
AC
F L F L P L
E A E A E A
Assim :
L
L
  
     
  
            
06) A coluna é construída de concreto de alta resistência e seis hastes de reforço de aço A -36. Se ela for
submetida a uma força axial de 150 kN, determine a tensão normal média no concreto e em cada haste. Cada
uma tem diâmetro de 20 mm.
SOLUÇÃO:
 
 
3
conc conc aço
9 9
aço conc
22 2 3 2
conc conc conc
2
2 3 2
aço aço aço
Dados :
L 1,2 m r 100mm 0,1 m d 0,2 m d 20 mm 20 10 m
P 150 kN E 200 GPa 200 10 Pa E 29 GPa 29 10 Pa
Assim :
A d A 0,785 0,2 m 31, 4 10 m
4
e
A 6 d A 6 0,785 20 10 m 1,88
4



       
      

     

        3 2
4 10 m

Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
3
conc conc aço
9 9
aço conc
3 2 3 2
conc aço
aço
aço conc
Dados :
L 1,2 m r 100mm 0,1 m d 0,2 m d 20 mm 20 10 m
P 150 kN E 200 GPa 200 10 Pa E 29 GPa 29 10 Pa
A 31, 4 10 m A 1,884 10 m
Compatibilidade :
P L

 
       
      
   
    conc
aço aço
P L
E A


aço conc
conc conc aço aço conc conco
aço açoconc
9 3 9 3 6
P P
E A E A E A
Substituindo :
P PP
200 10 1,884 10 29 10 31, 4 10 376,8 10
 
 
  
 
      
conc
6
P
910,6 10


 aço conc
conc aço conc aço
Assim :
P P 910,6
P P P 2, 417 P 1
376,8 910,6 376,8
      
 y aço conc aço conc aço conc
Equações de Equilíbrio :
F 0 : P P P 0 P P 150 0 P P 150 2          
   
conc aço
aço conc
aço aço aço
aço aço
conc aço conc conc
1 2 :
P 2, 417 P
P P 150
Assim :
P 2, 417 P 150 3, 417 P 150
Assim :
150
P kN 43,90 kN P 43,90 kN
3, 417
Mas :
P 2, 417 P P 2, 417 43,90 kN 106,10 kN P 106,10 kN

 

 
     
   
       
Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
aço
3 2
aço
3
aço 6
aço aço3
aço
Tensão Normal Média em uma Haste :
P 43,90 kN
A 1,884 10 m
Assim :
P 43,90 10
Pa 23,30 10 Pa 23,30 MPa
A 1,884 10



 

       

3
conc
3 2
conc
3
6conc
conc conc3
conc
Tensão Normal Média no Concreto :
P 106,10 kN 106,10 10 N
A 31, 4 10 m
Assim :
P 106,10 10
Pa 3,38 10 Pa 3,38 MPa
A 31, 4 10


  
 

       

07) O tubo de aço A-36 tem núcleo de alumínio 6.061-T6 e está sujeito a uma força de tração de 200 kN.
Determine a tensão normal média no alumínio e no aço devido a essa carga. O tubo tem diâmetro externo de 80
mm e diâmetro interno de 70 mm.
SOLUÇÃO:
 
   
int ext
9 9
aço alum
22 2 3 2
alum int alum
2 2 2 2 2
aço ext int aço
Dados :
L 400 mm 0, 4 m d 70mm 0,07 m d 80 mm 0,08 m
P 200 kN E 200 GPa 200 10 Pa E 68,9 GPa 68,9 10 Pa
Assim :
A d A 0,785 0,07 m 3,847 10 m
4
e
A d d A 0,785 0,08 0,07 m 1,1
4

     
      

     

       3 2
775 10 m

Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
aço
aço alum
Compatibilidade :
P L
    alum
aço aço
P L
E A


aço
9
alum alum
P
E A 200 10

  3
1,1775 10
 
alum
9
P
68,9 10

 3
3,847 10
 
 
aço açoalum alum
alum aço
alum aço
Assim :
P PP P 265,06
P P
200 1,1775 68,9 3,847 235,5 265,06 235,5
Assim :
P 1,1255 P 1
     
 
 
 
   
y aço alum aço alum aço alum
alum aço
aço alum
aço alum aço aço aço
aço
Equações de Equilíbrio :
F 0 : P P P 0 P P 200 0 P P 200 2
1 2 :
P 1,1255 P
P P 200
Assim :
P P 200 P 1,1255 P 200 2,1255 P 200
Assim :
200
P kN 94,10 k
2,1255
          

 

 
        
 

aço
alum aço conc alum
N P 94,10 kN
Mas :
P 1,1255 P P 1,1255 94,10 kN 105,9 kN P 105,9 kN
 
       
3
aço
3 2
aço
3
aço 6
aço aço3
aço
Tensão Normal Média do Aço :
P 94,10 kN 94,10 10 N
A 1,1775 10 m
Assim :
P 94,10 10
Pa 79,92 10 Pa 79,92 MPa
A 1,1775 10


  
 

       

Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
3
alum
3 2
alum
3
6alum
alum alum3
alum
Tensão Normal Média no Alumínio :
P 105,9 kN 105,9 10 N
A 3,847 10 m
Assim :
P 105,9 10
Pa 27,53 10 Pa 27,53 MPa
A 3,847 10


  
 

       

08) A coluna é de concreto de alta resistência e reforçada com quatro hastes de aço A-36. Se for submetida a
uma força axial de 800 kN, determine o diâmetro exigido para cada haste de modo que 1/4 da carga seja
suportada pelo aço e 3/4, pelo concreto. E aço = 200 GPa e Ec = 25 GPa.
SOLUÇÃO:
 
conc conc
aço aço
2 2
aço aço aço aço conc aço
22 2 2
conc conc aço conc aço
aço
Dados :
3
P 800 kN P P 0,75 800 kN 600 kN P 600 kN
4
1
P P 0,25 800 kN 200 kN P 200 kN
4
A 4 d A 3,14d L L
4
L 300mm 0,3 m A L A 0,3 m A 0,09 3,14d m
E 200 GPa 2
       
      

    
        
  9 9
conc
aço conc
aço aço conc conc
aço aço conc conc
00 10 Pa E 25 GPa 25 10 Pa
Compatibilidade :
Assim :
P L P L
E A E A
   
  
 

 
Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
aço conc
aço aço
Como L L
P L

 conc conc
aço aço
P L
E A



aço conc
conc conc aço aço conc conc
P P
E A E A E A
Substituindo :
200
 
  
200
9
200 10

 2
aço
600
3,14d


200
9
25 10

  
 
2 2
aço aço
2 2
aço aço2 2
aço aço
2 2 2 2 2
aço aço aço aço aço
2
aço
1 3
200 3,14d 25 0,09 3,14d0,09
Assim :
1 3
3 628d 1 2,25 78,5d
628d 2,25 78,5d
Assim :
1884d 2,25 78,5d 1884d 78,5d 2,25 1962,5d 2,25
Assim :
2,25
d m 0,0338
1962,5
 
  
     

      
  aço
6 m 33,86 mm d 33,86 mm  
Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
09) O poste A de aço inoxidável 304 está embutido em um tubo B de latão vermelho C83400. Ambos estão
apoiados sobre a superfície rígida. Se for aplicada uma força de 25 kN à tampa rígida, determine o diâmetro d
exigido para o poste de aço para que a carga seja compartilhada igualmente entre o poste e o tubo.
SOLUÇÃO:
aço latão
3 3 3
0 0
3 3 3 3
i 0 i
2 2
aço aço aço aço conc aço
2
latão 0
Dados :
1
P 25 kN P P P 0,5 25 kN 12,5 kN
2
r 75 mm 75 10 m d 150 10 m c 12 mm 12 10 m
Assim :
r r c 75 10 12 10 63 10 m d 126 10 m
A d A 0,785d L L 200 mm 0,2 m
4
A d
4
  
   
      
        
          

     

        
2 2
2 2 2 3 3 2
i 0 i
3 2 3 2 3 2
latão latão
9 9
aço latão
aço conc
aço aço
aço aço
d 0,785 d d 0,785 150 10 126 10 m
A 0,785 6,624 10 m 5,2 10 m A 5,2 10 m
E 193 GPa 193 10 Pa E 101 GPa 101 10 Pa
Compatibilidade :
Assim :
P L
E A
 
  
         
  
       
     
  


latão latão
latão latão
P L
E A



Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com
AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239
aço tatão aço latão
aço
Como L L 0,2 m P 25 kN P P 12,5 kN
P
    
latão
aço aço
P
E A


aço aço latão latão
latão latão aço aço latão latão
2 2
aço aço latão
9 9
aço latão
9
aço aço latão latão
1 1
E A E A
E A E A E A
Onde :
A 0,785d A 0,01246 m
E 193 GPa 193 10 Pa E 101 GPa 101 10 Pa
Substituindo :
E A E A 193 10
     
  
 
     
     2 9
aço
0,785d 101 10   3
2 3
aço
2 2 2
aço aço aço
2
aço aço
5,2 10
Assim :
193 0,785d 101 5,2 10
Assim :
0,5252
151,51d 0,5252 151,51d 0,5252 d
151,51
Assim :
0,5252
d m 0,05888 m 58,88 mm d 58,88 mm
151,51


 
   
    
    

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

E flexao pura
E   flexao puraE   flexao pura
Momentos de inércia
Momentos de inérciaMomentos de inércia
Momentos de inércia
Mariana Vomstein
 
Cisalhamento
CisalhamentoCisalhamento
Cisalhamento
Ammandawendy
 
Resistência dos materiais r. c. hibbeler
Resistência dos materiais   r. c. hibbelerResistência dos materiais   r. c. hibbeler
Resistência dos materiais r. c. hibbeler
Meireles01
 
Aula 12 torção
Aula 12 torçãoAula 12 torção
Aula 12 torção
Tiago da Cunha Luna
 
Resistência dos materiais - Exercícios Resolvidos
Resistência dos materiais - Exercícios ResolvidosResistência dos materiais - Exercícios Resolvidos
Resistência dos materiais - Exercícios Resolvidos
Moreira1972
 
Exercicios resolvidos hidraulica
Exercicios resolvidos hidraulicaExercicios resolvidos hidraulica
Exercicios resolvidos hidraulica
fernando correa
 
Exercicios resolvidos de_hidraulica
Exercicios resolvidos de_hidraulicaExercicios resolvidos de_hidraulica
Exercicios resolvidos de_hidraulica
Sérgio Lessa
 
Solução da lista 2
Solução da lista 2Solução da lista 2
Solução da lista 2
Ayrton Lira
 
Exercicios resolvidos de resmat mecsol
Exercicios resolvidos de resmat mecsolExercicios resolvidos de resmat mecsol
Exercicios resolvidos de resmat mecsol
Danieli Franco Mota
 
Hidráulica de Canais
Hidráulica de CanaisHidráulica de Canais
Hidráulica de Canais
Danilo Max
 
Resolucao de-exercicios-cap 2 - franco-brunetti
Resolucao de-exercicios-cap 2 - franco-brunettiResolucao de-exercicios-cap 2 - franco-brunetti
Resolucao de-exercicios-cap 2 - franco-brunetti
Argélio Paniago
 
Fenômenos de transporte MecFlu.
Fenômenos de transporte MecFlu.Fenômenos de transporte MecFlu.
Fenômenos de transporte MecFlu.
Ailton Souza
 
Solucionário Capitulo4 FOX
Solucionário Capitulo4 FOXSolucionário Capitulo4 FOX
Solucionário Capitulo4 FOX
Marilza Sousa
 
95850647 fenomenos-de-transporte-exerc-resolv-em-04-jun-2012
95850647 fenomenos-de-transporte-exerc-resolv-em-04-jun-201295850647 fenomenos-de-transporte-exerc-resolv-em-04-jun-2012
95850647 fenomenos-de-transporte-exerc-resolv-em-04-jun-2012
João Carlos Gaspar Teixeira
 
Mecanica exercicios resolvidos
Mecanica exercicios resolvidosMecanica exercicios resolvidos
Mecanica exercicios resolvidos
wedson Oliveira
 
Mecânica dos fluídos i capitulo 4
Mecânica dos fluídos i   capitulo 4Mecânica dos fluídos i   capitulo 4
Mecânica dos fluídos i capitulo 4
Bruno Gava
 
flambagem
flambagemflambagem
flambagem
Bruna Húngaro
 
Resistência dos Materiais - Torção
Resistência dos Materiais - TorçãoResistência dos Materiais - Torção
Resistência dos Materiais - Torção
Rodrigo Meireles
 
Exercicios e respostas
Exercicios e respostasExercicios e respostas
Exercicios e respostas
Lucas Pereira Leão
 

Mais procurados (20)

E flexao pura
E   flexao puraE   flexao pura
E flexao pura
 
Momentos de inércia
Momentos de inérciaMomentos de inércia
Momentos de inércia
 
Cisalhamento
CisalhamentoCisalhamento
Cisalhamento
 
Resistência dos materiais r. c. hibbeler
Resistência dos materiais   r. c. hibbelerResistência dos materiais   r. c. hibbeler
Resistência dos materiais r. c. hibbeler
 
Aula 12 torção
Aula 12 torçãoAula 12 torção
Aula 12 torção
 
Resistência dos materiais - Exercícios Resolvidos
Resistência dos materiais - Exercícios ResolvidosResistência dos materiais - Exercícios Resolvidos
Resistência dos materiais - Exercícios Resolvidos
 
Exercicios resolvidos hidraulica
Exercicios resolvidos hidraulicaExercicios resolvidos hidraulica
Exercicios resolvidos hidraulica
 
Exercicios resolvidos de_hidraulica
Exercicios resolvidos de_hidraulicaExercicios resolvidos de_hidraulica
Exercicios resolvidos de_hidraulica
 
Solução da lista 2
Solução da lista 2Solução da lista 2
Solução da lista 2
 
Exercicios resolvidos de resmat mecsol
Exercicios resolvidos de resmat mecsolExercicios resolvidos de resmat mecsol
Exercicios resolvidos de resmat mecsol
 
Hidráulica de Canais
Hidráulica de CanaisHidráulica de Canais
Hidráulica de Canais
 
Resolucao de-exercicios-cap 2 - franco-brunetti
Resolucao de-exercicios-cap 2 - franco-brunettiResolucao de-exercicios-cap 2 - franco-brunetti
Resolucao de-exercicios-cap 2 - franco-brunetti
 
Fenômenos de transporte MecFlu.
Fenômenos de transporte MecFlu.Fenômenos de transporte MecFlu.
Fenômenos de transporte MecFlu.
 
Solucionário Capitulo4 FOX
Solucionário Capitulo4 FOXSolucionário Capitulo4 FOX
Solucionário Capitulo4 FOX
 
95850647 fenomenos-de-transporte-exerc-resolv-em-04-jun-2012
95850647 fenomenos-de-transporte-exerc-resolv-em-04-jun-201295850647 fenomenos-de-transporte-exerc-resolv-em-04-jun-2012
95850647 fenomenos-de-transporte-exerc-resolv-em-04-jun-2012
 
Mecanica exercicios resolvidos
Mecanica exercicios resolvidosMecanica exercicios resolvidos
Mecanica exercicios resolvidos
 
Mecânica dos fluídos i capitulo 4
Mecânica dos fluídos i   capitulo 4Mecânica dos fluídos i   capitulo 4
Mecânica dos fluídos i capitulo 4
 
flambagem
flambagemflambagem
flambagem
 
Resistência dos Materiais - Torção
Resistência dos Materiais - TorçãoResistência dos Materiais - Torção
Resistência dos Materiais - Torção
 
Exercicios e respostas
Exercicios e respostasExercicios e respostas
Exercicios e respostas
 

Semelhante a Resistência de materiais.pdf exercícios resolvidos em 26 mar 2016

Catalogo protende 3a edicao 2008
Catalogo protende 3a edicao   2008Catalogo protende 3a edicao   2008
Catalogo protende 3a edicao 2008
Daniel Lima
 
Pas3%20opção3
Pas3%20opção3Pas3%20opção3
Pas3%20opção3
mosliw
 
Pas2%20opção2
Pas2%20opção2Pas2%20opção2
Pas2%20opção2
mosliw
 
Pas3%20opção1
Pas3%20opção1Pas3%20opção1
Pas3%20opção1
mosliw
 
Cardan inec
Cardan inecCardan inec
Pas3%20opção4
Pas3%20opção4Pas3%20opção4
Pas3%20opção4
mosliw
 
Quanto vale um apartamento de t1 ou t2 na freguesia do parque das nações vf
Quanto vale um apartamento de t1 ou t2 na freguesia do parque das nações vfQuanto vale um apartamento de t1 ou t2 na freguesia do parque das nações vf
Quanto vale um apartamento de t1 ou t2 na freguesia do parque das nações vf
João Fonseca
 
Aa polia ferro-5v
 Aa polia ferro-5v Aa polia ferro-5v
Aa polia ferro-5v
CarlosEduardoLoureir1
 
Pas1 p
Pas1 pPas1 p
Pas1 p
mosliw
 
Catalogo bknaval geral
Catalogo bknaval geralCatalogo bknaval geral
Catalogo bknaval geral
ALEXANDRE CASTRO
 
Estudos de um banheiro - Mayara Lopes
Estudos de um banheiro - Mayara LopesEstudos de um banheiro - Mayara Lopes
Estudos de um banheiro - Mayara Lopes
maylopes
 
Subgraves p
Subgraves pSubgraves p
Subgraves p
mosliw
 
Apostila exercicio - mecânica dos sólidos
Apostila  exercicio - mecânica dos sólidosApostila  exercicio - mecânica dos sólidos
Apostila exercicio - mecânica dos sólidos
João Ferreira
 
Trio%20 elétrico p
Trio%20 elétrico pTrio%20 elétrico p
Trio%20 elétrico p
mosliw
 
Mídias
MídiasMídias
Mídias
Leandro Ramos
 
Porcas
PorcasPorcas
catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200
catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200
catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200
Marcio Carvalho
 
Mecanica dos sólidos
Mecanica dos sólidosMecanica dos sólidos
Mecanica dos sólidos
timella
 
Laterais
LateraisLaterais
Laterais
mosliw
 
Cadastro Nacional Barragens Mineracao Dentro do PMSB - DNPMb
Cadastro Nacional Barragens Mineracao Dentro do PMSB - DNPMbCadastro Nacional Barragens Mineracao Dentro do PMSB - DNPMb
Cadastro Nacional Barragens Mineracao Dentro do PMSB - DNPMb
almacks luiz silva
 

Semelhante a Resistência de materiais.pdf exercícios resolvidos em 26 mar 2016 (20)

Catalogo protende 3a edicao 2008
Catalogo protende 3a edicao   2008Catalogo protende 3a edicao   2008
Catalogo protende 3a edicao 2008
 
Pas3%20opção3
Pas3%20opção3Pas3%20opção3
Pas3%20opção3
 
Pas2%20opção2
Pas2%20opção2Pas2%20opção2
Pas2%20opção2
 
Pas3%20opção1
Pas3%20opção1Pas3%20opção1
Pas3%20opção1
 
Cardan inec
Cardan inecCardan inec
Cardan inec
 
Pas3%20opção4
Pas3%20opção4Pas3%20opção4
Pas3%20opção4
 
Quanto vale um apartamento de t1 ou t2 na freguesia do parque das nações vf
Quanto vale um apartamento de t1 ou t2 na freguesia do parque das nações vfQuanto vale um apartamento de t1 ou t2 na freguesia do parque das nações vf
Quanto vale um apartamento de t1 ou t2 na freguesia do parque das nações vf
 
Aa polia ferro-5v
 Aa polia ferro-5v Aa polia ferro-5v
Aa polia ferro-5v
 
Pas1 p
Pas1 pPas1 p
Pas1 p
 
Catalogo bknaval geral
Catalogo bknaval geralCatalogo bknaval geral
Catalogo bknaval geral
 
Estudos de um banheiro - Mayara Lopes
Estudos de um banheiro - Mayara LopesEstudos de um banheiro - Mayara Lopes
Estudos de um banheiro - Mayara Lopes
 
Subgraves p
Subgraves pSubgraves p
Subgraves p
 
Apostila exercicio - mecânica dos sólidos
Apostila  exercicio - mecânica dos sólidosApostila  exercicio - mecânica dos sólidos
Apostila exercicio - mecânica dos sólidos
 
Trio%20 elétrico p
Trio%20 elétrico pTrio%20 elétrico p
Trio%20 elétrico p
 
Mídias
MídiasMídias
Mídias
 
Porcas
PorcasPorcas
Porcas
 
catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200
catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200
catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200
 
Mecanica dos sólidos
Mecanica dos sólidosMecanica dos sólidos
Mecanica dos sólidos
 
Laterais
LateraisLaterais
Laterais
 
Cadastro Nacional Barragens Mineracao Dentro do PMSB - DNPMb
Cadastro Nacional Barragens Mineracao Dentro do PMSB - DNPMbCadastro Nacional Barragens Mineracao Dentro do PMSB - DNPMb
Cadastro Nacional Barragens Mineracao Dentro do PMSB - DNPMb
 

Mais de Afonso Celso Siqueira Silva

Pcmg prova de matemática - tipo a - resolução
Pcmg   prova de matemática - tipo a - resoluçãoPcmg   prova de matemática - tipo a - resolução
Pcmg prova de matemática - tipo a - resolução
Afonso Celso Siqueira Silva
 
Prova de matemática mg 1ª parte - soluções em 14 julh 2013
Prova de matemática mg   1ª parte - soluções em 14 julh 2013Prova de matemática mg   1ª parte - soluções em 14 julh 2013
Prova de matemática mg 1ª parte - soluções em 14 julh 2013
Afonso Celso Siqueira Silva
 
Matemática para concursos 50 questões resolvidas da fumarc
Matemática para concursos   50 questões resolvidas da fumarcMatemática para concursos   50 questões resolvidas da fumarc
Matemática para concursos 50 questões resolvidas da fumarc
Afonso Celso Siqueira Silva
 
Limites, derivadas e suas aplicações
Limites, derivadas e suas aplicaçõesLimites, derivadas e suas aplicações
Limites, derivadas e suas aplicações
Afonso Celso Siqueira Silva
 
Perito criminal questões de matemática fumarc 02
Perito criminal   questões de matemática fumarc 02Perito criminal   questões de matemática fumarc 02
Perito criminal questões de matemática fumarc 02
Afonso Celso Siqueira Silva
 
Matemática básica equações e inequações resolvidas
Matemática básica   equações e inequações resolvidasMatemática básica   equações e inequações resolvidas
Matemática básica equações e inequações resolvidas
Afonso Celso Siqueira Silva
 
Matemática básica equação de 2º grau - resolução - aula 01 em 09 fev 2013
Matemática básica   equação de 2º grau - resolução - aula 01 em 09 fev 2013Matemática básica   equação de 2º grau - resolução - aula 01 em 09 fev 2013
Matemática básica equação de 2º grau - resolução - aula 01 em 09 fev 2013
Afonso Celso Siqueira Silva
 
Perito criminal questões de matemática fumarc 01
Perito criminal   questões de matemática fumarc 01Perito criminal   questões de matemática fumarc 01
Perito criminal questões de matemática fumarc 01
Afonso Celso Siqueira Silva
 

Mais de Afonso Celso Siqueira Silva (8)

Pcmg prova de matemática - tipo a - resolução
Pcmg   prova de matemática - tipo a - resoluçãoPcmg   prova de matemática - tipo a - resolução
Pcmg prova de matemática - tipo a - resolução
 
Prova de matemática mg 1ª parte - soluções em 14 julh 2013
Prova de matemática mg   1ª parte - soluções em 14 julh 2013Prova de matemática mg   1ª parte - soluções em 14 julh 2013
Prova de matemática mg 1ª parte - soluções em 14 julh 2013
 
Matemática para concursos 50 questões resolvidas da fumarc
Matemática para concursos   50 questões resolvidas da fumarcMatemática para concursos   50 questões resolvidas da fumarc
Matemática para concursos 50 questões resolvidas da fumarc
 
Limites, derivadas e suas aplicações
Limites, derivadas e suas aplicaçõesLimites, derivadas e suas aplicações
Limites, derivadas e suas aplicações
 
Perito criminal questões de matemática fumarc 02
Perito criminal   questões de matemática fumarc 02Perito criminal   questões de matemática fumarc 02
Perito criminal questões de matemática fumarc 02
 
Matemática básica equações e inequações resolvidas
Matemática básica   equações e inequações resolvidasMatemática básica   equações e inequações resolvidas
Matemática básica equações e inequações resolvidas
 
Matemática básica equação de 2º grau - resolução - aula 01 em 09 fev 2013
Matemática básica   equação de 2º grau - resolução - aula 01 em 09 fev 2013Matemática básica   equação de 2º grau - resolução - aula 01 em 09 fev 2013
Matemática básica equação de 2º grau - resolução - aula 01 em 09 fev 2013
 
Perito criminal questões de matemática fumarc 01
Perito criminal   questões de matemática fumarc 01Perito criminal   questões de matemática fumarc 01
Perito criminal questões de matemática fumarc 01
 

Resistência de materiais.pdf exercícios resolvidos em 26 mar 2016

  • 1. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 RESISTÊNCIA DE MATERIAIS (REMA) – EXERCÍCIOS RESOLVIDOS 01) A coluna de aço A-36 é usada para suportar as cargas simétricas dos dois pisos de um edifício. Determine o deslocamento vertical de sua extremidade, A, se P1 = 200 kN, P2 = 310 KN e a coluna tiver área de seção transversal de 14.625 mm² SOLUÇÃO: 2 6 2 AB BC 3 3 1 2 9 Dados : L L 3,6 m A 14.625 mm 14.625 10 m P 200 kN 200 10 N P 310 kN 310 10 N E 200 GPa 200 10 Pa                Trecho AB   2 6 2 AB 3 9 1 y AB 1 AB 1 AB Dados : L 3,6 m A 14.625 mm 14.625 10 m P 200 kN 200 10 N E 200 GPa 200 10 Pa Assim : F 0 P 2 P 0 P 2 P 2 200 kN 400 kN P 400 kN contração                          
  • 2. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 3 6 4AB AB AB 9 6 9 4 AB Assim : P L 400 10 3,6 1, 44 10 m m 4,9231 10 m E A 200 10 14.625 10 2,925 10 Assim : 4,9231 10 m                          Trecho BC   2 6 2 BC 3 3 1 2 9 y BC 1 2 AB 1 2 BC BC BC BC Dados : L 3,6 m A 14.625 mm 14.625 10 m P 200 kN 200 10 N P 310 kN 310 10 N E 200 GPa 200 10 Pa Assim : F 0 P 2 P 2 P 0 P 2 P 2 P 2 200 2 310 kN 1020 kN P 1020 kN contração Assim : P L 1020 E A                                              3 6 3 9 6 9 4 BC 4 3 3 A AB BC A 10 3,6 3,672 10 m m 1,2554 10 m 200 10 14.625 10 2,925 10 Assim : 1,2554 10 m Dessa forma : 4,9231 10 1,2554 10 m 1,74771 10 m Assim : 1,74771 mm                                       
  • 3. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 02) A haste de aço A-36 está sujeita ao carregamento mostrado. Se a área de seção transversal da haste for 60 mm2 , determine o deslocamento de B e A. Despreze o tamanho dos acoplamentos em B, C e D. SOLUÇÃO: 2 6 2 AB BC CD 3 3 3 A B C 9 Dados : L 0,5 m L 1,5 m L 0,75 m A 60 mm 60 10 m P 8 kN 8 10 N P 2 kN 2 10 N P 3,3 kN 3,3 10 N E 200 GPa 200 10 Pa                    Trecho AB
  • 4. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239   2 6 2 AB BC CD 3 3 3 A B C 9 y AB A AB A AB 3 AB AB AB 9 6 Dados : L 0,5 m L 1,5 m L 0,75 m A 60 mm 60 10 m P 8 kN 8 10 N P 2 kN 2 10 N P 3,3 kN 3,3 10 N E 200 GPa 200 10 Pa Assim : F 0 P P 0 P P P 8 kN Tração Assim : P L 8 10 0,5 4 1 m E A 200 10 60 10                                          3 4 4 AB6 0 m 3,3333 10 m 3,3333 10 m 12 10          Trecho BC y y y y 2 6 2 AB BC CD 3 3 3 A B C 9 B B 3 3 3B B B B y BC B Dados : L 0,5 m L 1,5 m L 0,75 m A 60 mm 60 10 m P 8 kN 8 10 N P 2 kN 2 10 N P 3,3 kN 3,3 10 N E 200 GPa 200 10 Pa Pr oje tando a força P no eixo y : PP 3 P P 0,6 2 10 N 1,2 10 N P 1,2 10 N 5 3 5 F 0 P 2 P                                      y 3 3 A BC A B 3 BC BC 3 3 3 3BC BC BC BC9 6 6 P 0 P P 2 P 8 10 2 1,2 10 N P 10, 4 10 N P 10, 4 kN Tração Assim : P L 10, 4 10 1,5 15,6 10 m m 1,3 10 m 1,3 10 m E A 200 10 60 10 12 10                                     
  • 5. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 Trecho CD y y y y 2 6 2 AB BC CD 3 3 3 A B C 9 B B 3 3 3B B B B y BC B Dados : L 0,5 m L 1,5 m L 0,75 m A 60 mm 60 10 m P 8 kN 8 10 N P 2 kN 2 10 N P 3,3 kN 3,3 10 N E 200 GPa 200 10 Pa Pr oje tan do a força P no eixo y : PP 3 P P 0,6 2 10 N 1,2 10 N P 1,2 10 N 5 3 5 F 0 P 2 P                                        y y y 3 3 A BC A B 3 BC BC C 3 3 3 C C C C C y CD B C A Cd A B C P 0 P P 2 P 8 10 2 1,2 10 N P 10, 4 10 N P 10, 4 kN Tração Pr oje tan do a força P no eixo y : P P sen 60 P 0,866P 0,866 3,3 10 N 2,8578 10 N P 2,8578 10 N F 0 P 2 P 2 P P 0 P P 2 P 2 P 8                                             CD CD 3 3 3 3CD CD CD CD9 6 6 2 1,2 2 2,8578 kN P 8 2, 4 5,7156 kN P 16,1156 kN Tração Assim : P L 16,1156 10 0,75 12,0867 10 m m 1,0072 10 m 1,0072 10 m E A 200 10 60 10 12 10                                4 3 3 AB BC CD 3 3 3 B BC CD B 4 3 3 A AB B A Dados : 3,3333 10 m 1,3 10 m 1,0072 10 m Assim : 1,3 10 1,0072 10 m 2,3072 10 m 2,3072 mm e 3,3333 10 2,3072 10 m 2,6405 10 m 2,6405 mm                                              
  • 6. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 03) O conjunto é composto por uma haste CB de aço A-36 e uma haste BA de alumínio 6061-T6, cada uma com diâmetro de 25 mm. Determine as cargas aplicadas P1 e P2 se A se deslocar 2 mm para a direita e B se deslocar 0,5 mm para a esquerda quando as cargas forem aplicadas. O comprimento de cada segmento quando não alongado é mostrado na figura. Despreze o tamanho das conexões em B e C e considere que elas são rígidas. SOLUÇÃO: Roteiro: (1) Listar os dados do problema, fazendo as devidas conversões. (2) Separar a estrutura em partes, como indicado na figura abaixo: (3) Aplicar as equações de deslocamento:     3 3 A B AB 9 3 2 2 3 2 4 4 AB 3 3AB AB 1 A B 9 4 Trecho AB 2 mm 2 10 m 0,5 mm 0,5 10 m L 1,2 m E 68,9 GPa 68,9 10 Pa d 25 mm 25 10 m A d 0,785 25 10 m 4,906 10 m A 4,906 10 m 4 P L P 1,2 2 10 0,5 10 E A 68,9 10 4,906 10 Assim                                                     3 3 6 31 1 16 3 ! 1 : P 1,2 2,5 10 1,2 P 2,5 10 33,802 10 1,2 P 84,505 10 33,802 10 Assim : 84,505 P N 70, 42 10 N P 70, 42 kN 1,2                    
  • 7. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239       3 9 B BC aço 3 2 2 3 2 4 4 BC 1 23BC BC B 9 4 1 23 Trecho BC 0,5 mm 0,5 10 m L 0,6 m E 200 GPa 200 10 Pa d 25 mm 25 10 m A d 0,785 25 10 m 4,906 10 m A 4,906 10 m 4 P P 0,6P L 0,5 10 E A 200 10 4,906 10 Assim : P P 0,6 0,5 10 9                                                  3 6 3 1 1 26 3 3 3 ! 2 ! 2 3 1 3 3 3 ! 2 2 2 1,2 P 0,5 10 98,12 10 0,6 P P 49,06 10 8,12 10 Assim : 49,06 10 P P N 81,77 10 N P P 81,77 10 N 0,6 Mas : P 70, 42 10 N Substituindo : P P 81,77 10 70, 42 10 P 81,77 10 N Assim : P 81,77                                            3 3 3 2 10 70, 42 10 152,19 10 N P 152,19 kN      
  • 8. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 04) O eixo AC de aço A-36 com 15 mm de diâmetro é sustentado por um colar rígido fixado ao eixo B. Se for submetido a uma carga axial de 80 kN em sua extremidade, determine a distribuição de pressão uniforme p no colar exigida para o equilíbrio. Calcule também o alongamento nos segmentos BC e BA. SOLUÇÃO: Roteiro: (1) Listar os dados e fazer as devidas conversões. 3 3 AB BC 3 3 AC colar 3 9 C aço Dados : L 200 mm 200 10 m L 500 mm 500 10 m d 15 mm 15 10 m r 35 mm 35 10 m P 80 kN 80 10 N E 200 GPa 200 10 Pa                       (2) Cálculo da Distribuição de Pressão p       3 3 3 AC colar Colar 3 C 2 2 2 2 3 3 2 C colar AC 3 2 3 2 C C 3 C 3 C Dados : d 15 mm 15 10 m r 35 mm 35 10 m d 70 10 m P 80 kN 80 10 N Área do colar : A d d 0,785 70 10 15 10 m 4 A 0,785 4,675 10 m A 3,67 10 m Assim : P 80 10 p Pa A 3,67 10                                          6 21,80 10 p 21,80 MPa   
  • 9. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 (3) Separar a estrutura em partes, conforme a figura:   3 3 BC AB 9 3 aço AC 3 3 colar Colar 3 3 C AB BC C 2 2 3 2 AC Dados : L 500 mm 500 10 m L 200mm 200 10 m E 200 GPa 200 10 Pa d 15 mm 15 10 m r 35 mm 35 10 m d 70 10 m P 80 kN 80 10 N P 0 P P 80 kN 80 10 N Deslocamentos : A d 0,785 15 10 m A 1 4                                        4 2 3 3 3 3BC BC BC BC9 4 6 3 AB AB AB AB9 4 ,766 10 m Assim : P L 80 10 500 10 40 10 m m 1,1325 10 m 1,1325 mm E A 200 10 1,766 10 35,32 10 e P L 0 200 10 m 0 0 E A 200 10 1,766 10                                        
  • 10. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 05) O conjunto é composto por três hastes de titânio e uma barra rígida A C. A área da seção transversal de cada haste é dada na figura. Se uma força vertical P = 20 kN for aplicada ao anel F, determine o deslocamento vertical do ponto F. Eti = 350 GPa. SOLUÇÃO: Roteiro: (1) Listar os dados e fazer as devidas conversões BA DC AE EC EF 2 3 2 3 2 3 BA DC EF 3 9 ti Dados : L 2 m L 2 m L 0,5 m L 0,75 m L 1,5 m A 60 mm 60 10 m A 45 mm 45 10 m A 75 mm 75 10 m P 20 kN 20 10 N E 350 GPa 350 10 Pa                        (2) Aplique as equações de equilíbrio para encontrar BA DC F e F (3) Calcule os deslocamentos
  • 11. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239   DC DC BA BA EF C A EF DC BA EF EC E C A C F E EF AC F L F L P L E A E A E A Assim : L L                          06) A coluna é construída de concreto de alta resistência e seis hastes de reforço de aço A -36. Se ela for submetida a uma força axial de 150 kN, determine a tensão normal média no concreto e em cada haste. Cada uma tem diâmetro de 20 mm. SOLUÇÃO:     3 conc conc aço 9 9 aço conc 22 2 3 2 conc conc conc 2 2 3 2 aço aço aço Dados : L 1,2 m r 100mm 0,1 m d 0,2 m d 20 mm 20 10 m P 150 kN E 200 GPa 200 10 Pa E 29 GPa 29 10 Pa Assim : A d A 0,785 0,2 m 31, 4 10 m 4 e A 6 d A 6 0,785 20 10 m 1,88 4                                   3 2 4 10 m 
  • 12. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 3 conc conc aço 9 9 aço conc 3 2 3 2 conc aço aço aço conc Dados : L 1,2 m r 100mm 0,1 m d 0,2 m d 20 mm 20 10 m P 150 kN E 200 GPa 200 10 Pa E 29 GPa 29 10 Pa A 31, 4 10 m A 1,884 10 m Compatibilidade : P L                           conc aço aço P L E A   aço conc conc conc aço aço conc conco aço açoconc 9 3 9 3 6 P P E A E A E A Substituindo : P PP 200 10 1,884 10 29 10 31, 4 10 376,8 10                 conc 6 P 910,6 10    aço conc conc aço conc aço Assim : P P 910,6 P P P 2, 417 P 1 376,8 910,6 376,8         y aço conc aço conc aço conc Equações de Equilíbrio : F 0 : P P P 0 P P 150 0 P P 150 2               conc aço aço conc aço aço aço aço aço conc aço conc conc 1 2 : P 2, 417 P P P 150 Assim : P 2, 417 P 150 3, 417 P 150 Assim : 150 P kN 43,90 kN P 43,90 kN 3, 417 Mas : P 2, 417 P P 2, 417 43,90 kN 106,10 kN P 106,10 kN                        
  • 13. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 aço 3 2 aço 3 aço 6 aço aço3 aço Tensão Normal Média em uma Haste : P 43,90 kN A 1,884 10 m Assim : P 43,90 10 Pa 23,30 10 Pa 23,30 MPa A 1,884 10                3 conc 3 2 conc 3 6conc conc conc3 conc Tensão Normal Média no Concreto : P 106,10 kN 106,10 10 N A 31, 4 10 m Assim : P 106,10 10 Pa 3,38 10 Pa 3,38 MPa A 31, 4 10                  07) O tubo de aço A-36 tem núcleo de alumínio 6.061-T6 e está sujeito a uma força de tração de 200 kN. Determine a tensão normal média no alumínio e no aço devido a essa carga. O tubo tem diâmetro externo de 80 mm e diâmetro interno de 70 mm. SOLUÇÃO:       int ext 9 9 aço alum 22 2 3 2 alum int alum 2 2 2 2 2 aço ext int aço Dados : L 400 mm 0, 4 m d 70mm 0,07 m d 80 mm 0,08 m P 200 kN E 200 GPa 200 10 Pa E 68,9 GPa 68,9 10 Pa Assim : A d A 0,785 0,07 m 3,847 10 m 4 e A d d A 0,785 0,08 0,07 m 1,1 4                              3 2 775 10 m 
  • 14. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 aço aço alum Compatibilidade : P L     alum aço aço P L E A   aço 9 alum alum P E A 200 10    3 1,1775 10   alum 9 P 68,9 10   3 3,847 10     aço açoalum alum alum aço alum aço Assim : P PP P 265,06 P P 200 1,1775 68,9 3,847 235,5 265,06 235,5 Assim : P 1,1255 P 1                 y aço alum aço alum aço alum alum aço aço alum aço alum aço aço aço aço Equações de Equilíbrio : F 0 : P P P 0 P P 200 0 P P 200 2 1 2 : P 1,1255 P P P 200 Assim : P P 200 P 1,1255 P 200 2,1255 P 200 Assim : 200 P kN 94,10 k 2,1255                              aço alum aço conc alum N P 94,10 kN Mas : P 1,1255 P P 1,1255 94,10 kN 105,9 kN P 105,9 kN           3 aço 3 2 aço 3 aço 6 aço aço3 aço Tensão Normal Média do Aço : P 94,10 kN 94,10 10 N A 1,1775 10 m Assim : P 94,10 10 Pa 79,92 10 Pa 79,92 MPa A 1,1775 10                 
  • 15. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 3 alum 3 2 alum 3 6alum alum alum3 alum Tensão Normal Média no Alumínio : P 105,9 kN 105,9 10 N A 3,847 10 m Assim : P 105,9 10 Pa 27,53 10 Pa 27,53 MPa A 3,847 10                  08) A coluna é de concreto de alta resistência e reforçada com quatro hastes de aço A-36. Se for submetida a uma força axial de 800 kN, determine o diâmetro exigido para cada haste de modo que 1/4 da carga seja suportada pelo aço e 3/4, pelo concreto. E aço = 200 GPa e Ec = 25 GPa. SOLUÇÃO:   conc conc aço aço 2 2 aço aço aço aço conc aço 22 2 2 conc conc aço conc aço aço Dados : 3 P 800 kN P P 0,75 800 kN 600 kN P 600 kN 4 1 P P 0,25 800 kN 200 kN P 200 kN 4 A 4 d A 3,14d L L 4 L 300mm 0,3 m A L A 0,3 m A 0,09 3,14d m E 200 GPa 2                                 9 9 conc aço conc aço aço conc conc aço aço conc conc 00 10 Pa E 25 GPa 25 10 Pa Compatibilidade : Assim : P L P L E A E A            
  • 16. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 aço conc aço aço Como L L P L   conc conc aço aço P L E A    aço conc conc conc aço aço conc conc P P E A E A E A Substituindo : 200      200 9 200 10   2 aço 600 3,14d   200 9 25 10       2 2 aço aço 2 2 aço aço2 2 aço aço 2 2 2 2 2 aço aço aço aço aço 2 aço 1 3 200 3,14d 25 0,09 3,14d0,09 Assim : 1 3 3 628d 1 2,25 78,5d 628d 2,25 78,5d Assim : 1884d 2,25 78,5d 1884d 78,5d 2,25 1962,5d 2,25 Assim : 2,25 d m 0,0338 1962,5                      aço 6 m 33,86 mm d 33,86 mm  
  • 17. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 09) O poste A de aço inoxidável 304 está embutido em um tubo B de latão vermelho C83400. Ambos estão apoiados sobre a superfície rígida. Se for aplicada uma força de 25 kN à tampa rígida, determine o diâmetro d exigido para o poste de aço para que a carga seja compartilhada igualmente entre o poste e o tubo. SOLUÇÃO: aço latão 3 3 3 0 0 3 3 3 3 i 0 i 2 2 aço aço aço aço conc aço 2 latão 0 Dados : 1 P 25 kN P P P 0,5 25 kN 12,5 kN 2 r 75 mm 75 10 m d 150 10 m c 12 mm 12 10 m Assim : r r c 75 10 12 10 63 10 m d 126 10 m A d A 0,785d L L 200 mm 0,2 m 4 A d 4                                                    2 2 2 2 2 3 3 2 i 0 i 3 2 3 2 3 2 latão latão 9 9 aço latão aço conc aço aço aço aço d 0,785 d d 0,785 150 10 126 10 m A 0,785 6,624 10 m 5,2 10 m A 5,2 10 m E 193 GPa 193 10 Pa E 101 GPa 101 10 Pa Compatibilidade : Assim : P L E A                                      latão latão latão latão P L E A   
  • 18. Rua 96 nº 285 – Setor Sul – Goiânia – Fone: (62) 3225-0538/3095-4964 afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/ZAPZAP (62) 8109-4036 / 9469-8239 aço tatão aço latão aço Como L L 0,2 m P 25 kN P P 12,5 kN P      latão aço aço P E A   aço aço latão latão latão latão aço aço latão latão 2 2 aço aço latão 9 9 aço latão 9 aço aço latão latão 1 1 E A E A E A E A E A Onde : A 0,785d A 0,01246 m E 193 GPa 193 10 Pa E 101 GPa 101 10 Pa Substituindo : E A E A 193 10                       2 9 aço 0,785d 101 10   3 2 3 aço 2 2 2 aço aço aço 2 aço aço 5,2 10 Assim : 193 0,785d 101 5,2 10 Assim : 0,5252 151,51d 0,5252 151,51d 0,5252 d 151,51 Assim : 0,5252 d m 0,05888 m 58,88 mm d 58,88 mm 151,51                  