O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Principais acidentes da costa portuguesa<br />
“Haff-delta” de Aveiro (ria de Aveiro)<br />É uma laguna interior, onde existe um cordão de areia (haff) , formado pela de...
“Haff- delta”<br />
Tômbolo de Peniche<br />Resulta da acumulação de sedimentos marinhos, devido à perda de energia de correntes marítimas, no...
Tômbolo de Peniche<br />
Lido de Faro (ria Formosa)<br />Constitui um sistema lagunar de grande extensão, limitado por um cordão de areia, formado ...
Lido de Faro<br />
Estuários do Tejo e do Sado<br />Os estuários constituem o sector terminal dos rios, até onde o canal fluvial é percorrido...
Estuários<br />Do Tejo<br />Do Sado<br />
Concha de S. Martinho <br />	Este abrigo natural tem grande tradição náutica, com papel relevante na saga dos descobriment...
Concha de S. Martinho<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Principais acidentes da costa portuguesa

27.873 visualizações

Publicada em

  • Bastante Bom !!!!
    Parabéns
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui

Principais acidentes da costa portuguesa

  1. 1. Principais acidentes da costa portuguesa<br />
  2. 2. “Haff-delta” de Aveiro (ria de Aveiro)<br />É uma laguna interior, onde existe um cordão de areia (haff) , formado pela deposição de sedimentos marinhos e fluviais, que dificulta o contacto com o mar. Frequentemente esse contacto faz-se através de um canal aberto artificialmente. O interior da laguna encontra-se preenchido com sedimentos fluviais dos rios que aí desaguam, com especial destaque para o rio Vouga. A acumulação desses sedimentos deu origem a um conjunto de pequenas ilhas, separadas por canais pouco profundos que constituem um delta interior, dividindo em quatro braços principais.<br />
  3. 3. “Haff- delta”<br />
  4. 4. Tômbolo de Peniche<br />Resulta da acumulação de sedimentos marinhos, devido à perda de energia de correntes marítimas, no transporte de sedimentos. Da deposição de sedimentos surgiu um istmo (tômbolo), acabando por ligar uma antiga ilha ao território continental.<br />
  5. 5. Tômbolo de Peniche<br />
  6. 6. Lido de Faro (ria Formosa)<br />Constitui um sistema lagunar de grande extensão, limitado por um cordão de areia, formado pela acumulação de sedimentos transportados por correntes marítimas que se deslocam de oeste para leste. Da deposição desses sedimentos resultou a construção de uma série de ilhas-barreiras e cordões arenosos que se desenvolveram paralelamente à costa e que separam o mar aberto da zona lagunar.<br />
  7. 7. Lido de Faro<br />
  8. 8. Estuários do Tejo e do Sado<br />Os estuários constituem o sector terminal dos rios, até onde o canal fluvial é percorrido pelas correntes de maré. Muitas vezes os estuários correspondem a sectores alargados dos cursos de água e são formas de litoral de submersão, escavados em períodos glaciários anteriores. Caracterizam-se por serem zonas pantanosas e por conterem água doce ou salobra na proximidade do litoral. Destacam-se pela riqueza de biodiversidade, pela produtividade e pelos recursos de pesa que albergam.<br />
  9. 9. Estuários<br />Do Tejo<br />Do Sado<br />
  10. 10. Concha de S. Martinho <br /> Este abrigo natural tem grande tradição náutica, com papel relevante na saga dos descobrimentos portugueses. Em relação à laguna, consegue ver-se a invasão do mar e o seu recuo por um assoreamento. Este facto reflecte a erosão que afecta a zona costeira de Portugal.<br /> A concha de São Martinho do Porto era um antigo golfo que com a sedimentação marinha, foi transformando numa pequena baía.<br />
  11. 11. Concha de S. Martinho<br />

×